Blog com notícias de Janaúba e região!

sábado, 19 de setembro de 2015

Jornalista diz que foi agredido por filho de vereador em Bocaiuva

Um jornalista foi agredido na noite dessa sexta-feira (18) em Bocaiuva, Norte de Minas. Segundo a Polícia Militar, o jornalista Marlon Bruno, de 31 anos, estava em um bar, quando, segundo ele, chegou um rapaz que é filho de um vereador da cidade acompanhado de outras duas pessoas.
O jornalista disse à polícia que filho do político entrou no bar, pediu uma cerveja e em seguida o agrediu com socos e também teria acertado cacos de copo de vidro. Durante a agressão, o autor reclamou de publicações do jornalista contra o parlamentar.
O rapaz agredido sofreu hematomas e cortes no rosto. Até o momento o agressor e os outros dois rapazes não foram localizados.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Dívida da Prefeitura de Janaúba com a PREVIJAN já ultrapassa R$ 4 milhões

Site da PREVIJAN.
Esta semana chegou até o nosso jornalismo um documento que pode alterar a atual situação política de Janaúba. O conteúdo do documento é referente ao Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Janaúba, a PREVIJAN. Criada há 16 anos com intuito de administrar o Plano de Previdência de forma responsável, eficaz e transparente, para promover segurança e bem-estar social aos segurados (servidores efetivos da prefeitura de Janaúba), respeitando todos os seus direitos. Mas o que ficou constatado foi que desde janeiro deste ano os “direitos dos seus segurados” estão sendo desrespeitados de uma forma jamais vista na história da PREVIJAN. Nossa equipe confirmou que a Prefeitura Municipal de Janaúba tem uma dívida de quase R$ 5 milhões com a PREVIJAN, já que desde o inicio do ano não é feito o repasse. A prática que está sendo feita pela prefeitura pode caracterizar apropriação indébita, que é o crime previsto no artigo 168 do Código Penal Brasileiro que consiste no apoderamento de coisa alheia móvel, sem o consentimento do proprietário. Diferencia-se do furto porque, no furto, a intenção do agente de apropriar-se da coisa é anterior à sua obtenção, enquanto que, na apropriação indébita, o objeto chega legitimamente às mãos do agente, e este, posteriormente, resolve apoderar-se do objeto ilicitamente, ou seja, a apropriação indébita ocorre quando o agente deixa de entregar ou devolver ao seu legítimo dono um bem móvel ao qual tem acesso - seja por empréstimo ou por depósito em confiança. Este ato é confirmado quando religiosamente, mensalmente a prefeitura de Janaúba tem feito o desconto na folha de pagamento dos servidores, mas, contudo não os repassa para quem deveria, neste caso, a PREVIJAN.
Na história da PREVIJAN já houve dois prefeitos que quase tiveram seus mandatos cassados por conta deste mesmo fato, mas a diferença é que os valores eram bem menores. O fato e que, é sabido por todos nós que hoje a prefeitura de Janaúba não teria esse valor em caixa para quitar de imediato essa dívida com a PREVIJAN, e ainda restam mais perguntas: Para onde foi esse dinheiro? Quem irá pagar essa conta? Alguém tomará alguma providência cabível?



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Montes Claros: Homem leva choque de 13 mil volts em poste de energia

Vítima ficou presa por uma corda
(R7) Um homem de 59 anos foi socorrido com queimaduras de terceiro grau depois de levar um choque em Montes Claros, no norte de Minas Gerais. A vítima foi atingida por uma descarga de 13.800 volts.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, E.A.V subiu em um poste de energia e tentou acessar a rede sem autorização e sem o uso de equipamentos de segurança apropriados.
A vítima ficou presa por uma corda a uma altura de dez metros. Ela sofreu queimaduras no braço direito e na perna esquerda e foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência).
O homem foi levado para a Santa Casa de Montes Claros e não corre risco de morrer.

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Janaúba: PM apreende adolescente com 18 buchas de maconha

(ASCOM PM) No final da manhã desta sexta-feira (18) a PM através da equipe do Sgt Gilmar, apreendeu um adolescente em conflito com a lei de 15 anos, com 18 buchas de maconha.
Os policiais efetuavam o patrulhamento preventivo pela Rua Aleixo Alves de Souza, (Beco Olaria) bairro Cerâmica, quando depararam com o adolescente em conflito com a lei em atitude suspeita desenterrando algo.
Durante a abordagem, os policiais verificaram que se tratava de uma sacola plástica contendo a droga e dinheiro trocado. Assim o adolescente foi apreendido e conduzido para a Delegacia de Polícia Civil, onde ficou a disposição da justiça.

Assaltantes matam caseiro de sítio e roubam arma dele em Buritizeiro

(G1) Um homem de 61 anos foi morto a tiros nesta sexta-feira (18) em um sítio, na Serra do Cristal, em Buritizeiro (MG). A ocorrência foi registrada pela Polícia Militar como latrocínio, quando há roubo seguido de morte.
Segundo as informações obtidas pela PM, o caseiro ouviu os criminosos chegando e pegou uma espingarda. Os assaltantes viram que ele estava armado e atiraram várias vezes. A esposa da vítima, que também estava no local, conseguiu correr e se esconder, ela não ficou ferida.
Ainda de acordo com as PM, os assaltantes fugiram levando a espingarda usada pelo caseiro. Eles ainda não foram presos.

Dois homens são presos com armas e munição em Itacarambi

Materiais apreendidos com os dois homens
(G1) Dois homens, de 31 e 36 anos, foram presos por porte ilegal de armas nesta quinta-feira (17) em Itacarambi (MG). Com eles a Polícia Militar apreendeu duas espingardas, munição, uma faca, espoletas e pólvora.
A PM abordou os dois durante um patrulhamento. Os materiais estavam dentro de um saco plástico e de uma mochila. A moto em que eles estavam não estava com o documento regularizado e foi apreendida. Os dois homens foram levados para a delegacia.

Acidente entre caminhão do PAC e carro deixa feridos em Bocaiuva

Acidente ocorreu na BR-135, em Bocaiuva
(G1) Um acidente na BR-135 nesta sexta-feira (18), em Bocaiuva (MG), deixou quatro pessoas feridas.
Segundo as primeiras informações da Polícia Rodoviária Federal, um caminhão do Programa de Aceleração do Crescimento, de Augusto de Lima (MG), cruzava a rodovia, quando um carro atravessou a pista e bateu na lateral dele.
As vítimas foram socorridas pelo Samu e o trânsito no local não foi interrompido.

Merenda escolar: Prefeitura de Janaúba confirma débito de quase 800 mil com fornecedor

JANAÚBA - A alimentação nas escolas da rede municipal é uma das prioridades da Prefeitura de Janaúba. Além dos recursos federais recebidos através do PNAE - Programa Nacional da Alimentação Escolar, que custeia a merenda escolar, a administração pública investe recursos próprios para oferecer alimentos de qualidade aos alunos.
O acesso à merenda na vida escolar do aluno tem a finalidade de satisfazer as suas necessidades nutricionais e contribuir com hábitos alimentares saudáveis. A Constituição do país afirma, em seu art. 208, incisos IV e VII, que a alimentação escolar é dever do Estado e um direito humano e social de toda criança e adolescente que frequentem a educação infantil e o ensino fundamental.
A atual administração não tem medido esforços para que não falte merenda escolar aos alunos do município, apesar da escassez de recursos. A Prefeitura tem um débito com o fornecedor responsável pela merenda, a NutriSabor Assessoria e Alimentos LTDA, que chega a 720 mil, contudo, medidas de negociação estão sendo realizadas para que parte da dívida seja quitada o mais rápido possível.


