Blog com notícias de Janaúba e região!

sábado, 30 de maio de 2015

Charge do dia: Em Janaúba, vereadores enquadram secretário


Janaúba: Semáforo do Fórum

(Por Alex Otaviano) Nos últimos dias muito se ouviram falar de asfalto e semáforo em frente ao Fórum Bias Fortes de Janaúba-MG. Alguns vereadores (oportunistas), bem como a própria Administração Pública, declararam na imprensa local sua grande realização.
Entretanto, as presentes obras apenas foram realizadas em razão do Termo de Ajustamento de Conduta-TAC, firmado junto ao Ministério Público de Janaúba. Também em razão dos esforços do ativista Adelcio Martins, que realizou vários abaixo assinados reivindicando inúmeras melhorias para a nossa cidade, entre elas a presente obra. Não podemos também nos esquecer das inúmeras reportagens deste glorioso órgão de impressa, que sempre noticiou os fatos com imparcialidade, verdade e compromisso com a população.

Trio rende frentistas e rouba quase R$ 90 mil de posto de combustíveis

Três homens renderam frentistas de um posto de combustíveis e roubaram quase R$ 90 mil, durante a madrugada desta sexta-feira (29), em Nova Esperança, no Norte de Minas. 
Conforme relato das vítimas à Polícia Militar (PM), o trio armado surpreendeu os funcionários e logo anunciou o assalto. Um dos frentistas estava com R$ 1.000 e entregou o dinheiro. Em seguida, os homens arrombaram o escritório do posto e levaram um cofre com R$ 8.000 em dinheiro e R$80 mil em cheques.
Os suspeitos prenderam os frentistas em um banheiro e fugiram, não sendo encontrados até o momento.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Grife Carmen Steffens inaugura fábrica em Pirapora

(EM) Enquanto outros ramos da indústria amargam os efeitos da crise, a grife Carmen Steffens –de sapatos, sandálias, bolsas e acessórios –, presente em mais de 30 países, ganha hoje o sotaque mineiro. Será inaugurada nesta sexta-feira, em Pirapora (Norte de Minas), nova fábrica da empresa, que será voltada para a produção de sandálias e sapatilhas. Inicialmente, serão gerados 100 empregos diretos, com investimentos da ordem de R$ 500 mil.
Por outro lado, o diretor da Carmen Steffens, Luiz Carlos Carvalho, anunciou que, a empresa negocia a compra do terreno de 13 mil metros quadrdos de uma antiga fábrica para instalar uma segunda unidade em Pirapora, com investimentos de R$ 10 milhões. Com a futura indústria no município, o grupo vai lançar uma nova linha de produtos, da marca “CS Club”,  de preços  mais acessíveis, que deverão chegar ao mercado no próximo verão. A estratégia é atingir também as classes C e D.
De acordo com Carvalho, a meta da futura fábrica é gerar 300 empregos,  número que deve ser dobrado após um ano de funcionamento da unidade. “Nos primeiros 15 dias das nossas atividades em caráter experimental em Pirapora, tivemos um retorno muito positivo por parte da mão de obra local. Isso motivou a empresa a ampliar os investimentos na região”, afirma o diretor da Carmen Steffens, que ressaltou também a contribuição da Prefeitura de Pirapora, que facilitou a aquisição do terreno e concedeu incentivos municipais.
Carvalho explicou que a unidade que entra em funcionamento hoje tem como meta produzir, inicialmente,  42.500 pares de sandálias em 53 dias (801 pares por dia) e 48,5 mil pares de sapatilhas em 71 dias (683 pares/dia). Essa produção vai atender os pedidos da marca para a coleção do próximo verão.
Com sede em Franca (SP), a Carmen Steffens conta mais de 300 lojas franqueadas no Brasil e no exterior. Entre outros, a marca é encontrada em shoppings centers e lojas nos Estados Unidos, África do Sul, Japão, Arábia Saudita, Emirados Árabes (Dubai), Argentina, Chile e em países da Europa e da América Central. “Nossa intenção com os novos investimentos em Pirapora é ampliar as franquias”, anuncia Carvalho.  Um dos centros de distribuição da empresa fica situado em Claraval, no Sul do estado.

Depois de ser agredida, mulher esfaqueia marido em Pirapora

(G1) Uma mulher esfaqueou o marido, na casa deles, no Residencial São Francisco, em Pirapora (MG), nesta quinta-feira (28). Segundo a Polícia Militar, ela estava em um bar com um amigo e, ao chegar em casa, foi xingada e agredida pelo companheiro. Ele também quebrou o celular dela.
De acordo com a PM, após sofrer as agressões, a vítima pegou uma faca e atingiu o homem com quatro golpes nas costas, atingindo o pulmão dele. Ele foi socorrido pelo Samu e a mulher foi presa.
Ainda em Pirapora, um homem foi baleado nesta quinta-feira (28). O crime aconteceu no Bairro Bom Jesus, os suspeitos do crime foram identificados, mas não foram presos.
Segundo as informações da Polícia Militar, ele estava na porta de casa tomando cerveja, quando os dois criminosos chegaram e disparam. A vítima correu para dentro de casa e os atiradores fugiram. O homem foi atingido por quatro tiros, nos braços e um na perna.
Ainda de acordo com a PM, a motivação do crime é desconhecida.

