Blog com notícias de Janaúba e região!

sábado, 7 de março de 2015

Em Jaíba, dois irmãos são assassinados durante uma festa

O vidro foi quebrado durante a briga que ocasionou o
segundo disparo.
(G1) Dois irmãos foram assassinados e dois homens foram baleados nesta sexta-feira (6), em Mocabimho, zona rural de Jaíba (MG).
O crime aconteceu durante uma festa de reinauguração de um posto de saúde. Segundo a Polícia Militar, três homens que eram irmãos estavam no local quando um deles deixou uma garrafa de cerveja cair no chão e acertou o autor.
Eles começaram a discutir e o homem sacou uma arma e disparou contra ele, que morreu no local. Os outros dois irmãos ficaram revoltados e entraram na confusão. Um deles foi atingido por um tiro na cabeça e também morreu. O outro levou um tiro de raspão na cabeça e foi encaminhado ao hospital.
Um rapaz de 20 anos que estava no evento foi atingido no braço por uma bala perdida. De acordo com a Polícia Militar, após os disparos o suspeito fugiu e ainda não foi localizado.
Jornalista assassinado
Também em Jaíba, um jornalista de 45 anos foi morto a tiros na madrugada deste sábado (7), no Bairro Centro Comunitário. De acordo com a PM, ele foi atingido por 15 disparos. O jornalista estava em um bar quando começou a discutir com o autor. O homem saiu do local, foi em casa e retornou armado. Ele efetuou vários disparos que atingiu o torax da vítima. O jornalista chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do hospital.
A polícia acredita que o crime tenha sido passional. Testemunhas informaram à PM que a ex-esposa do tio do autor estava tendo um relacionamento com a vítima. O suspeito fugiu e ainda não foi preso.

Em Porteirinha pai e filho são assassinados a tiros dentro de casa

Duas pessoas foram assassinadas a tiros na noite desta sexta-feira (6) em Poço Grande, zona rural de Porteirinha. Segundo a Polícia Militar, as vítimas seriam um homem de 61 anos e o filho dele, de 33 anos.
Ainda de acordo com a PM, três criminosos armados com espingardas invadiram a casa das vítimas porque queriam vingança. Mas, o motivo a polícia ainda investiga. Eles efetuaram disparos que atingiram os dois homens nas costas.
As vítimas foram socorridas e encaminhadas ao hospital, porém morreram antes de  receber atendimento. Após o crime, os suspeitos fugiram e ainda não foram presos.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Em Jaíba, jornalista é morto a tiros por sobrinho do ex-marido da companheira

Jornalista é morto a tiros por
sobrinho do ex-marido da companheira
(Por CAMILA KIFER) Um jornalista foi morto a tiros na madrugada deste sábado (7) dentro de um bar da cidade de Jaíba-MG. O autor do homicídio foi identificado como o sobrinho do ex-marido da atual companheira da vítima.
Romero Fernandes Oliva, de 44 anos, estava com a atual companheira dentro de um bar no bairro Centro Comunitário. Por volta de 4h, o sobrinho do ex-marido da mulher entrou no local.
Testemunhas contaram ao sargento João Machado, que atendeu a ocorrência, que o casal começou a provocar o sobrinho do ex-marido da mulher. “Segundo os relatos, a mulher e o jornalista passaram várias vezes pela mesa do suspeito. O intuito era de instigar uma briga, já que chegaram a chamar o tio do autor de corno. Eles começaram uma discussão e o suspeito disse que não iria brigar com o casal, mas que iria resolver de outro jeito”, explicou o militar.
O suspeito identificado como Luciano Pitbull deixou o bar, mas voltou minutos depois e realizou mais de 11 disparos. “O jornalista foi atingido por mais de dez disparos. Nós levamos ele para o Hospital Municipal de Jaíba, porém, devido a gravidade, ele foi transferido para o Hospital de Janaúba. No trajeto,  Oliva não resistiu aos ferimentos e morreu dentro da ambulância”, contou o sargento Machado.

