Blog com notícias de Janaúba e região!

sábado, 25 de março de 2017

Entidades de Capitão Enéas repudiam lei que amplia horário de festas


(Por Vicente Alberto) A sessão da Câmara de Capitão Enéas, no dia 21, foi marcada pelos protestos de diversas entidades do município. O alvo do repúdio foi o Projeto de Lei do vereador Ednaldo Alves Pequeno, aprovado na sessão do dia 04/02, que aumentou o horário permitido para o encerramento de eventos festivos, de 1h para 4h da madrugada. Estiveram presentes na sessão representantes do Conselho Comunitário de Segurança Pública (CONSEP), Conselho Tutelar, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Associação Comercial e Industrial (ACI), Rotary Club, Loja Maçônica e jovens do Interact Club e Rotaract Club (ligados ao Rotary) e do Capítulo DeMolay (ligados à Maçonaria).

A nova lei torna sem efeito uma anterior, aprovada em 2011, proposta pela então vereadora Alice Costa após debates com autoridades, entidades e sociedade, que estabelecia o horário de 1h para encerramento dos eventos, prorrogando por mais uma hora nos sábados. De acordo com o sargento Sebastião Britto, comandante da Polícia Militar do município, a lei anterior foi uma conquista da sociedade e dos pais de família que desejavam ver seus filhos voltar mais cedo para casa. “Conforme os levantamentos da época, nas madrugadas havia um alto índice de criminalidade: furtos, roubos, arrombamentos, vandalismo, excessivo consumo de álcool, direção perigosa de veiculo, perturbação sonora, consumo de drogas e tráfico, agressões físicas e outras. Com a aprovação da lei esses crimes reduziram significativamente”, explica.

Na sessão do dia 21, após a manifestação de diversos representantes de entidades alguns vereadores argumentaram que a ampliação do horário seria um pedido da juventude e comerciantes. Mas o presidente da ACI, Jorge Rocha, diz ser uma falácia. “Estes eventos não aquecem o comércio local, pois ninguém estará aberto nessa hora, somente os barraqueiros da festa”, diz. As entidades deverão procurar o promotor da Comarca, Daniel Piovanelli, para tentar encontrar uma solução.

Em Janaúba, homem e cavalo são atropelados e morrem na MG-401

Um homem de 46 anos morreu após ser atropelado por um carro na MG-401, em Janaúba (MG), na noite desta sexta-feira (24). Segundo a Polícia Militar, a vítima transitava pela via em um cavalo quando o acidente ocorreu; o homem teria caído do animal e morrido no local.

Segundo declaração do condutor do veículo à PM, o farol alto de um outro veículo, que vinha em sentido contrário, na altura do km 110, fez com que sua visão ficasse ofuscada, não conseguindo ver o homem e o cavalo.

Após o acidente, o cavalo conseguiu se levantar, mas saiu sem rumo e foi novamente atropelado, agora por um caminhão, 1 km após o local do primeiro acidente. O animal também acabou morrendo.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: G1 e PM

sexta-feira, 24 de março de 2017

Produtores rurais participam da 10ª Fevasf em São Francisco

Ciclo de palestra é realizado durante o evento

Começa nesta quinta-feira (23) a 10ª Feira do Agronegócio e da Agricultura Familiar do Vale do São Francisco (Fevasf). O evento será realizado até sábado (25), e haverá palestras, feiras de animais, feira da agricultura familiar, demonstração de máquinas agrícolas, leilões e shows.

Para o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais, Manoel José Vieira, o foco principal da Fevasf é o suporte à agricultura familiar municipal, atráves de negócios que incentivam as inovações tecnológicas.

“A feira é muito importante por gerar uma interação com quem adquire os produtos e quem expõe; promove a troca de informações entre os pequenos, médios e grandes expositores”.

Os visitantes terão acessos também, segundo a organização, a testes de glicemia, aferição de pressão arterial, vacinação contra a febre amarela e tétano, em uma ação desenvolvida pela Secretaria Municipal de Saúde.

