Blog com notícias de Janaúba e região!

sábado, 10 de outubro de 2015

Ivonei não será candidato e declara seu apoio ao vereador Isaildon

Ivonei ao lado do presidente nacional do PSDB, Aécio Neves, nas
eleições de 2010.
Na manhã deste sábado (10), através de uma mensagem enviada por WhatsApp, o vereador Carlos Isaildon Mendes confirmou o que nosso jornalismo já havia adiantado, que Ivonei Abade Brito não será candidato em 2016 na disputada eleição municipal de Janaúba. Segue o conteúdo da mensagem na íntegra para apreciação dos caros leitores:
“Recebi na quinta-feira (08), em minha residência, um grupo de pessoas lideradas pelo ex-prefeito Ivonei que me apresentaram convite para assumir a condição e pré-candidato a prefeito de Janaúba nas eleições do próximo ano. Após intensas conversas aceitei o convite, ciente da enorme responsabilidade, mormente no atual cenário de crise econômica e política. Diante do exposto, estou compartilhando com as pessoas que me são caras com os seguintes objetivos: 1 - Por respeito, dar, em primeira mão, a notícia; 2 - Como amigo, ouvir a sua opinião a respeito do assunto e 3 - Caso aprove a ideia, solicitar o seu apoio e divulgação do nome visto que em face das limitações financeiras e midiáticas, resta-me contar com as amizades. Finalmente, admitindo-se a concretização da proposta, resta-me comprometer com muito trabalho, alicerçado na lisura, transparência e honestidade. Saudações, Isaildon”.
O que ficou claro é que o ex-prefeito de Janaúba, Ivonei Abade não será mais candidato e quem será seu substituto no páreo 2016 é o vereador Isaildon. Mas fica a dúvida no ar, qual seria o motivo de Abade abrir mão da tão cobiçada cadeira do executivo municipal janaubense e declarar seu apoio ao correligionário e presidente do seu partido (PSDB), Isaildon Mendes? Não é novidade que Abade ocupa o 1º lugar em todas as pesquisas na disputa em 2016 pela prefeitura de Janaúba, podemos até ser mais ousados, se as eleições fossem hoje Ivonei seria sem dúvida nenhuma o prefeito eleito. Há alguns meses vem acontecendo reuniões entre a “tucanada” para definir sobre as eleições 2016, e o grupo foi claro, dando um ultimato para Abade confirmar se poderia ou não ser candidato no ano que vem. Além ter tido duas contas rejeitadas pela Câmara de Vereadores de Janaúba, deixando Ivonei inelegível por 8 anos, ainda existem vários processos na justiça que estão em andamento. Ou seja, não deu. Não será dessa vez.
O cenário já está desenhado, façam suas apostas e vamos ver quem leva o prêmio de governar por 4 anos a prefeitura de Janaúba. São estes os prováveis candidatos em 2016 na disputa pela mãezona (prefeitura):
Carlos Isaildon (PSDB)

José Aparecido (PSD)

Rodrigo Rodrigues (PMDB)

José Benedito (PT)

Avelino Rodrigues (PPL)

Valério Dias (PPS)
Handerson Miranda (PHS)


Délio Coelho (DEM)

Hud Jeová (PTN)

Valério Alexson (PSOL)

Rafael da Paz (PMN)

Homem de 34 anos é atingido por quatro tiros nas pernas em Bocaiuva

(G1) Um homem de 34 anos foi baleado na manhã deste sábado (10), no Bairro Bonfim, em Bocaiuva (MG). De acordo com as informações da Polícia Militar, a vítima andava pela Rua Coronel Antônio Versiane, quando foi abordada por dois homens em um veículo, que efetuaram vários disparos.
Ele foi atingido por quatro tiros nas pernas e encaminhado ao hospital. A polícia não soube informar qual seria a motivação do crime e até o momento os autores não foram presos.
Segundo a PM, a vítima é suspeita de ter participação em um homicídio ocorrido na cidade.

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Janaúba poderá ser enquadrada: TCU e TCE preparam auditoria nas previdências municipais

(Por Ivo Júnior) A questão previdenciária é hoje um dos maiores problemas da administração pública brasileira, provocando rombos nos Orçamentos da União, de Estados e municípios do país. Em Minas, estudos do Tribunal de Contas do Estado (TCE) apontam que 290 municípios mineiros têm regimes próprios de previdência. Destes, pelo menos 18 não terão recursos para arcar com as aposentadorias dos servidores já nos próximos cinco anos. Até 2024, quase cem municípios estarão em dificuldades para esse atendimento.
É pensando na gravidade dessa situação, que pode deixar centenas de prefeituras sem recursos para pagar as aposentadorias num futuro próximo, que o Tribunal de Contas da União (TCU), junto com tribunais de Contas estaduais e órgãos de controles municipais, preparam uma auditoria coordenada em todo o país para o estudo da questão previdenciária. De acordo com o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2016, enviado pelo governo ao Congresso em abril, o déficit do INSS, estimado em R$ 66,7 bilhões para 2015, deverá avançar, mesmo sem a mudança das regras do fator previdenciário. Para o presidente do Tribunal de Contas de Minas Gerais, conselheiro Sebastião Helvécio, durante esse trabalho, certamente serão encontrados muitos outros municípios que não têm saúde financeira para honrar a aposentadoria dos seus servidores.
Prefeituras do Norte de Minas deverão ser pegas no pente fino dos tribunais, em Januária, segundo a denúncia oferecida pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), durante a gestão (2009-2012) do então prefeito Maurílio Arruda o mesmo descontou das folhas de pagamento do funcionalismo municipal milhares de reais, a título de recolhimento de contribuições sociais, mas não repassou o dinheiro, dando calote no Instituto de Previdência Municipal de Januária (Prevjan). De acordo com o MPMG, o ato de Arruda caracteriza a prática do crime de apropriação indébita previdenciária (artigo 168-A do Código Penal), que prevê pena de reclusão de 2 a 5 anos, e multa.
Em Janaúba diversas irregularidades deverão ser encontradas. Em 2011 o prefeito de Janaúba, José Benedito Nunes Neto, foi acusado pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMP) de ter desviado R$ 380 mil do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Janaúba (Previjan), entre 2007 e 2009. Na ação civil pública, o esquema incluía ainda o irmão do prefeito, ex-diretor financeiro da Previjan.
Para o promotor, eles teriam obtido vantagens indevidas, em benefício próprio. "Os malefícios decorrentes da improbidade administrativa são graves e inúmeros, pois causaram prejuízo de R$ 379.360,23 ao cofre público do instituto de previdência, em detrimento de um sem-número de servidores públicos municipal pensionista e contribuintes, sendo, inclusive, cabível pedido de dano moral coletivo", alegou o Promotor Fabrício Costa Lopo, a época do ocorrido.
Recentemente, foi repassada a redação da Rádio Onda Norte um documento que demonstra que a Prefeitura Municipal de Janaúba, agora administrada pelo fruticultor Yuji Yamada, esta em dívida com o Instituto de Previdência municipal desde Janeiro deste ano. A dívida já atinge 4 milhões 912 mil 868 reais e 89 centavos, incorrendo no crime de apropriação indébita, baseado no artigo 168 do Código Penal Brasileiro.

Quarenta cidades do Norte de Minas tem 15 milhões bloqueados por inadimplência

O Norte de Minas está com aproximadamente R$ 15 milhões bloqueados de recursos para a assistência social, em razão da inadimplência dos municípios ou entidades sociais, conforme denúncia do secretário estadual de Desenvolvimento Social, André Quintão. Ele esteve em Montes Claros para participar da Conferência Regional de Assistência Social, no auditório da OAB Eventos, onde explicou que 287 municípios mineiros apresentam estas pendências e com isto, o bloqueio é de R$ 192 milhões. No caso do Norte de Minas, são aproximadamente 40 municípios, com recursos bloqueados que oscilam de R$ 30 mil a R$ 300 mil.
O secretário estadual explicou que desde a sua posse se preocupou em colocar em dia o pagamento do piso de assistência social em Minas Gerais e inclusive liberou, recentemente, R$ 5 milhões para o Norte de Minas. Porém, lamenta que estejam com R$ 15 milhões bloqueados por inadimplência e com isso, muitas instituições sociais, como abrigos, estejam sem prestar os seus serviços e a população fique prejudicada. Quintão explica que o desafio da sua gestão é qualificar e capacitar os gestores e trabalhadores para a correta aplicação dos recursos e ainda a prestação de contas dos recursos.
A inadimplência dos municípios, que provocou o bloqueio dos R$ 15 milhões, segundo André Quintão, passa pelo desconhecimento dos contadores e área meio das Prefeituras para as novas normas fixadas para os convênios de repasses de recursos que regem o Sistema Único de Assistência Social.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: Gazeta Norte Mineira