Em Janaúba um rapaz é assassinado a tiros e outro é baleado

Um rapaz de 21 anos foi assassinado e outro, de 17, foi baleado, na na noite desta quinta-feira (28), em Vila Nova dos Poções, comunidade rural de Janaúba (MG).
Segundo a Polícia Militar, o rapaz foi morto com um tiro nas costas e outro na boca, que acabou perfurando a cabeça dele. Já o adolescente, levou um tiro no ombro. Eles andavam de moto quando foram surpreendidos por dois homens, que estavam em outra moto.
De acordo com a PM, as duas vítimas têm várias passagens, entre elas tráfico e porte de arma. Até o momento ninguém foi preso.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Sedinor quer potencializar cafeicultura no Norte de Minas

(SEDINOR) A microrregião do Alto Rio Pardo, no Norte de Minas, tem atraído investidores interessados em produzir café de qualidade e em grande quantidade. Com uma área plantada que já aproxima dos 5 mil hectares, o município de Ninheira e seu entorno já podem ser considerados a nova fronteira da produção de café no Brasil. Segundo produtores da região, é possível ampliar essa área para 15 mil hectares, mas, para isso, eles precisam contar com o apoio do Estado para suprir as demandas de água e energia suficientes para a produção. A estimativa é que, com todos os investimentos necessários, a atividade gere cerca de 45 mil novos empregos na região.
Na manhã dessa quinta-feira (28/5), o secretário de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais, Paulo Guedes, recebeu empresários interessados em produzir café no Alto Rio pardo. Paulo Zacaner, Manoel Hernandes e Luiz Monguilod, da empresa Zacaner Hernandes, afirmaram estar dispostos a potencializar a cafeicultura na região, mas precisam desse apoio em infraestrutura para viabilizar os investimentos.
O secretário Paulo Guedes afirmou que, em breve, o Governo Federal vai retomar as obras da Barragem de Berizal, que poderá impulsionar a agricultura na região. Prevista para acumular 339 milhões de m3, a barragem vai perenizar o Rio Pardo e abastecer a população dos municípios de Taiobeiras, Berizal, Indaiabira, Ninheira, São João do Paraíso e Rio Pardo de Minas, além de permitir a irrigação de cerca de 10 mil hectares de terra.
Paulo Guedes também se comprometeu a discutir com a Cemig medidas para garantir a ampliação das redes de transmissão de energia. “A Sedinor tem como uma de suas missões incentivar e potencializar o desenvolvimento das regiões Norte e Nordeste de Minas Gerais e, para isso, vamos tentar viabilizar todas as parcerias possíveis”, disse.

Produção acima da média nacional
No mês de março, o secretário esteve no município de Ninheira, quando conversou com produtores de café e visitou algumas propriedades. “O Norte de Minas tem um grande potencial para a cafeicultura. Em Ninheira, a produção chega a 75 sacas, por hectare, enquanto que a média nacional é de 28 sacas. É preciso buscar meios de fomentar esse setor na região”, declarou.
A qualidade do café produzido no Alto Rio Pardo também tem surpreendido os exportadores do produto. Segundo o empresário Ricardo Tavares, “a qualidade se equipara aos melhores cafés do Cerrado, que são considerados os melhores do Brasil”.
Outro fator que chama a atenção nas lavoras de café de Ninheira é o plantio consorciado com mudas de mogno africano, que produz o chamado café sombreado. A diferença é o amadurecimento prolongado, sem tomar sol diretamente, o que faz com que o grão ganhe qualidade superior e gosto mais adocicado. Além disso, após 15 anos, já é possível cortar a madeira do mogno que estará no ponto de venda para o mercado.

Governo mineiro reconhece cadeia produtiva do Pequi

Medida terá como principal consequência a concessão de linhas especiais de crédito para produtores de 14 municípios

(SEGOV) O governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SEDE), reconheceu oficialmente nesta quinta-feira (28/5), em Montes Claros, o Arranjo Produtivo Local (APL) do Pequi e outros Frutos do Cerrado. O novo arranjo contempla 14 municípios do Norte de Minas e traz, como benefício imediato, crédito especial da Caixa Econômica Federal (CEF) para os produtores organizados e para os que agregam valor ao pequi.  
O coordenador do Núcleo Gestor de Arranjos Produtivos Locais da SEDE, Fernando Passalio Avelar, explicou as duas linhas de crédito que beneficiam diretamente os integrantes do APL do Pequi. São elas: a linha Proger – com recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) – destinada à expansão de empresas e aquisição de novos equipamentos, veículos, computadores e até mesmo reformas. A taxa é de 0,94% ao mês, com prazo de 48 meses para pagamento e 180 dias de carência. A outra linha disponível é APL Giro, recurso do Programa de Integração Social (PIS) que, como o próprio nome diz, se destina ao capital de giro das empresas com alíquota de 0,83% ao mês e 12 meses para pagamento.
Passalio disse ainda que o Estado está reformulando a política dos APLs e, por isso, pediu às associações e cooperativas do Pequi para contribuírem com sugestões em pontos considerados fundamentais para o desenvolvimento do setor. O novo APL passa, a partir de agora, a fazer parte do Núcleo Gestor da Cadeia Produtiva do Pequi e outros Frutos do Cerrado da SEDE, cujo objetivo é articular ações de apoio à cadeia produtiva. Também no Estado, dentro da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), existe o Conselho Diretor Pró-Pequi, responsável pela gestão do Programa Mineiro de Incentivo ao Cultivo, à Extração, ao Consumo, à Comercialização e a Transformação do Pequi. 
Os municípios contemplados com essa iniciativa são: Montes Claros, Januária, Chapada Gaúcha, Buritizeiro, Rio Pardo de Minas, São João da Lagoa, Riacho dos Machados, Lontra, Japonvar, Várzea da Palma, Ponto Chique, Coração de Jesus, Arinos e Bonito de Minas. Boa parte dos produtores de pequi do Norte de Minas é organizada em associações e cooperativas, mas há aqueles que não são vinculados a nenhuma entidade.
“A cadeia do pequi é muito importante para o Norte de Minas, atendendo milhares de famílias. Por isso, consideramos fundamental esse novo olhar do governo para essa cultura”, afirmou o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Altamir Rôso. Ele lembra que, no passado, o pequi era fonte de renda apenas nos meses da safra. Entretanto, com a inovação alcançada nos últimos anos, é possível movimentar o setor durante todo o ano na fabricação de derivados do fruto. 

