Blog com notícias de Janaúba e região!

sábado, 9 de janeiro de 2016

Greve dos peritos do INSS deixa população em situação crítica

(G1) Desde que a paralisação dos peritos do INSS em Montes Claros começou, em setembro de 2015, a vida de centenas de pessoas está em situação crítica. Segundo uma associação que presta assistência apoio social a jurídico a quem depende do INSS, cerca de seis mil perícias deixaram de ser feitas.
Itagiba Celestino de Jesus é pedreiro, tem 50 anos, e contribuiu por 20 à Previdência. Sem trabalhar por causa de um problema no ombro, não sabe o que fazer.
"Eu nunca esperava, porque ninguém nunca espera, passar pelo que eu tô passando. A situação que tá lá em casa só indo pra ver. O projeto é que está me ajudando, Graças a Deus", diz o pedreiro.
A maioria das pessoas que está aguardando uma perícia do INSS conta com a ajuda de um projeto em Montes Claros, que distribui alimentos às famílias necessitadas. Porém, isso também é motivo de preocupação, segundo Delcineia Santos, coordenadora do projeto. O pouco alimento que ainda resta será distribuído para 50 famílias assistidas pela instituição.
"Essas pessoas estão aguardando uma perícia no INSS e estão passando por situações críticas, por necessidades, outros já não têm mais nem o que comer em casa, e, infelizmente, o projeto já não tem como amparar essas pessoas, porque a demanda está crescendo devido a greve. Infelizmente a gente se sente de mãos atadas vendo as necessidades das pessoas e podendo fazer muito pouco", disse Delcineia.
Uma decisão da Justiça Federal, divulgada em 23 de dezembro, determinou o retorno imediato dos médicos, e ficou estipulada uma multa de R$ 10 mil, caso a medida seja descumprida, e ainda o atendimento prioritário dos contribuintes com perícias antigas.
O INSS informou que as perícias das 16 agências da região estão realizadas por 60% dos médicos do quadro regional, e está seguindo a determinação judicial.

Quatro pessoas ficam feridas em acidente próximo a Salinas

Colisão entre carro e ônibus (Foto: Elci Nunes/Arquivo Pessoal)
(G1) Um acidente entre um carro de passeio e uma carreta deixou quatro pessoas feridas na tarde deste sábado (9) na BR-251, próximo a Salinas, no Norte de Minas. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, entre os quatro ocupantes do carro estava uma criança de 07 anos, que ficou presa às ferragens e foi socorrida de helicóptero. Os outros feridos foram encaminhados ao hospital da cidade.
O trânsito foi interrompido durante o socorro às vítimas e liberado logo em seguida.

Copasa prevê construção de duas represas no Norte do estado para enfrentar seca

Barragem de Juramento, que é o principal reservatório de Montes Claros,
teve vazão reduzida: cidade passa a ter rodízio diário
(foto: Luiz Ribeiro/DA Press, 03.11.2015 )
(Por Cristiane Silva e Mateus Parreiras) A ameaça do racionamento de água foi afastada na Grande BH no fim do ano passado com o início das operações da captação de água no Rio Paraopeba. No entanto, oito cidades e um distrito de Minas Gerais entraram em 2016 ainda com rodízio no abastecimento, algumas até sem previsão para acabar. A seca no interior, sobretudo no Norte de Minas, é o objetivo número um da Copasa neste ano, segundo a diretora-presidente da empresa, Sinara Meireles, declarou ontem em entrevista ao Estado de Minas. “Temos um grupo que está avaliando a situação. Há municípios que a fonte de captação simplesmente secou completamente e, sem outra opção, tivemos de usar caminhões-pipa. Nosso grande desafio neste ano será encontrar soluções duradouras e não paliativas”, disse.
Entre as ações pretendidas, está a perfuração de poços e purificação de água salobra e a construção de duas grandes represas, como a Barragem de Juramento, em Montes Claros, e a Barragem de Mato Verde, no município de mesmo nome, ambas no Norte do estado.
Capitão Enéas, Ipaba, Medina, Montes Claros, Ouro Verde de Minas, Poté, Rubim, Taiobeiras e Alto Maranhão, distrito de Congonhas, integram a lista da Copasa de cidades com problemas no abastecimento. A maioria adotou o rodízio no último trimestre do ano passado.
Somente nesta semana, Montes Claros, maior cidade do Norte de Minas, teve que reduzir a vazão do principal reservatório, a Barragem de Juramento, de 600 para 400 litros por segundo e adotar um racionamento mais rigoroso. De acordo com o superintendente Operacional Norte da Copasa, Roberto Botelho, o rodízio, que ocorria a cada dois dias, agora é diário, atingindo toda a cidade por oito ou 10 horas.
Para tentar solucionar o problema, a cidade está trabalhando com uma captação transitória, além de poços tubulares profundos. As instalações começam a funcionar na quinta-feira. “A captação está pronta para operar hoje. A gente tem coletado água abaixo da Barragem de Juramento, pegando aquilo que os cursos d’água fornecem, e montamos uma captação sazonal”, explica Botelho. “Ela funciona só no período chuvoso. Temos uma outorga para usá-la de outubro a março, e depende muito da captação. Havendo chuva, bombeamos e preservamos a barragem”.
Os poços tubulares profundos serão 18, dois ligados hoje. “Os poços estão sendo interligados à rede de distribuição, já com tratamento convencional, para suprir a queda na capacidade de produção”, diz Botelho, ressaltando que a chegada das chuvas será fundamental para melhorar a situação, e pedindo que a população continue a economizar água.
CAMINHÕES-PIPA Taiobeiras, também no Norte do estado, sofre com o desabastecimento. “O fato aqui não é nem racionamento. A água acabou já tem praticamente dois meses. A cidade está sendo abastecida por caminhão-pipa, que joga direto na central da Copasa e cai na rede”, explica o prefeito Danilo Mendes Rodrigues. Segundo ele, a expectativa é de que a chuva que atingiu a Região do Rio Pardo na última terça-feira ajude a captação. “A gente espera mais chuva para ver se normaliza. A que caiu foi suficiente para levar água à captação, mas ela ainda não tem o volume todo. A cidade tem 33 mil habitantes e maioria mora na área urbana. O consumo é alto”.
Caratinga, na Região do Rio Doce, teve o rodízio suspenso temporariamente em 5 de janeiro. “A vazão do Córrego do Lage, manancial utilizado pela companhia para o fornecimento público de água, está satisfatória e o fornecimento de água ocorre normalmente em toda a cidade”, esclareceu a Copasa, por meio de nota. “No entanto, o rodízio poderá ser retomado caso haja um prolongado período de seca em janeiro”, informou a empresa.
FORNECIMENTO INTERROMPIDO
Bairros da Região de Venda Nova, em Belo Horizonte, e Vespasiano, na região metropolitana, terão o fornecimento de água interrompido amanhã, segundo a Copasa. O motivo da paralisação são obras de interligação de redes no Bairro Jardim dos Comerciários. Os bairros Jardim Europa, Jardim dos Comerciários e Serra Verde, em BH, serão afetados. Em Vespasiano, a interrupção atingirá os bairros Nova Iorque e Nova Pampulha. De acordo com a companhia, a normalização do abastecimento ocorrerá de forma gradativa ainda na noite deste domingo.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Vice-prefeito presta depoimento na PC e é liberado

(G1) A Polícia Civil informou nesta sexta-feira (8) que o vice-prefeito de Josenópolis Daniel Patrick Queiroz (PDT) se apresentou em uma delegacia em Montes Claros, no Norte de Minas. Segundo a PC, o vice-prefeito prestou depoimento na tarde desta quinta-feira (7). Ele era procurado deste a terça-feira (5) por suspeita de tentativa de homicídio contra um rapaz, de 25 anos, por motivos passionais, segundo a Polícia Militar. Atingido por dois tiros, o jovem foi socorrido e encaminhado ao hospital de Salinas, onde permanece internado.
Após ser ouvido pela delegada, Mônica de Oliveira Paiva Brant, Daniel Patrick foi liberado, porque o período do flagrante já havia expirado.
Segundo a delegada, o vice-prefeito confessou o crime e alegou que sua esposa já namorou o rapaz, mas estava sendo perseguida por ele. Daniel disse ter procurado o jovem para conversar e acabou atirando.
Ele disse ainda ter conseguido a arma com um caminhoneiro desconhecido, mas não a entregou à polícia. Um inquérito foi aberto para investigar o caso.

