Blog com notícias de Janaúba e região!

sábado, 5 de dezembro de 2015

Ruralminas inicia mais uma etapa da revitalização das sub-bacias do Rio São Francisco

A Fundação Rural Mineira (Ruralminas) publicou o edital de licitação para dar continuidade às obras de revitalização das sub-bacias hidrográficas do Rio São Francisco. Nesta nova etapa do projeto, vão ser construídas bacias de captação de água de enxurradas, terraços e cercamentos para as nascentes e a vegetação local. Estradas vicinais vão ser readequadas com enfoque ambiental.
As áreas onde serão empreendidas as obras abrangem 21 municípios mineiros de quatro territórios: Oeste (Divinópolis, Pedra do Indaiá, São Gonçalo do Pará, Martinho Campos, Arcos, Japaraíba, Medeiros e Santo Antônio do Monte);  Noroeste (João Pinheiro, Paracatu e Lagoa Formosa); Norte (Campo Azul, Pirapora, Ponto Chique, Santa Fé de Minas, São João da Lagoa, Bocaiúva, Brasília de Minas e Luislândia); e Metropolitana (Juatuba e Funilândia).
O engenheiro agrônomo da Ruralminas, Wender Guedes Borges, esclarece que um dos principais objetivos do projeto é elevar volume de água dos lençóis freáticos nas áreas rurais destes municípios. “Quando se faz a bacia, a água da chuva é retida e aumenta o lençol freático, que alimenta as propriedades rurais. Os poços artesianos só retiram água do lençol freático”, explica.
O especialista ainda enfatiza que as intervenções vão evitar a degradação dos terrenos, como as erosões, e a lixiviação – processo em que a água, em especial as enxurradas, causa a perda dos minerais presentes no solo, tornando-o improdutivo. “Vamos evitar que o produtor perca a camada fértil do solo com as chuvas, o que pode provocar também o assoreamento dos rios”, antecipa o engenheiro.
Wender Borges também frisa o trabalho em prol da proteção das nascentes com os cercamentos. Os animais, sobretudo os bovinos e os equinos, comprometem os olhos d’água, pisoteando-os e poluindo-os, por exemplo. “As matas de topo funcionam como um guarda-chuva para a montanha, protegendo o solo. Por isso, também precisamos mantê-las”, salienta.
Por sua vez, nas estradas as obras de engenharia vão facilitar o escoamento das águas da chuva, o que vai contribuir para preservar as vias em bom estado por mais tempo. “Queremos manter trafegabilidade o ano todo para facilitar o escoamento da produção da agricultura familiar e o transporte escolar”, complementa o engenheiro.

Sobre o edital
Os envelopes com as propostas para a execução do projeto devem ser entregues até 5 de janeiro de 2016. O valor total do contrato poderá chegar ao montante de R$ 7.292.787,80, correspondente à soma dos oito lotes do projeto.  O prazo de execução dos trabalhos será de até de 300 dias consecutivos.
Para mais informações, as empresas interessadas devem acessar o edital (clique aqui) disponível no site da Ruralminas.
O Projeto de Revitalização de Sub-Bacias Hidrográficas do Rio São Francisco está em sua terceira etapa e abrange 178 municípios, totalizando 1.123 proteções de nascentes, 358 quilômetros de proteção de matas de topo e ciliares, 53.784 bacias de captação de água de enxurrada, 3.450 quilômetros de terraços e 467 quilômetros de adequação de estradas.

Entenda o projeto
- Construção de cercas para proteção de matas ciliares e de topo de morro: tem objetivo de proteger áreas de preservação permanente (APPs). A área cercada deve ficar 100% vedada de modo a não permitir a entrada de animais domésticos, em especial bovinos, caprinos e ovinos. Vão ser instalados 136 mil metros de cerca e protegidas 378 nascentes.
- Construção de bacias de captação de água de enxurradas: consiste na perenização do fluxo de água em sua sub-bacia por meio da sua conservação em um sistema semifechado. Assim, estoca-se a água em dispositivos permeáveis – bacias de captação e acumulação de água ou barraginhas – que disponibilizam a água tanto para o consumo animal quanto ao sistema de infiltração no solo local. Vão ser construídas 6.419.
- Adequação de estradas com enfoque ambiental: deverá ser realizada, quando necessário, a relocação ou remodelamento do leito de estradas em pontos onde as enxurradas provoquem erosão e arrastamento de sedimentos sobre áreas cultivadas, mananciais de água ou ambientes urbanizados. A construção de valeta de drenagem ao longo das estradas vai levar água aos lençóis freáticos e mananciais. Vão ser readequados 85 km de estrada.
- Construção de terraços: consiste na construção em nível de um conjunto, composto de um canal e de um camalhão, com a finalidade de reter e infiltrar as águas de chuvas provenientes das áreas a montantes, minimizando, assim, a erosão provocada pelo escoamento superficial. Vão ser construídos 499 mil metros de terraços.

Rio São Francisco
O Rio São Francisco conhecido como “Rio de Integração Nacional”, teve em sua bacia ao longo de toda história um modelo de exploração onde o respeito com o uso, preservação e conservação dos 40 recursos naturais foi pouco valorizado, levando a uma degradação bastante preocupante em toda sua área. A consequência foi o assoreamento dos corpos d’água e do leito principal, com a evidente redução da quantidade e da qualidade da água.
O projeto em questão prevê ações no sentido de mudar o rumo dessa situação onde a ação antrópica venha restabelecer um equilíbrio do uso das áreas da bacia na produção, adotando medidas ambientais que propiciem desenvolvimento sustentável. 


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: Agência Minas

Governo libera R$ 33 milhões para o combate à seca

Fernando Pimentel, em Januária,
diz onde recurso será aplicado
(Por LUDMILA PIZARRO) O governo de Minas Gerais vai investir R$ 33 milhões para enfrentar a seca no Estado. São 137 municípios em situação de emergência em função da falta de chuvas. O Plano de Urgência para Enfrentamento da Seca foi lançado nesta sexta na cidade de Januária, na região Norte de Minas. Segundo o Estado, as ações serão dirigidas para atender 69,3 mil famílias em 2.830 comunidades rurais. Dos R$ 33 milhões anunciados, R$ 28 milhões serão destinados ao abastecimento de água, como a perfuração e equipagem de poços em comunidades que não têm acesso à água ou que percorrem grandes distâncias para ter esse acesso, e a compra de 30 caminhões-pipa distribuídos em sete associações microrregionais. “São poços artesianos e caminhões-pipa para as associações de municípios fazerem aquele primeiro enfrentamento de forma desburocratizada”, destacou o governador Fernando Pimentel.
Outros R$ 5 milhões estão direcionados para a agricultura familiar. Serão distribuídos 79 mil sacos de sementes de feijão, sorgo e milho aos agricultores familiares da região. Aqueles que estiverem inseridos no programa Um Leite pela Vida terão prioridade na distribuição.
O secretário de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste, Paulo Guedes, destacou que dos 137 municípios que já decretaram situação de emergência no Estado, 129 estão localizados nas regiões Norte e Nordeste. “Os prefeitos estão autorizados a procurarem os escritórios regionais do Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene) para fazer o pedido de perfuração dos poços e de equipagem para as prefeituras que já têm poços perfurados”, explicou. As prefeituras, porém, ficarão responsáveis por instalar os equipamentos caso o poço artesiano perfurado tenha água.

Pimentel faz orçamento da BR-479
O governo do Estado está fazendo orçamentos para a pavimentação da BR-479, que liga Chapada Gaúcha a Januária, segundo o governador Fernando Pimentel (PT). “Sei da importância dela para a região. São 163 km que faltam de pavimentação. Se nós conseguirmos, vamos fomentar a ligação de Brasília até aqui”. Porém, completou: “Não temos dinheiro para fazer agora. O primeiro dinheiro que tiver no Estado nós vamos usar para fazer essa obra”, disse.

Homem é preso por tentativa de assassinato na zona rural de Bocaiuva

(G1) Um homem foi preso na zona rural de Bocaiuva (MG), na noite dessa sexta-feira (4), depois de uma tentativa de homicídio na Fazenda Bahia.
Segundo a Polícia Militar, a vítima de 68 anos, bebia em casa com o filho de 27 anos, quando os dois se desentenderam e o pai atingiu o filho na testa, usando um socador de feijão. O filho revidou, e com uma faca, atingiu a vítima no pescoço.
O homem de 27 anos foi detido e levado à delegacia. O homem atingido pela faca foi socorrido e levado para o hospital.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

PC prende quadrilha de furto de carga que desviou R$ 10 milhões em MG

(G1) A Polícia Civil de Pirapora divulgou nesta sexta-feira (4) a prisão de sete homens e uma mulher suspeitos de envolvimento em furtos de carga de uma empresa da cidade. As investigações duraram um ano e meio e apontaram que a quadrilha conseguiu movimentar cerca de R$ 10 milhões nos crimes.
Os criminosos foram presos na quinta-feira (3) nas cidades de Várzea da Palma, Buritizeiro e Pirapora. Foram apreendidos três carros, uma carreta, documentos e computadores.
Segundo o delegado responsável pelas investigações, Jéferson Leal, o crime ganhou proporções que estava inviabilizando a permanência da empresa na cidade, devido aos prejuízos que teve. O delegado conta ainda que o grupo criminoso contava com a participação várias pessoas da região, inclusive de funcionários da empresa.
“Os caminhões chegavam para descarregar grãos na empresa, mas eles apenas davam baixa nas notas fiscais e retornavam sem que a carga fosse entregue. Era feito uma entrega virtual”, explica.
Os suspeitos vão responder por associação criminosa, furto e lavagem de dinheiro. A PC investiga ainda se alguns dos presos têm envolvimento com o tráfico de drogas na região. Todos foram encaminhados à Cadeia Municipal.

