Blog com notícias de Janaúba e região!

sábado, 14 de novembro de 2015

Profeta do terremoto que destruirá Montes Claros será investigada

(Por Girleno Alencar) O vídeo da suposta profeta, Cristiane Felix, que teve visão sobre um terremoto que destruirá a metade de Montes Claros, matando milhares de pessoas, será investigada pela Policia Militar, diante da repercussão do assunto, que se espalhou pelas redes sociais. O tenente-coronel, Nivaldo Ferreira, comandante do 50º Batalhão da Polícia Militar anunciou que determinou ao serviço reservado identificar a autoria da mensagem, pois teme que isso acabe criando uma situação de pânico, principalmente, em pessoas menos instruídas. A mulher deu como referência de moradia o bairro Maracanã e, por isso, as investigações serão realizadas naquela parte da cidade.
As mensagens foram enviadas às emissoras de rádio da cidade, que se recusaram a reproduzi-las, por temer criar situação de pânico. Na verdade são duas mensagens da suposta profeta, Cristiane Felix. Na primeira, ela insinua estar residindo em outra parte do país, quando teve uma visão sobre a tragédia que abaterá sobre Montes Claros. Na segunda mensagem ela se identifica como residente do bairro Maracanã e que desde outubro de 2003 recebeu a mensagem de que um terremoto abrirá uma grande cratera, engolindo a metade da cidade e provocando a morte de milhares de pessoas, ela afirma que viu crianças mortas e ambulâncias de um lado pra outro.
O comandante do 50º Batalhão, tenente-coronel Nivaldo Ferreira explica que existem várias possibilidades a serem investigadas: uma forma de brincar com um problema sério que afeta Montes Claros, que são os constantes tremores de terras; uma ação de pessoa com problemas mentais e psicológicos e por fim, um apaixonado religioso. Como o caso começa a se espalhar e com risco de criar pânico na população, ele pediu que fosse feita a investigação, visando identificar a autora e cobrar os esclarecimentos sobre o motivo da postagem dessas mensagens. O perfil de uma mulher com esse nome foi levantado na rede social.

Entrega de ônibus adquirido com dinheiro público marca lançamento de pré-candidato a prefeito de São João da Ponte/MG

Paulo Guedes (PT) e Ademir Camilo (PSD/MG)
(Por Fábio Oliva) Sem se importar com a Polícia Federal, Ministério Público Estadual ou Federal, ônibus adquirido com recursos públicos será entregue à população de São João da Ponte, no próximo dia 20, sexta-feira, durante churrasco na casa de um pré-candidato a prefeito nas eleições municipais de 2016.
O convite aos moradores está sendo feito através das redes sociais pela Associação Estudantil e Cultural Pontense e por uma emissora de rádio comunitária ligada à família da ex-prefeita Gervacina Ferreira Santos (PSDB), mãe do pré-candidato Danilo Wagner Veloso.
De acordo com o convite, haverá distribuição de bebida e um boi será abatido para o churrasco. Tudo grátis.
O ônibus foi adquirido através de emenda parlamentar do deputado federal Ademir Camilo (PSD/MG), e se destinaria ao transporte de estudantes de São João da Ponte que fazem curso superior em Montes Claros.
Inelegível por conta da rejeição de suas contas pelo Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais e pela Câmara Municipal de São João da Ponte, a ex-prefeita Gervacina Ferreira Santos deseja retornar ao comando do município do qual desviou recursos através de seu filho, Danilo Wagner Veloso, dono de cartório, que se apresenta como pré-candidato às eleições municipais de 2016.
Danilo diz contar com o apoio político do deputado estadual e atual secretário de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais, Paulo Guedes (PT), condenado por improbidade administrativa. Guedes também é suspeito de ter usado recursos desviados da Petrobras em sua campanha a prefeito de Montes Claros.
Atualmente Gervacina Ferreira Santos, mãe do pré-candidato Danilo Wagner Veloso, responde a quatro ações civis públicas (Processos nº 0010976-98.2003.8.13.0624, 0003855-67.2013.8.13.0624 e 0010822-60.2015.8.13.0624) por prática de atos de corrupção, além de uma ação de ressarcimento de danos materiais causados à Prefeitura de São João da Ponte (Processo nº 0015972-56.2014.8.13.0624).

Somados, os prejuízos que Gervacina Ferreira Santos causou ao município chegam a quase R$ 2 milhões.
Seguindo a tradição familiar, Danilo Wagner Veloso também é suspeito de envolvimento no desvio de cerca de R$ 180 mil destinados à construção da Unidade Básica de Saúde (UBS) de Tamboril, localizada há cerca de 20 quilômetros da sede municipal.

O TIRO NO PÉ DE MADAME MUNIZ

(Por Luís Cláudio Guedes) Houve um tempo em que ser dono de emissora de rádio era um bom cartão de visita para deputados recém-eleitos aqui em Brasília. Agora nem tanto. Ter um avião no hangar é o sonho de consumo de qualquer político no Brasil. Veja o caso do ex-presidente Lula, que não tira os pés supostamente imperiais do apartamento em São Bernardo do Campo para entrar em avião de carreira, nem por decreto. Ele gosta mesmo é de jatinhos, que até aqui não lhe têm faltado.
Mas como eu ia dizendo, ser dono de avião pode ser o passaporte para retirar o deputado em primeiro mandato da vala comum do baixo clero para o status dos ‘com visibilidade’ naquele microcosmo do entorno da Praça dos Três Poderes. Imagine quando o (a) parlamentar tem três aeronaves para chamar de sua?
É o caso da deputada federal em primeiro mandato e primeira-dama de Montes Claros, Raquel Muniz (PSC), que sonhava botar Brasília aos seus pés com uma mistura incompreensível de visual andrógino e apelo ao folclórico. O alvo era o acesso rápido ao território VIP da cúpula congressual.
Foram essas as credenciais que levaram Raquel ao circuito por onde transitava o deputado federal Eduardo Cunha, então candidato à Presidência da Câmara. A deputada se engajou na campanha do peemedebista, que naquela altura cruzava os céus do país de Norte a Sul, em inédita e milionária campanha para o cargo de presidente da Câmara, com seu colégio eleitoral de apenas 513 eleitores.
Eleito, e no curto prazo de nove meses, Cunha saiu da condição de líder do baixo clero para o invejado posto de homem mais poderoso da República – com poderes de vida e morte sobre o destino de uma presidente acuada por seus próprios deméritos. Mas o reinado de Cunha durou pouco. Seus pés de barro o levaram a jato para a queda em desgraça, após ser desmascarado em roteiro nunca antes visto de mentiras e maquinações, que envolve desde evasão de divisas, suspeita de tráfico de influência e comportamento despótico na condução da Câmara.
A deputada Raquel Muniz, que sonhava com um cargo na mesa diretora da Câmara, fez aposta errada ao se aproximar do amigão Eduardo Cunha. Na semana passada, o PSDB de Aécio Neves pulou fora da canoa do presidente da Câmara ao perceber com bastante atraso o que todo mundo já sabia: ele negocia com o PT (pelo que tudo indica Lula à frente) uma saída em que adia para as calendas gregas o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Em troca, fica livre da cassação.
Para resumir essa ópera bufa, Raquel Muniz tinha sonhos grandes ‘ao lado’ de Eduardo Cunha – que só não está ainda na cadeia porque o Brasil é essa piada que todos sabemos. Interessante acompanhar os passos erráticos de madame Muniz. Na campanha eleitoral do ano passado, ela saiu da base do PT para apoiar o então candidato Aécio Neves. A estratégia deu em águas de barrela. Agora, se considerar ser fiel ao notório Cunha, um cadáver político ambulante, madame primeira-dama volta de cabeça baixa para o ninho onde os petistas vendem até a alma para não entregar o doce da rapadura do poder.

