sexta-feira, 17 de abril de 2015

Janaúba: Grupo é detido e polícia apreende cerca de 60 kg de drogas em MG

(G1) A Polícia Militar de Patrocínio, no Alto Paranaíba, apreendeu nesta sexta-feira (17) cerca de 60 kg de maconha e um quilo de pasta-base de cocaína. Dez celulares, dinheiro e cheque também foram apreendidos. Sete pessoas foram detidas após abordagens na BR-365. Segundo a PM, os suspeitos são de Montes Claros e Janaúba.
Após receber informações de que indivíduos armados teriam roubado veículos em Estrela do Sul, a PM de Patrocínio realizou cerco e bloqueio na BR-365. Nas proximidades da comunidade rural Macaúbas de Baixo, em Patrocínio, os militares avistaram um carro parando atrás de outro veículo, que estava às margens da rodovia.
Em um dos carros, ocupado por duas pessoas, foram localizados um tablete de pasta-base de cocaína e 51 tabletes de maconha, totalizando cerca de 60 kg. Indagados sobre a origem da droga, os suspeitos disseram que assumiram o veículo no estacionamento do Terminal Rodoviário de Uberlândia e iriam deixá-lo na rodoviária de Patos de Minas. Eles relataram que receberiam R$ 600 em dinheiro para realizar o transporte da droga.
O outro veículo, que estava com cinco ocupantes. fugiu em alta velocidade. No entanto, no início desta manhã, a polícia encontrou o veículo e os suspeitos na entrada de Patrocínio. Ficou constatado de que o automóvel estaria sendo utilizado como “batedor”.
Os suspeitos foram detidos e encaminhados para a Delegacia de Patrocínio, juntamente com o material apreendido. Os veículos foram apreendidos e removidos ao pátio credenciado.

Câmara rejeita mais uma conta do ex-prefeito Ivonei Abade

Apesar de obter 8 votos favoráveis entre os 15 vereadores, o ex-prefeito de Janaúba Ivonei Abade Brito teve a prestação de contas do seu primeiro ano de mandato, em 2001, rejeitada pela Câmara Municipal de Janaúba, seguindo a recomendação do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG), com isso o ex-prefeito fica impedido de se candidato, tirando as esperanças de Ivonei de estar no páreo eleitoral de 2016 para o executivo de Janaúba. A votação foi na reunião ordinária de segunda-feira, dia 13 de abril, um ano e oito meses após o legislativo ter rejeitada as contas de 2002, também na gestão de Abade. 
Com a decisão prévia do TCE-MG orientando pela reprovação da prestação de contas, o ex-prefeito Ivonei Abade teria que apresentar argumentos para contrapor o posicionamento do tribunal e ainda conseguir dois terços, ou seja, 10 votos entre os 15 vereadores. Quando o TCE emite parecer prévio pela aprovação, o gestor necessita de maioria absoluta, no caso de Janaúba, 8 votos. 
O Tribunal de Contas emitiu o parecer prévio pela rejeição tendo em vista a aplicação de 12,06% da receita básica de cálculo nas ações e serviços públicos de saúde, descumprindo o mínimo exigido. Em recurso ao próprio tribunal, o ex-prefeito Ivonei cita que a regra constitucional prevê o limite mínimo de gastos na área de saúde de 15% do produto de arrecadação dos impostos a partir do exercício financeiro de 2004 e impõem que a partir de 2000 a aplicação seja de pelo menos 7% e que a elevação gradual não pode ser entendida como formalização rígida, uma vez que a adequação deve ser de acordo com os requisitos essenciais de cada município. 
Ainda em sua defesa o ex-prefeito menciona que na análise da prestação de contas do exercício de 2000 (gestão do ex-prefeito Wildemar Maximino da Cruz) apurou-se uma aplicação de 22,21% nas ações e serviços públicos de saúde e que Janaúba não estaria no rol dos municípios incluídos na regra de evolução progressiva. “Ocorre que ficaria impossível no exercício de 2001 manter ou aproximar o índice da saúde com o exercício anterior, considerando os gastos em infraestrutura em 2000. No entanto, o recurso de Abade foi negado pelo TCE. 
A Comissão de Finanças, Orçamento e Tomada de Contas da Câmara Municipal, composta pelos vereadores Carlos Isaildon Mendes, Paulo Roberto (Pauleca) de Oliveira e Leobino Antunes de Bem, opinou pela rejeição do parecer do Tribunal de Contas do Estado e opinou pela aprovação da prestação de contas do município de Janaúba exercício de 2001, tendo como prefeito Ivonei Abade. No relatório da comissão consta que “após o reexame, o relatório inicial (do TCE) apontava 17 irregularidades que, após devidamente analisada as justificativas, foi reduzida para apenas uma”. 
Ainda no relato da Comissão de Finanças há a seguinte citação: “Outro fato relevante...é questionar como admitir a existência de tamanha distância entre os percentuais de valores aplicados em serviços de saúde nos exercício de 2000 (22,21%) comparativamente aos de 2001 (12,06%), quando os fatos demonstram que quando o então prefeito municipal, Ivonei Abade Brito foram empossado, o município contava com apenas 02 (duas) equipes de Saúde da Família (PSF) funcionando incipientemente e, ao final de 2001, seu primeiro ano de gestão, esse número fora elevado para 20 (vinte) equipes, praticamente universalizando os serviços de atenção básica no município, evidente que de igual modo, agregando o seu elevado custo financeiro”. 
O ex-prefeito Ivonei Abade compareceu à Comissão de Finanças e ratificou a sua defesa. No entanto, Ivonei não foi à reunião da Câmara em que a prestação de contas do seu primeiro ano de governo foi submetida à votação. Ele conseguiu a maioria dos votos, mas não suficiente para derrubar o parecer do Tribunal de Contas. Os vereadores Carlos Isaildon Mendes, João (da Ambulância) Pereira, José Luiz Pereira dos Santos (Zé Luiz dos Algodões), José Tarcísio Mendes, Paulo Roberto de Oliveira (Pauleca), Sebastião Freire Brito (Tião da Goiaba), Sérgio Henrique Coelho e Zacarias de Paula Souza foram a favor do parecer da Comissão, ou seja, 8 votos pela aprovação das contas. Já os vereadores Adauri Soares Cordeiro, Armando Batista (Peninha), Cláudio Fidelix Martins, Felipe Franklin Silva Carvalho, Gilberto Dias Neves, Juscimar dos Reis Gramelich Mosquém (Farinheiro) e Leobino Antunes de Bem votaram contra o parecer da comissão, quer dizer, 7 concordaram com o parecer do TCE pela reprovação das contas de 2001. (Fonte: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Janaúba)