Suspeito
Após o crime, Pitbull fugiu e ainda não foi localizado pela polícia. Um cerco nos municípios da região foi formado para tentar encontrar o suspeito.
Luciano é morador de Janaúba, cidade vizinha. Já os pais dele, moram em Jaíba. A polícia foi até a casa da família, mas ninguém foi encontrado para falar sobre o assunto.

Velório
O corpo de Oliva está sendo velado na casa da primeira esposa dele no bairro Centro Comunitário. Por volta de 18h30, o cortejo saíra em direção a cidade de Montes Claros, cidade da mesma região, onde os pais da vítima moram e onde ele será sepultado.

Trajetória
Oliva era secretário de Meio Ambiente da Prefeitura de Jaíba até o início do ano, quando deixou o cargo para se dedicar ao jornalismo.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Janaúba: A marca do atraso e do descaso

Módulo sanitário  no Quem Quem, Janaúba-MG

Módulo sanitário no Que Quem concluído pelos moradores da residência.

Módulo sanitário  no Quem Quem, Janaúba-MG.
O projeto de saneamento, compreendendo a construção de módulos sanitários que traria dignidade à população dos distritos de Janaúba, foi totalmente desviado e deixou para traz rastros de desordem, corrupção e covardia.

De 120 banheiros que seriam para ser construídos nas comunidades de Vila Nova dos Poções, Barreiro da Raiz e Quem Quem, apenas 22 foram entregues, dentre os “concluídos”: serviços inacabados, calote no comércio local e funcionários que não receberam pelo trabalho prestado.
Nossa reportagem visitou pessoalmente algumas casas em que foram construídos os módulos e também as pessoas lesadas pela empreiteira terceirizada pela empresa vencedora da licitação.
Na comunidade de Quem-Quem há módulos que não foram terminados, e outros que os próprios moradores tiveram de finalizar o serviço.
Trabalhadores afirmam que prestaram serviços para a empresa responsável e não receberam pelo trabalho. Moradores afirmam também que a empresa comprou material de comerciante local e não pagou, “até a pensão onde ficaram hospedados não foi paga”, falou um senhor para a nós.
Dos módulos entregues, todos estão em péssimo estado, devido a falta de qualidade na obra.
Os recursos para fazer os serviços eram de aproximadamente 500 mil reais, deste total a prefeitura devolveu mais ou menos R$ 200.000,00 e o restante foi para o sumidouro. Nem o serviço, nem o dinheiro e a população que tanto precisa é quem sofre as consequências.




Módulo sanitário no distrito de Quem Quem, Janaúba-MG

Módulo sanitário no distrito de Quem Quem, Janaúba-MG


Módulo sanitário no Quem Quem inacabado, o telhado e parte
das paredes foram feitas pelos moradores da residência

Materiais de construção deixados para trás pela
construtora "responsável" pelas obras 





Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Janaúba: Escola de mais de 1 milhão de reais concluída e abandonada

Escola Quilombola na comunidade de Jacaré Grande

Escola Quilombola na comunidade de Jacaré Grande

Escola Quilombola na comunidade de Jacaré Grande
Eu desejaria que não fosse verdade. Mas para a minha tristeza e a tristeza de muita gente é a mais pura e cristalina verdade.
Em visita ao povoado de Jacaré Grande encontrei uma escola totalmente abandonada, tomada pelo mato.
As fotos falam sozinhas, a situação da escola quilombola do Jacaré Grande, nesta comunidade é de total abandono. A escola que está praticamente concluída há mais de dois anos ainda não recebeu os alunos e o tempo está acabando com todo complexo sem nunca ter sido utilizado.
Os alunos estudam em uma outra escola caindo ao pedaços e cercada por arame farpado,  próxima a que está abandonada.
As fotos mostram a estrutura e é praticamente o mesmo modelo da escola Dalva dos Anjos aqui do centro da cidade.
A localidade de Jacaré Grande fica a quase 40 quilômetros do centro de Janaúba.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

sexta-feira, 6 de março de 2015

Janaúba: Droga é apreendida em abrigo

Na tarde da última quarta-feira (04), durante visita preventiva à Escola Estadual Barão de Gorutuba, em Janaúba, a diretora do referido educandário relatou que os alunos P.G.S.A., de 16 anos, V.L.S.O., de 14 anos, possivelmente estariam fazendo uso de maconha no banheiro da escola. Ao perceberem a presença de um professor, estes teriam jogado o entorpecente na água.
Quando o Sgt Almir e a Sd Mônica chegaram ao local, os adolescentes já haviam evadido. Os militares foram até o Abrigo Nota Dez, onde o aluno P.G.S.A. reside, e localizaram uma porção de maconha escondida dentro do tênis do menor.
A droga foi apreendida e levada à Delegacia. Os menores não foram localizados.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Em Janaúba, posto de combustível é assaltado