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Janaúba: Motorista perde a direção do veículo e bate em poste na Beira Rio

A frente do veículo ficou completamente destruída. Foto: Pablo de Melo.

Veículo colidiu contra poste. Foto: Pablo de Melo.
(Por Ivo Júnior) Quem passava pela Avenida Edilson Brandão Guimarães (Beira Rio) na tarde dessa sexta feira era surpreendido por cones e viaturas que interditavam uma das pistas, sentido Santa Mônica a Rua da República. A interdição se fez necessária diante do risco de incêndio ou explosão, causado por um acidente envolvendo um veículo de passeio que bateu em um poste de iluminação pública derrubando o na pista com toda a fiação elétrica junto.
O motorista do veículo, um Chevrolet Ágile, placa HNM-7678, de cor preta, transitava pela referida Avenida em alta velocidade, quando perdeu a direção do veículo não conseguindo completar a curva e batendo de frente no poste. No chão as marcas de frenagem davam para entender que o condutor estava em uma velocidade acima do permitido na via. Com o forte impacto o poste se partiu e caiu em cima do veículo. A tragédia só não foi maior devido à resistência dos cabos de eletrificação que suportaram o peso do poste de concreto que iria atingir em cheio o conduto que já estava machucado devido à pancada que deu com a cabeça no para brisas.
A polícia militar foi acionada e isolou o local para não colocar em risco a segurança de outros motoristas que trafegavam pela via que é uma extensão da MG-122. O Samu também foi acionado e prestou socorro ao condutor encaminhando ao pronto socorro do Hospital Regional de Janaúba.
Um fato que chamou a atenção foi que durante a ocorrência diversos condutores de veículos, principalmente motociclistas, furaram o bloqueio da polícia e tentaram passar pelo local do acidente, porém, policiais da Patrulha de Trânsito que estavam no local os obrigaram a parar, solicitando a documentação do veículo e a habilitação. Alguns até tentaram se exaltar, mas, foram aconselhados pela polícia a regularizarem a documentação antes de conduzirem veículos pelas ruas da cidade.
Funcionários da ESEC que presta serviço para a Companhia Energética de Minas Gerais-CEMIG também estiveram no local para fazer o desligamento da rede para que fosse feita a perícia e a remoção do veículo.
Nas proximidades do acidente existem alguns comércios e os proprietários estavam apreensivos, preocupados com o fornecimento de energia que deve demorar ser restabelecido, devido à necessidade da substituição do poste e da rede elétrica.
Por volta de 15:00 horas, quase uma hora e meia depois do acidente a pista ainda continuava interditada aguardando a remoção do veículo.

Janaúba: PM prende autor de roubo em avenida

Material apreendido.
(ASCOM PM) Na tarde desta quinta-feira (12), na cidade de Janaúba, por volta das 14 horas, a Polícia Militar foi informada de que na Av. dos Gorutubanos um homem havia roubado certa quantia em dinheiro e fugido a pé pelo mato, sentido ao bairro Boa Vista. Foi iniciado o rastreamento e os militares conseguiram localizar o autor saindo de uma olaria. Após busca pessoal, foi encontrado um revolver calibre 32, municiado com 2 cartuchos intactos e um deflagrado, além do dinheiro roubado. O autor foi preso em flagrante delito e entregue a Delegacia de Polícia juntamente com a arma de fogo e o dinheiro apreendido/recuperado.

Transparência no trabalho é debatida em Porteirinha

Equipes do Crediamigo e Agroamigo de Porteirinha estiveram reunidas no último dia 26 de outubro para mostrar a transparência no trabalho realizado. A ação garante confiança, boa administração e trabalho social. As 7 coordenadoras de cada programa fizeram apresentações do Cordel do Inec, que retrata o que cada uma vive e busca para suas equipes e clientes, apresentaram resultados alcançados, depoimentos de clientes, eventos e trabalhos sociais que são realizados no decorrer do ano, sempre em busca da parceria entre os funcionários como forma de ampliar a rede de envolvidos no projeto de promover cada vez mais cidadania. Foi um momento muito importante para a celebração de uma parceria forte e eficaz.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: Porteirinha Notícias

Casal é preso pela PC com pistola e munição de uso restrito em Buritizeiro

Parte dos materiais apreendidos pela Polícia Civil
(G1) Um casal foi preso por receptação e porte ilegal de arma e de munição de uso restrito, nesta quinta-feira (12), no Bairro Bandeirantes, em Buritizeiro (MG), após o cumprimento de um mandado de busca e apreensão. O homem, de 30 anos, e a mulher, de 24, estavam sendo investigados por tráfico de drogas.
Na casa deles a Polícia Civil encontrou R$ 1.600, um computador, cadernos com várias anotações da venda de drogas, uma pistola com carregador, munições, uma moto e um carro. Segundo o delegado Jeferson Leal, o automóvel tinha vários compartimentos no volante, portas e nos bancos, que eram utilizados para esconder drogas. O homem também disse que o veículo foi adulterado.
A Polícia Civil suspeita que o computador foi trocado por drogas, por isto o flagrante por receptação. Apesar dos dois serem investigados por tráfico, não houve apreensão de entorpecentes.
Ainda de acordo com o delegado, em um lote ao lado da casa deles, os policiais encontraram um buraco com vários sacos plásticos usados para embalar drogas. Os dois foram presos e levados para a delegacia.

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Prefeito de São João da Ponte venderá rodoviária para pagar dívida

Sidney Gorutuba
(Por Girleno Alencar) A Estação Rodoviária de São João da Ponte está sendo vendida pelo prefeito Sidney Pereira da Silva, conhecido como “Gorutuba”, conforme projeto de lei apresentado na reunião ordinária da Câmara Municipal, realizada terça-feira (10). Os vereadores, ainda, não colocaram o projeto em votação, eles pretendem obter mais esclarecimentos. Porém, a oposição decidiu acionar o Ministério Público, sob a alegação de que a venda da Rodoviária deixará a população sem local para embarque e desembarque no transporte coletivo intermunicipal e até mesmo nos distritos rurais.
No projeto de lei 24, datado de 27 de outubro, o prefeito Sidney Pereira pede que seja autorizado a alienar mediante venda, o prédio localizado na rua Getúlio Vargas. Ele cita que o imóvel é o antigo prédio do Terminal Rodoviário Municipal e que ele será repassado ao Instituto de Previdência dos Servidores Públicos. A sua proposta é que uma sala do prédio seja usada como sede do Instituto de Previdência e o restante arrecadado seja transferido para quitar a dívida com o Prevponte. É formada uma comissão de três pessoas para avaliar o valor do imóvel e que o valor seja informado ao Ministério Público (MPMG).