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Prejuízos com fraudes no DPVAT são de R$ 1 bi no país, dizem MP e PF

Justiça expediu 229 mandados
(G1) Os órgãos que apuram as fraudes no DPVAT, investigadas na operação “Tempo de Despertar”, apontam que os prejuízos aos cofres públicos podem ser de R$ 1 bilhão em todo o Brasil. A estimativa foi feita depois que o Ministério Público e a Polícia Federal descobriram que, apenas no Norte de Minas Gerais, o rombo é de R$ 28 milhões.
Em decorrência das irregularidades apuradas, 40 pessoas foram presas nesta segunda-feira (13), em MG, BA e RJ. Entre os detidos há 14 empresários e pessoas ligadas a eles, um policial militar, 11 policiais civis, sendo um delegado, três médicos, oito advogados e três fisioterapeutas. Um empresário permanece foragido. A Justiça expediu 229 mandados. Veja os nomes dos envolvidos.
“A seguradora Líder [que administra o DPVAT no país] arrecada R$ 10 bilhões por ano, destes, 45% vão para o Sistema Único de Saúde, o restante, mais de R$ 5 bilhões, são utilizados para o pagamento de indenizações. Se 20% dos pagamentos forem feitos irregularmente, há um prejuízo de R$ 1 bilhão, quando temos em vista que este percentual pode ser ainda maior, entre 30% e 50%”, explica o promotor Guilherme Roedel.

Fraudes em todo o Brasil
O delegado Marcelo Freitas explica que na primeira etapa da investigação foram identificados os núcleos locais envolvidos na fraude. Posteriormente, foi descoberta a relação de membros dos grupos, como advogados por exemplo, que tinha ligação com advogados em outros estados. Por isto, segundo ele, que a “Tempo de Despertar”, embora tenha sido feita a partir de irregularidades em MG e por iniciativa de autoridades do MP e da PF do Norte de Minas, se estendeu para outros dois estados.