O evento é realizado no Parque de Leilões do Sindicato Rural dos Produtores Rurais. Os portões são abertos aos visitantes todos os dias, a partir das 07h.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: G1

quinta-feira, 23 de março de 2017

Governo confirma morte por febre amarela no Norte de Minas

No destaque, a cidade de Vargem Grande do Rio Pardo

(Por Girleno Alencar) O Norte de Minas teve o primeiro caso confirmado de morte por febre amarela, com uma pessoa do município de Vargem Grande do Rio Pardo. O informe sobre a doença, liberada pela Secretaria Estadual de Saúde, confirmou o caso. O nome do paciente é mantido em sigilo.

No mês de janeiro um pedreiro de São Joaquim, na zona rural de Januária, faleceu em Brasília, sendo o primeiro norte mineiro com óbito. No início de março um homem faleceu no Hospital Santo Antônio, de Taiobeiras, ele que estava em Indaiabira, depois de chegar do Paraná. Porém a surpresa é que o Estado o coloca como sendo paciente de Vargem Grande do Rio Pardo.

O informe da Febre Amarela cita que o Norte de Minas tem agora 28 municípios com macacos mortos, sendo que em sete deles se confirmou em Bocaiuva, Capitão Enéas, Chapada Gaúcha, Januária, Joaquim Felício, Juramento e Montes Claros. No município de Pirapora o caso está em investigação. Em 20 municípios a saúde recebeu rumores de mortes de macacos, como em Bonito de Minas, Claro dos Poções, Curral de Dentro, Engenheiro Navarro, Espinosa, Guaraciama, Janaúba, Manga, Monte Azul, Pedra de Maria da Cruz, Riacho dos Machados, Rio Pardo de Minas, Salinas, Santa Fé de Minas, São Francisco, são João da ponte, São João do Pacuí, Taiobeiras, Urucuia e Várzea da Palma.

Na manhã de ontem, o superintendente regional de Saúde, Maquiedem Durães Viriato explicou que estava em Belo Horizonte, mas a Vigilância Epidemiológica tomou todas providencias necessárias para averiguar o caso da morte em Vargem Grande do Rio Pardo, além de intensificar a vacinação naquela parte do Estado. A equipe de vigilância está fazendo todo histórico do paciente, para saber onde ele contraiu a doença e por onde andou.

quarta-feira, 22 de março de 2017

Prato com 70 pedras de crack é apreendido em Rio Pardo de Minas

Segundo a PM, o prato estava em cima de uma cama, no quarto do homem

Um homem de 26 anos foi preso e um adolescente, de 16, foi apreendido por envolvimento com o tráfico de drogas em Rio Pardo de Minas (MG). De acordo com a Polícia Militar, os dois foram encontrados com drogas na residência do homem, que fica no Bairro Jardim Florestal.

Ainda segundo a PM, quando os policiais chegaram ao endereço, abordaram os dois saindo de um quarto da casa. Os policiais iniciaram as buscas e logo localizaram um prato com 70 pedras de crack, que estava em cima da cama. Os militares relataram ainda que próximo ao prato havia diversos materiais usados para embalar drogas.

No quarto também foi apreendida uma bucha de maconha, que estava escondida embaixo do colchão. Os dois envolvidos e os materiais foram levados para a delegacia da cidade.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: G1 e PM

Em Espinosa, homem é preso após pagar compra com dinheiro falso

Ele repassou uma nota falsa de R$ 100

Um rapaz de 23 anos foi preso em Espinosa suspeito de repassar dinheiro falso a uma comerciante nesta terça-feira (21). De acordo com a Polícia Militar, ele fez uma compra de R$ 11 e pagou com uma cédula falsa de R$ 100.

A comerciante disse à polícia que o suspeito chegou ao local usando capacete e comprou uma caixa de bombom e quatro iogurtes. Ao perceber que o dinheiro era falso, a mulher chegou a gritar pelo homem, mas ele fugiu em uma moto.

Através das imagens do circuito de segurança do comércio, os militares conseguiram prender o autor, que estava em um bar consumindo bebidas. Com ele, a polícia apreendeu um capacete e apenas R$ 40.