Na noite de quarta-feira (04), a Polícia Militar foi informada acerca de um roubo que acabara de ocorrer no Posto de Combustíveis “Horizonte”, bairro Cerâmica na cidade de Janaúba.
Segundo as vítimas, frentistas do posto, o autor chegou correndo à pé e, com uma arma em punho anunciando o assalto, e levando a quantia de R$555,00 em dinheiro. Ele deixou cair uma faca e, após a ação, correu para uma rua lateral, onde outro indivíduo o esperava em uma motocicleta. Ambos fugiram sentido ao bairro Veredas.
Nas proximidades de uma creche, no Bairro Boa Vista, os autores abandonaram a motocicleta, prosseguindo a pé por um matagal. Os militares fizeram rastreamento e conseguiram localizar na Rua Antônio Celestino Farias, o suspeito N.M.S.N., de 23 anos, o qual possui as mesmas características repassadas. Após consultar as vítimas e as imagens do circuito de segurança, foi constatado que o suspeito se tratava, de fato, do autor do roubo.
Sendo assim, N.M.S.N, 23 anos, foi preso em flagrante delito e entregue à Delegacia. A motocicleta Titan 125, cor vermelha, foi apreendida e levada para o Pátio credenciado. Devido à extensão do matagal por onde os autores evadiram, não foi possível localizar o segundo autor.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Veraci Jácome assume superintendência de ensino em Janaúba

Veraci Jácome é a nova Superintendente Regional
de Ensino de Janaúba.
Educadora tem mais de 25 anos de atuação na área de ensino

A professora Veraci de Souza Jácome é a nova Superintendente Regional de Ensino de Janaúba. Ela assume o lugar de Maria Eni Santos Fróes, primeira superintendente desta regional e ficou no cargo por 11 anos seguidos.
Veraci atua no setor desde 1990 e fez parte da diretoria que promoveu a escola estadual José Gorutuba, elevando-a a condição de melhor escola pública estadual de Janaúba, sendo inclusive premiada pelo governador do estado, à época. A nova superintendente atua também na rede de ensino privada. Até a nomeação, Veraci fazia parte da diretoria do José Gorutuba e do Colégio Sejan de Janaúba.
Certamente este será um dos maiores desafios da sua carreira: comandar as políticas públicas em educação na jurisdição da SER-Janaúba, formada por 17 municípios – boa parte deles com Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) entre os piores do estado. E, educação é um dos três pilares que mede este índice.
A nomeação foi publicada pelo governo de Minas no Diário Oficial do Estado na quinta-feira, 5, e foi chancelada pelo secretário de estado de Desenvolvimento Regional, Política Urbana e Gestão Metropolitana (SEDRU), Tadeu Martins Leite (Tadeuzinho), eleito deputado estadual pelo PMDB, pelo segundo mandato consecutivo. Tadeuzinho recebeu apoio dos vereadores Felipe Franklin e Jucimar Reis e do empresário e político em Nova Porteirinha Juraci Jácome, este irmão da superintendente.
Veraci carrega em seu currículo três formações superiores: Biologia e Ciências pela PUC- Minas e Ciências Ambientais pela Unimontes.
A superintendência de Janaúba está localizada na rua João XXIII, 142, centro da cidade.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Fraude na venda e na aquisição de combustíveis pode superar R$ 20 milhões em MG

Operação conjunta cumpriu mandados de busca e apreensão em 19 prefeituras, além de postos e residências de empresários investigados

