Blog com notícias de Janaúba e região!

sábado, 15 de novembro de 2014

Drogaria é assaltada em Janaúba

(ASCOM PM) Na tarde desta quinta-feira (13) na Avenida Engenheiro Manoel Athayde, bairro Santo Antonio em Janaúba, a PM esteve à procura de dois cidadãos infratores que assaltaram uma farmácia.
A equipe do Sargento Gleisson, compareceu ao local conforme a vítima, quando se encontrava no caixa da drogaria Droga Farma, foi surpreendida por um individuo com capacete fechado, cor preta, camisa manga longa cor verde, com listras verde claro e verde escura, calça jeans cinza e tênis preto portando um revólver, que chegou e anunciou o assalto, após ameaças, exigiu todo o dinheiro do caixa e fugiu.
O infrator saiu da drogaria atravessou a avenida, momento em que outro individuo o aguardava. Os autores evadiram em uma motocicleta pela rua Mato Grosso sentido ao bairro Ribeirão do Ouro não sendo localizados.

Varzelândia: Idosa com problemas auditivos e visuais é assaltada em casa

Uma idosa de 86 anos foi agredida e teve toda a aposentadoria roubada em casa, no Bairro Bom Jesus, em Varzelândia (MG). Uma vizinha dela acionou a Polícia Militar nesta quinta-feira (13), apesar de o crime ter acontecido na quarta (12).
Segundo informações da Polícia Militar, o assaltante pulou o muro, desligou a energia elétrica, e, em seguida, arrombou as portas da cozinha e do quarto da idosa. Ele ainda provocou ferimentos no braço e no rosto da vítima.
Como a idosa tem problemas auditivos e visuais, ela não conseguiu reconhecer o criminoso. A polícia ainda não tem pistas de quem cometeu o crime.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Sete pessoas são presas durante operação 'Resgate II' em Janaúba

A Polícia Civil de Janaúba, Norte de Minas, divulgou nesta sexta-feira (14) a prisão de sete pessoas durante a realização da operação “Resgate II” no município. A ação foi realizada para o cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão.
Todos os presos na operação são condenados da Justiça, da comarca de Janaúba, por tráfico de drogas, furto, roubo e homicídio. Três mandados foram cumpridos em Porteirinha, Verdelândia e Jaíba.
Os condenados já foram encaminhados ao presídio da cidade.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Itacarambi: Armação encosta em rede de energia e pedreiro morre eletrocutado

Um pedreiro de 26 anos morreu eletrocutado enquanto trabalhava em uma construção na Rua Rio de Janeiro, no Centro de Itacarambi (MG), nesta quarta-feira (12). O ajudante dele, de 36, ficou ferido e foi hospitalizado.
Segundo as informações da Polícia Militar, os dois estavam no segundo pavimento da obra e mexiam em uma armação de ferro, que acabou encostando na rede de energia, provocando o choque. O pedreiro morreu na hora e o homem que trabalhava com ele foi socorrido por terceiros.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

No Norte de MG, 4 cidades estão em alerta para dengue e chikungunya

(G1) Dados divulgados pelo Ministério da Saúde apontam que três cidades do Norte de Minas Gerais são consideradas em situação de alerta quanto à infestação do Aedes aegypti, que transmite a dengue e a febre chikungunya. A classificação é feita com base nos dados do Levantamento Rápido do Índice de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa). Em Várzea da Palma e Bocaiuva os resultados foram de 1,2% e em Francisco Sá foi de 1,7%.
Apesar de Montes Claros não aparecer na lista, a Prefeitura já divulgou o LIRAa de 1,7%, que também coloca o município na mesma categoria dos outros três em situação de alerta.
As informações para o resultado do LIRAa foram coletadas em outubro, índices abaixo de 1% são considerados satisfatórios, até 3,9% configuram situação de alerta e acima disso, situação de risco. No Sudeste, apenas Governador Valadares, em Minas Gerais, apresenta risco de uma epidemia de dengue, com percentual de 5,3.
Ainda no Norte de Minas, oito municípios tiveram índice satisfatório, Jaíba e Taiobeiras 0%, Januária 0,1%, Bonito de Minas e Porteirinha 0,2%, Janaúba e Salinas 0,4% e Espinosa 0,6%. Três Marias, na região Central, teve LIRAa de 0,4% e Unaí, no Noroeste de Minas, de 0,7%.

