Blog com notícias de Janaúba e região!

segunda-feira, 13 de julho de 2020

Retenção ilegal e irresponsável: Prefeitura de Janaúba faz repasse após ação judicial da Fundajan


Por meio de Ação Judicial proposta pela Fundação de Assistência Social – Fundajan, patrocinada pelo seu procurador Dr. Luan Gustavo Mendes, em face do Município de Janaúba, foi firmado o acordo entre as partes, onde o Município repassou de imediato à instituição, o montante de R$ 1.270.000,00 (um milhão duzentos e setenta mil reais), se comprometendo ainda ao repasse de mais R$ 433.204,27 (quatrocentos e trinta e três mil duzentos e quatro reais e vinte e sete centavos) no prazo de 10 (dez) dias, verbas estas destinadas pelo Governo Federal por meio das portarias 1.393 e 1.448, destinados ao Fundajan de 21 e 29 de maio do corrente ano. A somatória dos recursos, faz referencia à verbas que já se encontravam em poder do Executivo, sendo elas: R$ 200.000,00 (duzentos mil reais) Emenda Parlamentar destinada pelo Deputado Federal Diego Andrade (PSD-MG); R$ 100.000,00 (cem mil reais) Emenda parlamentar destinada pelo Deputado Federal Igor Timo (PODEMOS -MG); R$ 100.000,00 (cem mil reais) Emenda parlamentar destinada pelo Deputado Federal Leonardo Monteiro (PT-MG), as emendes parlamentares, foram repassadas aos cofres públicos nos meses de abril e maio deste ano. Outra parte das verbas, contendo o valor de R$ 450.000,00 (quatrocentos e cinquenta mil reais) faz alusão à verba Federal destinada ao enfrentamento do COVID-19, a qual o seu repasse à instituição foi aprovado pela Câmara Municipal de Janaúba, na data de 13 de Maio de 2020, por meio da Lei Municipal 2.379/20. Já o valor de R$ 420.000,00 (quatrocentos e vinte mil reais) faz referência à subvenção de Assistência Hospitalar que compeliu o Município ao repasse mensal à instituição no montante de R$ 35.000,00 (trinta e cinco mil reais) mês, projeto este que foi aprovado pelo poder legislativo por meio da Lei 2.363/19 e que não vinham sendo pagas desde o mês de janeiro do corrente ano.

Cegonheira pega fogo na BR-251 e dez carros ficam destruídos

Cegonheira pegou fogo na BR-251 — Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação

Uma cegonheira pegou fogo na BR-251, em Francisco Sá, nesse domingo (12). Segundo os bombeiros, o veículo transportava 10 carros e uma motocicleta que ficaram destruídos.

A cegonheira pegou fogo na altura do KM-450 e o motorista e o passageiro não ficaram feridos. As chamas foram controladas pelos bombeiros de Francisco Sá e as causas do incêndio são desconhecidas.

Ainda de acordo com os militares, o motorista relatou que eram transportados um moto de trilha, três carros novos e sete usados, sendo que um deles era de exposição.

Em Capitão Enéas, carros batem de frente e quatro pessoas ficam feridas na MGC-122

Bombeiros removeram a porta e o teto do veículo para
resgatar o motorista — Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação

Quatro pessoas ficaram feridas em um acidente envolvendo dois carros na MGC-122, em Capitão Enéas, na noite desse domingo (12). Os veículos bateram de frente e um dos motoristas ficou preso às ferragens.

Os bombeiros de Montes Claros foram acionados e cortaram a porta e o teto do carro para resgatar o condutor.

“Ele estava consciente durante o atendimento e foi removido pela parte traseira. Foi necessário cortar a porta e o teto para fazer o resgate com mais segurança. O trabalho durou cerca de 20 minutos", disse o sargento Luiz Alexandre Nascimento.

O motorista fraturou uma das pernas e foi encaminhado ao hospital pelo Samu. Os filhos dele, de 8 e 15 anos, também viajavam no veículo e foram socorridos pelo Samu. Eles se queixavam de dores na região torácica.