“A operação policial neste momento focou em algumas das principais cidades de Minas Gerais, mas não temos dúvidas de que a investigação irá se estender para outros estados do território nacional, pois a fraude aqui estancada se estende por várias cidades de todo o nosso país”, destaca o delegado Marcelo Freitas da PF.
 
Pioneirismo da operação e conivência da Líder
De acordo com o que está sendo investigado, o MP e a PF acreditam que as fraudes têm a conivência da Líder. Este é, segundo as autoridades, o diferencial da operação “Tempo de Despertar”. O dinheiro arrecadado irregularmente com as indenizações seria dividido entre os envolvidos, inclusive com alguns membros da seguradora.

“A partir do momento em que ela recebe uma porcentagem para cada acordo que é feito, não é interessante combater esse tipo de fraude. Acreditamos que o recurso pago pelos cidadãos deveria ser destinado ao governo, sem a participação da seguradora ou das intermediadoras [empresas particulares que cobram percentuais para ajudar as vítimas a dar entrada no seguro]”, fala o promotor Bruno Oliveira Muller.

Entenda o esquema
Para conseguir que o seguro fosse pago, de acordo com o MP e PF, os envolvidos fraudavam documentos como boletins de ocorrência, atestados médicos e procurações. Além disso, conseguiam ter acesso a informações privilegiadas com dados de possíveis vítimas por meio de funcionários de hospitais e policiais. Lesões causadas por brigas entre casais, brigas em bares e partidas de futebol, eram atestadas como se fossem provocadas em acidentes de trânsito.

Por iniciativa de denúncias de juízes, que encaminhavam casos com indícios de fraude para o MP e PF, que as investigações começaram. Apenas em Montes Claros, dos 60 mil processos em tramitação, 10 mil são relacionados ao DPVAT.
“Quando a Justiça é acionada, a presunção é de que se trata de algo legítimo. Mas conforme o andamento das investigações, percebemos que o Judiciário é muitas vezes induzido ao erro. O número enorme de demandas incentivou o próprio Judiciário a estimular a realização dos mutirões, que de uma vez só acabam com três mil processos, chancelando muitas vezes as fraudes”, fala o promotor Flávio Márcio Lopes, que faz parte do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).
 
Desdobramentos
Segundo o delegado Marcelo Freitas, após a realização da operação, o MP e a PF estão recebendo ligações de juízes de várias comarcas que querem entender como os grupos criminosos agiam e quem são os envolvidos para saberem se eles movem processos nas áreas de atuação deles.

Além disso, foi encaminhada uma cópia do processo relativo à investigação para todos os juízes de Minas Gerais. O documento também foi enviado para o corregedor de Justiça, o Conselho Nacional de Justiça, Conselho Nacional do Ministério Público e o Ministério da Justiça.
“Trabalhamos com a ideia de que é preciso alterar completamente o modo de pagamento das indenizações do seguro, que instituições bancárias e os Correios sejam utilizados, para evitar que o pagamento seja feito por intermédio de seguradoras e empresas. Precisamos criar mecanismo de enfrentamento efetivo, para que o cidadão, proprietário de veículo automotor não seja extorquido como está acontecendo”.
Os envolvidos podem responder por vários crimes como corrupção ativa e passiva, formação de quadrilha, estelionato, falsidade ideológica e uso de documento falso.
 
Tempo de despertar
O MP e a PF esclarecem que o nome da "Tempo de Despertar" é uma alusão à necessidade de que o cidadão não seja convivente com atos de corrupção.

“O cidadão que se envolve nisso, não é enganado, faz isso de forma consciente em um momento em que a população está indo às ruas contra a corrupção. Este tipo de fraude depende do cidadão que quer uma indenização que ele não tem direito e acaba movendo este sistema de corrupção”, diz Guilherme Roedel.
 
O que dizem os envolvidos
Por e-mail, a assessoria de imprensa da Líder também disse que, desde 2012, denunciou 115 casos com indícios de fraudes para a Polícia Civil na comarca de Montes Claros.

