Blog com notícias de Janaúba e região!

sábado, 19 de julho de 2014

Suspeito de tentativa de homicídio em São João das Missões é procurado

(G1) A Polícia Militar procura por um homem de 28 anos suspeito de tentativa de homicídio em uma reserva indígena xacriabá em São João das Missões, no Norte de Minas Gerais.
Segundo a esposa da vítima que foi alvo da tentativa, o fato aconteceu no último dia 17, na aldeia Imbaúba. Ela conta que eles ouviram um barulho no quintal de casa e quando o marido abriu a porta, levou um tiro de espingarda na região do abdômen e caiu ao solo. Ainda segundo a esposa da vítima, no momento do fato não foi possível ver quem seria o suspeito devido a escuridão do local.
A vítima foi socorrida por terceiros e levada consciente ao hospital da cidade de Manga, e depois transferido para Montes Claros onde foi submetida a cirurgia devido à gravidade da lesão. Foram constadas perfurações causadas na barriga e nos braços.
A polícia só tomou conhecimento do crime nesta sexta-feira (18) e iniciou os trabalhos de buscas ao suspeito. Testemunhas desconfiam que o suspeito seja o homem de 28 anos, uma vez que ele e outros dois sobrinhos já teriam ameaçado a vítima em outra ocasião.

Divulgado o resultado do 3º Processo Seletivo 2014 da Unimontes

A Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), em Minas Gerais, liberou nesta sexta-feira, 18 de julho, o resultado do 3º Vestibular 2014, realizado em 8 de junho. A oferta foi de 745 vagas em 30 cursos, divididos em dois grupos.

Confira os aprovados
Bocaiuva, Espinosa, Janaúba, Januária, Montes Claros, Pirapora, Unaí e Belo Horizonte foram as cidades onde as provas aconteceram. Elas eram compostas por uma redação e 56 questões de múltipla escolha.

Dicas de vestibular por SMS
O conteúdo dos testes variava de acordo com o curso, mas todos os candidatos responderam a 20 perguntas de Português e Literatura, 6 de Língua Estrangeira, 4 de Filosofia e outras 4 de Sociologia. Os pontos máximos e mínimos das questões objetivas foram publicados em 7 de julho.

Matrículas
Elas serão efetuadas, das 8h às 17h, entre a próxima segunda e quarta-feira, 21 a 23 de julho, na secretaria geral de Montes Claros e nas secretarias dos cursos dos outros campi. Para o registro acadêmico é necessário portar uma foto 3x4 recente e a cópia da documentação a seguir:

• Prova de conclusão do Ensino Médio ou estudo equivalente, diploma ou declaração;
• Histórico Escolar do Ensino Médio (original ou cópia autenticada com original);
• Prova de quitação com o Serviço Militar;
• Prova de quitação com as obrigações eleitorais, 1º e 2º turnos, se for o caso;
• Identidade e CPF;
• Certidão de Nascimento ou Casamento;
• Comprovante de residência.

Uma segunda chamada deve acontecer na próxima quinta-feira, 24 de julho, pois há matrícula prevista nos dias 25 e 28 seguintes. Outras informações podem ser consultadas no
 Edital, por meio do telefone (38) 3229-8080, das 8h às 18h, ou através do e-mail cotec@unimontes.br.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Em Pai Pedro e Monte Azul população sofre com água salobra