Minas Gerais teve em 2015 média de um afogamento por dia

Em 2016, já foram registrados pelo menos sete mortes por afogamento
 (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
(Por João Henrique do Vale) O período de férias escolares aumenta a atenção do Corpo de Bombeiros em relação aos afogamentos. Somente em 2015, 378 pessoas perderam a vida em Minas Gerais em rios, lagoas, piscinas, entre outros. Uma média de um caso por dia. Os últimos 12 meses tiveram pequena alta no número de casos em relação a 2014, quando foram registradas 385 mortes. Somente nos primeiros oito dias deste ano já foram contabilizadas ao menos sete mortes.
A preocupação do Corpo de Bombeiros é por causa do recesso escolar. A corporação afirma que em janeiro, que tradicionalmente tem altas temperaturas, o número de ocorrências aumentam. Por causa disso, alerta os banhistas para procurarem locais conhecidos e nunca nadar desacompanhado. Devem ser respeitados os avisos de perigo, é recomendado não entrar na água depois do consumo de bebidas alcoólicas, crianças devem sempre estarem acompanhadas e não se deve tentar salvar as vítimas de afogamento sem estar devidamente habilitado.
Em 2016, pelo menos sete mortes por afogamento já foram registradas. A primeira foi no dia 2. Os militares encontraram o corpo de Samuel Gomes dos Santos, de 17 anos, que havia desaparecido na lagoa no Bairro Duquesa II, em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Dois dias depois, dois irmãos morreram no Rio das Velhas, em Santa Rita do Cedro, na Região Central de Minas Gerais.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, os irmãos Darlan Dias da Silva, de 22 anos, e Daniel Dias da Silva, de 17, passeavam pela região. Darlan entrou no rio, pisando na areia. Repentinamente, atingiu a parte funda e começou a se afogar. Daniel pulou na água na tentativa de salvar o irmão.Os dois acabaram se afogando.
Na terça-feira, um garoto de 10 anos e uma menina de 13 desapareceram no Rio Maranhão, em Congonhas, na Região Central de Minas Gerais. Os militares continuam as buscas para tentar encontrar as vítimas. Testemunhas contaram para o Corpo de Bombeiros que Wellkeson Jorge Souza, de 10 anos, nadava no rio quando começou a se afogar. A garota, Raniérie Soares de Oliveira tentou salvá-lo e também acabou sendo levada pela correnteza.
Na quarta-feira, um homem de 50 anos morreu afogado na Lagoa das Codornas, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O corpo foi encontrado pelos militares que utilizaram técnicas de mergulho. As causas do afogamento não foram informados pelos Bombeiros. No mesmo dia, militares de Montes Claros, no Norte de Minas, foram acionados para socorrer uma criança de 11 anos que se afogou no Rio Jequitaí, em Santos Dumont.

Verdelândia nas mãos dos criminosos: Em menos de cinco meses loja é assaltada duas vezes

O título da nossa matéria pode até parecer sensacionalista, mas quando explicarmos a real situação que o município de Verdelândia tem vivido é certo que irão concordar com nossa reportagem. Na manhã desta sexta-feira (08), por volta das 11 da manhã, nosso jornalismo recebeu informações de um empresário do ramo de celulares que fez um verdadeiro ‘desabafo’ com nossa equipe, afirmando que teria que fechar sua loja em Verdelândia por conta da criminalidade que tomou conta da cidade. Ainda nervoso com o ocorrido, o proprietário da loja que representa a operadora Vivo no município e inclusive na região da Serra Geral de Minas Gerais, contou ao nosso jornalismo que em menos de cinco meses a sua loja foi assaltada duas vezes, e que neste último assalto os marginais ainda aterrorizaram as funcionarias afirmando que “iriam roubar todos os comércios do município, já que até a Polícia Militar teria medos deles”. Ainda sobre o mesmo relato deste empreendedor do ramo telefônico, foi confirmado para nossa equipe que o assalto a sua loja ocorreu nesta sexta-feira por volta das 8 horas da manhã e dessa vez o prejuízo foi de mais de R$2.000,00 reais em dinheiro, 20 aparelhos celulares, pertences dos funcionários, e sem falar no trauma que não há como recuperar. Desaminado, o homem que se diz refém do crime em Verdelândia confirmou que terá que fechar a loja, dispensar quatro funcionários, e tentar seguir em frente sem olhar para traz, e com uma sensação de que só quem tem direito nesse país são bandidos e marginais amigos do alheio; e homens que contribuem para o crescimento da nação brasileira só têm deveres e impostos a honrar.

Resposta da Polícia Militar
Uma cidade com pouco mais de 8 mil habitantes, com índices de criminalidade comparáveis a grandes capitais; está tem sido Verdelândia, que no ano de 2015 chegou a registrar 11 homicídios. Em contato com assessoria de comunicação do Quinquagésimo Primeiro Batalhão de Policia Militar de Janaúba, que afirmou que o grande problema do município de Verdelândia é número reduzido de efetivos para atender a demanda, e por conta disso a presença da PM só é possível depois da 14 horas. Mas ainda segundo a PM, o comando da Polícia está refazendo a estratégia de Verdelândia para disponibilizar mais PMs, já que a presença Militar é de acordo com as estatísticas, e veredicto final é do alto comando da PM.




Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Governo distribui 730 toneladas de sementes de milho, feijão e sorgo para produtores

FOTO: Laura Murta
Distribuição feita pelo Idene beneficia cerca de 80 mil agricultores afetados pela seca nas regiões Norte de Nordeste do estado
O Governo de Minas Gerais já distribuiu 60% das 730 toneladas de sementes de sorgo, milho e feijão aos produtores rurais dos 258 municípios do Norte e Nordeste do estado, incluindo as cidades que decretaram situação de emergência por causa da estiagem. O investimento para a compra das sementes foi de R$ 4milhões e a entrega será concluída até o final de janeiro, beneficiando cerca de 80 mil agricultores.
A distribuição de sementes começou na primeira quinzena de dezembro e faz parte do Plano de Urgência para Enfrentamento da Seca, coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Sedinor) e executado pela sua autarquia, o Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene).
“Temos uma situação de emergência por causa da seca e estiagem. A medida foi tomada para compensar os produtores que perderam a plantação do meio do ano passado para cá”, afirma o diretor-geral do Idene, Ricardo Augusto Campos. Segundo ele, a iniciativa é o começo de uma série de ações previstas para 2016 para o fomento da produção e fortalecimento da agricultura familiar.

Distribuição
A entrega das sementes é feita pelos escritórios regionais do Idene, localizados nas cidades de Araçuaí, Diamantina, Montes Claros, Janaúba, Januária, Jequitinhonha, Salinas, Espinosa, Teófilo Otoni, Águas Formosas e Governador Valadares. A quantidade de sementes é repassada conforme a demanda das prefeituras, sindicatos e associações de produtores.
As sementes de milho, feijão e sorgo são direcionadas à produção de alimentos para o consumo humano e animal. No caso do sorgo, as sementes são, prioritariamente, para os mais de 4 mil agricultores familiares inseridos no programa “Um Leite pela Vida”, para que eles melhorem a alimentação do rebanho.
Cada produtor recebe, em média, dez quilos de milho e dez quilos de feijão, suficientes para plantar aproximadamente dois hectares. Quanto ao sorgo, são cerca de cinco quilos por produtor. “Com o plantio correto e a ajuda das chuvas para uma boa colheita, será possível garantir alimento para essas famílias durante boa parte do ano. Esse é o objetivo da medida”, afirma o secretário da Sedinor, Paulo Guedes.
Produtores confiantes
“Já plantei e o milho está nascendo que é uma beleza”, diz João Raimundo Carvalho, entusiasmado com a chegada da chuva na região e o fato de a semente ter chegado na hora certa. Ele é um dos produtores rurais de Glaucilândia, no Norte de Minas, que receberam sementes. Lá foram distribuídos 1,2 mil quilos de feijão e milho para 120 agricultores.
Também na região Norte, outros dez agricultores da comunidade São Geraldo, zona rural de Francisco Sá, receberam 100 quilos de sementes de sorgo, feijão e milho para dividir entre eles. João Carlos Rodrigues foi beneficiado com 10 quilos de semente de sorgo.
O pequeno pecuarista conta que perdeu o pasto por causa da seca e está comprando ração para sustentar o rebanho. “Sem essa ajuda não dá para criar o gado. Agora vou plantar e com a ajuda de Deus virá a chuva para brotar a semente”, afirma confiante João Carlos Rodrigues.
As sementes também já chegaram à comunidade Varginha da Onça, na zona rural de Montes Claros, e vão ser distribuídas nos próximos dias a 27 agricultores. São 200 quilos de milho e feijão que serão divididos entre os produtores que perderam a lavoura por causa da seca.
“Eu acho importante esse benefício porque a semente está muito cara e a vida na zona rural está difícil”, afirma a vice-presidente da associação dos agricultores da comunidade Varginha da Onça, Elezita de Souza Amorim.
Aos 73 anos, Maria Fernandes dos Santos, moradora e produtora da comunidade de Brejinho, zona rural de Montes Claros, projeta um futuro melhor para sua família. "Eu já trabalhei muito duro na roça, debaixo do sol. Tenho dez filhos, 30 netos e 15 bisnetos e quero viver ainda para ver os tataranetos. Essas sementes ajudam demais porque a gente não pode tirar da comida pra comprar a semente para plantar, temos só 3 hectares e isso é tudo pra nossa família", diz.
Serviço
Para ter acesso ao benefício, a prefeitura, o sindicato ou a associação de produtores devem entregar a documentação exigida em um dos 11 escritórios regionais do Idene constando, entre outras informações, as famílias e comunidades atendidas. A lista dos documentos pode ser acessada no site www.sedinor.mg.gov.br, no link Downloads.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: Governo de Minas Gerais