O homem negou saber que a nota era falsa e disse que entregou a mercadoria para um amigo que não foi localizado. De acordo com a Polícia Civil, a nota passará por perícia e as investigações para saber a origem do dinheiro continuam. O homem foi ouvido e liberado.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: G1 e PM

Em Monte Azul, sete pessoas são presas em operação da PM

Drogas foram apreendidas no Bairro Tremendal

Presos foram levados para a delegacia
Sete pessoas foram presas na manhã desta quarta-feira (22) durante uma operação de combate ao tráfico de drogas em Monte Azul, no extremo Norte de Minas. De acordo com informações da Polícia Militar, foram cumpridos mandados de busca e apreensão no Bairro Tremendal, onde também foram apreendidas drogas e armas.

Militares foram a uma casa que fica na Rua Bela Vista e localizaram 40 pinos de cocaína, uma pistola semiautomática, munições e ainda um radiocomunicador. A PM afirma que um homem que estava na residência assumiu ser o proprietário dos materiais apreendidos e afirmou que teria escondido mais entorpecentes em uma mata, próximo ao Conjunto Bandeirantes. Os policiais foram ao local indicado e encontraram um tambor enterrado com outros 210 pinos de cocaína, um tablete de crack, duas balanças de precisão e munições calibre .12.

A PM disse também que no telhado de uma casa vizinha a casa do autor, foram encontrados um revólver, munições e um rádio comunicador.

Ainda na Rua Bela Vista, os policiais cumpriram outro mandado em uma residência que é conhecida como ponto de tráfico de drogas. Em um dos quartos da casa, foram encontradas 13 buchas de maconha, celulares, notebook e dinheiro. Em outro cômodo foram apreendidos celulares e uma máquina de montar cigarros.

Ainda durante a operação, em outra casa no mesmo bairro, foram apreendidos um tablete e quatro porções de maconha, pinos de cocaína e pedras de crack. Uma motocicleta que estava no quintal da residência foi apreendida por estar com parte do número do chassi raspado e com placa de outra motocicleta.

Todos os envolvidos, com idades entre 18 e 40 anos, foram presos em flagrante e levados para a delegacia da cidade, junto aos materiais apreendidos. A motocicleta foi levada para um pátio credenciado na cidade.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: G1 e PM

terça-feira, 21 de março de 2017

Homem é preso após tentar denunciar agressão em Coração de Jesus

(G1) Um homem de 41 anos foi preso na tarde desta terça-feira (21) após procurar a polícia para denunciar uma agressão em Coração de Jesus, no Norte de Minas. Ele chegou ao quartel da Polícia Militar alegando que estava em um bar quando começou a ser agredido por outro homem.

Porém, ao iniciarem a confecção do boletim de ocorrência, os militares descobriram que havia um mandado de prisão contra a vítima, expedido pela Justiça pelo envolvimento em um furto.

Aos militares, o homem afirmou que o furto ocorreu na cidade de Urucuia, em um alojamento de uma empresa onde trabalhava. Ele afirmou que junto a alguns colegas de trabalho furtaram roupas e objetos pessoais de outros trabalhadores do local. Ainda nesta tarde, ele foi levado para o presídio da cidade.

segunda-feira, 20 de março de 2017

Dois homens são assassinados a tiros em Janaúba e São Francisco

Um rapaz de 19 anos morreu em Janaúba, neste domingo (19), depois de ser atingido por tiros na cabeça e costas. Ele estava com um grupo de amigos no Distrito de Quem Quem, quando foi surpreendido por dois homens em um carro. Um deles desceu do veículo e atirou.

A perícia esteve no local e constatou seis perfurações no corpo da vítima. A motivação do crime é desconhecida e ninguém foi preso até o momento.

Nenhuma das pessoas que estava com a vítima foi localizada. A Polícia Civil irá investigar o caso.

São Francisco
Em São Francisco, um homem de 47 anos foi preso suspeito de matar outro homem, de 34. Ele disse à PM que a vítima foi até a casa dele, armado com uma faca, e o ameaçou de morte. O crime foi no Bairro Cidade Nova.