O agricultor José Mendes e a água escura extraída de um dos poços
(Por Luiz Ribeiro) Todos os dias, o agricultor Santos Mendes da Silva, de 48 anos, deixa o sítio e se desloca por 15 quilômetros até a cidade de Pai Pedro, no Norte de Minas, dirigindo um trator atrelado a uma carretinha carregada. Ele vende algo indispensável à vida: água. A população do município – de 5,9 mil habitantes recebe água tratada em casa. O problema é que o líquido retirado de um poço tubular é salobre (tem alta concentração de sal). Não serve nem para matar a sede das cabras. A saída para os moradores é comprar água doce ou, então, buscá-la em Porteirinha, a 25 quilômetros. Castigado pela seca, Pai Pedro é um dos municípios mineiros mais carentes, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de 0,59 (a escala varia de 0 a 1).
O drama de Pai Pedro se repete em outros lugares, atingindo, sobretudo, moradores da zona rural. A situação é comum na área do semiárido, onde 70% da água subterrânea são considerados salobres ou salinas, com uma quantidade de sais dissolvidos (entre 0,5 e 30 gramas de sais por litro) superior à da água doce e inferior à do mar. De acordo com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), dos 85 municípios do Norte de Minas, vales do Jequitinhonha e Mucuri, que estão dentro do semiárido, 60 apresentam lençóis freáticos com altas concentrações de sal.
O Governo Federal anunciou o Programa Água Doce, para instalar dessalinizadores em 69 comunidades mineiras. Pai Pedro está na lista. Enquanto o programa não chega, os moradores se viram para ter água doce em casa. A própria prefeitura providencia a busca de água potável em Porteirinha para o atendimento de creches e escolas e para o consumo dos funcionários de suas repartições. Comerciantes de Pai Pedro adotam o mesmo mecanismo. É o caso de Alvelina Gomes, a “Nenzinha”, dona de restaurante. Ela diz que um sobrinho busca água doce, de carro, a oito quilômetros de distância. “É o jeito. A que recebemos aqui não serve para cozinhar. Só presta para banheiro e para limpar chão.” 
Quem não têm carro para transportar água recorre ao “delivery” de Santos Mendes, que todas as manhãs carrega 10 tambores de 240 litros cada (total de 2,4 mil litros). “As pessoas ligam para meu celular e eu entrego.” Ele busca água doce em uma serra nas proximidades do seu sítio e cobra R$ 15 por tambor. “Mas não vendo água. Cobro pelo serviço.” despista Santos, que faz o serviço há 20 anos e até melhorou de vida. “Gosto de servir o povo.” Ele fatura em torno de R$ 800 por mês.

Gosto ruim
A biomédica Vanessa Moraes Santos, de 31 conta que chegou a Pai Pedro recentemente e que desconhecia o problema. “Usei água (da tubulação) para cozinhar, mas a comida ficou escura e com gosto ruim”, diz, acrescentando que usou a água salobre para dar banho no filho Adones, de 2 anos, e a criança teve reações alérgicas nos braços e no cabelo.” Outra moradora que compra água é Geralda Neries de Souza, de 59. “Uso a salobre para lavar roupas. Mas como tem muito sal, a roupa fica dura.”
Como reconhece o próprio vendedor Santos Mendes, “há pessoas em Pai Pedro que não têm dinheiro para comprar água e, muitas vezes tem que beber salobre ou passa sede”. A aposentada Leonor Maria de Jesus, de 58 anos, caminha cerca de 500 metros e vai até o Rio Serra Branca apanhar água, que carrega em tambores em um carrinho de mão. A água que retira no manancial não tem tratamento. “Mas não é salgada e serve para beber.”
Conforme o secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Pai Pedro, Hamon Ferreira de Souza, o excesso de sal na água subterrânea ocorre praticamente em todo o município. A combinação seca/água salobre provocou um custo adicional ao Poder Público. Como os poços abertos para garantir a permanência do homem no campo no município resultaram em água com excesso de sal, a prefeitura tem que enviar água doce em carro-pipa para o consumo humano.
O agricultor José Mendes Silva, da localidade de São Sebastião, no município de Monte Azul, mostra uma água de coloração escura retirada de um poço. “É salobre e só serve para o gado.” Ele apanha água doce no sítio de um vizinho, que, por sua vez, recorre a um manancial de uma serra, como também faz outros moradores. “Há lugares mais isolados do município onde não chega o carro-pipa e as pessoas têm que se contentar em beber água salobre mesmo”, revela Francisco de Assis Gonçalves (PP), vereador em Monte Azul. (Com Mateus Parreiras)

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Em Porteirinha homem é morto com 7 tiros

