Blog com notícias de Janaúba e região!

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Mulher com medida protetiva é morta pelo ex-companheiro em Botumirim

Uma mulher de 31 anos foi assassinada na noite desta sexta-feira (10) em Botumirim, no Norte de Minas, com um golpe de faca na região do tórax. Segundo a Polícia Militar, o ex-companheiro, que até a manhã deste sábado seguia foragido, é o principal suspeito do crime. A vítima tinha uma medida protetiva contra o homem, mas teria voltado a morar com o companheiro mesmo assim.

O crime ocorreu na residência onde vítima e autor moravam, na Rua Juquinha Pereira, Bairro Cidade Nova. A mãe da mulher assassinada, que mora próximo ao local, ouviu gritos vindos da casa da vítima e foi ver o que acontecia. No local, já encontrou a filha caída ao chão, sem vida.

A Polícia Militar foi acionada junto a um perito, que constatou uma perfuração na região do tórax da mulher, além de cortes em seus braços, dando a entender, num primeiro momento, que a vítima tentou se defender. Ainda segundo a PM, o casal tem dois filhos, de dois e oito anos, que estavam na casa no momento do crime.

Após o crime a PM fez rastreamento, indo, inclusive, até a casa da mãe do autor, que revelou que o filho brigava constantemente com a vítima e que por isso ela teria pedido a medida protetiva. Mas, nos últimos dias, a mulher voltou a morar com o companheiro, em busca de reatar o relacionamento, quando passou a sofrer novas ameaças, possivelmente por ciúmes.

O autor segue foragido e a PM faz rastreamentos na região na manhã deste sábado (11).


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: G1

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Em Jaíba, autor de homicídio alega que vítima mexeu com sua namorada

Dois rapazes foram presos nesta sexta-feira (10) por envolvimento em um homicídio em Jaíba, no Norte de Minas. O crime, de acordo com a Polícia Civil, foi no dia quatro de janeiro deste ano. A vítima estava pescando às margens do Rio Verde quando foi atacada com golpes de faca. Os suspeitos fugiram logo após o crime.

Nesta sexta, policiais civis realizaram uma operação no Bairro Copasa e cumpriram os mandados de prisão contra os envolvidos. Eles foram levados para a delegacia e confessaram a autoria do crime.

Na delegacia um deles alegou ainda que a vítima teria mexido com a namorada e por isso resolveu matá-la. Os dois foram levados para o presídio da cidade de Manga.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: G1 e PM

Comandante deixa Janaúba e assume centro de apoio da PM

(Por José Ambrósio Prates) O tenente-coronel Marcelo Alves Coelho deixou o comando do 51º Batalhão da Polícia Militar de Janaúba para assumir a chefia administrativa da 11ª Região da Polícia Militar, sediada em Montes Claros. A sua posse ocorreu ontem, durante a solenidade onde o coronel Klevson Pires Martins assumiu o comando da 11ª Região Militar, ele que foi o primeiro comandante do 51º Batalhão de Janaúba, criado sob sua organização. O tenente-coronel Marcelo Alves Coelho coordenou as ações da PM na região da Serra Geral de Minas por quase 12 meses, já que no dia 19 deste mês completaria um ano da sua posse em Janaúba em substituição ao então major João Aparecido Nascimento. O curioso é que Nascimento assume como comandante definitivo da unidade policial da região de Janaúba.

A grande expectativa é que as mudanças na Polícia Militar ajudem a Serra Geral de Minas, que tem uma defasagem de 100 policiais para cobrir os 17 municípios da sua jurisdição. Além disso, um estudo técnico mostra que a 11ª Região será dividida, com a criação da Região Militar em Janaúba, a ser comandada por um coronel e com jurisdição sobre 40 municípios, incluindo os Batalhões de Januária, Janaúba e Taiobeiras. Essa situação deverá ser tomada pelo coronel Klevson Pires, que é aguardado em Janaúba para uma reunião com a sociedade de Janaúba, visando discutir a onda de criminalidade na microrregião.

Oriundo de Belo Horizonte, o tenente-coronel Marcelo Coelho tomou posse no Centro de Apoio Administrativo da 11ª RPM, em substituição ao tenente-coronel Alex Augusto Chinelato que, por sua vez, será o novo comandante do 10º Batalhão. O Tenente Coronel Ederson da Cruz, que respondia pelo comando do 10º Batalhão da PM de Montes Claros, foi promovido para a chefia do Estado-Maior da 11ª RPM.