(Por Fábio Oliva) Uma operação envolvendo o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), a Polícia Civil e a Secretaria de Estado de Fazenda (SEF), realizada na manhã desta quinta-feira, 5 de março, cumpriu 67 mandados de busca e apreensão com o objetivo de colher provas para subsidiar a apuração de fraudes na aquisição de combustíveis por Administrações Públicas de 19 municípios mineiros. O valor da fraude deve superar R$ 20 milhões.
A operação, denominada Cartagênese, teve como alvo as sedes das prefeituras desses municípios (veja a lista abaixo), além de 21 postos de combustíveis e residências de empresários e servidores municipais. Foram apreendidos computadores e documentos relativos a procedimentos licitatórios, a empenhos e a pagamentos das prefeituras.
Foram apuradas, até agora, fraudes ocorridas entre 2011 e 2013, envolvendo células regionais, com ação própria e independente. Em uma ponta do esquema, estariam empresários proprietários de postos de combustíveis, com a participação direta de alguns funcionários destes estabelecimentos, e, de outro, agentes públicos municipais.
O coordenador da Procuradoria de Combate aos Crimes Praticados por Agentes Políticos Municipais, José Antônio Baeta, afirmou que as investigações conjuntas revelaram claros indícios de desvios de dinheiro público na atividade de fornecimento de combustíveis a prefeituras.
“Em alguns casos mais de 50% da receita corrente líquida do município era aplicado na compra de combustível. Em outros, considerando-se a frota de veículos em nome da prefeitura, eles teriam que funcionar 24 horas por dia durante os 30 dias do mês para consumir o combustível declarado. Há também casos em que a média de rodagem dos carros deveria superar cinco mil quilômetros mensais para justificar aquele gasto”, explicou Baeta.
A dinâmica do golpe foi detalhada pelo coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Defesa do Patrimônio Público do MPMG, Leonardo Barbabela.
Grande parte dos abastecimentos que ficam pendentes na memória do software do Emissor de Cupom Fiscal (ECF) é descarregada no CNPJ da prefeitura vinculada, o que permite o recebimento em duplicidade pelo mesmo abastecimento: uma vez pelo consumidor que não pediu o cupom fiscal e outra vez pela prefeitura.
De acordo com as apurações, há ainda uma outra forma de execução da fraude. Mesmo quando o particular solicita o cupom fiscal, o funcionário do posto cancela posteriormente esse cupom, momento em que ele volta para o status “pendente” no software vinculado ao emissor do documento.
O superintendente de fiscalização da SEF, Anderson Félix, demonstrou que a rastreabilidade do sistema permitiu a comprovação das fraudes - foram identificados abastecimentos do mesmo veículo em lapsos de segundos, valores de notas fiscais superiores aos dos cupons fiscais, abastecimento com combustível diferente daquele do carro correspondente e até abastecimento de veículos já baixados na relação de determinada prefeitura.
Segundo a delegada do Núcleo de Combate aos Crimes Praticados por Agentes Políticos Municipais, Karen Lopes, cerca de 400 oitivas serão realizadas até esta sexta-feira, 6 de março. Serão ouvidos prefeitos, secretários responsáveis pelo setor de transporte, empresários, além de gerentes e frentistas dos postos.
“A partir dos depoimentos, aliados à análise do material apreendido, será possível delimitar a autoria e a participação de cada pessoa nessas fraudes, bem como apurar os reais valores envolvidos”, prevê.
O Instituto de Criminalística da Polícia Civil designou uma equipe de 20 técnicos para realização da perícia técnica dos documentos apreendidos. A expectativa é de que o inquérito policial seja concluído e encaminhado à Justiça em 120 dias.

Operação
A operação foi desencadeada nos municípios de Almenara, Augusto de Lima, Bandeira, Bocaiúva, Bom Jesus do Galho, Botumirim, Felixlândia, Frei Inocêncio, Gameleiras, Glaucilândia, Ipiaçu, Matipó, Minas Novas, Montes Claros, Santa Fé de Minas, São José da Lapa, São Lourenço, Tapira e Vespasiano.
Participaram das diligências 260 policiais civis, 100 servidores do MPMG e 103 auditores fiscais estaduais.
Foram realizadas cinco prisões. Entretanto, elas não estavam relacionadas às investigações. Os detidos portavam ilegalmente armas de fogo e munições.