“Somente em 2014, foram comprovadas pela Seguradora 7.076 tentativas de fraude contra o Seguro DPVAT e, nesse mesmo período, foram oferecidas 4.102 novas representações criminais”
A Líder diz ainda que fica evidente a contradição da acusação, uma vez que a seguradora combate as fraudes em todo país.
“Repudiamos as declarações do delegado federal e do promotor de justiça local que, em entrevistas à imprensa, cometeram a imprudência de apontar, sem provas e sequer indícios, a Seguradora Líder-DPVAT como envolvida no esquema fraudulento.”
A seguradora disse ainda que os envolvidos não integram os quadros da empresa e aciona as autoridades ao suspeitar de fraudes.
Os representantes das Polícia Civil, Militar e da Ordem dos Advogados do Brasil destacaram que irão acompanhar as investigações e não são coniventes com atos ilícitos.

Em Janaúba adolescentes assaltam e atiram em funcionário de mercearia

A polícia procura por dois adolescentes de 14 e 16 anos que assaltaram e balearam um funcionário de uma mercearia em Janáuba (MG), nesta quarta-feira (15). Eles fugiram com R$ 1.300.
Segundo as informações da Polícia Militar, o funcionário foi abordado pelos menores enquanto fazia entregas. Um deles estava armado, o ameaçou e obrigou a entregar o dinheiro. Antes de fugir o adolescente atirou na perna da vítima.
De acordo com a PM, o entregador foi socorrido e levado para um hospital. Ele passa bem.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Pirapora: Pai vê filho usando maconha, reclama e é esfaqueado por ele

Um adolescente de 15 anos foi apreendido depois de tentar assassinar o pai, de 47, com golpes de facão, em Pirapora, no Norte de Minas Gerais, nesta terça-feira (14). O crime aconteceu no Bairro Bom Jesus.
Segundo as informações da Polícia Militar, a tentativa de assassinato aconteceu depois que o homem reclamou com o filho que ele estava fumando maconha no quintal de casa com um amigo. Em seguida, de acordo com a PM, o jovem deu vários golpes de facão no pai, acertando-o inclusive na cabeça.
O homem foi socorrido e levado para um hospital, ele não corre risco de morrer. Depois do crime, o adolescente foi até o quartel da PM, confirmou os fatos e disse que não matou o pai porque o facão foi tomado das mãos dele pela mãe.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

terça-feira, 14 de abril de 2015

Rio Pardo de Minas: Governo resolve entraves e entrega 50 casas

Após solucionar pendências deixadas pela gestão passada, Sedru e Cohab entregam conjunto habitacional que estava concluído
 
Secretário Tadeu Martins Leite participa da
inauguração de conjunto da Cobah em Rio Pardo de Minas.

(ASCOM MG) Uma ação articulada entre a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Regional, Política Urbana e Gestão Metropolitana (Sedru), Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab-MG), Copasa, Copanor e Cemig permitiu a inauguração do Conjunto Habitacional Bela Vista no município de Rio Pardo de Minas, que vai beneficiar 50 famílias. Após dois anos de conclusão da obra, o Governo do Estado, por meio da Coohab-MG, fez a entrega das casas, que teve investimentos de R$ 2,4 milhões, com contrapartidas do Governo Federal, Estado e prefeitura.
Representando o governador Fernando Pimentel, o secretário de Estado de Desenvolvimento Regional, Política Urbana e Gestão Metropolitana, Tadeu Martins Leite, destacou que, em menos de 100 dias, as questões burocráticas que impediam a inauguração do residencial foram resolvidas pelo novo governo. “A pedido do governador, sentamos com todos os entes e empresas públicas envolvidas, para tentar destravar os problemas que fizeram com que tantas pessoas adiassem o sonho de terem a casa própria” disse.
Ao assumir a secretaria no início do ano, Tadeu Martins Leite encontrou problemas de gestão, que estavam impedindo a entrega das casas construídas pela Cohab. “Quando entrei na Sedru, me deparei com 51 conjuntos habitacionais parados, sem condições de entrega à população, porque a Copasa não tinha instalado água e esgoto e a Cemig não tinha feito as ligações de energia. Em pouco tempo, já inauguramos três destes conjuntos e vamos privilegiar o diálogo e as ações sincronizadas para entregar os demais que ainda estão pendentes” destaca.
O secretário ressaltou ainda a importância destas casas para as famílias beneficiadas. “Fico realizado por ver a felicidade destas pessoas, que agora terão um teto para criarem seus filhos. Elas lutaram e sonharam a vida toda por uma casa própria. É isso que nos move e é este o objetivo do governador Fernando Pimentel. Ainda temos muito que fazer, mas acabamos de chegar, e não tenho dúvidas que vamos cumprir a meta de reduzir o déficit habitacional do Estado de Minas Gerais”. Tadeu Martins Leite lembrou ainda que existem outras metas do Governo do Estado na microrregião do Alto Rio Pardo, a exemplo das regularizações fundiárias, “que são um entrave para o desenvolvimento”, observou.
O evento contou com as presenças do prefeito de Rio Pardo de Minas, Jovelino Pinheiro, do vice-prefeito Geraldo Cantídio, do coordenador do escritório da Cohab Minas na região, Gerson Olemberg, do secretário-adjunto da Sedru, João Batista, do presidente da Câmara Municipal, Juscelino Miranda, demais vereadores e secretários municipais.