Jaíba: Tribunal de contas investiga contratação de construtora

(Por Girleno Alencar) O Tribunal de Contas de Minas Gerais abriu investigação para apurar a contratação da Construtora e Locadora Jaíba pela Prefeitura Municipal de Jaíba, em 2013, sem licitação e com o argumento do decreto de calamidade pública. O procurador Glaydson Santo Soprani Massaria, do Ministério Público de Contas, publicou no Diário Oficial de ontem a portaria 3, de 6 de fevereiro, que instaurou o inquérito civil n. 003.2017.396. Ele alega que a medida foi adotada depois que recebeu a notícia de irregularidade encaminhada pelos Promotores de Justiça que integram a Coordenadoria Regional de Defesa do Patrimônio Público e Ordem Tributária do Norte de Minas, para apuração de possíveis irregularidades nas contratações da empresa Construtora e Locadora Jaíba, com dispensa de licitação, amparada em suposto “Estado de Emergência Administrativa e Financeira”.

Ele solicitou que o atual prefeito Reginaldo Antônio da Silva, encaminhe todo processo de contratação da empresa, além dos nomes dos responsáveis em 2013 pelo ato e quem ficou de acompanhar as obras. Por sinal, ele quer todo relatório da medição das obras, pagamentos e ainda esclarecer se a Prefeitura executou algum serviço ou ajudou nas obras que ficaram sob responsabilidade da empresa. Também pediu os documentos e informações que comprovem a “situação anormal, caracterizada em Estado de Emergência Administrativa e Financeira” decretada em 2013, que justificou a dispensa de licitação para as contratações da empresa Construtora e Locadora Jaíba.

PAI PEDRO –
O Tribunal de Justiça de Minas Gerais condenou o ex-prefeito Nicanor Soares Pereira, de Pai Pedro, acusado de ter nomeado parentes para cargos de confiança por critérios pessoais. Após apreciar recurso de apelação interposto pelo ex-prefeito do município de Pai Pedro, no Norte do estado, contra decisão de primeiro grau, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) confirmou a sentença que reconheceu a prática de ato de improbidade administrativa pelo ex-gestor. O mesmo prefeito foi condenado a mais de 14 anos de cadeia acusado de ser mandante do assassinato de um policial militar.

Ministério público pede Estado para ajudar hospital de Jaíba

(Por José Ambrósio Prates) Uma comitiva da Superintendência Regional de Saúde estará hoje e amanhã em Jaíba, analisando a situação do Hospital Municipal e buscando uma forma de viabilizá-lo para atender aos pacientes. O promotor Paulo Márcio Dias, coordenador regional do Patrimônio Público, pediu ao Estado que busque uma solução para o hospital cumprir a sua função de atender aos pacientes do SUS. Por isso, o superintendente regional de Saúde, Maquiedem Durães Viriato, estará reunido com a comunidade jaibense para discutir uma alternativa. No ano de 2015 o Hospital de Jaíba foi envolvido em grande escândalo de corrupção, que culminou com a prisão de diversas pessoas, entre eles os diretores do hospital e ainda secretários municipais e o prefeito. O caso alcançou projeção nacional, com divulgação no Fantástico.

A interferência do Ministério Publico é por causa da posição estratégica do Hospital Municipal de Jaíba, que atende a pacientes do município e inclusive do projeto Jaíba, o maior de irrigação da América Latina. Além disso, se o hospital continuar em crise, a sua demanda recairá sobre os hospitais Regional e Fundajan, de Janaúba, que já estão estrangulados. Por isso, o superintendente Maquiedem Durães identificará os problemas e os encaminhará ao secretário estadual de Saúde, Sávio Souza Cruz, que terá de fazer aporte de recursos para cobrir o custeio. Na quinta-feira, Maquiedem Durães se reunirá com as autoridades de saúde de Janaúba, visando discutir a situação do Hospital da Fundajan. Ele recebeu convite do provedor Luciano Sartori, para buscar uma solução ao hospital.

Pai da ministra Cármen Lúcia morre em Espinosa e prefeitura decreta luto

Posto de gasolina do empresário foi fechado nesta
quinta, e bandeiras pretas foram colocadas no local
(Foto: Wagner Oliva/Arquivo Pessoal)

(G1) A Prefeitura Municipal de Espinosa, no Norte de Minas, decretou luto oficial de três dias, após a morte do pai da Ministra do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia. Florival Rocha tinha 98 anos, era empresário na cidade e morreu na madrugada desta quinta-feira (09).

De acordo com o secretário de comunicação do município, Wagner Oliva, o corpo deve ser velado e enterrado na capital mineira. O decreto de luto oficial foi publicado na manhã desta quinta.

O Supremo Tribunal Federal confirmou a morte do pai da ministra Cármen Lúcia. O STF informou também que a ministra já está em Minas Gerais, e que o velório e enterro serão restritos à família.