De acordo com a Polícia Militar, o suspeito, ao ser ameaçado, se armou com uma espingarda e atirou contra o homem que chegou a ser socorrido até um hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Ele foi levado para a delegacia, juntamente com a arma utilizada no crime.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: G1 e PM

domingo, 19 de março de 2017

Janaúba: Seminário orienta empreendedores sobre linha de crédito e gestão financeira


A Prefeitura de Janaúba, por meio da Casa do Empreendedor, que é ligada à Secretaria de Planejamento, juntamente com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Banco do Nordeste, realizará no dia 21 de março, terça-feira, um seminário sobre o programa Crediamigo destinado a empreendedores, sacoleiras formais e informais, pedreiros, entre outros. Durante o seminário, serão abordados assuntos importantes para o dia-a-dia desses empresários. O evento terá início às 9:00h e acontecerá na Sala de Reunião da Casa do Empreendedor.

Uma das convidadas do seminário é a funcionária do Banco do Nordeste e especialista em Crediamigo, Amanda Marques, que trará todas as informações e orientações sobre essa linha de crédito e a importância da gestão financeira na vida dos empresários. Um dos objetivos é orientar os empresários sobre o Crediamigo no atual momento econômico.

O seminário será importante para que o empresário tenha a oportunidade de saber informações importantes para a gestão financeira do seu negócio e conhecer as obrigações e responsabilidades de cada categoria, para evitar a cobrança de multas e outros transtornos

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no SEBRAE e ou na Casa do Empreendedor. As vagas são limitadas. Para mais informações 3821-3000 e ou 98414-7714.


Prefeitura de Janaúba

Janaúba pede socorro para salvar hospitais

No destaque, o prefeito Carlos Isaildon Mendes com o
superintendente Maquiedem Durães Viriato e gestores do SUS

(Por Girleno Alencar) O prefeito Carlos Isaildon Mendes, de Janaúba, pediu socorro do Estado para aliviar a situação financeira dos hospitais Regional e da Fundajan, que estão com prejuízo acumulado de R$ 16 milhões. Ele se reuniu com o superintendente regional de saúde, Maquiedem Durães Viriato, na segunda-feira a tarde em Montes Claros, quando citou que os médicos estão há quatro meses sem receber e a situação está se tornando insustentável. Ficou definido que na próxima semana uma equipe da Superintendência Regional de Saúde estará em Janaúba para fazer o Diagnóstico da Saúde Pública da cidade, visando identificar os gargalos e apontar as soluções. Desde o mês de janeiro que o Hospital da Fundajan pediu o socorro do Estado.

Na reunião o prefeito Carlos Isaildon explicou que o Estado já tinha feito o diagnóstico da Atenção Básica da Saúde em Janaúba e agora, precisar de um estudo mais amplo. Os dois hospitais ofertam 150 leitos do Sistema Único de Saúde para atender toda microrregião da Serra Geral, mas com o prejuízo acumulado de R$ 8 milhões em cada hospital, a situação está ficando insustentável. Citou que Janaúba recebeu uma verba de R$ 650 mil em duplicidade e pediu autorização para com isso, suspender o financiamento que tem na Caixa Econômica Federal, onde gasta R$ 1 milhão por ano, pois quer refinanciar essa divida junto ao Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social, que tem taxas de juros e correção mais atrativas.

O superintendente Maquiedem Durães Viriato pediu aos gerentes Alfredo Prates Neto e Mafalda Dantas Ferreira para realizar com suas equipes esse diagnostico e a partir daí, definir como poderá ser ajudado o município. Ele citou como exemplo que o Hospital Regional de Janaúba tem um tomógrafo que atende apenas pacientes internados, quando poderia prestar esse exame para todos pacientes do SUS no Alto Rio Pardo, aliviando financeiramente o Hospital Regional. Maquiedem Durães sugeriu que fosse criado o Consórcio de Saúde do Alto Rio Pardo, onde através de parceria com os 17 municípios poderiam ser contratados serviços especializados, como de neurologistas.