Sonho realizado
Sidnéia dos Santos Silva foi uma das beneficiadas com uma casa no Conjunto Bela Vista. Mãe de três filhos menores de idade, um deles deficiente visual, ela conta que viveu durante muitos anos de aluguel e teve que se mudar várias vezes. “Na minha condição, não teria capacidade de comprar nem um lote. Uns falam que aqui é longe, mas esta casa é minha”. O sentimento de felicidade foi compartilhado por Daniela Lopes, também beneficiada: “É muito bom dizer que esta casa é minha. Vai mudar tudo na minha vida”.
Késia Nélia Batista morou durante cinco anos com a sogra, desde quando se casou, e agora vai ter uma casa própria para viver ao lado do marido e da filha. “Para chegar até aqui, tive que  acreditar em muita coisa, e hoje comemoramos esta realização”.

Rio Pardo de Minas: Assaltantes fogem com R$ 17 mil de dono de fazenda

(G1) A polícia procura por duas pessoas que assaltaram o proprietário de uma fazenda em Rio Pardo de Minas (MG), nesta segunda-feira (13). Os criminosos fugiram com R$ 17 mil.
A vítima procurou pelo quartel da Polícia Militar e disse que foi abordada na propriedade por dois homens encapuzados e armados com um revólver e um facão. Eles amarraram o proprietário da fazenda e fugiram com o dinheiro.

Em Janaúba homem é morto a tiros e duas mulheres são baleadas

Um homem de 30 anos foi morto a tiros e duas mulheres, de 35 e 44, foram baleadas, no Bairro Nova Esperança, nesta segunda-feira (13), em Janaúba (MG). Até o momento ninguém foi preso.
A Polícia Militar recebeu denúncias de que estava havendo um tiroteio na Rua Francisco Sá. Uma equipe foi até o local e encontrou o homem caído no chão. Uma equipe do Samu confirmou o óbito e a perícia atestou que ele foi morto com sete tiros, no braço, costas, mãos e nádegas. Cada uma das mulheres foi atingida por um tiro, na coxa e na perna. Elas foram socorridas e levadas para um hospital da cidade.
Testemunhas disseram para a PM que dois homens armados e encapuzados atiraram no homem e depois dispararam em direção as mulheres. Informaram também que o alvo dos criminosos não seria nenhum dos três. A motivação do crime é investigada.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Januária: Idoso de 81 anos morre após ser atacado por abelhas

Militares utilizaram roupas de proteção para socorrer a vítima
(R7) Um idoso de 81 anos, identificado somente como José, morreu após sofrer um ataque de abelhas na cidade de Januária, no norte de Minas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o homem levou centenas de picadas, chegou a ser socorrido para o hospital, mas não resistiu.
Ainda conforme os militares, o incidente aconteceu no último domingo (12). Incomodado com o enxame, a vítima tentou espantar as abelhas com fumaça, mas mas acabou sendo atacada. Os Bombeiros encontraram José já inconsciente no chão do quintal.
Ele sofreu uma parada cardiorrespiratória ao chegar ao hospital. O neto do idoso ainda tentou socorrer o avô, mas não conseguiu e acabou sendo picado diversas vezes. Ele também precisou ser hospitalizado.