quinta-feira, 5 de março de 2015

Minerva amplia prejuízo para R$ 418,2 milhões em 2014

Unidade Minerva em Janaúba-MG
Resultado é 33% maior que o registrado em 2014
A Minerva Foods registrou prejuízo de R$ 418,2 milhões em 2014, 33% maior que o resultado do ano passado, negativo em R$ 314,2 milhões. A companhia divulgou os dados na noite desta quarta-feira, 4. 
Conforme a companhia, se  o resultado líquido fosse ajustado pelos efeitos da variação cambial, pagamento de IR e CSLL e pela reversão do item não recorrente relacionado ao REFIS, a Companhia teria gerado lucro líquido de R$ 156 milhões. 
O Ebitda ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de R$ 760,3 milhões, com margem  de 9,5% no período. Em 2013, o ebitda atingiu R$ 551,4 milhões e registrou margem de 10,1%. 
A receita bruta foi de R$ 7,4 bilhões, crescimento de 28,7% ante 2013, quando atingiu R$ 5,7 bilhões. 
A receita líquida, sem considerar os efeitos proforma das recentes aquisições, atingiu R$ 7 bilhões, aumento de 28,1% ao verificado em 2013. Considerados esses números, a receita líquida atingiu aproximadamente R$ 7,9 bilhões nos últimos 12 meses.
A empresa anunciou acordo para aquisição do frigorífico  o Red Cárnica, na Colômbia, em 20 de fevereiro. Ao longo do ano, adquiriu uma unidade de abate em Montevidéu, no Uruguai. No Brasil, adquiriu a planta de Janaúba (MG), e duas plantas em Mato Grosso, em Várzea Grande e Mirassol D’Oeste, ampliando sua capacidade de abate em 40%. 
No ano, o fluxo de caixa operacional foi de R$ 341,4 milhões. 
As exportações da Minerva foram responsáveis por aproximadamente 65% do faturamento total, resultado da crescente demanda e menor oferta de carne no mercado internacional. As vendas da companhia cresceram 19,4% em relação ao ano de 2013. 
O Resultado da Divisão Carnes representou 77% da Receita Bruta em 2014, com aumento de 39,3%  no mercado interno em relação ao ano de 2013.
Para este ano, a empresa estima receita líquida entre R$ 9,5 bilhões e R$10,5 bilhões. O valor leva em consideração o crescimento orgânico das operações e uma taxa de câmbio de R$ 2,80/US$ 1,00. 
Quarto Trimestre - Nos últimos três meses do ano passado, a empresa teve prejuízo de R$ 312 milhões, incremento de 150% sobre o resultado do ano anterior, quando o prejuízo foi de R$ 124,6 milhões. O resultado é atribuído ao impacto de R$ 250,9 milhões da variação cambial sobre a dívida da empresa.
O Ebitda ajustado da Minerva foi de R$ 196,3 milhões, incremento 28 % na mesma base de comparação. A margem foi de 9,2%.
A receita bruta foi de R$ 2.286,9 milhões, 49% superior à receita registrada no mesmo período do ano anterior. Já o fluxo de caixa livre foi positivo em R$ 158,6 milhões no quarto trimestre de 2014, ante .
A companhia registrou R$ 2,127 milhões em receita líquida no quarto trimestre de 2014, valor 47,3% superior ao mesmo período do ano anterior.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

quarta-feira, 4 de março de 2015

Em Mamonas, agências dos Correios e do Bradesco são arrombadas

A polícia procura por quatro pessoas que arrombaram uma agência dos Correios e do Banco Bradesco, nesta terça-feira (3), no Centro, em Mamonas (MG).  Eles fugiram levando equipamentos eletrônicos e a arma de um vigilante.
Policiais militares foram informados dos arrombamentos por meio de uma denúncia anônima e, quando uma viatura se deslocava para verificar o que estava acontecendo, os PMs perceberam que os criminosos espalharam pedaços de madeira com pregos na rua que dá acesso ao quartel.
Já na Praça 27 de abril, onde ficam as agências, os policiais confirmaram que as portas haviam sido danificadas. Testemunhas disseram que viram o momento em que quatro homens encapuzados e armados desceram de um carro, com um refém, que não foi identificado e nem procurou pela polícia.
Segundo a PM, primeiro eles quebraram o cadeado e fechadura de uma das portas dos Correios e tentaram abrir um cofre com um maçarico, sem êxito. Os equipamentos levados e a arma eram da agência. Em seguida, o grupo foi até o banco e tentou arrombar um dos caixas eletrônicos e, apesar de conseguirem danificar o equipamento, nenhuma quantia em dinheiro foi levada.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