Homem é esfaqueado dentro de bar em São Francisco

(G1) Um homem de 35 anos foi esfaqueado na madrugada desta sexta-feira (08), no Bairro Sobradinho, em São Francisco (MG). Ele estava em um bar quando se desentendeu com o suspeito, de 22 anos, e foi atingido com vários golpes de faca.
A vítima foi socorrida e encaminhada a um hospital de Montes Claros (MG). O autor fugiu e ainda não foi localizado.

Cinco pessoas ficam feridas em acidente na BR-135, em Bocaiuva

Veículo saiu da pista.
(G1) Cinco pessoas ficaram feridas em um acidente na manhã desta sexta-feira (08), na BR-135, próximo a Bocaiuva (MG). Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o condutor de uma caminhonete perdeu o controle da direção, saiu da pista e bateu em um barranco.
Todos os ocupantes do veículo tiveram ferimentos e foram encaminhados ao hospital. Ainda de acordo com a polícia, chovia no momento do acidente.

Menino de 11 anos morre afogado em rio da cidade de Francisco Drumont

Um menino de 11 anos morreu após se afogar em um rio de Francisco Drumont, no Norte de Minas, nessa quarta-feira (6). Ele estava com a família quando o acidente aconteceu.
Segundo o Corpo de Bombeiros de Montes Claros, na mesma região, o garoto foi resgatado a 3,5 de profundidade no rio Jequitaí. O corpo da vítima, que não teve o nome divulgado, deve ser sepultado nesta quinta-feira (7).
Ainda conforme a corporação, em 2015, 81 casos de afogamentos foram registrados na região Norte. No entanto, o número de mortes não foi divulgado. A maioria das vítimas era do sexo masculino e com idade entre 13 e 31 anos.
O Corpo de Bombeiros alerta que muitos casos de afogamento acontecem no mês de janeiro, no período de férias escolares e de altas temperaturas no Norte do Estado.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: O Tempo

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Mesmo diante de reclamações Prefeitura de Janaúba continua com a ASOLAR

 
(Por Ivo Júnior) A Associação Mineira dos Municípios da Área Mineira da Sudene – AMAMS, retirou da Asolar Energy, o controle da manutenção na iluminação pública nas cidades do Norte de Minas. O Consorcio Intermunicipal Multifinalitário formado por municípios que são filiados a AMAMS, concluiu nessa quarta feira, 06 de janeiro o novo processo licitatório para escolha das empresas que serão responsáveis pela manutenção da iluminação pública a partir de fevereiro.
Três novas empresas são as ganhadoras no novo processo. SELT Engenharia Ltda, de Belo Horizonte, CSC Construtora, da cidade de Passos, sudoeste de Minas e a Construtora Remo Ltda, também de Belo Horizonte.
A ganhadora do lote 01, a Construtora Remo, sediada em Belo Horizonte ficará responsável pela manutenção de 24 cidades da região norte mineira. A construtora apresentou uma proposta de R$ 7,49 por ponto de iluminação pública. As cidades que serão atendidas pela Remo são: Monte Azul e Salinas como as cidades sedes e ainda Águas Vermelhas, Berizal, Curral de Dentro, Fruta de Leite, Gameleiras, Indaiabira, Josenópolis, Mamonas, Matias Cardoso, Montezuma, Ninheira, Novorizonte, Padre Carvalho, Porteirinha, Riacho dos Machados, Rio Pardo de Minas, Rubelita, Santa Cruz de Salinas, Santo Antônio do Retiro, São João do Paraíso, Taiobeiras e Vargem Grande do Rio Pardo.
A SELT Engenharia que apresentou o menor preço entre as três escolhidas foi à ganhadora do lote 02 e do lote 04 e ficará responsável pela manutenção da iluminação de 33 municípios. O valor da tarifa apresentado pela SELT foi de R$ 4,89. As cidades que serão atendidas pela vencedora dos dois lotes são: Januária e São Francisco que são sede do lote 02, Brasilia de Minas, Campo Azul, Cônego Marinho, Ibiracatu, Itacarambi, Japonvar, Juvenília, Lontra, Luislândia, Manga, Mirabela, Montalvânia, Patis, Pedras de Maria da Cruz, São João da Ponte, São João das Missões, São Romão, Ubai e Varzelândia. O lote 04 tem Pirapora como sede, Buritizeiro, Coração de Jesus, Ibiaí, Jequitaí, Lagoa dos Patos, Lassance, Ponto Chique, São João da Lagoa, São João do Pacuí e Várzea da Palma.
O lote 03 ficou a cargo da CSC Construtora, sediada na cidade de Passos na região Sudoeste de Minas. A CSC apresentou proposta de R$ 7,09, por ponto de iluminação e atenderá 13 municípios que serão sediados por Bocaiuva. São eles: Bocaiúva, Botumirim, Capitão Enéas, Cristália, Engenheiro Navarro, Francisco Dumont, Francisco Sá, Glaucilândia, Grão Mogol, Guaraciama, Itacambira, Itamarandiba, e Olhos D’água.
Um coisa que soa estranha nesse novo processo licitatório e que deverá gerar bastante problemas é o fato de uma empresa ganhar com uma proposta de R$ 7,49 enquanto outra apresentou uma proposta de R$ 4,89 por ponto de iluminação atendido. Com certeza ainda vai gerar muita contestação pelos prefeitos que irão pagar mais caro. Ou não! Segundo informações a outra empresa que havia ganhado a licitação no ano passado a espanhola Assolar Energy, estava recebendo R$ 4,60 por manutenção de cada ponto, mas, segundo os prefeitos, não estava cumprindo com o contrato. A empresa por sua vez alega que alguns municípios não estavam cumprindo com as obrigações contratuais. Nesse jogo de empurra-empurra, como sempre quem ficava prejudicado era a população.
Outro fato que chamou a atenção é a cidade de Janaúba que não consta na lista das cidades que entraram no novo processo licitatório. A empresa espanhola que também é responsável pela manutenção da iluminação pública em Janaúba é alvo constante de reclamações por parte da população e até mesmo por parte do coordenador da pasta ligada a prefeitura de Janaúba. Em entrevista concedida a reportagem da Rádio Onda Norte FM em situações anteriores, o coordenador da Unidade de Gestão Energética Municipal – UGEM, Almir Ferreira Júnior, afirmou categoricamente que a “empresa estava deixando de cumprir com suas obrigações e que ele havia comunicado ao secretário de Obras Domingos Pereira da Silva e ao Prefeito Municipal o destrato com a empresa”, ou seja, a quebra de contrato.
O certo é que mesmo com as reclamações que não param de acontecer, mesmo com a intenção do responsável pela pasta em quebrar o contrato com a empresa, mesmo com um novo processo licitatório realizado pela AMAMS, o nome de Janaúba não consta entre as cidades que mudaram a gestão da iluminação. Portanto ao que parece mesmo com tudo isso, a Assolar continuará sendo a mantenedora da iluminação pública na cidade de Janaúba. Durante a redação dessa matéria a reportagem tentou por várias vezes contato com o responsável da prefeitura pela manutenção da iluminação pública, porém sem obter êxito.