O condutor do outro carro viajava sozinho e sofreu apenas escoriações. Todos os feridos foram levados para a Santa Casa de Montes Claros.

sábado, 11 de julho de 2020

Jaíba: Agente de saúde é atropelada por motociclista embriagado em barreira sanitária na LMG-633

Barreira sanitária foi implantada no Projeto
Jaíba há uma semana — Foto: Prefeitura/Divulgação

(Por Marina Pereira, G1 Grande Minas) Uma agente de saúde foi atropelada por um motociclista embriagado enquanto trabalhava em uma barreira sanitária na LMG-633, próximo ao Projeto Jaíba, na manhã deste sábado (11).

Segundo informações da Polícia Militar, ela aferia a temperatura de um caminhoneiro e ao descer do veículo, foi atingida pela moto. O piloto não tinha carteira de habilitação e o teste do etilômetro apontou 0,57 miligramas de álcool por litro de ar expelido. Ele foi preso em flagrante e será encaminhado à delegacia de Janaúba.

A agente de saúde foi levada para o hospital por uma equipe do Samu. O secretário de saúde de Jaíba, Jasiel Fernandes da Silva, informou ao G1 que ela fraturou o braço e a perna, e permanece internada em observação.

Ainda de acordo com o secretário, a barreira sanitária foi implantada no Projeto Jaíba há uma semana como medida de prevenção ao coronavírus.

“Na entrada da cidade já tinha uma barreira e colocamos essa outra no projeto, por causa do fluxo grande de caminhoneiros que vêm de outras localidades para escoar as frutas. Os funcionários orientam esses caminhoneiros, verificam de qual cidade eles estão vindo e aferem a temperatura”, disse.

Casos de coronavírus em Jaíba

Segundo o último boletim epidemiológico, o município tem 29 casos confirmados e seis pessoas estão curadas. Foram notificados 317 casos suspeitos e 68 pacientes estão em monitoramento.

quinta-feira, 9 de julho de 2020

Porteirinha: Pedra fundamental marca início das obras do Serviço de Extensão de Oncologia Clínica da Santa Casa


O lançamento da pedra fundamental, na manhã desta quarta-feira (08 de julho), oficializou o início das obras do Serviço de Extensão de Oncologia Clínica da Santa Casa de Montes Claros, no município de Porteirinha-MG. A iniciativa é uma parceria do hospital com a Santa Casa de Porteirinha através da secretaria de saúde do município. Em virtude da situação de pandemia e respeitando decreto em vigor, o evento foi realizado com a presença reduzida de convidados e transmitido via redes sociais.

De acordo com o prefeito Silvanei Batista (PSB), a previsão para o início do funcionamento do serviço é para o primeiro semestre de 2021. “Sabemos o quanto a Santa Casa de Montes Claros tem credibilidade e da sua importância para toda a nossa região. Através dessa parceria, os pacientes da Serra Geral, que compõem a microrregião de Janaúba/Monte Azul, poderão seguir o tratamento mais próximos de suas residências”, diz.


O superintendente da Santa Casa Montes Claros, Maurício Sérgio Sousa e Silva, explica ainda que, além do atendimento em oncologia clínica e quimioterapia, o serviço também disponibilizará algumas modalidades de exames.

“O serviço irá funcionar como um anexo do hospital de Porteirinha e será gerenciado pela Santa Casa de Montes Claros. A prefeitura já destinou os recursos para a construção do salão de quimioterapia. Assim que estiver pronto, a Santa Casa de Montes Claros entrará com o corpo clínico, que deve atender quinzenalmente os pacientes oncológicos dessa região sem que os mesmos precisem se deslocar mais de 200 km para atendimento em Montes Claros”, fala.

Além de autoridades locais, o deputado estadual Carlos Pimenta (PDT) também participou da solenidade. Na oportunidade, o parlamentar elogiou a iniciativa. “A Santa Casa de Montes Claros é um exemplo de gestão para toda a região. Essa parceria irá proporcionar ainda mais conforto para os pacientes oncológicos”.

Fonte: Ascom Santa Casa

Covid-19: Prefeitura de Janaúba cria centro de atendimento para casos confirmados e suspeitos


(Por Paula Alves, G1 Grande Minas) A prefeitura de Janaúba (MG) criou um centro de atendimento para os casos confirmados ou suspeitos da Covid-19. Segundo a Secretaria de Saúde, o local tem os objetivos de desafogar as unidades básicas de saúde e acompanhar mais assertivamente os casos relacionados ao coronavírus.