Preocupados com barragem de rejeitos de Riacho dos Machados membros da imprensa visitam mineradora

Representante da mineradora apresentando a localização de
um marco e um piezômetro (Foto: Ivo Júnior)
Tanque de tratamento para reutilização
da água da barragem de rejeitos (Foto: Ivo Júnior)
(Por Ivo Júnior) O acidente ocorrido na barragem de contenção de rejeitos da Mineradora Samarco em Mariana, que destruiu povoados e deixou diversas cidades do estado de Minas Gerais e também do Espírito Santo sem abastecimento de água potável, levantou uma questão que há muito tempo estava esquecida.  A questão de fiscalização e segurança nas barragens de mineradoras por todo o país.
No norte de Minas a situação não foi diferente. Como é do conhecimento de todos existe entre os municípios de Riacho dos Machados e Porteirinha a Mineradora denominada “Mineração Riacho dos Machados”, empresa subsidiária da empresa canadense Carpathian Gold que tem em seu ramo de atividade a extração de ouro. O fato da atividade mineraria gerar rejeitos é necessário que se faça uma barragem de contenção para o armazenamento dessa matéria que é descartada depois da separação do minério comercial. A barragem de rejeitos da MRDM está localizada as margens do Ribeirão Piranga que em seu curso natural deságua no rio Gorutuba próximo ao perímetro que ele encontra com o lago da represa do Bico da Pedra que abastece Janaúba e Nova Porteirinha; com isso criou-se um clima de medo sobre a população das duas cidades que passou a temer que algo parecido pudesse ocorrer também aqui na região e inviabilizasse além do consumo humano a economia dos dois municípios.
Diante da preocupação da população e também da falta de informações por parte da direção anterior da empresa, diversas vezes foi abordado à necessidade de se fazer uma visita as dependências da mineradora para averiguar o grau de risco que o empreendimento oferecia ao meio ambiente da região.
No último dia 26 de novembro foi montada uma comissão de vereadores da cidade de Janaúba liderados pelo vereador Adauri Cordeiro e alguns técnicos e estiveram visitando a mineradora para conhecer de perto a situação. Na visão dos vereadores e técnicos a barragem de rejeitos em questão é muito bem estruturada e não oferece risco a Janaúba e Nova Porteirinha.
Para acabar de vez com a preocupação da população, nesta quinta feira, 03 de Novembro, a reportagem da Rádio Onda Norte FM, representada pelo editor Ivo Júnior  em companhia do Repórter José Ambrósio Prates, da Rádio Torre FM, esteve realizando uma visita a mineradora e pode comprovar de perto que o empreendimento minerário conta com uma grande estrutura de segurança para evitar que acidentes como aconteceu em Mariana aconteça também aqui no norte de minas.

Entendendo o caso
Segundo explanação do Gerente de Minas da MRDM, Marcos Polo Dias Gomes, seguido de apresentação de slides e documentos, a barragem de rejeitos da Mineração Riacho dos Machados é altamente segura por ser construída no método de “Alteamento a Jusante”, diferente da barragem de Fundão em Mariana que usava o método de “Alteamento a Montante”
A barragem de rejeitos compreende uma área de 60 hectares e é toda impermeabilizada por material de extrema resistência, uma espécie de lona grossa que é sobreposta a uma camada de outro material espumoso de cerca de 5 cm de espessura. Ainda segundo Marco Polo, foram investidos em torno de 20 milhões apenas no sistema de impermeabilização do perímetro que recebe os rejeitos.
Na crista da represa existem alguns pontos denominados como “marcos” e outros dispositivos que são denominados de “piezômetros” que são utilizados para fazer o monitoramento. Os “marcos” são usados para verificar o movimento da massa do aterro da represa e os piezômetros (espécie de tubulação interna no barramento) são utilizados para verificação se existe presença de água internamente. A verificação é feita a cada quinze dias por técnicos da empresa. Além disso, segundo ele, anualmente técnicos da FEAM também realizam a fiscalização de rotina.
Como não existe outra fonte de água, para utilização na mineração naquela região, a água utilizada é a água captada da chuva. Portanto se tratando do semi-árido norte mineiro onde as chuvas são escassas, a água da barragem de rejeitos é decantada e reutilizada novamente na mina, o que representa uma recuperação de capacidade da barragem e a retirada do excesso de liquidez dos resíduos.
De acordo com o representante da mineradora a capacidade da barragem é de 8 milhões de metros cúbicos e opera atualmente com 2,8 milhões de metros cúbicos de rejeitos, tendo ainda disponível 5,2 milhões. “Em caso de precipitação pluviométrica, o lago tem a capacidade de suportar 4 mil milímetros de chuva”, afirma ele. Levando se em consideração que no Norte de Minas chove em média 800 milímetros anualmente essa é uma situação quase impossível. A capacidade é calculada em cima do período previsto de vida útil da barragem que é até 2018, período de exploração da mineradora na região. Podendo ser prolongado posteriormente com estudos de viabilidade técnica e econômica. A impressão que se tem é que em matéria de estrutura e monitoramento a barragem é segura do ponto de vista normal.
Passado essa fase de verificação a reportagem perguntou sobre o cianeto, produto que é utilizado na extração do ouro e é extremamente nocivo a saúde humana. A resposta do representante da mineradora foi enfática em dizer que os riscos são mínimos. Durante a averiguação in loco realizada pela reportagem, foi apresentado um conjunto de 10 tanques onde é feito a lixiviação, onde é feito a dissolução do ouro, depois o CIL (Carbon-in-Leach), processo onde o ouro se adere ao carvão ativado; e na seqüência a neutralização, processo para eliminação dos resíduos químicos, entre eles, o cianeto, para só depois ser descartado na barragem de rejeitos. A informação é que 95% do cianeto são neutralizados nesse processo, ainda segundo a mesma informação o cianeto é biodegradável reagente a luz solar, portanto os 5% restante e reinserido na atmosfera mediante evaporação.  
Quanto essa questão do Cianeto vale ressaltar que as informações foram repassadas pela empresa e que a reportagem não tem conhecimento na área química, sendo necessária uma consulta a pessoas com conhecimentos técnicos sobre o assunto.
Já a questão do risco de rompimento, que é uma estrutura física podendo ser vista a olho nu, pode se dizer que, a estrutura é muito bem feita, e monitorada, atendendo os padrões de segurança internacional de acordo com pesquisa realizada  pela reportagem na rede mundial de computadores. O método de construção de “Alteamento a Jusante” que é o método usado pela Mineração Riacho dos Machados é o mais seguro entre os três usados para construção de barragens de rejeitos no mundo e provavelmente passe a ser obrigatório a partir de agora no Brasil, devido as discussões e possível mudança na legislação ambiental brasileira, ocasionado pelo acidente que envolveu a mineradora Samarco, subsidiária da Vale do Rio Doce e da BHP Billiton que até então era considerada referência em mineração.
Vale ressaltar que a nova diretoria, deixa claro que a política da empresa a partir de agora será de estreitamento de laços com a sociedade norte mineira, em especial as cidades que estão ligadas diretamente a planta da mineradora, para que a vinda da mineração não seja encarada como um problema para a região.
A reportagem da Rádio Onda Norte FM, foi informada que além dos representantes da Câmara Municipal de Janaúba, estiveram visitando as dependências da empresa representantes da Câmara Municipal de Nova Porteirinha, da Câmara e prefeitura de Porteirinha e também de Riacho dos Machados, além de diversos órgãos de imprensa, também preocupados com os riscos que poderiam estar expostos em caso de um eventual rompimento da barragem de rejeitos da MRDM. Hipótese essa completamente descartada pela direção da empresa.
Alteamento a Jusante.

As duas imagens acima mostram a diferença das barragens
de Riacho dos Machados e de Mariana (Foto: Divulgação)
Alteamento a Montante.
Vista frontal do Maciço da barragem de rejeitos da MRDM (Foto: Ivo Júnior)

Vista parcial da barragem de rejeitos da Mineração
Riacho dos Machados-MRDM (Foto: Ivo Júnior)

Ivo Júnior (Rádio Onda Norte), Marco Pólo (MRDM-Carpathian Gold)
 e José Ambrósio (Rádio Torre) (Foto: Ivo Júnior) 

Matias Cardoso: Anfitrião da festa, prefeito Edmárcio também será homenageado no Dia dos Gerais

(Por Luís Cláudio Guedes) O prefeito de Matias Cardoso, Edmárcio Moura Leal, o Edmárcio da Sisan (PSC), está na lista das pessoas homenageadas durante a solenidade do Dia dos Gerais, na próxima terça-feira (8). Anfitrião da vez das autoridades que deverão comparecer à oitava transferência simbólica da capital do Estado para seu município, Edmárcio recebeu convite do cerimonial do Palácio Tiradentes para receber a medalha ‘Matias Cardoso’, premiação distribuída anualmente para personalidades com histórico de contribuição para o desenvolvimento cultural, econômico e social do Norte do Estado. Já as mulheres recebem a insígnia ‘Maria da Cruz’.
Não será a primeira vez que um prefeito é condecorado. O antecessor de Edmárcio no cargo, o ex-prefeito João Cordoval de Barros (PMDB) também recebeu a divisa, por indicação de comitê formado por integrantes da Amams (Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene), Unimontes (Universidade Estadual de Montes Claros), Sindicato dos Jornalistas de Montes Claros, Instituto do Patrimônio Histórico de Minas Gerais, governo estadual e Prefeitura de Matias Cardoso.
A provável participação do governador Fernando Pimentel na solenidade deve atrair, além das atenções de toda a região para Matias Cardoso, maior comparecimento dos homenageados para esta edição da festa. Ao contrário do ano passado, quando o clima de fim de feira do mando do PSDB em Minas acabou por esvaziar a festa do Dia dos Gerais.
Incluída no calendário das datas magnas do Estado, a cerimônia ainda não contou, desde sua criação, com a presença do governador do Estado – ao contrário do que acontece com a cerimônia similar de Mariana, onde acontece o Dia de Minas, onde o evento é celebrado com maior pompa e circunstância.