Bandidos arrombam depósito de gás e levam 63 botijões cheios

(G1) Um depósito de gás, localizado no Bairro Planalto, em Montes Claros (MG), foi arrombado na madrugada desta quinta-feira (7). O dono do depósito afirmou à Polícia Militar que percebeu o arrombamento quando chegava para trabalhar. Ele disse também que os bandidos levaram 63 botijões de gás cheio.
O estabelecimento, que fica na Rua Castro Alves teve as grades e o cadeado serrados. O local não possui câmeras de segurança e, por isso, ninguém foi identificado.
A PM afirma que policiais fizeram rastreamento na região, mas ninguém foi localizado.

Rapaz é preso em Várzea da Palma e confessa 6 homicídios e um latrocínio

(G1) A Polícia Civil divulgou nesta quinta-feira (7) a prisão de um rapaz suspeito de ser o autor de um latrocínio ocorrido em 23 de setembro na cidade de Lassance. Nivaldo Domingos da Silva, de 19 anos, foi preso pela Polícia Militar na noite dessa quarta-feira (6) no Bairro Jardim América II, em Várzea da Palma, por porte ilegal de arma de fogo.
Segundo o delegado, Jurandir Rodrigues, havia um mandado de prisão em aberto contra Nivaldo pelo latrocínio em Lassance. Durante depoimento, ele confessou o crime e ainda disse ser o autor de outros seis homicídios na região e 10 roubos.
O delegado afirmou que o suspeito foi preso em flagrante pelo porte ilegal de armas e ainda pelo latrocínio, em virtude de mandado em aberto. Ele permanece preso na Cadeia de Várzea da Palma.

Crime em Lassance
Ghivelder Marcio Soares foi executado após tentar impedir um assalto a uma agência dos Correios no Centro da cidade. Três criminosos participaram da ação; um ainda está foragido.
Segundo a Polícia Civil, ao ver os bandidos, Ghilvelder tentou intervir, mas acabou sendo surpreendido e baleado por Nilvado Silva, e morreu no local.
Ghivelder era servidor da prefeitura, mas estava cedido em uma delegacia, que fica em frente à agência dos Correios.

Norte e Nordeste de Minas Gerais são as regiões que mais traficam animais silvestres no estado

As operações realizadas neste ano pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) para coibir o tráfico de animais no estado resultaram na apreensão de 964 espécimes, autuação de 150 pessoas e na aplicação de R$ 1.537.201,00 em multas.
Os números representam um aumento de 25% no número de animais resgatados em 2015 e de quase 37% em autuações em relação a 2014. Além disso, o valor total das multas aplicadas quase dobrou, já que o montante registrado em 2014 foi de R$ 788.050,00.
Dos animais apreendidos, mais de 90% são aves, e, na sequência, aparecem os répteis - como serpentes, iguanas e jabutis. “O Canário da terra, conhecido também como canário chapinha, é um dos mais traficados. Por ser um animal muito territorialista, ele é bastante utilizado para a prática de rinhas. Já o pássaro Trinca-ferro também é um alvo muito procurado, mas pelo seu belo canto”, relata o chefe de Fiscalização da Fauna da Semad, Daniel Colen.
De acordo com Colen, a maior parte das autuações acontece nas regiões Norte e Nordeste de Minas Gerais. “Ao ser pega com animais silvestres irregulares em residência ou até mesmo em trânsito, a pessoa é autuada por cativeiro irregular de fauna silvestre. A multa é de R$ 751,27 por cada espécime encontrado no local”, explica.
Porém, se os animais apreendidos estiverem ameaçados de extinção, a multa passa para cerca de R$ 7.500,00 por animal. Além disso, a pessoa recebe pena de seis meses a um ano de prisão. Além disso, a pessoa responde criminalmente, podendo receber pena de seis meses a um ano de prisão, de acordo com a Lei de Crimes Ambientais 9.605/1998.
Por sofrerem grande pressão de captura, isto é, serem mais procuradas pelos traficantes, algumas espécies já se encontram ameaçadas de extinção, a exemplo dos pássaros conhecidos popularmente como Bicudo e o Curió. Segundo Colen, os traficantes utilizam as principais rodovias federais para o transporte dos animais, que são trazidos, em sua maioria, do Nordeste do Brasil.


Falsificação de anilhas
Este ano, pela primeira vez, a equipe da Semad, juntamente com a Polícia Civil, flagrou o crime de adulteração e falsificação de anilhas de passeriformes. Os proprietários foram autuados em flagrante e encaminhados para a penitenciária, uma vez que o crime é tipificado como falsificação de selo público pelo artigo 296 do Código Penal, com pena de dois a cinco anos.

Recuperação da fauna
Em geral, o estado dos animais resgatados do tráfico é deplorável. “Para os traficantes, o animal é uma mercadoria qualquer, então eles aglomeram muitos deles em gaiolas pequenas, sem a disponibilização de água e alimento. De cada 10 animais traficados, a estimativa é que apenas um chegue ao destino final”, afirma o chefe de Fiscalização da Fauna da Semad, Daniel Colen.
Após o resgate pela Semad, os animais passam por uma avaliação clínica e física feita por veterinários e biólogos da equipe. É feita a soltura daqueles que estiverem aptos a serem reintroduzidos na natureza. Os considerados inaptos são encaminhados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres de Belo Horizonte (Cetas-BH), que tem gestão compartilhada entre o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e o Instituto Estadual de Florestas (IEF).
A analista ambiental do IEF e veterinária do Cetas-BH, Érika Procópio Tostes, conta que os animais chegam com ferimentos faciais, penas quebradas e outros problemas de saúde, como desnutrição. Além disso, os que estão mantidos em cativeiro há mais tempo apresentam distúrbios comportamentais, que dificultam a reintegração à natureza. “Neste caso, o trabalho demora mais. Um tratamento que geralmente dura seis meses pode durar até dois anos”, diz.

Reintegração à natureza
Hoje, os biólogos, veterinários e tratadores do Centro de Triagem de Animais Silvestres de Belo Horizonte (Cetas-BH) cuidam de cerca de 1.000 animais. A analista ambiental do IEF e veterinária do Cetas-BH, Érika Procópio Tostes, explica que uma ONG parceira faz um treinamento antipredação dos animais, que vai aumentar as chances de sobreviverem em seu habitat natural.
Após a reabilitação física e comportamental, o animal ainda passa por um processo conhecido como soltura branda. “Ele é levado para um viveiro na área de soltura, que, por sua vez, é previamente cadastrada. Ali, ele se recupera do stress da viagem e vai se readaptando. Após cerca de 30 dias, é aberta uma porta no viveiro e ele poderá sair à medida que se sentir seguro para isso”, relata Érika.
Entretanto, alguns animais resgatados não conseguem se recuperar. “O papagaio que está influenciado pela convivência com o homem, por exemplo, apresenta comportamento muito alterado e dificilmente poderá ser reintroduzido à natureza”, ressalta. Assim, os considerados inaptos são encaminhados para outros criadouros legalizados pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF), mantenedores de fauna, zoológicos ou criadouros comerciais.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: Jornal do Brasil

Pagamento de servidores públicos de Jaíba será no dia 11, próxima segunda-feira

(Jornal Tribuna do Vale) Foi o que nos garantiu, no fim da manhã de hoje, o atual prefeito de Jaíba, Valdemir Soares da Silva, empossado no cargo na semana passada, em decorrência da prisão e consequente afastamento do então prefeito, Enoch Vinícius Campos de Lima.
Valdemir nos relatou que tem consciência da transitoriedade de sua função, como prefeito de Jaíba, mas que enquanto estiver no cargo fará todo o possível para administrar bem o município.

