Blog com notícias de Janaúba e região!

sábado, 20 de maio de 2017

Grão Mogol completa 159 anos

(Foto: Eduardo Machado)

(Por Vicente Alberto) Nessa semana, Grão Mogol completou 159 anos de emancipação política. Nascido como povoado de Serra de Santo Antônio do Itacambiraçu, a cidade, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), teve sua origem relacionada à descoberta de diamantes no final do século XVIII. No ano de 1839, o lugarejo era chamado de Arraial da Serra de Grão Mogol e logo passou a atrair pessoas do país e estrangeiros (portugueses, franceses, alemães e de outros países europeus), que, provavelmente, atuavam na exploração de diamantes.

O local passou a destacar-se por movimentar o comércio de diamantes explorados inicialmente de forma clandestina. Isso passou a incomodar a Coroa Portuguesa que logo enviou um representante para assumir o controle da exploração e comercialização dos diamantes. Em 1840, o arraial evolui para Vila Provincial e no mesmo ano foi transformado em Distrito.

Só no ano de 1858, pela lei provincial nº 859, de 14 de maio, Grão Mogol recebeu a categoria de cidade.

Durante décadas, destacou-se como a mais importante cidade da região Norte Mineira. O processo de decadência da exploração das minas de diamantes, ocorrida especialmente após a década de 1960, coincidiu com a emancipação de parte do seu território e com a criação dos novos municípios de Itacambira, Cristália e Botumirim.
Ainda nesse período, a falta de oportunidade de emprego fez com que os moradores locais iniciassem um processo de migração em direção às cidades próximas e a grandes centros urbanos como São Paulo. Com isso a cidade estagnou no seu crescimento e a sua população residente decresceu.

Silvicultura | Nas décadas de 70 e 80 o município recebeu grandes empreendimentos de Silvicultura, com vastas plantações de eucaliptos, que até hoje predominam. No início dos anos 2.000 outra grande obra foi ali implantada, a Usina Hidrelétrica de Irapé, uma obra de 1 bilhão de Reais. Atualmente há a expectativa da construção de uma termoelétrica, um empreendimento de R$267 milhões e com geração de 350 empregos diretos na sua implantação, que utilizará eucalipto como combustível.

Potencial turístico | Uma natureza exuberante, com praias lacustres de areias brancas, cachoeiras e montanhas, além de um casario histórico bem preservado constituem atrativos turísticos de enorme potencial, acrescido da facilidade de acesso através da MG 307, com asfalto em ótimas condições. O município também possui festas populares e religiosas e um Carnaval que vem se firmando como um dos melhores do estado. E mais recentemente, o Festival de Inverno, com atrações culturais de diversas cidades da região. Em 2011 o município recebeu um atrativo de projeção internacional, o Presépio Natural “Mãos de Deus”, considerado o maior presépio a céu aberto do mundo.

Norte de Minas ganha nove juízes designados pelo TJMG

O fórum de São João da Ponte foi um dos beneficiados
(Foto: Divulgação)

(Por Girleno Alencar) O Norte de Minas ganhou nove juízes para preencher vagas em diversas comarcas, conforme nomeação publicada no Diário Oficial. Os juízes são: José Alexandre Marson Guidi, para Monte Azul; Luciana Mara de Faria, para São João do Paraíso; Marco Anderson Almeida Leal, para São João da Ponte; Luciana de Oliveira Torres, de Coração de Jesus; Frederico Bordon de Castro, para Francisco Sá; Rodrigo Fernando Di Gioia Colosimo, para Porteirinha; Marie Verceses da Silva Maia, para Rio Pardo de Minas; Flávia Braga Corte Imperial, para Taiobeiras; e Rodrigo Martins Faria, para Grão Mogol.

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais realizou na quinta-feira a sessão pública para que 102 juízes de direito substitutos escolhessem a comarca para a qual serão designados. A convocação foi dirigida a todos os juízes substitutos, independentemente da data de ingresso na carreira e do fato de estarem com lotação estabelecida. O critério utilizado para a escolha foi à antiguidade na carreira da magistratura. Atualmente, há 102 juízes de direito substitutos, entre os quais se incluem os 25 aprovados no último concurso, que concluíram recentemente o curso de formação inicial para o ingresso na carreira.

