Blog com notícias de Janaúba e região!

sábado, 11 de julho de 2015

JANAÚBA: BALANÇO DE OPERAÇÕES REALIZADAS PELA EQUIPE DO TÁTICO MÓVEL

Durante este primeiro semestre de 2015, a equipe do Tático Móvel se destacou realizando incursões e batidas policiais nos principais corredores de segurança da cidade de Janaúba, obtendo o seguinte resultado:
- 32 armas de fogo apreendidas;
- 2,539 Kg de maconha;
- 2,200 Kg de crack;
- 637 buchas de maconha;
- 39 pessoas presas;
- 17 adolescentes apreendidos;
- 05 foragidos capturados;
- 08 motocicletas recuperadas;
- 252 pedras de crack apreendidas;

Um trabalho exitoso da PM em Janaúba.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Prefeito de Montes Claros cria 115 cargos de confiança na véspera do ano eleitoral

(Por Luís Claudio Guedes) O prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz (PRB), achou um jeitinho de contribuir para minimizar os efeitos do desemprego em alta no município. Muniz conseguiu que a Câmara Municipal aprovasse, na última terça-feira (7), pedido de autorização legislativa para criar mais 115 cargos de confiança na estrutura da administração local. Os salários variam entre R$ 1 mil e R$ 8 mil e devem impactar a folha de pagamento do município em R$ 2,5 milhões por ano. A medida é parte de mais uma reforma administrativa que o Muniz realiza na Prefeitura.
O prefeito avalia que a criação dos novos 115 cargos de confiança representa acréscimo residual de 1,5% na folha de pagamento do município, hoje em R$ 20 milhões por mês, o que equivale a 43% das receitas orçamentárias do município – o que deixa boa margem de manobra para cumprir oque determina a Lei de Responsabilidade Fiscal, que prevê teto de 54% para gastos com pessoal.

Trem da alegria
Aprovado por 12 votos a favor e sete contrários, o projeto recebe críticas por parte da oposição, que apelidou a iniciativa de “trem da alegria”. Muniz diz que as futuras nomeações são necessárias para ajustar o quadro de pessoal às atuais demandas da administração. Ajustar na direção do inchaço, já que a Prefeitura de Montes Claros conta atualmente com um exército de 10,2 mil funcionários.
A livre nomeação de cargos de confiança pouco antes da largada do período eleitoral irritou a oposição, que enxerga no movimento uma forma de cooptar lideranças comunitárias e mesmo de cevar a sempre a base aliada na Câmara, sempre sequiosa por uma boquinha para atender os cabos eleitorais. 
Muniz diz que os cargos serão ocupados com base em critérios de competência técnica e escolaridade. Pode ser. Mas não há como descartar no gesto do doutor a velha prática de usar dinheiro público para se perpetuar no cargo, como é da tradição brasileira. O prefeito, que ainda não tem uma marca registrada para a gestão, talvez tenha achado a sua.

MONTES CLAROS: Cachorro tem olho arrancado e é arremessado de altura de oito metros

Animal foi encontrado muito ferido
(Por FERNANDA VIEGAS) Uma fêmea da raça poodle foi resgatada pelo Corpo de Bombeiros em uma pedreira desativada sem um dos olhos e depois de ser sido jogada de uma altura de cerca de oito metros, em Montes Claros, no Norte de Minas, nessa quinta-feira (9).
Uma denúncia levou os militares do 7º Batalhão à rua Flor da Serra, no bairro Vila São Francisco de Assis. No local, de difícil acesso, os bombeiros encontraram o animal vivo, mas com um lado do rosto totalmente machucado. "Um dos olhos dele foi arrancado. Também, a gente imagina que ele sofreu uma pedrada ou coisa assim, devido ao ferimento", contou o sargento Eduardo Freitas Mota.
Na redondeza, os bombeiros não conseguiram descobrir quem era o dono do animal e nem que poderia ter o agredido. A cadela foi encaminhada para o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).
"Ela foi avaliada pela médica veterinária, passou por exames clínicos e de sangue e além de estar muito machucada, ela estava com leishmaniose, e foi eutanasiada", explicou o coordenador do CCZ, Edvaldo de Freitas.
Segundo Freitas, o abandono de animais, principalmente cachorros tem ocorrido com muita frequência na cidade. A prefeitura realiza um trabalho de educação sobre a posse e responsabilidade de animais nas escolas. "O cão apresenta algum ferimento, muito carrapato ou está velho e as pessoas os descartam como se fosse um lixo, jogando nas ruas. Alguns são atropelados e outros agredidos", detalhou.

Jaíba recebe audiência para debater combate às drogas

A Comissão de Prevenção e Combate ao uso de Crack e Outras Drogas da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realiza na terça-feira (14), às 10 horas, audiência pública em Jaíba. Solicitada pelo deputado Missionário Márcio Santiago (PTB), a reunião visa debater o enfrentamento ao uso de crack e outras drogas no município e a violência decorrente dessa prática. A audiência será realizada no Centro de Eventos (rua Valdomiro Cardoso de Sá, nº 10 – Centro),
Segundo o parlamentar, ao receber o prefeito de Jaíba, Enoch Vinícius, em seu gabinete, o chefe do Executivo expôs as dificuldades do município em relação ao aumento da criminalidade e ao consumo de drogas. “Apresentei o requerimento à comissão solicitando a audiência, para que juntos pudéssemos debater o problema das drogas na cidade. Espero que seja muito produtivo, como tem sido nos municípios que temos ido”, disse. O deputado afirmou que com a reunião espera contribuir para a elaboração de políticas públicas de prevenção e combate às drogas, “um mal que não está só em Jaíba, mas em todo o Estado”.
Para o encontro foram convidados: o prefeito de Jaíba, Enoch Vinícius Campos de Lima; o comandante do 51º Batalhão da Polícia Militar, major João Aparecido do Nascimento; a delegada regional de Polícia Civil de Janaúba, Gessiane Soares Cangussu; o membro do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência da PMMG, Fábio Fernandes da Silva; o presidente da Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac), Auricharles Nunes Marins; o médico do Centro de Atenção Psicossocial, Wellington Pacífico Campos de Lima; e o pastor da Igreja Mundial do Poder de Deus, Antônio José de Lima Souza.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Pirapora decreta situação de emergência por estiagem

(Hoje em Dia) Uma das principais cidades do Norte de Minas Gerais, Pirapora, teve a declaração de situação de emergência em função da estiagem reconhecida pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec). O documento foi emitido pelo município na última quarta-feira (8), mas a divugalção do fato ocorreu nesta sexta-feira (10).
Ao todo, 29 cidades decretaram situação de emergência por seca ou estiagem desde o início do período sem chuvas, em maio. Desde 19 de janeiro deste ano, são 11 cidades afetadas pela estiagem.


Ajuda
Minas Gerais terá R$ 10 milhões para combater os estragos causados pelo período seco neste ano. O valor faz parte do Plano de Convivência com a Seca 2015, lançado na última quarta-feira (8), pela Secretaria de Estado Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Sedinor) e Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais (Cedec-MG), em Montes Claros, no Norte de Minas.
Do total do recurso, parte proveniente do Ministério da Integração Nacional, R$ 7 milhões serão para atendimento com caminhões-pipa e R$ 3 milhões para implantação de adutoras de engate rápido, sistema para bombear água de barragens ou rios. O plano ainda traça metas e ações preventivas e emergenciais para auxiliar os municípios mineiros prejudicados pela estiagem.