O G1 procurou a família para saber a causa da morte, mas mas ninguém foi encontrado. Amigos da família informaram que o corpo seguirá de carro para Belo Horizonte.

Em Nova Porteirinha, após ser atingido por tiros, homem de 38 anos morre

Um homem de 38 anos, identificado como Paulo Sérgio Caíres, foi assassinado a tiros na manhã desta quinta-feira (9) em Nova Porteirinha, no Norte de Minas. O crime foi na Avenida Castelo Branco, no Centro da cidade.

Segundo a Polícia Militar, a vítima possui diversas passagens pela polícia, mas a motivação do crime ainda é desconhecida. Nenhuma testemunha se prontificou a fornecer informações sobre o homicídio.

Um perito da Polícia Civil esteve no local e o corpo foi encaminhado ao IML de Janaúba. A PM informou ainda que identificou um suspeito, mas até o início da tarde desta quinta ele ainda não havia sido localizado.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: G1 e PM

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Ex-comandante de Janaúba assume PM do Norte de Minas

Novo comandante da 11ª Região da Polícia Militar
(Foto: Andréa Lisboa/Arquivo Pessoa)

A Polícia Militar da Décima Primeira Região, no Norte de Minas, tem um novo Comandante; o ex-comandante do 51º BPM de Janaúba, coronel Klevson Pires Martins assume a direção dos 77 municípios e 200 distritos da segunda maior região do Estado, com a responsabilidade de promover segurança à cidades como Montes Claros, Janaúba, Januária, Taiobeiras e São Francisco. A Região tem extensão territorial de 101.032 Km² e população aproximada de 1.496.979 habitantes.

A passagem de Comando e Transmissão de Cargos aconteceu no início da noite de terça-feira (7), no pátio do Décimo Batalhão, em solenidade militar aberta ao público. O Comandante-Geral da Polícia Militar de Minas Gerais, Herbert Figueiró de Lourdes, acompanhou a posse do cargo do novo comandante da região e a transmissão do Comando do Décimo Batalhão de Polícia Militar e do Centro de Apoio Administrativo da Região (CAA).

Depois de quatro anos como comandante da região, o coronel César Ricardo de Oliveira passa para o quadro de reserva da Polícia Militar. O coronel destaca que priorizou a capacitação profissional dos militares.

"Foi o período de maior gestão de Comando da Região, o qual possibilitou a realização dos nossos principais projetos. Focamos, primordialmente, na capacitação dos policiais e na melhoria das condições de trabalho como forma de gerar resultados e permitir melhorias nos serviços prestados à comunidade. Eu continuo em Montes Claros, com projetos de participação comunitária e, pessoalmente, vou trabalhar com advocacia", conclui.

Quem substitui o coronel César, é o coronel Klevson Pires de Martins, então-chefe do Estado-Maior da Região. Em entrevista à Inter TV, o novo comandante disse que irá atuar operacionalmente. Dos 27 anos de carreira militar, 25 foram no Norte de Minas.

"Vou priorizar os militares na rua, não serei comandante de gabinete. Já visitei, absolutamente, os 77 municípios e os 200 distritos. Tenho um bom convívio com a tropa e com a população do Norte de Minas. Assumo o compromisso de assistir aos municípios, priorizando o combate aos crimes contra a pessoa - homicídios consumados e tentados - e crimes contra o patrimônio - de roubo e furto. É minha responsabilidade, juntamente com a tropa, a sociedade civil organizada e outros órgãos da Defesa Social, proporcionar paz social melhorada para a população. Quero prestar contas, ao final da minha carreira, demonstrando qualidade e resultado bem mais satisfatório para a sociedade do Norte de Minas", destaca o Coronel que é natural de Belo Horizonte.

Passagem de Comando do Décimo Batalhão e Centro de Apoio Administrativo

Quem assume o Comando do Decimo Batalhão é o tenente-coronel Alex Augusto Chinelato, então-chefe do Centro de Apoio Administrativo. O coronel Chinelato chegou à Montes Claros no ano passado. Antes, o militar servia no Batalhão de Radiopatrulhamento Aéreo em Belo Horizonte.

"Conto com o apoio da comunidade, de todos os setores organizados da sociedade e dos poderes constituídos na parceria e apoio ao 10º BPM na busca da redução da criminalidade violenta. Desejamos e buscamos, incessantemente, sermos reconhecidos como referência na produção de segurança pública, contribuindo para a construção de um ambiente seguro em Minas Gerais", ressalta o comandante.