Variedade de usos e benefícios à saúde
O pequi é uma árvore nativa do cerrado brasileiro e o seu fruto é muito utilizado nas culinárias mineira e goiana. Dele é extraído o óleo de pequi, a polpa e a castanha. Fabrica-se também farinha, geleia e o licor de pequi. O fruto tem cheiro e sabor marcantes e pode ser consumido cozido puro ou com arroz e frango. Do ponto de vista nutricional, é considerado um alimento rico em vitamina A e potássio; possui propriedades medicinais com ácidos graxos monoinsaturados, altos índices de compostos anti-inflamatórios e é remédio natural para asma.
Atualmente, existem cerca de 40 Arranjos Produtivos Locais (APLs) no estado, em diferentes segmentos da economia. Entre eles estão o de eletroeletrônicos (Santa Rita do Sapucaí), biotecnologia (Grande BH, Triângulo e Viçosa) e software (Grande BH). A união de empreendedores em forma de APL facilita o acesso a linhas de crédito com juros mais baixos, impulsiona a comercialização dos produtos nos mercados interno e externo e possibilita outros benefícios como capacitação, por meio de cursos e workshops.

DIMAS BALANÇA, MAS NÃO DEVE CAIR

A troca de comando na Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) não deve afetar, pelo menos no curto prazo, a superintendência da autarquia em Minas Gerais, hoje sob o comando do ex-prefeito de Janaúba Dimas Rodrigues, do PMDB. 
O economista e ex-vice-governador do Piauí Felipe Mendes, ligado ao senador Ciro Nogueira (PP/PI), assumiu o comando da estatal na quinta-feira (21), aqui em Brasília, em cerimônia que contou com a presença do ministro da Integração, Gilberto Occhi, além de senadores e deputados da bancada nordestina. 
O mineiro Dimas Rodrigues, que acaba de completar cinco anos no cargo, pode ganhar uma sobrevida no comando da autarquia federal em razão de uma dessas circunstâncias que tornam a política brasileira assunto para poucos entendidos: é que o PP, responsável pela indicação de Felipe Mendes para a presidência da Codevasf, é da base aliada de Dona Presidenta no plano federal, mas ácido inimigo do petismo lá pelas bandas das Minas Gerais - atualmente sob a batuta do petista Fernando Pimentel, em aliança com o PMDB do vice Antônio Andrade.    
O PP mineiro é aliado de primeira hora do senador Aécio Neves (PSDB) e tem como figura de proa no estado o ex-governador Alberto Pinto Coelho. Sem chances dessa turma botar as mãos na seção mineira da autarquia – embora o PP tenha exigido a condição de porteiras fechada para assumir a empresa responsável pelas políticas públicas voltadas para boa parte do semiárido brasileiro.

Demissão de Elmo irrita PT baiano
O presidente da Codevasf, o baiano Elmo Vaz Bastos de Matos, que fora indicado pelo Ministro da Defesa Jaques Wagner, em maio de 2012, foi praticamente enxotado pelo Palácio do Planalto do comando da empresa, segundo consta, pela necessidade que o governo tem arrebanhar de votos a favor das medidas de ajuste fiscal em tramitação no Congresso.
A demissão de Vaz irritou a bancada baiana no Congresso Nacional e representou derrota política não pequena para o ministro Jaques Wagner. O senador Walter Pinheiro (PT/BA) reclamou da forma como o governo federal conduziu a troca no comando da empresa e disse que vai tentar reverter a nomeação. O sentimento geral é que a Bahia, que deu a maior votação proporcional à presidente Dilma Rousseff nas últimas eleições, foi desprestigiada. Tudo em nome do arrocho fiscal, que virou a única e visível obsessão do governo. É muita pimenta no acarajé.



Luís Claudio Guedes

Onze pessoas são presas durante operação da PM em São Francisco

PM apreendeu doze gaiolas e nove pássaros
(G1) Onze pessoas foram presas durante a “Operação Varredura” da Polícia Militar, nesta quarta-feira (27), em São Francisco, no Norte de Minas.
Quarenta policiais participaram da ação de combate à criminalidade.
De acordo com a Polícia Militar, foram apreendidos materiais utilizados na embalagem de drogas, cinco porções de maconha, 63 pedras de crack, duas balanças, oito celulares, seis botijões de gás, três aparelhos de DVD, dois sons de carro, além de doze gaiolas, nove pássaros silvestres e R$ 1.658.
Os suspeitos foram encaminhados à delegacia, juntamente com o material apreendido.