Rodrigo Rodrigues faz balanço de suas ações no comando do município

JANAÚBA - A Prefeitura Municipal de Janaúba, na microrregião da Serra Geral de Minas, adotou nos últimos 30 dias, uma forma de administração bem diferente de outros municípios. O Gabinete Itinerante foi a forma usada pelo então prefeito em exercício, Rodrigo Rodrigues para desenvolver a participação popular na administração municipal. Para tanto, em seu primeiro ato administrativo propôs a realização de uma Ação Integrada envolvendo todas as secretarias municipais, entre outros órgãos.
Esta ação foi realizada nos distritos de Barreiro da Raiz, Quem-Quem e Vila Nova dos Poções (dias 18, 26 e 3 últimos), dando oportunidade ao povo de falar o que deve ser feito para melhorar a qualidade de vida de cada comunidade. Em todas as reuniões nessas comunidades rurais, Rodrigo e o secretariado da prefeitura se fazem presente. A intenção foi ouvir a população e levar todos os serviços oferecidos, inclusive da área de saúde, no município até à zona rural. “A grande preocupação da Prefeitura de Janaúba é administrar ouvindo o povo. Esse projeto dá voz às pessoas que moram longe da sede municipal”, ressaltou Rodrigo.
Não bastasse, a Ação Integrada que foi tão bem recebida nos distritos, ao estar prefeito, Rodrigo ainda conseguiu em apenas um mês, à frente da administração municipal, promover a reforma e a revitalização da praça Professora Maria José da
Silva, localizada na avenida dos Inconfidentes, bairro Santo Antônio. Um “bem de uso comum do povo”, a nova praça agora totalmente revitalizada se torna um importante espaço de lazer e entretenimento da comunidade. Ganhou novo sistema de iluminação a LED, com lâmpadas modernas com maior durabilidade e qualidade de iluminação, doado pela Assolar Energy. A praça também recebeu quadras de peteca e de vôlei para prática esportiva, bem como, ornamentação com o plantio de 11 tamareiras doadas pela Brasnica. O local também foi contemplado quatro pergolados (estrutura decorativa madeira e videira) que além de deixar o ambiente mais romântico, proporcionará sombra aos frequentadores.
Com atitudes como essas, efetivadas em apenas um mês de governo, Rodrigo Rodrigues mostrou ser um administrador com maturidade, coragem e determinação para vencer desafios impostos pela administração pública, sem perder o foco no “ouvir e servir”, cada dia melhor a população e o município, na busca por uma maior qualidade de vida para todos os gorutubanos e janaubenses.


Mais ações
Além da Ação Integrada que aproximou os distritos da administração municipal, permitindo ao povo contato direito com o prefeito e secretários, Rodrigo, acompanhado do chefe de Gabinete, Paulo Nunes, estabeleceu uma importante agenda de reuniões no município, Montes Claros e em Belo Horizonte, para fazer chegar a secretarias de Estado, como Secretaria de Desenvolvimento Integrado do Norte e Nordeste de Minas (Sedinor), Ciências e Tecnologia, Codevasf e Denocs, demandas do município de diferentes áreas.
No segundo dia como prefeito em exercício de Janaúba, Rodrigo, buscando atender à comunidade de Boi Velhaco, adquiriu junto ao Denocs, em Montes Claros, uma bomba submersa para atender ao sistema de abastecimento da localidade.
Ainda em Montes Claros, atendendo à demanda da comunidade de Barroquinha viabilizou a doação de implementos agrícolas, como uma carreta de trator e uma roçadeira à comunidade, por meio da Codevasf.
Em Janaúba ele participou de reuniões com Associação Comercial e Empresarial de Janaúba (Acijan), quando foram debatidas temas como a segurança pública e o trânsito.

Expresso Saúde
No período de 30 dias em que substituiu de forma interina o titular do cargo, o prefeito Yuji Yamada, Rodrigo juntamente com a Secretaria Municipal de Saúde, entregou aos distritos e outras comunidades rurais dois veículos Kombi, zero quilômetro, no último dia 25 de setembro. Os veículos vão auxiliar no transporte de pacientes da zona rural até à sede do município.

Título de Mérito Social
Visando reconhecer o trabalho de empresas e instituições que prestam serviço na área social do município, a Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Promoção Social janaubense homenageou várias pessoas com o “Título Mérito Social”. A cerimônia aconteceu na Câmara Municipal no último dia 2 de outubro, e contou com total apoio do então prefeito. Rodrigo, que durante seu discurso agradeceu a iniciativa da Promoção Social e aos agraciados, disse o seguinte: “O nosso trabalho enquanto gestor público se realiza com o complemento do relevante trabalho que vocês prestam no dia-a-dia em nossa sociedade”, observou.

Reforço policial / convênio
Na cidade Montes Claros o então prefeito também participou de reunião com o comando da 11° Região de Policia Militar. Na oportunidade reivindicou reforço para o efetivo da corporação na cidade e a viabilização do convênio entre o Município e a Polícia Militar, essencial para a implantação do sistema de faixa azul no trânsito, e também a sua municipalização.
Em Belo Horizonte, reuniu-se com a direção da Cemig, ocasião em que solicitou da companhia a ampliação do sistema de distribuição de energia do município, com objetivo de receber investimento de usina de energia fotovoltaica, levando em conta o potencial de Janaúba na geração de energia solar, considerada a “bola da vez”, já que é limpa e politicamente correta do ponto de vista ambiental. Também apresentou à empresa proposta de renegociação de dívida do Hospital Regional com energia elétrica.

ESPORTE
Ainda durante o cumprimento da agenda de trabalho na capital mineira o gestor interino do município à época se reuniu na Secretaria de Estado de Esportes de Minas Gerais, ocasião em que reivindicou apoio com o objetivo de implantar projetos esportivos no município. 

UAITEC / POLOS DE EXCELÊNCIA 
De olho na educação, Rodrigo aproveitou sua agenda em Belo Horizonte para visitar a Secretaria de Ciências e Tecnologia de Minas. Como forma de reafirmar seu compromisso com a educação solicitou ao chefe de gabinete da referida pasta o fortalecimento da parceria entre o Município, a citada secretaria e a Universidade Aberta Integrada - UAITEC, em Janaúba, através do programa Minas Digital.
Na noite de quarta-feira, 7 de outubro Rodrigo teve seu último compromisso como prefeito em exercício ao participar da solenidade entrega de um gabinete odontológico à comunidade de Maromba.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: ASCOM Prefeitura de Janaúba

Convite


Menor de 16 anos é assassinado a facadas em Buenópolis

(G1) Um menor de 16 anos foi assassinado a facadas na noite desta quinta-feira (08), em Buenópolis (MG). Segundo as informações da Polícia Militar, ele usava droga em um campo de futebol, quando foi abordado por dois adolescentes de 17 anos. Eles deram vários golpes de faca na vítima que morreu no local.
Ainda de acordo com a polícia, a vítima e os autores são conhecidos na cidade por tráfico e uso de drogas e estariam disputando pontos de venda de entorpecentes. Os dos autores foram apreendidos e encaminhados à delegacia.

Homem chega de viagem com droga na bolsa e é preso em São Francisco

(G1) Um homem de 49 anos foi preso em flagrante por tráfico de drogas, nesta sexta-feira (09), em São Francisco (MG). Ele foi abordado quando chegava de Belo Horizonte em um ônibus. O suspeito tentou fugir, mas foi preso em seguida na Avenida Montes Claros, no Bairro Jardim Regalito. Dentro da mochila dele a polícia encontrou um tablete de maconha.
O homem era monitorado pelo sistema de inteligência da polícia, que identificou que ele havia viajado até a capital mineira para comprar a droga e vender em São Francisco. O suspeito, que já tem passagens pelo mesmo crime, foi levado para a delegacia.

Homem estupra e engravida enteada com síndrome de Down em MG

Laudionor foi preso em um sítio em Juramento
(Foto: Michelly Oda / G1)
(G1) Um homem de 60 anos foi preso preventivamente por estupro de vulnerável da enteada, portadora de Síndrome de Down, nesta sexta-feira (9), em um sítio em Santana do Mundo Novo, Juramento (MG). Ela ficou grávida dele e a paternidade foi comprovada por um exame de DNA. As investigações duraram 11 meses. Na época do abuso, a vítima tinha 17 anos. Laudionor Arruda da Silva, que é pedreiro, está com a mãe dela há três anos, eles não têm filhos em comum.
A titular da Delegacia de Mulheres, Karine Maia, responsável pelas investigações e que também estava de plantão no dia que a ocorrência foi registrada, explica que a mãe descobriu que a filha estava grávida de 28 semanas, após realizar um ultrassom. Em seguida, ela chamou a Polícia Militar e disse que a adolescente havia sido abusada e que o suspeito era o vizinho deles, Reinilson Dias dos Santos.
Após interrogar os envolvidos, a delegada suspeitou do caso, porque a vítima apresentou várias contradições no depoimento. A prisão em flagrante do suspeito não foi ratificada e o caso começou a ser investigado.
“Durante as investigações descobrimos que havia uma denúncia anônima de 2014, que já havia sido apurada pelo Conselho Tutelar, na qual constava que ele estava abusando sexualmente da enteada”, fala Karine Maia. Uma conselheira foi ouvida e disse que visitou a família e não suspeitou de nada, por isto fez o arquivamento. A denúncia mencionou inclusive que a vítima não consentia e era amarrada pelo padrasto durante o sexo.
A partir das provas colhidas, a delegada optou por pedir o exame de DNA de Reinilson, de Laudionor, da vítima e do bebê, que nasceu com seis meses de gestação e está com oito meses. O resultado do exame saiu em setembro e comprovou que o pai da criança é o padrasto.