Rodoviária de São João da Ponte-MG.

Jaíba: Postos de combustíveis fecham em protesto contra a violência

Em Jaíba postos de combustíveis fecham em protesto contra a violência
No Limite. Essa seria a melhor maneira de expressar a situação da segurança pública no município de Jaíba, que já acumula 24 homicídios neste ano e tem um dos maiores índices de crimes violentos do Estado. Com a segurança pública falida e inoperante, os proprietários de postos de combustíveis da cidade de Jaíba, na manhã de hoje (12), se uniram e fecharam todos os postos de abastecimento como forma de protesto, já que eles tem sido os mais prejudicados com a alta violência, sendo praticamente todos os dias assaltados. Segundo um dos manifestantes, veículos que prestam serviços na área de saúde e viaturas da polícia serão abastecidos no dia de hoje. “É uma forma de chamar a atenção das nossas autoridades para que providências sejam tomadas e possamos trabalhar em paz”, afirma Enéas, um dos participantes da manifestação.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Caminhoneiros encerram protesto e liberam rodovias em Unaí

Movimento foi encerrado na tarde desta quarta-feira (11)
(G1) Caminhoneiros que bloqueavam duas rodovias em Unaí, Noroeste de Minas, encerraram na tarde desta quarta-feira (11) a manifestação. Eles protestavam contra o alto preço do óleo diesel e o baixo valor dos fretes.
De acordo com a Polícia Militar, durante o movimento os motoristas bloquearam três pontos na cidade; dois na BR-251 e um na MG-188. Veículos de passeio, ônibus, caminhões com cargas perecíveis e vazios estavam sendo autorizados a passar pelos bloqueios.
O movimento, que teve início na segunda-feira (9), reuniu cerca de 50 caminhoneiros e encerrou por volta das 13h30 de forma pacífica, segundo a PM.

Após sete dias, incêndio no Parque da Lapa Grande é controlado

Incêndio começou na última sexta (6)
(G1) O incêndio que atingia o Parque da Lapa Grande, em Montes Claros (MG), desde a sexta-feira (6), foi controlado nesta quinta (12), a informação foi confirmada pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF) e pelo Corpo de Bombeiros. As equipes ainda permanecem no local, para monitorar a unidade de conservação ambiental.
De acordo com Margarete Caires chefe do escritório do IEF na cidade, ainda não é possível afirmar qual a área atingida pelo incêndio. 100 pessoas entre brigadistas, bombeiros e voluntários se revezavam para combater o fogo no Parque, que tem pouco mais de 15 mil hectares.
A Polícia Militar e o Ministério Público afirmaram que há indícios de que o incêndio é criminoso. A investigação está sendo feita e um suspeito foi identificado. As primeiras informações eram de que as chamas começaram em uma pastagem seca e se propagaram. O major Paulo Veloso disse ao G1 nesta quinta, que a PM ainda faz levantamentos para descobrir se mais pessoas serão responsabilizadas.
O major não quis revelar nomes, já que o processo de apuração está sendo feito. Adiantou que a multa administrativa com base em danos ambientais é de cerca de R$ 2.230 por hectare. O valor pode ser aumentado se outros estragos forem constatados.
A promotora Aluisia Beraldo, afirmou que, embora haja proibição legal, o MPMG recebe inúmeras denúncias de queimadas. Outro aspecto apontado por ela diz respeito às duas bacias que estão na unidade, a do Cedro e a do Pai João, que juntas tem capacidade de gerar 45% da água para abastecer Montes Claros.
Após o controle do incêndio, o IEF fará um levantamento para avaliar os danos causados ao Parque e a medição da área afetada. Peritos do MPMG também farão as análises. Ainda não há um prazo para os resultados.

Menor de 13 anos é detido em Jaíba após ameaçar de morte a avó

(G1) Um adolescente de 13 anos foi detido na manhã desta quarta-feira (11), em Jaíba, Norte de Minas.
Segundo a Polícia Militar, o menor ameaçava de morte a própria avó, com quem ele mora no Bairro Bandeirantes.
Na residência foram apreendidos um tablete de maconha com 650 gramas, mais 70 buchas da mesma substância, além de uma motocicleta de procedência duvidosa.
O menor foi detido e entregue à delegacia da Polícia Civil.

Ônibus sai de Gameleiras e se envolve em acidente na BR-365

Além dos dois motoristas, 26 passageiros viajavam para São Bernardo (SP)
Quatro pessoas ficaram feridas em um acidente na tarde desta quarta-feira, na BR-365, em Jequitaí, no Norte de Minas. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a batida envolveu duas carretas e um ônibus, no km-94, próximo ao trevo de acesso à cidade.
"O ônibus seguia atrás de uma carreta que brecou bruscamente por causa de um caminhão que seguia lento à frente. Ao desviarem do caminhão, o ônibus e carreta chegaram a se tocar e invadiram a contramão. Com isso, o ônibus colidiu frontalmente com outra carreta que vinha no sentido contrário", explica o policial rodoviário federal, Fernando Brentano.
No ônibus, que saiu de Gameleiras (MG), viajavam 26 passageiros, além dos dois motoristas. As quatro vítimas tiveram ferimentos leves. “Só Deus mesmo para explicar. Se eu não saísse para cá, teria batido na traseira da outra carreta e poderia ser um acidente bem pior, até com vítimas fatais”, diz o motorista Claudison Ferreira de Oliveira, que chegou a ficar preso às ferragens mas foi retirado pelos passageiros.
O motorista da carreta atingida transportava pisos de São Paulo (SP) para Maceió (AL). Ainda assustado, Aécio Cardoso diz que não teve como evitar a batida. “De repente o ônibus invadiu a contramão e eu não pude fazer nada. Foi Deus que evitou que tivesse mortes aqui”.
As vitimas tiveram ferimentos leves e foram socorridas pelo Samu e encaminhadas ao hospital de Pirapora. Os outros passageiros seguiram viagem em outro ônibus.
A batida provocou derramamento de óleo na pista, e o Corpo de Bombeiros foi acionado para jogar serragem e evitar novos acidentes no local.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: G1

Em Monte Azul assaltantes levam R$ 28 mil que estavam em guarda-roupas

(G1) Dois homens fugiram levando R$ 28 mil, que estavam guardados em um guarda-roupas, dentro de uma casa em Monte Azul (MG), nesta quarta-feira (11).
Segundo as informações da Polícia Militar, eles invadiram o imóvel e fizeram dois reféns. Os criminosos estavam encapuzados e armados. Eles ameaçaram as vítimas e exigiram que entregassem dinheiro.
Depois de pegar a quantia, eles fugiram e ainda estão sendo procurados pela polícia.