Em Janaúba dois homens são assassinados a tiros

Dois homens foram assassinados e um ficou baleado neste domingo (12), em Janaúba. O primeiro crime foi no início da noite no Bairro Novo Paraíso.
Segundo a PM, as duas vítimas, de 23 e 24 anos, estavam em casa quando uma pessoa, ainda não identificada, bateu no portão. Ao abrir, o suspeito entrou atirando. O rapaz de 23 anos morreu no local e o outro jovem foi atingido na perna. Ele foi socorrido e encaminhado ao hospital. Na casa, os policiais apreenderam 50 gramas de crack e três cartuchos.
Três horas depois, um homem de 61 anos foi morto no Bairro Vila Isaías. A Polícia Militar foi acionada por vizinhos que ouviram os disparos. Testemunhas disseram à PM que a vítima e o filho dele teriam se envolvido em uma briga com o autor, que subiu pelo muro da casa e disparou contra ele.
O homem foi atingido nas costas e socorrido e encaminhado ao hospital. Ele recebeu atendimento, mas não resistiu aos ferimentos. Com esse homicídio o número de assassinatos em Janaúba chega ao 15º. Até o momento ninguém foi preso.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Janaúba: PF desarticula organização suspeita de fraudar R$ 28 milhões do Dpvat

A Polícia Federal (PF) prendeu na madrugada de hoje (13) servidores públicos, policiais civis e militares, médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, dentistas e agenciadores de seguros suspeitos de fazerem parte de uma organização criminosa especializada em fraudar o Seguro Obrigatório de Danos Pessoais (Dpvat). As fraudes no seguro pago às vítimas de acidentes causados por veículos automotores de via terrestre podem chegar a R$ 28 milhões.
Estão sendo cumpridos 229 mandados judiciais – 41 de prisão, sete de condução coercitiva, 61 de busca e apreensão, 12 para afastamento de cargo público, 51 para sequestro de bens e 57 referentes à quebra de sigilos bancários. A ações da Operação Tempo de Despertar ocorrem em Goiás, Brasília, no Espírito Santo, na Bahia e em Minas Gerais.
As investigações – feitas em parceria entre a PF, o Ministério Público, a Corregedoria da Polícia Civil e a Polícia Militar de Minas Gerais – constataram que o grupo criminoso usava vários métodos para fraudar o seguro Dpvat, entre eles, o  ajuizamento de ações judiciais por escritórios de advocacia sem conhecimento e autorização das vítimas. Segundo a PF, a quadrilha falsificava assinaturas em procurações e declarações de residência falsas.
A organização também ajuizava ações, de forma simultânea, em comarcas distintas, sem relação com o local do acidente e sem que as vítimas tivessem conhecimento do ajuizamento de ação. Os mandados judiciais estão sendo cumpridos nas cidades mineiras de Almenara, Bocaiuva, Brasília de Minas, Capelinha, Capitão Enéas, Coração de Jesus, Corinto, Cristália, Curvelo, Diamantina, Espinosa, Francisco Sá, Janaúba, Januária, Japonvar, João Pinheiro, Juiz de Fora, Lontra, Manga, Minas Novas, Mirabela, Monte Azul, Paracatu, Pirapora, Porteirinha, Ribeirão das Neves, Salinas, São Francisco, São João da Ponte, Sete Lagoas, Taiobeiras, Turmalina, Várzea da Palma, Guanambi e Urandi, além de municípios do Rio de Janeiro e da Bahia.
Os suspeitos poderão responder judicialmente pelos crimes de formação de quadrilha, estelionato, falsificação e uso de documentos públicos, corrupção ativa e passiva e facilitação ou permissão de senhas de acesso restrito a terceiros.
De acordo com a Polícia Federal, a Operação Tempo de Despertar é resultado de uma série de outras ações desencadeadas pelas polícias estaduais, nos últimos anos, que apuraram suspeitas de fraude no Dpvat.
“Nos últimos anos, grande quantidade de operações foram deflagradas em todo o Brasil com o objetivo de coibir fraudes no seguro Dpvat. Elas já davam conta de que a atividade criminosa podia ser sustentada por um grupo organizado, com ramificações em diversas áreas da administração pública, envolvimento de policiais, empresários e empresas de seguro, além de número expressivo de advogados”, diz nota da PF.
Com as informações dessas operações, a Polícia Federal iniciou as investigações que resultaram na operação desencadeada para identificar os líderes do esquema que, segundo a PF, devem estar "no interior da seguradora responsável pela gestão do seguro Dpvat”.
Com o nome da operação, a PF pretende chamar a atenção da sociedade para o “despertar” contra fraudes e crimes cometidos à coletividade.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