Fonte: ASCOM Prefeitura Municipal de Janaúba

Em Janaúba, corpo de rapaz de 22 anos é encontrado no distrito de Vila Nova dos Poções

Um homem de 22 anos foi morto a tiros por volta das 3h desta sexta-feira (18), em Janaúba (MG). Segundo as primeiras informações da Polícia Militar, o corpo dele foi encontrado na estrada de Vila Nova dos Poções, na zona rural.
A PM acionou uma equipe do Samu foi acionada, que confirmou o óbito. A perícia também foi chamada e constatou que o jovem foi atingido por dois disparos de revólver e um de espingarda, todos os três na cabeça.
A polícia faz buscas para tentar localizar os suspeitos, a motivação do crime é desconhecida. Com mais esse assassinato, a cidade de Janaúba chega ao seu 31º homicídio.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Veículo com placa de Janaúba se envolve em acidente na cidade de Catanduva

CATANDUVA - Um acidente de trânsito registrado na tarde de quarta-feira (16), deixou uma pessoa ferida na rodovia vicinal Cesário José de Castilho, em Catanduva-SP.
Segundo a Polícia Militar, no local foi apurado que o motorista transitava pela rodovia no sentido Catanduva a Itajobi, quando no km 8 por motivos a serem investigados, perdeu o controle e capotou o carro Chevrolet/Sonic, preto, placas de Janaúba/MG.
O Corpo de Bombeiros e a equipe do Samu estiveram no local e retiraram a vítima do interior do carro.
O homem foi socorrido e encaminhado para o Hospital Padre Albino, com lesões aparentemente leves.
Uma das pistas da rodovia ficou parcialmente interditada até a retirada do veículo.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Comissão especial conclui apuração sobre queima de livros da biblioteca pública de Janaúba

Foi apresentado nessa semana, em reunião ordinária na Câmara Municipal, o relatório da Comissão Especial que averiguou a veracidade de denúncias referentes à incineração de periódicos, livros, revistas e jornais da Biblioteca Pública Municipal de Janaúba.
Após ouvir os denunciantes, testemunhas e denunciados, os vereadores concluíram o trabalho apontando que os fatos são precedentes e que a queima dos livros infringiu normas do Código Penal Brasileiro. O relatório da Comissão Especial, composta pelos vereadores Isaildon Mendes, Felipe Franklin e Armando Peninha foi aprovado por unanimidade pelo plenário e cópia do mesmo estará sendo encaminhado ao executivo municipal e ao Ministério Público para as devidas providências, uma vez que, segundo a Comissão Especial, houve dano ao patrimônio público.
Os livros e outros periódicos estavam armazenados num boxe desativado do banheiro anexo à biblioteca desde a administração passada, ou seja, há mais de três anos. No relatório consta que a Secretaria Municipal de Educação e Cultura informou à Comissão Especial que tão logo tomou conhecimento da denúncia a prefeitura determinou um procedimento administrativo. O fato também vem sendo averiguado pelo Ministério Público.


Fonte: ASCOM da Câmara de Vereadores de Janaúba

30º homicídio em Janaúba: Homem é assassinado no bairro São Lucas

(ASCOM PM) Na noite desta quarta-feira (16) por volta das 21 horas, a viatura do Sargento Gilson se deslocou até a Rua Nossa Senhora de Fátima, no Bairro São Lucas, cidade de Janaúba, onde encontrou a vítima, Valdeir Renovado Correa, caída ao solo. Foi acionada uma equipe do SAMU que constatou o óbito da vítima. Segundo relatos de testemunhas, a vítima estava sentada em um banco no passeio de sua residência, momento em que chegaram dois homens, um deles portando uma de fogo, que efetuou vários disparos contra a vítima. Em seguida, ambos evadiram a pé. A perícia compareceu ao local e constatou que a vítima foi atingida por quatro disparos, sendo três no tórax e um no ombro.

MG-122 Nova Porteirinha: Drogas são apreendidas com travesti

Material apreendido.
(ASCOM PM) Na tarde desta quarta-feita (16) por volta das 16 horas, durante fiscalização de transito na MGC-122, a polícia rodoviária abordou um caminhão M. Bens, momento em que suspeitaram de duas mulheres que se encontravam no interior do caminhão, sendo informados pelo condutor que ele havia dado uma carona para elas no município de Mato Verde. Diante da suspeita, foram verificados os documentos das mesmas, ficando constatado que se tratava de uma mulher e um travesti (menor de idade). Durante a busca nos pertences dos suspeitos, foram localizados na bolsa do travesti, aproximadamente 07 (sete) quilos de maconha, 90 (noventa) gramas de crack e 50 (cinquenta) gramas de cocaína. O menor assumiu a propriedade das drogas e informou havê-la comprado na cidade de Monte Azul, e que estaria levando para Montes Claros. Diante do fato, foi dada voz de prisão a mulher, L.P.Q., e voz de apreensão ao menor, juntamente com a droga, os quais foram encaminhamos a Delegacia de Plantão em Janaúba.

Em Jaíba, armas são apreendidas dentro de garrafa térmica

(G1) A Polícia Militar apreendeu dois revólveres e munição dentro de uma garrafa térmica, em uma casa, em Jaíba (MG), nesta quarta-feira (16). Uma terceira arma, com numeração raspada, também foi encontrada em cima de um guarda-roupas. Dois homens foram presos.
Segundo a PM, as armas foram apreendidas durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão. O dono da casa, de 45 anos, tentou fugir ao perceber a chegada dos militares. Depois que os revólveres foram apreendidos o homem disse que um deles era de outro homem de 29 anos. Ele chegou enquanto os policiais estavam no local e também foi preso.
Os dois foram levados para a delegacia junto com as armas.

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Carro capota e provoca incêndio em área de empresa em Montes Claros

Condutor perdeu o controle ao fazer uma curva (Foto: Thiago França)
(G1) Um acidente de carro na tarde desta quarta-feira (16) provocou um incêndio no terreno de uma empresa em Montes Claros, Norte de Minas. O acidente foi na Avenida Sidney Chaves. O motorista, de 25 anos, relatou aos socorristas do Samu que ao fazer uma curva perdeu o controle da direção e acabou capotando o veículo, quando evitava cair no Rio Vieiras.
Desgovernado, o veículo atingiu um poste de iluminação e a fiação derrubou outro poste. O contato dos fios com a vegetação deu início ao incêndio. A vegetação seca e o vento forte fizeram com que as chamas se propagassem rapidamente, mas equipes de brigadistas e do Corpo de Bombeiros conseguiram conter o fogo.
De acordo com o Samu, o condutor queixava de dores, e por isso foi encaminhado ao hospital Santa Casa. A vítima informou também que no carro estava uma passageira, que saiu sem sofrer ferimentos.

SÓ RESTA APELAR AO BISPO...

Tadeu Martins quer dar empurrão na modernização de dutos do Projeto Gorutuba

(Por Luís Cláudio Guedes) Cansados de esperar pelas morosas promessas da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) quanto a conclusão das obras da reforma estrutural do perímetro de irrigação do Projeto Gorutuba, entre Janaúba e Porteirinha, no extremo Norte de Minas, parcela de produtores da região recorreram ao secretário de Estado de Desenvolvimento Regional, Política Urbana e Gestão Metropolitana, o deputado licenciado Tadeu Martins Leite (PMDB), para tentar agilizar a transformação do sistema de condução de água de canais abertos para o sistema de tubulação.
As obras estão paralisadas há cerca de 90 dias, o que fez acender a luz amarela. E por que parou? Segundo nota publicada no site do Distrito de Irrigação do Perímetro do Gorutuba, as obras foram suspensas por falta de pagamento – em mais um triste capítulo da crise a que o Brasil foi encurralado. ”O momento hídrico que atravessamos é muito sério e exige ações sérias e responsáveis por parte do Governo Federal e Estadual, dos produtores e de toda a população de Janaúba e Nova Porteirinha”, avaliou o DIG em nota do início do mês de agosto.
É nessa seara de empurra com a barriga que o secretário Martins vai trafegar. Ele participou de audiência pública na Câmara Municipal de Nova Porteirinha, no último final de semana, quando se ofereceu para ser o interlocutor junto ao Ministério da Integração Nacional pela retomada das obras. Vale notar que a autarquia federal Codevasf é comandada em Minas pelo ex-prefeito de Janaúba Dimas Rodrigues, também do PMDB, o mesmo partido de Tadeu Martins. A reforma, autorizada pela Codevasf em maio de 2014, tem recursos previstos de R$ 95 milhões. O projeto prevê a substituição de 121 mil metros de tubulação, com recursos do devagar já paralisado Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Via política
A obra é reivindicação antiga dos produtores da região, porque permite economia de água em tempos de escassez - agora mesmo a Barragem do Bico da Pedra, que abastece o projeto, entrou no volume morto. O sistema com canais abertos, semelhante a bicas, foi implantado há mais de 30 anos, e a sua troca por tubos praticamente elimina o desperdício de água.
Martins avalia que, pela sua importância, o Projeto Gorutuba deve reunir “toda a classe política votada no Norte de Minas”. O que não deixa de ser um cutucão nos deputados federais Gabriel Guimarães (PT) e Raquel Muniz (PSC), mas em especial o governista Gabriel que levou carradas de votos do norte-mineiro e anda meio sumido. A via da representação política, entretanto, parece ter se esgotado, além da administrativa. A quem apelar?