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Em Salinas, ao ser preso, homem diz que comprou CNH de dono de autoescola

(G1) A Polícia Militar prendeu um homem, de 33 anos, com uma Carteira de Habilitação falsa, na MGC-342, em Salinas (MG), nesta terça-feira (10).
Segundo a PM, o documento tinha vários indícios de inautenticidade, como a falta da marca d'água e o tipo de papel utilizado na confecção. A CNH era da categoria AB e foi expedida em Goiânia (GO).
Os militares realizaram consultas e viram que não havia registro de habilitação em nome do homem. Ele disse que adquiriu a CNH com um dono de uma autoescola em Luziânia (GO), por R$ 3 mil. Ele foi levado para a delegacia.

Rapaz é informado que a PM iria até a casa dele, sai e é baleado em Jaíba

(G1) Um rapaz, de 18 anos, foi baleado em Jaíba (MG), nesta terça-feira (10), no Bairro São Francisco. A Polícia Militar foi acionada no hospital da cidade.
A mãe dele contou que o filho recebeu uma ligação por volta das 21h, informando que a PM iria até a casa deles. Quando saiu do imóvel, o rapaz foi surpreendido por tiros. Ele foi atingido no abdômen.
Segundo a PM, ninguém soube dizer quem atirou. Como a vítima estava saindo depois do telefonema, a polícia suspeita que o rapaz tenha ligação com crimes na cidade, apesar de não ter passagens.

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Ciclista morre após ser atingido por táxi na MG-308, em Glaucilândia

(G1) Um homem, de 64 anos, morreu em um acidente nesta terça-feira (10) na MG-308, em Glaucilândia, Norte de Minas. Segundo a Polícia Militar, a vítima estava em uma bicicleta quando foi atingida por um carro no km 26 da rodovia.
O veículo envolvido no acidente é um táxi. O motorista, de 48 anos, relatou aos militares que seguia sentido a Montes Claros quando deparou com o ciclista atravessando a rodovia. Ele disse que freou, mas não conseguiu evitar a batida.
Ainda de acordo com a PM, o motorista passou por teste do etilômetro, mas não foi detectada a ingestão de bebida alcoólica. No carro estavam ainda quatro passageiros, mas nenhum sofreu ferimentos.
O condutor foi encaminhado à delegacia para prestar esclarecimentos.

Polícia tem suspeito de ter colocado fogo que atinge parque em MG

Ainda não á estimativa de área atingida; trabalhos estão concentrados no combate
(Foto: Michelly Oda / G1)
(G1) A Polícia Militar de Meio Ambiente já fez um levantamento de informações para avaliar se o incêndio que atinge o Parque da Lapa Grande, em Montes Claros (MG), é criminoso. Segundo o major Paulo Veloso, uma pessoa já foi identificada como suspeita de ter colocado o fogo, que se alastrou pela unidade de conservação ambiental. O caso será repassado para a Polícia Civil e para a Promotoria de Meio Ambiente.
“Não é prudente divulgarmos o nome, já que ainda estamos fazendo a apuração do fato. As queimadas são proibidas pelo Código Florestal, resguardadas algumas raras exceções, que precisam da autorização dos órgãos ligados ao meio ambiente. A pena para quem comete este tipo de crime pode chegar a quatro anos de reclusão”, explica o Major Paulo Veloso.
De acordo com as informações de Margarete Caire, chefe do Instituto Estadual de Florestas em Montes Claros, o fogo começou em uma área de capim. Ela afirma que, imediatamente, quando os primeiros focos surgiram a brigada do parque foi acionada. O combate conta com a ajuda de três aeronaves e de 100 pessoas.
Ainda não há uma estimativa da área atingida, um levantamento deve ser feito assim que as chamas forem controladas.

Combate

O combate ao incêndio que atinge ao Parque da Lapa Grande chega ao quinto dia nesta terça-feira-feira (10), os trabalhos começaram no fim da tarde da sexta (6). A expectativa, de acordo com Rodrigo Belo coordenador do Programa de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais (Previncêndio), é de que as chamas sejam debeladas em até três dias.
“Hoje está com panorama melhor, mas ainda não é uma situação de controle, estamos com várias frentes de combate e, a medida que o dia vai esquentando, o incêndio vai tomando proporções novamente, mas temos uma equipe mobilizada, inclusive com brigadistas de outras unidades de conservação, o que nos permite fazer um revezamento no combate noturno”, explica.
Rodrigo Belo também esclarece que os trabalhos realizados durante a noite e madrugada permitem que as chamas sejam combatidas com maior efetividade. A maior dificuldade, segundo o coordenador do Previncêndio, é que os brigadistas têm menor visibilidade para atuar.
“O fogo está com uma temperatura mais baixa e o desgaste físico da equipe é menor, mas não podemos fazer deslocamentos longos, já que a visão é restrita”, explica.
Luiz Cosme da Silva é um dos seis brigadistas que veio do Parque Serra Nova, em Serranópolis de Minas (MG). Ele atua nesta função desde julho deste ano.
"Chegamos e vimos uma situação de difícil combate, é um trabalho cansativo, temos que nos preocupar em tomar muita água para não desidratarmos, é preciso termos cuidado com animais peçonhentos, mas recebemos treinamento e estamos preparados para agir diante de situações como esta", afirma.

Aceiro
Além do trabalho, que está sendo feito 24 horas, máquinas estão no Parque da Lapa Grande para abertura de aceiros.
“Como o incêndio está descontrolado e a propagação está muito rápida, esta é a melhor forma. Entramos com maquinário pesado, vamos desmatar para conseguir fazer o combate. Fazemos a limpeza de uma área, como se fosse uma estrada, que vai impedir que o fogo se alastre, e nossos brigadistas vão poder atuar com mais eficácia”, diz tenente Diego Prates, do Corpo de Bombeiros.