“Não foi estupro nem nada, ela não era moça mais”
Ao ser questionado, o pedreiro disse que manteve relações com a enteada apenas uma vez e que não imaginava que poderia ser o pai da filha dela.
“Nós estávamos em uma farra lá em casa, na roça, e aconteceu, não foi estupro nem nada, ela não era moça mais”, conta. Apesar disto, ele disse que não sabia se a enteada já havia tido algum namorado. A mãe dela disse para a polícia que a filha nunca se relacionou com ninguém.
Apesar da afirmação, a delegada diz que, segundo a vítima, o ato se repetiu por várias vezes, inclusive nos últimos tempos, depois do nascimento do bebê. "Ele continuava a manter relações sexuais com ela, dentro de casa. Na época do depoimento ele negou, disse que tratava a enteada de forma respeitosa, sempre jogando a culpa no outro suspeito”, fala Karine Maia.
Laudionor disse também que a mulher dele não sabia que ele havia feito sexo com a jovem. “Ela não soube porque nós estávamos todos em uma farra, foi cabeça fraca, a menina [bebê] nós estamos criando, como pai ou avô, tudo é a mesma coisa.”
“Nos autos nós juntamos provas da Sindrome de Down, que aparentemente é muito característica. Os depoimentos dela revelam a forma infantil como ela se expressa, o que demonstra sim, que trata-se de uma pessoa vulnerável”, destaca a delegada.
Se condenado, o pedreiro pode responder por estupro de vulnerável, com pena de oito a 15 anos.

Alívio
Reinilson, que foi apontado como suspeito, mora ao lado da casa que a família de Laudionor tem na zona rural, em Santana do Mundo Novo. Ele acha que foi apontado como suspeito por ser alcoólatra na época, mas afirma que nunca se relacionou com a vítima, que a via com pouca frequência e sempre acompanhada da mãe.
“Espero que a justiça seja feita. Quando fui levado fiquei sem entender nada, era suspeito de algo que eu não tinha ideia. Quando voltei da delegacia vi as pessoas olhando para mim e fazendo comentários, aquilo doeu muito. Quando disseram que precisavam do meu sangue para fazer o DNA, eu falei que podiam tirar até a última gota, porque eu nunca abusei da menina”, fala Reinilson dos Santos.
Karine Maia esclarece que também será apurado se o autônomo já manteve relações sexuais com a vítima.

Envolvimento da mãe
Em um dos dois depoimentos prestados, a vítima afirmou para a Polícia Civil que a mãe presenciou ela e o padrasto mantendo relações sexuais, no quarto do casal, e não fez nada. Por causa disto, a mulher vai ser investigada, e também pode responder por estupro de vulnerável.
A mãe da vítima disse para o G1 que não queria se pronunciar.

Denúncias são fundamentais
O delegado regional Giovane Sierve explica que desde a criação da Delegacia de Mulheres, em oito de março de 2013, 56 casos de estupro foram registrados. Destas ocorrências, 26 foram consideradas estupro de vulnerável, que é quando a vítima tem menos de 14 anos e/ou está em alguma situação que não tenha discernimento para o ato sexual. Em 45% dos casos, a violência ocorreu dentro de casa, por um membro da família.
“É função constitucional da Polícia Civil investigar os crimes e a autoria, agora para que as apurações sejam iniciadas, precisamos das denúncias, porque se a família, os vizinho não denunciarem, como vamos saber do fato? Contamos com o apoio da população para que possamos fazer uma investigação de qualidade”, ressalta.
O delegado também destaca que as mudanças de comportamento repentino podem indicar que a criança ou adolescente está sendo vítima de estupro. “Geralmente, eles manifestam os abusos, se isolam, ficam mais quietos, evitam ter contato com as pessoas e até com os pais. Diante deste sinais é preciso desconfiar”, finaliza.

Dois presos por estupro de vulnerável na madrugada da sexta-feira
Nesta sexta foram registrados dois casos de violência sexual em Montes Claros, dois homens foram presos em flagrante. Um deles ocorreu no Bairro Santo Antônio II; uma criança de 11 anos fugiu para a casa da madrinha depois de ser abusada pelo pai. Ela contou para a PM que a mãe morreu há cinco anos e que há quatro mora com ele. Disse também que o genitor, de 51 anos, acaricia as partes intimas dela.
O outro caso foi no Círio dos Anjos, um homem de 62 anos foi preso depois de acariciar uma menina que também tem 11 anos. Ela falou para a PM que eles são vizinhos e que ele acariciou as partes intimas dela.

Em Jaíba, incêndio atinge mata às margens do Rio Verde

Chamas atingiram mata às margens do Rio Verde
(G1) Um incêndio destruiu um hectare de mata às margens do Rio Verde, em Jaíba (MG), na noite desta quinta-feira (08). Segundo a Polícia Militar, há indícios de que o incêndio tenha sido criminoso, mas os autores ainda não foram identificados.
Ainda de acordo com a PM, as chamas foram controladas pelos Bombeiros com o auxílio de moradores da cidade. Ninguém ficou ferido e nenhuma residência próxima foi atingida.

Em Janaúba, rapaz leva tiro no bumbum enquanto andava pela rua

Um rapaz de 19 anos foi atingido com um tiro no bumbum enquanto andava em uma rua do bairro onde mora, em Janaúba (MG), na tarde desta sexta-feira (09). De acordo com a Polícia Militar, dois homens passaram em um carro e dispararam várias vezes, apenas uma das balas acertou a vítima.
A polícia acredita que os atiradores não tinham intenção de matar, mas de demonstrar poder de fogo, já que no bairro há membros de diferentes quadrilhas.
O vítima foi socorrida pelo Serviço de Urgência e Emergência (SAMU) e levada para o hospital. O tiro provocou apenas um ferimento leve, segundo a PM, e o rapaz passa bem. Agora, a polícia faz buscas pela cidade para encontrar os atiradores.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: G1

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Versão Janaúba: Yuji canta, e o povo? Quem sabe dança, e quem não sabe só balança

Na manhã desta quinta-feira (08), o prefeito de Janaúba Yuji Yamada regressou de sua terra natal (Japão) e retomou o bastão do poder. Isso mesmo, ele retornou ao cargo de prefeito, não sabemos por quanto tempo, e nem se ele terminará o mandato. Segundo seus correligionários, Yamada fica, e terminará seu trabalho. Muito se falou em uma possível renúncia, mas como disse um amigo: “Antes de renunciar, ele teria que assumir”. Tal afirmação se baseia no péssimo desempenho que Yamada tem tido na hora de administrar a máquina pública, já que a impressão que todos têm, é que nem prefeito a cidade tem. Uma gestão, que na avaliação do povo gorutubano, está sendo a pior de todos os tempos. 
Nesses 30 dias de passeio pelas terras japonesas, Yuji descansou, enquanto seu vice, Rodrigo Rodrigues, carregou pedras. O vice-prefeito Rodrigo assumiu por um mês a “cadeirona” do poder, onde sentou poucas vezes, já que teve que se desdobrar e correr muito para poder mostrar seu potencial, e assim abrir os caminhos para a disputa de 2016.
Foi notória sua atuação na gestão municipal, mesmo que tenha sido por tão pouco tempo. Rodrigues mostrou seu empenho, e nesse curto espaço de tempo conseguiu até inaugurar uma praça, que há tempos estava abandonada.
E Yamada? Ó, quem poderá nos defender? Eu! Quem? Ainda não sabemos. O que sabemos é que Yuji canta muito bem. Podemos fazer essa afirmação baseados em um vídeo disponível no YOUTUBE, onde Yamada esbanja graça, cantando e encantando. E o povo? Dança. Como sempre, na busca da tão sonhada administração social. Um grande administrador, todos pensavam que Yuji elevaria Janaúba a um patamar jamais visto na região. Mas não. Ele fracassou, e esse fracasso custou 4 anos de atraso, e não sabemos se haverá alguém com capacidade suficiente para recuperar esse prejuízo. Até mesmo as conquistas de Janaúba estão em queda livre, hoje pela manhã chegou até nosso jornalismo à informação que o aterro sanitário da cidade está “aterrado”. Como assim? Pelo mau uso que se tem feito do espaço, o tempo de vida útil do aterro sanitário foi reduzido mais da metade. 
E aí Janaúba? O prefeito canta! E nós dançamos. E quem não sabe dançar, só balança!