Ainda na reunião, o prefeito solicitou que fosse viabilizada uma verba para montar o prontuário eletrônico em toda rede do SUS de Janaúba, para assim reduzir os custos com o atendimento aos pacientes. Ele lembrou que uma empresa cobrou R$ 300 mil para implantar essa tecnologia, mas já encontrou outra proposta de R$ 200 mil e depende apenas do repasse dos recursos para viabilizar esse projeto. (Foto: Girleno Alencar)

Janaúba: Tribunal de Contas extingue denuncia contra Associação do bairro Dente Grande

(Por Girleno Alencar) O Tribunal de Contas de Minas Gerais extinguiu o processo sem resolução de mérito e sem inscrição de débito no cadastro do Tribunal contra a Associação de Moradores do Bairro Dente Grande, de Janaúba, que tinha recebido recursos em 2008 para a compra de cestas básicas, mas deixou de prestar contas legalmente. O acórdão com a extinção do processo foi publicado no Diário Oficial do dia 6 de março, apesar da decisão ter ocorrido em setembro de 2015, conforme o relatório elaborado pelo conselheiro Mauri Torres. A alegação é que o valor do convênio é inferior a R$ 15 mil, inferior ao estabelecido na Decisão Normativa TC n. 01/14.

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social, mediante Resolução nº 043/2008, de 18 de junho de 2008, abriu processo para apurar irregularidades na prestação de contas do convênio n. 1164/96, celebrado entre a extinta Secretaria de Estado de Trabalho, da Assistência Social, da Criança e do Adolescente – SETASCAD e a Associação de Moradores do Bairro Dente Grande, do município de Janaúba, objetivando o repasse de recursos para aquisição de cestas básicas, no valor de R$2.500,00. A Unidade Técnica do TCMG propôs o arquivamento, considerando que o valor atualizado do dano apurado é inferior ao limite legal estabelecido pela Decisão Normativa TCEMG n. 01/2014, que fixou em R$15.000,00 o valor de alçada para a apreciação das Tomadas de Contas Especiais.

O Ministério Público opinou pelo arquivamento dos autos, sem cancelamento do débito, tendo em vista que o dano apurado foi inferior ao valor de alçada fixado por este Tribunal. O convenio foi assinado para apoiar a associação dos moradores por meio de repasse de recursos para aquisição de cestas básicas, visando a melhoria das condições de vida das pessoas carentes. A Comissão Permanente de Tomada de Contas Especial concluiu pela irregularidade das contas, tendo em vista a não prestação de contas e a inexistência de comprovação da execução do objeto do convênio e pediu a devolução dos recursos repassados. A Auditoria Setorial, em seu relatório após o exame dos documentos de origem, concluiu pela irregularidade das contas.

O conselheiro Mauri Torres salienta que compulsando os presentes autos, verificou-se que foram adotadas medidas administrativas para apuração dos fatos quanto à regularização da prestação de contas e que o valor atualizado até agosto de 2015 estava em R$8.193,30, inferior ao fixado na Decisão Normativa TCEMG n. 01/2014, qual seja, R$15.000,00. Além disso, não houve citação do responsável e por isso, o processo deve ser arquivado.

Em Santa Cruz de Salinas, homem é preso com porção de maconha dentro da boca

Droga estava escondida dentro da boca do suspeito

Dois homens foram presos durante uma operação da Polícia Militar contra o tráfico de drogas em Santa Cruz de Salinas, na noite desse sábado (18). De acordo com a PM, os suspeitos estavam em uma motocicleta quando foram abordados, e apresentaram nervosismo durante a ação dos militares.

Durante a ocorrência, o motociclista, de 45 anos, escondeu um porção de maconha dentro da boca, o equivalente a sete buchas da droga, de acordo com a PM. O suspeito havia saído da cadeia de Salinas há dois meses, onde cumpria pena por tráfico de drogas.

Ainda durante a ação, a polícia verificou que o garupa, de 30 anos, possuía uma determinação judicial de que ele deveria permanecer em prisão domiciliar por tempo integral.

Os dois foram encaminhados à delegacia de Salinas, e a motocicleta foi encaminhada ao pátio do Detran da cidade.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: G1 e PM