Filha e cunhada do prefeito de Padre Carvalho receberam irregularmente o Bolsa Família

(R7) Denúncia foi comprovada pelo Portal da Transparência. Outros três servidores de Padre Carvalho, no norte de Minas, foram beneficiados irregularmente.
A filha e a cunhada do prefeito de Padre Carvalho, no norte de Minas, foram beneficiadas pelo programa Bolsa Família, do Governo Federal. Outros três servidores municipais também receberam o benefício de forma irregular. Ao todo, eles ganharam R$ 22 mil.
A denúncia, feita pelo vereador Eugênio de Oliveira, é comprovada pelo Portal Transparência. Suely Santa Rosa de Morais, filha do prefeito, recebeu quase R$ 3.500 do benefício. A quantia foi paga de 2013 até janeiro deste ano. No período, ela trabalhou como secretária de administração da prefeitura, cargo que ocupa até hoje, ganhando R$ 2.750 por mês.
Suely não foi encontrada para comentar o caso. O pai dela, Antenor Santa Rosa, prefeito da cidade, não sabia do pagamento. “Se isso está acontecendo eu não tenho conhecimento. Tem que ser apurado. É injusto receber isso.”, afirmou a TV Record.
A cunhada do prefeito também recebeu a bolsa. Lucídia dos Reis Sales é casada com o irmão de Antenor, que é ex-vereador do município. Ela também foi procurada, mas não se manifestou sobre o assunto.
Servidores da prefeitura também ganharam o benefício de 2013 até abril deste ano, sem precisar. Albete de Oliveira Santos é coordenadora municipal de Saúde e sacou R$ 3.700 nesse período. Maria Darlys Ferreira Guimarães, diretora de uma escola de educação infantil e casada com um vereador da cidade, retirou R$ 2.000 em benefícios.
A única servidora encontrada foi Mariana de Oliveira Jardim, que é gerente de recursos humanos da prefeitura desde 2013 e recebe um salário de R$ 2.500. Nesse mesmo período ela foi beneficiada com quase R$ 5.000 do Bolsa Família.
Mariana confirma que recebeu o benefício até começar a trabalhar na prefeitura. Ela afirmou que entregou o cartão, só não soube dizer quando.
A responsável por gerenciar os beneficiários é a secretária de Assistência Social da cidade, mas ela também não foi encontrada. Quatro vereadores tentam aprovar a abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar o caso.

TJMG nega mais um pedido de habeas corpus de Arruda, ex-prefeito de Januária

(Por Fábio Oliva) A Sétima Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) negou por unanimidade mais um pedido de habeas corpus impetrado pelo ex-prefeito de Januária/MG, Maurílio Néris de Andrade Arruda (PTC), preso pela Polícia Federal desde junho de 2014. A sessão de julgamento ocorreu quinta-feira (02/07) e foi publicada ontem (09/07) no Diário do Judiciário Eletrônico. Sete advogados, além do próprio Arruda, atuaram no processo que combatia ordem de prisão concedida pela Juíza de Direito Karen Castro dos Montes, da 2ª Vara Criminal da Comarca de Januária.
Segundo a denúncia oferecida pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), durante sua gestão (2009-2012) Arruda descontou das folhas de pagamento do funcionalismo municipal milhares de reais, a título de recolhimento de contribuições sociais, mas não repassou o dinheiro, dando calote no Instituto de Previdência Municipal de Januária (Prevjan).
De acordo com o MPMG, o ato de Arruda caracteriza a prática do crime de apropriação indébita previdenciária (artigo 168-A do Código Penal), que prevê pena de reclusão de 2 a 5 anos, e multa.
Arruda também foi denunciado na mesma ação pela prática de crime de responsabilidade, por negar execução de lei que determinava os repasses (artigo 1º, inciso XIV, do Decreto Lei 201/67). A pena para o crime de responsabilidade é a perda de qualquer cargo público e a inabilitação, pelo prazo de cinco anos, para o exercício de cargo ou função pública, eletivo ou de nomeação, sem prejuízo da reparação civil do dano causado.
Arruda alegou que a denúncia apresentada pelo MPMG não aponta o valor líquido e certo do calote, muito menos lançamento em definitivo dos valores do tributo apropriado. “Nem um valor nem outro se apresenta inscrito na dívida ativa, não havendo sequer lançamento do tributo”, afirmam seus defensores no pedido de habeas corpus. Além disso, segundo a defesa, a juíza de direito Karen Castro dos Montes Claros “recebeu a inicial acusatória, de forma simplista e sem quaisquer fundamentos”.
Além da ordem de soltura, Arruda também pediu a declaração de nulidade processual desde o recebimento da denúncia, e a suspensão do seu andamento em caráter liminar.
Os desembargadores da Sétima Câmara Criminal entenderam que não era o caso sequer de analisar o mérito dos argumentos apresentados pelos defensores de Arruda.
O desembargador-relator Sálvio Chaves votou pelo não conhecimento da ação. Alegou que os pedidos formulados no habeas corpus não foram previamente requeridos na primeira instância, à juíza da causa. Nesse caso, segundo ele, se o TJMG conhecesse do habeas corpus, estaria suprimindo a oportunidade da juíza Karen Castro dos Montes se manifestar sobre os argumentos apresentados pela defesa do ex-prefeito.
A decisão do relator foi acompanhada pelos outros dois desembargadores que integram a Sétima Câmara Criminal, Paulo Calmon Nogueira da Gama e Marcílio Eustáquio Santos.

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Prefeitura de Porteirinha anuncia inauguração da agência do INSS na cidade

(ASCOM) A Prefeitura de Porteirinha anunciou ontem (9) a data da inauguração da agência do INSS no município. A realização deste sonho para os moradores da cidade e da região está marcada para o próximo dia 23 de julho.
A expectativa é que, com a abertura da agência, além de facilitar a vida dos porteirinhenses, evitando deslocamentos até a cidade de Janaúba e gastos, o INSS possa gerar possibilidades de renda e oportunidades em Porteirinha, uma vez que os moradores de outros municípios da região também serão atendidos pela nova agência da cidade. Segundo o presidente da CDL de Porteirinha, Adinê Alves Pereira, essa inauguração é muito importante para o município, pois vai aquecer o comércio e, consequentemente, melhorar a economia local.
Nesta administração, a Prefeitura de Porteirinha já conquistou uma agência do Sistema Nacional de Empregos (SINE), o Campus Avançado do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG) e a Universidade Aberta e Integrada do Brasil (UAITEC), órgãos com sede em Porteirinha, mas que atendem a região. A população ainda está na expectativa da volta da Caixa Econômica Federal, que há 17 anos deixou o município.

Janaúba: Polícia Militar apreende rifle

Rifle é apreendido em Janaúba.
(ASCOM PM) Na tarde desta quinta-feira (09), a PM efetuou a apreensão de um rifle calibre .22, municiado com 17 cartuchos intactos, que estava enterrado no quintal de uma residência, no Bairro Veredas, cidade de Janaúba. Também foi apreendido 01 invólucro plástico contendo maconha.
Um homem e uma mulher, de 27 e 32 anos, moradores da casa, foram presos e encaminhados à Delegacia da cidade.

Em Montalvânia homem é preso com papelotes de cocaína e R$ 19 mil

Material apreendido com homem de 48 anos
(G1) A Polícia Militar prendeu um homem de 48 anos com 115 papelotes de cocaína, em Montalvânia (MG), nesta quinta-feira (9). Cerca de R$ 19 mil foram também foram apreendidos com ele.
A prisão foi feita depois que a PM recebeu uma denúncia anônima informando que o homem estaria transitando pelo Centro da cidade de carro e vendendo drogas. O automóvel estava regular, mas o homem não tinha habilitação. O dinheiro foi encontrado no bolso da calça dele, que não soube explicar como adquiriu a quantia.
Durante buscas na casa dele foram apreendidos dois computadores, dois celulares, um tablete e equipamentos de som. O material foi apreendido porque não tinha nota fiscal. A droga também foi apreendida no imóvel.
O homem foi levado para a delegacia junto com o material. O carro foi entregue para um condutor habilitado.

Em São João da Ponte quatro médicos ficam feridos em capotamento

(G1) Quatro pessoas ficaram feridas em um acidente na MG-202, nesta quinta-feira (9), entre São João da Ponte e Japonvar, no Norte de Minas Gerais.  O carro no qual elas estavam capotou.
Segundo as informações do Samu, os ocupantes do carro seriam médicos que estavam voltando de uma conferência em São João da Ponte. No local os socorristas encontraram apenas dois dos feridos, um homem de 26 anos apresentava fratura no braço e trauma no tórax, uma mulher da mesma idade, que não tinha ferimentos, mas acompanhou a vítima até um hospital de Montes Claros (MG).
Não há informações sobre o estado de saúde das outras duas vítimas.

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Cidades fazem pressão para Minas ser incluída em medida contra a crise

(POR QUEILA ARIADNE) A audiência pública que teve como objetivo discutir a crise na indústria de ferroliga contou com a presença de representantes das indústrias e das cidades afetadas, e trabalhadores que foram demitidos. Eles se articulam para pressionar o governo federal a incluir Minas Gerais na Medida Provisória (MP) 677/15 que, por enquanto, beneficia só o Nordeste.
A reunião realizada pela Comissão de Trabalho, da Previdência e da Ação Social da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aconteceu nesta quinta-feira (9).
Desde o fim do ano passado, cerca de cinco mil pessoas foram demitidas em Várzea da Palma e Pirapora, no Norte do Estado, entre empregos diretos e indiretos, com a redução e paralisação das atividades da Inonibrás, Minasliga, Liasa, Italmagnésio e Rima.
O prefeito de Pirapora, Léo Silveira, apontou ainda que a água do rio São Francisco que vai para a usina de Sobradinho para gerar energia para a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), passa na "porta" de Pirapora e mesmo assim, a cidade não é contemplada pela MP.
O motivo apontado pelas empresas de ferroliga para as demissões no setor é o custo da energia.