O presidente do TJMG, desembargador Herbert Carneiro, explicou que essa nova designação tem como objetivo aperfeiçoar a gestão no momento atual e reiterou que nenhuma comarca ficará desprovida de juiz. Segundo o presidente, o critério da antiguidade é o mais razoável para as designações, já que privilegia o tempo e a trajetória do juiz na magistratura, além de ser impessoal. Como explicou, as comarcas que têm menor distribuição de processos continuarão a existir com a mesma estrutura, com os mesmos funcionários, mas serão atendidas pelo juiz de alguma comarca próxima.

O superintendente administrativo adjunto do TJMG, desembargador Carlos Henrique Perpétuo Braga, conduziu o processo de escolha. Seguindo a ordem de antiguidade, os juízes substitutos escolheram a comarca conforme a lista divulgada anteriormente. A escolha será publicada no Diário do Judiciário eletrônico desta sexta-feira, 19 de maio, e eles entram em exercício no próximo dia 29 de maio.

sexta-feira, 19 de maio de 2017

URGENTE: Erro no repasse de ICMS


Após esclarecimento formal, a superintendência de Finanças do Governo do Estado de Minas Gerais, comunicou que o repasse do ICMS da última terça-feira, 16 de maio, foi distribuído pelo índice errado. Foi utilizado, no rateio, o índice de maio de 2014, sendo o correto, o de maio de 2017. Este erro ocasionou a distribuição a mais para alguns municípios, enquanto outros tiveram distribuição a menos no depósito.
Ainda segundo a Superintendência, não será possível compensar, em um único rateio, porque as próximas semanas não terão repasses com valores suficientes para serem feitas todas as compensações.

O acerto, por meio de compensação financeira, está demonstrado na planilha anexa, última coluna. Os valores negativos representam o montante recebido pelos municípios a maior, valor que cada município irá devolver a partir de junho. Já os valores positivos demonstram o que os municípios têm a receber. Em resumo, são 577 municípios que juntos receberam R$25.392.112,13 a mais na distribuição do ICMS desta data, enquanto os 276 restantes tiveram prejuízos nos seus repasses.

Acesse aqui a planilha, com os valores por município mineiro.

Para mais informações, ligue 2125-2430


Fonte: Portal AMM

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Vereadores janaubenses beneficiados com reanálise das irregularidades

(Por Girleno Alencar) Os vereadores janaubenses do mandato de 1996 acusados de receber indevidamente R$ 10.849,22 pelo salário e reuniões extraordinárias foram beneficiados pela mudança de parecer da equipe técnica do Tribunal de Contas de Minas e com isso, a denúncia contra eles foi arquivada, pois foi mantida apenas a denúncia do pagamento de publicidade no valor de R$ 710,00 e de R$ 110,22 ao contador do legislativo. Como o valor ficou abaixo dos R$ 3 mil, o TCEMG considerou irrelevante a cobrança do ressarcimento e mandou arquivar a denúncia. O acórdão com a decisão de arquivamento foi publicada no Diário Oficial de segunda-feira, dia 15 de maio. Pelo mesmo levantamento, o então presidente da Câmara Municipal, Antônio Marcelo Miranda, teria recebido irregularmente R$ 17.154,71.

Na análise da prestação de contas, a Unidade Técnica do TCE elaborou o relatório e apontou divergência no saldo bancário; restos a pagar que superaram as disponibilidades financeiras; divergências no Ativo Real e no Passivo Real; que a Dívida Flutuante não foi corretamente demonstrada, bem como verificado déficit no exercício. Em 9 de junho de 1998 foi determinada inspeção na Câmara Municipal, ocasião em que a Unidade Técnica apontou que a Câmara Municipal realizou despesas com publicidade, porém não apresentou o conteúdo da matéria veiculada, no valor de R$710,00; que os subsídios dos vereadores e a verba de representação do Presidente da Câmara não foram fixados na legislatura anterior para a subsequente, da mesma forma que não houve previsão de reuniões extraordinárias fixadas na legislatura anterior para a subsequente.

Ainda que as reuniões extraordinárias estejam em desacordo com as disposições legais, no valor de R$1.814,16; que os subsídios de cada vereador estão em desacordo com as disposições legais, no valor de R$9.035,06 e que os subsídios e a verba de representação do Presidente da Câmara estão em desacordo com as disposições legais, no valor de R$ 6.305,49. Apontou ainda que a Câmara Municipal, em outubro de 1996, concedeu benefício a servidor municipal sem lei autorizativa, no valor de R$ 110,22 e notas de empenho não acompanhadas de comprovantes legais, no valor de R$ 2.464,80. Ainda que não houvesse registro do inventário analítico, ficando o controle dos bens patrimoniais restrito aos registros contábeis; apontou a ocorrência de fichas funcionais incompletas e falta de contribuição da parte patronal devida ao INSS sobre pagamento efetuado a autônomos.