Jaíba: Vídeo mostra vereadores brigando durante sessão da Câmara


A reunião da Câmara de Jaíba (MG) foi suspensa depois que dois vereadores se envolveram em uma confusão durante a sessão de terça-feira (15). O vídeo mostra o momento em que Adilson de Freitas David (PRB) e Noelson Costa de Oliveira (PSL) brigam enquanto algumas pessoas tentam separá-los.
O presidente da Câmara Farrique Xavier (PSB) explicou que no momento estavam sendo prestados esclarecimentos para a população sobre investigações do Ministério Público e da Polícia Federal que envolvem os agentes políticos do município.
Por telefone, o vereador Adilson de Freitas disse que a confusão ocorreu depois que uma professora leu um documento, que falava do envolvimento de parlamentares com gastos indevidos de diárias.
“Fui para tribuna e parabenizei a iniciativa e a coragem dela em tocar no assunto, em seguida o vereador Noelson tomou a palavra e começou a me agredir com palavras, sendo que na minha fala eu não tinha dito nomes. Me levantei da cadeira e pedi que o presidente colocasse ordem na sessão, foi quando ele [Noelson] pulou em cima de mim e me deu murros e socos”, explica Freitas.
O vereador registrou boletim de ocorrência, fez exame de corpo de delito e vai prestar depoimento na Polícia Civil. Afirmou também que vai acionar a Justiça, e que sente dores nos braços, cabeça e costas.
Já Noelson Costa conta outra versão. “Ele teve o momento de falar antes de mim, me agrediu com palavras e já no meu direito de resposta, quando comecei a falar, ele levantou da cadeira, foi até mim e me agrediu com socos”.
O parlamentar registrou boletim de ocorrência, fez corpo de delito e vai prestar depoimento na Polícia Civil. Ele destaca também que vai acionar a Justiça, e que teve ferimentos no maxilar e no rosto.
O presidente da Câmara lamentou o episódio e destacou que “o local tem a função de ser um espaço de diálogo, de debate de ideias e de projetos em benefício da população”.
Ele também explicou como a confusão começou. “O vereador Noelson fazia o uso legal da palavra quando foi interrompido pelo vereador Adilson, que já havia falado, e se levantou partindo para a agressão”, esclarece Farrique Xavier.
Segundo a assessoria jurídica da Câmara, o projeto e os requerimentos que estavam em pauta já haviam sido votados quando a confusão ocorreu. A Comissão de Ética deve se reunir para decidir quais providências serão tomadas.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: G1

Em Janaúba suspeito de envolvimento em morte de adolescente é preso

(G1) Um rapaz de 20 anos foi preso com uma arma, que segundo a Polícia Militar, pode ter sido usada no homicídio de um adolescente de 17 anos, no Conjunto Residencial Dona Lindú, em Janaúba (MG), nesta terça-feira (16). O suspeito foi detido durante um cumprimento de um mandado de busca e apreensão na casa dele, no Bairro Santo Antônio.
Ainda de acordo com a PM, além da arma, foram apreendidos 13 cartuchos intactos da mesma marca e calibre da munição usada para assassinar o jovem. O tio do rapaz, que também é suspeito do crime, continua sendo procurado.
O homicídio teria sido motivado por desentendimentos anteriores entre a vítima e os suspeitos.
Os criminosos passaram de carro e dispararam várias vezes.
O adolescente foi morto com vários tiros, o corpo dele tinha 19 perfurações. Ele havia já havia sido apreendido por atos infracionais análogos aos crimes de assalto e furto.

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Em Jaíba PM apreende droga e prende traficante

Material apreendido.
(ASCOM PM) Na noite desta segunda-feira (14) na Rua B, bairro Campos Altos, cidade de Jaíba, a PM através da equipe do Sgt Machado, prendeu em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, posse ilegal de arma e receptação, o cidadão infrator Elias de Jesus Martins Siqueira, 26 anos.
Os policiais receberam informações precisas de que o veículo motocicleta marca Honda/NXR 150, Bros, cor vermelha, placa HED-2729 roubada no dia 13/09, na Rua Ivanilson Dias da Silva, estaria na casa do provável autor do roubo de nome Elias. De posse das informações os policiais seguiram para o local fazendo contato com o suspeito Elias de Jesus, sendo este cientificado acerca da denúncia que pesava em seu desfavor, ocasião em que a princípio veio a negar as acusações, bem como autorizou os militares a realizarem buscas na residência, todavia, os militares não localizaram a motocicleta no interior da residência.
Os policiais constataram que na sala da residência exalava um forte cheiro de maconha, o acusado ao ser questionado quanto ao odor declarou ser usuário de drogas. Dessa forma foi submetido à busca pessoal, sendo encontrada no bolso de sua bermuda uma bucha de maconha e um aparelho celular marca Samsung, ainda durante as diligências no interior da residência, os policiais localizaram um tablete de maconha prensada pesando 310 gramas que estavam escondidos dentro de uma geladeira, duas pedras brutas de crack totalizando 30 gramas que estavam escondidas em cima do telhado da residência, dezoito buchas de maconha, sete papelotes de cocaína acondicionadas em sacos plásticos prontas para serem comercializadas que estavam escondidas em baixo do tanque de lavar roupa e um caderno, contendo anotações alusivas ao controle de entrada e saída das substancias comercializadas.
No interior do banheiro foi localizado um aparelho celular marca Sony Xperia, proveniente de troca em drogas, pois uma vítima de roubo reconheceu sendo de sua propriedade. Outras vítimas também procurou a PM afirmando ter reconhecido o acusado em outros crimes inclusive o roubo da motocicleta Honda NXR, porém o acusado negou e disse que dois cidadãos de Montes Claros que estavam pernoitando na sua casa que praticou o crime, porém entrou em contradição. Quanto a droga o acusado assumiu ser de sua propriedade e que a mesma estaria sendo comercializada para arrecadar dinheiro. Assim o acusado foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil, onde ficou a disposição da justiça.

Pneu estoura, roda solta, carro capota e motorista morre em Montalvânia

(G1) Um motorista de 33 anos morreu em um acidente de carro na BR-135, em Montalvânia (MG), nesta segunda-feira (14). Ele foi lançado para fora e foi parar embaixo do veículo.
Segundo as informações dos outros passageiros, após o pneu estourar, a roda soltou, e o condutor perdeu o controle da direção e capotou.
O Samu esteve no local, socorreu as vítimas e as encaminhou para um hospital. A perícia também esteve no local e liberou o corpo para funerária.

Escolas de Janaúba poderão ficar sem merenda nos próximos dias

Frente da Escola Municipal Américo Soares de Oliveira, que também
poderá ter o fornecimento da merenda escolar suspenso nos próximos dias.
São 8 meses de atraso, isso mesmo, esse é o tempo de atraso no repasse (pagamento) aos fornecedores responsáveis pelo abastecimento e entrega da merenda nas escolas municipais de Janaúba. Se o pagamento não for feito, consequentemente o fornecedor irá suspender a merenda escolar, e as aulas terão que ser suspensas por tempo indeterminado. Essa informação vem de encontro com todas as outras, que há tempos nosso jornalismo vem recebendo, a de que a prefeitura não cumpre nenhum prazo na quitação dos pagamentos dos seus fornecedores de modo geral. Nossa cidade entra no marco do caos administrativo, o auge da crise que vem se agravando desde 2013, quando o prefeito Yuji Yamada assumiu a prefeitura sem ter qualquer conhecimento em gestão pública. O resultado agora vem se tornando cada vez mais notável, já que nesse momento Yuji sem encontra em viagem ao Japão (sua terra natal), e quem está segurando a “bomba” em seu lugar, e o vice-prefeito Rodrigo Rodrigues. Enquanto a cidade vai se desmoronando, Yamada se diverte pela Ásia, e a população se entristece com que vê pelas ruas da cidade.
Uma administração que permite que até a merenda de alunos seja cortada, e assim obrigando os professores a suspenderem as aulas, não merece continuar a administrar nem a governar um povo que há tempos carece de um gestor público autêntico.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

29º homicídio em Janaúba: Garoto é assassinado no Dona Lindú

Na manhã desta terça-feira (15), por volta das 10 horas da manhã no Residencial Dona Lindú, na cidade de Janaúba, mais um homicídio para as estatísticas da PM foi contabilizado. Trata-se do jovem Thales Dhionatham de 17 anos, que foi assassinado vítima de disparos de arma de fogo. Segundo as primeiras informações, o menor teria envolvimento com vários crimes, e que possivelmente sua morte teria sido motivada por vingança. Com mais esse homicídio Janaúba chega ao seu 29º assassinato em 2015.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Governo de Minas Gerais propõe mudança no critério de cobrança do ICMS na tarifa de energia