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Codemig doa imóvel em Rio Pardo de Minas para o Idene

Parceria entre os órgãos contribui para o desenvolvimento do Norte de Minas Gerais e realça a eficiência na gestão de bens patrimoniais do Estado

A Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) efetivou a doação de um imóvel localizado em Rio Pardo de Minas para o Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene). A iniciativa firmada entre os órgãos valoriza parcerias em favor da população, contribui para o desenvolvimento do Norte de Minas e evidencia o zelo do Governo de Minas Gerais na gestão eficiente de bens patrimoniais da Administração Pública estadual.
O imóvel doado está situado no bairro São Domingos. No lote de 20 mil metros quadrados, encontra-se um galpão com 510,17 metros quadrados de construção, que está localizado na Rua Odílio Fernandes Costa e ocupa um quarteirão completo, circundado pelas ruas Juvenato Mesquita, Tácito de Freitas Costa e Celcino Costa.
A transferência incide sobre parte do espaço que totaliza área de 8.406,76 metros quadrados, onde está edificado o prédio.
Com a doação, a Codemig transfere ao Idene o domínio e o direito sobre o bem imóvel descrito, para que o Instituto possa fazer o melhor uso possível do local. De acordo com o órgão, o imóvel será utilizado por uma Parceria Público-Privada (PPP) para o incentivo à agricultura familiar.
O Termo de Doação foi assinado em setembro último pelo presidente da Codemig, Marco Antônio Castello Branco, e pelo diretor geral do Idene, Ricardo Augusto da Costa Campos. Para os fins e efeitos fiscais, o documento tem o valor de R$1.879.370,00.


Desenvolvimento sustentável
O Idene tem como missão institucional promover e coordenar programas e projetos que visem ao desenvolvimento sustentável e à redução das desigualdades dos vales do Jequitinhonha e Mucuri e do Norte de Minas Gerais em relação ao restante do estado. Com isso, o Instituto busca tornar essas regiões em áreas de grande desenvolvimento sustentável, com indicadores de qualidade de vida superiores à média nacional.
Empresa pública controlada pelo Estado, a Codemig integra o sistema liderado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e investe em múltiplos segmentos, como mineração, pesquisa de óleo e gás natural, hotelaria, parques e balneários, distritos industriais e centros de feiras e exposições, os Expominas.
Em consonância com as diretrizes inovadoras do Governo Estadual, a empresa vem pautando suas ações de maneira arrojada e moderna, pautada em três grandes eixos estratégicos: Indústria de Energia, Mineração e Metalurgia; Indústria de Alta Tecnologia; e Indústria Criativa. Todas essas frentes evidenciam o forte compromisso da empresa com o desenvolvimento socioeconômico de Minas Gerais.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Governo de Minas Gerais entrega 90 casas no Norte de Minas

Famílias de baixa renda de duas cidades da região vão receber as chaves da casa própria
Os municípios de Cristália e Monte Azul localizados no Norte de Minas Gerais, recebem nesta sexta-feira (9/10), 90 casas populares construídas pela Companhia de Habitação de Minas Gerais (Cohab-MG), empresa vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Regional, Política Urbana e Gestão Metropolitana (Sedru).
Em Monte Azul serão entregues 50 unidades habitacionais do Conjunto Wellington Valério de Oliveira. Para a realização da obra, foram investidos R$2,5 milhões, sendo R$1,2 milhão do Governo Federal, R$1 milhão do Governo de Minas Gerais e R$180 mil da prefeitura. O empreendimento é uma parceria entre o Estado e a União por meio do Programa “Minha Casa, Minha Vida II”.
Por sua vez em Cristália, o governo de Minas Gerais inaugura o Conjunto Habitacional João Antônio Borges, formado por 40 casas este é primeiro empreendimento realizado pela Cohab Minas no município. Ao todo foram investidos R$1,9 milhões, sendo R$1 milhão do governo Federal, R$802 mil do governo de Minas Gerais e R$144 mil da prefeitura.
O secretário Tadeu Martins Leite comemora a entrega das casas, depois de um esforço conjunto do Estado para solucionar problemas de ligação de rede de esgoto e energia elétrica, que impediam a inauguração da obra. “Honramos o nosso compromisso de garantir o acesso à moradia para famílias de baixa renda que precisam criar seus filhos com dignidade e comemorarmos com estas famílias a realização de um sonho”, afirma.

Inaugurações 2015
Com a inauguração dos dois conjuntos habitacionais, a Cohab Minas chega a marca de 1156 casas entregues apenas neste ano, sendo que apenas no Território de Desenvolvimento Norte já foram entregues casas em sete municípios, beneficiando 292 famílias da região.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Carro bate em moto e deixa um morto na MGC-135, em Januária

Um homem de 41 anos morreu em um acidente na MGC-135, em Januária (MG), nesta quarta-feira (7). Ele estava de moto e segundo as informações da Polícia Militar, não era habilitado.
Ainda de acordo com a PM, o motorista de um carro disse que transitava de Januária para Itacarambi (MG), quando teve a visão ofuscada pelo farol de um veículo e não conseguiu ver a motocicleta, que andava na frente dele e acabou batendo.
O condutor da moto morreu no local.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: G1

Homem é preso suspeito de tráfico de drogas em São Francisco

Suspeito tem várias passagens pela polícia pelo mesmo crime
(G1) Um homem de 24 anos foi preso nesta quinta-feira (08) suspeito de tráfico de drogas no Bairro São Lucas, em São Francisco, Norte de Minas.
De acordo com a polícia, o homem estava em atitudes suspeitas quando foi abordado pelos policiais. Com ele foram encontrados 15 papelotes de cocaína, uma balança de precisão, cerca de um kg de maconha, uma motocicleta e aproximadamente R$ 80,00.
O suspeito tem várias passagens pela polícia por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e ameaça. Ele foi encaminhado à delegacia de polícia de São Francisco e ficará a disposição da justiça.

Jaíba: Homens armados invadem agência dos Correios e fogem com dinheiro

Uma agência dos Correios foi assaltada nesta quinta-feira (08) em Jaíba, Norte de Minas Gerais. De acordo com a Polícia Militar, dois homens, armados, chegaram em uma motocicleta e anunciaram o assalto.
Depois de pegar o dinheiro, os bandidos fugiram em direção ao Bairro Veredas. A PM informou que esse tipo de crime é comum na região. Os Correios não divulgaram o valor roubado.
Ninguém foi preso e a polícia ainda não tem suspeitos.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: G1

Capitão Enéas: Enquanto o prefeito canta, o povo dança

Cesar Emílio.
Essa semana nossa reportagem teve acesso há um vídeo onde o prefeito de Capitão Enéas, Cesar Emílio Lopes Oliveira, cantava alegremente a música “O Sol”, da banda Jota Quest. Até aí tudo bem, não há qualquer problema em relação à diversão, já que todos nós seres humanos necessitamos de lazer. Mas achamos que viria a calhar afirmarmos que “enquanto o prefeito canta, o povo dança”. A expressão “dancei”, geralmente é utilizada para afirmar que algo deu errado. A situação da atual administração eneapolitana não é das melhores, já que diariamente nosso jornalismo recebe todos os tipos de reclamações, críticas e denuncias vindas da próspera Capitão Enéas, ou seja, alguma coisa tem dado errado. A mais recente reclamação veio através de uma carta endereçada ao radialista Walber Guimarães, onde em nome dos moradores da comunidade de Caçarema (zona rural de Capitão Enéas), foi relatado diversos problemas enfrentados diariamente pelas pessoas daquela localidade. Segundo a denúncia, os próprios moradores têm arcado com os custos de reforma do local que abriga a Polícia Militar na comunidade, e o conserto da viatura da PM. De diversas localidades do município de Capitão Enéas tem chegado reclamações de todos os tipos, demonstrando a insatisfação da população. O prefeito Cesar Emílio já esteve na rádio Onda Norte FM 103,9 em Janaúba, onde em entrevista afirmou que está empenhado para atender na medida do possível toda a população capitão-eneense. Por diversas vezes, após sua vinda a rádio Onda Norte, nossa reportagem tentou fazer contato com o prefeito Cesar Emilio para esclarecimento sobre novas denuncias, mas até o momento não conseguimos um retorno. Emílio, além de ser prefeito de Capitão Enéas também é presidente da AMAMS, Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene. E não para por aí, Cesar pertence ao Partido dos Trabalhadores (PT), que atualmente é o partido que governa Minas Gerais e o Brasil. Pois bem, ficou claro que o prefeito capitão-eneense está com “o queijo e a faca na mão” para fazer uma das melhores administrações de todos os tempos, mas ao que parece não será assim. Faltando apenas 14 meses para encerramento do mandato, Emílio vai ter que se esforçar muito mais para poder agradar e atender a população de Capitão Enéas.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Três são presos após roubar carreta dos Correios na BR-135, em MG

Veículo e carga foram recuperados
(G1) Três homens foram presos após assaltarem uma carreta dos Correios nesta quarta-feira (07) na BR-135, próximo a Corinto (MG). Segundo a Polícia Militar, o caminhão seguia de São Paulo para Recife, quando os criminosos, que estavam em um veículo, abordaram os dois ocupantes da carreta. Eles foram rendidos pelo bandidos, e o motorista foi obrigado a dirigir até uma estrada de terra, às margens da BR-135.
A Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima e encontrou o caminhão que já estava sendo descarregado pelos bandidos. Houve troca de tiros e os criminosos fugiram para um matagal. Três deles foram localizados e um conseguiu escapar. As vítimas estavam no local e foram resgatadas sem ferimentos. O veículo e a carga foram recuperados.
Ainda segundo a PM, um outro veículo, que fazia a escolta dos bandidos, também foi apreendido. A polícia afirma que os criminosos são integrantes de uma quadrilha especializada de roubos de cargas em Augusto de Lima e Buenópolis.