SALÁRIOS E 13º ATRASADOS

Acerca dos salários em atraso dos servidores, o prefeito informou que já estão todos empenhados e que os pagamentos serão efetuados na próxima segunda-feira, 11/01, juntamente com a segunda parcela do 13º salário, à exceção dos médicos.
Sobre os médicos, Valdemir disse que negociou com os mesmos as dívidas dos plantões em atraso, sendo que o pagamento referente aos plantões de outubro/2015 será efetuado ainda nesta semana, pelo Banco do Brasil e os plantões de novembro e dezembro, passados, serão pagos até o próximo dia 25 deste mês.

FOLHA INCHADA É IGUAL A DEMISSÕES
Segundo o prefeito Valdemir Soares, a folha de pagamentos da prefeitura possui cerca de quatrocentos e cinquenta funcionários contratados e comissionados, os quais têm elevado em muito os gastos do município e que, a nova legislação do Plano de Cargos e Salários sobrecarregou a Folha em 156 mil reais por mês, gasto que tem que ser dissolvido dentro da própria Folha, ou seja, demissões de contratados terão que ser feitas para que haja dinheiro para pagar os efetivos. Contudo, ele informa que serão considerados vários critérios, em caso de demissão, dentre os quais a importância da função desempenhada e a necessidade de permanência do funcionário no cargo.

“GASPARZINHOS”

Sobre os possíveis funcionários fantasmas existentes na prefeitura, os "Gasparzinhos", Valdemir disse ter recebido informações acerca de tal existência, mas que precisa saber quem são e onde estão, para que sejam demitidos e apelou para a sociedade, afim de que esta lhe aponte tais pessoas. Garantiu que as informações e os nomes dos informantes serão mantidos em sigilo.
Valdemir Soares da Silva, prefeito de Jaíba, concedeu-nos entrevista por telefone.

Equipamentos médicos retidos pela Receita serão doados à Unimontes

A Receita Federal divulgou nesta quinta-feira (07) que os equipamentos médicos apreendidos pelo órgão, e supostamente comprados pelas associações sem fins lucrativos, Amas Brasil e Soebras, serão 'incorporados' à Universidade Estadual de Montes Claros. Os bens, segundo a Receita, beneficiariam o grupo empresarial do prefeito de Montes Claros Ruy Muniz e da esposa dele, a Deputada Federal Raquel Muniz.
De acordo com a delegada adjunta da Receita Federal, Anna Christina Mourão, a legislação define a prioridade para o envio dos equipamentos a um órgão de administração pública. Ela informou ainda que o documento foi assinado no dia 22 de dezembro, e que a Universidade está apta a receber os equipamentos, que estão retidos no Porto de Santos (SP) desde o primeiro semestre de 2015.
A Receita determinou o 'perdimento dos bens' no dia 11 de dezembro de 2015. De acordo com as investigações, os acusados, Ruy e Raquel, tentaram importar os equipamentos de forma irregular usando a Amas Brasil, Soebras e o Hospital das Clínicas Mário Ribeiro da Silveira, que segundo a denúncia os Conselhos Fiscais e diretorias são compostas por “laranjas”. Quando apreendidos, os equipamentos foram avaliados em R$ R$ 8.958.649,24.
A Universidade Estadual de Montes Claros informou que já foi oficialmente comunicada sobre a doação, e está providenciando o transporte para buscar os equipamentos no Porto de Santos.

O que dizem os envolvidos
Em nota, o prefeito de Montes Claros Ruy Muniz e a Deputada Federal, Raquel Muniz, disseram que ainda não foram notificados sobre a decisão da Receita.
A Amas Brasil e a Soebras informaram que já estão tomando medidas nos âmbitos administrativo e judicial junto à Receita Federal do Brasil e junto ao Tribuna Regional Federal.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: G1

Em Coração de Jesus, jovem é preso após postar fotos com armas em rede social

Rapaz postou fotos de armas nas redes sociais
(G1) Um jovem de 26 anos foi preso em Coração de Jesus (MG), na noite dessa quarta-feira (06), após postar fotos 'ostentando'  armas e facas em uma página nas redes sociais. A Polícia Militar chegou até ele após receber uma denúncia anônima. Na imagem, o rapaz escreveu a frase " Seja o que deus quiser venha oque vier to pronto", [sic].
Segundo a polícia, o jovem foi abordado no local de trabalho, e disse que a arma estava guardada na casa dos pais dele, na Comunidade Rural de Sapé. Os militares foram até a residência e encontraram o revólver escondido dentro de uma mala.
Ao ser questionado, ele disse à PM que postou as fotos nas redes sociais após um desentendimento com a namorada por causa de fofocas.  O jovem foi ouvido e liberado depois de assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), se comprometendo a comparecer à delegacia nesta quinta-feira (07).
Segundo a PM, o rapaz não tem passagens pela polícia.

Em Monte Azul homem é preso por receptação e posse ilegal de arma

Um homem de 27 anos foi preso por receptação e posse ilegal de arma nessa quarta-feira (06), em Monte Azul (MG). Ele foi abordado pela Polícia Militar durante patrulhamento na Comunidade de Porções.
Segundo a PM, o suspeito estava com uma motocicleta sem placa e com os números de Chassi e do motor raspados. Durante buscas na casa dele, os militares localizaram uma espingarda polveira e acessórios da motocicleta. Após consulta, foi constatado que o veículo teria sido roubado em Janaúba (MG). A moto foi removida ao pátio credenciado de Mato Verde (MG).
O homem foi encaminhado à delegacia de Janaúba.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Colombiano é agredido com golpes de facão em Montes Claros

(G1) Um colombiano de 22 anos ficou ferido após ser agredido com golpes de facão na tarde desta terça-feira (5/1/2016) em Montes Claros, na região Norte de Minas. Segundo a Polícia Militar (PM), ele discutia com outro homem, de 49 anos, no Mercado Central da cidade.
A PM informou ainda que o colombiano teria se dirigido à esposa do autor, que não gostou e iniciou a discussão. A confusão foi contida por guardas municipais que faziam ronda no local.
“Estávamos fazendo ronda quando deparamos com os dois em luta corporal. Os dois estavam muito agressivos, sendo que um deles estava armado com um facão. Tivemos de usar força para separá-los”, explica o guarda Adriano Rodrigues.
A Guarda Municipal acionou o Samu para socorrer a vítima. “Ele teve cortes profundos na mão, na cabeça e no pescoço”, afirma o Rodrigues. Militares foram até o local e prenderam o autor, que foi encaminhado à delegacia.

Chuvas que caíram em Janaúba recuperaram apenas 5 centímetros de água no Bico da Pedra

Barragem Bico da Pedra.
(Por Ivo Júnior) A população de Janaúba e Nova Porteirinha se animou com as chuvas que voltaram a cair nas duas cidades nesse início de ano. O motivo é que as chuvas deveriam recuperar o nível da barragem bico da pedra que abastece as duas cidades e se encontra no seu pior nível desde a sua construção no ano de 1978/1979. É possível ver as especulações sobre “quanto de água que o lago aumentou” em todos os lugares onde tiver aglomeração de pessoas. Porém as chuvas não influenciaram muito no nível de água da represa. Apenas 5 centímetros foi o total de água recuperada no espelho d’água da barragem Bico da Pedra.
Há muitos meses sem chuva o solo ainda está muito seco e absorve a maior parte da água que cai sobre ele. Juntando se a isso o calor que mesmo com a chegada da chuva não diminuiu colabora com alto índice de evaporação.
No dia 31 de dezembro a medição do nível de água realizada pelo Distrito de Irrigação do Gorutuba marcava 537,00 metros; nível que se manteve nos dias 01, 02 e 03 de Janeiro e caiu para 536,95 nos dois dias seguintes, 04 e 05, porém, nesta quarta feira 06 de janeiro o nível voltou a marcar 537,00 novamente.
A quantidade de água recuperada é bem abaixo da expectativa da população que já especulava cerca de 30 centímetros. Vale ressaltar que é preciso chover mais na região de Francisco Sá e Riacho dos Machados para que a o Rio Gorutuba volte a correr e abasteça a barragem. Não adianta em nada a precipitação que acontece na região central da cidade ou até mesmo apenas na região que compreende o lago.