Em Janaúba seis pessoas são presas com maconha durante festa

Material apreendido.
Seis pessoas foram presas, na noite desta quarta-feira (27), por envolvimento com o tráfico de drogas em Janaúba.
A polícia chegou até eles após ser informada por denúncia anônima, que os suspeitos estavam realizando uma festa no Bairro Rio Novo, onde consumiam e traficavam drogas. No local, os militares apreenderam uma sacola com quarenta buchas de maconha. Eles foram encaminhados à delegacia juntamente com o material.
E em Montes Claros, duas pessoas também foram detidas por envolvimento com tráfico de drogas. Com um homem, de 26 anos, e um adolescente, de 17, foram encontradas 16 buchas de maconha. Os suspeitos estavam escondidos em um córrego no Bairro São Geraldo.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

TJMG suspende decisão e Unimontes retoma concurso para professores

Decisão foi divulgada nesta quarta-feira
(G1) O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) divulgou nesta quarta-feira (27) que reconsiderou o pedido da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) e suspendeu a decisão que paralisava o concurso público para 637 vagas para professores.
O concurso estava paralisado desde o dia 24 de abril, quando o juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública, Laisson Baeta acatou o parecer do Ministério Público que afirma que o processo não reservou o número específico de vagas destinadas aos candidatos com deficiência física.
A Unimontes divulgou também a lista com os resultados finais em 268 subáreas. De acordo com a instituição, as 69 subáreas que ainda faltam etapas para finalizar o certame “terão o seu andamento retomado após a conclusão dos procedimentos administrativos pendentes e readequação dos calendários respectivos”.
Os comunicados, de prosseguimento do concurso e de resultados,  expedidos pela instituição podem ser acessados no site da Unimontes.

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Violência dispara no Norte de Minas

Banalizada, a violência deixou de ser um fenômeno social e ganhou rótulo de terrorismo num Brasil de leis benévolas e opiniões hipócritas daqueles que se acham donos da verdade. Fincada entre o Nordeste e Sudeste do País, o Norte de Minas parece estar se transformando em terra de ninguém, com a violência avançando e se alastrando por todos os lados, principalmente no rastro do desenvolvimento, onde o sistema de segurança e a presença do Estado deveriam estar fortalecidos. Um exemplo é Montes Claros, detentora do segundo maior entroncamento rodoviário do País, respeitado pólo industrial com multinacionais, rico centro universitário e referência nacional na prestação de serviços.
Outro exemplo é a Serra Geral de Minas, importante eixo de perímetros irrigados do Governo Federal, entre os municípios de Jaíba, Verdelândia e Janaúba, tendo na sua aba uma espécie de cidade satélite Nova Porteirinha, separados apenas pelo Rio Gorutuba. Interligadas pela BR/MG-122 e MG-401, as cidades sofrem com a aceleração da violência, como um projétil disparado por uma arma de fogo em direção às suas entranhas. O mesmo progresso que alavancou o crescimento do território parece metralhar os seus sistemas de defesa, de educação, de saúde e suas ações sociais. Confusões acontecem a todo o momento e muitas mortes ocorrem por motivos banais, como a carnificina gerada após um desentendimento por causa do volume de sons de carros altos no município de Jaíba.

ÁREA DE RISP
Apesar de todos os esforços dor organismos policiais, a violência avança pelo território norte-mineiro, promovendo derramamento de sangue e pulverizando medo em todos os cantos da região. Os dados são da Secretaria de Estado de Defesa Social (SEDS). Na área de abrangência da 11ª Região Integrada de Segurança Pública (RISP), sediada em Montes Claros, foram registrados 12.572 crimes violentos nos últimos três anos e no primeiro quadrimestre de 2015, com média de 314,3 ocorrências por mês. Foram 2.866 em 2012, 3.871 em 2013, 4.054 no ano passado. Entre janeiro e abril deste ano, foram 1.781 crimes violentos, com a assustadora média de 445,2 fatos por mês.
O Brasil não está em nenhuma guerra política, mas a guerra social vem matando mais gente do que se o País estivesse num campo de batalha contra outras nações. Entre 2012 e abril deste ano, 721 pessoas foram assassinadas na área da RISP, com média de 18 mortes por mês. Foram 248 em 2012, 209 no ano seguinte, 184 em 2014 e 81 apenas nos quatro primeiros meses deste ano, com média de 20,2 homicídios mensais. Vale lembrar que não estão computadas as mortes subnotificadas, aquelas em que as pessoas morrem depois nos hospitais. Os números da SEDS nunca batem com os que são divulgados pela Imprensa, mas conforme a Secretaria de Defesa Social, só em Montes Claros 261 pessoas foram mortas nos últimos três anos e quatro meses.