“Devem buscar o serviço aqueles pacientes que já testaram positivo e estão sob acompanhamento, pessoas que tiveram contato com caso positivo e aqueles que apresentem qualquer sintoma que denuncie a presença do coronavírus no organismo”, explica o secretário da pasta Renato Quimas.

Ainda de acordo com o secretário, a recomendação é não levar acompanhantes. Mas as exceções se aplicam, por exemplo, em casos de pais com crianças e responsáveis com idosos.

O espaço funciona de segunda a sexta-feira, de 7 às 19h, na rua Genésio Cangussu, 627, Veredas. Se o morador precisar de atendimento em outro horário e no final de semana, sendo grave, deve recorrer ao Hospital Regional de Janaúba.

A capacidade média de atendimento diário são 50 pessoas. Foram direcionados para as atividades três médicos, três enfermeiros, quatro técnicos de enfermagem, um atendente de farmácia e um psicólogo.

Casos da Covid-19
O último boletim epidemiológico aponta 1004 notificados, sendo 268 confirmados; destes, 247 estão recuperados. Sete óbitos já foram contabilizados no município.

segunda-feira, 6 de julho de 2020

Projeto Gorutuba receberá R$ 12 milhões em recursos da União


(Por Dionathan Matos) Em visita ao Norte de Minas na última sexta-feira (19), o ministro do Desenvolvimento Regional Rogério Marinho anunciou a liberação de R$ 59,2 milhões para os projetos Gorutuba, Jaíba e Jequitaí I e II. Ele afirmou que a disponibilização desses recursos para obras de perímetros irrigados e construção de barragens vai permitir a continuação de obras importantes para a população do Norte de Minas.

Segundo informação de Luiz Ribeiro, do Estado de Minas, recursos da ordem de R$ 12 milhões serão destinados para melhoria da infraestrutura do Projeto de irrigação do Gorutuba, abastecido pela Barragem Bico da Pedra, entre os municípios de Janaúba e Nova Porteirinha.

Serão destinados às obras do Gorutuba R$ 9 milhões da Codevasf e R$ 3 milhões por meio de emendas.

Coronavírus: Minas Gerais se aproxima dos 60 mil casos de Covid-19


(Por LARA ALVES) A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) publicou nesta segunda-feira (6) um balanço que aponta que Minas Gerais está perto de alcançar a marca de 60 mil diagnósticos de Covid-19 confirmados entre o começo de março e este mês de julho. Ainda para os próximos nove dias é esperado que o Estado chegue ao pico da pandemia da Covid-19, e se prevê que na data estimada pela pasta, 15 de julho, cerca de 2.500 pessoas precisem de internação na região.

A tendência de aproximação do pico é principalmente confirmada pelo aumento considerável de casos nos últimos 30 dias – boletim epidemiológico de 6 de junho indicou a existência de 14.939 infectados em Minas Gerais. Em apenas um mês, o número pulou para os 59.626 casos constatados nesta segunda-feira. Significa que 75% dos diagnósticos no Estado foram confirmados apenas entre junho e julho.


O cenário se repete também se comparado o número de óbitos constatado até junho com a quantidade de mortes registradas de lá para cá. Até 6 de junho, a SES havia confirmado 368 mortes em Minas Gerais causadas pelo coronavírus. Neste 6 de julho, a quantidade de óbitos chegou à marca de 1.230 – são 862 mortes a mais no período, uma média de 29 registros de óbitos por dia.

As mortes aconteceram em 267 municípios mineiros, e a doença ataca de forma fatal principalmente as pessoas com comorbidades, como diabetes, hipertensão e doença cardiovascular. A média de idade dos óbitos confirmados é de 69 anos, e 75% das mortes aconteceram em pessoas com mais de 60 anos.

Um dado que consta no relatório e que desperta preocupação é a quantidade de infectados pela Covid-19 que precisaram de hospitalização nas redes particular e pública de Minas Gerais. Segundo o documento da Saúde, 6.780 pessoas com diagnóstico confirmado de coronavírus necessitaram de internação.