Abastecimento de água em Taiobeiras é feito somente por carros-pipa

Vertedouro da barragem com as ferragens
expostas (Foto: Michelly Oda/G1)
(G1) O município de Taiobeiras, no Alto Rio Pardo, em Minas Gerais, sofre com a falta d’água na região. O reservatório responsável pelo abastecimento do município, de 32 mil habitantes, está praticamente seco há cerca de 10 dias, o que impossibilita a captação de água.
“Nós temos cobrado sempre da Copasa para que esse cenário não se repita. Já aconteceu em anos anteriores, o último foi em 2012, mas agora chegamos em 2015 e a situação se repete. Sabemos da crise hídrica em nível nacional, mas a Copasa devia ter se preparado para ela”, lamenta o prefeito da cidade, Danilo Mendes Rodrigues.
Diante da situação, todo o abastecimento da cidade está sendo feito por caminhões-pipa. A água é retirada em Salinas, distante 50 quilômetros, onde foram feitos vários pontos de captação na própria rede de distribuição; 31 veículos foram contratados, até mesmo de outras cidades.
“Estou achando muito difícil. Ver a população sem água neste sofrimento todo é muito complicado”, afirma o motorista Geraldo Aparecido Gomes.
Porém, a falta de chuva pode complicar ainda mais a situação. A barragem que atualmente abastece os dois municípios, está seis metros abaixo do nível considerado adequado para esta época do ano. “Creio que temos ainda aproximadamente 45 a 50% de nossa reserva. Então, se fosse para abastecer somente Salinas, seria o suficiente para mais de um ano, mas temos que começar algumas medidas em relação a algumas irrigações e também ao uso indiscriminado da água, para realizar um trabalho de conscientização de nossa população e também das cidades vizinhas”, afirma o prefeito de Salinas, Quinca Dias.
Esta é a primeira vez que Taiobeiras depende totalmente do abastecimento feito por caminhões. “Taiobeiras talvez seja o problema mais grave da Copasa, devido ao porte da cidade e pelas condições geológicas, porque aqui não possui poços. Os que aqui foram perfurados tiveram vazão nula”, afirma o gerente da companhia, Flávio Lúcio Vita.
A Copasa explica que a solução definitiva para o problema está relacionada à construção da Barragem de Berizal. “Agora, de forma preventiva, a Copasa tem construído alguns barramentos, três já estão prontos e a construção de outro foi iniciada”, afirma o gerente.
Ainda de acordo com o gerente, a Copasa está investindo cerca de R$ 1 milhão na operação de abastecimento de água em Taiobeiras.

Barragem de Berizal

Apontada como a solução da crise hídrica na região do Alto Rio Pardo, a Barragem de Berizal começou a ser construída em 1997, mas teve as obras interrompidas após o Tribunal de Contas detectar irregularidades em relação aos licenciamentos ambientais.
Para o presidente, além de Taiobeiras, os municípios de Indaiabira, Ninheira, Berizal e São João do Paraíso serão beneficiados com a barragem. “Recebemos informações do Dnocs que ainda este ano serão liberadas as Licenças de Implantação. Assim, logo serão reiniciadas as obras”, explica o presidente da Ong Amigos das Águas, Élvio Lelis Araújo.
Nenhum responsável pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), foi encontrado para falar sobre o assunto.

Desastre em Mariana deixa Janaúba sob alerta

Fotos Ascom/CMJ: Barragem de rejeito da mineração em Riacho dos Machados,
no Norte de Minas. Imagem captada em 22 de dezembro de 2013.
(Por Ivo Júnior) O desastre causado pelo rompimento de duas barragens de rejeitos em Mariana, região central de Minas gerais, reascendeu um assunto que estava esquecido, mas de extrema importância para várias cidades do Norte de Minas, em especial para Janaúba e Nova Porteirinha. Essas duas cidades seriam as primeiras a serem afetadas diretamente por um desastre que ocasionalmente viesse acontecer.
Como é do conhecimento de todos e já foi amplamente debatido, a empresa mineradora canadense Carpathian Gold é detentora da licença para explorar a antiga mina de ouro que já pertenceu a Vale do Rio Doce (Dona da Mineradora Samarco em Mariana), em Riacho dos Machados. Assim como toda mineradora existe ali também uma barragem de rejeitos. O problema é que essa barragem de rejeitos está localizada a poucos metros do córrego Ribeirão do Ouro, que deságua no Rio Gorutuba na localidade de Jatobá, alguns quilômetros acima da Barragem Bico da Pedra que é responsável pela sobrevivência da economia e toda a vida em Janaúba e Nova Porteirinha.
Os rejeitos da mineração de ouro são muito mais letais a vida humana. O material que sobra do processo de extração do minério, no caso em Riacho, onde é utilizado o cianeto, um composto químico altamente venenoso e solúvel em água que pode vir a contaminar os rios e lençóis freáticos. Além do cianeto e ainda mais perigoso, o arsênio, material químico altamente venenoso que é liberado a partir da exploração do ouro e pode contaminar o ar e a água, sendo também cancerígeno ele age no organismo das pessoas de forma sigilosa.
Em 2013 foi realizada em Janaúba uma Audiência Pública para debater a implantação da Mineradora em Riacho, porém essa audiência foi realizada depois que a mineradora já estava explorando ouro na região. Na época a Coordenadoria Regional das Promotorias de Justiça do Meio Ambiente das Bacias do Verde Grande e Rio Pardo, propôs que houvesse uma auditoria externa nas instalações e exploração da Mineradora Riacho dos Machados(MRDM). Portanto, não se sabe nada sobre as ações da mineradora, se são fiscalizadas, devido ao fato de se tratar de área de extrema segurança devido ao produto ao qual trabalham. De lá para cá não se falou mais nesse assunto. Ninguém saberia informar o que de fato acontece dentro das cercas da mineradora.
Recentemente houve denúncias ao Ministério público em Montes Claros, por parte de agricultores familiares, vizinhos a mineradora que estavam sendo coagidos por seguranças da empresa que penetravam em suas propriedades, sem autorização e com forte aparato bélico, supostamente com o intuito de intimidá-los. A reportagem tentou contato com representantes do Ministério público em Montes Claros para saber o andamento do processo, porém, sem sucesso.
Diante da cobrança da população por uma resposta sobre a situação de Riacho dos Machados, a Câmara Municipal de Janaúba reunida nessa segunda feira, 09 de Novembro, resolveu convidar o Ministério Público a vistoriar a barragem de rejeitos da Mineradora Riacho dos Machados (Carpathian Gold) para evitar um possível acontecimento semelhante na região Norte de Minas. A decisão partiu de um questionamento do vereador e presidente da Comissão de Meio Ambiente e Saúde da Câmara, Adauri Soares Cordeiro, que explanou sobre a preocupação da população.
O fato é que essa fiscalização deveria ser feita periodicamente, há vários fatores que podem acontecer dentro de um ano que pode afetar a capacidade de uma represa. No final de 2012 houve uma precipitação pluviométrica acima da média nessa região e isso é um fator que poderia impactar a capacidade de armazenamento da barragem de rejeitos. Outro fator, que inclusive está sendo usado como justificativas em Mariana é um possível abalo sísmico, o que também pode acontecer em Riacho, Janaúba ou qualquer outra cidade da região, mas, que pode afetar sistematicamente a barragem. Esta semana no mesmo dia em que aconteceu o desastre em Mariana, houve terremotos na região Sudoeste da Bahia, não muito distante do Norte de Minas. Alguns lugares atingiram 3,2 graus na escala Richter. Em Montes Claros constantemente são sentidos abalos sísmicos que poderiam dependendo da intensidade afetar a barragem em Riacho dos Machados.
Além da comissão da Câmara, do Ministério Público, seria importante que a imprensa fosse convidada para estar acompanhando e levando essa informação a população de Janaúba e região.