MONTES CLAROS
Capital simbólica do Norte de Minas, Montes Claros lidera todos os rankings socioeconômicos da região e até do sul da Bahia, entre eles os relatórios da violência, afinal tem uma população aproximada de 450 mil habitantes, além de cidadãos de outros municípios que estudam e trabalham em seu território. Nos últimos três anos e quatro meses, 7.417 crimes violentos foram registrados pela SEDS no município, com média de 185,4 ocorrências mensais. Foram 1.695 fatos em 2012, 2.298 no ano seguinte e 2.382 no ano passado. Entre janeiro e abril deste ano, foram 1.042 ocorrências, com impressionante média de 260 crimes violentos por mês, dura realidade que tem aprisionado o cidadão montes-clarense dentro de suas próprias casas.
De acordo com números da SEDS, 261 pessoas foram assassinadas em Montes Claros nos últimos anos, com média 6,5 mortes por mês, patrocinadas principalmente pelo poder de fogo dos pistoleiros do tráfico de drogas, câncer que se alastra por todo o município, inclusive na outrora pacata zona rural. Foram 105 homicídios em 2012, 79 no ano seguinte e 58 em 2014. Nos quatro primeiros meses deste ano, pela contabilidade da SEDS, foram 19 assassinatos. Mas de janeiro a maio já passam de 30 vidas ceifadas pela violência, que se mostra irredutível e aterrorizadora, inclusive com casos de linchamentos, mortes em tiroteios com a Polícia e até de agentes penitenciários.

LADROLÂNDIA
Os organismos policiais destacam que as mortes são executadas principalmente pelo tráfico de drogas, que por sua vez é alimentado pelos furtos e roubos, com destaque para os assaltos à mão armada, com abordagens ao cidadão de forma cada vez mais violenta e cruel. No meio dessa cadeira criminosa está o receptador, figura que pouco aparece e pouco é combatido, mas que exerce importante função na criminalidade. Nem campanha existe para combater esse verme que serve de eixo entre o narcotráfico e os ladrões de carteirinha. Nos últimos anos, os roubos consumados vêm crescendo e deixando a população cada vez mais refém do medo e até mesmo com vontade de fazer justiça com as próprias mãos, o que é perigoso e não aconselhável.
Por causa do grande volume de roubos, parte da sociedade começou a chamar Montes Claros de “ladrolândia” e “ratolândia”. Entre 2012 e o primeiro quadrimestre deste ano, foram registrados 6.477 casos no município, com aterradora média de 161,9 por mês. Foram 1.380 ocorrências policiais em 2012, 2.006 em 2013 e 2.134 no ano passado. Neste ano já são 947 roubos, com média de 236,7 mensais. Vale lembrar que, por medo ou descrença, muitas vítimas não registram boletim de ocorrência (BO), argumentando ainda que pouco resolve, já que, mais cedo do que se imagina, grande parte dos ladrões, principalmente menores de idade, estará novamente nas ruas, atacando e fazendo outras vítimas.
Os bandidos não escolhem hora, região ou local para assaltar. Atacam tudo. Até mesmo a Mitra Diocesana foi vítima dos ladrões recentemente, quando dois marginais roubaram R$ 7 mil e pertences das vítimas. Entretanto, nem todos bandidos se safam. Dois homens, que estavam presos e ganharam liberdade temporária para o Dia das Mães, acabaram recapturados após tentativa de assalto a uma casa lotérica, de onde levariam R$ 30 mil. Voltaram para “casa”.

JANAÚBA
Localizado a 135 quilômetros de Montes Claros, o município de Janaúba, com pouco mais de 70 mil habitantes, também pena com a criminalidade. Nos últimos três anos e quatro meses, 1.412 crimes violentos foram registrados na capital do Vale do Gorutuba e Serra Geral de Minas, com média de 35,3 ocorrências mensais. O receptivo povo janaubense sofre também com o crescimento do número de homicídios. No período, 77 pessoas foram imoladas no município, com média de quase dois crimes por mês.
Só no primeiro quadrimestre, 12 homicídios ocorreram em Janaúba, com média de três mortes mensais. Entretanto, 18 assassinatos já ocorreram até este mês de maio, com média de 3,6 mortes mensais. Em relação aos roubos nos últimos anos, 1.094 ocorrências foram registradas, com média de 27,3 por mês. De acordo com o blog do jornalista Oliveira Júnior, 153 pessoas foram assassinadas em Janaúba nos últimos nove anos

JAÍBA
Considerado município que mais cresce em Minas Gerais demogra-ficamente, Jaíba também vem sendo dominado pela violência com requinte de crueldade. De acordo com a SEDS, 10 pessoas foram assassinadas no primeiro quadri-mestre do ano, mas conforme informações da imprensa da Serra Geral de Minas 15 pessoas já foram mortas no município de pouco mais de 36 mil habitantes localizado a 206 quilômetros de Montes Claros, com média de três homicídios por mês. Nem uma jovem grávida de cinco meses escapou da barbárie que vem aterrorizando a população.
Nos primeiros quatro meses deste ano, 84 crimes violentos foram registrados no território do Projeto Jaíba, maior perímetro de irrigação e produção de alimentos da América Latina. Uma confusão por casa de som de carro alto também culminou em briga, perseguição e mortes de duas pessoas. O número de roubos também tem assustado os moradores. Entre janeiro e abril, 59 foram registrados em Jaíba, com média de 14,75 por mês. Em relação aos últimos três anos e quatro meses, foram 345 crimes violentos no município e 39 assassinatos. No período, 26 pessoas foram mortas em Verdelândia e Nova Porteirinha, vizinhos de Janaúba e Jaíba, com 15 homicídios no primeiro e 11 no segundo município.