Homem é resgatado depois de cair em fossa de 5 metros em Januária

Resgate foi feito na noite da quinta (3)
(Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros)
(G1) Um homem, de 52 anos, foi resgatado de uma fossa pelo Corpo de Bombeiros, em Januária (MG), nesta quinta-feira (3). Familiares contaram que ele estava desaparecido desde a manhã do mesmo dia.
Segundo os Bombeiros, ele caiu de uma altura de cinco metros e reclamava de dores no braço. O homem foi resgatado com o uso de cordas, equipamentos de proteção individual. Após ser imobilizado, ele foi levado para um hospital da cidade.

Traficante do Alto do Rio Pardo é preso pela PM em Taiobeiras

Material apreendido com suspeito de traficar drogas
na região do Alto do Rio Pardo. (Foto: Divulgação/ PM)
(G1) A Polícia Militar de Taiobeiras cumpriu mandado e prendeu na tarde desta quinta-feira (3) Odino Barbosa dos Santos, mais conhecido como Dim. Segundo a polícia, ele estava na cidade disfarçado de trabalhador rural, mas atuava como fornecedor de drogas da região do Alto Rio Pardo.
O suspeito vinha sendo monitorado há aproximadamente dois meses. Segundo a PM, ele não era conhecido pelos policiais da região e seria natural de São Paulo. Após o juiz da comarca expedir mandado de prisão, os militares aguardaram o momento em que o suspeito estivesse com o material em casa. Dez militares participaram da ação que resultou na prisão.
Na casa do suspeito a PM apreendeu dois quilos de maconha, um quilo de crack e 200 gramas de cocaína. Também foram apreendidas três armas, sendo uma pistola, um revólver e uma espingarda. Duas caminhonetes, uma motocicleta, um caderno de anotações do tráfico, uma balança de precisão, R$ 6.600 em dinheiro, produtos eletrônicos, jóias e motores também foram apreendidos na casa do suspeito.
Após ser ouvido, o homem será encaminhado à delegacia de Taiobeiras.

Micro-ônibus escolar tomba e deixa 5 feridos na BR-365, em Montes Claros

Ônibus tombou e ocupou meia pista
(Foto: Divulgação / Polícia Rodoviária Federal)
(G1) Cinco pessoas ficaram feridas em acidente com um micro-ônibus escolar na BR-365, em Montes Claros (MG), nesta sexta-feira (4). Além do motorista, quatro pessoas estavam no veículo, com placa de São João da Lagoa (MG).
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o motorista perdeu o controle da direção, bateu em uma árvore e tombou na pista. As vítimas foram socorridas pelo Samu e levadas para um hospital de Montes Claros. O trânsito está fluindo normalmente.
Outro acidente com cinco feridos também foi registrado no Norte de Minas Gerais. Um carro capotou na MG-401, entre Janaúba e Jaíba nesta quinta (3).
De acordo com o Samu, entre as vítimas há duas crianças de sete anos. Elas foram socorridas e levadas para um hospital em Montes Claros (MG).

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

A qualidade de vida da população depende mais de prefeitos comprometidos do que de Brasília

Diretoria da ADSEG, SEBRAE e SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE TRÊS RIOS.

Com base nessa premissa, destacamos aqui o município de Três Rios (RJ), que, através de um modelo de gestão adequado, promove avanços extraordinários em todas as áreas de governo do município.

(Por Armênio Pereira) Três Rios, município do estado do Rio de Janeiro de 79.264 habitantes (estimativa IBGE/2015) cresce, disparado, acima da média nacional. Enquanto maioria esmagadora dos prefeitos brasileiros reclama (transfere responsabilidade) dos governos federal e estadual pela falta de dinheiro institucional, a cidade fluminense se agiganta, se reinvente e faz dinheiro dentro de seu próprio território.
A partir de um modelo de gestão que combate a burocracia, que prioriza a tecnicidade, que oferece incentivos fiscais, que prima pela eficiência do serviço público e se concentra no desenvolvimento econômico, observando um planejamento arrojado, porém, exequível, o município vem atraindo empresas de porte internacional e nacional e reforça o compromisso de empreender junto a sua própria população. De 2009 até agora, o governo do prefeito Vinícius Medeiros Farah conseguiu atrair para o seu município 193 indústrias de porte pequeno, médio e grande, dentre as quais a Nestlé. A GE, que já iniciou a sua instalação, será a de número 194 a tocar as engrenagens em terras trirrienses.
A administração encontrou – por vias legais, é bom que fique claro -, meios de incentivar a todos os empreendimentos, do empreendedor individual à multinacional, “estendemos tapete vermelho para Nestlé, estendemos tapete vermelho para o empreendedor individual”, pontua o prefeito, explicando que criou mecanismos por meio de um núcleo estratégico, composto por juristas, contabilistas, economistas, administradores e outros profissionais para viabilizar os negócios. “Se a empresa precisa de qualificar seus profissionais, nós oferecemos o suporte necessário. Ao empreendedor individual oferecemos guia de viabilidade para o seu negócio. Oferecemos incentivos fiscais para todos, e as compras do município quase que 100% são realizadas por fornecedores do município seja de produtos ou de serviços”, registra ele, óbvio, por vias legais, é bom que fique claro, neste caso, o prefeito faz valer a Lei Geral do Microempreendedor.
Outro ponto em que o governo trirriense não abre mão é a transparência. Para se ter ideia, além de todos os meios de informação e divulgação, a máquina municipal montou a sua casa de licitação em uma praça, e as paredes que dão para a rua são de vidro transparente, possibilitando a facilidade de acompanhamento por quem quer que seja. Do lado de fora da casa, tem um monitor tamanho gigante para facilitar ainda mais o acesso da população na hora de a prefeitura fazer compras.
É com o espírito empreendedor que o prefeito conseguiu fazer o seu município sair da receita de R$ 79 milhões de reais, no início de 2009 para R$ 340 milhões em 2015.
Antes que alguém questione, é bom que fique claro, o município de Três Rios até 2008 vivia o caos, autoestima da população em baixa, queda de receita, falta de emprego... era a terceira vez que o município quebrava.
Sem comparações, porém, o município de Três Rios até o final de 2008 se atolava em um saudosismo, embrenhando-se em um círculo vicioso. Notadamente, os discursos políticos giravam em recuperação de empreendimentos que já não eram mais viáveis, que já não eram mais um bom negócio para aquela cidade, nem para a população.
Para se ter ideia do caos, Três Rios foi personagem de um quadro do Fantástico (Rede Globo), que à época retratava as piores cidades do Brasil, e estava lá, em primeira mão, este município, naquela época, a chamada da matéria era assim: Três Rios, uma cidade onde nada acontece e o que tem está acabando.
Hoje, a cidade é tida como um bom lugar para se trabalhar e um bom lugar para se viver. Isso, claro, depois de ter sido implementado um círculo virtuoso. Porém, para tanto, foi preciso coragem, quebrar paradigmas, ousar e não fazer conchave com nenhuma instituição, com nenhum partido político, aliás, com ninguém.
Uma comitiva organizada pela Agência de Desenvolvimento da Serra Geral e o Sebrae/Janaúba, formada por empresários, representantes de prefeituras e pré-candidatos desta região foi ver de perto como funciona a administração do prefeito, Vinícius Medeiros Farah, que cresce sem parar, ganha prêmios regionais, nacionais e é modelo para várias partes do planeta. Não são poucos os convites de autoridades e instituições nacionais e estrangeiras, para que o prefeito mostre como é que ele conseguiu revolucionar e promover o seu município em tão pouco tempo. Também não são poucas as comitivas que chegam a Três Rios para conhecer o modelo de gestão trirriense. Somente este mês, o prefeito deu duas palestras na Europa e várias em território nacional sobre o seu modelo de gestão.
A comitiva da Serra Geral assistiu a várias palestras de secretários/técnicos da administração de Três Rios, além de uma abordagem de aproximadamente duas horas do prefeito, relatando como é que ele montou sua equipe e como é que é administrado o município. Não é um bicho de sete cabeças, mas tem mando, liderança, hierarquia, seriedade, disposição política, organização, planejamento e muita coragem com responsabilidade. Para se ter ideia, todos, todos conhecem e sabem o que acontece na administração, por exemplo, a secretária de promoção social domina a sua pasta e sabe muito sobre todas as outras secretarias, o secretário de desenvolvimento econômico sabe muito sobre a sua pasta e também sobre as outras secretarias, isso, além de ser denominada de comunicação interna se chama sintonia, comprometimento de equipe, envolvimento com o que se faz.
Por falar em comprometimento, agora com a intensificação da crise econômica, o governo municipal se movimentou e muito para diminuir os efeitos maléficos no município. O resultado, apresentado em gráficos por técnicos da prefeitura revelam que a crise brasileira é bem menor em Três Rios, isso é explicado pelo fato da diversificação de empreendimentos que foram instalados no município, sobretudo a consolidação do empreendimento individual.
Não por acaso, avaliado pela população, o prefeito chegou a uma aceitação de 85%.