Outra estatística que chama atenção refere-se ao número de hospitalizações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) se comparados os seis primeiros meses do ano passado e o período entre janeiro e junho deste ano. Houve um aumento de 920% na quantidade de internações pelo quadro, caracterizado pelo aparecimento de sintomas como febre, dor de garganta e tosse, mas sem diagnóstico específico.

Interiorização
Cerca de quatro meses após o aparecimento do primeiro caso de coronavírus em Minas Gerais, a doença conseguiu se alastrar por 85% dos municípios do Estado. Significa que em 731 das 853 cidades mineiras há pelo menos um morador infectado e com diagnóstico confirmado para Covid-19. Até esta segunda-feira (6), seis cidades mineiras já haviam ultrapassado a marca de mil casos de coronavírus: Belo Horizonte (7.904), Contagem (1.011), Governador Valadares (1.501), Ipatinga (2.723), Juiz de Fora (2.170) e Uberlândia (7.655).

Ainda nesse domingo (5), eram cinco os municípios com mais de mil casos, sendo que em todos eles há queixas a respeito de elevadas taxas de ocupação dos leitos de UTI e de enfermaria e outras dificuldades no enfrentamento da pandemia – como ausência de medicamentos para sedação de pacientes infectados pelo coronavírus.

domingo, 5 de julho de 2020

Prefeitura de Catuti dá inicio a asfalto de mais de 25 ruas no perímetro urbano e no distrito de Barreiro Branco



A Administração Municipal de Catuti-MG deu início a nova obra de asfalto no Município. Serão 25 novas ruas asfaltadas na Cidade de Catuti e Distrito de Barreiro Branco.

Esta é uma grande obra que irá favorecer todos os moradores e visitantes. Uma grande conquista desta Administração Municipal.

As obras de asfalto no Município de Catuti estão orçadas em mais de 1 milhão de reais. Uma parceria do Governo de Minas e Prefeitura Municipal de Catuti.

Foragido do presídio de Janaúba é capturado em Montalvânia; para evitar prisão, ele apresentou CNH e nomes falsos para a PM


Um fugitivo do presídio de Janaúba (MG) foi capturado pela Polícia Militar em Montalvânia (MG) nesta sexta-feira (3). Ele estava foragido desde o ano passado.

Segundo a PM, o homem estava circulando de moto quando foi abordado em uma operação de rotina para prevenção de crimes. Ao ser questionado, apresentou uma CNH falsa e forneceu vários nomes diferentes, com objetivo de não ser identificado e preso. Os policiais suspeitaram e conseguiram identificar o fugitivo com a ajuda da Polícia Civil.

Ainda de acordo com a PM, o homem tem 29 anos e possui passagens por tentativa de homicídio, posse e porte ilegal de arma, furto e falsidade ideológica. Há suspeitas de que ele estaria envolvido com o tráfico de drogas na região de Montalvânia.

O fugitivo foi levado para o presídio de Januária e deve ser encaminhado para uma unidade prisional em Bocaiuva, que está recebendo os presos da região durante a pandemia.

Coronavírus: Minas registra mais de dois mil casos e 18 mortes em 24 horas

Uso de máscaras é obrigatório em BH
desde abril. — Foto: Cristina Moreno de Castro / G1 Minas

(G1) Minas Gerais registou, neste domingo (5), 18 novas mortes por coronavírus e agora o número de óbitos no estado chega a 1.201.

Os dados também mostram que Minas já teve 58.283 pacientes infectados com o novo coronavírus. Foram 2.325 casos a mais do que na véspera.

Ainda segundo os números do governo, 35.622 pacientes se recuperaram da doença no estado. Desde o início da pandemia, 6.679 tiveram que ser internados e 51.604 ficaram em isolamento domiciliar.

Na rede pública, 44.662 pessoas foram testadas.

Casos por município
Dos 853 municípios mineiros, 724 já tiveram ao menos um caso do novo coronavírus. Isso representa quase 85% do total de cidades no estado.

O município com mais casos da doença voltou a ser Belo Horizonte, com 7.714, com 176 mortes. Em seguida, aparecem Uberlândia (7.570), com 110 mortes, Ipatinga (2.597), Juiz de Fora (2.228) e Governador Valadares (1.503).