Em novo relatório datado de 13 de outubro de 2015 o Órgão Técnico, após ponderar sobre o princípio da eficiência e os direitos fundamentais à ampla defesa e duração razoável do processo, considerando o tempo de tramitação dos autos, entendeu que o presente processo carece de pressupostos de desenvolvimento válido e regular e ensejou sua extinção. O Ministério Público junto ao Tribunal opinou pelo reconhecimento da preliminar de mérito da prescrição e quanto à pretensão ressarcitória, no sentido de que a apuração do dano ao erário seja realizada em autos apartados, considerando ser este imprescritível.

A conselheira Adriene Andrade, relatora do processo, afirma que determinou à Unidade Técnica a elaboração do “Quadro Demonstrativo de Recebimentos”, relativos às remunerações recebidas pelos agentes políticos, em consonância com a atual sistemática de análise adotada por esta Corte de Contas para cálculo de subsídios e em observância às Súmulas TCEMG. A Unidade Técnica demonstrou que os agentes políticos não receberam valores maiores do que aqueles que lhes eram devidos, não caracterizando, portanto, dano ao erário passível de ressarcimento. Diante dessa situação, ela entendeu inexistirem as irregularidades apontadas nos outros itens, como no caso da publicidade.

Delação premiada fez devassa no grupo união

A operação realizada em Janaúba (Fotos: Divulgação)

(Por Girleno Alencar) Uma delação premiada feita por ex-funcionário do empresário Edson Carlos Ferreira culminou com a devassa no grupo empresarial dono de hotéis, drogarias, postos de combustíveis e até mesmo cerâmica em Janaúba, Jaíba, São João da Ponte e Verdelândia, no Norte de Minas. Já foi identificada fraude de R$ 1 milhão com a sonegação de impostos nas empresas e a análise dos documentos apreendidos podem chegar ao rombo de R$ 4 milhões.

Na semana passada a “Operação União” foi realizada pelo Ministério Público e Secretaria Estadual da Fazenda. Na delação premiada, o funcionário confirmou ser laranja, pois uma das empresas está em seu nome, enquanto seu padrão de vida é inadequado para essa situação. Ele é funcionário de uma drogaria e tinha outra drogaria em seu nome.

O delegado fiscal Gilmar Soares Barbosa explica que foi iniciada a investigação sobre a situação das empresas, que estavam em nome de mais de 10 pessoas, mas tinham a movimentação financeira comandada por Edson Carlos e sua família. A forma encontrada pelo esquema foi de colocar a empresa em nomes de laranjas e com isso, sonegar os impostos. O empresário nunca aparecia.

Porém, durante as investigações o Ministério Público e a Receita Estadual conseguiram a colaboração de um funcionário e foi assim que se descobriu o rombo de R$ 1 milhão, conforme documentos obtidos durante a operação, com base em ordem judicial. Depois de realizada a operação, veio a informação de mais uma empresa em nome de laranja: uma cerâmica, cuja localização é desconhecida. A GAZETA apurou que o grupo tinha analisado montar uma cerâmica em Jaíba.

Os materiais apreendidos (Foto: Divulgação)

Fonte: Gazeta

TCMG mantém reprovação de contas de Ivonei

O ex-prefeito Ivonei Abade (Foto: Divulgação)

(Por Girleno Alencar) O Tribunal de Contas de Minas Gerais rejeitou o recurso movido pelo ex-prefeito Ivonei Abade Brito, que teve suas contas rejeitadas referentes ao ano de 2003, por ter aplicado 13,51% na área de saúde, quando a Constituição Federal exige 15%. O acordão publicado no Diário Oficial do TCE de segunda-feira, dia 15, mostra que o parecer elaborado pelo Conselheiro Substituto Licurgo Mourão foi aprovado pelo plenário e manteve a rejeição das contas. Ivonei insurgiu-se contra a decisão da 2ª Câmara do TCE, mas a procuradora Sara Meinberg se posicionou pela rejeição. As contas tinham sido apreciadas no dia 10 de abril de 2014 e desde o dia 27 de agosto daquele ano foi pedido o reexame, que passados quase três anos, recebe a decisão.

