Blog com notícias de Janaúba e região!

sábado, 20 de junho de 2015

CTI neonatal está sem uso em hospital de Pirapora há um ano

Enquanto faltam leitos de UTI Neonatal,
dez unidades estão sem utilização na cidade
Faz um ano que dez leitos de UTI Neonatal estão prontos no Hospital Municipal de Pirapora, aguardando o credenciamento e viabilização financeira para entrar em funcionamento, enquanto várias crianças dependem dessas vagas. O problema foi discutido nesta quarta-feira na Secretaria Estadual de Saúde. Atualmente existem leitos de UTI Neonatal apenas em Montes Claros e Janaúba, totalizando 30 leitos, insuficientes para atender a demanda regional. Outros leitos foram planejados para Brasília de Minas e Taiobeiras, mas ainda não foram construídos.
O prefeito Helliomar Valle da Silveira salienta que são necessários aproximadamente R$ 250 mil mensais para colocar os leitos neonatal em funcionamento, mas esbarra num problema: o Estado paga R$ 800 pela diária de cada leito, porém propôs que os 10 leitos em Pirapora sejam divididos em quatro para UTI Neonatal, quatro para leitos intermediários e dois para o Projeto Canguru, que paga apenas R$ 80 de diária e inviabiliza o projeto. Ele espera que o Estado refaça a proposta e viabilize os leitos.
O CTI Neonatal foi construído na Fundação Hospitalar Moisés Magalhães Freire e se tornou a única do Norte de Minas totalmente pronta e equipada, em condições de receber pacientes. A obra foi iniciada juntamente com as unidades de Brasília de Minas e Taiobeiras, que ainda encontram-se inacabadas, sem previsão de conclusão. A diretoria da Fundação Hospitalar reivindica o credenciamento pleno e o custeio do CTI com 10 leitos, sem qualquer outra modificação no planejamento estratégico anteriormente definido, apresentado à Secretaria Estadual de Saúde e ao Ministério da Saúde. A equipe foi treinada e depende apenas do credenciamento para começar a operar.

JANAÚBA
O Hospital Regional de Janaúba, que atende toda microrregião da Serra Geral, teve oito leitos da UTI adulta reconhecidos pela Rede de Urgência e Emergência e receberá os R$ 780 mil referentes as diferenças por leitos, retroativas a agosto de 2014. O Hospital de Janaúba era o único que recebia diária de R$ 640 pelo UTI, enquanto todos os outros leitos de UTIs de Montes Claros, Pirapora, Brasília de Minas e Taiobeiras recebiam R$ 840. Janaúba também receberá mais R$ 590 mil para a construção de mais 30 leitos, através do Programa de Ampliação e Melhoria Hospitalar (Prohosp).
O secretário estadual de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas, Paulo Guedes, que articulou a ajuda ao Hospital Regional de Janaúba salienta que ajuda a unidade janaubense implica em garantir melhor atendimento à população de toda Serra Geral.


Fonte: Gazeta Norte Mineira

Montes Claros: Menina de 13 anos arma emboscada para matar jovem de 19

Vítima afirma que não sabe qual foi o motivo do atentado
(R7) Uma menina de 13 anos foi apreendida em Montes Claros, suspeita de planejar uma emboscada para um jovem de 19. O rapaz foi atingido por seis tiros e, conforme a Polícia Militar, o atirador seria namorado da garota.
A vítima, que preferiu não se identificar, ficou ferida no cotovelo, no joelho e no tórax. O rapaz conta que procurou socorro sozinho e não entendeu o atentado.
— Até agora eu não sei o motivo, porque ocorreu isso tudo.
De acordo com a PM, a menor relatou que armou o ataque porque o rapaz estaria espalhando boatos de que teria tido um relacionamento com ela. A vítima, no entanto, negou tudo.
— Nem interesse nela eu tenho, não existe isso.
O celular da menina foi apreendido, já que ela usou o aparelho para ligar para o rapaz e pedir que ele fosse à casa dela.
A adolescente foi  conduzida para a delegacia, mas o namorado dela ainda não foi encontrado.

Carro capota e motorista morre próximo a São João da Lagoa

(G1) Um homem de 34 anos morreu e duas pessoas ficaram feridas em um acidente na madrugada deste sábado (20), na LMG 656 entre São João da Lagoa e Lagoa dos Patos, no Norte de Minas.
De acordo com Informações do Corpo de Bombeiros, a vítima conduzia um veículo Hilux com placas de Ribeirão Preto (SP), quando perdeu a direção do veículo e capotou na pista.
Dois passageiros que estavam no veículo ficaram feridos e foram atendidos pelo Samu e levados para o hospital de Montes Claros.

Homem de 40 anos é morto com três tiros em Vargem Grande do Rio Pardo

(G1) Um homem de 40 anos foi morto com três tiros na noite dessa sexta-feira (19) no bairro Jardim Planalto, em Vargem Grande do Rio Pardo, no Norte de Minas.
Segundo a Polícia Militar, a vítima conversava com outro homem em um bar, e após uma discussão foi atingido por três tiros. Ferido, ele foi encaminhado para o hospital de Taiobeiras, mas não resistiu.
O autor dos disparos fugiu e não foi localizado pela polícia.

Em Bocaiuva, após roubar celular homem é preso

Um rapaz de 21 anos foi preso na noite dessa sexta-feira (19) por envolvimento em um roubo à mão armada em Bocaiuva, no Norte de Minas.
De acordo com informações da vítima prestadas a Polícia Militar, quando passava pela Rua Professora Maria Odília Matos, no Centro da cidade, foi abordada pelo rapaz que estava armado e anunciou o assalto. Após levar o celular da vítima, o assaltante fugiu.
Após realizar buscas, os militares descobriram que o assaltante é morador do Bairro Pernambuco, onde foi preso e reconhecido pela vítima. O celular e uma arma parecida com uma pistola que foi utilizada no crime foram apreendidos, e o rapaz encaminhado para a delegacia da cidade.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

sexta-feira, 19 de junho de 2015

Prefeitura de Varzelândia abre inscrições para concurso público

(G1) Estão abertas as inscrições para o concurso público da prefeitura de Varzelândia, no Norte de Minas. Serão ofertadas 90 vagas para todos os níveis de escolaridade. A remuneração varia de R$ 698,76 a R$ 2.348.
As vagas são para os cargos de assistente operacional (auxiliar de serviços, gari e zelador), coletor de lixo, motorista I e II, operador de máquinas, assistente técnico em administração (agente administrativo e da educação básica), encanador, fiscal sanitário, guarda municipal, recepcionista, monitor de educação infantil, auxiliar de contabilidade, auxiliar de saúde bucal, técnico em eletricidade, técnico em enfermagem, técnico em informática, técnico em saúde bucal, advogado, assistente social, enfermeiro, farmacêutico, odontólogo, professor (ciências, geografia, história e matemática/geometria) e psicologia.
As inscrições podem ser feitas até o 8 de julho, pelo site da empresa organizadora do concurso. A taxa de inscrição varia de R$ 50 a R$ 117. Será aplicada prova de múltipla escolha na data prevista de 9 de agosto de 2015, em local e horário a ser informado. Haverá também avaliação de títulos aos aprovados na primeira fase.

CPI investiga esquema de fraude em hospitais de Montes Claros

Deputados foram a Montes Claros tomar depoimentos
sobre irregularidades descobertas por operação da
Polícia Federal e do Ministério Público Federal
(Por Luiz Ribeiro) A Comissão Parlamentar de Inquérito da Máfia das Próteses e Órteses investiga a suspeita de envolvimento ou omissão da direção de dois hospitais no esquema de fraudes no Sistema Único de Saúde, como venda de próteses coronárias (stents) e dupla cobrança de pacientes. Durante sessão ontem em Montes Claros, no Norte de Minas, o presidente da CPI, deputado Geraldo Resende (PMDB-MS), informou que solicitará auditoria ao Departamento Nacional do SUS (Denasus) nos pagamentos feitos na cidade, a fim de apurar o possível envolvimentos dos hospitais.
Os integrantes da CPI foram à cidade ouvir autoridades e vítimas do esquema de desvio de recursos do SUS desmontado pela Operação Desiderato, deflagrada pela Polícia Federal (PF) e pelo Ministério Público Federal (MPF) em 2 de junho. Foram presos temporariamente em Montes Claros três médicos, suspeitos de receber propinas de duas empresas fornecedoras stents, pagas com recursos do SUS.
As investigações apontam também simulações de uso de stents nos pacientes, que, na verdade, não recebiam as próteses. A suspeita é de que materiais faturados em nome do SUS eram desviados para clínicas privadas e pacientes particulares.
Durante a sessão na Câmara Municipal, o procurador do Ministério Público Federal André Vasconcelos Dias e o delegado da Polícia Federal Marcelo Eduardo Freitas repassaram para a CPI todas as informações sobre a Operação Desiderato. O procurador disse que, ainda como “bonificação”,  empresas fazem doações de equipamentos caros para médicos, cujos valores variam de US$ 700 mil a US$ 1 milhão. 
O delegado Marcelo Freitas, que chefia a PF em Montes Claros, reafirmou que em três anos uma empresas pagou cerca de R$ 1,5 milhão aos três médicos, mediante simulação de “prestação de serviços” por uma firma fantasma. Afirmou também que outra empresa pagou aos envolvidos R$ 450 mil em espécie. “Os pagamentos eram feitos no próprio setor do hospital”, revelou o policial. Ele informou que foram bloqueados R$ 5 milhões depositados em contas dos médicos.
O assunto que acabou tomando conta de grande parte dos trabalhos da CPI foi o questionamento se havia conhecimento das irregularidades pela direção das duas instituições onde os médicos envolvidos trabalharam, o Hospital Dilson Godinho e a Santa Casa de Montes Claros. A questão foi levantada logo no início da reunião pelo procurador André Vasconcelos. “Ainda não conseguimos comprovação que aponta a participação dos hospitais (no esquema). Mas, se houver algum indício, deverá ser investigado”, afirmou o procurador, lembrando que a Operação Desiderato ainda terá novas fases e desdobramentos.