Racha próximo a Mocambinho deixa um rapaz de 28 anos morto

Um acidente ocorrido por volta das 19h desse domingo (03-01), na rodovia MG 120, próximo ao distrito de Mocambinho, em Porteirinha, deixou uma vítima fatal. Segundo Polícia Militar, um “racha” teria sido o motivo do acidente.
Testemunhas disseram que dois homens, cada um com uma moto, transitavam na rodovia fazendo racha em alta velocidade quando, um deles perdeu o controle, subiu na calçada e atropelou um homem de 59 anos e, em seguida, bateu num muro de uma residência. O condutor da moto, um rapaz de 28 anos, faleceu no local.
O homem de 59 anos foi socorrido pelo SAMU e encaminhado para um hospital de Janaúba. Uma criança de 5 anos que estava na calçada com sua mãe também foi atingida e teve um pequeno arranhão na mão.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Vice-prefeito atira contra jovem e é procurado pela PM

(G1) A polícia procura pelo vice-prefeito de Josenópolis, Daniel Patrick Ribeiro Queiroz (PDT). Segundo a Polícia Militar, ele é suspeito de tentar matar um jovem, de 25 anos, com dois tiros por motivos passionais. Depois do crime ele fugiu em um carro.
Durante a fuga, ainda segundo a PM, o vice-prefeito avistou uma viatura e abandonou o veículo em uma comunidade conhecida com Sussarama e entrou em uma mata. Militares continuam as buscas no local.
O rapaz foi atingido com um tiro na perna e outro o abdome. Ele foi socorrido ao hospital de Salinas, mas o estado de saúde não foi divulgado.
O G1 entrou em contato com a prefeitura de Josenópolis, mas ninguém foi encontrado para falar sobre o assunto.

Barragem Bico da Pedra está dois metros abaixo do volume morto para irrigação

Quadro publicado no portal do Distrito de Irrigação do Gorutuba
mostra o volume no mês de Dezembro e a cota inicial do "Volume Morto".
(Por Ivo Júnior) A barragem do Bico da Pedra começa o ano de uma maneira que a população de Janaúba e Nova Porteirinha, não gostariam que ela começasse. Devido ao baixo índice de precipitação pluviométrica nos últimos anos o lago da barragem se encontra mais de 2 metros abaixo do limite que é considerado pelo Distrito de Irrigação do Gorutuba, como volume morto para abastecimento do Canal principal de Irrigação. Segundo dados da Cota da Barragem do Bico da Pedra publicados no site do Distrito de Irrigação, em 31 de Dezembro, último dia do ano de 2015, a barragem se encontrava na marcação de 537 metros cúbicos.
Existe uma dúvida a cerca do volume morto. O volume morto que já foi atingido é o volume para abastecimento do canal principal que conduz a água para a irrigação. O volume morto ao qual estamos aproximando cada dia mais, mas, que ainda não foi atingido é para o consumo humano.
Em setembro de 2015 o nível da barragem atingiu 21% de sua capacidade total que era de 703 milhões de metros cúbicos. Ainda é possível usar a água para irrigação até quando ela atingir 12%, a partir desse ponto paralisa se a irrigação definitivamente e a água será usada apenas para o abastecimento humano. Lembrando que o mês de setembro terminou com um metro e meio a mais de água na barragem em relação ao nível que se encontra agora.
É possível ver pessoas criticando o uso da água ainda para a irrigação, porém, vale ressaltar que a economia da cidade gira em torno do agronegócio e da fruticultura, portanto a paralisação do fornecimento de água para irrigação é a ultima medida a ser tomada. São gerados através da agricultura irrigada 10.500 empregos diretos e indiretos que produzem 84.874 toneladas de produtos agrícolas por ano o que representa uma renda de 103 milhões de reais ao ano. O agronegócio também faz girar no comércio local em torno de 80 milhões de reais ao ano, gerando mais 4.400 empregos diretos. A paralisação do agronegócio colocaria a cidade de Janaúba em uma crise social e fina
nceira sem precedentes e conseqüentemente aumentaria o índice de criminalidade.

Diretores de escolas estaduais do Norte de Minas receberão posse nessa quarta-feira

Escola Estadual José Gorutuba, Janaúba-MG.
Os 165 novos diretores de escolas estaduais do Norte de Minas assinaram ontem, em Montes Claros, o Termo de Posse, em ato realizado na Superintendência Regional de Ensino. Mas tomarão posse, oficialmente, nessa quarta-feira, em evento a ser realizado no auditório da Escola Normal, quando passarão por capacitação e receberão as instruções encaminhadas pela Secretaria Estadual de Educação. Somente três escolas deixaram de dar posse a seus diretores, pois, foram municipalizadas ou não apresentaram candidatos. O superintendente regional de Ensino, José Gomes Filho, explica que o processo transcorreu sem anormalidades.
No dia 30, o governador Fernando Pimentel fez a nomeação dos diretores das 3.485 escolas da rede estadual de Minas Gerais, escolhidos por suas comunidades escolares, além da designação dos 4.393 vice-diretores que foram escolhidos a partir do mesmo processo. Um dos itens do acordo histórico assinado entre os trabalhadores e o Governo de Minas Gerais, em maio, o processo de escolha de direção de escola vem ao encontro da busca por uma escola mais democrática e aberta à comunidade, como destacou o governador.
Até então, o processo de escolha dos diretores pelas comunidades não acontecia de forma regular. O último foi em 2011 (para posse em 2012) e, antes, havia sido realizado em 2006 (para posse em 2007). A partir de agora, a escolha passa a ser feita com regularidade a cada três anos.
No dia 15 de dezembro, pais, estudantes e trabalhadores que atuam em cada instituição puderam votar em servidores que se candidataram aos cargos de diretor e vice-diretor.
Para que se candidatassem ao cargo de diretor, os servidores foram habilitados no processo de Certificação Ocupacional de Diretor de Escola Estadual, cuja prova foi realizada no dia 8 de novembro. A ampla participação dos trabalhadores no processo de certificação já foi um indicador da importância deste processo. Foram 10.196 candidatos habilitados a montar chapa, de um total de 25.299 candidatos inscritos nesta etapa (90% deles são professores). A certificação buscou avaliar o conhecimento pedagógico, técnico e as competências necessárias ao desempenho do cargo.
Uma novidade foi a participação de professores que não são efetivos. Essa definição foi embasada no fato de a maioria dos servidores nas escolas ser de não-efetivos, e, na consulta às entidades, foi avaliado que não seria um processo democrático se todos não pudessem participar. Dos diretores de escola escolhidos, 26% são ex-efetivados e 6% designados. Entre os vice-diretores, 37% são servidores afetados pela Lei 100 e 6% designados.
O tempo de exercício dos diretores será de três anos, com possibilidade de recondução por igual período. Neste ano, 60% dos diretores e 52% dos vices que foram escolhidos por suas comunidades já ocupam o cargo e continuarão pelos próximos três anos. O processo de escolha de novos diretores não aconteceu esse ano em apenas 156 escolas da rede estadual, como aquelas localizadas em unidades prisionais e socioeducativas e as que têm menos de dois anos de funcionamento. Para as escolas indígenas e quilombolas haverá resolução específica.
Além de garantir a democratização das escolas, o acordo que Governo e trabalhadores assinaram neste ano valoriza o papel do gestor na rede estadual. De acordo, com o que foi estabelecido pela Lei 21.710/2015, os diretores de escolas tiveram um reajuste de 10,25% na tabela remuneratória, além de aumento de 30% para 50% da parcela da remuneração do cargo de Diretor de Escola, que pode ser percebida cumulativamente com a remuneração do cargo efetivo.
O diretor de escola que ocupa um cargo efetivo com carga horária semanal de 24 horas terá a opção de receber o dobro da remuneração desse cargo, acrescido da parcela de 50% da remuneração do cargo de Diretor de Escola.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: Gazeta Norte Mineira

Criança de sete anos morre em acidente na BR-251, em Grão Mogol

(G1) Uma criança, de sete anos, morreu em um acidente na tarde desta segunda-feira (4) na BR-251, na comunidade de Barrocão, em Grão Mogol, no Norte de Minas. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, duas pessoas, os pais da criança, ficaram feridas no acidente.
Ainda segundo a PRF, o condutor do veículo perdeu o controle da direção, saiu da pista e capotou, no km 422 da rodovia.
O menino, segundo o Samu, estava no banco de trás sem o cinto de segurança. Os pais da criança estavam no banco da frente e sofreram lesões leves. Eles foram encaminhados ao posto de saúde de Barrocão, receberam atendimento e foram liberados.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Boas Práticas Projeto musical atrai jovens e revela talentos em Capitão Enéas