Secretaria de Saúde investiga 11 casos de microcefalia em Minas

(G1) A Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou, nesta quinta-feira (3), que 11 casos de microcefalia são investigados em Minas Gerais. Trata-se de uma anomalia caracterizada por um crânio de tamanho menor que o a média. Os registros foram feitos desde o alerta emitido pelo Ministério da Saúde, no dia 11 de novembro. Ao todo, em 2015, 22 bebês nasceram com a malformação no estado.
Dos 11, apenas um caso, registrado na capital, teve a ligação com o zika vírus descartada até o momento. Mesmo assim, segundo a SES, ele permanece sob investigação para que a causa da microcefalia seja apontada. Os demais continuam sob suspeita de relação com o vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti.
“Nós não temos identificação de um surto de microcefalia em Minas Gerais, os 22 casos hoje registrados pela notificação ou pelo banco de sistema de nascidos vivos estão dentro da normalidade esperada para o ano em Minas Gerais”, disse o superintendente de Vigilância Epidemiológica do estado, Rodrigo Said.
Apesar de não existir, até o momento, a identificação da circulação do zika vírus em Minas Gerais, representantes do governo estadual e do município de Belo Horizonte alertam sobre a importância do combate ao Aedes aegypti que, além da dengue, transmite o zika e a chikungunya.
“O Ministério da Saúde está indicando realmente que a gestante utilize repelente, mas principalmente também que evite se expor ao mosquito”, aconselhou a gerente de Vigilância em Saúde e Informação da capital, Maria Tereza da Costa.


Microcefalia em Belo Horizonte
A Secretaria Municipal de Belo Horizonte informou que quatro bebês com microcefalia nasceram em maternidades da cidade e que a relação com o zika vírus foi descartada em um deles. Amostras de exames foram coletadas para investigação de várias doenças – inclusive o zika – e enviadas para a Fundação Ezequiel Dias (Funed) e para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Emergência por casos de microcefalia
Os governos de Pernambuco, Sergipe e Rio Grande do Norte decretaram emergência por causa do aumento de casos de microcefalia nos estados. Segundo o Ministério da Saúde, o estado de emergência em saúde pública garante que os serviços de saúde tratem a questão da microcefalia com prioridade. A investigação das possíveis causas do aumento é feita em conjunto por equipes do ministério e dos governos estaduais e municipais.

O que é microcefalia
A microcefalia é uma malformação em que o bebê nasce com o crânio do tamanho menor do que o normal. Para crianças que nasceram com nove meses de gestação, é considerada doença quando o perímetro da cabeça é menor do que 33 cm – o esperado é que bebês tenham pelo menos 34 cm.
A maior parte dos casos é causada por infecções adquiridas pela mãe, especialmente no primeiro trimestre da gravidez, que é quando o cérebro do bebê está sendo formado.
Toxoplasmose, rubéola e citomegalovírus são algumas doenças que causam a microcefalia. Outros possíveis causadores são abuso de álcool e drogas ilícitas na gestação e síndromes genéticas como o Down.
O Ministério da Saúde tornou compulsória a notificação de casos da malformação em todo território nacional, incluindo Minas Gerais.

Na BR-135, caminhão perde o freio, bate em carreta, sai da pista e tomba

Carga ficou espalhada depois que o caminhão tombou
(Foto: Divulgação / Polícia Rodoviária Federal)
(G1) Um caminhoneiro, de 24 anos, ficou ferido em um acidente na BR-365, em Montes Claros (MG). Ele ficou preso nas ferragens e foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e Samu.
O motorista contou para a Polícia Rodoviária Federal, que bateu na traseira de uma carreta, depois de perder o freio em uma descida. Após a colisão, o veículo saiu da pista e tombou.
O caminhoneiro transportava um material usado na fabricação de fibra e seguia do interior de São Paulo para a Bahia. Ele foi levado para um hospital. O outro condutor não teve ferimentos. O trânsito no local segue normalmente.

Homem de 43 anos é morto a pedradas em Araçuaí

(G1) A Polícia Militar encontrou o corpo de um homem de 43 anos na manhã desta quinta-feira (03) jogado na Praça Umbelino Dias Gusmão, no Centro de Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha.
De acordo com a PM, pessoas que passaram pelo local, viram o corpo e acionaram a polícia. O homem tinha várias marcas nas pernas, braços e tórax. Após a chegada dos militares e da perícia ficou confirmado que a vítima teria sido morta a pedradas.
A polícia não tem suspeitos e nem sabe a motivação do crime. O corpo foi encaminhado para o IML de Teófilo Otoni.

Carro de PM fica destruído após incêndio na MG-188, em Paracatu

Carro do policial militar ficou destruído
(G1) O carro de um policial ficou totalmente destruído depois de um incêndio na MG-188, em Paracatu (MG). O militar, que trabalha em Unaí (MG), parou na rodovia após o veículo apresentar um problema. Enquanto tentava fazer uma ligação, ele foi abordado por dois homens, que queriam assaltá-lo.
Segundo a Polícia Militar, os criminosos atiraram e o PM revidou. Em seguida, ele correu e se escondeu em um matagal, de onde viu as chamas no carro. Não há confirmação se o fogo foi colocado pelos assaltantes. O veículo, que tinha seguro, ficou totalmente destruído.
O militar não ficou ferido e a não há informações se os assaltantes foram baleados, já que eles fugiram e ainda não foram encontrados.

Em Janaúba, menor é baleado, mas recusa atendimento médico

(G1) Um adolescente, de 16 anos, foi baleado na região lombar, no Residencial Dona Lindu, em Janaúba (MG), nesta quarta-feira (2). Segundo a Polícia Militar, mesmo depois de ser atingido, o menor recusou atendimento médico.
O jovem contou para a PM que estava em frente de casa, quando dois homens chegaram em uma moto. O garupa desceu e atirou cinco vezes. Eles fugiram em direção ao trevo do balneário Bico da Pedra.
A motivação do crime é desconhecida e os dois homens ainda não foram localizados.

Suspeitos de matar dona de bar em Padre Carvalho são presos em Salinas

Suspeitos foram presos no centro da cidade
(G1) Dois homens foram presos durante uma operação conjunta das polícias Civil e Militar na tarde desta quarta-feira (2) em Salinas, Norte de Minas. Eles são suspeitos de matar uma mulher, de 34 anos, em Padre Carvalho, na segunda-feira (30).
A vítima era Maria Neli Guimarães, dona de um bar que fica na Rua Lourenço Alves, no Centro de Padre Carvalho. De acordo com informações da PM, ela tentou intervir quando os dois suspeitos invadiram o estabelecimento com o intuito de matar um cliente, mas foi atingida por cinco facadas; dois nas costas, dois no peito e um no braço. Um cliente do bar tentou ajudar e também foi atingido com uma facada. O homem alvo dos criminosos conseguiu fugir.
De acordo com a PM, a polícia obteve informações que os suspeitos haviam fugido para a cidade de Salinas. A Justiça expediu um mandado de prisão e Valdemar Pereira Gomes, de 29 anos, e Milton Pereira Gomes, de 32, foram encontrados e presos no centro da cidade.
Os dois foram encaminhados à delegacia e depois para a cadeia pública da cidade.

Pique de energia provoca a morte de 10 toneladas de peixes em Salinas

Aparelho responsável pela oxigenação dos peixes nas gaiolas
queimou com os piques de energia
 (Foto: Hedi Wagner Barbosa / VC no G1)
(G1) Um pique de energia provocou a morte de 10 toneladas de peixes em uma fazenda em Salinas, Norte de Minas. De acordo com Ronne Arley Oliveira Couto, filho do dono da fazenda, o prejuízo estimado até o momento é de R$ 120 mil.
O fato aconteceu na última sexta-feira (27). Os piques de energia, segundo Couto, provocou a queima de um aparelho que fornece a oxigenação aos peixes e, consequentemente, as mortes.
Até esta quarta-feira (2) os funcionários do local ainda não conseguiram fazer toda a limpeza das gaiolas onde ficavam os peixes. “Foram oito pessoas somente para jogar fora os peixes. Hoje ainda trabalhamos na limpeza e recuperação das gaiolas”, afirma Couto.
A família trabalha com a produção de peixes há cerca de dois anos. A produção, segundo Couto, era de 700 kg por mês, com uma renda em torno de R$ 13 mil. Ele afirma que a família vai exigir na Justiça que a Cemig faça o ressarcimento das perdas. “Procuramos um advogado e nesta quarta-feira já encaminhamos o caso à Justiça” afirma.
“Para conseguir vender um quilo de peixe agora temos que esperar sete meses, pois não sobrou nada”, lamenta.
A assessoria de comunicação da Cemig em Montes Claros informou que entrou em contato com o cliente e solicitou que o mesmo procurasse a Companhia e solicitasse o ressarcimento de danos causados por interrupção de energia em sua propriedade.
De acordo com a assessoria, a Cemig aguarda a abertura do protocolo para fazer a análise e tomar as providências necessárias.

Mulher, de 28 anos, é estuprada na zona rural de Nova Porteirinha

(G1) Uma mulher, de 28 anos, foi estuprada em Nova Porteirinha (MG), nesta terça-feira (1º). O abuso ocorreu na ponte que liga Vila Nova dos Poções a Paraguassu.
Já no hospital, a vítima disse para a Polícia Militar que estava de moto, quando foi abordada por um homem. Ele aparentava estar armado, roubou o celular dela e a obrigou a ir para um matagal, onde cometeu o estupro.
Os policiais receberam denúncias de que o criminoso estava escondido em Vila Nova dos Poções. Ele foi localizado durante as buscas, perto de casa. No quintal do imóvel foram encontrados, embaixo de algumas telhas, o celular da mulher e uma réplica de arma.
Quando a PM chegou no local, populares estavam se preparando para linchar o suspeito. Ele foi reconhecido pela vítima. O homem, de 31 anos, foi preso e levado para a delegacia.