Chikungunya  e dengue em MG
Segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde, em 2013 foram confirmados aproximadamente 368 mil casos de dengue, com 117 óbitos. Em 2014, são 46.125 casos confirmados de dengue e 46 óbitos. Já em relação à chikungunya, Minas Gerais tem de 39 casos notificados, 28 descartados, nove em investigação e dois confirmados, um em Matozinhos e outro em Coronel Fabriciano.
Sintomas
A infecção pelo vírus chikungunya provoca sintomas parecidos com os da dengue, porém mais dolorosos. No idioma africano makonde, o nome chikungunya significa "aqueles que se dobram", em referência à postura que os pacientes adotam diante das penosas dores articulares que a doença causa.
Em compensação, comparado com a dengue, o novo vírus mata com menos frequência. Em idosos, quando a infecção é associada a outros problemas de saúde, ela pode até contribuir como causa de morte, porém complicações sérias são raras, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).
Diferentemente da dengue, que tem quatro subtipos, o chikungunya é único. Uma vez que a pessoa é infectada e se recupera, ela se torna imune à doença. Quem já pegou dengue não está nem menos nem mais vulnerável ao chikungunya: apesar dos sintomas parecidos e da forma de transmissão similar, tratam-se de vírus diferentes.

VARZELÂNDIA/MG: Ministério Público ajuíza ação milionária contra ex-prefeito e outras quatro pessoas

Josemar Soares Lima (E) e Hertz Ramon Gomes (D)
(Por Fábio Oliva) O Ministério Público de Minas Gerais ajuizou segunda-feira (27/10) ação milionária de reparação de danos contra o ex-prefeito de Varzelândia/MG, Josemar Soares Lima (PTB), vulgo Zemar, e outras quatro pessoas. De acordo com o processo, os cinco teriam participado de esquema que resultou no desvio e apropriação de R$ 2,3 milhões dos contribuintes varzelandenses. Zemar, que foi prefeito de 1997 a 2004, ganhou notoriedade nacional após terem sido encontradas na contabilidade da prefeitura notas fiscais de supostas compras de bacalhau para a merenda escolar.
O promotor João Paulo Fernandes, da Comarca de São João da Ponte/MG, explicou que só pode ingressar com a ação de reparação de danos, porque está prescrita a pretensão de condenação por improbidade administrativa. Em parte, a prescrição ocorreu porque, durante décadas, a Comarca de São João da Ponte, que abrange o município de Varzelândia, conviveu com a falta de juízes e promotores.
Narra a ação que Zemar, em conluio com os membros da Comissão Permanente de Licitação (Hertz Ramon Gomes, Gilson Mendes Lima e Jailson Mendes Cordeiro), contando ainda com o auxílio de Geverson Diogo Cerqueira, apontado como o idealizado e operador do esquema, fraudaram dezenas diversas licitações. E que teriam divido entre eles dinheiro que poderia ter saciado a fome de centenas de alunos da rede escolar, melhorado a saúde de quem teve a infelicidade de cair em doença e, ainda, reduzido os transtornos dos produtores e moradores da zona rural que precisaram percorrer as poeirentas e esburacadas estradas vicinais.
A maioria das licitações fraudadas eram destinadas à aquisição de merenda escolar, remédios, materiais hospitalares e recuperação de estradas.
Hertz Ramon Gomes continua funcionário da Prefeitura de Varzelândia e pastor evangélico nas horas vagas.
“Ao longo dos seus mandatos, o ex-prefeito (Zemar), auxiliado e associado aos integrantes da Comissão de Licitação (Hertz, Gilson e Jailson) e ao idealizador/operador do esquema (Geverson), realizou a montagem fraudulenta de diversas licitações, consistentes na simulação de participação de empresas e/ou contratação de empresas fantasmas, que não forneciam o objeto contratado, de sorte que os valores empenhados eram apropriados por eles”, diz o promotor João Paulo Fernandes.
Durante as investigações preliminares, policiais militares, cumprindo mandados de busca e apreensão, encontraram na casa de Geverson centenas de documentos sobre as fraudes, incluindo notas fiscais e peças de processos licitatórios. Recibos de convites e carimbos das empresas de fachada, de agentes e órgãos públicos também foram encontrados na casa de Geverson.
O Ministério Público não tem dúvida de que era Geverson quem “montava falsas licitações, a partir de documentos encaminhados por Zemar, que eram devidamente preenchidos, consignando-se os valores a serem apropriados nas peças de licitações e nas notas fiscais falsas”.
João Paulo Fernandes informa que “com isso, forjava-se a existência de processos licitatórios, utilizando-se os documentos de empresas, enquanto os integrantes da Comissão de Licitação assinavam falsas atas, convites e propostas, fornecendo documentos falsos, documentos que serviram para que o grupo se apropriasse dos valores”.
Na ação, o Ministério Público pede a condenação solidária dos cinco acusados corruptos a devolverem aos cofres da Prefeitura de Varzelândia a quantia furtada: R$ 2.227.980,90.