O tenente-coronel Marcelo Alves Coelho, que comandava o 51º Batalhão em Janaúba, é quem assume o CAA-11.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: G1 e PM

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Justiça confirma condenação de empresas por descumprirem leis de localização de antenas em Montes Claros

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) negou provimento aos recursos de apelação interpostos por três empesas de telecomunicações contra a decisão de primeiro grau que as condenou ao pagamento de indenização pelo dano moral coletivo causado, no valor de R$60 mil cada, em decorrência da inadequação de suas antenas no município de Montes Claros, no norte do estado.

Conforme demonstrou o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) em Ação Civil Pública (ACP), as recorrentes estavam descumprindo as disposições da Lei municipal nº. 3.215/2004 no que se refere à localização das antenas de telefonia celular, estações de rádio base (ERB’s) e aparelhos afins.

Ficou comprovado que elas, apesar de disporem de 150 dias para a adequação dos equipamentos já instalados às exigências da lei, não tomaram nenhuma providência para ajustá-los às distâncias mínimas de escolas, centros de saúde e residências determinadas pela legislação municipal, causando danos à coletividade.

Constitucionalidade
No acórdão, a 5ª Câmara Civil do TJMG rebateu a tese apresentada pelas recorrentes de inconstitucionalidade da Lei municipal 3.642/2006, editada também para disciplinar os requisitos a serem observados para instalação e funcionamento das ERB’s. Segundo as empresas, a lei seria inconstitucional por usurpar a competência legislativa privativa outorgada à União pela Constituição Federal.

Contudo, no entendimento do TJMG, “ao vedar a instalação dos equipamentos de telefonia celular em determinados logradouros e estabelecer critérios para sua localização, as Leis municipais 3.215/2004 e 3.642/2006 trataram de matéria de nítido interesse local, relacionada com a promoção do adequado ordenamento territorial, mediante planejamento e controle do uso, do parcelamento e da ocupação do solo urbano – competência do Município”.

Ainda conforme a Câmara, em questões relacionadas à saúde da população e ao meio ambiente, o município possui competência legislativa comum e concorrente com a dos demais entes federativos. “Tanto a Lei Federal quanto a Lei Municipal têm como objetivo salvaguardar a saúde da população de possíveis efeitos nocivos da radiação, bem como proteger o meio ambiente”.

O acórdão ressalta, também, que o intencional e destemido descumprimento das leis municipais pelas apelantes configura conduta capaz de ensejar o abalo moral coletivo e o consequente dever de reparação.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: Aconteceu no Vale

Justiça confirma condenação de ex-prefeito de Pai Pedro, no Norte de Minas

Após apreciar recurso de apelação interposto pelo ex-prefeito do município de Pai Pedro, no Norte do estado, contra decisão de primeiro grau, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) confirmou a sentença que reconheceu a prática de ato de improbidade administrativa pelo ex-gestor.

O ex-prefeito Nicanor Soares Pereira foi acusado pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), em Ação Civil por Ato de Improbidade Administrativa, de contratar sua irmã e duas filhas, além do irmão do vice-prefeito, para ocuparem cargos de secretários municipais, desrespeitando a Súmula Vinculante nº 13 do Supremo Tribunal Federal (STF).

Conforme o acórdão proferido pela 4ª Câmara Civil do TJMG, as nomeações feitas pelo ex-prefeito, por si só, não configuram improbidade administrativa, segundo entendimento do STF. Para que se verifique a violação aos princípios da impessoalidade e moralidade administrativas, é necessária a demonstração da finalidade pessoal em oposição ao interesse público.

De acordo com a decisão, a análise das provas apresentadas pelo MPMG comprovou que três das nomeações questionadas – das filhas do ex-prefeito e do irmão do vice-prefeito – decorreram de fatores pessoais, já que não houve comprovação de que se deram em razão da qualificação técnica.

A 4ª Câmara Civil do TJMG entendeu, ainda, que a tese apresentada pelo apelante de inaplicabilidade da lei de improbidade aos casos de contratação de parentes para o exercício de cargo político não está em consonância com a ordem constitucional, pois “nenhum dos Poderes constituídos encontra-se imune aos deveres da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência”.

A sentença de primeiro grau foi mantida, com as seguintes penas: suspensão dos direitos políticos do ex-gestor por três anos; pagamento de multa de dez vezes o valor da remuneração dele à época dos fatos, devidamente atualizada; e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: Aconteceu no Vale

Suspeitos de vários assaltos são presos com revólver em Jaíba

Arma foi encontrada com os dois homens

Dois jovens são foram presos na madrugada desta terça-feira (7) com uma arma de fogo em Jaíba, no Norte de Minas. A Polícia Militar recebeu informações que os dois andavam em uma motocicleta sem placa, próximo a um posto de combustíveis da cidade.