Caminhoneiro fica ferido em capotamento na BR-135, em Bocaiuva

(G1) Um caminheiro ficou ferido após perder o controle da direção e capotar o veículo na manhã desta quarta-feira (07), na BR-135, próximo a Bocaiuva, no Norte de Minas.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, ele seguia do Nordeste para São Paulo transportando uma carga de sal. O material ficou espalhado no asfalto e a pista está parcialmente interditada no sentido Montes Claros/ Bocaiuva.
Uma médica que passava pelo local do acidente prestou os primeiros socorros. Em seguida, a vítima foi encaminhada por terceiros ao hospital de Bocaiuva com ferimentos leves.

Afluentes do Rio São Francisco secam pela primeira vez

Situação do Rio Jequitaí, que deixou de correr pela primeira vez na história, é o ponto alto da estiagem, agravada pela superexploração, que avança sobre tributários do São Francisco
(Por Valquiria Lopes) Como feridas abertas no mapa de Minas, a seca avança por importantes bacias hidrográficas do estado. Assolados pela estiagem, afluentes da Bacia do São Francisco, no Norte do estado, estão vendo suas águas sumirem devido a longos períodos sem chuva, mas também por intensa exploração humana, representada por captações irregulares para irrigação, perfuração descontrolada de poços artesianos, que sugam o lençol freático, e avanço do desmatamento. Em um dos mais preocupantes episódios desse quadro desolador, foi o Rio Jequitaí que se rendeu. O manancial teve o curso interrompido pela primeira vez na história, no trecho próximo ao povoado de Buriti Grande, município de Francisco Dumont. Assim como ele, muitos rios já não conseguem correr pelas terras áridas do Norte de Minas. É o caso do Pacuí, que faz parte da mesma bacia do Jequitaí e está interrompido desde a nascente até o município de Pentáurea.
Na rede de afluentes do São Francisco, também pedem socorro os rios Guavinipã, São Domingos, Juramento e o Córrego do Onça (veja quadro). De acordo com o técnico em Meio Ambiente e Recursos Hídricos José Ponciano Neto, do Departamento Norte da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), a situação dos mananciais já compromete o abastecimento nas cidades que dependem da captação no curso d’água, como Montes Claros, Bocaiuva, Francisco Sá e Guaraciama.
O problema histórico da falta d’água na região está ainda pior nesta temporada de estiagem, segundo Ponciano. “Apesar de ser reflexo de períodos de seca prolongada, a ação cada vez mais predatória de fazendeiros e da população em geral alterou muito a quantidade de água dos rios”, afirma, referindo-se à exploração irregular com bombas de captação direta e a perfurações sem critérios técnicos e sem licença.
A expansão do desmatamento para abertura de áreas de plantio de eucalipto, geralmente irrigadas com água retirada desses cursos d’água, também é apontada pelo técnico como fator contribuinte para o sumiço dos rios. Ele lembra ainda que o problema já chegou a veredas, consideradas intocáveis até então. As formações que funcionam como áreas de drenagem, sustentando o lençol freático que “brota” do chão, também estão secando.
Presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica dos Rios Jequitaí e Pacuí, Robson Rafael Andrade afirma que vários órgãos ambientais já foram acionados para tomada de providências sobre a situação de exploração da vegetação e de rios, mas nenhuma medida efetiva foi adotada. Ele alerta que os impactos desse conduta predatória podem ser devastadores e que, a curto prazo, a população e a fauna já vêm sendo fortemente afetados. A Barragem do Córrego do Onça, por exemplo, está com o menor nível da história (20%).
“Se não chover uma quantidade razoável em três semanas, para chegar a pelo menos a 30%, o abastecimento será cortado em Bocaiuva e Guaraciama”, alerta Robson Andrade. Mas, segundo ele, a previsão é que comece a chover na região apenas a partir de janeiro. Tanto ele quanto técnicos da Copasa garantem que aves típicas de áreas de veredas, como periquitos, tucanos e araras, estão migrando para outros locais no Norte de Minas à procura de alimento. Robson destacou ainda os baixos níveis que vêm sendo registrados no próprio Rio São Francisco, onde bancos de areia estão expostos e a água está cada vez mais escassa, como ocorre em Pirapora.

Desastre
Integrante do movimento recém-criado SOS Serra do Cabral, no Norte de Minas, o advogado Adriano Borém alerta que o quadro de exploração pode resultar em um desastre ecológico irreparável. “Há povoados que estão sem água para consumo humano devido a esses crimes ambientais”, diz. Segundo ele, denúncia de exploração irregular da água e desmatamento já foi protocolada no Ministério Público do Estado de Minas Gerais em 2012. “Ainda assim, os crimes são permanentes”, afirma. A Coordenadoria Regional das Promotorias de Justiça do Meio Ambiente da Bacia do São Francisco foi procurada para se posicionar sobre o assunto, mas nenhum representante foi localizado.
O governo do estado confirma que o período de estiagem tem se agravado no Norte de Minas, e que medidas vêm sendo adotadas para lidar com o problema. Segundo a Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste (Sedinor), nova etapa do programa Água para Todos teve início em setembro, em parceria com o governo federal. A ação conjunta visa a construção de 962 pequenas barragens, que vão beneficiar famílias de 151 municípios. O principal objetivo é a irrigação de pequenos cultivos e a dessedentação de animais, amenizando os efeitos da falta d’água que podem resultar na morte de rebanhos inteiros.
Outra iniciativa dentro do programa é a instalação de cisternas de placa e de polietileno, barraginhas, barreiros e sistemas coletivos de abastecimento de água, com meta de dar acesso à água para consumo humano e para a produção agrícola em áreas rurais. Água potável também está sendo distribuída em caminhões-pipa no Vale do Jequitinhonha e Norte mineiro. A expectativa é de que a operação emergencial da Defesa Civil abasteça mais de 900 localidades atingidas pela estiagem.

..resultado aparece no leito principal, expondo bancos de
areia normalmente submersos em Pirapora
(foto: José Ponciano Neto/divulgação )

Mato Verde e Catuti adotam rodízio no abastecimento de água

(Por Rodrigo Melo) Minas Gerais está sofrendo com a combinação de falta de chuva, calor e o aumento no consumo de água. Nesta terça-feira, pelo menos mais quatro municípios atendidos pela Copasa adotaram sistema de rodízio no abastecimento. Segundo a companhia, Mato Verde e Catuti, no Norte do estado, Divino das Laranjeiras e Tumiritinga, na Região do Vale do Rio Doce, estão sendo abastecidas com restrições. Os municípios de Ubá, Astolfo Dutra e Visconde do Rio Branco, na Zona da Mata, já trabalham com 'medidas emergenciais' desde o dia primeiro de outubro. A cidade de Caratinga, no Vale do Rio Doce, pode ser a próxima a amargar o sistema de contenção.
De acordo com um comunicado na página da Copasa na internet, caso não chova "de forma considerável" nos próximos dias ou a população não reduza o consumo de água, Caratinga, com mais de 80 mil habitantes, pode adotar o rodízio. No texto, a companhia informa que registrou uma redução drástica do volume de água do Córrego do Lage, responsável pelo abastecimento do município e que "a medida poderá ser necessária para garantir o abastecimento, principalmente das partes mais altas da cidade".
A companhia adotou os cortes, nesta terça-feira, em pelo menos mais quatro cidades mineiras. Segundo a Copasa, a situação é causada pelo prolongado período de estiagem nas bacias hidrográficas que abastecem os municípios que, somado ao aumento do consumo de água devido ao forte calor, faz com que o abastecimento fique prejudicado. São Geraldo de Tumiritinga, no município de Tumiritinga, terá o abastecimento interrompido nos próximos dia 08 e 10 (quinta-feira e sábado, respectivamente).
Em alguns bairros de Mato Verde e no Distrito de São João do Bonito os registros serão fechados durante a maior parte do dia. Já em Catuti, a região que dá saída para a cidade de Mato Verde também ficará sem água. O município de Divino das Laranjeiras também adotou rodízio para "garantir o abastecimento mínimo em todas as partes da sede municipal, incluindo as partes mais altas."
Na última quinta-feira, outros três municípios de Minas Gerais adotaram sistema de rodízio de água por conta da longa temporada de seca que atinge o estado. De acordo com a Copasa, Visconde do Rio Branco, Astolfo Dutra e Ubá, na Zona da Mata, foram drasticamente prejudicadas pela estiagem em 2015. Para garantir o abastecimento de água nestas cidades, a empresa decidiu estabelecer um sistema de rodízio que começou neste primeiro dia de outubro. A Copasa não informou o número total de cidades que estão com restrições no abastecimento nesta terça-feira.
Grande BH
Apesar da garantia da Copasa de que o fantasma do racionamento está afastado até 2016 na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a promessa não foi suficiente para evitar que moradores da Região de Venda Nova sofram com dias seguidos de torneiras secas. Com cortes no abastecimento, consumidores revoltados protestaram na tarde dessa segunda-feira fechando ruas e ateando fogo a pneus e pedaços de madeira em pelo menos dois dos quatro bairros afetados.
Em nota, a Copasa informou que o fornecimento de água na parte alta da regional Venda Nova, em Belo Horizonte, foi normalizado na tarde desta terça-feira. Segundo a companhia, historicamente, a parte alta da regional tem problemas de abastecimento quando ocorre altas temperaturas, o que ocasiona um consumo maior do que o habitual. A empresa garantiu que, até o final de outubro, concluirá as obras que solucionarão definitivamente a situação. Ainda conforme o texto do comunicado, não há alterações no abastecimento de água em Lagoa Santa e Santa Luzia.