PIRAPORA E VIZINHOS
A violência também disparou no circuito entre Pirapora, Buritizeiro e Várzea da Palma. Localizada a 169 quilômetros de Montes Claros, a cidade piraporense, com cerca de 56 mil habitantes, teve 1.525 crimes violentos nos últimos 40 meses, sendo 477 em 2012, 515 no ano seguinte, 411 em 2014 e 122 entre janeiro e abril deste ano, com média de 38 casos por mês. No período foram 39 mortes: 10 em 2012, oito em 2013, 15 no ano passado e cinco no primeiro quadrimestre deste ano, além de 1.265 roubos, com média de 31 casos por mês, com tendência de recorde negativo ao final de 2015.
Separada de Pirapora pelo Rio São Francisco, Buritizeiro chegou à marca de 38 homicídios nos últimos quatro anos e quatro meses, sendo 15 em 2012, 13 no ano seguinte, oito no ano passado e dois neste ano. Foram 362 crimes violentos no período, 64 apenas no primeiro quadrimestre deste ano. Os roubos já somam 295, 52 apenas entre janeiro e abril no município de aproximadamente 28 mil habitantes.
Em Várzea da Palma, foram 815 crimes violentos nos últimos 40 meses, com 47 homicídios e 608 roubos. Apesar de estar em queda, o número de assassinatos assusta a população do município de aproximadamente 38 mil habitantes por ser maior do que as estatísticas de Pirapora, que é uma cidade bem maior. Estes são dados de apenas algumas cidades do Norte de Minas, aonde a violência vem disparando e aterrorizando todo mundo. Mas a criminalidade também é alta em outros municípios da região, o que exige uma resposta rápida e contundente por parte da Federação e do Estado para conter o derramamento de sangue. Os dados podem ser conferidos no portal www.numeros.mg.gov.br.

Dois são detidos com 98 pinos de cocaína em São João da Ponte

Droga apreendida com os dois homens em São João da Ponte
(G1) A Polícia Militar de São João da Ponte (MG) apreendeu 98 pinos de cocaína com dois homens, nesta terça-feira (26). Uma equipe da PM fazia patrulhamento quando percebeu que os dois tentaram fugir ao perceber a chegada da viatura.
Ao ser abordado o condutor da moto disse que não tinha habilitação e também não apresentou os documentos de porte obrigatório do veículo. Com ele foram encontrados dois pinos de cocaína. Com o outro envolvido, foram apreendidos mais 96 pinos, dentro de uma bolsa de roupas. Ele afirmou para a PM que havia comprado a droga em São Paulo (SP), para comercializar na região. Como não havia conseguido vender, estava voltando com a droga para a capital paulista.
 A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Civil de Januária (MG).

Papa Francisco nomeia bispo para Janaúba

Dom Ricardo Guerrino Brusati
(CNBB) O papa Francisco nomeou hoje, 27, dom Pedro Carlos Cipollini (na foto, à direita)  como bispo de Santo André (SP), e acolheu o pedido de renúncia apresentado pelo bispo diocesano, dom Nelson Westrupp, conforme previsto pelo Código de Direito Canônico, por motivos de idade. Dom Pedro deixa a diocese de Amparo, no mesmo Estado. Também hoje, o papa transferiu dom Ricardo Guerrino Brusati (na foto, à esquerda) da sede episcopal de Caetité (BA), nomeando-o como bispo da diocese de Janaúba (MG).

 Nomeados
Natural de Bellinzago Novarese (Itália), dom Ricardo nasceu em 11 de abril de 1945. Foi ordenado presbítero no dia 23 de junho de 1973, e bispo em 2003, para a diocese de Caetité. Seu lema é: “Cantarei para sempre a misericórdia do Senhor”.
Dom Pedro Carlos Cipollini é natural de Caconde (SP). Nasceu em 4 de maio de 1952. Sua ordenação presbiteral ocorreu em 1978. Foi ordenado bispo no dia 12 de outubro de 2010. Escolheu como lema: “Em nome de Jesus”. Possui mestrado em Direito Canônico e doutorado em Teologia pela Universidade Gregoriana de Roma. De 2011 a 2015, esteve como membro da Comissão Episcopal Pastoral para a Doutrina da Fé da CNBB. Também já acompanhou a Pastoral Universitária do regional sul 1. Durante a 53ª Assembleia Geral, dom Pedro Carlos Cipollini foi nomeado presidente da Comissão para a Doutrina da Fé da, para o quadriênio 2015-2019.

Jovem fica ferido após sofrer tentativa de homicídio em Bocaiúva

(G1) Um rapaz de 18 anos ficou ferido após sofrer uma tentativa de homicídio na tarde desta terça-feira (26) em Bocaiuva, Norte de Minas. Segundo a Polícia Militar, a vítima foi surpreendida pelo autor na Rua E, no Bairro Nossa Senhora Aparecida, que atirou e depois fugiu.
Ainda segundo a PM, o jovem foi alvejado no braço esquerdo. Ele foi socorrido e levado a um hospital da cidade. A polícia suspeita que o crime tenha relação com o tráfico de drogas na cidade, já que a vítima tem passagens por este crime.
Buscas foram realizadas na região, mas até o início da noite desta terça o autor dos disparos não foi preso.