Divulgada empresa vencedora do projeto da ponte sobre o rio em São Francisco

Contrato será assinado nos próximos dias e vai determinar o início dos trabalhos

O Governo de Minas Gerais, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-MG), publicou, nesta terça-feira (10/11), no Diário Oficial, a homologação da licitação para contratar empresa de engenharia que vai elaborar o projeto para a construção da ponte sobre o Rio São Francisco, na rodovia MG-402, trecho São Francisco-Pintópolis.
Três empresas participaram da licitação, que teve início no último mês de agosto. Por apresentar menor preço - proposta no valor de R$ 2,2 milhões - e cumprir todos os requisitos do edital, o DER-MG declarou como habilitada para executar o projeto a empresa Enescil Engenharia, com sede em São Paulo. O projeto de engenharia vai contemplar as obras de implantação, melhoramentos do trecho, pavimentação e arte especial.
A urgência na construção da ponte é uma reivindicação do secretário de estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais, Paulo Guedes, do prefeito de São Francisco, Luiz Rocha Neto, e lideranças locais, que levaram ao governador Fernando Pimentel os problemas enfrentados pela população que há anos espera pela obra.
Para Paulo Guedes, este é o início da realização de um grande sonho para o Norte de Minas. “A construção desta ponte é uma reivindicação antiga da população que terá melhorias na qualidade de vida, além do grande e importante impulsionamento na economia da região, já que a rodovia é o principal corredor para escoamento da produção local para os centros consumidores”, disse.
Paulo Guedes lembrou também que, nos últimos anos, a construção da ponte sobre o Rio São Francisco tornou-se uma necessidade ainda maior devido às secas prolongadas. “No ano passado, a balsa teve de ser paralisada devido ao baixo nível do rio, comprometendo, inclusive, o abastecimento dos municípios”, relatou o secretário que tem feito gestões junto aos governos estadual e federal para a realização da obra.
O prazo para início dos trabalhos será estipulado em contrato que deve ser assinado nos próximos dias. Já o prazo de execução é de 240 dias consecutivos, contados da data de entrega da ordem de início. Ainda de acordo com o Edital, este prazo de execução é passível de prorrogação.
Para mais informações, visite o site do DER-MG (http://www.der.mg.gov.br/licitacoes/concorrencias-2015/2073)

Fonte:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais - Sedinor

Janaúba pode ser ressarcida em 900 mil reais por verba não aplicada por Montes Claros

Secretaria de Saúde de Janaúba. Foto: Júnior Soares.
O Ministério Público Federal está apurando por que a Prefeitura de Montes Claros deixou de aplicar, aproximadamente, R$ 40 milhões dos recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) repassados, através, da pactuação com os outros 85 municípios e deixou de atender aos pacientes. O procurador federal, André Vasconcelos Dias, da Procuradoria Federal em Montes Claros ouviu na sexta-feira os dirigentes do Colegiado de Secretários Municipais de Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde. Ele quer saber se a falta de atendimento com exames especializados e internações provocou a morte de algum paciente. O procurador está disposto a exigir que Montes Claros faça o ressarcimento do que recebeu dos municípios.
Desde quando Montes Claros assumiu a Gestão Plena de Saúde e passou a ser referência em atendimentos de alta complexidade, passou a fazer pactuação com os outros 85 municípios do Norte de Minas. Com isso, as Prefeituras do Norte de Minas repassavam o que recebiam do SUS para Montes Claros fazer os exames e consultas especializados de média e alta complexidade. Levantamento realizado pelo SUS no mês de julho mostrou que Montes Claros acumulou R$ 47 milhões, ao deixar de atender os pacientes encaminhados.
O grave é que os pacientes dos outros municípios foram encaminhados a Montes Claros e ficaram sem o atendimento. A situação levou o Consórcio de Saúde dos Municípios da Microrregião de Irapé formado por Capitão Enéas, Francisco Sá, Grão Mogol e outros municípios a suspenderem a pactuação com Montes Claros e na época, o prefeito Ruy Muniz mandou suspender o atendimento aos moradores desses municípios.
A Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene já estava analisando se acionaria a Justiça para obrigar a Prefeitura de Montes Claros a devolver o dinheiro dos outros municípios que deixaram de ser acumulados. Com isso, municípios de maior porte, como Janaúba, Januária, Porteirinha, Taiobeiras poderão receber, aproximadamente, R$ 700 a 900 mil como ressarcimento. Porém, o Ministério Público Federal quer saber onde estão os R$ 40 milhões e por qual motivo deixaram de ser feitos o atendimento aos pacientes.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: Gazeta Norte Mineira

IFNMG ABRE INSCRIÇÕES PARA CURSOS EM 11 CIDADES DO NORTE DE MINAS

São 1,9 mil vagas distribuídas entre as cidades de Almenara, Araçuaí, Arinos, Diamantina, Janaúba, Januária, Montes Claros, Pirapora, Porteirinha, Salinas e Teófilo Otoni
(Por Luís Cláudio Guedes) Nove cursos inéditos no Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG) – seis técnicos e três superiores – são as novidades do 1º Processo Seletivo e Vestibular 2016, que oferecem um total de 1.993 vagas para ingresso no primeiro semestre do próximo ano, em onze cidades, para cursos presenciais inteiramente gratuitos. As inscrições seguem até 20 de dezembro, somente por meio do portal eletrônico www.ifnmg.edu.br.
Os candidatos ao processo seletivo deverão pagar taxa de inscrição no valor de R$ 15 e os do Vestibular, de R$ 35. Pessoas oriundas de famílias de baixa renda, de escolas da rede pública ou bolsistas integrais em escolas da rede privada poderão pleitear a isenção da taxa, desde que façam a solicitação até o dia 2 de dezembro.
O candidato que não dispuser de computador e/ou acesso à Internet poderá realizar sua inscrição no próprio IFNMG, nos endereços, datas e locais informados nos editais dos dois processos de seleção
Vagas
Serão selecionados alunos para cursos nas seguintes cidades: Almenara, Araçuaí, Arinos, Diamantina, Janaúba, Januária, Montes Claros, Pirapora, Porteirinha, Salinas e Teófilo Otoni.
Há 1.575 vagas para cursos técnicos, nas modalidades integrado ao ensino médio; concomitante ao ensino médio, para quem está cursando o segundo ou terceiro ano em outra escola; e subsequente ao ensino médio, ou seja, para quem já concluiu este etapa de formação. As novidades são os seguintes cursos técnicos: Agrimensura, no Campus Araçuaí; Meio Ambiente, no Campus Diamantina; Agente Comunitário de Saúde, no Campus Janaúba; e Informática para Internet, nos Campi Janaúba, Porteirinha e Teófilo Otoni. (Confira, abaixo, a relação completa de cursos por campus, número de vagas, turno de oferta e duração.)
Em relação ao Vestibular, são 418 oportunidades, que correspondem a parte das vagas para cursos superiores do IFNMG no primeiro semestre de 2016. As novidades são Tecnologia em Processos Gerenciais, no Campus Almenara; Sistemas de Informação, no Campus Arinos; e Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, no Campus Araçuaí. No total, são 21 opções de cursos superiores. (Confira, abaixo, a relação completa de cursos por campus, número de vagas, turno de oferta, modalidades e duração.)
A outra parte das vagas em cursos superiores do Instituto será preenchida por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), realizado pelo Ministério da Educação (MEC) com base nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio. O calendário do Sisu ainda não foi divulgado pelo MEC.
Cotas
Tanto para o Processo Seletivo quanto para o Vestibular, vale o sistema de reserva de vagas, conhecido como sistema de cotas. O IFNMG reserva 50% das vagas para estudantes vindos de escolas públicas, parte delas para candidatos de baixa renda e autodeclarados pretos, pardos e indígenas. Além disso, 5% das vagas serão reservadas para pessoas com deficiência.
Provas
As provas do Vestibular acontecerão no dia 10 de janeiro, Os candidatos farão provas objetivas de Língua Estrangeira, Língua Portuguesa, Literatura Brasileira e de matérias específicas, que variam de acordo com o curso pretendido, além de Redação.
No dia 17 de janeiro acontecerão as provas do Processo Seletivo. Os candidatos aos cursos das modalidades concomitante e subsequente ao ensino médio farão provas objetivas de Língua Portuguesa e Matemática. No caso dos candidatos aos cursos técnicos na modalidade integrado ao ensino médio, as provas também serão objetivas, versando sobre quatro grandes áreas de conhecimento: Língua Portuguesa, Matemática, Ciências Naturais e Ciências Humanas. Os conteúdos programáticos das provas estão anexos aos editais do Vestibular e Processo Seletivo.