Militares iniciaram buscas pelo município e conseguiram localizar os dois envolvidos, com idades de 18 e 20 anos. Com eles foi encontrado um revólver com munições e, ainda, a motocicleta, que havia sido roubada na segunda-feira (6) pelos mesmos autores, segundo a PM.

A polícia afirma que os dois jovens são suspeitos de envolvimentos em vários assaltos a estabelecimentos comerciais da cidade. Eles foram presos e levados para a delegacia, junto aos materiais apreendidos.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: PM e G1

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Em Janaúba, toque de recolher assusta população

Na noite desta terça-feira (07), a comunidade gorutubana testemunha um momento de muita tensão. E o motivo para tanta apreensão seria uma mensagem que circulou nas redes sociais, principalmente pelo WhatsApp, onde um homem que não se identifica afirma que por volta das 22 horas todas as facções criminosas de Janaúba se unirão e irão entrar em confronto com a PM em resposta a ação dos militares na noite desta segunda-feira (06), onde um suspeito acabou morrendo em confronto com a polícia.

Não bastasse essa mensagem, o número de PMs pelas ruas de Janaúba nesta noite chamou a atenção da população. Em vários pontos da cidade é possível ver a presença dos militares, dando a impressão que aguardam por alguma coisa. E para completar e intensificar o pânico, surgiu um boato que o toque de recolher teria partido do Primeiro Comando da Capital (PCC), pois eles iriam agir na cidade com intuito de libertar o seu comparsa que foi ferido em uma ação da Polícia Civil em Mato Verde, e que no momento esta internado no Hospital Regional sob escolta policial.


Uma série de eventos tem levado a insegurança da comunidade janaubense. Tendo como estopim a morte do agente penitenciário em frente ao presídio em Janaúba, e na sequencia mais dois homicídios em menos de 12 horas.

Porém, até o momento não houve nenhum comunicado ou parecer oficial das autoridades responsáveis pela segurança pública.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Três homicídios foram registrados em Janaúba, em menos de 12 horas

Três homicídios foram registrados em Janaúba, no Norte de Minas, em menos de 12 horas. Uma das vítimas é um agente penitenciário, de 42 anos, que foi morto quando seguia para o serviço na noite dessa segunda-feira (06). Ninguém foi preso até o momento e, segundo a Polícia Militar, ainda não se pode fazer associação entre os crimes.

Ainda de acordo com a PM, o agente estava a pé e foi atingido por um tiro na região de trás da cabeça. Pessoas que passavam pelo local contaram aos militares que ouviram barulhos de tiros e perceberam que dois homens fugiram em uma motocicleta alta.

A polícia informou que depois de atirarem contra o agente os criminosos efetuaram um tiro na guarita do Presídio e ninguém foi ferido. Durante levantamento de dados, dois homens foram apontados como suspeitos do crime, porém ainda não foram encontrados. A PM informou que eles saíram do presídio há menos de um mês. A motivação do crime será investigada.


Homicídio no Bairro São Lucas
Um jovem de 22 anos morreu depois de atirar contra policiais militares que faziam rastreamento na Rua São Mateus, em função do homicídio contra o agente penitenciário.

De acordo com a polícia, três militares viram o rapaz perto da casa dele e, ao ser dada voz de prisão, o homem colocou a mão na cintura, não obedecendo aos policias. Ainda de acordo com a polícia, ele correu para o quintal da casa e atirou contra os militares, que revidaram os tiros.

A vítima chegou a ser socorrida com vida por outra equipe de militares, mas morreu no hospital. A arma que ele utilizava foi apreendida. Os militares envolvidos na ocorrência foram encaminhados ao Batalhão de Janaúba para esclarecimentos e providências de polícia judiciária militar. As armas que eles utilizavam também foram apreendidas.

Homicídio no Beco Chafariz
Um homem de 27 anos também foi morto a tiros, em frente a casa dele, na madrugada desta terça-feira (7), na Vila Nova Esperança. Para a Polícia Militar, a companheira da vítima, de 17 anos, contou que quatro homens, encapuzados e armados, arrombaram o portão e invadiram a casa.

De acordo com a polícia, a vítima foi atingida ao sair do imóvel com, pelo menos, doze tiros. Depois do crime, os homens fugiram em um carro escuro. Até o momento, a motivação é desconhecida e ninguém foi preso.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: G1

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Empresa convoca em Janaúba trabalhadores para conclusão da Escola Brasil Profissionalizado

Escola Brasil Profissionalizado.

(Por Ivo Júnior) Após a assinatura da ordem de serviço da retomada das obras de 06 unidades da Escola Brasil Profissionalizado, anunciada no dia 27 de Dezembro do ano passado, parece que finalmente as obras sairão do papel.