Entenda
A MP 677/15 estende os contratos entre as indústrias eletrointensivas do Nordeste e a Chesf até 2017, como uma forma para se reduzir a crise do setor no Estado.
Outros motivos para a audiência foi o fechamento da fábrica da multinacional Novelis em Ouro Preto, com a consequente demissão de mais de 300 pessoas; e a redução dos salários na unidade da Vale Manganês situada no mesmo município.
Ligadas ao setor do ferroliga, as empresas têm sofrido, segundo os presentes, com os recentes aumentos de preços da energia elétrica. De acordo com o diretor executivo da Associação Brasileira de Ferroligas e Silício Metálico (Abrafe), Edivaldo Holman, a energia é o insumo mais importante dessa indústria, chegando a representar entre 40 e 45% dos custos.
Ainda de acordo com Holman, 80% da produção de ferroliga no Brasil está em Minas Gerais. Assim, ele afirmou que a solução mais imediata e rápida para a crise é a ampliação para o Estado dos efeitos da MP 677/15. A medida garantiu a ampliação dos contratos de energia sete indústrias no nordeste com manutenção dos preços, além de criar um fundo com recursos a serem destinado à construção de empreendimentos para geração de energia elétrica.
Atualmente, a MP 677/15 está sendo analisada por uma comissão criada na Câmara dos Deputados e o deputado federal Leonardo Monteiro (PT/ MG) já apresentou uma emenda que sugere a extensão dos benefícios para Minas Gerais. “Temos que sair daqui com um grupo de ação junto aos parlamentares mineiros em favor dessa emenda”, disse o deputado Carlos Pimenta (PDT), que defendeu que parlamentares da base e da oposição se unam com esse fim.
Durante a reunião, foi aprovado requerimento de audiência pública com a participação das comissões de Minas e Energia e de Direitos Humanos para debater a medida provisória 677/15, que, conforme apontado na audiência pode ser a solução para a crise.


Com informações da ALMG.

Greve do INSS já atinge 74 das 195 agências de Minas Gerais

Greve é nacional e atinge 10 estados além do Distrito Federal
(Por JOSÉ VÍTOR CAMILO) Das 195 agências da Previdência Social do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) em Minas Gerais, pelo menos 74 ficaram fechadas nesta quinta-feira (9), terceiro dia da greve nacional da categoria que teve início na última terça-feira (7).
Conforme divulgado no início da noite desta quarta-feira (8) pelo Ministério da Previdência Social, das 1.605 unidades espalhadas pelo país, o movimento grevista paralisou completamente 213 agências e parcialmente 292.
De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Seguridade Social, Saúde, Previdência, Trabalho e Assistência Social (Sintsprev/MG), nove das dez agências existentes em Belo Horizonte continuam fechadas. A única delas que se encontra aberta é a do Santa Efigênia, "onde estão atendendo precariamente".
Já no interior, onde estão 185 agências, o sindicato diz já ter a confirmação do fechamento de agências de 64 cidades.
São elas: Juiz de Fora, Poços de Caldas, Uberaba, Uberlândia, Montes Claros, Varginha, Contagem, Viçosa, Betim, Rio Pardo de Minas, Janaúba, Januária, Brasília de Minas, Corinto, Curvelo, Santa Luzia, Ibirité, Diamantina, Guanhães, Itamarandiba, Bom Despacho, Pará de Minas, Passos, São Sebastião do Paraíso, Coronel Fabriciano, Manhuaçu, Muriaé, Itabira, Nova Lima, Ouro Preto, Itajubá, Pouso Alegre, Muzambinho, Andradas, Medina, Pedra Azul, Teófilo Otoni, Araçuaí, Carlos Chagas, Araxá, Frutal, Patos de Minas, João Pinheiro, Carmo do Parnaíba, Campo Belo, Caxambu, Lavras, São Lourenço, Três Pontas, Cássia, Santa Rita do Sapucaí, São João Nepomuceno, Elói Mendes, Alfenas, Boa Esperança, Cambuí, Monte Santo de Minas, Guaxupé, Campos Gerais, Três Corações, São Gonçalo do Sapucaí.
Em Divinópolis, na região Centro-Oeste do Estado, tanto a agência quanto a gerência executiva — que atende várias cidades da região — estariam fechadas. Ainda de acordo com o Sintsprev, os trabalhadores do INSS de Barbacena e São João Del-Rei estão atendendo apenas os agendamentos. Na cidade de Ubá, a categoria deliberou pelo início da greve nesta sexta-feira (10).
A categoria pede reajuste salarial de 27,5%, incorporação de gratificantes e abertura de concurso público, entre outras reivindicações. "Trabalhamos com uma defasagem de 10 mil pessoas em todo o país, sendo que em 2017 cerca de 60% dos nossos funcionários estarão aptos a aposentar. Se já estamos com dificuldade em atender à população agora, imaginem daqui a dois anos?", questiona o diretor do sindicato, Patrick Osório.
Um concurso para 950 vagas em todo o Brasil estaria programado para acontecer, porém, isso não corresponderia a nem 10% do necessário. "Tem agendamento em que o beneficiário precisa esperar até quatro meses para ser atendido justamente por conta dessa defasagem. Sem falar na falta de condições de trabalho. Os nossos sistemas são ruins e lentos, gerando desgastes para os servidores e também na população, que muitas vezes deixa de ser atendida por conta disso", lembra o diretor.
O sindicato afirma ainda que as adesões seguem aumentando entre os servidores federais da Saúde, como no Hospital Galba Veloso, e em unidades de Juiz de Fora, Uberaba, Campos Sales, Andradas, Montes Claros e Poços de Caldas. O mesmo acontece entre os servidores do Ministério do Trabalho, sendo que em Juiz de Fora e Divinópolis os postos estão fechados. A greve está parcial nas cidades de Curvelo, Viçosa e Diamantina.


No Brasil
Apesar do movimento garantir que a adesão estaria em torno de 80% em todo o Brasil, o Ministério da Previdência Social garante que o a adesão estaria em torno de 5,72%, 1.858 trabalhadores parados no segundo dia do movimento.
Segundo o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social, Sandro César, funcionários de 19 estados aderiram à paralisação. “Até o próximo dia 10, todos os estados estarão em greve”, afirmou. Para ele, o número de servidores em greve é maior. “Pelos contatos que fazemos com os sindicatos em todo o país, 80% da categoria estão paralisados nos estados que aderiram ao movimento".


COM AGÊNCIA BRASIL

Homem de 62 anos é assassinado a tiros no Centro de Buritizeiro

(G1) Um homem de 62 anos foi assassinado a tiros na tarde desta quinta-feira (9) em Buritizeiro, Norte de Minas Gerais. Segundo as primeiras informações da Polícia Militar, o crime foi na casa da vítima, no Centro da cidade.
Ainda de acordo com a PM, dois homens chegaram à casa do homem, bateram no portão e chamaram por ele. Quando o portão foi aberto, os suspeitos atiraram. A polícia ainda não tem pistas dos suspeitos e ainda não sabe a motivação do crime.

Em Januária e Janaúba quatro homens são detidos com drogas

(G1) A Polícia Militar apreendeu drogas em Januária (MG) e Janaúba (MG), nesta quarta-feira (8). Três homens e um adolescente foram detidos.
Durante um patrulhamento pelo Bairro Terceiro Milênio, em Januária, os militares viram um grupo de pessoas em frente a uma casa. Segundo a PM, com a aproximação da equipe, elas ficaram apreensivas e demostraram nervosismo. Perto deles foi encontrado um cartucho calibre 38. Durante a abordagem, a mãe do menor chegou e permitiu que os policiais entrassem na casa dela, onde foram apreendidas duas pedras de crack e uma balança.
Em Janaúba, um homem também foi preso quando uma equipe da PM fazia patrulhamento pela Avenida Doutor João Luiz de Almeida, no Bairro Rio Novo.
Ao abordar um grupo de pessoas, os policiais perceberam que um homem escondia algo embaixo dos pés. Com ele foi apreendida uma sacola com 15 pedras de crack e R$ 36. Na casa dele foram encontrados ainda um revólver, munição e 24 buchas de maconha.