Perfil dos pacientes
A maioria dos pacientes que morreram em decorrência do novo coronavírus são homens: 56% do total. E idosos: 74% tem mais de 60 anos. 35% são de cor branca e 34% de cor parda. Além disso, 82% dos óbitos ocorreram em pacientes que já tinham fatores de risco, principalmente hipertensão, diabetes e doença cardiovascular.

Outros fatores de risco registrados foram pneumopatia, doença renal, transtornos mentais, doença neurológica, tabagismo, neoplasia, hipotireoidismo e doença genitourinária.

No início da pandemia, a Secretaria de Estado da Saúde (SES-MG) informava qual era a comorbidade de cada paciente que havia morrido com a Covid-19. Em abril, no entanto, a pasta parou de informar. Questionada, a SES disse que, pela "possibilidade de ocorrência em municípios de pequeno porte", "os pacientes podem ser facilmente identificados, quando descritas características específicas". 

"Assim sendo, no intuito de mantermos a confidencialidade das informações fornecidas pelos pacientes e/ou familiares, passamos a não mais divulgar o descritivo detalhado de informações por paciente".

O município com mais mortes até agora foi Belo Horizonte, com 176. Em seguida, Uberlândia, no Triângulo Mineiro, com 110 óbitos e Juiz de Fora, na Zona da Mata, com 58.

domingo, 28 de junho de 2020

Estádio gramado de futebol é inaugurado em Catuti com Live


A noite de 19 de junho foi marcada com a grande inauguração do Estádio de Futebol de Catuti-MG.

A Prefeitura Municipal de Catuti inaugurou o Estádio de Futebol gramado com a presença do Executivo Municipal, Vereadores, Secretários Municipais e Juvenal de Freitas Neves, popular Brancão, filho do saudoso atleta Joaquim de Freitas Neves, que recebe homenagem da Administração Municipal com o nome do Estádio: Estádio de Futebol Joaquim de Freitas Neves.

Os atletas de Catuti e região ganham uma grande obra que era o sonho de todos, um Estádio de Futebol gramado.

A atual Administração Municipal juntamente com o apoio do Deputado Federal Diego Andrade conseguiram recursos para a construção do tão sonhado Estádio de Futebol, todo gramado, que hoje é realidade em Catuti.

Na noite de ontem foi montado um cenário todo especial no próprio campo de futebol onde aconteceu a live de "Ralisson e Robson" que levou um repertório de muita música boa até as casas de todos. As pessoas se interagiram em tempo real. Antes houve apresentação do professor Marcos, da Escola de Música de Catuti e show com "Bianca e Banda" do Distrito de Barreiro Branco.

Devido o momento em que o Mundo se encontra e por medidas de precaução à disseminação do COVID-19 / Coronavírus, não houve inauguração do Estádio de Futebol com uma grande festa com a presença de muitas pessoas mas em momento oportuno todos irão se encontrar e comemorar a realização dessa grande obra que Catuti acaba de ganhar: O Estádio Municipal de Futebol, todo gramado.

Prefeitos de Catuti e Monte Azul se reúnem para dar inicio a construção da ponte da Pedreira


No último dia 22 de junho, o Prefeito Municipal de Catuti-MG se reuniu com o Prefeito Municipal de Monte Azul-MG, vereadores, comerciantes e moradores dos dois municípios para oficializar o início da obra de construção da tão sonhada Ponte da Comunidade Pedreira.

Os moradores estavam impossibilitados de transitar, dificultando todo o acesso. A partir de agora a tão reivindicada ponte será construída facilitando a vida de todos moradores e visitantes.

Janaúba: Sem festas de São João por causa da Covid-19 e para aliviar estresse de funcionários

Hospital foi decorado com temática junina
em Janaúba — Foto: Maxwara / Arquivo pessoal

(Por Michelly Oda, G1 Grande Minas) Sem festas de São João por conta da pandemia e para aliviar um pouco o estresse que Covid-19 tem causado nos profissionais de saúde, a direção do Hospital Fundajan, em Janaúba (MG), decidiu promover um concurso. Divididos em grupos, os colaboradores foram desafiados a decorarem 12 setores da unidade de saúde com a temática junina.