terça-feira, 3 de março de 2015

Governo de Minas descobre que tem dívida de R$ 1 bilhão

(Por CARLA KREEFFT) A auditoria nas contas do Estado iniciada após a posse do governador Fernando Pimentel (PT) detectou o “sumiço” de cerca de R$ 1 bilhão em dívidas, assumidas com empresas na gestão anterior e ainda não pagas, mas que não constam na previsão do orçamento. Conforme apurou a reportagem de O TEMPO, o balanço feito pela administração petista descobriu que na última semana do governo de Alberto Pinto Coelho (PP) foi feito o cancelamento de R$ 1,15 bilhão em empenhos. Na prática, o Estado assumiu o compromisso em obras, serviços, compras de materiais, mas, depois, suspendeu a ordem de pagamento.
Desse total, R$ 371 milhões foram suspensos pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e pelo Departamento de Estado de Obras Públicas (Deop). Além disso, R$ 240 milhões também foram cancelados na área da saúde e outros R$ 194 milhões no setor de segurança pública.
A hipótese levantada por gestores da atual administração para justificar o cancelamento do empenho junto a fornecedores seria uma tentativa do governo passado de driblar a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).
Caso os empenhos não fossem suspensos, iriam entrar no orçamento deste ano como restos a pagar e teriam de ter recursos assegurados na peça orçamentária. A lei fiscal veda ao gestor público contrair obrigação de despesa que não possa ser cumprida integralmente dentro de seu mandato ou que tenha parcelas a serem pagas no exercício seguinte, sem que haja verba suficiente e disponível no caixa para o pagamento.
Ainda sem saber como solucionar o impasse, o governo do Estado irá conferir todos os cancelamentos para verificar se houve, ou não, efetivamente a despesa e, portanto, se existe débito ou não.
Segundo a Secretaria de Planejamento e Gestão, está sendo feito um detalhamento cuidadoso dos empenhos e despesas da gestão anterior para a conclusão do orçamento de 2015 e encaminhamento à Assembleia até a próxima semana.
Nos bastidores, os fornecedores do Estado já reclamam da falta de pagamentos e ameaçam recorrer à Justiça para assegurar seus recebimentos relativos a serviços prestados e vendas efetuadas no ano passado.

Negociação. Admitindo uma falta de solução para o problema, o governador Fernando Pimentel teria aberto uma negociação ou pelo menos uma conversa com os fornecedores. No fim do mês, o governo deverá apresentar um balanço geral das contas do Estado.


O Tempo

Em Porteirinha, assaltantes tentam roubar motos por duas vezes e acabam frustrados

(Porteirinha Notícias) Na noite dessa segunda-feira (02-03), no distrito de Mulungú, cidade de Porteirinha, uma dupla de ladrões tentou por duas vezes roubar duas vítimas diferentes, contudo eles não conseguiram subtrair o alvo da ação: motocicletas.
Duas mulheres estavam numa motocicleta se deslocando para uma igreja numa fazenda próxima a comunidade de Mulungú, quando foram interrompidas por dois indivíduos numa motocicleta, onde um apontou uma arma e em seguida anunciou o assalto.
No assalto foram roubados três telefones celulares e a motocicleta. Na fuga, o dispositivo de segurança foi acionado automaticamente, travou e os assaltantes abandonaram o veículo.
Pouco tempo depois, a dupla de ladrões voltou a agir nas proximidades. Os assaltantes roubaram outra motocicleta que era pilotada por outra mulher. Metros adiante a cena se repetiu. A motocicleta tomada de assalto foi travada pelo dispositivo de segurança e o assaltante teve que ir de garupa no veículo pilotado pelo comparsa.