Espinosa: Moradores pagam para receber “Leite Pela vida”

Ninguém imagina que em pleno século 21 ainda há pessoas que são exploradas por homens que detém o poder. Para exemplificarmos as palavras que abrem a reportagem, temos uma situação que já se tornou corriqueira na cidade de Espinosa, município tem uma população com mais de 32 mil habitantes (IBGE 2014), uma prática criminosa de exploração dos mais carentes e humildes moradores da bela cidade. O que era para ser o programa do Governo Mineiro, chamado de “Leite pela Vida”, tem se tornado o “leite da exploração”, pois cada morador tem que pagar uma taxa mensal de R$15,00 para receber o produto. Alguns litros de leite para aliviar as agruras da seca medonha que assola a região, matando criações de animais e plantações. O abuso se tornou tão grande, que para aqueles que não têm dinheiro para pagar a “taxa” dão suas criações (galinhas, ovos, porcos) como moeda de troca para não perderem o benefício. Vamos detalhar como funciona o esquema: Um carro que estaria alugado pela prefeitura de Espinosa é utilizado para a entrega do leite nas comunidades da zona rural, e como desculpa o responsável pela distribuição pede uma “ajuda” para custear o transporte. Atualmente a cidade é governada pelo prefeito Lúcio Balieiro Gomes (DEM) que ainda não se posicionou diante da denúncia feita pela nossa reportagem. 

Emater de portas fechadas
E as complicações não param por aí, segundo informações de moradores, há mais de dois anos o escritório da Emater-MG estaria fechado, pois a prefeitura se recusa a firmar convenio com o Estado para funcionamento da empresa, já que só é possível com a parceria estado/prefeitura. 

Apuração da denúncia
A cidade de Espinosa faz parte da microrregião da Serra Geral, sendo assim, o IDENE em Janaúba seria o instituto a responder pelo “Leite pela vida” na região, e por conta da grave denúncia nossa reportagem fez contato com a direção do IDENE, que afirmou que estará tomando todas as providências cabíveis. O diretor regional do IDENE Rondinelly Pereira Soares ainda criticou a ausência da Emater na cidade de Espinosa, já que a empresa é uma grande parceira do IDENE, e que isso só estaria prejudicando o município. 
Até o fechamento da reportagem ninguém da prefeitura de Espinosa se manifestou sobre o assunto.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Minerva mantém guidance de receita líquida de R$ 9,5 bi a R$ 10,5 bi em 2015

Unidade do Minerva em Janaúba-MG
A Minerva informou nesta quarta-feira, 08, que mantém o guidance de receita líquida para o ano de 2015 no intervalo de R$ 9,5 bilhões a R$ 10,5 bilhões. A estimativa havia sido divulgado pela companhia em 04 de março.
A empresa também afirmou que finalizou o processo de integração das unidades da Mato Grosso Bovinos e de sua unidade em Janaúba. Em comunicado, lembra ainda que paralisou as atividades em Batayporã (MS) e Mirassol D'Oeste (MT), conforme já noticiado pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, como forma de obter melhorias de "eficiência em rendimento, incremento de rentabilidade por reequilíbrio geográfico de suas operações e, economia de custos por aumento da otimização de capacidade instalada das demais unidades".
A companhia ressalta também que mantém o foco na estratégia de diversificação geográfica na América do Sul, com início das operações na Colômbia, crescimento das operações no Paraguai e no Uruguai, além da maior eficiência das operações brasileiras.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Seca do Rio Gorutuba leva ribeirinhos a se armar contra captações clandestinas

Barrado para sustentar projeto de irrigação e garantir que corra o ano todo por 70km, rio seca antes de chegar à foz por causa da retirada irregular de água


Barragem abastece irrigantes de projeto oficial,
mas pequenos agricultores alegam que mesmo
quem recebe água faz captação clandestina no leito
Janaúba e Nova Porteirinha (Por Luiz Ribeiro) – Comunidades inteiras passando sede, enquanto a água corre farta para irrigar culturas de banana e até pastos. A realidade é ligada pelo leito de um mesmo rio – em uma região tradicionalmente castigada pela seca, o Norte de Minas –, ao longo do qual pequenos produtores já se armaram de foices, facões e enxadas para arrebentar à força captações que irrigam o agronegócio. O foco de tensão é verificado no Rio Gorutuba, onde foi construída a Barragem do Bico da Pedra. Além de abastecer o projeto de irrigação do Gorutuba e duas cidades (Janaúba e Nova Porteirinha), a estrutura libera água que deveria servir para a perenização do manancial e para o atendimento aos moradores ribeirinhos até a foz, no Rio Verde Grande, ao longo de 70 quilômetros.
Próximo à barragem há água em abundância, mas a partir de 20 quilômetros da represa o rio está completamente seco, com centenas de família de comunidades quilombolas (remanescentes de grupos escravos) prejudicadas. A situação também envolve uma séria disputa travada entre grandes e pequenos produtores, motivo da inclusão da região entre os 57 pontos de conflito hídrico mapeados pelo Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Agam), conforme mostrou série de reportagens do Estado de Minas publicada nesta semana.
Grandes irrigantes situados perto da Barragem do Bico da Pedra, mesmo sem outorga, sugam o Gorutuba com bombas poderosas, que captam a água para sustentar a agropecuária, deixando prejudicadas cerca de 1 mil famílias ao longo do rio. No ano passado, cansados de esperar e de cobrar providências dos órgãos públicos, cerca de 20 pequenos produtores de comunidades quilombolas da localidade de Vila Nova dos Poções, no município de Janaúba, resolveu agir por conta própria e destruir  barramentos feitos pelos irrigantes. A batalha durou pelo menos três meses, entre julho e outubro. “A gente ia lá, desmanchava os barramentos e logo depois os irrigantes barravam o rio de novo, usando sacos de areia misturada com cimento”, relata Paulo Brito, presidente da Associação Quilombola Bem-Viver, que criou na região o movimento “Água para todos”.
Brito disse que o conflito teve um “cessar-fogo” no fim de outubro, quando o volume do Gorutuba aumentou com a chega das chuvas. No entanto, em maio deste ano, com o fim do período chuvoso, os pequenos agricultores voltaram a sofrer com a falta de água. “Agora, a nossa esperança é uma maior fiscalização por parte dos órgãos públicos, para que a gente não tenha agir com as próprias mãos novamente”, diz o líder comunitário.

GANÂNCIA 
A Barragem do Bico da Pedra garante o fornecimento de água para cerca de 5 mil hectares no Projeto Gorutuba, implantado pelo governo federal, que conta com 490 produtores e tem grande produção de frutas. Paulo Brito salienta que a barragem libera água suficiente para o atendimento aos irrigantes da margem esquerda (não atendidos pelos canais que levam a água captada diretamente no reservatório) e para sustentar todos os pequenos proprietários rio abaixo. “O grande problema é a ganância dos grandes produtores, que não querem dividir a água com os pequenos”, denuncia o presidente da associação quilombola.
Ele ressalta que foram identificadas 72 captações clandestinas em um trecho de pouco mais de 20 quilômetros, entre a Barragem do Bico da Pedra e a comunidade de Vila Nova dos Poções. Em companhia de Paulo Brito, a equipe do Estado de Minas percorreu um trecho do Gorutuba e flagrou várias bombas usadas sem outorga por grandes produtores. As captações clandestinas são feitas, inclusive, por agricultores que já recebem água diretamente dos canais que saem da barragem. “Isso ocorre porque não pagam nada pela água captada sem outorga”, observa o líder comunitário. Ele cobra maior fiscalização por parte do Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam). “É preciso que seja fixado um limite do uso pelos grandes irrigantes, para que a água liberada da Barragem do Bico da Pedra possa ser suficiente para todos”, diz. 