Homem de 46 anos é assassinado com 11 tiros em um bar de Janaúba

Um homem de 46 anos foi assassinado nesta terça-feira (26), no Bairro Cerâmica, em Janaúba (MG). Segundo as informações da Polícia Militar, ele foi morto com 11 tiros. Junto com a vítima, que tem passagem por homicídio, foi apreendida uma pochete com um revólver, que estava com a numeração raspada.
Uma testemunha, de 64 anos, contou para a PM que a vítima estava em um bar, na Rua Seis, quando duas pessoas chegaram e atiraram. Após o crime, elas fugiram de moto. Outro homem, foi baleado durante a ação dos criminosos. Ele levou um disparo na perna e foi levado para um hospital pelo Samu.
O homicídio pode ter sido motivado por vingança. Uma testemunha disse que conseguiu identificar um dos suspeitos do assassinato, ele seria o irmão da vítima que o homem de 46 anos matou em 2000. Ele não foi localizado ainda.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

terça-feira, 26 de maio de 2015

Micro-ônibus da Prefeitura de Serranópolis de Minas é arrombado

Um micro-ônibus da Prefeitura de Serranópolis de Minas (MG) foi arrombado nesta segunda-feira (25), no Bairro São José, em Montes Claros (MG). O veículo, que transportava pacientes que fazia tratamento de saúde na cidade, estava estacionado na Rua Sílvio Teixeira.
O motorista contou que o tacógrafo, equipamento que monitora a velocidade, foi levado. Os pertences dos 26 passageiros também foram revirados. Além disto, a parte elétrica do veículo foi danificada.
Mesmo com o incidente, os passageiros conseguiram chegar em casa no mesmo dia. Ninguém foi preso.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Francisco Sá: PCdoB decide por unanimidade pela expulsão de prefeito

Ao centro, prefeito Denilson da Silveira escuta a decisão
da Comissão de Controle do PCdoB-MG,
coordenada pelo relator Fernando Máximo.
Às vésperas da realização da 10ª Conferência Nacional do PCdoB, a ser realizada em São Paulo entre os dias 29 e 31 de maio, a direção do Comitê Estadual do Partido em Minas Gerais decidiu pela expulsão do membro da direção estadual e prefeito do município de Francisco Sá, Denilson da Silveira, mais conhecido como Denilsão, por descumprimento da disciplina partidária durante as eleições de 2014.
O Processo Disciplinar 01/2015 foi aberto em decorrência de denúncia feita pelo ex-vereador de Montes Claros, Lipa Xavier, designado pelo comitê estadual para acompanhar as eleições no Norte do estado. De acordo com a denúncia, o prefeito realizou campanha para candidato a deputado federal de outro partido, desobedecendo a orientação partidária estabelecida em Convenção Eleitoral à qual Denilsão participou. Além disso, para deputado estadual ele apoiou uma candidata do PSDB. 
Em sua defesa, Denilsão reconheceu o apoio aos candidatos citados na denúncia, mas justificou que precisava adotar essa estratégia para garantir a governabilidade do município apoiando candidatos locais. 
O relator do processo na Comissão de Controle, Fernando Máximo, em seu voto destacou a gravidade do ato praticado, sendo o prefeito um membro da direção estadual do Partido e participante de todos os fóruns e discussões que estabeleceram a tática eleitoral adotada para as eleições de 2014. Em reunião do Comitê Estadual do PCdoB após exposição e leitura do processo, foi decido por unanimidade a penalização de expulsão do prefeito Denilson da Silveira do Partido. 

PCdoB em defesa dos princípios 
Para o deputado federal Wadson Ribeiro, presidente do partido em Minas Gerais, a aprovação da expulsão é uma demonstração do cuidado do partido com seu projeto programático e ideológico. “Nesse momento em que o partido em Minas cresce, amplia o seu espaço institucional na Assembleia, no governo e se prepara com a entrada de novos quadros para o pleito eleitoral de 2016, medidas como essa mostram a responsabilidade com os princípios ideológicos que regem os 93 anos de história do PCdoB”, defende. 
Em Minas, o PCdoB vive momento de franco crescimento, com a formação constante de novos quadros, tendo pela primeira vez na Assembleia Legislativa uma bancada com três deputados: Celinho do Sinttrocel, Ricardo Faria e Geraldo Pimenta. Também pela primeira vez o partido tem um secretário de estado na composição do governo do estado, representado pelo deputado Mário Henrique Caixa. O PCdoB também está à frente da Prefeitura de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, que desde de 2013 é administrada pelo ex-deputado estadual Carlin Moura. 
Na Câmara Federal, a bancada do partido hoje conta com a atuação comprometida e combativa dos parlamentares mineiros Wadson Ribeiro e Jô Moraes. 
Veja abaixo a nota pública sobre a decisão do Comitê Estadual do PCdoB Minas Gerais sobe o caos:

Nota Pública
A direção do Comitê Estadual do PCdoB de Minas Gerais, reunida no dia 16 de maio de 2016, aprovou por unanimidade o parecer da Comissão de Controle em relação ao Processo Disciplinar 001/2015, que pede a aplicação da sanção de expulsão do Partido, prevista pelo artigo 39, alínea “f” do Estatuto Partidário, ao senhor Denilson da Silveira, membro da direção estadual e prefeito do município de Francisco Sá, por descumprimento de disciplina partidária durante o pleito eleitoral de 2014.