“A alegria tomou conta do hospital e nesse caso todos ganharam. Os que aqui trabalham e os que vem até nós em busca de cuidados. Atingimos nosso objetivo principal que foi dar um pausa no estresse causado pela pandemia, sem esquecermos os cuidados necessários e voltarmos a criar um ambiente de trabalho leve, alegre e feliz para todos”, fala Silvana Ferreira de Oliveira, diretora assistencial do Hospital Fundajan.

O dia de São João, comemorado na quarta-feira (24), é considerado feriado em Janaúba. Muitas festas são realizadas na região nesse período, algumas de maior porte e outras que se restringem às famílias.

Para que o mês de junho não passasse em branco, a ideia inicial da diretora assistencial era incluir no cardápio alguma comida típica. Mas Silvana percebeu que seria interessante algum outro tipo de iniciativa que pudesse envolver diretamente os funcionários.

“O hospital existe há 46 anos e essa história foi construída por meio da energia e do esforço dos profissionais que aqui trabalham. O concurso, na verdade, foi uma estratégia para dar momentos de alento para os funcionários que estão trabalhando em uma situação de muito estresse. Mais do que nunca, é importante a gente cuidar de quem cuida”, diz.

‘Estamos aqui para darmos o melhor’

“Foi uma ideia muito envolvente e que trouxe outro clima para o hospital. Nós esquecemos um pouco esse momento tenso de pandemia e vivemos o clima de São João. Sempre há o medo do que nos espera, mas estamos aqui para darmos o melhor da gente”, diz a enfermeira Maxwara Martins Teixeira.

A enfermeira diz ainda que o clima de descontração fez bem também para os pacientes. Ela cita o caso de uma gestante que aproveitou a decoração para fazer fotos.

“Nós estávamos quase indo para o bloco, mas ela disse que queria tirar as fotos. Esse momento nos faz pensar que devemos valorizar as pequenas coisas. Eu, por exemplo, estou com muita saudade de ver meus pais que são idosos e moram em outra cidade. Não os encontro desde o início da pandemia. Também estava me preparando para realizar a comemoração do primeiro ano do meu filho, que reuniria meus irmãos que moram em outros lugares”, fala.

Pediatria e maternidade venceram

A comissão que analisou a decoração decidiu pelo empate. As equipes da pediatria e da maternidade foram as vencedoras. Inicialmente, a ideia era de que fosse dada uma premiação. Por conta do empenho dos colaboradores, todas as equipes foram presenteadas com uma lembrancinha, um oratório para São João.

Escolhida como representante da pediatria no concurso, a enfermeira Anailde Rosa Miranda Ferreira também diz que a decoração tem efeitos que muito além dos visuais.

“Uma criança quando dá entrada em uma unidade de saúde, está em um lugar estranho e com pessoas desconhecidas. Mas quando elas chegam e veem o hospital todo colorido, os olhinhos chegam a brilhar. A internação é mais fácil, a interatividade com os profissionais ocorre de forma melhor e a tendência é que esse paciente também responda de forma mais positiva.”

Sem poder celebrar o dia de São João com a família, a paciente Iarda Pereira Martins diz que a ornamentação do hospital foi uma forma de manter a tradição junina em tempos de pandemia.

“Quando cheguei na portaria e vi a decoração, achei muito linda. Sem poder estar em casa no São João, me senti muito mais acolhida”, fala. Iarda é de outra cidade e deu entrada no hospital para ter Maria Alice.

sábado, 27 de junho de 2020

Minas Gerais registra 49 novas mortes por Covid-19 e número de casos ultrapassa os 40 mil


O número de casos confirmados de Covid-19 em Minas Gerais ultrapassou os 40 mil nas últimas 24 horas. E de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde neste sábado (27), foram registradas mais 49 mortes.

No total, são 40.966 casos confirmados, 16.945 em acompanhamento, 23.139 casos recuperados e 882 mortes confirmadas desde o início da pandemia, sendo que 2.075 novos casos foram registrados nas nas últimas 24 horas e mais 49 mortes.