PREFEITO FAZ ACUSAÇÕES 
O prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz (PRB), declarou que “pelo menos 20% dos pagamentos feitos aos hospitais conveniados pelo SUS na cidade, referentes a procedimentos de alta complexidade, são fraudulentos. Informou que, de R$ 180 milhões anuais repassados aos hospitais locais, R$ 120 milhões se referem a procedimentos de alta complexidade, sendo que R$ 24 milhões correspondem ao valor das fraudes. 
Ele anunciou ainda que a prefeitura vem criando mecanismos para combater as irregularidades, “mas que tem dificuldades para impedir os desvios porque apenas recebe a documentação enviada pelos hospitais e faz o repasse dos recursos”.
Muniz reafirmou a suspeita de conivência dos hospitais com as fraudes, lembrando que são as instituições – e não os médicos – que enviam as faturas para o pagamento dos procedimentos feitos pelo SUS. “Não tem jeito de o gestor (do hospital) não ficar sabendo que tem coisa errada”, disse. Ele informou também que suspeita de fraude em outras áreas, como ortopedia e oncologia.
O prefeito provocou um clima tenso na reunião ao acusar uma série de supostas irregularidades na Santa Casa, onde trabalhava a equipe dos três médicos detidos na Operação da PF do MPF e onde foram identificados também casos de dupla cobrança de pacientes do SUS. Afirmou que, há anos, existem denúncias de cobrança indevida de pacientes do SUS na Santa Casa e que  nunca foram apuradas pela direção do hospital. Também apontou a suspeita de enriquecimento ilícito por parte de integrantes da gestão anterior da direção do hospital.

Dirigente da Santa Casa nega fraude 
Convocado pela CPI, o superintendente da Santa Casa, Maurício Sérgio Souza, rebateu as denúncias do prefeito Ruy Muniz. “Todas as acusações do prefeito são falsas”, alegou, garantindo que o hospital nunca foi conivente com fraude, mesma argumentação do diretor do Hospital Dilson Godinho, Dilson Quadros Godinho Junior, ouvido antes dele.
Souza foi pressionado pelos deputados, que questionaram se a direção dos hospitais tinha conhecimento do esquema e o que foi feito para punir os infratores. Alegou que assumiu o cargo em 2014 e que um mês depois foi aberta sindicância contra o médico Zandonai Miranda (preso na operação da PF), para apurar a dupla cobrança de R$ 40 mil da família de um paciente internado pelo SUS em 2013, que recebeu quatro stents farmacológicos.
Após a conclusão da sindicância, Zandonai foi suspenso por seis meses. O período de punição acabou sendo reduzido para três meses. Questionado sobre o motivo da atenuação da “pena”, Maurício respondeu que o período de suspensão foi diminuído em atendimento a um pedido de outros médicos que trabalhavam com Zandonai, que alegaram que o colega “estava passando dificuldades”.
Dois médicos detidos na operação - Zandonai e o irmão dele, Gerson Miranda - foram convocados a depor na CPI, mas o advogado deles, Enio Ribeiro, disse que eles estavam viajando e não conseguiram retornar a tempo para depor. 
Ainda durante a reunião da CPI, foram ouvidos depoimentos de pacientes, que contaram terem sido vítimas dos médicos detidos em Montes Claros. Uma delas, Maria Elci, declarou que pagou R$ 30 mil ao médico Zandonai Miranda pela instalação de três stents farmacológicos. 
Outra depoente, Eliana Alves disse que pagou R$ 15 mil por uma cirurgia particular e foi submetida a colocação de um stent farmacológico. Mas um laudo indicou que ela teria recebido três próteses. “Agora, estou na dúvida se recebi um ou três stents”, disse.

Entenda o caso
A Polícia Federal e o Ministério Público Federal deflagaram em Montes  Claros, em 2 de junho, a Operação Desiderato, para desmontar um esquema de desvio de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS). Duas empresas são suspeitas de pagar propinas a médicos para fraudar cirurgias cardíacas (angioplastias). Segundo a investigações, médicos recebiam “bonificações” no uso de próteses fabricados pelas duas empresas, pagas pelo SUS. O valor da propina era de R$ 500 pelo stent convencional e R$ 1 mil pelo stent farmacológico. Sete pessoas foram detidas na operação, incluindo três médicos. A Comissão Parlamentar de Inquérito da Máfia das Próteses e Órteses foi instalada no Congresso Nacional para investigar o esquema.

Hospital Regional de Janaúba: Apoio da Sedinor garante melhorias

O trabalho da Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais – Sedinor na interlocução com os demais órgãos do governo para buscar soluções para os problemas regionais já rende bons frutos. Foi graças a uma ação conjunta com a Secretaria Municipal de Janaúba e a Secretaria de Estado de Saúde que, nesta semana, os moradores da região da Serra Geral receberam uma notícia tranquilizadora: o Hospital Regional de Janaúba vai passar por melhorias e terá o atendimento ampliado. Oito leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) foram reconhecidos pela Rede de Urgência e Emergência e o hospital vai receber R$ 780 mil referentes às diferenças das diárias (por leito), retroativas a agosto de 2014. Além disso, o hospital foi regularizado no Pro-Hosp e receberá R$ 590 mil para a construção de mais 30 leitos.
A reivindicação foi feita em março deste ano com a justificativa de que, quando houve o credenciamento dos leitos nos hospitais de Taiobeiras, Pirapora e Brasília de Minas, que passaram a receber uma diária de R$ 840, por leito, Janaúba não foi habilitada e continuou recebendo apenas R$ 640. A partir deste mês, o montante representa um valor diário de R$ 6720 para o Hospital Regional de Janaúba.
Outra ação importante foi a inclusão do hospital no programa do governo estadual Pro-Hosp, que viabiliza recursos e possibilita um atendimento hospitalar de qualidade. O objetivo do programa é atender à população mineira o mais próximo possível de sua residência, seguindo a lógica dos níveis de complexidade (média ou alta), otimizando a eficiência dos hospitais e, assim, consolidando a oferta da atenção hospitalar nos polos macro e microrregionais de Minas Gerais.
De acordo com o secretario de saúde municipal de Janaúba, Gilson Urbano, os recursos também vão servir para ampliação das estruturas das salas de emergência, compra de equipamentos como tomógrafos e também permitirá a contratação de mais um cirurgião para o plantão de urgência.  Já a construção dos leitos vai assegurar um melhor atendimento aos pacientes.
Para o secretário da Sedinor, Paulo Guedes, a melhoria vai ajudar no atendimento da população de 15 municípios atendidos pelo hospital. “Os municípios do Norte de Minas enfrentam diversos problemas relacionados à saúde. Estas conquistas do Hospital Regional de Janaúba são um passo importante e demonstram que, com a união de esforços, é possível encontrar as soluções que tanto buscamos”, afirmou.

Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais - Sedinor
Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais - IDENE

Homem de 52 anos é preso por dirigir embriagado em Mirabela

(G1) Um homem de 52 anos foi preso por dirigir embriagado nesta quinta-feira (18), em Mirabela, Norte de Minas Gerais.
A Polícia Militar fazia uma fiscalização na MGC-135, quando o motorista foi parado. A suspeita de ingestão de bebida alcoólica foi confirmada pelo teste do bafômetro.
Segundo a PM, o condutor foi levado para a delegacia e teve a CNH recolhida. O carro foi liberado para uma pessoa habilitada.