Em Jaíba homem de 27 anos é assassinado com quatro tiros

(G1) Um homem de 27 anos foi morto a tiros nesta quarta-feira (2), no Bairro Bandeirantes, em Jaíba (MG). Segundo as informações da Polícia Militar, ele foi atingido por quatro disparos, no abdome, costas, nádega e perna. Ele tinha várias passagens pela polícia, entre elas, tráfico de drogas e homicídio.
Ainda de acordo com a PM, o homem estava andando por uma rua do bairro, quando os criminosos chegaram de carro e atiraram nele. Depois do crime eles fugiram e ainda estão sendo procurados.
A polícia suspeita que o crime possa ser uma represália a um homicídio ocorrido no fim de semana em Janaúba (MG), a vítima era da mesma facção do suspeito desse assassinato.

Em Janaúba PC prende 4 pessoas e apreende mais de 7 kg de maconha

Droga apreendida estava dentro de casa alugada por traficante
(G1) A Polícia Civil realizou nesta quarta-feira (3), em Janaúba (MG), a operação “Galo Branco”, com o objetivo de desarticular um grupo criminoso que traficava drogas na cidade. Quatro pessoas foram presas e três são consideradas foragidas, entre elas o líder da quadrilha. Sete quilos de maconha foram apreendidos.
“A quadrilha focava na venda de crack, cocaína e maconha, mas também comercializava LSD e ecstasy, essas duas últimas substâncias eram vendidas em eventos fechados, temos registro de que foram inclusive vendidas em uma festa em Montes Claros (MG). O público deles era formado por pessoas de classe média alta”, explica a delegada regional Gessiane Soares.
O nome da operação faz referência a expressão criada pelo grupo criminoso para identificar a cocaína, apelidada de Galo Branco. Segundo a PC, o líder do grupo, que tem passagens por tráfico de drogas e assalto, estava cumprindo prisão domiciliar. A delegada Gessiane Soares destaca que as encomendas eram feitas para ele, mas a entrega era realizada por outras pessoas, entre elas, a namorado dele, de 16 anos.
“A droga apreendida estava guardada em uma casa alugada pelo líder do grupo. Para dificultar o trabalho da polícia, ele deixava na frente do imóvel uma placa de aluga-se, para que as pessoas entendessem que a residência estava vazia”, fala a delegada.
Os presos podem responder por tráfico de drogas e associação para o tráfico. O líder da quadrilha pode também ser punido por corrupção de menores, já que usava adolescentes para vender as drogas.
“Ações como esta aumentam a sensação de segurança para a população. Além disto, o tráfico tem arrasado famílias e está diretamente relacionado a outros crimes, a maioria dos 44 homicídios registrados na cidade, tem ligação com as drogas”, finaliza Gessiane Soares.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

PIMENTEL INAUGURA AEROPORTO EM JANUÁRIA

Governador também lança na sexta-feira programa de distribuição de sementes e medidas de combate à seca 
(Por Luís Cláudio Guedes) O governador de Minas, Fernando Pimentel, deve visitar o Norte de Minas duas vezes ao longo da próxima semana. Na sexta-feira (4), ele cumpre extensa agenda em Januária, onde o prefeito é o também petista Manoel Jorge de Castro. Pimentel vai inaugurar a reforma e modernização do Aeroporto Municipal de Januária, obra com custo avaliado em R$ 8 milhões para melhorias na pista de pouso e decolagem, com 1,5 quilômetro de extensão, balizamento e iluminação. Está será a quarta vez que Pimentel visita a região após sua posse em janeiro deste ano. 
Já na terça-feira da próxima semana (8/12), o governador deve retornar ao norte-mineiro para participar das solenidades em comemoração ao Dia dos Gerais, data prevista no calendário oficial do Estado em que se transfere, em ato simbólico, o comando governo estadual para a cidade de Matias Cardoso pelo prazo de 24 horas.
Ainda em Januária, Pimentel participa, ao lado do secretário Paulo Guedes, do lançamento de programas da Secretária de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas para distribuição de 80 mil quilos de sementes aos pequenos produtores dos municípios da área de atuação da pasta, além de medidas emergenciais para combate à estiagem.

Copasa mantém Distrito em São Francisco

O município de São Francisco continuará a contar com os serviços do Distrito da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa). A confirmação foi dada nesta terça-feira (1/12) pela presidente da Companhia, Sinara Meirelles, ao secretário de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais, Paulo Guedes, e ao prefeito Luiz Rocha. A definição é uma resposta às reivindicações que vinham sendo feitas desde que foi ventilada a possibilidade de fechamento da unidade em São Francisco.
Nessa segunda-feira, Sinara Meirelles esteve na sede da Sedinor para tratar sobre o assunto, numa reunião que contou também com a participação do diretor-geral do Idene, Ricardo Campos, do deputado federal Gabriel Guimarães, do assessor parlamentar Paulo Miguel, e dos prefeitos Manoel Jorge (Januária) e Kinca Dias (Salinas). No último dia 17, uma comitiva da região já havia se reunido na sede da Copasa, também em Belo Horizonte, com o mesmo objetivo.
O Distrito da Copasa em São Francisco atua em 15 cidades da região e é responsável pela manutenção de todos os sistemas de abastecimento de água nessas localidades. Segundo o secretário Paulo Guedes, a região Norte de Minas Gerais compõe o maior território do estado, com cerca de 90 municípios, o que demanda uma estrutura de serviços ainda maior. “Por estarem mais próximos da comunidade, os distritos conseguem levar um serviço de melhor qualidade e de grande relevância social aos moradores”, afirmou.
Para o prefeito Luiz Rocha, a possível desativação do Distrito, que seria feita em função de sua transferência para outra localidade, poderia gerar diversos prejuízos para a população. “Hoje recebemos uma ótima notícia! A permanência da Copasa em nosso município, continuando com toda a assistência necessária aos moradores da região”, disse.

Outras reivindicações
Na reunião dessa segunda-feira também foram discutidas demandas dos municípios de Januária e Salinas. O prefeito de Januária, Manoel Jorge, apresentou a necessidade de renovação da concessão para prestação de serviços de saneamento básico no município. Já o prefeito de Salinas, Kinca Dias, solicitou que o Distrito, com sede na cidade, continue respondendo à superintendência operacional de Montes Claros, uma vez que esta passaria a ser vinculada à unidade de Teófilo Otoni.


Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais - Sedinor
Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais - IDENE

Criminalidade toma conta de Janaúba neste primeiro dia de dezembro

(Por Ivo Júnior) A cidade de Janaúba viveu nesta terça-feira(1) um dia de cidade sem lei, por volta da 15 horas a população foi surpreendida com a notícia que um professor havia sido baleado em pleno exercício do dever na Escola Estadual Barão do Gorutuba. Segundo a Polícia Militar (PM), três homens invadiram a instituição, no Bairro Padre Eustáquio, com o intuito de matar um adolescente, e efetuaram dois disparos. Um dos tiros acertou o professor Renato Vasconcelos, mais conhecido como “Akim”. Ele foi socorrido e encaminhado para o hospital Regional de Janaúba. O professor foi atingido de raspão na cabeça e não corre risco de morte. O adolescente, alvo dos bandidos, não foi atingido. A PM afirmou que durante rastreamento dois dos envolvidos no crime foram detidos no Bairro Veredas.
Durante rastreamento da polícia militar na tentativa de prender os envolvidos, a reportagem da Rádio Onda Norte que acompanhava a ação, se deparou com uma unidade do Samu no Residencial Clarita parado em frente a uma residência, onde também se encontrava uma moto patrulha da Policia Militar. Na seqüência chegaram outras viaturas e acompanharam o Samu até o Hospital regional. Após buscar algumas informações a reportagem foi informada que houve uma tentativa de homicídio, porém, sem maiores informações se havia ligação com o outro caso.
Se não bastasse essa tarde turbulenta, no início da noite a população foi mais uma vez surpreendida com a notícia de uma mulher que foi encontrada na Praça do Cristo Redentor, região central de Janaúba, apenas de lingerie, com as roupas rasgadas, alegando que havia sido estuprada na travessia da linha férrea, inclusive com relatos de pessoas que passaram pelo local e vira o atendimento à vítima. Na seqüência, mais um relato de estupro, segundo informações, repassadas via redes e depois confirmadas, que uma professora da rede municipal, foi violentada sexualmente por um criminoso no distrito de Vila Nova dos Poções. A cidade que já foi sinônimo de tranqüilidade, cada dia mais enclausura seus cidadãos que estão a mercê da criminalidade. A população espera que as autoridades devolvam a cidade a quem de fato a merece.

Em Janaúba, professor baleado no portão de escola continua internado

(G1) O professor de Educação Física, de 33 anos, que foi baleado de raspão na cabeça, quando estava no portão da Escola Estadual Barão do Gorutuba, em Janaúba (MG), continua internado. O hospital confirmou a informação, mas não deu detalhes sobre o estado de saúde de Renato Vasconcelos. A mãe dele afirmou para o G1 que o filho está consciente, passou por exames e deve deixar a unidade de saúde nos próximos dias.
A primeira informação da PM era de que o professor havia sido atingido dentro da escola, mas segundo a diretora da instituição, Ivonilde Gusmão, os tiros foram dados da rua e o professor estava no portão. Renato Vasconcelos estava dispensando os alunos quando foi baleado. Depois de ser atingido, ele conseguiu ir até a secretaria, onde pediu socorro. O irmão dele, que também é professor na instituição, o levou para o hospital.
Segundo as informações da Polícia Militar, o tiro foi dado por dois menores, de 16 e 17 anos, que foram apreendidos nesta terça-feira (1º). O alvo deles, de acordo com a PM, era um aluno da instituição, de 13. Os menores foram apreendidos e levados para a delegacia, eles serão encaminhados para o Ministério Público nesta quarta (2).
A diretora da instituição confirmou que as aulas foram mantidas na terça e na quarta. Cerca de 600 alunos estão matriculados nos turnos da manhã e tarde. “Foi um caso isolado, nunca havíamos registrado uma situação deste tipo. Infelizmente, a violência é um problema geral”, destacou Ivonilde Gusmão.
A diretora disse ainda que a escola conta com o monitoramento constante da patrulha escolar e afirmou também que não teve confirmação se o alvo dos menores era o estudante de 13 anos.