A empresa Alcance Engenharia e Construção começara a realizar nesta terça-feira, 07 de fevereiro, uma série de entrevistas com profissionais da construção civil de Janaúba e região, para a retomada da tão esperada obra.

Os profissionais solicitados para a construção da unidade de Janaúba são: pedreiros, serventes, armadores, carpinteiros, almoxarifes entre outros.


Iniciado em 2010 e orçado em R$ 96 milhões, o Programa Brasil Profissionalizado é financiado com recursos do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE), com a contrapartida do governo estadual. Os municípios são responsáveis pela doação e terraplenagem do terreno para a obra e estruturação da rede de esgoto, energia elétrica e acesso. A gestão da obra fica sobre a responsabilidade da Universidade estadual de Montes Claros – UNIMONTES.

As entrevistas serão realizadas no local da obra, na Avenida Reinaldo Viana esquina com Rua Codevasf, estrada de acesso ao Campus Unimontes em Janaúba, em frente ao laboratório distrital da Copasa.

O horário marcado para as entrevistas é a partir das 08:00h. Os responsáveis pela 
entrevista pede que os interessados compareçam munidos da carteira de trabalho, assim como documentos pessoais necessários para admissão. Para maiores informações ligar nos telefones: (33) 9 8858 2341 ou (38) 9 9167 7633.

Norte de Minas registra 34 tremores de terra no ano de 2016, diz pesquisa

Gráfico mostra a movimentação da falha

Abril foi o mês que mais se registrou abalos sísmicos no Norte de Minas no ano de 2016. Em todo o ano foram registrados 34 abalos na região, segundo dados do boletim de edição especial da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), divulgado neste mês de fevereiro.

Nenhum dos abalos registrados no ano passado chegou a atingir 2,5 de magnitude na escala Escala Richter. O responsável pelo Núcleo de Estudos Sismológicos (NES) da Unimontes, professor Expedito José Ferreira, disse que o Norte de Minas possui histórico de tendências a tremores de terra, por isso, a importância de se registrar e estudar estas ocorrências.

“Os dados monitorados em Montes Claros são importantes para a sismologia de todo o mundo. É muito importante que nós possamos reconhecer as ocorrências, e assim, passar a conhecer os caminhos da sismologia na região”, explica.

Desde o ano de 2013 o NES possui duas estações instaladas no município. Os registros feitos pelas estações apontam que a falha responsável pelos abalos na região é bem maior que o tamanho até então divulgados, de dois a três quilômetros.

“A falha está nas proximidades da Vila Atlântida, região noroeste de Montes Claros. O que se percebeu nos dados colhidos até agora é que os tremores estão saindo do centro urbano e migrando para a zona rural. O que precisamos é dotar de pesquisas para reconhecer a verdadeira dimensão desta falha”, diz o professor.

O maior tremor de terra registrado na região, de 4,2 graus de magnitude, foi em maio de 2012, em Montes Claros. Mesmo com o possível aumento na falha geológica, o professor explica que, caso haja novos abalos, os tremores não cheguem à mesma magnitude do registrado naquele ano. “Nós temos dois sismógrafos monitorando a região. Nós precisamos de pelo menos mais dois aparelhos. Assim podemos aumentar o número de dados para os estudos dos abalos sísmicos no Norte de Minas”.

A publicação com os dados do Núcleo de Estudos Sismológicos será mensal. A próxima edição está o prevista para esta terça-feira (7).


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: G1

Dois homens são mortos durante briga em Janaúba e Grão Mogol

Paredes do bar ficaram com marcas de tiros

Um homem de 53 anos foi morto depois de se envolver em uma briga, neste domingo (5), no Povoado Nova Colônia, em Janaúba. Segundo testemunhas, a vítima e o autor faziam uso de bebida alcoólica quando começaram a discutir; não se sabe o motivo da briga.

De acordo com a Polícia Militar, durante a discussão, o autor saiu do local e foi até um sítio ao lado, mas a vítima foi atrás dele. Ainda segundo a PM, o homem entrou na casa, pegou uma espingarda e atirou contra a vítima, que foi atingida no abdômen. Testemunhas conseguiram desarmar o autor e a arma foi apreendida; ele foi identificado e está sendo procurado. A vítima chegou a ser socorrida ao hospital, mas não resistiu.

Em Grão Mogol, um homem de 37 anos também foi assassinado durante uma briga. Segundo a PM, ele e o autor estavam bebendo em um bar, quando começaram a discutir.

Testemunhas contaram para os militares que o autor atirou contra a vítima por várias vezes e depois fugiu em um carro sentido Vale das Cancelas.