Produtores denunciam omissão 
O gerente do Distrito de Irrigação do Gorutuba (DIG), Ricardo Carreiro, disse que, atualmente, além de 1.500 metros cúbicos por segundo (m3/s) destinados aos canais do perímetro irrigado (margem direita), são liberados pela Barragem do Bico da Pedra 960m3/s de água no leito do Gorutuba, para garantir a perenização do manancial até sua foz, computado o consumo dos ribeirinhos. Mas ele argumenta que o DIG não tem como controlar as captações clandestinas e que a fiscalização é de responsabilidade de outros órgãos públicos, como o Igam.
O presidente da Associação dos Irrigantes da Margem Esquerda do Gorutuba (Assieg), Oscar Magario, informou que a entidade identificou bombas sem outorga no rio, em um trecho de cerca de 15 quilômetros entre a barragem e a sede da associação. Mas ele garante que as captações clandestinas são feitas por produtores que não fazem parte da Assieg, que conta com 53 associados e totaliza 1.300 hectares irrigados. “São produtores situados abaixo da barragem e que usam a água aleatoriamente, sem nenhum tipo de controle, de domingo a domingo”, denuncia. “Já reclamamos para o Ministério Público e outros órgãos, mas nenhuma providência foi tomada”, completa
E a situação ainda pode se agravar. Oscar Magario sustenta que, desde maio, a captação foi limitada pelo DIG  a apenas dois dias por semana, o que, segundo ele, está sendo insuficiente para o atendimento da demanda dos produtores. “Agora, ainda estamos no inverno. Quando o sol esquentar, em setembro ou outubro, a irrigação em dois por semana não será suficiente”, disse Magario, alertando que os irrigantes podem ser obrigado a interromper a produção, com o risco de deixar 5 mil pessoas desempregadas na região. O Estado de Minas entrou em contato com o Igam, mas não obteve retorno. 


Lerindo caminha pelo leito seco
quilômetros abaixo da represa: desolação
Verde revela a desigualdade  
Enquanto próximo à Barragem do Bico da Pedra grandes plantações de banana e pastagens esbanjam verde em pleno período de seca, alguns quilômetros rio abaixo o cenário é de desolação: o leito do Gorutuba está completamente seco. A água liberada pela represa deveria chegar até lá, mas é sugada antes pelas bombas clandestinas de grandes irrigantes. O Estado de Minas constatou a situação ao percorrer mais de 60 quilômetros  do curso d’água.
A angústia de passar sede à beira do rio é encarada por pequenos agricultores como Edson Batista de Oliveira, dono de uma propriedade próximo do distrito de Vila Nova dos Poções, em Janaúba. Ele conta que acima do seu terreno, um grande empresário envolvido na política da região instalou sem outorga uma bomba poderosa, que desvia a água do rio para uma lagoa. O agricultor disse que antes cultivava cinco hectares, área que caiu para dois hectares. “Os grandes não deixam passar água para a gente que está mais abaixo do rio. É preciso aumentar a fiscalização”, cobra Edson, que no ano passado integrou o grupo que destruiu barramentos no Rio Gorutuba.
Outro pequeno produtor prejudicado é Reinaldo Lino Madureira, de 57. Ele conta que já chegou a cultivar 10 hectares com banana e hortaliças. Como água não chega mais, se viu obrigado a recorrer a um poço tubular. “Mas a energia para tirar água é muito cara e só posso trabalhar em cinco hectares”, reclama. “Está faltando bom senso por parte dos grandes produtores”, opina o presidente da Associação dos Pequenos Agricultores de Vila Nova dos Poções, José Antônio da Silva, que também denuncia a exploração descontrolada de poços tubulares na região. “Existem fazendeiros que tem até 20 poços dentro de suas propriedades”, reforça Paulo Brito. 
Agricultores destroem barramento
clandestino: revolta durante a estiagem
A equipe do Estado de Minas também visitou comunidades quilombolas em pontos mais distantes da Barragem de Bico da Pedra, onde o rio, só corre mesmo no período das chuvas. “Antes o rio tinha muito peixe e a gente tinha como plantar o ano inteiro”, diz Lerindo Bispo da Silva, descendente de escravos da comunidade de Açude, ao caminhar pelo leito do Gorutuba, completamente seco. Casas abandonadas na região denunciam que o secamento também contribuiu para a saída de antigos moradores em direção à cidade.


Fonte: Jornal Estado de Minas

Em Janaúba motociclista morre após bater na porta de caminhão

Um motociclista de 48 anos morreu após bater em um caminhão nesta quarta-feira (8), em Janaúba (MG).
Segundo as informações da Polícia Militar, o caminhoneiro de 73 anos, disse que transitava pela Rua Cirilo Freire de Carvalho em direção a Avenida Santa Mônica, quando parou no cruzamento com a Rua São Sebastião, ao arrancar ele afirmou ter sido surpreendido pelo motociclista, que bateu na porta do caminhão.
O Corpo de Bombeiros foi acionado e a vítima foi encaminhada para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Ao saber da morte do motociclista, o caminhoneiro passou mal e teve que receber atendimento médico, ele apresentava pressão alta e precisou ser internado.
A moto da vítima foi retirada do local por parentes, o outro veículo foi liberado para os familiares do caminhoneiro.

Em Januária três presos rendem inspetor de segurança e fogem de Apac

(G1) Três homens que cumpriam pena na Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac) de Januária (MG) fugiram no fim da noite desta quarta-feira (8).
Segundo as informações da Polícia Militar, eles usaram uma faca para ameaçar e render  o inspetor de segurança. Eles o trancaram em uma das celas e fugiram no carro dele.

Mais de 40 mil se inscreveram para concurso em 23 prefeituras do Norte de Minas

Terminou hoje o prazo para inscrição no 1º bloco do concurso unificado que compreende 23 municípios das microrregiões de Brasília de Minas e Rio Pardo de Minas. De acordo com a Cotec/Unimontes, já foram feitas mais de 40 mil inscrições - um recorde em concursos públicos já realizados em municípios de Minas. As provas para a 1ª fase estão marcadas para 8 de agosto, em cada um dos municípios. 
2º BLOCO
O edital para o 2º bloco do concurso será publicado no próximo dia 27, envolvendo 25 municípios das microrregiões de Monte Azul e Pirapora. 
3º BLOCO
A previsão para o lançamento do edital para o 3º e último bloco, é em outubro, com participação de 23 municípios das microrregiões de Bocaiúva e Januária. As provas deverão ser aplicadas em dezembro deste ano. Os aprovados devem tomar posse em janeiro de 2016.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Em Verdelândia frentista é baleado durante assalto a posto

(G1) Um frentista foi baleado durante um assalto a um posto de combustíveis nesta quarta-feira (8), em Verdelândia (MG). Segundo as informações da Polícia Militar, dois homens chegaram de moto e anunciaram o roubo. Eles estavam armados. A quantia levada não foi divulgada.
Ainda de acordo com a PM, antes de fugir os assaltantes atiraram no frentista, atingindo-o no abdome. Testemunhas disseram que o funcionário do posto não reagiu ao assalto. Ele foi socorrido e levado para um hospital. A PM ainda continua procurando pelos criminosos.

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Construtora devolve obra a CODEVASF por falta de pagamento, enquanto barragem perde volume


Sede da construtora Gel na Colonização II em Nova Porteirinha.
(Por Ivo Júnior) Mesmo diante das piores constatações sobre a realidade hídrica de Janaúba e toda a região Norte Mineira. Mesmo diante de tantas promessas por parte dos gestores quando acionados pela imprensa e conseqüentemente pela população, a classe política parece não entender a necessidade real de se fazer ações de combate ao desperdício de água na região.
Nesta terça feira, 07 de julho, a reportagem da Rádio Onda Norte FM recebeu a informação que a Construtora GEL, responsável pela obra de mudança no sistema de canalização de água no Projeto Gorutuba, estava devolvendo a referida obra para a CODEVASF, devido à falta de pagamento. A CODEVASF acumula uma dívida de R$ 10 milhões com a construtora. Em contato com funcionários da construtora, foi informado que desde dezembro o órgão não está realizando o pagamento, o que acabou dificultando os compromissos assumidos junto aos fornecedores por parte da construtora.
A reportagem tentou fazer contato por três vezes com o Superintendente Dimas Rodrigues, mas, todas as ligações foram atendidas por assessores que afirmavam ele, estar impossibilitado de falar no momento.  Na Manhã dessa quarta feira, depois de mais um tentativa o Superintendente retornou a ligação alegando não estar ciente da situação. Disse que entraria em contato com o diretor de obras do órgão para se inteirar da real situação e posteriormente daria um retorno ao jornalismo da Rádio Onda Norte.
A obra de mudança no sistema de canalização da água que é usada para irrigação e abastecimento no Projeto Gorutuba, há muito tempo vem sendo cobrada pela população de Janaúba e Nova Porteirinha que presencia regularmente o desperdício, causado pela má qualidade das canaletas. O sistema atual é antigo, somando 36 anos de implantação e pouca manutenção durante esse período. Ao percorrer o Projeto é comum ver vazamentos de grandes proporções por todo o trajeto, o que gera um desperdício de mais 60% da água que é retirada do lago da barragem Bico da pedra.
Aliado ao desperdício esta a escassez de chuva que vem se intensificando a cada ano no Norte de Minas. As Chuvas esse ano foram abaixo da média, o que acendeu um alerta para a população que precisa da água para o abastecimento humano e para o agronegócio. Engana se quem defende que deva parar o fornecimento de água para o agronegócio. A economia gerada no município que não conta com indústrias é movimentada na maior parte pela prestação de serviços e esta prestação de serviço e fomentada na sua maioria pelo agronegócio.
Em consulta ao Distrito de Irrigação do Gorutuba nesta quarta feira, 08 de julho, foi constatado que o nível de água da barragem Bico da Pedra encontra-se, há apenas 90 centímetros para atingir o volume considerado crítico, onde é preciso usar bombeamento artificial para retirar a reserva de água que fica abaixo do volume morto.
Com a paralisação da obra, mais, uma vez a necessidade do povo fica em ultimo plano. Além do desperdício de água que continuará acontecendo, colocando em risco o abastecimento de dois municípios que juntos somam cerca de 100 mil pessoas, gerando um PIB de mais de R$ 600 milhões, podendo causar pela primeira vez um racionamento de água. Outro problema é que historicamente no Brasil as obras que paralisam e são devolvidas ao governo, dificilmente são retomadas. Com isso é mais uma remessa de dinheiro público que foi gasto e que ficará enterrado como os canos que já foram colocados. Além do desperdício de água existe também o desperdício de dinheiro público.