Em Janaúba, PM procura por três que atiraram contra quatro homens

(G1) A Polícia Militar procura por três homens que atiraram contra outros quatro, nesta terça-feira (6), no Bairro Rio Novo, em Janaúba. Segundo as informações da PM, o crime tem relação com o tráfico de drogas. Os envolvidos já se desentenderam em outras ocasiões.
Ainda de acordo com a polícia, as quatro vítimas estavam em uma das ruas do bairro, quando foram atingidas. Eles foram socorridos e levados para um hospital e não correm risco de morrer.

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Ex-prefeito de Taiobeiras é suspeito de abusar sexualmente de crianças

Joel Cruz é suspeito de
abusar de várias crianças.
(G1) O ex-prefeito de Taiobeiras, Joel Cruz, de 75 anos, está sendo procurado pela Polícia Civil por suspeita de abuso sexual contra crianças. Nesta terça-feira (06) foi cumprido mandado de busca e apreensão na casa do político, que já teve prisão preventiva decretada pela Justiça. Joel Cruz não foi encontrado, mas a polícia apreendeu um computador.
As investigações começaram há um ano, quando a Promotoria de Justiça de Taiobeiras recebeu denúncia de que duas meninas, de 10 e 12 anos, eram aliciadas para a prostituição pela própria mãe, que foi presa na ocasião.
As crianças mantinham relações sexuais com até oito "clientes" por noite. Segundo o Ministério Público, o ex-prefeito da cidade era um deles. As duas meninas ainda eram drogadas para resistir ao número e a frequência das relações.

Novas vítimas
Com base em uma nova denúncia feita ao Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e ao Conselho Tutelar, a Polícia Civil de Taiobeiras chegou até uma criança de 10 anos, que disse ser levada também pela mãe até a casa do ex-prefeito, junto com uma irmã de cinco anos e outras crianças, onde aconteceriam outros abusos em troca de dinheiro.
A mãe das crianças foi presa na manhã desta terça-feira. As investigações continuam para identificar novas vítimas. O Conselho Tutelar de Taiobeiras não se manifestou sobre o assunto, e o delegado responsável pelo caso não foi encontrado.

Barragem do Bico da Pedra perde mais 75 centímetros abaixo da cota inicial do volume morto

Barragem do Bico da Pedra perde mais 75 centímetros
abaixo da cota inicial do volume morto.
(Por Ivo Júnior) As chuvas que estavam previstas para esta semana não vieram, o calor continua castigando e a barragem do Bico da Pedra continua agonizando com a redução de seu nível. As previsões mais otimistas apontavam que nesta segunda e terça feira a cidade de Janaúba seria contemplada com um pouco de chuva, o que não ocorreu. 
Enquanto a cidade é castigada com temperaturas que extrapolam os 40º C, a barragem Bico da Pedra segue seu curso da decadência hídrica. Nesta terça feira o nível da barragem esta em 538,45 metros, 75 centímetros abaixo do nível inicial do volume morto que são 539,20 metros. A partir dessa metragem o racionamento de água para a irrigação é operacionalizado, o que ja esta acontecendo há alguns meses. O Distrito de Irrigação do Gorutuba faz questão de frisar que ainda faltam alguns metros para o volume morto de abastecimento humano e citam que a cota para isso é 535,00, mas, vale ressaltar que o ponto de captação de água para consumo humano e para irrigação é o mesmo, fato esse comprovado pela utilização das bombas de sucção instaladas em caráter de urgência para jogar água nas comportas de captação que já estão em funcionamento.
O fato é que independente de qual seja a cota do volume morto, estamos caminhando a passos largos para isso. Com o aumento da temperatura aumenta também o consumo e a evaporação. Além disso, o curso do rio Gorutuba acima da barragem este totalmente seco, ou seja, a água esta saindo do lago em grande escala, enquanto isso o lago não está sendo alimentado pelo Rio Gorutuba que sofre com as intervenções humanas. Áreas degradadas, excesso de bombas de irrigação sem regulamentação, falta de proteção e revitalização das nascentes.
Enquanto isso a população assiste de mãos atadas enquanto os políticos se fingem de morto para dar uma solução que resolva o problema, são várias as teorias, mas, na prática apenas fotos para jornais e discursos populistas em troca de possíveis votos. A desculpa da vez é a crise econômica. Parece que para o povo de Janaúba e Nova Porteirinha só restou apenas uma opção. Pedir a Deus que mais uma vez não abandone essa terra e que mande chuva para amenizar a situação que não é uma das mais animadoras.

Minas Gerais oferece 33 mil vagas para qualificação em cursos gratuitos

Aprimoramento oferecido por unidades do Estado e parceiros garante crescimento profissional e abre mercado para o trabalhador

Desde agosto, as unidades mineiras que oferecem cursos técnicos de qualificação profissional, como Sistema S (Senai, Senac, Senat, Senar), institutos federais e Utramig, estão autorizadas a iniciar a execução dos cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).
Criado pelo Governo Federal em 2011, o Pronatec busca ampliar as oportunidades educacionais e de formação profissional qualificada aos jovens, trabalhadores e beneficiários de programas de transferência de renda.
De acordo com o analista de Gestão e Políticas Públicas da Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese), Henrique Araújo Pacheco, são mais de 33 mil vagas em Minas Gerais, sendo 23 mil de formação inicial continuada (média 200 horas), disponíveis para qualquer trabalhador. A carga horária mínima é de 160 horas.
“Alguns cursos já estão ocorrendo e muitos outros serão iniciados agora em outubro. Os interessados devem ficar atentos às oportunidades”, diz Pacheco.
Minas Gerais é o estado com maior oferta de Pronatec do Brasil: 325 municípios vão oferecer os mais variados cursos de qualificação, como ajudante de obras, auxiliar de agropecuária, agente comunitário de saúde, assistente de secretaria escolar, assistente financeiro, cabelereiro, cuidador de idosos, eletricista industrial, editor de vídeo, técnico em mecânica, técnico em informática, inglês básico, padeiro, organizador de eventos, entre vários outros.
A cabelereira Shirlene Estefânia Salatiel, de 28 anos, fez o curso de auxiliar financeiro do Pronatec no Senac. De acordo com ela, depois que fez o cadastro no Sine de Contagem, em uma semana começou a fazer o curso, que teve duração de três meses.
“Adorei o curso, sou cabelereira, mas sempre tive vontade de trabalhar na área de finanças. Com o curso, enxerguei a possibilidade de mudar de área de atuação”, comenta Shirlene.

Matrícula
Para se inscrever nos cursos, basta procurar os postos do Sine e do UAI no estado e realizar o cadastro pessoal. São 133 unidades no estado. Por meio do site www.mg.gov.br, acesso rápido, Unidade de Atendimento Integrado – (UAI), o cidadão encontrará o endereço, telefone e horário de funcionamento das UAI’s.
Para efetuar a pré-matrícula é necessário estar munido dos seguintes documentos: carteira de trabalho, carteira de identidade e CPF. Menores de idade (a partir dos 15 anos) devem apresentar carteira de identidade, CPF e carteira de trabalho (se tiver), acompanhados do responsável legal.

Rumo ao mercado
As vagas são gratuitas. Os postos do Sine e do UAI aguardam retorno dos alunos às suas unidades, após conclusão dos cursos, para que seja feito seu encaminhamento para as vagas do mercado de trabalho.
De acordo com a coordenadora da Uai em Ponte Nova, Ana Tereza Pataro, muitas empresas procuram a UAI em busca de profissionais qualificados. “Os cursos são uma ótima oportunidade de qualificação profissional. Por isso, é importante o trabalhador estar com o cadastro sempre atualizado na unidade, pois quando as vagas são abertas já encaminhamos os interessados”, diz.

Pronatec
O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), é composto por cinco iniciativas: Expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica; Programa Brasil Profissionalizado; Rede e-Tec Brasil; Acordo de Gratuidade com os Serviços Nacionais de Aprendizagem; e Bolsa-Formação.
O público alvo são os estudantes do ensino médio da rede pública, inclusive da educação de jovens e adultos; trabalhadores; beneficiários dos programas federais de transferência de renda; e estudantes que tenham cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em instituições privadas na condição de bolsista integral.
O programa conta com uma rede de instituições que demandam cursos voltados para públicos específicos em cada região e, ainda, com uma rede de instituições que ofertam tais cursos. Saiba mais em: http://pronatec.mec.gov.br/index.php.