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Janaúba: Voto não tem preço, tem conseqüência

Vivemos em um país onde infelizmente vence quem tem mais. Mais prestígios, dinheiro, e influencia. Em uma nação onde o certo tem se tornado errado e o errado tem se tornado certo. As evidências são tão claras e indiscutíveis que a população se encontra em um nível de descrença total, especialmente quando o assunto é política. E é esse assunto tema da nossa matéria que iremos nos dedicar para uma breve reflexão, em um país onde ser político é sinônimo de ladrão, tem se tornado cada vez mais difícil falar de renovação na política. Mas o que os cidadãos de bem não podem perder são as esperanças, já que é esse sentimento que move um povo, e proporciona ânimo para seguir em frente, mesmo diante de tantos fatos escandalosos no cenário nacional e regional da política.

O que é Política
Política é a ciência da governança de um Estado ou Nação e também uma arte de negociação para compatibilizar interesses. O termo tem origem no grego politiká, uma derivação de polis que designa aquilo que é público. O significado de política é muito abrangente e está, em geral, relacionado com aquilo que diz respeito ao espaço público. Resumindo a definição da política na sua originalidade é nada mais que a arte de servir. Infelizmente o que se vê é o contrário, os servidores do povo (os políticos) tem se servido da mesma, e o povo se tornou um simples serviçal da corja de políticos, que parece ser a maioria.

Janaúba e a política
Nas últimas eleições para prefeito na cidade de Janaúba a impressão que a população teve, foi que mais uma vez o poder econômico “falou alto e grosso”. A prova é tamanha, que aqueles que votaram no atual prefeito não têm sequer coragem de cobrar e exigir melhorias em um governo que se caracteriza pelo seu “desgoverno”. Sem poder de mando ou audácia para exercê-lo, o prefeito Yuji Yamada é refém ou cúmplice da desastrosa administração que já batizaram de “a pior de todos os tempos”. Com dois grupos políticos instalados na prefeitura de Janaúba, Yamada vê sua formula que impulsionou sua vitória, se tornar a sentença da sua morte política. Podemos afirmar que o desastre está cada vez mais claro, o que dizer de um gestor que fica inerte diante de:

• Livros queimados e nenhuma providência foi tomada por parte do executivo

• A “farra das diárias”
• Atraso de pagamento de funcionários
• Atraso no repasse a PREVIJAN
• Obras paradas e inacabadas
• Recursos sendo devolvidos

Assim ainda há quem diga que está tudo bem. A pergunta que fica é: Bem para quem? Como dizem os íntimos do prefeito Yamada: O senhor Yuji é um homem humilde, simples e honesto, ele é bom! Aqui não estamos questionando os pré-requisitos que por obrigação qualquer homem público teria que ter, o que se tem cobrado constantemente é atitude e resultados concretos, já que a população não suporta mais tantas promessas e falácias.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Em Montes Claros PM apreende R$ 41 mil em operação de combate ao tráfico

PM apreendeu R$ 41 mil
(G1) A Polícia Militar cumpriu 33 mandados de busca e apreensão durante uma operação de combate ao tráfico de drogas realizada na manhã desta quinta-feira (18), em Montes Claros, no Norte de Minas. Em uma operação realizada pelo 10º Batalhão, com apoio da 11 ª Companhia de Missões Especiais, foram apreendidos nos Bairros Conferência Cristo Rei e Vera Cruz, mais de R$ 41 mil.
Além do montante em dinheiro, foram apreendidos ainda 95 buchas de maconha, 12 pedras de crack e 07 tabletes de maconha e um celular. Três pessoas foram presas e conduzidas à delegacia.
De acordo com a PM, o objetivo da operação é combater os crimes de tráfico de drogas, roubo e homicídio na cidade.

Cadeia pública de Janaúba está superlotada

(Por Fernando Lucas) -- Não bastasse a falta de local apropriado para abrigar menores infratores, o município de Janaúba e sua Comarca, que abrange ainda Nova Porteirinha e Verdelândia, sofre com a superlotação do presídio existente. Com capacidade para cerca de 70 presos, a cadeia pública de Janaúba hoje está com cerca de 190 detentos. Ou seja quase três vezes mais a sua capacidade. 
 Estas informações, conseguidas com a costumeira exclusividade pelo JORNAL DA SERRA GERAL também serão apresentadas para o secretário de Estado de Defesa Social, Bernardo Sanatana, pela comitiva encabeçada pela Acijan, com representantes da sociedade janaubense.
 Porém, a reunião não servirá apenas para pedir, também vai servir para apresentação de propostas de ajuda, como a construção de mais celas para a cadeia local e até mesmo um albergue para a brigar os detentos com direito a cumprir pena em regime semi-aberto.
 O JORNAL DA SERRA GERAL obteve, com exclusividade, a informação de que estes estariam sendo beneficiados em ficar em casa, sem a necessidade de voltar ao presídio para dormir, como determina a lei, uma vez que não existe acomodações adequadas e suficientes para tais. E, o que é pior, muitos destes aproveitam-se desta oportunidade para cometerem delitos. Com a construção do albergue, teriam onde pernoitarem sob a guarda da Suape.
“O que queremos é que a paz volte a reinar em Janaúba e nossa Comarca. Os comerciantes, empresários de uma forma geral não estão mais aguentando tantos assaltos, furtos e roubos, principalmente com a participação de menores infratores que, pela falta do Centro de Ressocialização e internação, não recebem punição adequada e, o que é pior, invariavelmente voltam às ruas e cometem os mesmos delitos”, argumenta o presidente da Acijan, Wilhan Cardoso.
Da na Acijan reunião ficou decidido quem serão os  representantes da sociedade que participarão da reunião em Belo Horizonte junto à Secretaria de Defesa Social.

Montes Claros: Família de vereador que ganha R$ 15 mil também recebe Bolsa-Família

(Por Luiz Ribeiro) O vereador Rodrigo Cadeirante (PTN), de Montes Claros, recebe um salário de aproximadamente R$ 15 mil. Mas, mesmo com esse valor, durante dois anos o rendimento de sua família teve um “complemento” do Programa Bolsa-Família – criado para retirar pessoas da extrema pobreza. Em levantamento realizado pela Prefeitura de Montes Claros foi descoberto que a mulher do vereador, Lusimar Veríssimo Maia, recebia R$ 147 do programa federal. O benefício foi suspenso e o caso será encaminhado ao Ministério Público Federal (MPF) e à Policia Federal (PF). Nessa terça-feira (16), durante a reunião ordinária da Câmara Municipal, Rodrigo Cadeirante alegou que não tinha conhecimento de que a mulher recebia o benefício irregularmente, mas disse que, se ela errou, “terá que pagar pelo erro”.
O subsecretário de Prevenção à Corrupção da Prefeitura do Município, José Pedro Oliveira, disse que, assim que receber a documentação relativa ao caso da mulher do vereador, vai encaminhar as informações ao MP e à PF, que serão responsáveis para abertura de inquéritos, visando uma possível devolução à União dos recursos recebidos ilegalmente. Pelas regras do Bolsa-Familia, administrado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, têm direito ao benefício apenas as pessoas com renda mensal de até R$ 140,00.
Conforme informou a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social de Montes Claros, Lusimar Veríssimo Maia é cadastrada no Bolsa-Família desde 2010. A constatação de que ela era atendida pelo programa foi feita em janeiro deste ano, mês em que o benefício foi suspenso, com a exclusão sendo efetivada em março. Pelas informações fornecidas pela prefeitura, a mulher foi contemplada pelo Bolsa-Família durante dois anos em que o marido já estava no exercício do mandato de vereador, recebendo no total R$ 3.528 nesse período.

Cadastro
A descoberta de que Lusimar era beneficiária do Bolsa-Família ocorreu quase por acaso. Ao fazer o cadastro no programa dos seus filhos pequenos, a mulher não teria fornecido a informação de que o pai das crianças é o vereador Rodrigo Cadeirante. Após denúncias de que servidores públicos estariam recebendo os pagamentos do programa de redistribuição de renda na cidade, a prefeitura decidiu fazer uma averiguação nas casas dos beneficiados a fim de verificar as reais condições de vida de suas famílias. Ao chegar na casa de Lusimar, um motorista da prefeitura viu um carro da Câmara Municipal estacionado na garagem, o que levou à constatação de que a beneficiária era mulher do vereador do PTN.
Nessa terça-feira, na reunião da Câmara, Rodrigo Cadeirante alegou que pensava que a mulher teria sido excluída do Bolsa- Família em dezembro de 2012, mês anterior à posse dele no cargo. Argumentou que, desde então, nunca teve conhecimento de que Lusimar Veríssimo fazia saques do programa. “Mas, se a minha mulher estiver errada. Ela terá que pagar pelo erro, porque temos que seguir todos os rigores da lei”, afirmou Rodrigo.