Belo Horizonte, 16 de maio de 2015.

Comitê Estadual do PCdoB de Minas Gerais

Ibiracatu: Vice confessa ter planejado atentado contra prefeito

Vítima foi surpreendida ao sair de uma 
festa na zona rural da cidade.
(R7) O vice-prefeito de Ibiracatu, no norte de Minas, confessou ter planejado matar o atual prefeito do município, Joel Ferreira Lima (PT). José Neto Soares Coutinho foi descoberto depois que a Justiça pediu a quebra do sigilo telefônico dele e rastreou as ligações.
O político, por enquanto, vai responder ao processo em liberdade. Ele alegou que está com muitas dívidas e queria assumir o cargo de chefe do Executivo municipal para ter um salário maior. Coutinho foi atingido por cinco tiros e perdeu a visão de um olho.

Entenda
A vítima estava em uma festa no povoado de Alforges, na zona rural, quando foi surpreendido por atiradores em uma motocicleta no momento em que deixava o ambiente em uma caminhonete. Os suspeitos dispararam seis vezes e o prefeito foi atingido no rosto, pescoço, peito e no ombro.
Ele foi socorrido para o pronto-socorro de Varzelândia, transferido para Brasília de Minas e, por fim, levado para a Santa Casa de Montes Claros, onde foi operado.

Em Januária crianças invadem palco e param show de Chiquititas


(Por FERNANDA VIEGAS) Cerca de 500 crianças, fãs da novela Chiquititas, do SBT, invadiram o palco, onde os atores mirins Donato Veríssimo, que interpreta o Samuca, e Lívia Inhudes, que vive a Vivi, realizavam uma apresentação, em Januária, no Norte de Minas, nesse fim de semana.
A Polícia Militar (PM) precisou comparecer no Praia Clube de Januária para conter um tumulto generalizado. As crianças queriam se aproximar dos ídolos para tirar foto e acabar tomando o palco, que tinha aproximadamente 0,50 metros de altura, sendo necessário interromper o show.
Os militares escoltaram os atores até um cômodo isolado, onde o público tentou invadir, sendo preciso reforço policial, que fizeram um cordão de isolamento.
Os artistas foram retirados do local e levados para o hotel, onde estavam hospedados, para evitar mais confusão.
O organizador do evento contou à PM que já promoveu shows neste mesmo molde emoutras cidades e não teve nenhum problema. Os pagantes que quiseram ser ressarcidos do valor do ingresso foram orientados pela PM a procurar a Polícia Civil.

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Caminhões batem de frente e motorista morre em Grão Mogol

(G1) Um caminhoneiro de 50 anos morreu em um acidente na BR-251, perto de Grão Mogol, no Norte de Minas Gerais, neste domingo (24). A passageira que viajava com ele ficou ferida, foi socorrida e levada para um hospital em Francisco Sá (MG), com lesões leves.
Segundo as informações da Polícia Rodoviária Federal, ele transportava casca de maracujá, quando bateu em outro caminhão, que levava alho e seguia para Salvador (BA).
Ainda de acordo com a PRF, possivelmente o caminhoneiro passou mal ou cochilou, antes de invadir a pista contrária. Após a batida, o veículo tombou fora da pista. O outro motorista não teve ferimentos. A pista não precisou ser interditada.

domingo, 24 de maio de 2015

Suspeitos são presos com 178 pedras de crack em Montes Claros

Suspeitos estavam em uma casa no Bairro São Judas
Duas pessoas foram presas na madrugada deste domingo (24) suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas em Montes Claros, Norte de Minas. Segundo a Polícia Militar, policiais faziam patrulhamento no Bairro São Judas Tadeu, em um local conhecido como ponto de tráfico de drogas, quando viram um grupo de pessoas fugindo ao avistarem a viatura, sendo que algumas entraram em uma residência.
De acordo com a PM, na casa um homem de 33 anos foi abordado e, durante buscas no local, foram encontradas 13 pedras de crack, prontas para o comércio; material usado para embalar drogas, um sistema de câmeras de monitoramento e R$ 45. Na bolsa de uma mulher, que também estava no local, foram encontrados R$ 410. Os militares solicitaram a ajuda da Equipe Rocca, policiamento com cães, que encontraram mais 165 pedras de crack. 
Todo o material encontrado foi apreendido e os suspeitos foram presos e encaminhados à delegacia.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Em Jaíba homem de 46 anos morre após carro cair dentro de córrego

Um homem de 46 anos morreu em um acidente na noite deste sábado (23) em Mocambinho, distrito do Projeto de Irrigação em Jaíba. Segundo a Polícia Militar, a vítima era passageiro de um veículo que caiu no Córrego Jaibão.
Ainda segundo a PM, o carro era conduzido por um homem de 40 anos, que afirmou que o veículo estava sem freios e, também, não possuía carteira de habilitação. Questionado por militares, o motorista confirmou que havia ingerido bebida alcoólica. O condutor foi preso e encaminhado à delegacia.
O Corpo de Bombeiros foi acionado e retiraram o corpo da vítima, que estava preso no veículo dentro do canal.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com