Homem é preso com mercadorias sem nota fiscal na BR-251, em Unaí

Mercadorias estavam dentro de carro com placa de Unaí
(MG) (Foto: Divulgação / Polícia Militar)
(G1) Um homem, de 44 anos, foi preso a 20 quilômetros de Unaí (MG) transportando cigarros e produtos sem nota fiscal. Segundo as informações da Polícia Militar, ele demonstrou nervosismo ao ser abordado durante uma fiscalização na BR-251.
Na abordagem, os militares encontraram mil maços de cigarros, lanternas, pen drives, cartões de memória, celulares, máquinas de barbear e cortar cabelo, termômetros, escovas dentais e guarda-chuvas.
A PM informou que o carro utilizado para transportar as mercadorias foi apreendido, já que não estava com a documentação regularizada. O motorista foi encaminhado para a delegacia, junto com o material apreendido.

MPF move ação contra Ruy e Raquel Muniz por improbidade administrativa

(G1) O Ministério Público Federal divulgou nesta terça-feira (1º) que entrou com uma ação de improbidade administrativa contra o prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz, e contra a deputada federal, Raquel Muniz. Segundo o MPF, “eles são acusados de utilizar suas respectivas funções públicas em prol de interesses econômicos privados, por meio da prática de advocacia administrativa perante a Receita Federal”.
Na ação, o MPF aponta que os dois visavam favorecer seu grupo empresarial, que atua na área da saúde e educação, após terem comprado equipamentos em uma empresa da Alemanha. Porém, segundo o MPF, “para se esquivarem do pagamento de tributos de importação” o prefeito e a deputada usaram o nome da Associação Mantenedora de Estabelecimentos Escolares, Promoção e Ação Social [Amas], entidade ligada à Prefeitura de Montes Claros.
Ao chegarem ao Porto de Santos (SP) os equipamentos foram apreendidos pela Receita Federal. Segundo a ação, foi constatada "a ausência de capacidade financeira da AMAS para o processo de importação”.
O MPF acusa Ruy e Raquel Muniz de tentarem endossar as mercadorias da AMAS para a Soebras para conseguir a liberação das mercadorias, mas o pedido foi negado pela Receita Federal. A denúncia aponta também que o prefeito se reuniu com o delegado da Receita Federal em Montes Claros, para tentar a liberação dos equipamentos, mas, o delegado também negou a liberação.
Por isso, segundo o MPF, "os requeridos passaram a se valer explícita e publicamente do peso, da influência e do prestígio dos seus altos cargos públicos – prefeito de uma grande cidade e uma deputada Federal – para pressionar, intimidar e violar competências legais de auditores-fiscais da Receita Federal”.
A denúncia acusa a deputada Raquel Muniz de procurar o secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, em Brasília/DF. Ela teria afirmando que queria tratar de assuntos público-regional, mas "visava apenas aos seus próprios interesses econômicos e à liberação de uma importação permeada de fraudes”.
Ruy Muniz é acusado também na ação de tentar, junto à cúpula da Receita Federal, substituir o responsável pela fiscalização. Segundo o MPF, a motivação seria porque o delegado da Receita Federal em Montes Claros "não se vergara às suas pressões para satisfação de interesses privados".
Em nota, a assessoria de comunicação da prefeitura afirmou que o jurídico analisou a denúncia e concluiu que o processo não envolve o município, e sim as pessoas físicas de Ruy Muniz e Raquel Muniz.
A assessoria de comunicação da deputada Raquel Muniz afirmou que nem ela [Raquel] e nem Ruy Muniz foram notificados, e ficaram sabendo da denúncia pela imprensa. Segundo a assessoria, os equipamentos apreendidos foram comprados "para equipar o CTI e a maternidade do Hospital das Clínicas Mário Ribeiro da Silveira, construído para ser 100% SUS".

Em Coração de Jesus, rapaz é preso traficando em frente a prefeitura

(G1) Um rapaz, de 18 anos, foi detido quando traficava drogas na frente da Prefeitura de Coração de Jesus (MG), nesta terça-feira (1º). A prisão foi feita depois que a Polícia Militar recebeu denúncias anônimas de que ele estava vendendo os entorpecentes no local.
Com o jovem, os policiais apreenderam um tablete de maconha e dinheiro. Na casa dele foram encontrados vários sacos plásticos usados para embalar drogas.
Após denúncias anônimas, a PM também prendeu outros envolvidos por tráfico de drogas. Em Montes Claros (MG), um rapaz, de 20 anos, foi detido enquanto traficava na Vila Sion. Ao perceber que iria ser abordado, ele tentou fugir, mas foi contido. Com ele, os PMs encontraram 10 pedras de crack e uma bucha de maconha.
Já na Vila Telma, um homem de 38 anos, que tem várias passagens pela polícia, também tentou fugir ao perceber a chegada de uma equipe da PM. Com ele foram apreendidas uma pedra de crack, um revólver e dinheiro.
Em São Francisco (MG), um rapaz, de 23 anos, foi preso com 30 invólucros de maconha. Ele disse que comprou a droga em Goiás para revender na cidade.
Policiais militares apreenderam 11 papelotes de cocaína, um celular e R$ 260 com um homem, de 38 anos, em Espinosa (MG). Ele foi abordado na Rua Raimundo Tolentino, no Bairro Alto São João.
Os envolvidos nas ocorrências foram levados para as delegacias de Janaúba, Januária e Montes Claros, junto com os materiais apreendidos.

Em Janaúba homem de 33 anos leva tiro de espingarda no peito

Um homem, de 33 anos, foi baleado nesta terça-feira (1º), no Residencial Clarita, em Janaúba (MG). O suspeito da tentativa de homicídio, de 25, ainda está sendo procurado.
Segundo as informações da Polícia Militar, o crime aconteceu na Rua D. A vítima foi socorrida pelo Samu e levada até um hospital, onde o médico constatou um ferimento no peito.
Ainda de acordo com a PM, a motivação do crime é desconhecida. O criminoso usou uma espingarda polveira para ferir o homem.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: G1

Professor é baleado dentro de escola estadual em Janaúba

(G1) Um professor foi baleado na tarde desta terça-feira (1º) dentro da escola estadual Barão de Gorutuba em Janaúba. Segundo a Polícia Militar, três homens invadiram a instituição, no Bairro Padre Eustáquio, com o intuito de matar um adolescente, e efetuaram dois disparos.
Um dos tiros acertou o professor Renato Vasconcelos. Ele foi socorrido e encaminhado a um hospital da cidade. A unidade hospitalar afirmou que o professor foi atingido de raspão, e ele passa por exames. O adolescente, alvo dos bandidos, não foi atingido.
A PM afirmou que durante rastreamento dois dos envolvidos no crime foram presos no Bairro Veredas. Militares ainda realizam buscas para tentar localizar o outro envolvido.

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Ruy Muniz proibirá carroceiro de trabalhar em Montes Claros

O carroceiro Paulo Roberto dos Santos teme perder fonte de renda
(Por Luis Carlos Gusmão) Os carroceiros serão extintos em Montes Claros e proibidos de circular pelas vias urbanas, conforme decisão anunciada pelo prefeito Ruy Muniz, durante a audiência da CPI de Maus Tratos de Animais da Câmara dos Deputados, realizada ontem de manhã no auditório da Câmara Municipal. Ele explica que, atualmente, cinco mil carroceiros atuam na cidade, sendo muitos deles com dupla função, pois são servidores públicos e militares. Muniz pediu apoio dos vereadores que compõem a “Bancada Largatixa” para aprovar o projeto, pois alega que não teme os danos eleitorais da sua decisão. A sua decisão provocou reações, com a promotora de meio ambiente, Aluízia Beraldo Rodrigues, pedindo equilíbrio e o professor da UFMG sugerindo outras opções.
O que surpreendeu foi a postura do prefeito para impressionar o deputado Ricardo Izar, único parlamentar visitante: antes da reunião ele se reuniu com o deputado Ricardo Izar, da CPI de Maus Tratos Animais e com a promotora Aluízia Beraldo, quando discutiu a construção da Clínica Veterinária em Montes Claros e mostrou que isso era um verdadeiro presente de grego para Montes Claros, pois gastará R$ 70 mil para fazer a construção e R$ 600 mil por ano para custear a clínica. Porém, no discurso aberto, homologou a licitação da obra e, ainda, a contratação de duas clínicas particulares por R$ 1 milhão para castrar quatro mil cachorros, ao custo de R$ 250 cada.
Com o anúncio do fim dos carroceiros, Ruy Muniz compra mais uma briga. No ano de 2013 ele bateu boca com os lavadores de carro na praça da Matriz. Depois brigou com entidades de classes, por causa, da iluminação natalina. Ampliou ao atacar a Maçonaria, médicos, dirigentes de hospitais e mais recentemente o Ministério Público e Polícia Federal. No caso dos carroceiros, em 2013 mandou emplacar todas as carroças, em medida que não deu efeito. Muniz, ainda, alega que até agora os carroceiros não foram impedidos de circular pelas ruas da cidade por serem fortes e os políticos temerem o impacto eleitoral. Os vereadores da “Bancada da Largatixa” que estavam no recinto balançavam a cabeça, concordando com o prefeito.
A promotora de justiça, Aluízia Beraldo Ribeiro, entende que todo projeto deve buscar o equilíbrio, dando uma cutucada no prefeito. Ela salienta que a Curadoria do Meio Ambiente se preocupa com os oito mil cães e gatos que estão abandonados nas ruas da cidade, e que uma das soluções é o controle populacional. Salientou o avanço na lei municipal, pois, antes de 2014 permitia a eutanásia de animais apreendidos que estivessem com boa saúde. No caso dos maus tratos, ela lembra que, realmente, os carroceiros são causadores dos maiores problemas, mas, existe necessidade de equilíbrio e com muitas outras opções. Também falou sobre as rinhas de galo.
O professor Délio Rocha, da UFMG, lamenta que o prefeito Ruy Muniz tenha buscado a radicalização, pois, afirma que os cinco mil carroceiros sustentam 25 mil pessoas com sua profissão e se perderem essa fonte de renda, criarão impacto social. Ele ofereceu uma opção há vários meses, mas sem a Prefeitura se manifestar: criar os “carros de lata”, com bateria de oito horas de duração, nos moldes dos existentes em Cascavel e Foz do Iguaçu, no Paraná.
O carroceiro Paulo Roberto dos Santos, de 57 anos, ao tomar conhecimento da iniciativa do prefeito, foi enfático “não tenho como sustentar minha família, formada por oito pessoas”, ele vive da carroça nos últimos 30 anos, depois de sair da profissão de servente de pedreiro. Residente na Vila Mauricéia, ele entende que essa iniciativa empurrará muitas pessoas para a criminalidade. Garante que não maltrata seu animal, pois depende dele para sobreviver. Cita que cobra R$ 15 a R$20 por carreto, tirando uma média de R$ 40 por dia.