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Em Janaúba, Porteirinha e Montes Claros homens são presos por tráfico de drogas

Cinco pessoas foram detidas pela Polícia Militar por tráfico de drogas no Norte de Minas Gerais nesta segunda-feira (10). Todos os casos foram encaminhados para a Polícia Civil.
Em Montes Claros, um rapaz de 18 anos foi preso por tráfico de drogas no Conferência Cristo Rei. Os policiais militares faziam patrulhamento na Rua Santo Inácio quando o suspeito foi abordado. Segundo a PM, ele tentou fugir. Foram apreendidas 37 buchas e um tablete de maconha e mais de 143 pedras de crack, além de dois celulares.
Ainda na cidade, na Vila Oliveira, os policiais faziam monitoramento em um local utilizado como ponto de venda de drogas, quando abordaram um grupo de pessoas. Um menor de 15 anos foi visto jogando um saco plástico em um monte de entulho. Na embalagem plástica foram encontrados dois tabletes de maconha.
Em Janaúba, um homem de 24 foi preso no Bairro Planalto. Militares faziam patrulhamento no local quando encontraram uma sacola com 300 gramas de cocaína na caixa de correspondência da casa dele.
Já em Porteirinha, após denúncias anônimas, dois homens de 18 anos, foram presos em um hotel, com dois tabletes de maconha. Eles disseram  que são de Montes Claros e que pretendiam morar na cidade.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Em Monte Azul após sair de festa, rapaz de 19 anos morre em acidente

Um rapaz de 19 anos morreu neste domingo (9) em um acidente de moto na estrada que dá acesso a comunidade de Pajeu, em Monte Azul, no Norte de Minas Gerais.
Segundo a Polícia, ele voltava em uma festa com um amigo, os dois estavam em motos separadas. O homem disse que seguia na frente e percebeu que  o amigo não o acompanhava. Ao retornar, viu o jovem caído. Ele informou que a a vítima derrapou na pista e bateu em uma árvore.
O rapaz chegou a ser socorrido pelo Samu, mas não resistiu aos ferimentos.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Em Jaíba gerente de posto morre após ser baleado durante assalto

Um homem que era gerente de um posto de combustíveis morreu durante um assalto nesta segunda-feira (10), em Jaíba (MG). A quantia roubada não foi divulgada. O dono do estabelecimento é um ex-prefeito da cidade.
Segundo as primeiras informações da Polícia Militar, dois homens de moto chegaram armados no estabelecimento, no Bairro Veredas, e anunciaram o roubo quando o funcionário retirava o dinheiro do caixa. Nesse momento um dos criminosos atirou no pescoço da vítima. 
O gerente foi socorrido pela viatura da PM e levado para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Os criminosos fugiram e ainda não foram encontrados.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

domingo, 9 de novembro de 2014

Em Espinosa traficantes oferecem drogas a policiais à paisana e acabam presos

Dois homens e uma mulher foram detidos em Espinosa, por envolvimento no tráfico.  
Os militares foram até a avenida Doutor José Cangussú, no bairro Santa Cláudia, onde, segundo denúncias, M. C. P. S. estaria vendendo drogas. No local, J. B. e J. N. B. G., ofereceram uma substância semelhante a crack a policiais à paisana.
Os oficiais perguntaram de onde vinha a droga e a dupla entrou na residência de M., retornando com 23 pedras do entorpecente. Após renderem os suspeitos, os PMs abordaram a mulher. Na casa dela foram localizadas três munições calibre .38 e uma calibre 380.  
Durante pesquisas, policiais constataram que havia um mandado de prisão no nome de J. B.. 
Os suspeitos e o material apreendido foram encaminhados para a Delegacia de Polícia na noite desta sexta-feira (7).


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Ex-prefeito de Pirapora cumprirá pena fora da cadeia

(EM) Por força de habeas corpus concedido pela 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), o ex-prefeito de Pirapora Warmillon Braga (DEM) – colecionador de mais de uma centena de processos criminais e de improbidade administrativa – vai poder cumprir em casa sua pena, até agora de mais de 21 anos de prisão, em apenas três processos. O TJMG concedeu o benefício depois de reconhecer a falta de condições dignas para o cumprimento de pena na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, região metropolitana da capital, onde o político está preso na ala H desde julho de 2013. Segundo a decisão dos desembargadores, Warmillon tem direito a cela especial e ainda não tem condenações transitadas em julgado.
O habeas corpus foi concedido no processo em que ele foi condenado por superfaturamento e falta de licitação na contratação de artistas para o show de comemoração do centenário de Pirapora, no Norte de Minas. De acordo com a sentença, o político deveria cumprir pena de seis anos e quatro meses de prisão, além do pagamento de multa no valor de R$ 155,5 mil. Ele ainda foi condenado a sete anos e nove meses de prisão por envolvimento com a máfia do lixo, com superfaturamento e fraude em licitações na prestação dos serviços, e outros sete anos por envolvimento com a máfia dos combustíveis na cidades, em razão de compras fictícias do suprimento para a administração pública. Ele também está com seus direitos políticos cassados.
Desde que foi preso, Warmillon vem colecionando derrotas na tentativa de se ver livre das grades. Ele fez duas tentativas frustradas junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e Supremo Tribunal Federal (STF), que lhe negaram o direito de recorrer das condenações em liberdade. Warmillon ficou conhecido por ser um prefeito itinerante. Ele administrou por oito anos a cidade de Lagoa dos Patos e outros oito Pirapora. Ele já se preparava para se candidatar a uma cadeira na Assembleia de Minas quando foi preso.