FOTOS (Crédito): Pedro Castro 
Formado em abril de 2015, o grupo Tocando em Frente nasceu no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de Capitão Enéas, a menos de 70 km de Montes Claros, e já reúne 58 jovens de 14 a 16 anos.
“Tudo começou antes do desfile cívico de 7 de setembro de 2014. Eu vi alguns instrumentos largados no Cras, tive a ideia de montar um grupo de fanfarra, ensaiamos por nove dias e em substituição a alguns instrumentos específicos de fanfarra, como tarol e bombardino, que não haviam, improvisamos com instrumentos de madeira”, explica José Geraldo Silva, psicólogo do Centro de Referência em Assistência Social (Cras) de Capitão Enéas.
Os primeiros 19 instrumentos, reunidos às pressas para o desfile, atraíram a atenção e rapidamente um grupo de 40 estudantes de violão se formou. Hoje são 58 jovens que estudam música, duas vezes por semana, no equipamento do Suas e levam os instrumentos para aperfeiçoar a técnica em casa.
E no dia 4 de novembro o Projeto “Tocando em Frente” promoveu a I Audição de Violão e Musicalização, em Capitão Enéas. Os adolescentes e jovens puderam mostrar aos pais e convidados o que aprenderam nas aulas. O grupo também se apresentou publicamente na abertura da Conferência Regional de Assistência Social de Montes Claros, em 8 de outubro. Eles tocaram três músicas, entre elas a composição de Geraldo Vandré, “Para não dizer que não falei de flores”. 
Idealizador do projeto, o psicólogo José Geraldo também é músico. “Eu percebo que eles evoluíram, estão mais construtivos e conscientes dos direitos deles. Estão mais abertos e reivindicam, por exemplo, mais cursos profissionalizantes no município”, avalia.
“O projeto foi criado para atender jovens de 16 a 18 anos e manter o vínculo, pois aos 17 são desligados do Projovem, programa de convivência com jovens”, explica a coordenadora do Cras de Capitão Enéas, Maria Elaine de Oliveira.
“Minha vida mudou bastante, aprendi a tocar violão no projeto e vi como a música é importante na vida da gente. Minhas notas melhoraram, sozinho comecei a estudar música, evoluí e agora quero trabalhar com música”, afirma Gustavo Fernandes, 16 anos, e uma das revelações artísticas do projeto.
O Projeto Tocando em Frente trabalha, por meio da percussão e do violão, a percepção auditiva e rítmica dos jovens.
Para 2016, a coordenação do Cras quer ampliar as atividades artísticas e promover aulas de dança e teatro. “Precisamos de espaço físico e materiais. Já conversamos com a prefeitura e aguardamos a resposta”, explica Maria Elaine.

Convivência e Fortalecimento de Vínculos
O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) é um serviço da Proteção Social Básica do Suas, ofertado de forma complementar ao trabalho social com famílias e realizado por meio do Serviço de Proteção e Atendimento Integral às Famílias (PAIF) e do Serviço de Proteção e Atendimento Especializado às Famílias e Indivíduos (PAEFI). O SCFV realiza atendimentos em grupo. São atividades artísticas, culturais, de lazer e esportivas, dentre outras, de acordo com a idade dos usuários.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: ASCOM Governo de Minas Gerais

Inscrições para os concursos do Corpo de Bombeiros iniciam nesta segunda-feira (4/1)

São mais de 550 vagas para o Curso de Formação de Oficiais Bombeiros (CFO) e para o Curso de Formação de Soldados (CFSD)
Inicia nesta segunda-feira (4/1) o período de inscrições para os concursos do Corpo de Bombeiros. As vagas são para o Curso de Formação de Oficiais Bombeiros (CFO), com previsão de 30 vagas, e para o Curso de Formação de Soldados (CFSD), com 500 vagas para combatentes e 30 para especialistas. Ao todo, são 560 vagas. 
Das vagas oferecidas para o CFO, 27 são para o sexo masculino e três para o sexo feminino. O curso de formação tem duração de três anos, com previsão de início em 6 de fevereiro de 2017 e o valor da inscrição é de R$ 177,49. As inscrições vão ser encerradas em 4 de fevereiro de 2016. 
O curso funcionará na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), sob a coordenação da Academia de Bombeiros Militar (ABM). O ingresso do candidato aprovado e convocado será realizado na graduação de Cadete do 1º Ano do Curso de Formação de Oficiais, com vencimento inicial de R$ 5.769,42.
Clique aqui para acessar o edital. 

Curso de Formação de Soldados
Para o CFSD serão oferecidas 500 vagas para o quadro de soldados combatentes, sendo 450 para o sexo masculino e 50 para o sexo feminino. O curso de formação tem duração de oito meses. 
Já para o quadro de soldados especialistas serão oferecidas 30 vagas para as seguintes especialidades: mecânico de motor a diesel (11 vagas), mecânico de motor a gasolina/álcool (2 vagas), eletricista de autos (2 vagas), técnico em informática/rede de computadores (8 vagas), técnico em eletrônica (2 vagas), técnico em eletrotécnica (2 vagas) e técnico em telecomunicações (3 vagas). 
O valor da inscrição para o concurso de CFSD é de R$ 81,96 e o curso terá início em 29 de março de 2017. As inscrições serão encerradas em 26 de fevereiro de 2016. 
O curso também funcionará na RMBH, sob a coordenação da ABM. O ingresso do candidato aprovado e convocado será realizado na graduação de soldado de 2ª classe, com vencimento inicial de R$ 3.506,40. Para o cargo de soldado de 1ª Classe BM, a remuneração básica atual é de R$ 4.098,42.
Clique aqui para acessar o edital. 

Exigências
Os candidatos devem atender aos seguintes pré-requisitos, dentre outros: 

§  Ser brasileiro nato, para o cargo de oficial, ou nato ou naturalizado para o cargo de soldado;

§  Possuir idoneidade moral;

§  Estar quite com as obrigações eleitorais e militares;

§  Ter no mínimo 18 anos e no máximo 30 anos de idade na data de inclusão (início do curso);

§  Altura mínima de 1,60m;

§  Ter aptidão física;

§  Ser considerado indicado em avaliação psicológica;

§  Ter sanidade física e mental;

§  Não ser contraindicado em exame toxicológico;

§  Não apresentar, quando em uso dos diversos uniformes, tatuagem visível que seja, por seu significado, incompatível com o exercício das atividades de bombeiro militar.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: ASCOM Governo de Minas Gerais

Micro-ônibus de Bocaiuva se envolve em acidente na BR-135

(G1) Um homem morreu e dez pessoas ficaram feridas em um acidente na BR-135, próximo a Augusto de Lima (MG), neste domingo (03).
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, um caminhão e um micro-ônibus da cidade de Bocaiuva bateram de frente. Em seguida, dois carros de passeio colidiram nos veículos.
Os feridos foram encaminhados ao hospital de Curvelo (MG). A rodovia ficou interditada durante 10 horas.

Em Verdelândia, homem é encontrado morto pela PM

(ASCOM PM) Na noite do último sábado (02), por volta das 23 horas, a guarnição militar compareceu à estrada da Fazenda Codaíba, zona rural de Verdelândia, onde um indivíduo teria escutado disparos de arma de fogo e, posteriormente avistou um homem caído às margens da estrada. No local, os militares se depararam com duas motocicletas caídas e três capacetes jogados. Foram encontrados também, duas espingardas cartucheiras, um notebook, roupas, um microfone e uma pistola para vacina animal; todos em sacos amarrados na parte traseira da motocicleta Honda/CG 150, placa HDA-0413. A outra motocicleta era uma Honda Fan 150, cor cinza, placa NYC-0187. A aproximadamente 50 metros do local, foi encontrado um estojo de munição calibre .12. A guarnição militar localizou, posteriormente, o homem alvejado nas costas, caído ao solo, na lateral esquerda da estrada, a aproximadamente 1 km do local. A equipe do SAMU confirmou o óbito. O perito constatou que a vítima, Valdecino Pereira da Silva, foi alvejada nas costa por uma arma de grosso calibre, aparentemente calibre 12. Os veículos foram removidos para o pátio de remoção e guarda de veículos do norte de Minas.