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Ministro assegura apoio ao desenvolvimento regional em Minas

Secretário Tadeu Martins Leite conseguiu recursos e apoio técnico do Ministério da Integração Nacional para elaborar Plano Estadual de Desenvolvimento Regional
(Ascom/MI) Com a criação dos 17 territórios de Desenvolvimento em Minas Gerais, a orientação das políticas públicas passa a ser cada vez mais regionalizada no Estado. Com este foco, o secretário de Desenvolvimento Regional, Política Urbana e Gestão Metropolitana (Sedru), Tadeu Martins Leite, conseguiu a parceria do Ministério da Integração Nacional, durante reunião de comitiva de Minas Gerais, com o Ministro Gilberto Occhi, e com o Secretário de Desenvolvimento Regional do Ministério, Irani Braga Ramos, realizada ontem (16) em Brasília.
Com base nas diretrizes e orientações da Política Nacional de Desenvolvimento Regional – PNDR, o secretário Tadeu Martins Leite pediu o apoio do Ministério para a elaboração do Plano Estadual de Desenvolvimento Regional de Minas Gerais. “Viemos em busca de parcerias e recursos para a elaboração de uma política de desenvolvimento territorial para Minas Gerais, e saímos com a garantia de apoio institucional, técnico e financeiro do ministro Gilberto”, comemora o secretário.
A elaboração do Plano será orientada pela política de descentralização adotada pelo Governo de Minas, a partir da nova divisão do Estado em 17 regiões e da implementação de Planos específicos para cada uma delas. “Queremos criar uma política pública que induza o desenvolvimento com base na estrutura, nos anseios e necessidades regionais, com a participação da sociedade civil e de especialistas em gestão de território do Governo de Minas e do Ministério”, explica o secretário.
Durante todo o dia de hoje, técnicos do Ministério e da Sedru estão reunidos em Brasília para discutir o arranjo, os instrumentos e objetivos desta parceria e alinhar as estratégias de ação da União e do Estado nesta rede de cooperação.

Norte de Minas
Durante a reunião, foram discutidas ainda algumas obras emergenciais para o Norte de Minas, como a Barragem de Berizal. As obras estão embargadas, desde 2002, sob alegação de falta de licença ambiental. Segundo o ministro, se o Estado conseguir solucionar estas pendências ambientais, “o orçamento de R$ 80 a R$ 100 milhões estaria garantido”. Além disso, Gilberto Occhi sinalizou positivamente ao pedido do secretário Tadeu Martins Leite pela reabertura do escritório da Sudene em Montes Claros. “Sei da importância desta ação para alavancar ainda mais os diferenciais competitivos da região e atrair novos investimentos e vou me empenhar neste sentido”, afirmou o ministro.

Janaúba: Rapaz é baleado após dizer que arma de assaltante era de brinquedo

(G1) Um rapaz  foi atingido por um tiro no olho esquerdo, depois de afirmar para um assaltante que a arma utilizada por ele era de brinquedo. O crime aconteceu em uma faculdade particular de Janaúba (MG), nesta terça-feira (16).
Segundo as informações da Polícia Militar, o rapaz de 21 anos estava sentado na instituição com um grupo de amigos, quando eles foram abordados por dois homens. Um deles, armado, anunciou o assalto e ordenou que a vítima entregasse o celular. Após o estudante afirmar para o criminoso que a arma não era de verdade, ele fez um disparo, que falhou, e atirou novamente, atingindo o jovem.
De acordo com a PM, o diretor da faculdade levou o rapaz até o hospital da cidade. Os dois assaltantes ainda não foram presos. 

Janaúba: Estudante é baleado na porta de faculdade

(ASCOM PM) Nesta terça-feira(16) por volta das 21 horas no bairro São Vicente cidade de Janaúba, a Polícia Militar compareceu à Faculdade Promove, onde uma testemunha disse que se encontrava com a vítima, um jovem estudante de 21 anos e outras pessoas sentados, conversando. De repente, surgiu um individuo e de posse de uma arma de fogo pequena, ele mandou que a vítima entregasse o celular, porém, a mesma disse para o autor que a arma era de brinquedo. Neste momento, o autor fez um disparo, que falhou. Ele disparou novamente, acertando a vítima na altura do rosto, próximo ao olho direito. A vítima foi socorrida pelo diretor da faculdade para o Hospital Regional de Janaúba, onde foi medicada e permaneceu internada. Os autores evadiram em uma motocicleta Honda CG Titan, cor prata, levando o celular da vítima.

Polícia Militar cumpre reintegração de posse na Brasilândia

(Agência Estado) A Polícia Militar cumpre na manhã desta terça-feira, 16, a reintegração de posse na Ocupação Brasilândia, na zona norte da capital paulista. Segundo a Frente de Luta por Moradia (FLM), cerca de 450 famílias moram no terreno, localizado na Rua Doutor Augusto do Amaral, onde foram erguidos cerca de 300 barracos de madeira além de dez casas de alvenaria. De acordo com a Polícia Militar, há cerca de 800 sem-teto no local.
Os policiais chegaram ao local por volta das 7 horas e esperaram as famílias tomarem café da manhã para iniciar o despejo. Um carro do Corpo de Bombeiros também acompanha o processo. Recentemente, algumas reintegrações de posse em São Paulo terminaram com incêndios em barracos. Ainda foram disponibilizados três caminhões para transportar pertences dos moradores.
"Essas famílias não têm para onde ir. Nós fomos avisados em cima da hora e vamos ter de ficar na rua", afirma Geni Monteiro, coordenadora da FLM. Entre os moradores, há crianças, idosos e deficientes. Em nota, o movimento afirma que a área está abandonada há mais de 30 anos. "O local era depósito de lixo, e muitos estupros ocorreram ali."
A Secretaria de Segurança Pública (SSP) afirma que a Polícia Militar participou de reuniões com representantes dos moradores, além de órgãos envolvidos, como a Companhia Metropolitana de Habitação (Cohab), a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) e a Subprefeitura Freguesia do Ó/Brasilândia.
"A reunião serviu para avaliar os riscos da operação e orientar quanto ao papel que os policiais do 18º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (18º BPM/M) exercerão, de garantir a segurança dos moradores e de quem cumprirá a ordem de reintegração de posse", diz, em nota.
A FLM afirma que recebe o apoio da vizinhança para permanecer no local. "No sábado fizemos uma caminhada pelo bairro e muitos aderiram, temos abaixo-assinado expressando esse apoio à nossa permanência, só não estamos conseguindo encontrar apoio nos representantes da Justiça."
Ocupada desde abril de 2014, a área pertence à Cohab, que pretende fazer um projeto habitacional no terreno. A empresa solicitou a reintegração de posse na Justiça e o pedido foi concedido pela juíza Cláudia Barrichello, da 1ª Vara Cível do Foro Regional XII (Nossa Senhora do Ó).

Casal tenta impedir briga e é baleado pelo genro em Bocaiuva

(G1) Um homem de 41 anos e a mulher dele, de 36, foram feridos a tiros pelo genro, de 36, nesta terça-feira (16), no Bairro Esplanada, em Bocaiuva (MG). Segundo as informações da Polícia Militar, ele estava brigando com a esposa, de 18, e os pais dela foram baleados depois que interviram na discussão.
Ainda de acordo com a PM, o sogro do criminosos foi atingido por um tiro de espingarda polveira na mão e a sogra levou um disparo na nádega. Os dois foram socorridos pela polícia. O homem foi preso em uma oficina, vizinha a casa dele.
A PM não teve informações sobre o que teria provocado a briga. O homem tem passagens pela polícia. Ele foi levado para a delegacia.

Em Patis casa pega fogo e criança morre carbonizada

Interior do imóvel ficou totalmente destruído 

Casa incendiada fica no Centro da cidade
(G1) Uma criança de cerca de dois anos morreu carbonizada em um incêndio, ocorrido em um imóvel no Centro de Patis (MG), nesta terça-feira (16). O Corpo de Bombeiros de Montes Claros (MG), a 80 quilômetros da cidade, foi acionado, mas quando os militares chegaram no local o fogo já havia sido controlado por populares e a casa estava totalmente queimada.
Ainda de acordo com os Bombeiros, o pai da criança contou que saiu para ir ao banheiro, que fica na parte externa da casa, e quando voltou, o local estava tomado pelas chamas. Havia outra crianças na casa, ela conseguiu sair. Ninguém ficou ferido.
Os Bombeiros avaliaram o local e como não houve necessidade de fazer o rescaldo, esperaram até a chegada da perícia da Polícia Civil, de Montes Claros. As causas do incêndio estão sendo investigadas.

terça-feira, 16 de junho de 2015

Governo de Minas Gerais inicia a construção de oito presídios

As novas unidades prisionais foram projetadas nos municípios de Pirapora, Uberlândia, Pará de Minas, Iturama, Barbacena, Machado, Ubá e Lavras


