Blog com notícias de Janaúba e região!

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Mulher que desapareceu com criança é encontrada em Francisco Sá

(G1) A mulher que desapareceu com a filha de nove meses foi encontrada nesta quinta-feira (27) em Francisco Sá, Norte de Minas Gerais. Lucimar Batista Lima, de 32 anos, sofre distúrbios mentais e havia desaparecido nessa quarta-feira (26) em Montes Claros, 55 km de distância de onde foi encontrada.
Segundo família, um motorista encontrou Lucimar com a criança e as encaminharam até o hospital da cidade. “O hospital entrou em contato com o Conselho Tutelar que assumiu e cuidou dela neste período. Graças a Deus ela e minha sobrinha estão muito bem”, afirma Catarina Aparecida, irmã de Lucimar.
Catarina se emociona ao imaginar que a procura pela irmã poderia ser muito mais demorada. “Minha irmã não sabe se comunicar. Para reconhecê-la era somente pelas digitais. Então, graças a Deus e à reportagem do G1, conseguimos encontrá-la”, afirma.

Integrante de quadrilha, pastor vende diploma e é preso em Várzea da Palma

(O Tempo) Um pastor de Várzea da Palma, no Norte de Minas Gerais, foi preso suspeito de integrar a uma quadrilha que falsificava e vendia diplomas de Ensino Médio, graduação e pós-graduação, nessa quinta-feira (27).
De acordo com a assessoria da Polícia Civil, a investigação sobre o grupo criminoso começou em Mato Grosso e os estados de Minas Gerais e São Paulo deram apoio, já que pessoas desses estados também estão envolvidas nos crimes.
Nessa quinta-feira, o delegado Fernando Vetorazo cumpriu mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão, como parte da operação.
D.G.S., que também atuava como conselheiro tutelar na cidade mineira, foi preso e com ele foi apreendido mais de mil documentos falsos, dois CPUs, dois notebooks, celulares e mais de 50 cheques.
Ele foi encaminhado para Cadeia Pública de Várzea da Palma, onde está a disposição da Justiça. Outras pessoas também foram presas nos outros dois Estados.
Em Minas Gerais, assim que concluir a investigação sobre o suspeito, o delegado vai avaliar se abrirá processo para averiguar as pessoas que foram "beneficiadas" com a falsificação.