No seu recurso, Ivonei Abade questionou o que poderia ser considerado como gastos em saúde, sendo que, sem fiscalização, muita despesa afeta à área da saúde era maquiagem contábil para demonstrar cumprimento do mínimo constitucional. Acrescentou que coleta e tratamento de lixo trazem benefícios à saúde e quando tal serviço é adequado os gastos finais com a saúde tendem a diminuir, o que também acontece com os gastos com saneamento básico e distribuição de água tratada, e diversos gestores realizam maquiagens para alcançar o percentual de aplicação em ações de saúde, com a inserção de gastos inadequados. Por fim, alegou que não houve dolo ou má-fé na gestão da coisa pública, demonstrando a plena regularidade dos atos administrativos, não ocorrendo nenhuma inobservância a legalidade e legitimidade.

A unidade técnica do TCE no reexame verificou que as alegações de Ivonei Abade foram, em parte, as mesmas, e com textos idênticos, daquelas constantes da defesa dos autos apresentados pela Câmara Municipal de Córrego Dantas, cujas razões foram devidamente examinadas pelo órgão técnico e consideradas não convincentes para sanar a ocorrência. O relator Licurgo Mourão alega que as alegações em nada esclareceram a ocorrência. Quanto ao cômputo dos gastos com saneamento básico, constata-se que o mesmo já foi matéria de reexame da unidade técnica nos autos da prestação de contas, onde foi acrescido ao valor aplicado R$1.725.828,13 as despesas com saneamento básico, no montante de R$ 96.207,41, perfazendo o total aplicado de R$1.822.035,54. Assim, o percentual aplicado foi alterado de 12,79% para 13,51%, o que ensejou a rejeição das contas.

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Estado aponta Ibiracatu com maior índice de dengue

(Foto: Divulgação)

O pequeno município de Ibiracatu, no Norte de Minas, é o campeão em Minas Gerais de pessoas com dengue, conforme Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde, pois apresentou o índice de infestação de 5.172,41 por pessoas, pois teve até a semana passada, 321 pessoas com os sintomas da doença. O curioso é que Ibiracatu tem apenas 6.206 pessoas. O segundo colocado estadual em casos nominais é Turmalina, com 104 casos, enquanto em incidência é Divino das Laranjeiras, com taxa de 787,09. O Estado informa que nas quatro últimas semanas epidemiológicas, de 9 de abril a 6 de maio, cinco municípios se destacam por estarem com alta incidência de casos prováveis de dengue; 19 municípios estão com média incidência e 251 municípios com baixa incidência.

terça-feira, 16 de maio de 2017

AMAMS e ruralistas pedem Medida Provisória para renegociação de dívidas rurais


A Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene – AMAMS e a Associação dos Sindicatos dos Produtores Rurais do Norte de Minas – Aspronorte, solicitaram ao Ministério da Fazenda a expedição de nova Medida Provisória para a renegociação das dívidas rurais, que irão beneficiar os produtores rurais do Norte de Minas e Vales do Jequitinhonha e Mucuri, para financiamentos realizados até o ano de 2016.

O presidente da AMAMS, José Reis, prefeito de Bonito de Minas e o presidente do Sindicato Rural de Januária, Marcos André Campos da Mota, representaram os ruralistas da área mineira da Sudene e se reuniram com Ivandré Montiel da Silva, secretário-adjunto de Política Agrícola e Meio Ambiente do Ministério da Fazenda, para tratar da medida provisória.

O pleito é que essa nova Medida Provisória estenda os benefícios da Lei Nº 13.340, de 28 de Setembro de 2016, antes Medida Provisória 733. Essa media é necessária para que seja autorizado o rebate para liquidação das operações de crédito rural referentes a uma ou mais operações do mesmo mutuário, contratadas até 31 de dezembro de 2016 com o Banco do Nordeste do Brasil, Banco do Brasil ou Banco da Amazônia, com recursos oriundos, respectivamente, do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

Esta medida também deve abranger os financiamentos com recursos mistos dos referidos Fundos com outras fontes e bancos de desenvolvimento como o BNDES, BDMG e Cooperativas de Créditos, relativas a empreendimentos localizados na área de abrangência da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). O presidente da AMAMS, José Reis, salienta que a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), atesta que esta é a pior seca dos últimos 80 anos, com os piores indicadores de chuvas e que busca com essa medida, contribuir para que os produtores rurais tenham condições de passar por esse momento crítico de seca.