Rapaz de 23 anos é preso com 1,5 kg de crack em Montes Claros

PM recebeu denúncia de que rapaz
guardava armas e drogas em casa
(G1) Um rapaz, de 23 anos, foi preso com crack, cocaína e buchas de maconha no Bairro São Geraldo, em Montes Claros (MG), nesta segunda-feira (30).
A Polícia Militar foi até a casa dele, na Rua Catanduva, depois de receber denúncias de que ele estava guardando armas e drogas. No local, os PMs apreenderam 1,5 quilos de crack, 200 gramas de cocaína e cinco buchas de maconha, além de material para embalar drogas.
O rapaz foi levado para a delegacia junto com o material apreendido.

Unimontes Janaúba: Prevenção de acidentes em barragem será tema de debate

A contaminação do solo e a prevenção dos danos causados pelo rompimento de barragens, como aconteceu recentemente em Mariana, serão discutidas por um especialista no assunto nesta terça-feira, 1º de dezembro, no campus da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), na cidade de Janaúba. O professor Luiz Antônio Lima, do Departamento de Engenharia Agrícola da Universidade Federal de Lavras (Ufla), profere a palestra “Drenagem do Excesso de Água de Meios Porosos para Prevenção de Rompimento de Barragens, Encharcamento e Salinização do Solo".
O evento está marcado para às 16 horas, no auditório do campus, com participação aberta a professores, pesquisadores, estudantes, profissionais de áreas afins e integrantes da comunidade. A entrada é gratuita. A palestra está inserida nas atividades da disciplina “Recursos Hídricos e Ambientais.
Coordenador da disciplina, o professor Silvânio Rodrigues dos Santos – do curso de Agronomia – destaca que o debate acontece num momento em que as medidas de prevenção do rompimento de barragens são altamente discutidas, tendo em vista o acidente ocorrido em 5 de novembro último, numa barragem de rejeitos de minério em Mariana.
A chamada “tragédia de Mariana” provocou sérios danos ambientais, incluindo a contaminação do solo às margens do Rio Doce, que poderá comprometer a produção agrícola, tornando áreas inférteis. De acordo com especialistas, os impactos ao meio ambiente poderão demorar décadas para serem reparados.
“A questão também desperta muita atenção em Janaúba, pois, na mesma região – município de Riacho dos Machados –, existe uma barragem de rejeitos de uma mineradora de ouro, pertencente a uma multinacional”, explica. Isto, segundo ele, também preocupa os moradores.
“O nosso objetivo é que a comunidade possa participar da palestra do professor Antônio Lima e venha se informar melhor sobre as medidas preventivas do rompimento de barragens”, afirma Silvânio Rodrigues. 


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: Ascom/Unimontes

Em Montes Claros, 2 assaltantes são mortos quando tentavam assaltar militar de folga

Dois assaltantes, de 16 e 19 anos, foram mortos depois de tentarem assaltar um policial militar, que estava de folga e esperava na fila de uma lanchonete, no Bairro Melo, em Montes Claros (MG), nesta segunda-feira (30).
Segundo as informações de testemunhas, eles chegaram e abordaram o PM, anunciando o roubo. Enquanto um colocou uma arma no peito do militar, o outro permaneceu atrás dele, eles ainda arrancaram a corrente de ouro do policial, que se identificou e disparou contra o adolescente.
Ainda de acordo com as testemunhas, o comparsa do menor disparou contra o PM e correu em direção a Rua Marechal Rondon, onde a noiva do militar estava dentro de um carro. O policial correu atrás do assaltante e eles trocaram tiros.
O rapaz, de 19 anos, morreu no local. Ele tem passagens por roubo e por usar veículo furtado. Já o outro envolvido, foi socorrido pelo Samu e morreu a caminho do hospital. A arma do PM foi recolhida e a usada no crime também foi apreendida.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: G1

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Dona de bar é morta ao evitar assassinato de cliente no Norte de MG

(G1) Uma mulher, de 34 anos, foi assassinada na tarde desta segunda-feira (30) em Padre Carvalho, Norte de Minas. Segundo a Polícia Militar, o crime foi em um bar, que fica na Rua Lourenço Alves, no Centro da cidade.
Ainda segundo a PM, dois homens armados, com uma cartucheira e uma faca, chegaram ao bar para matar um homem que estava no local. A dona do estabelecimento tentou intervir e foi esfaqueada por um dos autores. Ela foi atingida com duas facadas nas costas, duas no peito, e uma no braço direito. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu no local.
Um cliente do bar também tentou ajudar e também foi atingido com uma facada. O homem alvo dos criminosos conseguiu fugir.
Os autores do crime fugiram e ainda não foram localizados.

Para tudo, tudo parado 2ª parte Prefeitura de Janaúba: Pavimentação asfáltica só nas placas

 



 
Na seqüência das mazelas da administração japonesa que governa Janaúba, agora vamos abordar as placas de obras que estão “enfeitando” nossa cidade, já que as obras com datas e prazos só podem ser visualizadas nas ditas cujas. Quer exemplos? Vamos para o bairro Veredas em Janaúba, que recebeu uma emenda via Ministério das Cidades de R$419.612,00 para pavimentação asfáltica, e que o prazo para término da obra seria 02/12/2014, e nas imagens que ilustram nossa reportagem fica claro que há somente terra e nas chuvas muita lama para servir de tapete para os moradores e transeuntes circularem pelo bairro. Recursos voltando, obras inacabadas e que nem sequer começaram são a marca registrada desta atual administração. Como poderíamos classificá-la? Incompetente, inerte ou atrasada? São as interrogações que prevalecem em nossa reportagem que também fazem parte do imaginário janaubense quando olha para a Praça Dr. Rockert, no tratante prefeitura municipal de Janaúba tudo e mais um pouco pode se esperar, mas infelizmente esperar somente o pior.

Um prefeito que não tem controle da situação, e nem sabe onde ir. E aí Janaúba?


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Faturamento dos supermercados em Minas cresce 2,74% em outubro, diz Amis

(Hoje em Dia) O faturamento dos supermercados de Minas Gerais continuou apresentando resultado positivo na comparação anual. Em outubro, houve alta de 2,74% ante o mesmo mês de 2014. Com relação a setembro, a receita bruta do setor em Minas avançou 6,53%. Nos dez primeiros meses do ano, a alta é de 0,95%. Os dados, deflacionados pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), são do Termômetro de Vendas, pesquisa mensal da Associação Mineira de Supermercados (Amis) com empresas de todo o Estado.
Conforme a Amis, em nota, os supermercadistas avaliaram que o bom resultado do período é decorrente de ações, como promoções e campanhas de vendas. "Leva-se em conta também o efeito do calendário, já que são 31 dias em outubro contra 30 em setembro. Além disso, foram cinco finais de semana contra quatro no mês anterior", explicou a entidade.
O desempenho dos estabelecimentos mineiros também continuou sendo melhor que a média nacional na comparação anual. Conforme dados divulgados hoje pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras), em outubro deste ano, ante o mesmo período do ano passado, houve queda real de 1,56%. Na comparação com setembro, as vendas no País aumentaram 8,89% e, em dez meses, a queda real é de 1,02%.


Desempenho regional
Na análise por região, em outubro ante setembro, a maior alta foi registrada nas lojas localizadas no entorno do Vale do Rio Doce/Mucuri/Jequitinhonha (9,09%), seguida das do Sul (8,58%); Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba (8,46%); região Central (6,77%); Norte e Noroeste (6,54%); Zona da Mata (5,56%); e Centro-Oeste (5,38%).

Porteirinha recebe audiência pública para debater a regularização de terras devolutas no meio rural

O Governo de Minas Gerais inicia nova fase de audiências públicas para debater a retomada do programa de regularização fundiária rural, sob responsabilidade da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário (Seda). A reunião em Porteirinha será realizada nesta terça-feira, 01/12. No Norte de Minas, haverá reuniões também em Serranópolis de Minas (01/12), Monte Azul (2/12) e Montes Claros (3/12), onde há cerca de 2.300 processos paralisados desde 2011.
A audiência pública antecede o recadastramento das famílias, etapa em que os agricultores rurais do Norte de Minas terão a oportunidade de dar entrada ao processo para emissão de título de posse de terras devolutas (sem registro).
De acordo com o secretário de Estado de Desenvolvimento Agrário, Glenio Martins, o trabalho de recadastramento das famílias está acontecendo em parceria com instituições que tem credibilidade, como a Emater, a Federação dos Trabalhadores Rurais (Fetaemg), por meio dos Sindicatos dos Trabalhadores, e Ministério Público, além dos governos locais – prefeitura e câmara municipal.
“A realização de audiências públicas é justamente para dar mais transparência e publicidade às nossas ações”, afirmou o secretário.
“Precisamos recuperar a credibilidade do Estado na gestão do programa de regularização fundiária, porque se falarmos em Iter (Instituto de Terras de Minas Gerais, extinto pelo governo passado por motivo de fraudes) ninguém aqui acredita mais”, completou Glenio Martins.
Em novembro, foram realizadas audiências públicas em Teófilo Otoni, Poté, Araçuaí, Minas Novas, Itaobim e Joaíma.