Paredes e colunas do comércio ficaram com as marcas dos tiros. A polícia faz rastreamento, mas até a manhã desta segunda-feira (6), o autor não havia sido preso.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: G1 e PM

Agente é morto em Janaúba quando saia do trabalho

No início da noite desta segunda-feira (06), Janaúba registrou mais uma tragédia. Essa de modo particular assustou moradores do bairro Veredas, que testemunharam uma agente penitenciário ser assassinado em frente ao presídio de Janaúba, que hoje abriga mais do dobro da capacidade de presos que é recomendada. A identidade do agente ainda não foi confirmada, o que se sabe é que ele é de Montes Claros.

Segundo informações de testemunhas, quando o agente estava em frente ao seu local de trabalho (
presídio), por volta das 19 horas, dois homens em uma moto se aproximaram, sendo que o garupa estava armado, e atirou diversas vezes contra a vítima, acertando na cabeça. O agente chegou a ser socorrido até o Hospital Regional, mas não resistiu e acabou morrendo. A PM esteve no local e procura pelos suspeitos.

Com mais esse homicídio, Janaúba chega ao 6º assassinato somente este ano de 2017.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

domingo, 5 de fevereiro de 2017

Penitenciária de Francisco Sá amplia doação de hortifrutigranjeiros

Famílias receberam um kit com produtos diversificados
(Foto: Vicente Alberto)

(Por Vicente Alberto) A Direção da Penitenciária de Francisco Sá vem desenvolvendo projetos educativos e de trabalho interno para presos previamente selecionados, que almejam a ressocialização. Escola de Ensino Fundamental, artesanato, trabalho na Lavanderia, Padaria e Limpeza são algumas das atividades disponíveis. E há cerca de um ano, teve início um projeto de Horticultura e Fruticultura, De acordo com o diretor-geral da unidade, Cláudio Nascimento Alves da Silva, inicialmente a produção era vendida para funcionários da Penitenciária, mas posteriormente foi iniciada a doação para duas entidades, a Casa do Menor Brejeiro e o Asilo São Vicente de Paulo. E na sexta-feira (03/02) o projeto foi ampliado para 20 famílias, previamente selecionadas por equipes da Igreja Católica e Evangélicas. “Creio que em breve estaremos atendendo cinqüenta famílias”, prevê o diretor.

Na manhã de sexta-feira (03) teve início também uma parceria com a 211ª Companhia da Polícia Militar, que cedeu viatura para transporte dos produtos e o local de entrega. Porém, de acordo com o tenente William Fernandes Araújo, subcomandante da Companhia, a parceria será mais ampla. “Os homens da Patrulha Rural possuem um relacionamento estreito com as famílias do campo e aproveitaremos para solicitar doações de produtos excedentes. Também é nossa intenção um trabalho similar no comércio e assim diversificar os kits ofertados”, explica.

De acordo com o diretor Cláudio, no momento estão sendo produzidos alface, beterraba, cenoura, cebolinha, quiabo e mamão. “É tudo orgânico, sem adubo químico nem agrotóxico”, diz. As entregas serão feitas semanalmente, às sextas-feiras.

Prefeitura de Capitão Enéas paga dois salários em janeiro


Prefeito antecipa pagamento de janeiro
em cerca de dez dias (Foto: Divulgação)
(Por Vicente Alberto) Fato inédito na região, o prefeito de Capitão Enéas, Petrônio Mineiro, autorizou o pagamento de dois salários aos servidores do Município, o mês de janeiro. No dia 10, foi quitada a folha referente a dezembro do ano passado, que ficou em aberto. E na terça-feira, dia 31, foi depositado o salário do mês de janeiro, antecipando em cerca de 10 dias a data em que as prefeituras habitualmente quitam a folha.

Em valores brutos, considerando INSS, repasse ao Instituto de Previdência dos Servidores (Prevcap) e a folha de dezembro, foram pagos cerca de 600 mil Reais. Segundo informações da Prefeitura, a Administração anterior ainda não repassou os valores relativos a empréstimos consignados descontados de servidores municipais, num total aproximado de 38 mil Reais, o que impossibilitou que os funcionários fizessem outros empréstimos junto ao Banco do Brasil.

Além da antecipação do pagamento, Petrônio determinou a correção dos salários de servidores em todos os níveis. Mesmo com os reajustes, a folha de janeiro ficou cerca de 20% menor que a média salarial do ano passado, totalizando 974 mil Reais, contra cerca de R$1.150.000,00 da gestão passada. De acordo com o prefeito, em vários setores ocorreu redução de gastos sem perda de qualidade no atendimento. Ele cita, como exemplo, o setor administrativo, onde despesas com manutenção de softwares caíram de R$15.000,00, aproximadamente para R$4.500, em virtude da adoção de softwares livres. Atualmente o banco de dados contábil, financeiro e tributário da Prefeitura encontra-se com a assessoria anterior para fins de prestação de contas junto ao Tribunal de Contas do Estado. Apenas depois desse fechamento é que a atual Administração terá acesso às informações. Segundo Petrônio, apenas um banco de dados com fechamento ate o mês de novembro foi deixado.