Menores, suspeitos de assaltos, são apreendidos em Matias Cardoso

(G1) Dois adolescentes de 16 anos foram apreendidos em Matias Cardoso (MG), nesta segunda-feira (2). Eles são suspeitos de cometer assaltos na cidade. Além disso, também estavam com uma moto furtada. Uma mulher de 35 anos, que estava abrigando a dupla e estaria utilizando eles para vender drogas, foi presa.
A Polícia Militar chegou até eles depois de uma denúncias de que dois homens, desconhecidos pelos moradores da cidade, estavam andando de moto. Ao perceber que iria ser abordado, o motorista tentou fugir, mas perdeu o controle da direção ao passar por uma poça de lama. Um dos menores foi encontrado em uma casa e disse que o outro garoto estava na casa de uma mulher. O adolescente foi localizado e apresentava várias escoriações, além de estar sujo com lama.
Testemunhas afirmaram para a polícia que a mulher, que já foi presa por tráfico, estava incentivando os dois a cometer diversos crimes, principalmente tráfico de drogas e roubos. Algumas vítimas de assalto foram chamadas e reconheceram a dupla. Eles foram levados para a delegacia junto com a mulher.

segunda-feira, 2 de março de 2015

Em Nova Porteirinha homem e mulher são assaltados dentro de casa

Três homens assaltaram uma casa na Avenida Edilson Brandão, no Centro de Nova Porteirinha (MG), neste domingo (1º). Eles fugiram levando joias, relógios, uma máquina fotográfica, um computador, uma televisão, duas furadeiras e uma espingarda de pressão. Segundo a Polícia Militar, um homem de 51 anos e uma mulher 53 estavam na casa no momento do crime.
O homem ouviu um barulho nos fundos do imóvel e foi verificar o que era, quando voltou para entrar novamente na residência, percebeu que a porta da cozinha estava quebrada. Ao seguir em direção ao quarto, foi surpreendido pelos criminosos, que estavam encapuzados e armados. 
Ainda de acordo com a PM, o homem disse que um dos assaltantes estava nervoso, e ordenou para que ele deitasse no chão, enquanto os outros rendiam a mulher. Os criminosos fugiram e ainda não foram presos.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Montes Claros: Caminhoneiro fica preso às ferragens em acidente

(R7) Um acidente envolvendo dois caminhões deixou feridos na madrugada desta segunda-feira (2), em Montes Claros.
De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, a batida foi na BR-251, perto do km 479, no município de Francisco Sá. Os veículos tinham placas de Paraná e Santa Catarina. Um dos condutores, identificado como Samuel Paiva Fernandes, de 42 anos, ficou preso às ferragens e teve que ser desencarcerado pelos militares.
As outras vítimas da batida foram socorridas pelo Samu e encaminhados para hospitais da região. Não há informação sobre o estado de saúde dos feridos. Ainda não foi possível determinar as circunstâncias do acidente.

domingo, 1 de março de 2015

Área de 5 mil ha entre Porteirinha e Riacho dos Machados irá compor a reserva legal dos projetos Gorutuba e Pirapora

Imagem da barragem do Bico da Pedra
(Porteirinha Notícias) A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) está adquirindo cerca de 5 mil hectares entre os municípios de Porteirinha e Riacho dos Machados, um investimento de aproximadamente R$ 3 milhões que irá beneficiar 495 produtores. A área será destinada a compor a reserva legal dos projetos Gorutuba e Pirapora.
A iniciativa – com a qual a Codevasf atende as exigências da legislação ambiental, irá contribuir significativamente para a recarga da barragem do Bico da Pedra. Com a medida, os irrigantes voltarão a ter condições de pleitear financiamentos para custeio e investimento em seus lotes – já que os agentes financeiros são impedidos de conceder empréstimos quando não há reserva legal na área produtiva.
A delimitação de uma reserva legal significa principalmente que nenhuma ação de desmatamento, construção ou ocupação é permitida nesse terreno, segundo explica o superintendente Dimas Rodrigues, da 1ª Superintendência Regional da Codevasf, em Montes Claros (MG). Máquinas e equipamentos de combate a incêndios já foram adquiridos. Os próximos passos são o cercamento da área de reserva legal, a construção de espaço entre vegetação e cerca para barrar focos de incêndio e a construção de casas para vigilantes.