domingo, 12 de abril de 2015

Em Janaúba, homem é assassinado durante troca de tiros

Na noite deste domingo (12) por volta das 19 horas na cidade de Janaúba, bairro Novo Paraíso, um homem ficou ferido e outro não resistiu ao serem atingidos por disparos de arma de fogo. Segundo informações da PM, o fato teria ocorrido durante uma troca de tiros entre dois grupos. O crime ocorreu próximo a Delegacia de Polícia Civil de Janaúba, entre as ruas Gorutuba e Manga. Nesse momento a PM e Samu se encontram no local prestando os primeiros socorros. A Polícia ainda não soube informar as causas do crime. Com mais essa morte violenta, o número de assassinatos chega ao 14º, elevando mais ainda o nível de violência em Janaúba, colocando o município entre as cidades mais violentas do Estado.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Caixas de duas agências bancárias são explodidos em Buenópolis


Agência do Banco do Brasil é assaltada em Buenópolis
Agência da Sicoob também foi alvo dos criminosos 
(G1) Homens armados explodiram e assaltaram na madrugada deste sábado, 11, duas agências bancárias em Buenópolis, Norte de Minas. As agências do Banco do Brasil e da Sicoob ficam a cerca de 100 metros de distância uma da outra na Avenida Juscelino Kubitschek, no Centro da cidade. No Banco do Brasil três caixas foram destruídos, e o imóvel ficou bastante danificado. A agência do Sicoob  teve um caixa explodido e também sofreu danos.
De acordo com informações da Polícia Militar por volta de 5h, entre 10 a 20 homens fortemente armados cercaram a avenida e começaram a disparar tiros para o alto e em direção a alguns imóveis para intimidar as pessoas que tentaram se aproximar do local.
 Segundo a polícia as cápsulas encontradas no local indicam que os bandidos usaram fuzis e pistolas de grosso calibre. A ação durou aproximadamente 30 minutos e ninguém ficou ferido.
Após a explosão, os bandidos fugiram pela BR- 135 utilizando três veículos. A polícia faz rastreamento, mas até o momento nenhum suspeito foi localizado.
A perícia foi ao local para examinar as imagens de circuito interno que podem ajudar na identificação dos autores das explosões. A polícia não soube precisar a quantia levada pelos assaltantes.

Motorista embriagado bate em moto e mata dois na BR-365, no Norte de MG

(G1) Dois homens morreram em um acidente na BR-365, em Jequitaí, no Norte de Minas Gerais, neste sábado (11). Segundo a Polícia Rodoviária Federal, eles seguiam de moto pela rodovia quando foram atingidos por um carro. As duas vítimas não portavam documentos, por isso não foram identificadas.
Ainda de acordo com a PRF, o motorista do carro estava embriagado. Ele teve lesões leves, foi preso e encaminhado para a delegacia de Pirapora (MG).
Na mesma BR, a PRF registrou um tombamento de carreta, carregada com produtos de uma empresa de alimentos e bebidas. O trânsito não precisou ser interrompido, pois o veículo tombou fora da pista. O motorista não teve ferimentos e não disse o que teria causado o incidente.
Já na BR-135, um homem foi atropelado por um automóvel, no povoado de Lagoinha, em Montes Claros (MG). Segundo a PRF, a vítima foi socorrida pelo Samu. É provável que a ocorrência tenha sido causada por desatenção do pedestre, já que os veículos costumam passar pelo local, que tem radares, com a velocidade reduzida. O condutor do carro não ficou ferido.

sábado, 11 de abril de 2015

Em Espinosa seis pessoas são presas em ação conjunta da PM e PC

Operação foi realizada em bairros periféricos da cidade.
Armas e drogas também foram apreendidas.
(G1) Seis pessoas foram presas e um menor apreendido nesta sexta-feira (10) em Espinosa, Norte de Minas, durante uma operação conjunta das Polícias Civil e Militar. Segundo o delegado da PC, Herivélton Ruas Santana, a ação foi realizada nos Bairros Bela Vista, Santos Dumont, Cigano e Santa Cláudia.
O delegado informou que cinco pessoas presas por tráfico de drogas foram encaminhadas ao presídio da cidade. O Menor prestou depoimento e foi liberado. Um homem, preso por posse ilegal de arma de fogo, pagou fiança e também foi liberado.
A ação apreendeu ainda 132 pedras de crack, 36 buchas de maconha, duas espingardas e uma motocicleta. Ainda de acordo com o delegado, um dos objetivos da operação é diminuir o índice de criminalidade no município. “Tivemos recentemente um aumento no número de assaltos na cidade e, com esta ação, com certeza estes índices irão diminuir.