(ASCOM Governo de Minas Gerais) A Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) e o Departamento Estadual de Obras Públicas (Deop) deram início à construção de oito unidades prisionais, com um total de 3.142 vagas e um investimento de mais de R$ 44 milhões do Governo de Minas Gerais. O Departamento Penitenciário Nacional (Depen), órgão vinculado ao Ministério da Justiça, fará um repasse de aproximadamente R$ 94 milhões.
As novas unidades prisionais foram projetadas nos municípios de Pirapora, Uberlândia, Pará de Minas, Iturama, Barbacena, Machado, Ubá e Lavras. O início das obras é resultado do trabalho da força-tarefa criada pelo governador Fernando Pimentel para enfrentar a superlotação do sistema prisional herdada das gestões anteriores. Além da Seds e do Deop, integram a força-tarefa as secretarias de Estado de Governo, da Casa Civil e de Relações Institucionais, do Planejamento e Gestão, da Fazenda, Gabinete Militar e Secretaria-Geral da Governadoria.
As obras dos oito presídios foram licitadas no governo anterior que, no entanto, não destinou recursos para a execução na Lei Orçamentária de 2015 enviada para a Assembleia Legislativa também no ano passado. Em apenas seis meses do atual governo, portanto, a força-tarefa conseguiu recursos orçamentários para iniciar a construção e se habilitar a receber repasses do governo federal por meio do Depen. Considerando as 148 unidades administradas à época pela Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi) da Seds, existiam em 31 de dezembro de 2014 cerca de 59 mil presos em Minas Gerais e pouco mais de 34 mil vagas, configurando um déficit de quase 25 mil.
O secretário de Estado de Defesa Social, Bernardo Santana, afirmou que o início das obras é resultado do empenho de todas as secretarias participantes da força-tarefa. “Essas novas unidades são aguardadas com ansiedade pela população, pelas forças de segurança pública, pelo Poder Judiciário e pelo Ministério Público”, destacou.
A Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) e o Departamento Estadual de Obras Públicas (Deop) deram início à construção de oito unidades prisionais, com um total de 3.142 vagas e um investimento de mais de R$ 44 milhões do Governo de Minas Gerais. O Departamento Penitenciário Nacional (Depen), órgão vinculado ao Ministério da Justiça, fará um repasse de aproximadamente R$ 94 milhões.
As novas unidades prisionais foram projetadas nos municípios de Pirapora, Uberlândia, Pará de Minas, Iturama, Barbacena, Machado, Ubá e Lavras. O início das obras é resultado do trabalho da força-tarefa criada pelo governador Fernando Pimentel para enfrentar a superlotação do sistema prisional herdada das gestões anteriores. Além da Seds e do Deop, integram a força-tarefa as secretarias de Estado de Governo, da Casa Civil e de Relações Institucionais, do Planejamento e Gestão, da Fazenda, Gabinete Militar e Secretaria-Geral da Governadoria.
As obras dos oito presídios foram licitadas no governo anterior que, no entanto, não destinou recursos para a execução na Lei Orçamentária de 2015 enviada para a Assembleia Legislativa também no ano passado. Em apenas seis meses do atual governo, portanto, a força-tarefa conseguiu recursos orçamentários para iniciar a construção e se habilitar a receber repasses do governo federal por meio do Depen. Considerando as 148 unidades administradas à época pela Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi) da Seds, existiam em 31 de dezembro de 2014 cerca de 59 mil presos em Minas Gerais e pouco mais de 34 mil vagas, configurando um déficit de quase 25 mil.
O secretário de Estado de Defesa Social, Bernardo Santana, afirmou que o início das obras é resultado do empenho de todas as secretarias participantes da força-tarefa. “Essas novas unidades são aguardadas com ansiedade pela população, pelas forças de segurança pública, pelo Poder Judiciário e pelo Ministério Público”, destacou.

RUY MUNIZ TENTA CAIR NO PMDB, AGORA PELO TETO

O prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz (PRB), participou do encontro regional do PMDB, no último sábado, em Montes Claros. Tentou fazer política de boa vizinhança, além de nova investida para se filiar no partido que um dia abrigou nomes da estatura de Ulisses Guimarães e Tancredo Neves. 
Segundo o site apurou, Muniz pode recorrer até ao presidente nacional do PMDB, o atual vice-presidente da República, Michel Temer, para tentar furar o bloqueio que peemedebistas mineiros têm imposto ao seu projeto de ingressar na sigla. Contatos nesse sentido já teriam sido feitos, aqui em Brasília, pela deputada federal e primeira-dama de Montes Claros, Raquel Muniz (PSC), que também pode se filiar ao partido do notório Eduardo Cunha, atual presidente da Câmara dos Deputados e pedra no sapato da presidente Dilma Rousseff e do PT. A eventual entrada do casal Muniz no velho PMDB poderia ter como trunfo a dupla Cunha e Temer como abonadores das suas fichas de filiação ao partido. Seria uma forma de 'cair por cima' nos domínios do peemedebismo em Montes Claros.     
Donos do PMDB no município desde tempos imemoriais, o ex-prefeito Tadeu Leire, e agora seu filho, o deputado estadual licenciado e secretário de Estado, Luiz Tadeu Martins, estrela local do encontro regional, não aceitam conviver com a família Muniz em seu quintal. Seria muita estrela em um partido só, mesmo que esse partido tenha vocação para ônibus eleitoral, como é o caso do PMDB. O advogado Tadeu Leite milita na sigla desde a Ditadura Militar, então conhecida como MDB e contraponto ao regime dos militares. 
O discurso do deputado Tadeu Martins para barrar, pelo menos provisoriamente, a migração de Ruy Muniz para o PMDB é de que o assunto deve ser discutido pelas bases do partido em Montes Claros – e não como imposição vinda de cima, em referência as articulações dos Muniz para dar uma carteirada com as bênçãos de Eduardo Cunha. O vice-governador de Minas Gerais e presidente do partido em Minas, Antonio Andrade, também esteve em Montes Claros. Consta que Toninho Andrade barrou tentativa anterior do casal Muniz em mudar-se para o PMDB.     
Vaiado por militantes peemedebistas durante sua fala no encontro do sábado que reuniu a cúpula do PMDB em Minas no Mirante Buffet, Muniz parece ser persona não grata ao partido em seus próprios domínios, apesar da aliança firmada para as eleições de 2012 para a indicação do atual vice de Muniz, o apresentador José Vicente Medeiros, conhecido pela condição de leão de chácara da família Tadeu Leite.

Tempo no rádio e na TV

Janaúba pede socorro para conter criminalidade

(Por Girleno Alencar) A onda de criminalidade que ocorre em Janaúba levou a Associação Comercial e Empresarial a abrir uma campanha para reverter essa situação. Um dos principais pedidos é para a instalação do Centro de Ressocialização de Adolescentes, já que em 2014 foi adquirida uma fazenda para abrigar esta unidade, mas até agora não foi instalado oficialmente. A maioria dos crimes é praticada por adolescentes. A Acijan criou a Comissão de Segurança Pública, que tem a missão de elaborar estratégias e planos de ação para tornar a cidade com segurança. No sábado, uma comitiva de lideranças pediu ajuda ao vice-governador Antônio Andrade, durante sua visita a Montes Claros.
O presidente da Acijan, William Sérgio Cardoso frisa na correspondência encaminhada ao Estado que Janaúba vive momento critico em relação a segurança pública, principalmente nas ações dos menores infratores, alguns de alta periculosidade e soltos pelas ruas, completamente impunes, desafiando a lei, a ordem e as autoridades policiais. A solução, segundo ele, seria agilizar a criação do Centro de Internação e Ressocialização de Menores, em iniciativa que dura há seis anos, mas sem solução.
Além do Centro de Internação e Ressocialização dos Menores, as lideranças janaubenses pedem a ampliação do Presídio Regional, construído na década de 1990 e que está com superlotação; aumento do efetivo e aparelhamento das polícias civil e militar, com equipamentos e viaturas; assim como maior agilidade nos processos judiciais, para acabar com a sensação de impunidade.
A promotora Vanessa do Carmo Diniz, da Vara da Infância e Juventude de Janaúba, apontou 16 adolescentes infratores que respondem a vários procedimentos judiciais e apesar do Ministério Público ter requisitado as vagas para interná-los em outras unidades do Norte de Minas, isso ainda não ocorreu até agora. Existem Centros de Internações em Montes Claros e Pirapora, mas os dois estão superlotados.
Ela mostra ainda que desde o dia 9 de agosto 2012 que o juiz Vitor Luiz de Almeida acatou parcialmente ação civil pública movida pelo Ministério Público onde determina que o Estado deveria providenciar a internação dos adolescentes e ainda criar um Centro de Internação em Janaúba, devendo colocar verba no orçamento do ano seguinte. Porém, a despeito do Estado ter comprado o imóvel para abrigar a unidade, a implantação não ocorreu.
A delegada regional Gessiane Soares Cangussu, de Janaúba, cita que a impunidade preocupa e provoca o aumento da criminalidade, pois apenas um dos infratores tem 35 ocorrências de atos infracionais, outro com 17 e um terceiro, com 14 casos. Ela cita que um dos adolescentes de alta periculosidade foi levado para Pirapora. Outro problema é o baixo efetivo policial, pois são apenas 15 agentes policiais para investigar os crimes em Janaúba.
A Polícia Militar relata que nesse ano foram registrados 164 boletins envolvendo menores, sendo 37 de roubo consumado, 26 de furtos, 16 de tráfico de drogas, 13 de porte ilegal de armas. A corporação tem 121 menores cadastrados por envolvimentos em crimes. Um deles, tem 10 casos de reincidência. 