Na sexta-feira (26), o governo de Minas Gerais ampliou as restrições no estado na tentativa de reduzir a velocidade da transmissão do novo coronavírus no estado.

A Deliberação 58, publicada na sexta-feira (26), recomenda entre outras medidas ocupação máxima de uma pessoa por dez metros quadrados em estabelecimentos comerciais, afastamento de trabalhadores com sintomas de doença respiratórias leves, restrição nos serviços de acolhimento de idosos, distanciamento de no mínimo dois metros entre consumidores e regime de trabalho remoto para as atividades administrativas.

O índice de ocupação de leitos de UTI em Minas Gerais chegou a 88% nesta sexta-feira (26).

Alerta em Belo Horizonte
A situação em Belo Horizonte preocupa: são 4869 casos confirmados e 108 mortes. A partir de segunda-feira (29), apenas os serviços essenciais vão poder funcionar na capital, medida interrompe um processo de flexibilização que teve início há um mês.

Além disso, o prefeito Alexandre Kalil (PSD) afirmou que, assim que o projeto de lei aprovado nesta quinta-feira (25) pela Câmara Municipal de Belo Horizonte chegar à prefeitura, ele vai sancioná-la, obrigando o uso de máscaras nos espaços públicos e estabelecimentos da capital, sob pena de multa.

Casos por município
Dos 853 municípios mineiros, 683 já tiveram ao menos um caso do novo coronavírus - nove a mais que havia sido registrado no boletim anterior.

O município com mais casos da doença agora é Uberlândia (5.889), com 76 mortes (mais três nas últimas 24 horas), seguido de Belo Horizonte (4869 casos e 108 mortes) e Ipatinga (1530 casos confirmados e 37 mortes), que ultrapassou Juiz de Fora em número de casos confirmados, de acordo com o boletim deste sábado.

Perfil dos pacientes
A maioria dos pacientes que morreram em decorrência do novo coronavírus são homens: 55% do total. E idosos: 74% tem mais de 60 anos. Além disso, 82% dos óbitos ocorreram em pacientes que já tinham fatores de risco, principalmente hipertensão, diabetes e doença cardiovascular.

Outros fatores de risco registrados foram pneumopatia, doença renal, transtornos mentais, doença neurológica, tabagismo, neoplasia, hipotireoidismo e doença genitourinária.

No início da pandemia, a Secretaria de Estado da Saúde (SES-MG) informava qual era a comorbidade de cada paciente que havia morrido com a Covid-19. Em abril, no entanto, a pasta parou de informar. Questionada, a SES disse que, pela "possibilidade de ocorrência em municípios de pequeno porte", "os pacientes podem ser facilmente identificados, quando descritas características específicas".

"Assim sendo, no intuito de mantermos a confidencialidade das informações fornecidas pelos pacientes e/ou familiares, passamos a não mais divulgar o descritivo detalhado de informações por paciente", registrou a SES de MG.

Quatro homens são presos em operação de combate ao tráfico em Monte Azul; policiais encontraram drogas enterradas

Operação contou com participação
de 49 policiais — Foto: Polícia Militar / Divulgação

Maior parte das drogas estava enterrada no lugar
onde um dos presos mora — Foto: Polícia Militar / Divulgação

Parte das drogas apreendidas pela
 PM — Foto: Polícia Militar / Divulgação
Quatro homens foram presos em flagrante durante uma operação de combate ao tráfico realizada em Monte Azul nesta sexta-feira (26). A ação conjunta entre as Polícias Militar e Civil terminou com apreensão de drogas, munições celulares e dinheiro.

O tenente Leonardo Reis explica que a maior parte dos entorpecentes estava enterrada em um matagal, que faz parte do local onde um dos presos, de 38 anos, mora. Ele tentou fugir ao perceber a chegada dos policiais.

“As drogas que seriam vendidas rapidamente ficavam enterradas em pequenas quantidades perto da casa, que fica em um sítio na zona urbana. Mas encontramos uma grande quantidade enterrada em uma área mais distante, no meio do mato”, explica o tenente. Os entorpecentes eram acondicionados em potes de plástico.

Segundo Leonardo Reis, as prisões foram feitas em flagrante durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão.