Operação Falsário
Um esquema de falsificação de diplomas do ensino fundamental, médio, técnico, superior e pós-graduação, que funcionava há mais 4 anos no Estado de Mato Grosso e atendia várias pessoas no Brasil, entre eles servidores públicos, foi desarticulado pela Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, nessa quinta-feira (27), durante a operação "Falsário".
A operação cumpriu 56 ordens judiciais em Mato Grosso, São Paulo e Minas Gerais, sendo dez mandados de prisão preventiva, 23 de busca e apreensão domiciliar e 23 mandados de condução coercitiva. Apenas um mandado de prisão não foi cumprido. Também foram apreendidos cerca de 300 diplomas e certificados, que ainda seriam entregues a "clientes", R$ 126 em dinheiro, 28 em cheques, além de notebooks e computadores, entre outros documentos.
As investigações iniciaram, em julho deste ano, em Cáceres (225 km a Oeste do Mato Grosso), com denúncias da compra de diplomas para conclusão do ensino fundamental e médio. O inquérito policial é presidido pela delegada Anamaria Machado Costa, da Delegacia de Polícia de São José dos Quatro Marcos (315 km a Oeste do Mato Grosso), designada pela delegada Regional de Cáceres, Elisabete Garcia dos Santos. Conforme Anamaria, nas investigações a Polícia Civil descobriu que o esquema de emissão de certificados falsos foi montado por um empresário dono de uma rede de laboratórios na cidade de Cáceres, identificado por Carlos Alexandre de Souza, que atendia pessoas de várias partes do Brasil.
O empresário foi preso na operação, em cumprimento de mandado de prisão preventiva, na cidade de Cáceres, onde ele e a mulher administravam dois laboratórios e estão prestes a inaugurar outro na cidade de São dos Quatro Marcos. Ele já foi investigado em São Paulo e estaria agindo desde o ano de 1998. Em Mato Grosso, na cidade de Cáceres, fixou residência há quatro anos e passou a movimentar o esquema com apoio de colaboradores.
Na casa do casal foram apreendidos R$ 126 mil em dinheiro, 28 mil em cheques, notebook, celulares, certificados e diplomas, entre outros documentos, todos encaminhados à perícia.
Em entrevista nesta sexta-feira (28), a delegada Anamaria Machado Costa confirmou o envolvimento de servidores públicos beneficiários e até médicos que compraram diplomas pelo valor de R$ 90 mil, para curso superior. Um desses diplomas de medicina foi apreendido em Jundiaí, São Paulo. "A priori pelas investigações da Polícia Civil há falsidade ideológica. O conteúdo dos documentos que é falso. Esses alunos não assistiam aula presencial. As assinatura prévias não eram feitas por eles. Eles apenas efetuavam o pagamento e recebiam em questão de um a dois meses o certificado", explicou.
De acordo com a delegada Anamaria, o empresário Carlos Alexandre mantinha em Cuiabá um escritório, identificado por 'Inovar Curso Preparatório, onde ficavam duas secretárias e dali saiam os pedidos de certificados do ensino fundamental e médio. Havendo pedidos também para emissão de diplomas técnico, nível superior e pós-graduação, porém estes eram tratados diretamente com o empresário. 
As duas funcionárias também foram presas na operação e revelaram que os certificados eram emitidos para beneficiados, que encomendavam os documentos de conclusão de nível fundamental e médio, ao preço unitário de R$ 980 ou R$ 1.900, os dois.
Conforme as secretárias, pelo escritório, interessado nos certificados faziam o pedido, via telefone, remetiam a documentação necessário (RG, CPF, comprovante de residência, certidão de nascimento ou casamento), para confecção do certificado que vinha de outros estados da federação.
No local, policiais da Diretoria de Inteligência acompanhados do delegado de Cáceres Mário Roberto de Souza Santiago Junior, apreenderam 195 diplomas e certificados emitidos em vários Estados, principalmente São Paulo, Rio de Janeiro e Maranhão, para pessoas de diversas cidades do Brasil, principalmente de Mato Grosso.
Durante as investigações, a Polícia Civil constatou um grande número de pessoas beneficiárias do esquema, com ramificações em outros estados, para  emissão de certificados falsificados, que eram vendidos para os “clientes” nas opções de nível fundamental, nível médio, superior, pós graduação e técnico. "Vamos agora comprar o uso desses documentos para que a pessoa possa responder criminalmente", disse a delegada.
Todos os documentos apreendidos serão submetidos a perícia técnica para comprovação da falsificação. Os envolvidos serão indiciados pelo crime de associação criminosa, falsidade ideológica e uso de documento falso.
As ordens judiciais foram expedidas pelo juiz de Cáceres Jorge Alexandre Martins Ferreira com anuência do promotor de Justiça Rinaldo de Almeida Segundo.
A operação contou com participação da Diretoria de Inteligência da Policia Civil, em Cuiabá, que ajudou no monitoramento dos alvos nos estados com ramificação da quadrilha e locais com pessoas beneficiadas; com apoio das  unidades de Inteligência do Estado de São Paulo, Departamento de Polícia Judiciária Civil do Interior de São Paulo - cidades de Campinas, São José do Rio Preto, Piracicaba -, Delegacia de Investigações Gerais da Polícia Civil de Jundiaí (SP), Departamento de Informações e Inteligência Policial em Minas Gerais e Departamento de Polícia Civil de Curvelo (MG).
Também participaram da operação policiais civis (delegados, investigadores e escrivães) das cidades mato-grossenses de Cuiabá, Cáceres, Araputanga, São José dos Quatro Marcos, Mirassol D'Oeste, Porto Esperidião, Rio Branco, Lambari D'Oeste, Jaciara, Rondonópolis e Primavera do Leste, municípios com cumprimento de ordens judiciais.
O trabalho do serviço de Inteligência teve a colaboração da Coordenadoria  Geral de Inteligência, da Secretaria Nacional de Segurança Pública (GGI/Senasp).

Homem é preso com 13 animais silvestres abatidos em Itacarambi

(G1) Um homem de 24 anos foi preso durante uma operação de combate a crime ambiental nesta quarta-feira (27), em Itacarambi, no Norte de Minas. A operação ‘Aroeira’ foi realizada pela Polícia Militar, Ibama e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).
Segundo a PM, o suspeito estava de moto e foi abordado em uma estrada rural, na Fazenda Morro Vermelho. Com ele a polícia encontrou uma espingarda, uma luneta, um carregador, 12 cartuchos e dois animais da especie mocó abatidos.
A polícia foi até a casa do suspeito e apreendeu mais onze periquitos abatidos. Os animais foram recolhidos pelo Ibama. A polícia não informou se eles seriam para comercialização.
O homem foi preso por caça ilegal e porte ilegal de arma. Ele foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil.