Agência e centro de distribuição dos Correios de Pirapora ganham novas instalações

(ASCOM Correios) Na próxima quinta-feira, 18/06, os Correios entregam uma agência e um centro de distribuição totalmente reformados à população de Pirapora (região Norte do Estado). Nas unidades foram realizados investimentos de mais de R$ 1 milhão em serviços de reforma e adaptação da infraestrutura e do mobiliário. As intervenções privilegiam aspectos como acessibilidade, ergonomia, segurança e climatização, de maneira a melhorar ainda mais o atendimento à população e o ambiente de trabalho dos empregados.
Na agência, o número de guichês foi ampliado, para atender os cerca de 8 mil clientes mensais. O hall da construção conta agora com 300m2. Todos os serviços dos Correios estão disponíveis na agência, inclusive o Banco Postal.

Banco Postal
Criado para facilitar o acesso de todos os brasileiros ao sistema bancário, o Banco Postal conta com horário estendido de atendimento ao público, além de diferenciais como a abertura e movimentação de contas correntes e poupanças, permitindo ainda que o cliente realize saques e depósitos, como se estivesse em uma agência bancária.

Em Francisco Sá assaltantes fogem levando R$ 3.500 de lanchonete

A polícia procura por dois homens que roubaram uma mercearia em Catuni, distrito de Francisco Sá (MG), nesta segunda-feira (15). Eles fugiram levando R$ 3.500 e alguns celulares.
Segundo as informações da Polícia Militar, os assaltantes chegaram de moto e estavam armados. Eles renderam clientes e funcionários e mantiveram todos deitados no chão, enquanto procuravam pelo dinheiro.
Testemunhas disseram para a PM que os dois fugiram em direção a Riacho dos Machados (MG).

Em Pai Pedro, mulher de 42 anos é encontrada morta em casa

(G1) Uma mulher de 42 anos foi assassinada com um tiro na zona rural de Pai Pedro (MG), nesta segunda-feira (15).
A Polícia Militar foi acionada pelos irmãos dela. Eles contaram que ouviram um barulho e, ao chegar em casa, perceberam que a porta estava aberta e encontraram a mulher caída no chão de um dos quartos, já sem vida.
A família não soube dizer qual a motivação do crime e quem seriam os suspeitos. Mas algumas pessoas afirmaram que viram dois homens desconhecidos procurando por um cavalo na comunidade, durante o dia. Ninguém foi preso.

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Câmara de Janaúba: Vereador afirma que obra da CODEVASF “liga nada a lugar nenhum”

O Superintendente da Codevasf Dimas Rodrigues afirma que a obra 
de canalização do perímetro do Gorutuba está em andamento.
(Por Ivo Júnior) Durante a reunião da Câmara Municipal de Janaúba nesta segunda feira (15) ao usar a tribuna o vereador Carlos Isaildon Mendes citou os cortes do governo federal que afeta diretamente Minas Gerais, especialmente o Norte de Minas Gerais que vem perdendo investimentos e onde existem diversas obras paralisadas.
Além das obras da Escola Técnica Brasil Profissionalizante que esta totalmente paralisada desde o ano passado, o vereador chamou atenção para uma obra que já foi muito prometida, mas ainda não saiu da promessa política. Trata-se da mudança no sistema de condução de água no Projeto Gorutuba. Por diversas vezes ao ser abordado pela imprensa a Câmara convocou o Superintendente da CODEVASF Dimas Rodrigues que sempre respondia a convocação dizendo que “o projeto da Obra estava em andamento e em breve seria dado o início da mesma”. O problema é que a obra foi iniciada dois anos após a primeira abordagem dos órgãos de imprensa que mostravam o desperdício de água no Projeto Gorutuba devido à deterioração das canaletas de distribuição que completaram 36 anos e a falta de manutenção das mesmas.
Ainda durante a reunião o vereador chamou a atenção para a paralisação das obras por parte da empresa vencedora da licitação, que alega não ter recebido o pagamento que gira em torno de 20 milhões (palavras do vereador) e recebido apenas 2 milhões pelo serviço já prestado. E foi enfático em dizer que a obra da canalização realizada pela CODEVASF “liga nada a lugar nenhum”.
Entenda o caso. No ano de 2012 a reportagem da Rádio Onda Norte FM em parceria com o Jornalista José Ambrósio Prates da Rádio Torre FM percorreu diversos trechos do perímetro irrigado do Projeto Gorutuba e fez o registro de diversos vazamentos o que ocasionava um desperdício da maior parte da água captada da barragem Bico da Pedra. Tal foi à repercussão, que todos os órgãos de imprensa da cidade, sabendo da importância dos recursos hídricos existentes e a situação de estiagem que passa o Norte de Minas reproduziram em suas capas, blogs e noticiários o desperdício do nosso precioso líquido. A partir desse momento diversas vezes a Câmara convocou o representante daquela autarquia federal para prestar esclarecimentos e a tomar medidas para solucionar esse problema.
Em e-mail enviado pela reportagem da Radio Onda Norte ao chefe da assessoria de Comunicação da CODEVASF em setembro de 2014, solicitando informações sobre o andamento da obra, foi respondido que: “A obra já iniciou, em 30/05/2014 com a elaboração do Projeto Executivo. A previsão da instalação da tubulação enterrada é para iniciar dia 01/10/2014”. O que de fato aconteceu.
O fato é que como disse o vereador Isaildon, a “obra liga nada a lugar nenhum”. Recentemente a equipe de reportagem da Rádio Onda Norte esteve em um trecho da referida obra e pode comprovar que “não liga nada a lugar nenhum”. Segundo informações do site do Distrito de Irrigação do Gorutuba em média 50% da obra já foi executada, porém são trechos separados, ou seja, como disse o nobre vereador ligando “nada a lugar nenhum”.
A preocupação do vereador é provavelmente de toda a população de Janaúba agora é a seguinte: Será que essa não será mais uma obra daquelas que caem no esquecimento? Mais um montante de dinheiro dos nossos impostos que ficarão enterrados como os canos que supostamente já foram colocados. Ou será que é mais uma estratégia eleitoral para anunciar o reinício das obras nas vésperas da eleição municipal que acontecerá no ano que vem? O tempo dirá.

Janaúba: Projeto de Ideologia de Gênero chega a Câmara Municipal

Vereador Carlos Isaildon em seu discurso 
na tribuna nesta segunda-feira foi enfático em
dizer que é contra o projeto de Ideologia de Gênero. 
Na tentativa do Ministério da Educação de “empurrar goela a baixo” o projeto de Ideologia de Gênero, depois da derrota a nível nacional, o projeto agora tramita sorrateiramente nas esferas estaduais e municipais para ser implantado. Ficando a cargo das câmaras municipais e assembleias legislativas de cada estado aprovarem ou não tal projeto. Se for aprovado, o projeto de Ideologia obrigaria as escolas estaduais e municipais a orientarem desde as crianças de 1 ano até os jovens de 17 anos, que não há distinção entre homens e mulheres. Para termos ideia na pratica como seria esse projeto, não haveria mais nas nossas escolas banheiros femininos ou masculinos, sendo proibida a distinção de menino ou menina, os sanitários seriam de uso comum para todos sem distinção alguma.