Audiência Pública sobre Regularização Fundiária Rural

Local: Porteirinha - Centro Cultural Anísio Santos

Data: 01/12/2015 (terça-feira)

Horário: 9h


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: Assessoria de Comunicação - Prefeitura de Porteirinha

Prefeituras recebem hoje repasse do FPM de novembro, que acumula perda de 10% em relação ao ano passado

[COM AGÊNCIA CNM] - Vence hoje o prazo para pagamento da primeira parcela dos décimo terceiro do trabalhador, inclusive os servidores público se muito prefeito Brasil afora começa a fazer contas para chegar à conclusão de que não conseguir pagar o abono salarial. Também nesta segunda-feira (30), as prefeituras brasileiras recebem o terceiro repasse de novembro do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). 

O montante previsto é de R$ 1,63 bilhão, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Se ela for incluída, o valor passa para R$ 2,04 bilhões.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) explica que, no comparativo com o terceiro decêndio de 2014, esse repasse teve um aumento real de 13,71%. Os cálculos elaborados pela equipe de estudos técnicos da entidade consideram a inflação do período.

Mas a boa notícia para por aí. Se forem considerados todos os três repasses do mês de novembro, houve redução nos valores recebidos pelos municípios. Em novembro deste ano, as prefeituras receberam R$ 6,47 bilhões de FPM enquanto que em 2014 esse valor foi de R$ 7,22 bilhões. Dessa forma, houve retração de 10,37% para este mês.

A Confederação também fez um comparativo do FPM acumulado deste ano, que inclui todos os repasses até agora. No acumulado de 2015, o Fundo soma R$ 73,79 bilhões. No mesmo período do ano anterior, o repasse ficou em R$ 76,43 bilhões. A equipe de estudos técnicos ressalta que não foram adicionados nesses cálculos os repasses extras de janeiro de 2014 e 2015, nem os repasses extras de maio e outubro de 2015.

Estimativa para o fim de ano

Segundo previsão da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o FPM de dezembro deste ano deve ser 8,2% menor do que o valor recebido em dezembro de 2014. Com isso, os gestores precisam ficar atentos para executar corretamente suas despesas, alerta a CNM.

Em cenário que até governadores de estados importantes como Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, além do Distrito Federal, não sabem o que fazer para honrar o décimo terceiro dos seus servidores, o leitor pode imaginar como é a situação de pequenos municípios -  que dependem dos repasses do Fundo de Participação para cobrir praticamente todas as despesas.

Várzea da Palma: Dois são mortos a tiros, um é baleado e outro é esfaqueado

(G1) Dois homens foram mortos a tiros, um foi baleado e outro esfaqueado neste domingo (29), em Várzea da Palma (MG), neste domingo (29). A polícia ainda continua procurando pelos suspeitos.
Por volta das 6h30 a Polícia Militar foi acionada depois que um corpo foi encontrado na estrada que liga a cidade a Comunidade de Placa do Queijo. A perícia constatou que o rapaz, de 21 anos, apresentava 19 perfurações causadas por tiros. Ele foi atingido no braço, cabeça, mão, tórax e pescoço. O crime pode ter ligação com o tráfico de drogas, segundo a PM.
Já no Bairro Progresso, um rapaz, de 21 anos, foi morto a tiros, por volta das 8h30. A mãe dele contou que o jovem foi atingido quando saiu no portão, depois que alguém o chamou pelo nome. Ela afirmou que viu dois motociclistas fugindo do local. A perícia informou que ele tinha 18 perfurações na cabeça, costas e tórax.
No mesmo local, um homem foi baleado. Ele foi socorrido pelo padrasto até um hospital em Pirapora (MG). A motivação do crime também está ligada a tráfico de drogas, de acordo com a PM.
A terceira ocorrência foi registrada no Bairro Pinlar, por volta das 21h. Um homem, de 47 anos, foi atingido por golpes de faca, pelo atual marido da ex dele. A vítima contou para a PM que estava dentro de uma oficina e saiu ao ver que o suspeito a observava do lado de fora.
O atual marido da ex dele sacou uma faca e atingiu o homem, que foi socorrido até um hospital. O carro do suspeito foi apreendido.

domingo, 29 de novembro de 2015

Minas Gerais terá a maior planta de energia solar do continente

(Por LUDMILA PIZARRO) Minas Gerais terá, nos próximos três anos, a maior planta de energia solar da América Latina em Pirapora, no Norte do Estado. A empresa Sunew, inaugurada há menos de um mês na capital mineira, é a única do país – e das Américas – a produzir células fotovoltaicas em material flexível em vez de placas rígidas. A célula é o dispositivo que capta a luz do sol e a transforma em energia elétrica.
A espanhola Solatio Energia é a maior investidora em energia solar do país. No último leilão de energia de reserva de 2015, realizado neste mês pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a empresa investiu R$ 600 milhões na ampliação da capacidade do projeto da usina geradora de Pirapora. Somando esse valor ao que já investiu antes, a Solatio terá aplicado no empreendimento, que deve começar a gerar energia em 2018, mais de R$ 1,3 bilhão. A usina de Pirapora atingiu, com esse crescimento, uma capacidade de produção de 240 megawatts (MW).
Outro investimento que pode ser feito no Estado é a instalação de uma usina de energia fotovoltaica. A Cemig divulgou em agosto interesse em investir R$ 4 bilhões no projeto. “A Efficientia (empresa da Cemig) atua em projetos de geração distribuídas com fotovoltaica, como os condomínios em associação com o grupo Algar, em Uberlândia, e, na UniverCemig, a viabilização da conexão de usina solares à rede de empresas vencedoras do leilão de energia renovável”, diz o presidente da Efficientia, Alexandre Heringer.
Imposto. Além de ser a unidade da federação com maior número de usinas de micro e minigeração distribuída do país, Minas produz, nesse segmento, mais que o dobro do segundo colocado, de acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar). Mesmo assim, o governo do Estado ainda não aderiu ao convênio do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) que mantém benefícios fiscais à cadeia produtiva da energia solar. “Minas perdeu a dianteira do incentivo para os Estados que já assinaram o convênio que garante a isenção do ICMS”, afirma o diretor executivo da Absolar, Rodrigo Lopes Sauaia.
Minas Gerais foi o primeiro Estado a criar incentivos fiscais para a cadeia produtiva da energia solar. “Hoje só garante a isenção por um período, mas os outros Estados garantem isenção pelo tempo de vida útil da usina, ou seja, 25 anos”, afirma Rodrigo Sauaia.
“Estamos lutando com o (governador) Pimentel para que seja assinado o convênio”, afirmou o deputado estadual Gil Pereira (PP), presidente da comissão de Minas e Energia da Assembleia Legislativa de Minas Gerais.


Vazante
Ano que vem. Em 2016 já deve começar a operar a usina solar no município de Vazante (Noroeste de Minas), segundo Gil Pereira. No ano seguinte, a usina de Pirapora também começará a operar.

Partes do Estado recebem mais luz até que o Nordeste

A quantidade de sol recebida (insolação) em algumas regiões de Minas Gerais é maior que nos Estados do Nordeste, segundo o presidente da Efficientia, empresa de eficiência energética da Cemig, Alexandre Heringer Lisboa. “A radiação solar de Minas Gerais mostra um grande potencial para a implantação de sistemas solares fotovoltaicos”, afirma.
Segundo o deputado estadual Gil Pereira (PP), da comissão de Minas e Energia, a estrutura no entorno das usinas é fundamental. “Uma vantagem de Pirapora é que lá as linhas de transmissão já existem”, avalia. A Solatio, espanhola responsável pela usina de Pirapora, destaca a geografia, os diferenciais logísticos e a acessibilidade como fatores estratégicos na definição por investir no Estado.

Até teto de carro será gerador
A fachada de um prédio, o teto de um carro e a capa de um tablet irão se transformar em usinas geradoras de energia. Impossível? Não com a tecnologia desenvolvida pela empresa mineira Sunew. A Sunew desenvolve módulos fotovoltaicos orgânicos, um produto que, além do Brasil, só é feito na Alemanha, no Japão e na Coreia do Sul.
Flexíveis e leves, os painéis orgânicos (OPV) podem ser colocados onde as grandes e pesadas células fotovoltaicas não podem ser utilizadas. “O OPV não compete diretamente com o silício, ele é complementar”, explica o CEO da Sunew, Marcos Maciel. As aplicações do painel orgânico, porém, são mais amplas. “Uma célula de silício dura 25 anos; eu também consigo fabricar um produto com essa durabilidade, mas, dependendo do uso, não preciso. A capa de um tablet, por exemplo, não precisa de tanto tempo, e eu posso criar um material mais barato e menos durável”, explica Maciel.
Entre as vantagens também está o peso do OPV. “Enquanto uma célula de silício pesa 25 kg, o meu painel pesa 0,5 kg”, informa Maciel. “Por isso, posso desenvolver projetos, como estamos fazendo com a Fiat, para colocar painéis no teto dos carros”, conta. “Imagina deixar o carro no sol a uma temperatura de 30º. Se um ventilador ficar ligado, sendo alimentado pela energia solar, quando você voltar a temperatura dentro do carro vai estar muito mais amena”, explica.