Os consumidores residenciais que tenham média de até 3kWh por dia no seu ciclo de leitura terão isenção do tributo

 O Governo de Minas Gerais enviou à Assembleia Legislativa o projeto de lei 2817/2015, que altera a incidência do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) nas tarifas de energia para os consumidores residenciais. A partir da promulgação da medida, os consumidores que tenham média de até 3kWh por dia no seu ciclo de leitura terão isenção do tributo. O projeto de lei é uma iniciativa do governador Fernando Pimentel e está em apreciação no Legislativo.
Dessa forma, cerca de 2,9 milhões de clientes residenciais da Cemig podem ficar isentos do pagamento do ICMS, o que representa 45% dos consumidores residenciais da empresa. No Estado, somente as contas com consumo até 90 kWh/mês eram isentas pelo governo de pagar o imposto. No entanto, como o período de leitura nas faturas varia entre 27 a 33 dias, ocorriam casos em que o consumo era maior que 90 kWh, mas a média diária era inferior ou igual a 3 kWh.
O ICMS é um imposto estadual e sua alíquota para os clientes residenciais é de 30% do importe total da tarifa. Com a medida do Governo de Minas Gerais, milhares de consumidores da Cemig poderão ser beneficiados.
De acordo com o diretor de Distribuição e Comercialização da Cemig, Ricardo José Charbel, esses casos eram responsáveis por aumentar o afluxo de pessoas nas agências e a procura pelos demais canais de atendimento da empresa. Segundo ele, a diferença na fatura é expressiva, uma vez que não há um escalonamento na aplicação da alíquota de 30%.

Mudança
Pela regra anterior, o ciclo de verificação de consumo oscilava, pois o leiturista poderia passar no imóvel para fazer a aferição dentro de um prazo que variava de 27 a 33 dias. Como o consumo médio das famílias é de 3KWh, se o leiturista passasse em um período máximo de 30 dias, o gasto de energia ficava limitado a 90KWh, ou seja, a conta seria calculada sem a incidência do ICMS.
Porém se a passagem do leiturista ocorresse apenas um dia depois, com 31 dias, o consumo registrado considerando a média diária, seria de 93KWh, o que retirava o direito de que o ICMS não viesse a incidir na conta de luz.
Para efeito de comparação, um cliente que possui um consumo de 91 kWh no seu ciclo de leitura – não era isento do ICMS – pagava R$ 81,79 de tarifa de energia. Com a nova legislação, que prevê a incidência do ICMS no consumo diário e não mais de acordo com o período de leitura, esse mesmo consumidor, caso se mantenha na média diária de 3KWh, terá um desconto de R$ 24,53 e sua tarifa cairá para R$ 57,26.
Já o cliente classificado como baixa renda, antes das novas regras de cálculo poderia pagar R$ 41,85, caso consumisse apenas 91 kWh. Com a nova legislação, sua conta – calculada diariamente, para efeito do ICMS – não passará de R$ 29,30.

Confira dicas de economia de energia:
Verifique a borracha de vedação da geladeira. Um dos fatores que mais contribuem para o aumento do tempo de funcionamento da geladeira é a borracha de vedação. Faça a vistoria dessa borracha, pois ela não pode ficar quebradiça ou dura. Evite deixar a porta da sua geladeira aberta por muito tempo; ao abrir a geladeira, é o ar quente externo que entra, e como, no verão, o ar externo está ainda mais quente, então ela irá funcionar por mais tempo para resfriar o ar que entrou.
Faça o degelo da geladeira. Se a sua geladeira não realiza esse procedimento automaticamente, realize-o sempre que a camada de gelo atingir um centímetro de espessura. Evite colocar alimentos quentes na geladeira. Sem esses procedimentos o tempo de funcionamento de uma geladeira pode chegar a 720 horas por mês, ou seja, ela funciona ininterruptamente e não para.
Ar-condicionado. Feche bem o ambiente onde o aparelho estiver ligado, pois, do contrário, ele funcionará por mais tempo. Ao abrir uma porta ou uma janela é como se estivesse abrindo a porta da geladeira: o ar quente vai entrar e o aparelho terá de funcionar por mais tempo. Além disso, como o ar quente sobe, recomenda-se instalar o ar condicionado em local mais alto.
Aproveite a iluminação natural. Como os dias são mais longos, acenda as lâmpadas apenas quando for necessário. A iluminação é o terceiro equipamento com maior participação no consumo residencial, na faixa de 20% do total, em residências que não utilizam aparelho de ar-condicionado.
Retire os aparelhos das tomadas. Quando estão no modo stand by, os equipamentos elétricos e eletrônicos chegam a consumir até 30% do seu consumo quando ligados.
Para saber mais sobre o uso da energia elétrica sem desperdícios, consulte o site: www.cemig.com.br/atendimento.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: ASCOM Governo de Minas Gerais
Crédito (foto): Cemig/Divulgação

Leite pela Vida é prorrogado até dezembro de 2016

Sedinor e Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome garantem benefício para famílias em situação de vulnerabilidade social

Moradora do Bairro Delfino, em Montes Claros, Sueli da Conceição Pereira, 38 anos, tem dois filhos. E é com a ajuda do programa Leite pela Vida que ela garante uma infância saudável para o pequeno Danilo, de três anos de idade. "O Programa do Leite tem ajudado muito a minha família, porque aqui em casa só o meu marido trabalha, eu fico em casa, cuidando dos meninos. O leite sai muito caro nas despesas da casa. O Danilo toma três mamadeiras por dia, o que ajuda no crescimento dele. Se não fosse o Programa, seria difícil manter a alimentação do nosso filho", afirma a dona de casa.
Famílias como a de Sueli, que recebem diariamente o leite fornecido por meio do programa Leite pela Vida, estão com o benefício assegurado até dezembro de 2016. A prorrogação do convênio foi publicada nesta segunda-feira (14/09), no Diário Oficial da União. O termo aditivo do contrato, que foi assinado pelo governador Fernando Pimentel e pelo secretário de Sedinor, Paulo Guedes, no último dia 21/08, durante encontro com prefeitos do Norte e Nordeste de Minas Gerais, teve agora a validação do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.
O programa Leite pela Vida tem como principal objetivo contribuir para o combate à fome e à desnutrição de cidadãos que estejam em situação de vulnerabilidade social e/ou em estado de insegurança alimentar e nutricional – por meio da distribuição gratuita de leite. Além disso, visa fortalecer o setor produtivo local e a agricultura familiar, garantindo a compra do leite dos agricultores familiares a preços mais justos.
Atualmente, o Programa entrega quase 100 mil litros de leite, todos os dias, a famílias que vivem na área de abrangência do Sistema Sedinor/Idene. De acordo com o secretário Paulo Guedes, o objetivo é ampliar o número de beneficiários e garantir mais eficiência às ações do programa. “Recentemente, recriamos os comitês gestores do leite nos municípios, conseguimos organizar os pagamentos para que todos os fornecedores recebam em dia, o que era um problema quando assumimos a Secretaria. Sabemos da importância deste programa para os municípios da nossa região, por isso, estamos trabalhando para que ele seja cada dia melhor, chegando às famílias que realmente precisam”, disse o secretário.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: ASCOM Governo de Minas Gerais
Créditos fotos: Verônica Manevy/Imprensa MG

Prefeitura divulga concurso para Guarda Municipal de Montes Claros

(G1) A Prefeitura de Montes Claros, Norte de Minas, divulgou um edital para concurso público com 131 vagas para Guarda Municipal, além de uma vaga para o cargo de Analista de Segurança. As inscrições terão início no dia 16 de novembro, através do site da Prefeitura.
Das 131 vagas, 105 são para Guarda Municipal do sexo masculino (12 reservas para portadores de necessidades especiais); 11, para Guarda Municipal feminino (duas reservas para portadores de necessidades especiais).
Para o cargo de Guarda Municipal, a exigência de escolaridade é de ensino médio e, para o cargo de Analista de Segurança, o candidato deve ter curso superior de qualquer área, desde que reconhecido pelo Ministério da Educação. A carga horária para cada cargo é de 40 horas semanais com salários de R$ 902,36 para o cargo de Guarda Municipal, e R$ 2.165,87, para Analista de Segurança.
O concurso terá como etapas de seleção, todas de caráter eliminatório, prova de múltipla escolha, prova de aptidão física, avaliação psicológica e prova de títulos, investigação social e curso de capacitação e formação.