Prefeitura de Janaúba faz em praça o que não consegue fazer em outras obras

Praça José Maria.
(Por Ivo Júnior) Já diziam os mais velhos e conseqüentemente mais sábios devido as experiências vividas, que "quem quer faz". Essa máxima foi constatada nessa semana, no bairro Santo Antônio. Em menos de uma semana a Prefeitura Municipal de Janaúba revitalizou uma praça que estava a muito tempo abandonada servindo de deposito de lixo e ponto de uso de drogas. A reportagem da Rádio Onda Norte esteve no local por diversas vezes e pode constatar uma obra tocada com muito interesse, coordenadores de vários setores, da prefeitura, diversos funcionários da secretária de Obras, máquinas, caminhões, eletricistas, enfim, assim como deveria ser todas as obras públicas em nossa cidade, o que na prática está longe de ser verdade. 
Na nova praça foi colocada iluminação de Led, uma tecnologia que além de economia, traz uma luz de maior qualidade e intensidade. Ótimo, temos que caminhar em direção ao futuro, com inovações tecnológicas. Mas, essa inovação contrasta com a realidade da iluminação pública do município que anda as escuras. Em uma única rodada no início da semana, após inúmeras reclamações feitas através do jornalismo da emissora, a equipe de reportagem pode constatar em uma única rua entre a Vila Isaías Pereira e o Bairro algodões, mais de vinte luminárias queimadas, colocando em risco as pessoas que precisam se deslocar por ela e enfrenta longos trechos escuros. Os carros que fazem a manutenção. Estavam na referida praça cuidando da instalação das luminárias de Led. Outra coisa que chama a atenção da reportagem é o fato de não se ter conhecimento de Licitação para compra desse material.
Em ocasiões anteriores, atendendo a solicitação de moradores que reclamavam do lixo existente naquela região foi constatado que o terreno em questão onde foi colocada essa nova iluminação e construída duas quadras de vôlei e peteca pertence à Diocese de Janaúba. A reportagem tentou um contato nessa terça feira com o Bispo Dom Ricardo, para saber como se deu essa negociação da prefeitura com a Diocese, mas, sem obter êxito devido a uma reunião geral com representantes das paróquias. Vale ressaltar que as quadras são de extrema importância para o esporte gorutubano, mas, o que esta sendo levantado aqui é se foi colocado dinheiro público em terreno particular.
A Praça Professora Maria José da Silva (que está carinhosamente sendo chamada de Praça de Zé Maria em alusão ao nome do Secretário de Administração que tem imóvel em frente) ficou muito bem revitalizada. Ponto para o prefeito em exercício Rodrigo Rodrigues que tenta em um mês mostrar que é homem de trabalho. Os apoiadores do grupo de Rodrigo aproveitaram para fazer um pequeno comício no local em um evento realizado neste domingo pelo PELC- Programa de Esportes Lazer e Cultura de Janaúba. Até o deputado secretário Paulo Guedes esteve presente.
Agora voltemos à realidade das obras. Enquanto isso o Ginásio Poliesportivo continua do mesmo jeito, a cobertura do Mercado Municipal já vai receber outro recurso enquanto um recurso que foi concedido pelo ex-Deputado Humberto Souto, em 2013 ainda não se tem conhecimento de quando se darão início as obras. Creches estão caindo, estão faltando medicamentos em postos e pessoas estão deixando de serem atendidas. Seria bom que essa garra para fazer uma praça demonstrada nessa última semana se propagasse para outros setores da administração pública. Cabe a cada gestor fiscalizar. Se as obras não estão funcionando, alguma coisa está errada. Se a empresa não esta dando conta, é preciso que ela seja acionada judicialmente. Com a palavra o prefeito eleito, o prefeito em exercício, secretários, diretores e coordenadores do município de Janaúba.

Seminário de apicultura é realizado no Norte de Minas Gerais

(G1) Vai ser realizado em Montes Claros (MG), na quinta-feira (8), o 12º Seminário de Apicultura do Norte de Minas. As inscrições poderão ser feitas no local. O evento vai de 8h às 18h e será realizado no Parque de Exposições João Alencar Athayde.
O evento é realizado anualmente pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e Emater e, segundo a organização, é promovido para incentivar a apicultura. Em 2014, mais de 400 pessoas de 25 municípios participaram.
O encontro vai ser aberto com a palestra sobre manejo da Apis mellifera, ministrada pelo professor Darcet Costa Souza, da Universidade Federal do Piauí. Posteriormente técnicos da Codevasf, Emater e Fundação Ezequiel Dias irão falar sobre o mel de aroeira.
Durante à tarde, o engenheiro Afonso Odério Lima irá falar sobre manejo de melgueiras para aumentar a produtividade da Apis melífera. Serão destacados, com base nas experiências dos núcleos apícolas de Janaúba, Januária, Montes Claros, Bocaiuva e Pirapora, os desafios e potencialidades do segmento.
Para encerrar as atividades, haverá a palestra do instrutor do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, Másio Magalhães, sobre a criação da abelha Jataí.
Outras informações no telefone (38) 3223-2130.

Ruralminas leva infraestrutura rural a São João da Ponte


As ações em São João da Ponte foram realizadas nas sub-bacias dos rios Salobro e João Moreira. Projeto de Revitalização abrange 178 municípios na região
A Ruralminas, por meio do Projeto de Revitalização de Sub-Bacias Hidrográficas do Rio São Francisco, leva desenvolvimento ao Norte de Minas. Responsável pela implantação, acompanhamento e fiscalização das obras, a Fundação concluiu neste mês as ações no município de São João da Ponte.
De acordo com o engenheiro agrônomo da Ruralminas, Wender Borges, as ações visam melhorar as condições de vida e de oportunidades para quem vive no campo. “Os moradores de São João da Ponte reconhecem a importância do projeto e valorizam o trabalho realizado. A estrada foi muito elogiada pela comunidade, pois possibilita o melhor escoamento da produção, como, por exemplo, o leite que atualmente é mais valorizado devido ao melhor acesso, por parte dos compradores, aos produtores”, afirma.
As ações em São José da Ponte foram realizadas nas sub-bacias dos rios Salobro e João Moreira. Foram construídas 450 bacias de captação de água de enxurradas, 12 quilômetros de readequação de estradas com enfoque ambiental, cinco quilômetros de cercamento de matas ciliares e a proteção de cinco nascentes.
O Projeto de Revitalização de Sub-Bacias Hidrográficas do Rio São Francisco abrange 178 municípios e totaliza o cercamento de 1.123 nascentes, 1.028 quilômetros de cerca para a proteção de matas de topo e ciliares, 53.784 bacias de captação de águas pluviais e de enxurradas, 3.450 quilômetros de terraços em áreas degradadas de pastagens e cultivos, 813 quilômetros de adequação e conformação de estradas vicinais com enfoque ambiental.
Esse trabalho é realizado por meio de convênio firmado entre a Ruralminas e Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba) e parceria com a Emater-MG.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: ASCOM Governo de Minas Gerais

Apesar de medida protetiva, homem tenta matar mulher em Montes Claros

(G1) A polícia procura por um homem de 40 anos que tentou matar uma mulher, de 34, nesta segunda-feira (5), no Bairro São Judas Tadeu, em Montes Claros (MG). Ela tinha uma medida protetiva contra ele. Não há informações se eles namoraram ou se já foram casados.
A vítima contou que estava na porta de casa, na Rua São Paulo, quando o homem chegou e a esfaqueou três vezes. O criminoso parou de agredi-la depois que algumas pessoas começaram a arremessar objetos contra ele.
A mulher foi socorrida pelo Samu e levada para um hospital.

Agita Janaúba é sucesso!

Sucesso. Assim pode ser definido o Agita Janaúba, realizado pela Prefeitura Municipal no domingo (04). O evento que culminou com a entrega das obras de reforma e revitalização da Praça Professora Maria José da Silva, na Avenida dos Inconfidentes, Bairro Santo Antônio, atraiu um grande público formado por moradores do bairro e visitantes, além das autoridades, como o prefeito em exercício de Janaúba, Rodrigo Rodrigues, secretários, vereadores, Paulo Guedes, secretário da Sedinor em Minas Gerais e o superintendente da Codevasf no estado, Dimas Rodrigues.
O Agita Janaúba, além de entretenimento, levou a população vários serviços públicos de saúde. Quem foi, adorou o evento, bem como a praça que ganhou iluminação de LED. O prefeito Rodrigo disse estar satisfeito em ter colocado em prática mais uma ação nesses 30 dias, à frente da Prefeitura de Janaúba.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: ASCOM Prefeitura de Janaúba

Janaúba: PM prende e desarma cidadão infrator

(ASCOM PM) Na tarde do último sábado (03) a PM através da equipe das moto táticas desarmaram e prenderam o cidadão infrator A. D. B. C, 24 anos.
Durante patrulhamento os policiais receberam informações dando conta que havia três indivíduos velhos conhecidos nos meios policiais armados na Rua Curvelo no bairro Cerâmica, cidade de Janaúba. Várias viaturas do turno deslocaram no apoio. O acusado foi abordado, ao ser procedido à busca pessoal foi encontrado em sua cintura um revolver calibre 38 municiado com 06 cartuchos intactos e ainda foi encontrado ao lado do autor, dentro de uma meia preta 20 (vinte) munições calibre 38 intactas.
O acusado assumiu ser dono da arma e de toda munição encontrada, informando que adquiriu a arma para sua segurança, adquirindo-a na mão de um caminhoneiro. Os outros suspeitos não foram localizados. Assim o infrator foi preso e conduzido a Delegacia de Polícia Civil para devidas providencias juntamente com a arma e munição apreendida.