“Levantamos informações e recebemos denúncias de que eles estavam traficando na região e passamos a fazer um acompanhamento mais intenso há cerca de três meses”, explica o tenente.

Segundo o militar, os presos atuavam de forma individual e até colaboravam uns com os outros. Eles já tinham passagens por tráfico de drogas.

A ação contou com a participação de 49 policiais. Os presos foram levados para a delegacia da cidade.

Foram apreendidos 2.280 papelotes e uma barra de cocaína, 146 buchas e 106 tabletes de maconha, quatro balanças, 10 munições, sete celulares, R$ 629 e material para embalar drogas.

Carro capota e quatro ficam feridos na MGC-122, em Capitão Enéas

Quatro pessoas ficaram feridas após carro
capotar na MGC-122 — Foto: Samu/Divulgação

Quatro homens ficaram feridos após um carro capotar na madrugada desta quinta-feira (25) na MGC-122, em Capitão Enéas (MG). Não há informações sobre como ocorreu o acidente.
Segundo o Samu, um homem de 29 anos estava com suspeita de fratura na clavícula e escoriações pelo corpo. Já as demais vítimas tiveram ferimentos leves.
Duas equipes do SAMU estiveram no local e prestaram socorro aos pacientes, que foram encaminhados para o hospital de Janaúba.

Em Nova Porteirinha, duas pessoas têm mais de 60% do corpo queimado durante incêndio


Duas pessoas tiveram queimaduras de 2º e 3º grau na noite desta quarta-feira (24) durante incêndio em uma casa em Nova Porteirinha (MG). Segundo o Corpo de Bombeiros, as vítimas, de 40 e 55 anos, tiveram mais de 60% do corpo atingido pelas chamas.

Os bombeiros retiraram os feridos de dentro da casa e deram início ao trabalho de combate ao incêndio.

Porém, como não havia ambulâncias do Samu disponíveis para atender as vítimas naquele momento, a viatura foi empenhada para socorrer as vidas humanas, encaminhando os dois feridos para o Hospital Regional de Janaúba. Os dois acabaram falecendo devido a gravidade.

As causas do incêndio serão investigadas pela perícia da Polícia Civil.

Dois caminhões batem na MG-401, em Verdelândia; ambulância do Samu foi atingida enquanto atendia vítima

Caminhoneiro foi socorrido após ficar preso
às ferragens — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Uma pessoa ficou ferida após acidente entre dois caminhões na MG-401, em Verdelândia (MG), na tarde desta quarta-feira (24). Segundo o Corpo de Bombeiros, após a colisão, o condutor de um dos veículos perdeu o controle da direção, saiu da pista e bateu contra uma árvore.

Com o impacto, o caminhoneiro ficou preso às ferragens, sendo desencarcerado pelos bombeiros e em seguida socorrido por equipe do Samu.

O outro motorista não necessitou de atendimento médico. As causas do acidente não foram divulgadas.

Ambulância atingida
Durante o atendimento à vítima, a rodovia já se encontrava sinalizada pela Polícia Militar quando um carro ignorou a sinalização e acabou colidindo contra uma ambulância do Samu.

De acordo com os bombeiros, ninguém ficou ferido com o acidente e os trabalhos de atendimento à vítima não foram interrompidos.

A Polícia Militar abordou o motorista e tomou as providências cabíveis.

Homem morre ao ser atingido por tiro em Janaúba; ele estava em casa com o irmão quando crime ocorreu


Um homem de 38 anos foi assassinado com um tiro na noite desta sexta-feira (27) em Janaúba. Segundo a perícia, ele foi baleado no braço, mas o projétil transfixou e atingiu o tórax dele. O crime ocorreu no bairro Cerâmica.

Um irmão do homem contou à Polícia Militar que estava ouvindo música no quarto e ouviu barulho de tiros. Ao sair, viu ele caído e pedindo socorro. O Samu foi chamado, tentou reanimá-lo, mas ele não resistiu aos ferimentos.

De acordo com a PM, a casa fica em um local ermo e 
isolado. Nenhuma testemunha soube informar quem teria cometido o assassinato. Denúncias podem ser feitas pelo 190, o anonimato é garantido.