Câmara Municipal de Janaúba
Nesta segunda-feira (15) o projeto de Ideologia de Gênero foi mencionado pelo vereador Carlos Isaildon que discursou na tribuna, em seus comentários Isaildon afirmou que foi procurado por lideranças católicas, estas preocupadas com a chegada desse projeto na Câmara Municipal, e a sua possível aprovação, o vereador foi enfático que é contrário a esse projeto, e acrescentou que é contra esse plano nacional que fere a dignidade das nossas crianças. Caso esse projeto seja aprovado, Janaúba já começaria a viver uma realidade que foi rejeitada no congresso nacional. Em um país de maioria cristã, seria contraditório aprovar um projeto que ofende diretamente a Fé do Brasil, uma das maiores nações Cristãs do mundo, que é clara em dizer que Deus criou o homem e a mulher, e que esses opostos garantem a existência e sobrevivência da espécie humana, sendo de fundamental importância distinguir tais gêneros, já que dessa forma desde cedo as crianças podem compreender que essa realidade é a garantia da continuidade da raça humana na Terra.
Em Janaúba até o presente momento o projeto de "Ideologia de Gênero" ainda não foi votado pelos vereadores.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Montes Claros recebe R$ 90 milhões para melhoria do sistema de abastecimento de água

Recursos foram viabilizados por meio de parceria entre Sedinor, Copasa e Ministério das Cidades

O Sistema Verde Grande, que abastece 65% da população de Montes Claros, receberá investimento de R$ 90 milhões para a melhoria de todo o sistema de abastecimento de água na maior cidade do Norte de Minas. Os recursos, oriundos da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), estão sendo viabilizados por meio de parceria entre a Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Sedinor), a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) e o Ministério das Cidades.
Do total a ser investido, R$ 24,3 milhões já foram liberados. O restante será repassado de acordo com a execução do cronograma da obra. A empresa InfraCon Engenharia, com sede em Belo Horizonte, já deu início às obras que contemplam, entre outros benefícios, a construção de um novo reservatório com capacidade para acumular 11 milhões de metros cúbicos de água.
O secretário da Sedinor, Paulo Guedes, afirma que com o novo reservatório será possível dobrar a capacidade de armazenamento de água no Sistema Verde Grande, garantindo o fornecimento de água, sem interrupção, para toda a sede do município e cerca de dez distritos. “É um investimento que vai garantir o abastecimento da população de Montes Claros mesmo diante do crescimento populacional e da escassez de chuvas”, destacou Paulo Guedes ao lembrar o empreendimento integra o Programa Água para Todos - uma parceria entre os governos do Estado e Federal, com o objetivo de promover a universalização do acesso à água para consumo humano e produção agrícola.
Os investimentos contemplam a ampliação da Estação de Tratamento de Água, que vai permitir a duplicação da vazão atualmente tratada, além da implantação de mais de 250 mil metros de adutoras e redes de distribuição e instalação de reservatórios com capacidade para armazenar mais de 12 milhões de litros de água. As obras garantirão a cobertura de abastecimento de 100% da população do município, eliminando problemas de falta de água na região.
Outro empreendimento, do Governo de Minas, que irá garantir o abastecimento do município, foi anunciou o lançamento do edital de licitação para contratar as obras da Barragem Congonhas, que será capaz de abastecer a população de Montes Claros pelos próximos 100 anos. O valor a ser licitado é R$ 183 milhões. O documento foi assinado pelo ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, que ao lado do governador Fernando Pimentel, também anunciou R$ 10 milhões do governo federal destinados a ações emergenciais de convivência com a seca, que serão executadas em parceria com a secretaria de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Sedinor).


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Mato Verde: Sistema Sedinor/Idene dará inicio as obras de ampliação de barragem

(ASCOM SEDINOR) O sistema Sedinor/Idene dará início às obras de ampliação da barragem do rio Viamão, no município de Mato Verde, no Norte de Minas. A autorização foi assinada pelo Governador Pimentel e pelo secretário da Sedinor, Paulo Guedes, na última quinta-feira (11/6), durante o Fórum Regional de Governo, em Montes Claros.
As obras de complementação de barragem integram o programa Água para Todos, parceria entre os governos do Estado e Federal, com o objetivo de promover a universalização do acesso à água. O investimento total é de R$ 48 milhões.
De acordo com o projeto a ser executado, a altura da barragem será elevada dos atuais 12 metros para 35 metros, o que garantirá capacidade de fornecimento de 50 litros de água por segundos, afastando a possibilidade de desabastecimento durante o período de estiagem. A estimativa é que a obra beneficie cerca de 20 mil pessoas dos municípios de Mato Verde e Catuti, que sofrem com a escassez de água.
Para o secretário Paulo Guedes, a ampliação da barragem garantirá a cobertura de abastecimento para 100% da população dos municípios de Mato Verde e Catuti, além de contribuir com a produção de alimento na região. “Mato Verde está na Serra Geral, uma das regiões mais secas do Norte de Minas, todos os anos tem operação de caminhão pipa. A construção da barragem do rio Viamão é de fundamental importância para recuperar a condição hídrica da região” ressalta o secretário.
O empreendimento é uma parceria com o governo federal, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC Prevenção/Seca, para reduzir os efeitos da seca no Norte de Minas e integram o orçamento do Ministério da Integração. Os recursos serão repassados a Companhia de Saneamento de Minas Gerais – Copasa, que é a empresa responsável pela execução. A Sedinor está aguardando o repasse do recurso pelo Governo Federal, para dar início às obras.

JANAÚBA: UFVJM ANUNCIA VAGAS PARA PROFESSORES

(Por Ariane Gonçalves) Com a realização de dois Processos Seletivos, a Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri visam contratar Professores.
Para atuar na área de Heurísticas e Metaheurísticas, Inteligência Artificial, Linguagens de Programação e Estrutura de Dados, o edital nº 145/2015 dispõe de uma vaga em Janaúba. Ou então, há outra oportunidade na área de Engenharia Florestal, o campus JK - Diamantina, pelo edital nº 146/2015.
Em regime de dedicação exclusiva, o salário dos docentes varia conforme os títulos apresentados e pode chegar até R$ 8.639,50.
As inscrições devem ser realizadas a partir desta segunda-feira (15) e seguem até o dia 15 de julho de 2015 no caso do edital nº 145/2015 e até 3 de julho de 2015 para o certame nº 146/2015, na unidade responsável pela vaga. A taxa de R$ 140,00 ou R$ 200,00 deve ser paga via boleto bancário.
Estes certames serão efetivados por meio de provas nas modalidades escrita, didática, projeto de atividades acadêmicas e de títulos.
Com validade de um ano, existe a possibilidade destes Processos Seletivos serem prorrogados por igual período. Para mais informações, confira os editais de abertura disponíveis no site www.ufvjm.edu.br.

UFVJM - MG anuncia vagas para Professores em Janaúba e Diamantina
Com a realização de dois Processos Seletivos, a Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri visam contratar Professores.
Para atuar na área de Heurísticas e Metaheurísticas, Inteligência Artificial, Linguagens de Programação e Estrutura de Dados, o edital nº 145/2015 dispõe de uma vaga em Janaúba. Ou então, há outra oportunidade na área de Engenharia Florestal, o campus JK - Diamantina, pelo edital nº 146/2015.
Em regime de dedicação exclusiva, o salário dos docentes varia conforme os títulos apresentados e pode chegar até R$ 8.639,50.
As inscrições devem ser realizadas a partir desta segunda-feira (15) e seguem até o dia 15 de julho de 2015 no caso do edital nº 145/2015 e até 3 de julho de 2015 para o certame nº 146/2015, na unidade responsável pela vaga. A taxa de R$ 140,00 ou R$ 200,00 deve ser paga via boleto bancário.
Estes certames serão efetivados por meio de provas nas modalidades escrita, didática, projeto de atividades acadêmicas e de títulos.
Com validade de um ano, existe a possibilidade destes Processos Seletivos serem prorrogados por igual período. Para mais informações, confira os editais de abertura disponíveis em nosso site.

Em Pirapora, mulher morre atropelada por caminhão na BR-365

(G1) Uma mulher morreu atropelada por um caminhão na BR-365, em Pirapora (MG), neste domingo (14). O motorista transportava hortifruti e seguia para Vitória da Conquista (BA).
A Polícia Rodoviária Federal foi acionada pelo caminhoneiro. Ele contou que a vítima estava caminhando no mesmo sentido que ele trafegava, na faixa de rolamento, quando o acidente ocorreu. Ele disse também que não a viu porque teve a visão ofuscada por faróis.
Ainda de acordo com a PRF, a mulher não foi identificada, já que não portava nenhum documento. O corpo foi levado para o IML de Pirapora. O motorista não foi preso.

domingo, 14 de junho de 2015

Jaíba: Duas pessoas morrem em acidente


Na tarde deste sábado (13) por volta das 14 horas na MG-401 que liga Janaúba a Jaíba, um trágico acidente ceifou a vida de duas pessoas. Na ocasião dois veículos colidiram nas proximidades de um motel na rodovia Prefeito Osvaldo Bandeira (MG-401) cidade de Jaíba, ferindo três pessoas, sendo que duas delas não resistiram aos ferimentos e faleceram ainda no sábado (13). 
Diante da triste notícia a FAVAG cancelou um evento que ocorreria no mesmo dia, já que uma das vítimas era aluno da faculdade e cursava direito na mesma. 