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Estado retoma leilão de travessia Manga/Matias Cardoso

Novo edital prevê cessão por 15 anos e previsão de faturamento da ordem de R$ 114 milhões
(Por Luís Cláudio Guedes) O governo estadual marcou para daqui a duas semanas, na terça-feira (20), a terceira tentativa para a escolha dos futuros concessionários do serviço de travessia por meio de balsas no Rio São Francisco entre os municípios de Manga e Matias Cardoso, no extremo Norte de Minas. A Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas de Minas Gerais (Setop) lançou, no mês de setembro, novo edital para o leilão da travessia e espera finalmente concluir a licitação do serviço.
Dois editais abertos ao longo dos últimos 12 meses foram cancelados, após impugnações propostas pelos empresários que exploram o serviço de forma precária e que são os principais interessados no leilão. Na primeira delas, a Setop suspendeu a concorrência pública por 60 dias no final do ano passado, com a alegação de que precisaria de tempo para realizar a análise das impugnações apresentadas por um dos concorrentes. O prazo, contudo, foi novamente ampliado para seis meses após a posse de Fernando Pimentel (PT) e retomado em maio deste ano, quando o governo estadual fez nova tentativa para realizar o leilão.
O processo foi suspenso pela segunda vez depois que o ex-prefeito de Manga Joaquim de Oliveira Sá Filho, o Quinquinha, um dos balseiros que operam na travessia entrou com novo pedido de impugnação. Um dos pontos questionados pelo empresário foi a obrigação dos concessionários em promover melhorarias na infraestrutura dos portos de atracagem nos dois portos. Há uma ação em curso do Ministério Público de Manga impede a intervenção nas duas margens do rio, o que pode onerar os custos da concessão. Na ocasião, Quinquinha também questionou a gratuidade da travessia para carros oficiais e ambulâncias, com alegação de perdas de receitas.
Uma das principais mudanças do novo edital é a mudança no prazo da concessão, que caiu de 18 anos previstos inicialmente para 15 anos. A previsão da Setop é que o contrato de concessão tem potencial para render R$ 114 milhões em faturamento aos novos permissionários durante a vigência da concessão. O edital em curso manteve a possibilidade da formação de consórcio de empresas para disputar o certame. Os envelopes com as propostas devem ser entregue até o dia 19 de outubro, um dia antes da escolha dos futuros concessionários ou consórcio que vão gerir o sistema mediante a cobrança de tarifa dos usuários.
A proposta vencedora será a que apresentar a menor tarifa-base. Quem levar a concessão vai se comprometer, via contrato, a atender aos usuários da travessia com regularidade, continuidade, eficiência, segurança, atualidade, generalidade, cortesia na sua aplicação e tarifas justas. As seis balsas que atuam no local têm permissão precária e devem se reunir em consórcio para tentar legalizar suas licenças.
Entretanto, os balseiros não descartam a possibilidade de tentar nova impugnação do certame. Eles avaliam que a travessia pode ficar inviável com o preço-referência que consta do edital, em torno de R$ 11 para a travessia de automóveis. Um de balsa ouvido pelo site diz que o preço ficou defasado durante os 12 meses em que o processo foi paralisado. “De lá para cá todos os nossos custos subiram, especialmente o valor do óleo diesel e o pagamento dos funcionários”, reclama. O valor da tarifa-base será reajustado anualmente com base no IPCA (Índice de Preços ao Consumidor).


Serviço de atendimento ao consumidor
A exigência do novo edital que obriga os vencedores da licitação a oferecer serviço gratuito de atendimento ao consumidor (SAC) deve gerar polêmica. Os atuais permissionários da travessia entre Manga e Matias Cardoso praticamente não têm despesas com o negócio e devem tentar nova impugnação da concorrência. Outra despesa criada pela Setop é o pagamento da taxa de gerenciamento do sistema de transporte intermunicipal, que começa em 0,5% do faturamento bruto das balsas nos três primeiros anos de vigência do contrato e dobra após esse período até o final da concessão, para 1% da receita bruta. Acostumados à lei de menor esforço, os balseiros terão dificuldade em se adaptar ao regime de concessão.
Levantamento realizado pela Setop no ano passado apurou que cerca de 400 mil veículos, distribuídos por 11 categorias, em que se incluem carroças e outros meios puxados por tração animal, utilizam a travessia anualmente, com demanda extra de 160 mil passageiros a pé ou de bicicleta. O serviço é considerado de “inerente essencialidade e indispensabilidade em sua prestação, ante a inexistência de rotas alternativas de acesso entre as localidades, por isso deve ser prestado de forma ininterrupta e contínua”.
A choradeira dos atuais empresários é compreensível. Afinal, o que eles visam é o lucro. A frustração da licitação por duas vezes seguidas e a falta de concorrência no certame contribui para a torcida dos balseiros de tudo vai ficar como está na travessia em Manga: o serviço é ruim e caro, além de pouco fiscalizado. A expectativa é de que não aconteça novo retrocesso na concessão dos serviços. A intervenção do Ministério Público na fiscalização do serviço há cerca de dois anos criou expectativas de que seria possível melhorar a qualidade dos serviços. Uma nova impugnação seria um balde de água fria na esperança dos usuários do sistema.

Adolescente é apreendido com moto roubada e arma em Pirapora

(G1) Um adolescente de 16 anos foi apreendido com uma moto roubada e com uma arma, neste domingo (4), em Pirapora (MG).
Um homem de 33 anos acionou a Polícia Militar depois de ter a moto levada por um assaltante. Ele disse que, após estacionar o veículo no Centro de Buritizeiro (MG), foi abordado por dois homens armados, que anunciaram o roubo.
Segundo a vítima, os criminosos chegaram de moto, em seguida cada uma fugiu em uma. Os dois foram vistos pela PM no Bairro Cidade Jardim. Ao ser perseguido, o menor, que estava com o veículo roubado, perdeu o controle da direção e caiu. De acordo com a PM, ele tentou jogar fora a arma usada no crime.
O jovem foi levado para a delegacia, junto com a moto e com um revólver. O comparsa dele não foi encontrado.

Quatro homens são detidos suspeitos de latrocínio em São Francisco

Suspeitos foram presos em operação conjunta da PC e PM
(G1) Dois homens foram presos e dois menores apreendidos nesta segunda-feira (05) suspeitos de cometerem um latrocínio no último dia 30 em São Francisco, Norte de Minas. A apreensão foi realizada após investigação conjunta das policias Civil e Militar.
O corpo da vítima, de 34 anos, foi encontrado dentro do Rio São Francisco, com pedras amarradas no corpo. Segundo a PM, Os suspeitos tentavam roubar o carro do homem para trocar em drogas no município de Unaí.
Os suspeitos serão encaminhados à delegacia e ficarão a disposição da justiça.

Wellington e Enoch: Dois irmãos em caminhos opostos

Da esquerda para a direita: Enoch Campos e Wellington Campos.
Nos últimos meses, nosso jornalismo teve a oportunidade de estar bem próximo ao médico psiquiatra Wellington Campos e ao professor e agora prefeito de Jaíba Enoch Campos, e ficou claro para nós que apesar de serem irmãos, são duas mentes pensantes completamente antagônicas. Enquanto Wellington quer se distanciar cada vez mais da política, Enoch se aproxima cada vez mais, já afirmando ser um pré-candidato a prefeitura de Jaíba em 2016.
“Nessa jornada da política eu não quero mais ser o protagonista, já dei minha contribuição”, afirma Wellington, que já exerceu o cargo de prefeito por 4 anos na cidade de Jaíba. O professor Enoch, que foi eleito como vice-prefeito de Jaíba, mas hoje exerce o cargo de prefeito, já que o titular do cargo, Jimmy Murça foi cassado pela Câmara de Jaíba em 2013. E desde então, conforme reza a constituição, o professor e vice-prefeito Enoch vem comandando o executivo daquela prospera cidade. Porém esse comando não tem sido nada fácil, já que por diversas vezes a câmara jaibense tentou cassar o mandato do prefeito em exercício Enoch Campos, mas até o momento não obtiveram êxito.
E do lado oposto está Wellington, nadando de braçadas e gozando de uma paz e tranqüilidade sem igual. Hoje o médico graduado pela Universidade Federal de Minas Gerais, Wellington Campos, que também um currículo extenso: Curso de demências e neuropsiquiatria geriátrica no Hospital das Clínicas; Especialização em psiquiatria pelo IPEMED; E está fazendo especialização em dependência química pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP); Vem exercendo seu trabalho no CAPSAD e CAPS 2 de Janaúba e em uma UBS de Nova Porteirinha.
Dois irmãos, e dois propósitos diferentes. Nessa caminhada de lutas e conquistas, a lição que temos é que independentemente de onde estivermos, temos que estar sempre a serviço do próximo.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com