No inicio da manhã desta quinta-feira (17), a PM em Porteirinha esteve à procura de cidadãos infratores que assassinaram a vítima Valdison Carlos dos Santos, 31 anos.
A vítima saia da casa do albergue municipal da cidade, na Avenida Governador Valadares, Centro, onde cumpria pena por tráfico de drogas momento que foi surpreendido por quatro indivíduos em duas motocicletas. Há poucos metros do albergue na Rua José Cangussu, eles abordaram a vitima, ambos armados, efetuaram vários disparos atingiram a vítima por sete vezes pelo corpo, vindo esta a cair ao solo e falecendo no local.
As viaturas do turno realizaram intenso rastreamento na tentativa de localizar os autores do crime, porém, ate o momento não obtiveram êxito. A polícia científica compareceu no local e realizou os serviços de praxe, liberando o corpo para os familiares.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Carro capota, cai em barranco e mata três na BR-251, no Norte de Minas

Veículo com placa do interior de SP ficou destruído
(G1) Dois homens, de 21 e 45 anos, e uma mulher, de 21, morreram em um acidente na BR-251, entre Francisco Sá e Salinas, no Norte de Minas Gerais, nesta quarta-feira (16). Uma criança de oito anos sobreviveu. Todos as vítimas estavam no mesmo carro. O casal e o filho viajavam com um amigo.
Segundo as informações da Polícia Rodoviária Federal, o motorista do carro com placa de São Bernardo do Campo (SP) perdeu o controle da direção em uma curva, capotou e caiu em um barranco.
Ainda de acordo com a PRF, as marcas que ficaram na pista levantam a suspeita de que o motorista seguia acima dos 60 km/h permitidos na via.
"Esta Serra de Francisco Sá é muito perigosa, os condutores precisam ficar atentos à velocidade, para evitar acidentes", fala Osmar Antunes, da PRF.
O Corpo de Bombeiros esteve no local para fazer o resgate das vítimas fatais e da criança ferida. "Há um desnível de sete a oito metros em relação à pista e o carro ficou muito danificado, as vítimas serão retiradas com um desencarcerador", explica o tenente Luiz Paulo Araújo.
A criança foi socorrida pelo Samu. Ela seria levada para um hospital de Francisco Sá, mas foi estabilizada e encaminhada para uma unidade de saúde em Montes Claros (MG).

Na cidade de Janaúba homem coloca fogo em casa e tenta matar ex-sogra

Ivo permanece foragido
(R7) Um homem colocou fogo em uma casa para tentar matar a ex-sogra em Janaúba. Segundo a Polícia Militar, Ivo Paixão Pereira Lima, de 41 anos, não aceitava o fim do casamento com a ex-companheira.  
Ivo foi até a casa de Elza Pereira de Souza, de 65 anos, arrombou a porta dos fundos e colocou fogo em alguns objetos. A mulher estava com netos dentro da residência.
Os vizinhos ajudaram a conter as chamas, mas a casa ficou praticamente destruída com o incêndio.
De acordo com policiais, pouco tempo depois do crime, o homem retornou à residência e tentou novamente matar Elza.
Ainda segundo a PM, Ivo era violento e agredia a ex-mulher. Ela nunca tinha registrado as agressões na polícia.
O homem permanece foragido.  

Em Grão Mogol homem é preso suspeito de engravidar sobrinha e abusar da filha deles

(O Tempo) Foi preso nessa terça-feira (15) o suspeito de engravidar a sobrinha e ainda abusar da filha dos dois, de apenas 6 anos, em Grão Mogol, no Norte de Minas. Ele foi preso por porte ilegal de arma e está sendo investigado pelos crimes de abuso de menor e estupro.
De acordo com informações da delegada Maria Angélica Prado, que está com o caso, Paulo Rodrigues de Souza, 43, começou a ser investigado nessa terça. O abuso foi confirmado pela sobrinha dele, que atualmente, tem 21 anos. Ela tem uma filha de 6 anos e outro de dois anos, e a suspeita é que Paulo seja pai dos dois.
“Contabilizando o tempo da gestação e mais a idade da menina, ela tinha menos de 14 anos na época em que engravidou. Provavelmente foi quando os abusos começaram. Ele confessou que tinha relações com a sobrinha, mas não com a menina de 6 anos. Vamos verificar se ele chegou a registrar as crianças em seu nome, para ver se haverá a necessidade de pedir um exame de DNA”, disse a delegada.
A denúncia do abuso a sobrinha-neta de 6 anos partiu do Conselho Tutelar. As crianças, atualmente, estão com a mãe, até que o caso seja concluído. “Ele foi preso por porte ilegal de arma de fogo, e a ideia, é mantê-lo preso até conseguirmos confirmar os abusos, para então, decretar sua prisão pelos crimes que ele pode ter cometido”, esclareceu Prado.