Porteirinha: Homem sofre acidente a caminho do hospital após se ferir em jogo

Carro capotou e foi parar fora da pista
Três homens, de 21, 31 e 47 anos, ficaram feridos depois de um  acidente neste domingo (14), na MG-122, a 20 quilômetros de Porteirinha, no Norte de Minas Gerais.
Segundo as informações do Samu, um dos passageiros havia se machucado em uma partida de futebol e estava sendo levado de carro até um hospital. O motorista perdeu o controle da direção em uma curva e acabou capotando.
Dois dos ocupantes foram levados para um hospital em Porteirinha e um foi encaminhado para uma unidade de saúde de Janaúba (MG).

Jaíba: Presidente da Câmara reluta em convocar suplentes que vão avaliar desarquivamento de denúncias

O presidente da Câmara de Vereadores de Jaíba, no extremo Norte de Minas, Valdemir Soares da Silva (PDT), está entre a cruz e a caldeirinha. Soares tem mais duas semanas para cumprir determinação do juiz titular da Comarca de Manga, Eliseu Alves Leite Fonseca, que anula o arquivamento de denúncia em que se acusa o próprio presidente e mais seis pares pelo recebimento de diárias por viagens a serviço supostamente não realizadas. A liminar, publicada no dia 1º de junho, estipula prazo de 30 dias para que a mesa diretora da Câmara de Jaíba faça a convocação dos sete suplentes dos vereadores suspeitos para analisar, em sessão extraordinária, se a Casa deve ou não receber a denúncia contra os parlamentares.
O presidente Valdemir Soares tem feito corpo mole para cumprir a determinação judicial porque sabe, de antemão, que os suplentes vão mesmo acatar a denúncia, oferecida pelo atual prefeito do município, Enoch Vinicius Campos de Lima (PDT), em contraofensiva na briga política que mantém com parcela dos vereadores. Além disso, o presidente do Legislativo tenta ganhar tempo para, quem sabe, derrubar a liminar que coloca em risco o seu mandatos e dos demais envolvidos na farra local das diárias. A convocação dos suplentes não terá caráter definitivo: eles vão assumir os cargos apenas para decidir sobre o desarquivamento da denúncia. Não é difícil imaginar o resultado da votação. 
A Câmara de Jaíba é formada por 11 vereadores. O plenário da sessão que vai decidir pelo acatamento ou não da denúncia terá maioria formada pelos sete suplentes, que têm interesse direto na perda dos mandatos dos titulares dos cargos. Se acatarem a denúncia, o que parece ser o resultado mais provável, eles forçam a criação de comissão processante, que terá 90 dias para investigar o caso e apresentar relatório final pela cassação ou não dos mandatos dos sete parlamentares envolvidos. Ora, a maioria dos sete vereadores que espertamente mandou para a gaveta o pedido de investigação que lhes ameaçava cortar as cabeças, agora se inverte em igual número com os suplentes interessados na investigação e - por óbvio - em mudar permanente o status da convocação para que assumam as cadeiras enquanto durar a investigação.

Sem esperança
Além do presidente da Câmara, foram citados na decisão judicial os vereadores Júnior Leonir Guimarães Freitas (PSDB), Noelson Costa de Oliveira (PSL), Welton Luiz Silva (PMDB), Fernando Lucas Fernandes (PSDB), José Geraldo Soares Aguiar (PSDC) e Elias dos Santos Silva (PHS). É essa a turma de eleitos que está literalmente nas mãos dos seus respectivos suplentes. Eis aí o dilema que tira o sono do presidente Valdemir Soares: se descumprir a decisão judicial, os vereadores-diaristas correm o risco de ter os seus mandatos cassados pelo juiz Eliseu Alves por desobediência. Se chamar os suplentes, corre o mesmo risco. O vereador jaibense ganha R$ 5,5 mil antes dos descontos com impostos. Muito tentador, pois não?
E o prefeito Enoch? Vai pousar de herói quando e se derrubar dois terços da Câmara Municipal? Nada disso. Enoch que chegou à cadeira de prefeito após a cassação do prefeito de fato Jimmy Murça (PCdoB) ainda no primeiro ano de mandato, apenas reage às ameaças dos vereadores de abrir investigação para derrubá-lo do cargo.
Em resumo: chumbo trocado, que não costuma doer muito. Se conseguir mandar os sete vereanças mais cedo para o vestiário dos sem-mandato, Enoch, que é acusado de conviver com esquema de corrupção e desvios de verbas públicas em sua tumultuada passagem pelo gabinete do prefeito de Jaíba, ganha fôlego novo para tentar chegar ao fim do mandato. Sem prejuízo de disputar a reeleição.
É isto que está em jogo em Jaíba: o município que, no tocante à política, repete o Inferno de Dante ao sugerir que, os que por lá chegam ou já residam, devem deixar de fora toda e qualquer esperança, segue em crise permanente - com prejuízos reais para a população, desassistida em quase tudo pelo poder público em plano local. Apeado do cargo no final de 2013, antes mesmo de completar um ano do mandato para o qual foi eleito, Jimmy Murça assiste, de camarote, o circo pegar fogo. Por fora, Jimmy continua a recorrer pela anulação das medidas cautelares que o mantém fora do cargo. Para ele, a esperança ainda será a última a morrer.


Fonte: Site Luís Cláudio Guedes 

Janaúba: PT garante que terá candidatura própria em 2016

O super da SEDINOR, José Benedito, pronto para
 encabeçar mais uma candidatura do PT, à Prefeitura de Janaúba
O ex-prefeito José Benedito é nome natural para encabeçar a disputa eleitoral pelo Partido dos Trabalhadores

(Por Luiz Cabrine) Com o sentimento de honra por ser o primeiro prefeito gorutubano nato a administrar Janaúba, José Benedito Nunes Neto (PT) - atual superintendente da Secretaria de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas (SEDINOR), declarou na última quarta-feira, 10, ao JORNAL OLHE NOTÍCIA, em tom de agradecimento, estar à disposição do partido e do seu grupo político para mais uma disputa à sucessão municipal de 2016.
A declaração de Zé Benedito vem ao encontro do posicionamento de Jeilton Marques, presidente do PT/Janaúba, que garante: o partido terá candidatura própria à prefeitura municipal em outubro do ano que vem.
Ainda de acordo com Jeilton, José Benedito se apresenta como o nome natural do PT para a disputa pelo próximo pleito. Disse também, que o momento é de agir com “calma”, e que, o partido vai sentar e conversar com quem do grupo tiver boas propostas para Janaúba.
A provável candidatura petista ganha força, pois vem alinhada a dois governos do mesmo partido, Fernando Pimental, no Estado, e Dilma Roussef, presidente da República, ambos do PT. Zé Benedito enxerga um cenário favorável ao futuro de Janaúba. Para ele, o momento representa uma grande oportunidade do município gorutubano se deslanchar e receber investimentos importantes em diferentes áreas. Disse ainda que essa seria uma maneira consolidar de vez, como cidade polo na região da Serra Geral de Minas, e emplacar projetos importantes para o crescimento e desenvolvimento do município, especialmente na área da educação e da prestação de serviço qualificado. Entre os projetos, cita investimentos na infraestrutura viária e urbana, visando à implantação de obras, a exemplo de um novo aeroporto com voos comerciais e um porto seco. Essa iniciativa, na visão do ex-prefeito, facilitaria o escoamento da produção agrícola dos Projetos de Irrigação Gorutuba, Lagoa Grande e o Jaíba, de olho na expansão do mercado interno e numa maior fatia do mercado externo, utilizando-se de meios de transporte, como o trem e voos cargueiros, contemplando, assim, a vocação do município pela agroindústria.
O recurso para esses investimentos, nada modestos, de acordo com José Benedito teria como fonte, os governos estadual e federal. Segundo o líder político, o Pacote de Desenvolvimento do Governo da Presidente Dilma, que contempla diferentes áreas, lançado, esta semana em Brasília, e que tem como meta a retomada do crescimento do país, poderia ser um canal de viabilização de recursos para Janaúba, uma vez, que prevê investimentos na melhoria da infraestrutura de aeroportos e malha viária.
Ainda dentro desta linha desenvolvimentista, o super da SEDINOR, aponta a conclusão da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri( UFVJM), e a ampliação dos cursos oferecidos, como forma de fortalecimento da educação, incluindo a Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), o Instituto Federal do Norte de Minas de Minas Gerais (IFNMG) que está prestes a ser entregue à população, entre outras instituições de ensino, consolidando, assim o Campus da federal de Janaúba, e Janaúba como polo em educação.
Quanto à área de saúde, aponta ser necessário o envolvimento das autoridades políticas e sociedade, em prol de mais especialidades, como, por exemplo, procedimentos na área oncológica, dentre outros, melhorando, assim, o acesso e os serviços prestados à população. José Benedito, lembra que para instalação de especialidades, geralmente, é necessário o funcionamento de uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), e Janaúba ganhou dez leitos altamente modernos em 2012, quando ele era prefeito. Por tanto, o maior empecilho fora superado.