Em Janaúba, projeto social beneficia mulheres do bairro Santa Teresinha

O sociólogo Vanilson Almeida ao lado de algumas das mulheres
contempladas pelo projeto. Na imagem é possível também visualizar
algumas máquinas de costura doadas pela Codevasf a associação do 
bairro Santa Teresinha e roupas confeccionadas pelo grupo G mulheres.

Material doado por um empresário
parceiro do projeto.
Em um mundo em que cada vez mais as mulheres têm conquistado seu espaço, ainda há figuras do sexo feminino que não tem sequer uma profissão, ficando a mercê dos maridos que nem sempre correspondem aos anseios da mulher. Nesse sentido está sendo desenvolvido no bairro Santa Teresinha, cidade de Janaúba, um projeto social chamado grupo G Mulheres, coordenado pelo sociólogo Vanilson Almeida, capacitando e orientado cerca de vinte mulheres da comunidade. Com esse projeto as integrantes têm a oportunidade de cursar corte e costura, culinária, orientação com psicólogo para quebrar a timidez, atendimento com nutricionista e fonoaudiólogo. O projeto foi iniciado em 2012 pela prefeitura municipal de Janaúba através da religiosa a irmã Conceição, e foi dado seqüência com Vanilson que instigou e preparou o grupo de mulheres para além de terem uma profissão, que despertassem dentro de si à liderança para contribuírem com o bairro em que residem. O sociólogo Vanilson Almeida somou com sua experiência a frente da Fundação Vale do Gorutuba de Nova Porteirinha (Funvale), fundação ligada a Favag, e essa soma rendeu frutos, um desses frutos foi de que desse grupo de mulheres saiu à nova presidente da associação do bairro Santa Teresinha, que foi dirigida por 18 anos por Maria Aparecida, que fez um excelente trabalho, porém ansiava por uma presidente.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Quatorze agências do INSS aderem à greve no Norte de Minas Gerais

Greve dos servidores federais em Montes Claros, MG
(G1) No Norte de Minas, das 16 agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), apenas duas não aderiram à greve; a de Coração de Jesus e a de Salinas. Segundo Salomão Carvalho, integrante da coordenação do movimento, ainda não há estimativa de quantas pessoas aderiram à greve, e nem sobre o número de atendimentos afetados. Os serviços estão suspensos desde essa terça-feira (7).
Em Montes Claros, maior cidade da região, são feitos 600 atendimentos por dia, apenas os agendamentos com pedido de prorrogação e reconsideração de perícias foi mantido, já os demais processos para requerer aposentadorias, pensão por morte, salário maternidade, auxílio reclusão, perícias iniciais, entre outros, foram suspensos.
Ainda segundo Salomão, o reagendamento pode ser feito por telefone, site ou na própria agência. Houve uma reunião do comando com o governo nessa terça-feira (7), mas o sindicato ainda não recebeu as orientações.
Reivindicações
De acordo com Ermínia Maia, representante do sindicato da categoria em Montes Claros, os servidores reivindicam o reajuste de remuneração, 30 horas de trabalho semanais, concurso público para repor o déficit de servidores e plano de cargo e carreira, além de outras melhorias.
“A pressão está grande contra o servidor, por isso reivindicamos o fim do assédio moral. Os servidores estavam atendendo nesta terça-feira somente para fazer reagendamentos, e a tendência é aumentar o período da greve, dependendo do resultado das negociações”, afirma.

Carro bate em caminhão e deixa 3 feridos na BR-135, em Montes Claros

Veículo bateu em um caminhão
(G1) Dois homens e uma mulher ficaram feridos em um acidente na BR-135, em Lagoinha, zona rural de Montes Claros (MG), nesta quarta-feira (8).
De acordo com as informações da Polícia Rodoviária Federal, o carro no qual as vítimas estavam fez uma ultrapassagem irregular e bateu em um caminhão, com placa de Diadema (SP).
As vítimas foram socorridas pelos Bombeiros e pelo Samu e levadas para um hospital de Montes Claros. O caminhoneiro não teve ferimentos. O trânsito no local segue normalmente.

Menor suspeito de matar amigo com tiro se apresenta à polícia em Birigui

David Heverton foi sepultado nesta terça-feira(7) em Janaúba.
(G1) O menor apontado como responsável pelo tiro que matou um adolescente de 17 anos em Birigui (SP) se apresentou na tarde desta terça-feira (7) à polícia. Ele tem 14 anos e confessou que a arma estava nas mãos dele. Mas, na versão do jovem, ele e os amigos não estavam brincando de roleta-russa, uma das hipóteses apontada pelo delegado que investiga o caso, e que o disparo foi acidental. O crime foi na noite desta segunda-feira (6).
O adolescente de 14 anos chegou à delegacia acompanhado do pai e de um advogado. Sem saber que estava sendo gravado, o menor contou para a equipe da TV TEM o que teria acontecido dentro da casa.

Repórter: Vocês estavam na rua brincando, como foi?
Menor: Nós tava soltando pipa.
Repórter: Você sabia que a arma estava lá já?
Menor: Meu irmão que mostrou para mim. Ele foi lá, pegou a arma. E eu peguei na mão e disparou.

O jovem disse ainda que a arma era do pai dele e não de um vizinho como a mãe teria dito em um primeiro depoimento. A versão foi confirmada pelo pai e o aposentado não tem licença e nem porte de arma. Ele confessou que tinha o revólver há mais de 20 anos. “Viajava para o Mato Grosso há muitos anos e eles nem sabiam que eu tinha arma. Eles sempre me obedeciam, e não tinha jeito de ver a arma”, afirma o pai.
O menor foi baleado dentro da casa do adolescente no bairro João Crevelaro. Outro menor também estava no local. O disparo atingiu a cabeça da vítima, que chegou a ser socorrida, mas não resistiu. O corpo da vítima foi velado na manhã desta terça-feira (7) em Birigui, mas foi enterrado em Janaúba (MG), terra natal da família dele.
A arma, um revólver calibre 38, não foi apresentada à polícia porque, segundo o suspeito, ele teria jogado ela em um rio enquanto fugia. Depois de prestar depoimento, o adolescente e o pai dele foram liberados.
Assim que o inquérito for concluído, ele será encaminhado à Vara da Infância e Juventude. “O pai vai responder eventualmente por omissão da guarda da arma e o menino em um ato infracional por homicídio. Por enquanto não há necessidade da prisão porque as partes já compareceram e foi esclarecido o crime”, afirma o delegado Cristiano de Oliveira Melo.
Menor chegou na polícia na presença do advogado

Capitão Enéas MG-122: Motorista morre em acidente envolvendo três caminhões

Acidente aconteceu próximo ao trevo Orion, na MG-122.
Ronaldo Barbosa dos Santos, de 39 anos,
ficou preso às ferragens e morreu no local.