A denúncia
De acordo com a Polícia Militar, uma equipe foi deslocada para a zona rural de Grão Mogol, após receber uma denúncia anônima que chegou ao Conselho Tutelar da cidade por meio de uma carta escrita à mão. Seu conteúdo dava conta de que o homem mantinha relações sexuais com a sobrinha desde quando ela tinha 13 anos e que ela já havia tido dois filhos com ele. Além disso, o suspeito ameaçava os vizinhos dizendo que se eles chamassem a polícia, ele já estava com uma arma preparada para receber quem fosse a casa dele.
Paulo foi encontrado em uma moto, perto de casa, e foi abordado pelos militares. na casa dele foram apreendidas uma garrucha de calibre 32 com capacidade para dois disparos e três cartuchos de munição do mesmo calibre, além de duas espingardas de fabricação artesanal.
Conforme relatado pelas conselheiras tutelares, a carta também dizia que a sobrinha dele já havia sofrido um aborto antes de ter a primeira filha aos 16 anos. As conselheiras, arroladas como testemunhas do caso, também contaram que a jovem chegou a tentar namorar um rapaz, mas acabou voltando a se relacionar com o tio.
A menina de 6 anos chegou a contar às conselheiras tutelares que algumas vezes o suspeito passava a mão em seus órgãos genitais e a beijava. As investigações continuam. 

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Ex-militar é preso por fabricar documentos falsos em Montes Claros

Brito afirma que aplicava o golpe para sustentar família
(R7) Um ex-militar do Exército foi preso por fabricar documentos falsos em Montes Claros, no norte de Minas Gerais. Roberto Lindolfo de Brito, de 49 anos foi detido com cerca de 25 carteiras de identidade, cartões de crédito e CPFs.
O homem já tinha um mandado de prisão em aberto por estelionato. Ele mesmo imprimia documentos, de acordo com a Polícia Militar. Várias lojas e bancos foram vítimas de Brito.
O suspeito teria sido desligado do Exército e foi desligado por problemas de disciplina. Aos policiais, ele contou que aplicava o golpe para sustentar família.

Trabalhadoras vítimas de explosão em fábrica de MG são enterradas

Explosão foi registrada nesta terça-feira e quatro trabalhadoras morreram

Duas vítimas são enterradas em Santo Antônio do
Monte
(G1) A Polícia Civil, o Exército, a Polícia Militar e o Ministério do Trabalho investigam as causas da explosão em uma fábrica de fogos de artifício em Santo Antônio do Monte (MG), que terminou com a morte de quatro trabalhadoras nesta terça-feira (15). O enterro das mulheres é realizado nesta quarta (16) e quinta (17). 
Segundo a Funerária São Francisco, duas delas, de 39 e 42 anos, foram enterradas na cidade onde o acidente foi registrado. Já uma jovem de 26 anos foi encaminhada para Virginópolis, no Norte de Minas Gerais, e a previsão é de que o enterro ocorra ainda hoje. Já a outra vítima, de 27 anos, precisou passar por um processo para suportar as cerca de 35 horas de viagem. Por isso, deve ser enterrada nesta quinta-feira.
O delegado responsável pela investigação Lucélio Silva disse que a fábrica conta com 150 construções, entre pavilhões e galpões de armazenamento, cerca de 120 funcionários e que o galpão onde aconteceu a explosão está interditado por tempo indeterminado para o trabalho da perícia. 
Sobre a explosão, Lucélio relatou que a suspeita é de que as vítimas foram arremessadas para um mesmo lado do pavilhão, pois os corpos foram encontrados próximos um do outro. "Os corpos estavam cerca de um metro de distância um do outro e foram arremessados por cerca de cinco metros. Das quatro, uma estava sem um dos pés", comentou.
Ainda de acordo com a Polícia Civil, os corpos foram reconhecidos pelas famílias das vítimas que moram em Santo Antônio do Monte e encaminhados para a Funerária São Francisco ainda na madrugada desta quarta-feira.