Montes Claros: Virgem de 87 anos é estuprada por jovem de 18

Luciano Cardoso está preso preventivamente 
A descoberta de um crime assustou moradores de um pequeno povoado do norte de Minas Gerais. Uma virgem de 87 anos foi estuprada por um jovem, de 18. O rapaz foi preso e confessou o abuso.
Luciano Cardoso dos Reis foi detido na cidade de Montes Claros. Em depoimento à Polícia Civil, o jovem disse que atacou a mulher exatamente por ela ser virgem.
O crime ocorreu há cerca de 40 dias, no distrito de Aparecida do Mundo Novo. O suspeito não foi preso na época porque a vítima, que tem problemas de visão, não conseguiu reconhecê-lo.
Depois do abuso, a idosa, que morava sozinha e em uma residência isolada, precisou se mudar para a casa de parentes. Cardoso está preso preventivamente na cadeia de Montes Claros.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Acidente entre dois veículos na BR-135 deixa três pessoas feridas

Acidente na BR-135 deixa três feridos
(G1) Três pessoas ficaram feridas em um acidente na tarde desta terça-feira (25) na BR-135, a cerca de 30 quilômetros de Brasília de Minas. Segundo informações do Samu, dois veículos de passeio bateram de frente.
Ainda segundo o Samu, chovia no momento do acidente, mas as causas ainda não foram informadas. De acordo com informações do Hospital Municipal de Brasília de Minas, o estado de saúde de um dos envolvidos é grave, com politraumatismo. Os outros dois envolvidos no acidente estão em observação.

Três homens são detidos por tráfico de drogas no Norte de Minas

(G1) Um homem foi preso e um menor de 17 anos foi apreendido nesta segunda-feira (24), por envolvimento com o tráfico de drogas. Segundo a Polícia Militar, os suspeitos foram localizados na Praça Presidente Vargas, em Catuti, no Norte de Minas. 
Com eles a PM apreendeu 100 buchas de maconha, um revolver, celular e vários sacos plásticos que eram utilizados na embalagem de drogas. Os suspeitos foram encaminhados à delegacia juntamente com o material apreendido.
E em Jaíba, também no Norte de Minas, um homem foi preso com drogas. Depois de uma denúncia anônima a PM se deslocou até o Bairro Veredas. No local, os militares encontraram vários homens embalando drogas na beira de um Rio.
Eles perceberam a presença dos policiais e fugiram.  A Polícia conseguiu prender apenas um homem de 28 anos. Foram apreendidas 20 buchas de maconha prontas para serem comercializadas.  Ele foi encaminhado à delegacia.

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Duas pessoas morrem em acidentes nas cidades de Francisco Sá e Monte Azul

Um homem e uma mulher morreram em dois acidentes registrados neste domingo (23) no Norte de Minas. O primeiro acidente aconteceu na BR -251, próximo a Francisco Sá.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, uma mulher de 51 anos dirigia um carro com placa da Bahia, quando bateu de frente com um caminhão. Ainda segundo a polícia, chovia no momento do acidente e o carro rodou na pista antes da batida.
No final da tarde de domingo (23) um motociclista de  41 anos também morreu em um acidente na MGC-122, próximo a Monte Azul. Segundo as informações da Polícia Militar, o acidente envolveu um carro de passeio. O motorista fugiu sem prestar socorro à vítima, que morreu no local do acidente.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Sargento da PM dispara nove vezes contra tenente em Rio Pardo de Minas

(G1) Um sargento da Polícia Militar foi preso depois de tentar matar um tenente na madrugada de domingo (23), em Rio Pardo de Minas.
Segundo a polícia de Taiobeiras, o sargento, de 27 anos, estava em uma festa de rodeio quando teria assediado a namorada de um homem, que não foi identificado. Eles se desentenderam. Ainda segundo a PM, o militar apresentava sinais de embriaguez e começou a mostrar uma arma.
Policiais Militares foram acionados para retirar o sargento do local, mas ele teria desobedecido ao pedido. Um tenente que comanda o Pelotão de Rio Pardo de Minas precisou ser chamado.
De acordo com a PM, o tenente colocou o sargento em um carro particular para levá-lo pra casa.
Durante o percurso, o militar começou a fazer ameaças. O tenente parou o veículo e o sargento desceu e começou a atirar. Ele estava com uma pistola e efetuou nove disparos, que atingiu o carro do militar.
O policial foi preso em flagrante e encaminhado ao quartel da PM em Montes Claros. A arma utilizada na tentativa de homicídio era particular, segundo a polícia.