A AMAMS salienta ainda que o Plenário do Conselho Deliberativo da Sudene , em sua 20ª Reunião Ordinária, realizada no dia 12 de dezembro de 2016, manifestou junto ao Conselho Monetário Nacional a Moção 5, de apoio pela renegociação das condições de financiamento das operações rurais dos fundos constitucionais, contratadas no período de 2012 a julho de 2016, quando as estiagens alcançaram seu nível mais crítico, como também, a renegociação das dívidas, incluindo as demais fontes de financiamento de crédito rural.

Em Janaúba, bandidos amarram vítimas em banheiro durante churrasco em sítio

Seis pessoas, entre elas três irmãos, foram roubadas na noite desta segunda-feira (15), durante um churrasco em Janaúba. As vítimas contaram que foram amarradas e presas no banheiro durante o roubo.

De acordo com a Polícia Militar, elas estavam reunidas em um sítio no Distrito de Vila Nova dos Poções, quando foram surpreendidas por três homens armados; eles estavam com armas longas e um revólver.

Os bandidos levaram duas motocicletas, além de celulares e objetos pessoais. A Polícia Militar faz rastreamento, mas até o momento ninguém foi preso.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

segunda-feira, 15 de maio de 2017

“Ele teve a intenção”, diz mãe de adolescente que morreu após ser atropelada em Jaíba

Helem Samara Santos de Jesus foi
atropelada em Jaíba (Foto: Reprodução/G1)

A mãe da adolescente Helem Samara Santos de Jesus, que morreu após ser atropelada em Jaíba (MG), em fevereiro, afirmou nessa sexta-feira (12/05/2017) que não acredita que a batida tenha sido decorrência de um acidente comum. Ela diz que as imagens de circuito de segurança indicam que o motorista, Tancredo Ulisses Rodrigues da Silva, tinha a intenção de provocar o choque com a motocicleta; a filha dela estava na garupa.

Helem foi socorrida em estado grave e faleceu dias após. O condutor da motocicleta também ficou ferido, mas sobreviveu. Testemunhas relataram à Polícia Civil que Tancredo apresentava sinais de embriaguez e fugiu sem prestar socorro às vítimas. Ele foi preso nesta quarta-feira (11) em Belo Horizonte, durante o cumprimento de mandado de prisão preventiva.

“Fiquei sabendo da prisão dele. Sei que não vai pagar o que ele fez com minha filha, mas creio que vai servir pra ele poder refletir sobre o que fez. Espero que esta reflexão faça com que ele pense dez vezes antes de dirigir embriagado novamente”, afirma a mãe da vítima.

Ela afirmou ainda que espera poder encontrar com Tancredo, caso ele seja transferido para a Comarca de Manga, da qual Jaíba também está incluída. “Quero poder olhar nos olhos dele e perguntar porque ele fez isso. Aquilo não foi normal, ele teve a intenção”, diz.

Bastante emocionada, Rejane lembra do carinho que a filha sempre demonstrou para ela. “Ela sempre foi uma pessoa que ajudou a todos. Agora, vésperas do Dia das Mães, eu me lembro dela, do carinho. Ela sempre escrevia uma mensagem para mim. Ela era minha única filha e ele a tirou de mim. O que estou passando não desejo que nenhuma mãe passe”, lamenta.

A Polícia Civil afirmou que o Tancredo Ulisses será indiciado pelos crimes de homicídio consumado e tentado.

Preso na Grande BH
A Polícia Civil em Jaíba informou na quinta-feira (11) que Tancredo Ulisses Rodrigues da Silva, de 32 anos, apontado como o motorista que atropelou a adolescente Helem Samara Santos de Jesus, em fevereiro deste ano, foi preso na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo com a PC, no dia do acidente, a adolescente estava na garupa de uma motocicleta que foi atingida por um carro em alta velocidade, na Avenida Coronel Moacir Silva. Com o impacto da batida, segundo a polícia, as vítimas foram arremessadas.

O condutor da motocicleta ficou ferido, mas sobreviveu. A adolescente chegou a ser internada na Santa Casa em Montes Claros, mas não resistiu aos ferimentos e morreu dias depois. O motorista fugiu sem prestar socorro.

A Polícia Civil pediu à Justiça a prisão do motorista do carro e descobriu o local onde ele estava trabalhando, no município de Contagem, região central do estado. Uma equipe da 2ª Delegacia Noroeste de Belo Horizonte cumpriu o mandado de prisão preventiva.

domingo, 14 de maio de 2017

Feliz Dia das Mães


Prefeitura de São João da Ponte

Feliz Dia das Mães


Nossa carinhosa e singela homenagem a mulher mais importante de nossas vidas.
Feliz Dia das Mães!