Detento volta para presídio após cirurgia para retirar celulares do ânus

Detento introduziu dois celulares no ânus
(G1) A Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) informou nesta segunda-feira (14) que vai investigar como o detento do Presídio Regional de Montes Claros teve acesso aos dois aparelhos celulares, que foram encontrados no corpo dele no sábado (12). Segundo informações de um agente do presídio, o detento, de 27 anos, reclamou que sentia dores abdominais e foi conduzido para a Santa Casa do município.
No hospital, após exame de raio-x, foram detectados dois aparelhos celulares introduzidos no seu ânus. A assessoria do hospital confirmou que o detento deu entrada no pronto socorro e encaminhado para o bloco cirúrgico. O material foi retirado e o preso retornou à unidade.
Em nota, a Seds informou que ele está preso em regime fechado e cumpre pena por homicídio e roubo. Ainda segundo a Seds, o boletim de ocorrência foi registrado pela Polícia Civil, que também vai investigar o caso. Já a direção da unidade abriu Procedimento Interno para apurar o ocorrido. "O preso será ouvido pela Comissão Disciplinar e sofrerá sanções administrativas, e a unidade segue a sua rotina", finaliza a nota.

Quatro pessoas ficam feridas em acidente na BR-251, Norte de MG

(G1) Quatro pessoas, 18, 31, 37 e 40 anos ficaram levemente feridas em um acidente na BR-251, Norte de Minas Gerais, entre Francisco Sá e Montes Claros, nesta segunda-feira (14).
Segundo as informações da Polícia Rodoviária Federal, um carro aquaplanou e atingiu outro automóvel e duas motocicletas. Os motociclistas e os passageiros ficaram feridos. Os ocupantes dos dois outros veículos nada tiveram. As vítimas foram atendidas pelo Samu e levadas para um hospital.
Outra ocorrência também foi registrada no mesmo trecho da rodovia. Três veículos se envolveram em engavetamento, uma carreta, um micro-ônibus e um carro. Uma pessoa teve ferimentos leves. A PRF informou que chovia no momento, o que pode ter colaborado com o acidente.

Reforma do Ginásio Poliesportivo de Janaúba caminha a "passos de tartaruga"

Placa da obra que deveria ter sido entregue desde de junho do ano passado.
(Por Ivo Júnior) Durante muito tempo a classe desportiva de Janaúba clamou por um espaço adequado onde se pudessem praticar diversas modalidades esportivas. Por várias vezes foi solicitada a construção de um ginásio poliesportivo na cidade. Desde a década de 80 já existia essa reivindicação e na ocasião, o então deputado Adelino Pereira Dias que era aliado do Governador de Minas, entregou em praça pública um cheque para o líder do prefeito aquela época, o saudoso Joaquim Maurício Azevedo, para a construção do tão esperado ginásio de Janaúba. Joaquim morreu antes de terminar o mandato. Foi sucedido pelo vice Dr. Rômulo Parrela e depois por Aldimar Rodrigues, Edilson Brandão Guimarães e Pedro Roberto. O fato é que até hoje não se sabe onde foi parar o dinheiro e a obra tão esperada não saiu do papel ate o ano 2000.
Já no ultimo ano de mandato do ex-prefeito Wildemar Maximino da Cruz, em 2000, enfim o tão esperado ginásio pode ser colocado a disposição da população de Janaúba e recebeu a denominação de Ginásio Poliesportivo Dr. Paulo Viana Esteves.
Com a eleição do prefeito Ivonei Abade Brito o ginásio passou a sediar diversos eventos de grande importância para o esporte de Janaúba e até eventos estaduais e nacionais. Janaúba sediou fases dos Jogos Escolares de Minas Gerais, onde as partidas eram bastante disputadas e prestigiadas pelo público que lotava as dependências do ginásio. A partir daí começou a decadência. Há algum tempo aquele empreendimento tão esperado pelo povo Gorutubano estava se deteriorando e ficando esquecido pela administração pública.
Diante da situação que se encontrava o centro de eventos esportivos chegou a ser interditado pelas autoridades competentes. A atual administração cobrada a dar uma solução, resolveu colocar parte do ginásio ao chão para fazer uma reforma. Até ai tudo bem; era realmente a atitude que se esperava de uma gestão. Mas, o fato é que a reforma anda a “passos de tartaruga”.
A obra de reforma que uma parceria entre a Prefeitura de Janaúba, Ministério dos Esportes e Caixa Econômica federal é executada pela Construção e Empreendimentos Imobiliários Paradise Ltda, esta orçada em R$ 580.939,14 estava prevista para começar em 06 de Junho de 2014 e terminar em 06 de dezembro do mesmo ano. Portanto, mais de nove meses após a data para o término da obra nada foi feito. A reportagem da rádio Onda Norte esteve recentemente no local e pode ver que havia apenas três funcionários no local e as paredes continuavam no chão. A única situação que remetia a uma obra era o monte de escombros que havia no local.
Segundo informações os vereadores já foram cobrados pela população a tomar uma postura diante dessa situação. Alguns vereadores já procuram a prefeitura para cobrar uma solução e foi informado que a empresa que não esta cumprindo com o contrato.
Mas, o que há de concreto nisso tudo? Mais uma vez enquanto fica o jogo de empurra-empurra a população vai ficando prejudicada pela má gestão do dinheiro público e pela falta de ação dos órgãos responsáveis pela gestão do município. Esta semana a reportagem fará mais uma vez contato com a Secretaria de Obras para pedir uma resposta que seja objetiva para a população que esperou duas décadas para conseguir esse ginásio e espera não precisar aguardar mais 20 anos para terminar essa reforma.

Ginásio Poliesportivo em Janaúba. (Foto: Pablo de Melo)

Ginásio Poliesportivo em Janaúba. (Foto: Pablo de Melo)

Ginásio Poliesportivo em Janaúba parcialmente demolido.
 (Foto: Pablo de Melo)

Avenida em Janaúba fica intransitável por causa de entulho

Avenida dos Inconfidentes em Janaúba obstruída pelo entulho.
A reportagem da Rádio Onda Norte FM 103,9 flagrou nesta segunda-feira (14) uma situação lamentável no perímetro urbano de Janaúba. O que causou mais espanto em nossa equipe, é que tudo isso ocorre próximo a uma escola municipal, a Emidio Pereira da Silva. O flagrante do nosso jornalismo foi uma avenida obstruída por entulho, a a avenida dos Inconfidentes, uma situação tão complicada que apenas um veículo por vez consegue passar na referida via. Fomos informados que por diversas vezes moradores acionaram a prefeitura informando sobre a situação, mas até o momento nenhuma providencia foi tomada, comprometendo o transito naquele local. Além das dificuldades geradas no tráfeco de veículos, o entulho também tem abrigado animais peçonhentos, ou seja, um risco real para crianças e alunos daquela escola.
Até o fechamento desta matéria a prefeitura municipal de Janaúba não informou quando será feita a limpeza do local mencionado pela nossa reportagem.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Escola Rômulo Sales em Janaúba: Alunos são obrigados a usar banheiro sem portas

O título de "Escola Referência" se encontra ameaçado diante desta imagem.
O entulho proveniente da reforma dos banheiros foi abandonado
pela empresa em frente a escola.

Banheiros sem as portas na Escola Rômulo Sales.
No último domingo (13), por volta das 19 horas, nossa reportagem foi comunicada sobre uma situação inusitada que estava ocorrendo na Escola Estadual Rômulo Sales de Azevedo, no bairro Santo Antonio, na cidade de Janaúba. O fato é que, há cerca de quinze dias, os banheiros tanto masculino como o feminino estão sem as portas, comprometendo a privacidade dos alunos daquela escola. Tudo isso se deve a uma falha da empresa responsável pela reforma dos banheiros, que simplesmente abandonou a obra e não retornou para finalizá-la. Segundo a direção da escola, várias tentativas foram feitas no intuito de fazer contato com a empresa, mas não obtiveram êxito. Isso tem gerado um verdadeiro transtorno para a escola, que tem o título de “Escola Referência”, e agora vê essa belíssima conquista comprometida por falhas de terceiros. A direção da escola informou que tomou todas as providências cabíveis, e que irá convocar uma nova licitação, fazendo o chamado distrato com a empresa ADLX LTDA de Montes Claros, ou seja, será instaurado um processo administrativo que visa a quebra do contrato com a empresa vencedora da licitação que não esteja cumprindo com as cláusulas contratuais. Somente desta forma a obra poderá ser finalizada, mas ficando mesmo assim um prejuízo irreparável para os cofres públicos, já que a planilha de gastos será alterada, de forma a ajustar para números atuais, todos os gatos com o serviço de finalização da obra.