Em Jaíba homem é assassinado com treze tiros dentro de casa

(G1) Um homem de 26 anos foi morto a tiros na noite desse domingo (03), em Jaíba, no Norte de Minas. Segundo a Polícia Militar, ele estava dentro de casa quando foi atingido por treze disparos.
O pai dele disse à PM que estava no quintal e ouviu os tiros, em seguida, teria visto três pessoas fugindo. Até o momento ninguém foi preso.
A vítima foi socorrida, mas não resistiu. Ele já tinha passagens pela polícia.

domingo, 3 de janeiro de 2016

Emater lança edital para concurso público com vagas para o Norte de Minas e todo o estado

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) lançou um edital para concurso público, com 100 vagas destinadas a profissionais dos níveis médio e superior, em todas as regiões do Estado, inclusive para o Norte de minas. O edital do Concurso Público 01/2015 foi publicado nessa terça-feira (29/12) no Diário Oficial do Estado e também está disponível no site da empresa: www.emater.mg.gov.br.
Os salários variam de R$ 2.134,46 a R$ 5.194,34, com carga horária de 40 horas semanais. As provas serão realizadas no dia 8 de maio de 2016, nas cidades de Alfenas, Belo Horizonte, Curvelo, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Patos de Minas, Pouso Alegre, Teófilo Otoni, Uberaba e Viçosa.
Para os cargos de nível médio, as vagas são as seguintes: Assistente Administrativo II, Auxiliar Técnico (suporte em informática); Produtor de VT e Audiovisuais, e Extensionista Agropecuário I (técnico em agropecuária ou técnico agrícola).
Já para os graduados em cursos de nível superior, as vagas são para os seguintes cargos: Extensionista Agropecuário II (engenheiro agrônomo, médico veterinário e zootecnista), Extensionista de Bem-Estar Social II (ciências sociais, economia doméstica, nutrição, pedagogia e serviço social), Assistente Técnico I (administração de empresas, arquitetura e urbanismo, ciências contábeis, jornalismo, design gráfico, engenharia de alimentos, engenharia de produção, ciência e tecnologia de laticínios, geografia e psicologia), Analista de Sistemas I (análise de sistemas ou ciência da computação ou engenharia da computação ou informática ou sistemas de informação), Auditor (ciências contábeis ou administração de empresas ou economia) e Assessor Jurídico (advocacia).


Inscrições
O concurso será realizado pela Fundação de Apoio e Desenvolvimento da Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (Framinas). As inscrições devem ser feitas pela internet, acessando o site www.gestaoconcurso.com.br, de 1º de março a 6 de abril de 2016. As taxas de inscrição são de R$ 60 (nível médio) e R$ 90 (nível superior). As dúvidas sobre o Edital do Concurso devem ser encaminhadas à Framinas, também pelo site www.gestaoconcurso.com.br.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Unimontes de Janaúba desenvolve técnica de reaproveitamento de efluentes de esgoto na irrigação

Em tempos de seca e escassez hídrica no Norte de Minas Gerais, o pesquisador da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) Silvânio Rodrigues dos Santos e sua equipe estão entre os mineiros que usam o conhecimento e a criatividade para o aproveitamento de resíduos líquidos e sólidos de sistemas de tratamento de esgoto na agricultura.
Eles testam o efluente sanitário em cultivos agrícolas, como disposição final da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Janaúba, região semiárida. Em uma área experimental, além do cultivo do abacaxi com o aproveitamento do lodo de esgoto, são feitos plantios de feijão, banana, milho, algodão e abacaxi com o uso do efluente sanitário, que fornece nutrientes e parte da água às lavouras via sistema de irrigação localizada.
“A água que sai da Estação de Tratamento de Esgoto, apesar de conter baixa carga orgânica, possui elementos muito importantes para as plantas (caso do nitrogênio, fósforo e potássio) como também elementos que podem ser prejudiciais às plantas e alterar o solo (caso do sódio, cloro, cádmio e chumbo). Por isso, a água pode atender parte das exigências nutricionais das plantas, sem impactar o meio ambiente, quando for utilizada de forma racional, podendo reduzir consideravelmente os custos de produção das lavouras. Outro aspecto relevante é o atendimento parcial das necessidades hídricas das plantas, via esgoto”, esclarece o pesquisador.
No Brasil, a agricultura irrigada ocupa 6,7% da área plantada e responde por 20% da produção de alimentos. Em Minas Gerais, a área com uso de irrigação é de 600 mil hectares. "Não podemos deixar de mencionar a necessidade do correto manejo da irrigação nas culturas, sobretudo em região semiárida, independente da água utilizada", frisa o professor.
A indisponibilidade da água na região semiárida influencia diretamente nos setores da economia como a agricultura irrigada, na qual exige maior demanda de fontes hídricas. Por isso, o uso agrícola de efluente sanitário tem sido uma alternativa inteligente para a destinação final dos resíduos líquidos dos sistemas de tratamento. “A ideia é evitar que este efluente retorne ao rio, com o lançamento de poluentes”, explica Silvânio.
O superintendente de Desenvolvimento Agropecuário e de Silvicultura, da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Lucas Rocha Carneiro, defende que a escassez hídrica pode ser mais bem controlada pelas inovações tecnológicas resultando na economia de até 30% da água utilizada. “A falta de chuvas atinge principalmente a agricultura de sequeiro (milho, por exemplo). O problema que afeta mais a produção de grãos, na realidade, é o aumento da temperatura, fator ligado ao aquecimento global”, comenta Lucas. Atualmente, dos três milhões de hectares de grãos cultiváveis em Minas Gerais, menos de 10% são irrigados.


Adubos e nutrientes
Atualmente, existem inúmeras possibilidades de combinação de fontes de nutrientes, disponíveis em diferentes formas, a serem adicionadas ao solo. O uso de fontes orgânicas, combinadas ou não com fontes minerais de nutrientes, permite a otimização dos sistemas de manejo das culturas, exploradas dentro de critérios econômicos e ambientais.
“Os resultados das pesquisas sobre o aproveitamento dos efluentes do tratamento de esgoto sanitário na agricultura são altamente satisfatórios. Os efluentes podem ser usados para adubar as lavouras, sem comprometer o solo e sem degradar o meio ambiente”, observa o professor. Segundo ele, a nutrição de plantas é um dos fatores de grande importância na condução de uma agricultura equilibrada, em termos ambientais, e viável do ponto de vista econômico.
A pesquisa é desenvolvida em Janaúba pela Unimontes, pelo curso de Agronomia e o programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal no Semiárido, em parceria com a Copasa. Os estudos são realizados numa área de um hectare próximo à ETE da Copasa.

Produção nas áreas irrigadas de Minas

- Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste: café, milho feijão e soja

- Norte de Minas: frutas e hortaliças

- Sul de Minas: morango

- Região Metropolitana de Belo Horizonte: hortaliças

- Em diversas áreas do estado: pastagem


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: Agência Minas

Acidente deixa três mortos e cinco feridos na BR-135 em Curvelo

Acidente envolveu dois carros no KM-644 da rodovia.
(G1) Três pessoas morreram e cinco ficaram feridas em um acidente na manhã deste sábado (2), na BR-135, em Curvelo, região Central de Minas. Segundo as informações do Corpo de Bombeiros, a batida envolveu dois veículos no KM-644.
Ainda segundo os Bombeiros, com o impacto da batida, três pessoas ficaram presas às ferragens. A motorista, Lucia Antônia Ferreira, de 47 anos, e o filho, Daniel Ferreira Oliveira, de 15, são de Campo Belo, região Sul do estado. Outro passageiro identificado como Ociel Oliveira Silva, de 47 anos, também morreu.
Outras cinco pessoas ficaram feridas e foram socorridas ao hospital de Curvelo.

Em Coração de Jesus, homem de 31 anos leva tiro após reagir contra bandidos

(G1) Um homem, de 31 anos, levou um tiro na madrugada deste domingo (03) após flagrar dois jovens tentando cometer um furto em uma casa, na comunidade de Camburiuzinho, Zona Rural de Coração de Jesus, Norte de Minas.
De acordo com a Polícia Militar, a vítima acordou por volta das 4h30 ao ouvir latidos de cães no quintal e avistou dois jovens tentando roubar uma motocicleta. Ele reagiu contra os suspeitos, que estavam armados com uma espingarda, e levou um tiro no tórax. O Samu foi acionado e ele socorrido ainda consciente.
A vítima foi levada para o hospital e passou por cirurgia. Os jovens fugiram sem levar nada. A polícia não tem suspeitos até o momento.