José Reis
Presidente da AMAMS
Prefeito de Bonito de Minas

Feliz Dia das Mães


Jovem janaubense morre vítima de infarto no Pará

Marcos Oliveira. (Foto: Facebook)

Enquanto a maioria das mães com seus filhos celebram neste domingo o Dia das Mães, uma matriarca gorutubana amarga profunda tristeza sem sequer poder chorar-la com dignidade. 

Na última sexta-feira (12), o jovem janaubense Marcos Antônio Oliveira de apenas 21 anos acabou falecendo vítima de um infarto fulminante na cidade de Belém no estado do Pará. Marcos estava algum tempo lá em busca de oportunidade de trabalho, e morava com alguns tios e familiares, enquanto cerca de 2215 quilômetros e mais de 32 horas de viagem terrestre separavam mãe e filho. 

A barreira da distancia em um país de tamanho continental criou um alto custo para transportar o corpo até Janaúba, e ao mesmo tempo a pouca condição financeira dificultou a ida desta mãe para que desse o último adeus ao seu filho. E ainda para acrescentar mais dor a esse coração, a Prefeitura de Janaúba com seu discurso "não temos recursos" não conseguiu mais uma vez ajudar a está família que se vê penalizada pela incompetência e falta de gestão pública.

Nossa equipe de jornalismo em contato com a irmã de Marcos, obteve a informação que a mãe se encontra extremamente abalada e que os tios providenciaram o enterro do jovem Marcos Antonio na cidade de Belém, e assim que houver uma oportunidade irão visitar o túmulo do irmão.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Ex-prefeito de Patis, Vinícius Versiani é nomeado secretário de serviços urbanos de Monte Claros

Vinícius Versiani
No último dia 10 de maio o prefeito da cidade de Montes Claros, Humberto Souto, nomeou para o cargo de secretário de serviços urbanos o ex-prefeito da cidade de Patis, Vinícius Versiani de Paula. O jovem que estreou como candidato a cargo político no ano de 2012, mostrou grande capacidade ao administrar uma cidade com pouco mais de 5 mil habitantes, em plena crise financeira que afetou o país inteiro, Vinícius conquistou feitos inéditos para a pequena Patis. Uma cidade que era atendida por apenas uma médico, se viu com mais quatro profissionais da medicina atendendo todos os munícipes. Versiani ainda deixou como legado de sua administração em Patis, milhares de metros de asfalto, escolas, unidades de saúde e um modelo de aplicação do concurso público municipal que se tornou referência no estado.

Conhecendo o histórico do prefeito e ex-deputadofederal Humberto Souto, é sabido que não é do feitio deste tradicional político fazer a chamada “média política” ou “apadrinhamento político”. Ou seja, se Vinícius foi nomeado para uma secretaria tão complexa e exigente, Souto sabe que o jovem tem competência e habilidade para desempenhar um papel decisivo nesta importante pasta. E outro fator que se soma a competência é o bom relacionamento de Versiani junto aos Governos Federal e Estadual, que se torna indispensável na hora das conquistas para a cidade de Montes Claros, que assim como todo município brasileiro depende das ações das esferas superiores.




Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Janaúba tem 2 assassinatos em menos de 24 horas

Uma cidade com pouco mais de 70 mil habitantes, mas que tem números de violência de grandes centros urbanos. Janaúba infelizmente vem se destacando negativamente no que se diz respeito a criminalidade, e neste sábado, 13 de maio, o assombroso número de assassinatos salta de 26 para 28 em um único dia. Essa matança não causa mais qualquer reação na sociedade que juntamente com os políticos são coniventes com a criminalidade que domina a cidade, que como sempre é impulsionada pelo tráfico de drogas.

Na noite deste sábado, o primeiro homicídio do dia foi registrado na rua Sérgio Pereira, bairro Santa Cruz, onde por volta das 19 horas um rapaz foi alvejado por disparos de arma de fogo e veio a falecer ainda no local.

O outro assassinato aconteceu na zona rural de Janaúba, desta vez na comunidade de Jacaré Grande. Neste crime também, os algozes usaram armas de fogo para executar sua vítima, que também era um outro homem.

Nestes dois crimes a PM ainda não prendeu nenhum dos possíveis autores, e tão pouco confirmaram a identidade das vítimas.




Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com