Cinco pessoas ficam feridas em acidente na BR-251, em Unaí

(G1) Cinco pessoas ficaram feridas em um acidente na noite desta segunda-feira (09), na BR-251, em Unaí. Segundo os Bombeiros, o motorista de um veículo de passeio bateu em pneus que bloqueava a pista e em seguida colidiu com outro carro. O bloqueio foi feito por caminhoneiros que participam de uma paralisação na BR-251 desde a tarde desta segunda-feira (09).
As vítimas tiveram ferimentos leves e foram encaminhadas pelos Bombeiros ao hospital de Unaí.

Protesto
De acordo com a Polícia Militar, o protesto dos caminhoneiros na BR-251, que liga a cidade de Unaí à Brasília-DF, continua na manhã desta terça-feira (10). Ainda segundo a PM, a manifestação ocorre de forma pacífica e a passagem para veículos pequenos e de emergência está sendo liberada.

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Januária ganhará parque às margens do São Francisco

A cidade de Januária (MG) receberá um parque fluvial às margens do rio São Francisco no final de 2017; serão investidos R$ 3,4 milhões
A cidade de Januária, no norte de Minas Gerais, receberá no final de 2017 um parque fluvial urbano às margens do rio São Francisco. O contrato para financiamento das obras com recursos do Fundo Socioambiental Caixa foi firmado com a prefeitura em 5 de novembro.
Distante 600 km de Belo Horizonte e com 70 mil habitantes, Januária é a terceira maior cidade da região, que atrai visitantes interessados em turismo de aventura. "O parque fluvial valorizará o cartão-postal da cidade, além de devolver ao cidadão o prazer de frequentar a orla ribeirinha", afirmou o prefeito de Januária, Manoel Jorge de Castro.
O novo parque será construído num terreno de 30 hectares, dividido em três áreas. Duas delas servirão exclusivamente para recompor a mata ciliar do Velho Chico. O espaço restante receberá infraestrutura que incluirá passarelas, quiosques sobre palafitas, largo da poesia, arena de eventos em frente ao antigo cais e equipamentos esportivos.
Além de Januária, Petrolina (PE), Juazeiro (BA) e Pirapora (MG), todas banhadas pelo São Francisco, foram selecionadas pelo Fundo Nacional do Meio Ambiente e pela Caixa para receber projetos similares, com investimento previsto de R$ 132,5 milhões por parte do Fundo Socioambiental Caixa.

Fundo Socioambiental Caixa
Criado em dezembro de 2010, o fundo recebe anualmente até 2% do lucro da Caixa para investir em iniciativas socioambientais inovadoras em parceria com órgãos públicos e entidades privadas. Atualmente, apoia 116 projetos, que receberam R$ 81,7 milhões em recursos.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: CEF

Porteirinha: Homem que dirigia moto sem capacete morre ao colidir em caminhão

(ASCOM PM) Na manhã de sábado (07), por volta das 11 horas, a Polícia Militar compareceu a comunidade de Ribeirão dos Cocos, na zona rural de Porteirinha, onde foi informada que um homem trafegava com a sua motocicleta Honda Cg 125, Today, cor vermelha, por uma estrada vicinal. No cruzamento com a estrada principal, a motocicleta colidiu com a lateral esquerda de um caminhão "pipa". Devido ao impacto, o condutor da motocicleta veio a óbito, uma vez que não estava usando capacete de segurança e, provavelmente, bateu a cabeça na estrutura do tanque de água que o caminhão carregava. Os funcionários do SAMU compareceram ao local e fizeram os primeiros socorros, constatando que o condutor da motocicleta já se encontrava sem vida.

Criança de nove anos é atropelada ao voltar da escola em Montes Claros

Utilitário foi apreendido por documentação atrasada
(G1) Uma criança de nove anos foi atropelada na tarde desta segunda-feira (9) em Montes Claros Norte de Minas. O menino voltava da escola na companhia de alguns colegas quando sofreu o acidente na Avenida Independência, no Bairro Independência.
O motorista do carro envolvido no acidente afirma que as crianças brincavam de pega-pega. “Fui desviar de uma motocicleta na avenida, mas de repente o menino entrou na frente do carro e não pude fazer nada”, explica.
A criança teve fratura no fêmur e foi socorrida pelo Samu ao hospital Santa Casa. A Polícia Militar também foi ao local do acidente. “Segundo relatos de uma testemunha, o veículo estava em alta velocidade, mas já teve outra testemunha que disse que o motorista não teve culpa. Por isso acionamos a perícia”. Diz o sargento Riveli de Andrade Silva.
O veículo, um utilitário, pertence a uma empresa de terraplanagem e foi apreendido por documentação atrasada.