A obra que foi orçada em mais de 70 mil reais,
agora deve sofrer correções nos gastos e valores,
devido a inflação.

Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

CODEVASF: Descaso com o patrimônio público


Foto: Pablo de Melo.
Em meio a uma crise financeira que o país vive, ainda há pessoas que duvidam que não haja o suficiente para todos, já que na prática o que se observa é uma “cachoeira de desperdício” por parte de todos que vivem nesta terra de abundâncias, chamada Brasil. Muitas das vezes a crise é mais uma histeria coletiva do que de uma realidade concreta, já que, por exemplo, a bolsa de valores sobe ou desce baseada simplesmente em informações.
Nossa reportagem inicia falando sobre o desperdício, esbanjamento e perdas que nos tornamos especialistas, infelizmente uma realidade cruel, já que tantas pessoas ainda passam por agruras neste país. E baseado nesta realidade, que viemos através desta redação ilustrar a indignação da população de Janaúba e Nova Porteirinha, diante do descaso praticado pela CODEVASF, que a céu aberto mantém caminhões pipa, caçambas Vegalix, desintegradores, grades motoniveladoras, tratores e pás carregadeiras, decompondo-se pouco a pouco sob o sol escaldante norte mineiro. Nossa reportagem fez esse flagrante, e diante do abuso fomos informados que não há espaço para abrigar a frota de veículos no pátio da CODEVASF em Montes Claros, e por isso os veículos estariam ali, a céu aberto no Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura do Gorutuba em Nova Porteirinha , administrado pela CODEVASF. Imediatamente fomos tomados por um sentimento de revolta, já que sabemos que, a prefeitura de Janaúba desembolsa mais de R$25 mil reais mensais em locação com caminhões Vegalix para a limpeza da cidade.




Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Janaúba: PM apreende cocaína e arma de fogo no Jardim das Acácias

Material apreendido.
(ASCOM PM) Na tarde da última sexta-feira (11/09), a PM através da equipe do Tenente Rondinele cumpriu um Mandado de Busca e Apreensão na rua Onze, bairro Jardineiro Jardim das Acácias em Janaúba, local conhecido como ponto de venda de drogas.
Durante as buscas foi encontrado um revolver, marca Taurus, calibre 38, oxidado, carregado com 06 munições intactas e uma deflagrada, uma sacola contendo uma pedra bruta de crack com aproximadamente 30 gramas, seis pedras enroladas de crack, uma pedra bruta de cocaína com aproximadamente 30 gramas e cinco papelotes de cocaína, vários sacos plásticos comumente utilizados para dolagem de drogas, uma gilete para corte/refino de droga e a quantia de R$32,20.
O cidadão infrator foi preso em flagrante e conduzido a Delegacia de Polícia Civil, onde ficou a disposição da justiça.

Serranópolis de Minas: População se revolta e rende assaltante

Material apreendido.
(ASCOM PM) Nas últimas semanas a PM em Serranópolis de Minas vêm recebendo informações acerca de alguns crimes de furto ocorridos na zona rural daquele município.
Neste domingo (13) uma pessoa não identificada comunicou a PM que o autor desses crimes havia sido reconhecido e abordado por alguns populares. A equipe do Sgt Camargos deslocou para o local onde depararam com o cidadão Nilson Pereira Guimarães, 36 anos, já amarrado e apresentando alguns ferimentos pelo corpo.
Na abordagem feita pelos populares e vítimas, o cidadão infrator Nilson estava armado com uma pistola 380, marca Taurus, numeração raspada, carregada com dez cartuchos, e de cima de uma motocicleta marca Honda CG-150, placa HKD-1311, efetuou disparos contra duas pessoas sem, contudo atingi-las, devido à ação de um cidadão que ao perceber a ação do autor Nilson, colidiu com o fundo da sua motocicleta e desequilibrando-o.
Imediatamente após o disparo, Nilson foi imobilizado, tendo antes reagido, oferecendo resistência ativa até ser contido. No exato local onde os disparos foram efetuados foi encontrada e recolhida uma cápsula deflagrada do mesmo calibre, marca e modelo dos cartuchos utilizados na arma de fogo que Nilson reconheceu como sua. As ferramentas utilizadas para a prática dos furtos encontravam-se com o acusado, dentro de uma bolsa.
Os policiais militares ratificaram a prisão do cidadão infrator e contra este existe um mandado de prisão por outros crimes, em seguida o infrator foi desamarrado, algemado e conduzido para o Hospital São Vicente de Paulo, lá foi medicado e liberado. O cidadão infrator, por sua vez, narrou que estava indo para a cidade Rio Pardo de Minas quando foi cercado por um grupo de aproximadamente vinte homens, os quais o agrediram com socos e chutes, acrescentando que a pistola realmente pertence a ele, mas que não efetuou disparos contra ninguém, que a arma foi arrancada de sua cintura.
O cidadão infrator foi conduzido juntamente com todo material apreendido para a delegacia de Polícia Civil, ficando a disposição da justiça.

Em Montes Claros, idoso engasga com pedaço de carne e fica sem respirar

(G1) Um homem de 76 anos engasgou com um pedaço de carne e ficou com as vias aéreas obstruídas. A ocorrência foi registrada pelo Corpo de Bombeiros neste domingo (13), no Bairro São Geraldo, em Montes Claros (MG).
Segundo as informações dos militares, um familiar dele ligou no 193 e recebeu as instruções de quais procedimentos fazer para socorrer o idoso, enquanto a viatura chegava no local.
Quando os Bombeiros chegaram o homem já estava respirando. Ele foi levado até um hospital e ficou em observação.

Lideranças políticas e comunidade se reúnem para debater ações de proteção a água em Nova Porteirinha

NOVA PORTEIRINHA (Victor Michel) - Diante da grave crise hídrica que circula a região do Norte de Minas, em especial as cidades de Nova Porteirinha e Janaúba, onde está localizado o Projeto Gorutuba que é um dos principais programas responsáveis por movimentar a economia local e até regional dessas duas cidades. Na última sexta-feira (11), aconteceu uma audiência pública na Câmara de Vereadores de Nova Porteirinha onde lideranças políticas e instituições como, por exemplo, a Associação Central dos Fruticultores do Norte de Minas (ABANORTE), o Distrito de Irrigação do Perímetro Gorutuba (DIG), empresas como a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (CODEVASF) e a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (EMATER- MG) juntamente com a população local debateram ações de proteção a água da Barragem do Bico da Pedra e do rio Gorutuba. Atendendo a um requerimento feito pela vereadora Joélia Santos Barbosa, o presidente da Câmara Municipal de Nova Porteirinha Dácio Silveira com apoio de todos os outros vereadores resolveu realizar uma Audiência Pública para discutir sobre temas importantes para as duas cidades.
De acordo com a vereadora Joélia Santos “essa audiência resume em duas coisas, unir nossas forças políticas e encontramos soluções para nossos problemas”, disse.“Outro fator é que essa audiência aqui não é para promover nenhum dos lados, e muito menos a vereadora Joélia. Estamos aqui para discutir a realidade de Nova Porteirinha e garantir a sustentabilidade da nossa região, além da preocupação em relação a água, tanto para o consumo humano quando para o uso da irrigação, uma vez que cidades como Janaúba e Nova Porteirinha necessita desse bem maior (água) para continuar o seu desenvolvimento”, conclui a vereadora.  Além das lideranças políticas que estavam presentes na reunião, Silvado Antônio Ferreira que é uma figura reconhecida na região pelos serviços prestados como radialista disse que “nós sabemos que a crise da seca do pais é muito grande, mas nós sabemos que se essa obra (fazendo referência a construção da tubulação) não for concluída a crise será pior. Portanto, nós e especialmente vocês, (dirigindo as palavras para as lideranças políticas que estavam presente), eles também devem se mobilizarem em relação a questão hídrica da cidade”, alertou Silvado. Também deixando de lado as questões políticas, quem afirmou trabalhar "juntos", foi o secretário de Estado Tadeu Martins Leite mais conhecido como Tadeuzinho e alertou que “a questão da crise hídrica não é exclusividade do Norte de Minas, é algo nacional. Mas, devemos ficar atentos e evitar agora, para que não chegue um futuro próximo não tenha água nem para beber”, disse.
Além da abordagem sobre a proteção à água da Barragem do Bico da Pedra e do Rio Gorutuba, a reunião também apresentou a situação do sistema irrigado do Perímetro do Gorutuba e a possibilidade de construções de pequenas barragens nos rios.
Audiência Pública.  FOTO: Camila Guimarães

domingo, 13 de setembro de 2015

São Francisco: Traficantes são interceptados ao transportar droga para Montes Claros

Droga foi apreendida e entregue na delegacia
(G1) Dois menores foram apreendidos e um rapaz de 19 anos foi preso em , Norte de Minas, neste sábado (12), por suspeita de tráfico de drogas.
Segundo a Polícia Militar, os suspeitos seguiam de carro para Montes Claros (MG) levando 785 pedras de crack, 160 papelotes de cocaína, três quilos de maconha, e 50 buchas da droga prontas para comercialização.
O suspeito de 19 anos disse à polícia que a maconha prensada seria vendida por R$ 2 mil. Cada papelote de cocaína seria revendido para o consumidor final por R$ 30. Já as pedras de crack eram vendidas por R$ 10.
O material apreendido foi entregue na delegacia, juntamente com os envolvidos.