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Mato Verde: Funcionários são suspeitos de carregar ambulância com cerveja

Em Mato Verde, no norte de Minas Gerais, homens foram flagrados colocando compras dentro de uma ambulância. A pessoa que fez a denúncia disse que o veículo estava estacionado em frente a uma distribuidora de bebidas. A suspeita é que o carregamento seja de cerveja. Os funcionários podem perder o emprego.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Homem é morto após briga por uma pedra de crack em São Francisco

(G1) Três pessoas foram detidas, na noite desta quinta-feira (09), suspeitas de envolvimento em um homicídio, em São Francisco no Norte de Minas.
Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu no Bairro São Pedro, após uma briga por uma pedra de crack. A vítima de 42 anos foi espancada e atingida por golpes de machado na cabeça. Os militares encontraram o corpo dele próximo a um campo de futebol, após receber denúncia anônima.
Os policiais fizeram rastreamento e prenderam dois homens e um menor de 14 anos. O adolescente disse à PM que o tio dele teria efetuado os golpes que matou o homem. Na casa dos suspeitos, a polícia encontrou roupas sujas de sangue. Eles foram conduzidos à delegacia de januária. A perícia esteve no local e liberou o corpo para a funerária.

Mulher é assassinada a facadas pelo companheiro em Bocaiuva

(G1) A Polícia Militar procura por um homem, de 33 anos, suspeito de assassinar a companheira, de 46, a facadas na noite desta sexta-feira (10), em Bocaiuva, no Norte de Minas.
Segundo a PM, a mulher foi morta após ser atingida por uma facada no pescoço, dentro da casa onde eles moravam, no Bairro Nossa Senhora das Graças. Segundo testemunhas, após o crime o homem saiu da casa com a faca na mão, afirmando que tinha cometido o homicídio. A Polícia Militar foi acionada e encontrou a vítima caída no chão da sala.
Vizinhos contaram à PM que o casal sempre discutia e fazia uso de bebidas alcoólicas constantemente. Ainda de acordo com a polícia, já havia registro de boletins de ocorrência por ameaça e atritos verbais.

Suspeito de assaltar Correios, postos e lotéricas é preso em Mato Verde

Armas e lebanca foram apreendidas

Uma das motos utilizadas pelo grupo
(G1) A Polícia Militar prendeu, nesta sexta-feira (10),  um homem de 25 anos, suspeito de vários assaltos e arrombamentos a agências dos Correios, casas lotéricas e posto de combustíveis em Espinosa, Mato Verde, Monte Azul no extremo Norte de Minas Gerais. Outras três pessoas estão sendo procuradas. Uma moto, munições e duas armas foram apreendidas.
Uma equipe da PM fazia um patrulhamento em Mato Verde, quando os policiais desconfiaram de quatro pessoas que estavam em três motos. Os militares ordenaram para que o grupo parasse, mas eles não obedeceram. Durante a fuga, houve troca de tiros, um dos suspeitos apontado como o líder da quadrilha, pode ter sido baleado.
O helicóptero da PM  faz buscas  na região da Pedreira, zona rural de Monte Azul.

Em Janaúba, jovens de 17 e 21 anos são baleados em tentativa de homicídio

Duas pessoas ficaram feridas em uma tentativa de homicídio na tarde desta quinta-feira (9) em Janaúba. Segundo a Polícia Militar, as vítimas, de 17 e 21 anos, foram baleadas quando passavam pela Rua Porteirinha, no Bairro Nova Esperança.
Ainda segundo a PM, as vítimas relataram que os autores saíram de um matagal e efetuaram vários disparos. O menor foi atingido por três tiros; dois nas costas e um na mão. Já o rapaz de 21, foi atingido por um tiro na mão. O Samu prestou socorro às vítimas e as encaminhou a um hospital da cidade.
Militares realizam buscas na região para tentar encontrar os autores.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com