Janaúba pede socorro para impedir fechamento dos hospitais

Os secretários municipais do Norte de Minas
(Fotos: Girleno Alencar)

(Por Girleno Alencar) A Prefeitura de Janaúba aproveitou a realização da reunião da Comissão de Intergestores Bipartite de Saúde, em Montes Claros, para pedir a imediata liberação de R$ 574.692,75 para salvar o Hospital da Fundajan, que é referência em obstetrícia e ainda tem o único UTI Neonatal na microrregião da Serra Geral de Minas. A secretária municipal de saúde, Cecília Moreira Freitas, alertou que os médicos estão sem receber os seus salários pelos serviços prestados e por isso, decidiram suspender o atendimento, caso não haja uma solução. A secretária afirma que se não for encontrada uma solução, toda microrregião ficará desassistida. No Hospital Regional de Janaúba, que é porta de entrada do SUS, a situação é idêntica e precisa ser encontrada uma solução.

No caso especifico do Hospital da Fundajan, a secretária afirma que o Estado deixou de fazer os repasses de recursos e com isso, tem culminado com dificuldades em manter os serviços, colocando em risco a vida da população. Cecilia Moreira Freitas salienta que por causa da calamidade financeira, o Fundajan não consegue formar a escala de plantonistas, por incapacidade de pagar aos médicos. Isso se agravou por agora não consegue pagar também aos outros funcionários e até mesmo na compra dos insumos. Ela lembra que o hospital é referencia em maternidade para gestantes de alto risco em 15 municípios da Serra Geral e ainda o único com 10 leitos de UTI Neonatal.

A solução imediata é liberar os R$ 574.692,75 de vários repasses que deixaram de ser realizados, sendo R$ 224.840,00 da Rede Cegonha; R$ 189.952,00 da terceira parcela do Pro-Hosp; R$ 166 mil da Casa da Gestante de Alto Risco. A secretária Cecilia Moreira de Freitas afirma que o Hospital Regional, porta de entrada de Urgência e Emergência, está em colapso financeiro e precisa de um estudo que aponte a sua viabilidade, sob risco de paralisar todo atendimento. O novo superintendente regional de Saúde, Maquiedem Durães Viriato anunciou que pedirá um estudo e visitará os dois hospitais de Janaúba para discutir uma solução.

Norte de Minas tem macaco confirmado com febre amarela

A cidade de Chapada Gaúcha (Foto: Divulgação)

(Por Girleno Alencar) Os exames laboratoriais confirmaram que um macaco morto em Chapada Gaúcha, no Norte de Minas, estava com febre amarela, sendo o primeiro caso oficial desse ano na região. O Boletim Oficial liberado pela Secretaria Estadual de Saúde mostra ainda que surgiram rumores de casos suspeito em São João da Ponte e Várzea da Palma. Com isso, o Norte de Minas passa a contar com quatro casos de animais mortos com suspeitas de febre amarela, sendo em Montes Claros, Januária, São João da Ponte e Várzea da Palma e um caso confirmado em Chapada Gaúcha. Ainda ontem de sexta-feira (03), como os secretários municipais de Saúde estavam reunidos na Comissão Interbipartite Regional, a referência em epidemiologia da Superintendência Regional de Saúde deu o alerta para ultimar a vacinação em toda região.

O Estado divulgou que foram encaminhados 261 mil doses de vacinas para o Norte de Minas, sendo 135 mil para a Superintendência de Saúde de Montes Claros, 110 mil para a Gerência de Saúde de Januária e 16 mil para a Gerência de Saúde de Pirapora. Foram vacinadas 75.992 pessoas, sendo 42.908 na área de Montes Claros, 25.851 na região de Januária e 7.233 na região de Pirapora. O único caso de morte foi de um homem do distrito de São Joaquim, na zona rural de Januária, que morreu quando deu entrada em hospital de Brasília.

Nesse sábado será realizado mutirão em 27 comunidades rurais de Montes Claros para vacinar 3.700 pessoas, fechando assim o cerco em toda zona rural de Montes Claros. No mês de abril do ano passado um macaco com sintomas de Febre Amarela foi encontrado morto na comunidade de Barreiras, na área de São Pedro das Garças. Por isso, a vacinação está sendo priorizada na zona rural.