Patrimônio mineiro, igreja inacabada do século 17 sofre com vandalismo

Abraçada por uma gameleira, a igreja de pedras de Bom Jesus de Matozinhos
é atração no local escolhido pelo escritor Guimarães Rosa como berço
do amor de Riobaldo e Diadorim, em Grande sertão: veredas
(foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press)
Apesar de ter sido tombada, ruína ligada à história do bandeirante Fernão Dias e que virou cartão-postal continua a ser alvo de pichações

Paulo Henrique Lobato 

Barra do Guaicuí – O sertanejo Charlysson Nunes exerce múltiplas funções no Norte de Minas, de servente de pedreiro a guia turístico, mas o que o deixa com um sorriso que parece não ter fim é começar a contar histórias e estórias de Barra do Guaicuí, distrito de Várzea da Palma, a 800 metros de onde o Rio São Francisco engole o Velhas e a 370 quilômetros de Belo Horizonte. Um dos causos prediletos do rapaz é sobre a inacabada igreja de pedras de Bom Jesus de Matozinhos, onde vingou uma imponente gameleira no lugar em que deveria existir uma torre.
“Sabe como a árvore foi parar lá?”, pergunta. E ele mesmo responde: “Obra de um passarinho, de um bem-te-vi. Tinha uma sementinha nas fezes do bichinho”. Ele é encantado com a imagem da raiz abraçando parte do templo. Mas algo no cartão-postal do lugarejo, onde moram em torno de 4 mil pessoas, o incomoda. Aliás, o tira do sério. O interior da Bom Jesus é alvo constante de vândalos. As paredes estão cheias de frases, nomes e símbolos grafados com facas, estiletes, chaves e outros instrumentos.
O prazer de vândalos em marcar a ruína é um ataque ao patrimônio público e à história da Bom Jesus de Matozinhos. A igreja começou a ser erguida no século 17. Por algum motivo que ninguém sabe explicar, a obra não foi acabada. Há várias teses e lendas sobre o tema. Uma diz que os operários morreram de malária. Outra sustenta que a construção foi interrompida ao se constatar que o leito do Velhas, a menos de 10 metros de lá, inundaria o templo em época de enchente.
O certo é que a Bom Jesus e o distrito inspiraram várias pessoas do meio cultural. Guimarães Rosa (1908-1967), por exemplo, descreveu Barra do Guaicuí em Grande sertão: veredas, sua obra mais importante, publicada pela primeira vez em 1956. O escritor mineiro escolheu Guararavacã do Guaicuí, como ele se refere ao povoado, para ser o lugar em que Riobaldo Tatarana, o protagonista, descobriu que amava Diadorim, a personagem que se vestia de homem e que “nasceu para o dever de guerrear e nunca ter medo, e mais para muito amar, sem gozo de amor (...)”.
Foi assim: “A Guararavacã do Guaicuí: o senhor tome nota desse nome... Mas foi nesse lugar, no tempo dito, que meus destinos foram fechados. Será que tem um ponto certo, dele a gente não podendo mais voltar pra trás? Travessia de minha vida. Guararavacã. O senhor vá escutando. Aquele lugar. O ar. Primeiro fiquei sabendo que gostava de Diadorim – de amor mesmo amor, mal encoberto em amizade”.
Dizem que Rosa não tem leitores. Tem fã-clube. Todos os anos, centenas de homens e mulheres que devoram seus livros vão a Guaicuí conhecer o templo e outras atrações do lugarejo. Quem tem a sorte de se encontrar com Charlysson logo aprende alguns causos. “Bem aqui (ao lado da igreja) ficava o cemitério. Há corpos sepultados debaixo de onde estou pisando”, garante o rapaz. A avó dele, acrescenta, sustenta que há um túnel, em torno de três quilômetros, que liga o templo a uma outra área onde há corpos sepultados.
A imagem da ruína da Bom Jesus sempre esteve ligada ao conceito de morte. Pelo menos é o que contam por aquelas bandas. Além da versão de que o tempo não foi concluído porque os operários morreram de malária, há quem sustente que Fernão Dias (1608-1681), o paulista cuja bandeira deu origem a várias cidades de uma região inóspita que viria a ser Minas Gerais, foi vítima de uma peste e fechou os olhos para sempre ao lado da igreja inacabada.
A menos de um quilômetro da Bom Jesus, há uma praça com a imagem do bandeirante. O nome homenageia o paulista. Durante parte do dia, o pintor Alex Alves Batista, de 50, descansa num dos bancos de lá. Em frente à praça, há outra igreja católica. “O sino é de 1779”, conta Alex. Ele defende a presença de vigias 24 horas para proteger a ruína da Bom Jesus.
O templo inacabado é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha). O instituto estadual usou o depoimento de Richard Burton, um viajante que percorreu a região na década de 1860, como parte do conteúdo que justificou o tombamento.
“Toda em pedra de cantaria e cal mostra que, no tempo da colônia, o lugar conheceu melhores dias; como sempre, é uma obra semiconstruída (…). A entrada do lado sul nunca chegou a ser coberta por um telhado; na sacristia, a leste, só há caibros e o campanário não passa de três barras de madeira, em forma de forca, sustentando o sino. Pilastras e púlpitos de pedra estão condenados a não passar de embriões e um arco de alvenaria destinada a marcar o lugar do altar-mor, ao norte, está coberto de ervas-daninhas”, escreveu o viajante.

O sertanejo Charlysson Nunes no papel de guia turístico:
encanto pelas ruínas e irritação com ataques ao monumento
(foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press)

Nas paredes internas do templo, marcas do desrespeito pelo patrimônio
histórico gravadas com facas e estiletes
(foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press)

Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: EM

Norte de Minas: Moradores resistem ao isolamento nas "cidades rurais"