Casal de Porteirinha troca alianças em pleno Mineirão e ganha destaque na imprensa

(O Tempo) A festa planejada pela torcida do Cruzeiro, para o jogo deste domingo, contra o Goiás, pode ter um sabor especial para um casal da cidade de Porteirinha.
A comunicadora popular Ana Maria e o secretário de finanças Edson Lucas decidiram ficar noivos logo no domingo que pode dar ao Cruzeiro o quarto título brasileiro.
Ao lado de dois amigos, eles enfrentaram quase 10h e 600km para ver o time ser campeão dentro de casa. “Na verdade, a gente queria ficar noivo no dia do aniversário dele, dia 17 de novembro. Mas as alianças não ficaram prontas. Então, resolvemos fazer essa festa aqui mesmo, torcendo por uma vitória do nosso Cruzeiro”, comemora Ana Maria.
O plano de pedir a amada em casamento já estava na cabeça de Edson há cerca de 20 dias. “Eu e o Cruzeiro temos uma história de amor, assim como pretendo ter com a Ana. São duas paixões na minha vida. Sou um dos torcedores mais fanáticos pelo clube, tenho certeza disso. Uma vitória hoje vai marcar para sempre esta nossa união eterna”, projeta.

domingo, 23 de novembro de 2014

Dom José Ronaldo toma posse como novo bispo da Diocese de Formosa


Desde as primeiras horas da manhã já começaram a aglomerar fiéis católicos nas escadarias da Catedral Imaculada Conceição, no centro de Formosa, nesse sábado (22). Vindos dos municípios do Nordeste Goiano, Norte e Nordeste de Minas, Entorno do Distrito Federal e demais localidades limítrofes garantiu um público numeroso na Celebração Eucarística e Cerimônia de Posse Canônica de Dom José Ronaldo Ribeiro, o quarto Bispo Diocesano de Formosa Goiás.
A celebração que iniciou por volta das 10h teve a participação de vários políticos regionais, tais como: O prefeito e primeira dama de Formosa, Itamar Barreto e Maria Helena; Vice-prefeita Argentina Martins; deputado federal, Pedro Chaves; deputado estadual da próxima legislatura da Assembleia Legislativa de Goiás, Ernesto Roller; prefeito de São João D’aliança e outros prefeitos onde a Diocese de Formosa está presente. A celebração também contou com uma expressiva participação de bispos do Regional Centro-Oeste, padres da Diocese de Formosa, Arquidiocese de Brasília e Diocese de Janaúba.
O Papa Francisco nomeou no dia 24 de setembro de 2014, Dom José Ronaldo, Bispo de Formosa transferindo-o da Diocese de Janaúba (MG). O lema episcopal de Dom José Ronaldo é inspirado no capítulo XXXI do Livro do profeta Jeremias: No coração minha lei.
A Diocese de Formosa possui municípios extensos com pouca população. “Vivemos em uma realidade difícil de quase um abandono político. Como temos o costume de dizer, Brasília não nos adotou e Goiânia nos esqueceu. São muitas as dificuldades de vossas ovelhas enfrentam. Principalmente, no que diz respeito à Saúde, Educação de qualidade e trabalho”, disse um dos padres no início da cerimônia. 
Em sua homília Dom José Ronaldo destacou a Missão dos Bispos, dedicação às Comunidades e agradeceu a sua família que estava presente na Cerimônia. “Me alegro, agradeço e acolho o grande carinho por todos aqueles que fizeram grandes esforços para poder estar aqui nessa celebração”, diz. “Não devemos nos perguntar o que esse Bispo novo vai fazer. Mas o que nós vamos fazer sob o governo pastoral desse bispo. Será melhor ou pior na medida da nossa colaboração e participação”, destaca Dom José Ronaldo. Sua mãe foi uma das primeiras convidadas a chegar na catedral. Ela se sentou em uma das primeiras cadeiras. 
O prefeito Itamar Barreto e a vice-prefeita Argentina Martins também participaram das homenagens ao novo Bispo. “Dia 22 de novembro ficará marcado na nossa história. Pois ele nos traz a esperança, a felicidade e a alegria com a nomeação de Vossa Excelência para ser o nosso quarto bispo. Seja bem-vindo simpático, esperado e digno bispo. A Argentina vai passar uma pequena lembrança ao nosso bispo. Pequena no tamanho mas com um valor muito grande”, quando foi interrompido com uma longa salva de palmas. A vice-prefeita Argentina foi a responsável por entregar a lembrança. “Dom José, Formosa o acolhe com carinho. Receba a chave de nossa cidade e com ela o coração de nosso povo. Para que o Senhor possa lembrar, encher de muita fé, bênçãos, paz e muitas alegrias. Seja bem-vindo”, declara Argentina.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com