Chuva forte traz alívio, mas provoca estragos em Porteirinha


(Porteirinha Notícias) Uma forte chuva atingiu a cidade de Porteirinha na tarde dessa sexta-feira (27-02). A chuva veio acompanhada de ventos que derrubaram árvores e destelharam casas. Houve também casos de alagamentos em residências nas partes mais baixas da cidade.
A região está muito carente de chuvas. A meteorologia previu 10mm de chuva para o dia de hoje na cidade, mas com certeza o volume de chuvas ultrapassou essa quantidade. A umidade relativa do ar chegou a 95%. A temperatura mínima foi de 21º na madrugada e atingiu os 34º no início da tarde, antes da chuva. Para os próximos 3 dias são esperadas mais chuvas.

Ex-prefeito em Minas pode ter mais de 100 ações na Justiça por irregularidades

(EM) O ex-prefeito de Pirapora (2005/2012) Warmillon Fonseca (DEM) foi denunciado em mais 17 ações civis e criminais. Caso sejam aceitas pela Justiça, Warmillon, que chegou a ficar preso durante um ano e meio, mas acabou liberado em novembro do ano passado, pode ultrapassar a casa das 100 ações judiciais, todas impetradas pelos ministérios públicos Estadual e Federal por desvio de recursos públicos das cidades de Pirapora, Coração de Jesus e Lagoa dos Patos, todas no Norte do Estado, onde ele foi prefeito. Atualmente, o prefeito é réu em 92 ações.
As novas denúncias, que envolvem R$ 23 milhões, referem-se a 10 ações penais por crimes contra a administração pública, lavagem ou ocultação de bens e valores, além de sete ações cíveis pela prática de atos de improbidade. Além do ex-prefeito, são réus nas ações sua mulher, uma irmã e uma sobrinha e também servidores públicos municipais, empresas e empresários que foram beneficiados em contratos com o município de Pirapora, cujos nomes não foram divulgados pelo Ministério Público, autor das ações.
Elas foram feitas com base em investigações feitas pelo MP após inspeção realizada em Pirapora pelo Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG) onde foram identificadas fraudes em licitações e desvios de recursos na execução de obras públicas entre 2006 e 2011. De acordo com as apurações, empresas foram beneficiadas em contratos que ultrapassaram R$ 31 milhões. O MP também alega que o ex-prefeito constituiu patrimônio incompatível com seus rendimentos declarados e, com o auxílio de diversas pessoas, ocultou imóveis, veículos e empresas, registrando-os em nome de “laranjas”.
As medidas judiciais pedem o sequestro e a indisponibilidade dos bens de Warmillon para garantir o ressarcimento aos cofres públicos dos valores que teriam sido apropriados pelo ex-prefeito, além do pagamento de multa. Foi pedido ainda o sequestro de três fazendas e de um posto de combustíveis registrado em nome do ex-prefeito e a nomeação de um administrador judicial para esses bens. O MP alega que o posto de combustíveis chegou a ser usado para a lavagem de dinheiro oriundo de corrupção.
As ações são um desdobramento da Operação Waterloo, deflagrada em agosto de 2012, em parceria com a Secretaria de Estado de Fazenda (SEF) e com a Polícia Militar. Na ocasião, foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão na Prefeitura de Pirapora e em residências e empresas localizadas em Montes Claros. Desde então, diversas ações civis e criminais foram propostas contra o ex-prefeito e outros réus.
Warmillon já foi condenado a penas de prisão em primeira instância pela prática de crimes de fraude em licitações e desvio de recursos públicos envolvendo a realização de shows (10 anos de prisão), contratos de limpeza urbana (14 anos, nove meses e 10 dias de prisão) e de fornecimento de combustíveis (sete anos de prisão). No entanto, no ano passado, por força de habeas corpus concedido pela 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), Warmillon Braga foi autorizado a cumprir sua pena em casa, por falta de condições do presídio em Ribeirão das Neves, onde ele cumpria pena de 21 anos de detenção.