A casa de Maria Perpétua, também na "cidade", tem até porteira e curral,
que fazem imaginar que continua vivendo na roça (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
Luiz Ribeiro
Itacambira – Uma única avenida, três praças e 20 ruas resumem a área urbana de Itacambira, no Norte de Minas, uma das “cidades rurais” do estado. Dos 4,9 mil habitantes do município recenseados em 2010, 3,9 mil (79,5%) moram na zona rural. No “dia da feira”, eles se deslocam até a área urbana para receber aposentadorias e outros benefícios, vender o que produzem – incluindo verduras, frutas, milho, feijão, ovos, frango – e comprar o que precisam, de sal a roupas. Eles são transportados em ônibus cedidos pela prefeitura, que também disponibiliza caminhões para carregar as mercadorias. Nos outros dias, preferem evitar as péssimas condições das estradas vicinais e o relevo acidentado da região.
A dispersão das famílias dificulta e encarece a administração do município, afirma o chefe de gabinete da prefeitura, Joaquim Magno Miranda. “Temos que investir muito na reforma e conservação dos 500 quilômetros de estradas vicinais, que atendem em torno de 25 localidades rurais”, explica. Em algumas, o isolamento chega a ser completo no período de chuvas, quando estradas de terra se tornam intransitáveis, como ocorre em Macaúbas, às margens do rio homônimo, distante 34 quilômetros da área urbana de Itacambira e sem acesso a linhas de ônibus.
A energia elétrica é o único conforto da vida moderna ao alcance das cerca de 20 famílias de Macaúbas. Para telefonar, os moradores precisam se deslocar pelo menos 10 quilômetros até o “ponto” mais perto, onde o sinal de celular “pega”. Ali, internet é desconhecida. Apesar do acesso à televisão – viabilizado pela chegada da energia elétrica há apenas sete anos, o velho radinho de pilha continua sendo o único meio de contato de muitos com o “mundo externo”.
É o caso do agricultor aposentado José Pereira, que não sabe sequer a própria idade e que nunca assistiu a um programa de televisão. “Acho que tenho mais de 78 anos”, diz José Pereira. Ele mora com a mulher, Maria da Glória dos Santos, de 72, numa pequena casa a que só se chega depois de uma caminhada de 20 minutos por uma trilha e pelo leito do Rio Macaúbas. Sempre que precisa se deslocar até a sede de Itacambira, o aposentado paga R$ 100 de “frete” a um motoqueiro da região. Porém, já enfrentou situação pior. “Antigamente, eu viajava de Itacambira até aqui a pé, mais de cinco léguas (30 quilômetros), carregando mercadorias nas costas”, relatou.
Cercados de utensílios antigos, como um jirau – estrutura de madeira usada para escorrer vasilhas –, os agricultores João Batista Oliveira, de 55 anos, e Maria Dalva Soares de Oliveira, de 53, ficam mais de um mês sem visitar a área urbana. A mulher garante não sentir falta da cidade, mas reclama da escassez de assistência à saúde, problema agravado pela dificuldade de acesso à sede. “A gente só vai à cidade para comprar as coisas necessárias, como sal, arroz e açúcar”, afirma João Batista, que usa uma moto nos seus deslocamentos.
Para o casal José Pereira da Silva, de 62, e Alaíde Pereira da Silva, de 52, a aquisição desses produtos e serviços é “a maior dificuldade” para quem vive na localidade. Os dois passam até dois meses sem ir à área urbana, mas Alaíde diz preferir a roça. “Na cidade, é muito difícil, tudo a gente tem que comprar. Na roça, a gente produz alguma coisa”, comenta a mulher, acrescentando que apenas aprendeu a “assinar o nome” e a “ler um pouquinho” com o pai, que não permitiu que ela saísse de casa para estudar na cidade. Hoje, as crianças de Macaúbas são levadas para a escola em Itacambira e o carro do transporte escolar é um dos poucos veículos que transitam frequentemente entre a localidade e a área urbana. Questionado se conhece internet, José Pereira respondeu: “Já ouvi outros falarem. Dizem que é uma coisa muito importante, mas eu não entendo nada disso”.
Além da aposentadoria e do trabalho como agricultor, José Pereira da Silva tenta a sorte com garimpo, à procura de diamantes, no Rio Macaúbas, no fundo do seu terreno. Ele conta que a pedra mais valiosa que encontrou foi um diamante de quatro quilates, vendido por R$ 2,4 mil, divididos com um colega de trabalho. “Quem sabe um dia Deus olha pra gente e manda a sorte grande?”, sonha o agricultor garimpeiro.

Morador de Macaúbas, área rural de Itacambira, o casal de agricultores
José e Alaíde Pereira só vai à área urbana a cada dois meses para comprar mantimentos
(foto: Luiz Ribeiro/EM/D.A Press)

Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: EM

Minas tem 164 cidades onde população rural é maior que urbana

Jones trocou São Paulo por Ubaí e se mantém conectado via internet
 (foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A Press)
Paulo Henrique Lobato
Ubaí – Jones Veloso, de 33 anos, cursou a faculdade de informática na esperança de deixar o Capão da Onça, povoado de Ubaí, no Norte de Minas, a 500 quilômetros de Belo Horizonte, para ganhar a vida numa metrópole. Foi assim que ele foi parar em São Paulo, maior cidade da América do Sul, onde conviveu com gente que reclama do trânsito, da violência, da poluição e do custo de vida. Em poucas semanas, sentiu saudades do canto dos pássaros, do ar puro e dos queijos que fazia na fazenda. Foi então que decidiu retornar.
“Não saio mais daqui. O que consigo na roça me rende bem”, concluiu. O fazendeiro faz parte de uma estatística curiosa. Trata-se de um mapa que forma a Minas rural. Em 164 das 853 cidades do estado, a população do campo é maior que a urbana. Em Ubaí, por exemplo, 6.016 homens e mulheres vivem em sítios, ranchos e fazendas. Outros 5.665 estão na sede do município.
Há disparidade bem maior em outros lugares. Em Itacambira, também no Norte, esses números são, respectivamente, 3.982 e 1.006. Macaúbas é uma das comunidades rurais de lá. Os agricultores José Pereira da Silva, de 62, e Alaíde Pereira da Silva, de 52, dizem que ficam até dois meses sem ir à sede da cidade. Só vão à área urbana quando necessitam de algo que não encontram no campo. “É a nossa maior dificuldade”, diz a mulher.
Os dados, baseados no Censo de 2010, foram pinçados do estudo Atlas do Desenvolvimento Humano, elaborado em conjunto pela Fundação João Pinheiro (FJP), Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) – a lista de todas as cidades com suas respectivas populações pode ser acessada no www.em.com.br.
A Minas rural fica mais curiosa diante de uma constatação que teve início na década de 1970: a população do campo fica menor a cada ano, enquanto a urbana aumenta. Em Minas, a população rural despencou 10,5% de 2000 para 2010, de 3,2 milhões de pessoas para 2,8 milhões. Já a urbana aumentou 14,8%, de 14,6 milhões para 16,7 milhões. No país, no mesmo intervalo, a rural ficou 6,3% menor, de 31,8 milhões para 29,8 milhões. E a urbana engordou 16,8%, de 137,7 milhões para 160,9 milhões.
Os pesquisadores não investigaram os motivos de a população no campo ser maior do que a urbana nessas 164 cidades mineiras. Uma das causas é a qualidade de vida, como buscou Jones, o fazendeiro em Ubaí. Outra é a falta de instrução de muitos moradores do campo, que aumenta a dificuldade de encontrarem um emprego com boa remuneração nas áreas urbanas.
Qualquer que seja o motivo, uma tendência é unanimidade entre os especialistas: é forte a possibilidade de a população no campo cair no Censo de 2020 – o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (BGE) divulga o levantamento a cada 10 anos.
“Nos países de primeiro mundo, (o percentual da população rural sobre a total) se estabilizou em torno de 15%. Tende a reduzir um pouco mais em Minas Gerais. Muitas dessas cidades têm baixo Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM). As famílias sobrevivem de uma agricultura de subsistência”, avaliou Olinto Nogueira, especialista em políticas públicas da FJP.
O pior IDHM ocorre em São João das Missões (0,529), no Norte do estado, onde a população no campo (9.269 pessoas) é bem superior à urbana (2.446). Os pesquisadores concluíram que São João das Missões ocupa a 5.402ª posição entre os 5.565 municípios brasileiros. Apenas por curiosidade, São Caetano do Sul (SP) ocupa a primeira posição (0,862). Melgaço (PA) é o último da fila (0,418).
Muitos moradores do campo, porém, preferem permanecer na área rural mesmo tendo condições financeiras para sustentar uma família nas metrópoles. É o caso de Jones, o morador de Ubaí. “Aqui, há tranquilidade e sossego”, justificou o fazendeiro, que já foi professor de informática e se mantém conectado com amigos por meio do computador portátil.
A vida corrida na metrópole o fez retornar à fazenda Pedra Preta, em Ubaí, onde o IDHM é 0,609, considerado médio. Lá, ele faz e vende queijos por R$ 12 cada peça (cerca de 1kg). “Tenho 136 cabeças de nelore. O preço do litro do leite (R$ 0,72 na região) está baixo. Por isso, prefiro fazer queijo, o que garante um lucro maior”, explicou, enquanto proseava, encostado na porteira, com Leandro Souza, de 24. O amigo também já morou em São Paulo: “Não aguentei um mês e retornei. Meu lugar é aqui, no campo”.

Palavra de especialista - Dramas que se repetem

Pierre Vilela - Superintendente do Instituto Antônio Ernesto de Salvo, Braço de Pesquisas da Faemg

"O campo não é servido por serviço público. Há carência grande, por exemplo, de saúde. No Norte e Noroeste mineiros, regiões em que os municípios têm grande extensão territorial, famílias precisam percorrer longas distâncias, muitas vezes em estradas precárias, até a sede da cidade. Naturalmente, muitas deixam a área rural. Convivemos com o drama da falta de mão de obra na agricultura e crescente demanda por mecanização. Outro drama é a sucessão familiar nas fazendas: os filhos saem para estudar em centros urbanos e muitos não querem retornar. Não querem perder o conforto, a diversão, a educação. Mas notamos um movimento de retorno ao campo. Não dos que pegam na enxada, mas dos que querem mecanizar e gerenciar a propriedade".



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: EM