Delator associa propinas de obras da Petrobras com campanhas municipais petistas em 2012

(Por Luís Cláudio Guedes) Reportagem publicada pelo jornal 'Estado de S.Paulo' no final de semana associa desvios de recursos da Petrobras com as campanhas municipais de 2012. Em delação premiada que fechou no mês de agosto, o executivo Walmir Pinheiro Santana, ligado à UTC Engenharia, disse à Procuradoria-Geral da República (PGR) que propinas de R$ 15,51 teriam sido pagas ao PT relativas às obras do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). Parte desse valor, R$ 1,8 milhão, foram destinadas para algumas campanhas eleitorais do Partido dos Trabalhadores (provavelmente para campanhas ao cargo de prefeito).
Walmir Pinheiro Santana relatou que João Vaccari o autorizou a abater, também dos R$ 15,51 milhões, valores para José de Filippi Júnior, ex-tesoureiro das campanhas presidenciais de Lula, em 2006, e Dilma em 2010. O ex-ministro José Dirceu (Casa Civil/Governo Lula) recebeu R$ 1,69 milhão dessa bolada. Os valores repassados a Dirceu e às campanhas petistas passavam sempre pelo crivo do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, atualmente preso em Curitiba.
O delator insinua, sem apresentar provas efetivas, que o dinheiro da propina teria sido usado para pagamento de despesas de campanha dos candidatos petistas dos municípios de Contagem (Durval Ângelo), Belo Horizonte (Patrus Ananias), Montes Claros (Paulo Guedes), em Minas, Recife (Humberto Costa), Campinas (Marcio Pochmann) e São Bernardo do Campo (Luiz Marinho). Uma mulher ligada ao PT mineiro teria recebido valor adicional de R$ 150 mil para suposto evento partidário em Belo Horizonte organizado pelo PT. A ajuda da UTC, no entanto, ajudou pouco os candidatos petistas a prefeito em 2012. Apenas Luiz Marinho se elegeu prefeito, em São Bernardo.
O delator afirmou à força-tarefa da Lava Jato que participou 'da estruturação do negócio do Comperj'. Segundo o executivo, a Petrobras resolveu, naquela ocasião, fazer uma "contratação direta" para execução da obra. A força-tarefa da Operação Lava-Jato ouviu do delator contou que a assinatura do contrato do Comperj, entre a Petrobras e o Consórcio TUC - UTC, Odebrecht e Toyo do Brasil -, teve como contrapartida “compromissos" para PT no valor de R$15,51 milhões.


'Estritamente dentro da lei'
Procurado pelo jornal, o Partido dos Trabalhadores repetiu a alegação que adota para o assunto: todas as doações que recebeu foram realizadas "estritamente dentro dos parâmetros legais e declaradas à Justiça Eleitoral". O advogado de João Vaccari Neto, o criminalista Luiz Flávio Borges D'urso, emitiu nota em que “reitera que as manifestações [do delator] são oriundas de uma delação, de modo que, primeiramente, não procede e não há nenhum elemento de prova que possa corroborar essas informações. Até porque Vaccari jamais solicitou, recebeu ou negociou dinheiro de origem ilícita. Apenas cumpriu seu papel, enquanto tesoureiro do PT, ao solicitar doações de pessoas físicas e jurídicas, indicando a conta do partido para que essas doações absolutamente legais fossem depositadas".

Homem é atingido por tiro de raspão na cabeça dentro de bar em MG

(G1) Um homem de 27 anos foi atingido por tiro de raspão na cabeça, no Povoado de Riacho dos Santos, em Campo Azul (MG), neste domingo (8).
Segundo as informações da Polícia Militar, ele estava em um bar quando ouviu vários disparos e percebeu que havia sido baleado. Ele foi socorrido e levado para um hospital.
O suspeito de ter atirado foi identificado pela vítima e por testemunhas, ele está sendo procurado pela polícia.

Cerca de 100 pessoas combatem incêndio que atinge parque em MG

Incêndio Lapa Grande 
Cerca de 100 pessoas trabalham nesta segunda-feira (9) para controlar o incêndio que atinge o Parque Estadual da Lapa Grande, em Montes Claros (MG). O fogo começou na sexta-feira (6) e já dura mais de 65 horas. Uma força-tarefa, com a participação do Instituto Estadual de Florestas, Polícia Militar, Exército, Defesa Civil, Copasa, Corpo de Bombeiros e voluntários, foi formada para ajudar nos trabalhos.
Segundo Margarete Caires chefe do IEF da regional em Montes Claros, imediatamente quando os primeiros focos surgiram, a brigada do parque foi acionada. O combate conta com a ajuda de três aeronaves. Nesta segunda, a equipe ganhou o reforço de brigadistas de outras unidades de conservação ambiental.
Margarete Caires explica que as primeiras chamas começaram em uma área onde havia capim, ela também esclarece que há indícios de que o incêndio é criminoso e a investigação já foi iniciada.
Em relação aos estragos, a chefe do IEF destaca que ainda não é possível afirmar qual o tamanho da área afetada, já que a preocupação no momento é apagar o fogo. Em seguida, uma equipe também vai levantar quais os danos causados. Margarete também diz que, segundo relatos da gerência do Parque da Lapa Grande, este é o pior incêndio já registrado. A unidade de conservação tem aproximadamente 15 mil hectares.

Dificuldades para o combate das chamas
O tenente Diego Prates, do Corpo de Bombeiros, explica que alguns focos estão em locais isolados, os brigadistas são levados até estes locais de helicóptero.
“Chegou um momento ontem [domingo] que achamos que os focos estavam controlados, mas infelizmente a temperatura, a baixa umidade e vegetação seca propagaram o incêndio, que agora está em um momento bastante complicado para fazer o combate direto.”

Danos ao meio ambiente
Mário Marcos, professor da Universidade Estadual de Montes Claros e doutor em Ecologia, explica que os danos causados por incêndios de forma geral impactam na fauna, flora, solo e recursos hídricos, mas se tratando de uma unidade de conservação ambiental, criada com o objetivo de preservação, as consequências podem ser ainda maiores.
“Com a mortandade de plantas e animais, pode haver perda da biodiversidade e o ecossistema pode ser seriamente afetado, inclusive com a extinção de espécies”, explica.
O especialista destaca também que os danos causados pelo incêndio vão além do território do parque. “A unidade de conservação sofre as consequências, mas todo a região é afetada, já que haverá mais gases que contribuem para o efeito estufa na atmosfera, além disto, com a retirada da cobertura vegetal, o solo pode sofrer erosão e os sedimentos são levados para os cursos de água, causando assoreamento”, esclarece.
Em relação aos danos causados ao meio ambiente, Mário Marcos afirma que a recuperação pode demorar muito anos e pode até não ocorrer.

domingo, 8 de novembro de 2015

Homem é morto a tiros em frente a bar na zona rural de Porteirinha

(G1) Um homem de 55 anos foi morto a tiros neste sábado (07), no distrito de Lajes, em Porteirinha (MG). Segundo a Polícia Militar, a vítima estava em frente a um bar quando foi atingida por três tiros. Ele morreu no local do crime.
Ainda de acordo com a PM, o suspeito do assassinato seria o esposo da sobrinha da vítima, que ainda não foi localizado.Testemunhas informaram que os dois não tinham um bom relacionamento.

Cinco presos serram grade e fogem da cadeia de Porteirinha

Cinco presos fugiram da cadeia pública de Porteirinha, no Norte de Minas, neste sábado (07). Um deles já foi capturado e as buscas continuam.
Segundo a Polícia Militar, eles serraram as grades da cela e ameaçaram um agente penitenciário com uma barra de ferro. Em seguida fugiram levando uma espingarda calibre 12, que era utilizada pelo agente.
Durante rastreamento, a Polícia Militar encontrou a arma nas proximidades da unidade prisional e conseguiu prender um dos fugitivos. Ele foi conduzido para a cadeia.




Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: G1