Um homem de 39 anos morreu em um acidente envolvendo dois caminhões e uma carreta na noite dessa terça-feira, 7 de julho, na MG-122, próximo ao trevo Orion, a 60 quilômetros de Janaúba, na região Norte de Minas Gerais. De acordo com informações da Assessoria de Comunicação do Samu Macro Norte, unidades de Janaúba foram acionadas por volta das 21 horas para atendimento as vítimas.
Acidente aconteceu próximo ao trevo Orion, na MG-122. Ronaldo Barbosa dos Santos, de 39 anos, ficou preso às ferragens e morreu no local.
Um homem de 39 anos morreu em um acidente envolvendo dois caminhões e uma carreta na noite dessa terça-feira, 7 de julho, na MG-122, próximo ao trevo Orion, a 60 quilômetros de Janaúba, na região Norte de Minas Gerais. De acordo com informações da Assessoria de Comunicação do Samu Macro Norte, unidades de Janaúba foram acionadas por volta das 21 horas para atendimento as vítimas.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fonte: Site Aconteceu no Vale

Em Gameleiras criminosos tentam assaltar Correios e banco

A polícia procura por um grupo
de cinco pessoas que tentou
roubar um caixa eletrônico de um
banco e uma agência dos
Correios em Gameleiras.
A polícia procura por um grupo de cinco pessoas que tentou roubar um caixa eletrônico de um banco e uma agência dos Correios em Gameleiras (MG), nesta segunda-feira (7).
Uma testemunha contou para a Polícia Militar que passava pelo Centro da cidade quando viu um carro parado em frente aos dois locais, com vários homens encapuzados. Alguns estavam armados e outros carregavam ferramentas e explosivos.
De acordo com a PM, os assaltantes entraram primeiro nos Correios, após quebrarem a porta com uma picareta. Eles vasculharam o local, mas nenhuma quantia foi levada.
Em seguida, os criminosos foram para a agência bancária. Eles quebraram a porta, entraram e tentaram explodir um caixa, mas não conseguiram levar nada.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Em Jaíba adolescente é morto a tiros e outro é baleado

Um adolescente de 15 anos foi assassinado nesta terça-feira (7), em Jaíba (MG), outro de 17 foi baleado.
Segundo Polícia Militar, os dois menores andavam por uma rua do Bairro Veredas, quando um homem passou em uma moto e atirou várias vezes.
A viatura da PM socorreu os adolescentes, eles foram encaminhados para um hospital, mas um deles não resistiu.  Ainda de acordo com a polícia, o crime pode ter ligação com o tráfico de drogas. Até o momento ninguém foi preso.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

terça-feira, 7 de julho de 2015

Agência do INSS em Janaúba entrará em greve nesta quarta-feira

Sede do INSS em Janaúba (Foto: Google)
(Por Ivo Júnior) Os servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) cruzaram os braços, em todo o Brasil, nesta terça-feira, em protesto por reajuste salarial e melhores condições de trabalho. Em Minas Gerais, a paralisação já conta com a adesão de 80% dos funcionários, segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Seguridade Social, Saúde, Previdência, Trabalho e Assistência Social (Sintsprev/MG).
A associação afirma que as agências do INSS de Belo Horizonte estão todas fechadas. No interior, aderiram ao movimento os municípios de Divinópolis, Montes Claros, Guanhães, Passos, Curvelo, Teófilo Otoni, Uberaba, Frutal, Patos de Minas, Januária, João Pinheiro, Pouso Alegre e Varginha.
Os servidores pedem um reajuste da remuneração de acordo com a inflação, incorporação das gratificações, planos de cargos e carreiras, 30 horas de trabalho para todos os servidores, concurso público para repor quadro funcional, fim do assédio moral, contra as terceirizações, isonomia salarial e paridade entre ativos e aposentados.
Segundo Maria Helena da Silva, diretora do Sintsprev/MG, a categoria fará uma assembléia nesta terça-feira para decidir os rumos do movimento. O encontro será no Ministério do Planejamento, responsável pela gestão do INSS, para novas negociações. (Com informações:Estado de Minas)
Os funcionários da agência do INSS em Janaúba se reuniram na tarde desta terça feira, 07 de julho e decidiram em assembléia que irão atender as pessoas que estão agendadas, mas aderem à greve a partir de amanhã quarta feira (08). A assessoria de comunicação do Instituto Nacional de Seguro Social não se manifestou ainda sobre a greve.

Adolescente de Janaúba morre ao levar tiro na cabeça de amigo em Birigui

O enterro de Heverton será na
cidade de Janaúba (MG).
(G1) O delegado que apura a morte de um adolescente de 17 anos em Birigui (SP) investiga a hipótese dele ter sido baleado durante um jogo de roleta-russa. Segundo a polícia, David Heverton Barreto estava brincando com dois amigos, que são irmãos, de 12 e 14 anos, quando foi baleado na cabeça. “Os irmãos e David estavam na frente da casa deles, brincando, quando resolveram entrar para ver um revólver que pertencia ao vizinho. Manuseando a arma, o garoto de 14 anos teria tirado todas as balas e deixado apenas uma munição. Logo depois houve o disparo que atingiu David", afirma o delegado Cristiano Mello.
O adolescente foi socorrido pela equipe dos bombeiros e levado ao pronto-socorro, mas não resistiu.
O menino de 14 anos fugiu após o disparo e ainda não foi localizado.  A polícia espera ouvir o menor para saber se o tiro foi acidental ou fruto de uma brincadeira.
Edvaldo Batista, pai da vítima, tenta entender o que aconteceu com o filho. “Uns falam que o tiro foi acidental, outros que foi por causa de uma brincadeira . Até agora, eu, como pai, não estou sabendo de nada, mas gostaria de entender”, diz Batista. O enterro do menino será na cidade de Janaúba (MG).
A mãe do adolescente que teria atirado disse que a arma, um revólver calibre 38, é do vizinho, que tinha pedido para guardá-la. "As responsabilidades vão ser distribuídas. O menor vai responder dentro do Estatuto da Criança e do Adolescente. Os outros responsáveis, maiores, pela guarda, pela responsabilidade, pela omissão na cautela em guardar essa arma vão responder na medida de sua culpabilidade", explica o delegado.

SUSPEITOS DE MATAR ESTUDANTE QUE FAZIA AGRONOMIA EM JANAÚBA SÃO PRESOS

(R7) Três homens foram presos em Rio Pardo de Minas, no norte do Estado, suspeitos de matar o filho do vereador Donizete Jose de Sá (PRTB). O crime aconteceu durante uma festa no dia 28 de junho. Pedro Henrique Dias de Sá, de 18 anos, que era estudante de Agronomia na Universidade Estadual de Montes Claros, campus Janaúba, foi atingido por cinco tiros.
Segundo a Polícia Civil, um dos suspeitos, Deusdete dos Santos Sá, de 26 anos, foi preso dentro de casa. Já os irmãos Admilson Alves Pereira, de 27 anos, e Pablo Alves Pereira, de 29, se entregaram após saber da prisão do comparsa.
Os suspeitos confessaram o crime, mas disseram que Pedro Henrique não era o alvo deles e que o rapaz foi morto por engano. O trio relatou ainda que queriam matar outro jovem, que também se chama Pedro, e o motivo seria uma briga que teria acontecido entre eles há dois anos.
O filho do vereador foi assassinado em uma emboscada quando saía de uma festa na zona rural de Rio Pardo de Minas. Ele foi atingido por cinco tiros disparados por um dos autores, que estava escondido em matagal esperando pela vítima.

V Fórum Empresarial do Mercosul abre oportunidade comercial para empresariado mineiro

Evento acontece em Belo Horizonte nos dias 14 e 15 de julho, no Teatro Sesiminas

Belo Horizonte será, nos dias 14 e 15 de julho, a capital dos negócios no Mercosul. A cidade sediará o V Fórum Empresarial do Mercosul. Representantes dos cinco países buscarão a ampliação de negócios e a integração das cadeias produtivas nos setores de Ciências da Vida e Biotecnologia; Semicondutores, Tecnologia da Informação e da Comunicação; Agronegócio (alimentos, bebidas, máquinas e equipamentos); Startups e Turismo. Estão previstas as presenças do governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel na abertura do encontro, às 9h do dia 14, no Teatro Sesiminas (Rua Padre Marinho, 60), do ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro Neto, e do ministro de Indústria e Comércio do Paraguai, Gustavo Leite.
“É ocasião especial para discutirmos o crescimento e a integração de importantes cadeias produtivas e seus componentes de inovação. É uma oportunidade para dialogarmos, trocarmos experiências e, principalmente, dar um salto no volume de negócios entre os cinco Estados-Membros do Mercosul”, destaca o governador Fernando Pimentel. Para ele, há potencial para o bloco econômico ser muito maior do que é hoje. “A capital do estado, com a participação do nosso empresariado e do povo mineiro, é o local ideal para essa aproximação”, afirma.
Para o presidente do Sistema Fiemg e vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Olavo Machado Junior, o evento representa a possibilidade do estreitamento de laços entre o Brasil e os componentes do bloco, além da diversificação das negociações comercias. “O Fórum abre a possibilidade de discussão sobre novos caminhos no mercado internacional, de oportunidades dentro do próprio bloco e, também de maior conexão entre as empresas dos cinco países”, diz.
Também participam da abertura do evento o subsecretário-geral de Cooperação, Cultura e Promoção Comercial do Itamaraty, embaixador Hadil da Rocha Vianna, o presidente da Apex Brasil, David Barioni, o prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda, além de representantes da Argentina, Uruguai, Paraguai, Venezuela e Bolívia.
O evento acontece em uma parceria do Ministério das Relações Exteriores, com o apoio do Governo do Estado de Minas Gerais, da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), do Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (Indi), da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado de Minas Gerais (Sebrae-MG), da Fundação Alexandre de Gusmão (Funag) e do Foro Consultivo de Municípios, Estados Federados, Províncias e Departamentos do Mercosul. 

Investimentos e desafios em debate
Na manhã do dia 14, após a solenidade de abertura, a programação do Fórum está divida em três plenárias: “Desafios da micro e pequenas empresas do Mercosul”; “Investimentos dos países do Mercosul - como o bloco se posiciona entre e si e como se projeta para o mundo”; “Os avanços da integração produtiva do Mercosul”, que terá participação do alto representante-geral do Mercosul, Dr. Rosinha, do secretário de Desenvolvimento da Produção do Mdic, Carlos Gadelha, e do presidente da Associação Brasileira de Indústria Química, Denise Naranjo. 

Programação
Na parte da tarde do dia 14, das 14h às 17h acontece, o “Encontro Apex-Brasil com agências de promoção de exportação da América do Sul”, na sede da Fiemg, em Belo Horizonte. Simultaneamente, o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) sedia o “Encontro BDMG de agências de fomento e financiamento da América do Sul”.
Na manhã do dia 15, entre às 9h e 12h, acontecerão workshops específicos das áreas em destaque do encontro: “Semicondutores e Tecnologia da Informação e Comunicação”, “Startup”, ambas na sede da Fiemg. “Ciências da Vida e Biotecnologia”, na prefeitura de Belo Horizonte e “Agronegócio”, na sede da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg).
Na parte da tarde serão realizadas visitas técnicas em empresas localizadas no território mineiro, como Hermes Pardini e Unitec Semicondutores. No mesmo período também será realizada a co-criação da carta “Carta das startups para o Mercosul”, na Casa da Economia Criativa.
Para ter acesso a mais informações acesse o site: forummercosul.dpr.gov.br.

Em Jaíba homem é atingido por dois golpes de faca dentro de bar

Um homem de 45 anos foi esfaqueado no tórax e na região lombar, nesta segunda-feira (6), em Jaíba (MG). A Polícia Militar foi acionada pelo funcionário de um hospital, informando que uma pessoa ferida por golpes de faca havia dado entrada na unidade de saúde.
O homem contou para a PM que estava com amigos em um bar, em frente ao Mercado Municipal, no Centro, quando o criminoso chegou e o esfaqueou. Após o crime, ele foi retirado do local por familiares e a vítima foi socorrida por terceiros.
Segundo a PM, a médica que atendeu o homem afirmou que ele teria que ser transferido, devido à gravidade dos ferimentos. A polícia ainda continua procurando pelo suspeito do crime. A motivação é desconhecida.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Homens jogam combustível e ateiam fogo em ônibus em Montes Claros

O ônibus ficou totalmente destruído (Foto: WhatsApp).
(G1) Um ônibus de transporte coletivo ficou destruído após um incêndio nesta segunda-feira (6), em Montes Claros (MG). Segundo testemunhas, o veículo circulava pelo Bairro Todos os Santos, quando dois homens chegaram de moto, ordenaram para que o motorista e o trocador saíssem e em seguida jogaram combustível e atearam fogo. Ninguém ficou ferido. 
As chamas atingiram a fiação de energia elétrica da Rua Walter Silva Santos e ainda danificaram a faixada de um prédio. O Corpo de Bombeiros vistoriou o local, que não precisou ser interditado.
De acordo com os Bombeiros, foram gastos seis mil litros de água para apagar as chamas. A polícia investiga o caso e procura pelos suspeitos.

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Parabéns Torre FM 91,7

Hoje a Rádio Torre FM 91,7 completa 25 anos, a primeira emissora de rádio FM de Janaúba e da Serra Geral!
Parabéns Torre FM!

EM JANAÚBA HOMEM É VÍTIMA DE BOA NOITE CINDERELA E PERDE MOTOCICLETA E DINHEIRO

(ASCOM PM) Os criminosos estão ficando cada dia mais sofisticado nos seus modus operandis. Na última quinta feira, um roubo bastante conhecido, mas pouco usado foi realizado em Janaúba.
Por volta de 13h57min de Sábado 04 de Julho, a vítima, um homem de 45 anos compareceu ao 51º Batalhão de Polícia Militar e relatou que no dia 02/07/2015, por volta das 20h00min, estava na companhia de duas mulheres no Campinho do Residencial Clarita.
No momento, estava bebendo com elas e, repentinamente, caiu em um sono profundo. Algumas horas depois, acordou sentindo tontura e dores de cabeça, provavelmente, em virtude de um golpe bastante conhecido nos meios policial, conhecido como “boa noite cinderela”. A vítima relatou ainda que sentiu a falta da sua motocicleta Honda CG 150 FAN, cor prata, placa HFD-0569 e da quantia de R$770.00 (setecentos e setenta reais) em dinheiro.
A vítima não se lembra de características das mulheres e não tem certeza se foram elas ou outra pessoa quem colocou a substância em sua bebida. A vítima informou que o fato só foi registrado dois dias depois porque estava procurando pessoalmente a sua motocicleta.

Bombeiros resgatam quatro filhotes de cachorros em cisterna de 6 metros

Animais foram colocados em um
 balde e içados até a superfície
(Hoje em Dia) Quatro filhotes de cachorros foram resgatados de uma cisterna de seis metros de profundidade. O caso aconteceu em Montes Claros, no Norte de Minas.
Conforme o Corpo de Bombeiros, na sexta-feira (3) moradores do bairro Alterosa ouviram os latidos dos filhotes agonizando no fundo do buraco, que fica em um lote vago.
Os militares foram acionados e um deles desceu até o fundo da cisterna. Os cachorros foram colocados em um balde e içados até a superfície.
Todos foram socorridos com ferimentos, mas passam bem. Uma moradora da região que acompanhou o resgate decidiu adotar os filhotes.
Ainda não se sabe como os cachorros foram parar na cisterna, mas os bombeiros acreditam que alguém quis se livrar deles.
O dono do lote vago foi orientado a tampar a cisterna para evitar novos acidentes.

Padaria é assaltada duas vezes em 10 dias em Montes Claros

Assaltos foram realizados em dupla
(R7) Uma padaria de Montes Claros, norte de Minas Gerais, foi alvo da ações de criminosos duas vezes em um intervalo de 10 dias. Os crimes foram registrados pelas câmeras de segurança do local.
Na primeira ocorrência, um dos bandidos chega na padaria e estaciona a bicicleta enquanto o comparsa caminha em direção à entrada. Ao entrar no estabelecimento, um deles cobre a cabeça,e, enquanto o outro aborda uma cliente e a funcionária no caixa, recolhe o pertence de outras pessoas que estavam no local. O assalto durou 50 segundos e eles levaram cerca de R$150 do caixa e carteiras dos clientes.
No segundo roubo,também realizado em dupla, os ladrões entram no comércio atrás de duas mulheres. Enquanto um empurra uma delas e anuncia o assalto, o outro vai até o caixa e aborda a funcionária.  Os clientes da padaria são obrigados a levantar os braços, enquanto seus bens estão sendo levados. Um dos criminosos pega a chave de um veículo e, após perguntar onde o carro está estacionado, caminha com o seu parceiro até o veículo e os dois fogem. Segundo a Polícia Militar, o mesmo carro foi usado em uma tentativa de assalto a uma agência bancária, na zona rural de Janaúba. Mas o plano não deu certo, eles capotaram com o veículo e foram presos.
Além do curto período de tempo entre as ações, a semelhança entre os crimes chama a atenção. Apesar disso, a PM afirma que não existe ligação entre os dois furtos, já o empresário, que preferiu não dar entrevistas, acredita que os bandidos não sejam os mesmos.