Registro da empresa e de outras explosões
O Centro de Comunicação Social do Exército informou que a empresa de fogos de artifício é registrada e controlada pelo Serviço de Fiscalização de Produtos Controlado da 4ª Região Militar (SFPC/4), com sede em Belo Horizonte. Já a situação da fábrica junto ao Exército Brasileiro é regular, sendo vistoriada pelo SFPC/4 em 26 de março desse ano.
Também conforme o órgão, o município de Santo Antônio do Monte já teve outros registros de acidentes envolvendo fábricas de fogos de artifício, sendo que em 2009 foram quatro, em 2012 cinco e 2013 um.
O G1 novamente tentou contato com a fábrica onde ocorreu a explosão nesta terça-feira, mas as ligações não foram atendidas. Contudo, de acordo com a Polícia Civil, a empresa está contribuindo com as investigações e se comprometeu prestar apoio necessário aos parentes das vítimas.

Vistoria da Defesa Civil
Segundo o coordenador da Defesa Civil da cidade, Luís Jesus da Silva, na fábrica apenas o galpão onde ocorreu a explosão foi danificado. Uma vistoria foi feita em torno da empresa e não foi constatado nenhum prejuízo nas estruturas dos imóveis que ficam a cerca de 300 metros do local. “Apenas portas e janelas de vidros de algumas casas foram danificadas devido ao forte deslocamento de ar proveniente da explosão. Além disso, não recebemos nenhuma notificação de moradores da cidade”, explicou.

Jovem ferido foi liberado
A reportagem entrou em contato com o Pronto Socorro de Atendimento de Santo Antônio do Monte para saber o estado de saúde do jovem de 20 anos que trabalhava no local e que ficou ferido, mas as ligações não foram atendidas. Mas de acordo com a Polícia Civil, ele teve queimaduras nas costas, foi atendido e liberado.

Homem esfaqueia e coloca fogo na casa da ex-sogra em Janaúba

Um homem feriu a ex-sogra de 64 anos com facadas no braço na noite desta terça-feira (15), no Bairro São Lucas, em Janaúba.
A tentativa de homicídio aconteceu depois dele ter incendiado dois cômodos da casa da ex-sogra. Segundo a Polícia Militar, ele arrombou o imóvel e colocou fogo em um botijão. Foram queimados um quarto e a sala da residência. Vários objetos pessoais foram destruídos. No momento do incêndio, a mulher estava dentro do imóvel e saiu correndo, por isso não se feriu.
Logo após o incêndio, o homem fugiu de carro e retornou mais tarde, esfaqueando a ex-sogra. A vítima disse para a polícia que a filha dela se separou do suspeito e que ele ficou sabendo que a ex-companheira iria viajar para outro município. Estes seriam os motivos do crime.
O homem fugiu e ainda não foi encontrado, ele responde a um inquérito por homicídio em Verdelândia (MG).


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

terça-feira, 15 de julho de 2014

PORTEIRINHA REALIZA O 1º ENCONTRO DE AERONAVES

(ASCOM Porteirinha) Um evento inédito acontecerá em Porteirinha no próximo domingo, 20 de julho, a partir das 8h da manhã. A comunidade de Campo de Pouso será palco para o 1º Encontro de Aeronaves, que reunirá pequenas aeronaves de diversas partes do país. 
A programação inclui voos demonstrativos, benção das aeronaves, exposição, apresentação musical e entronização da imagem de Nossa Senhora de Loreto, protetora dos pilotos​.

O evento é uma realização da Prefeitura de Porteirinha e marca a inauguração da revitalização do aeródromo municipal, que conta também com o apoio das Prefeituras de Serranópolis de Minas e Pai Pedro.
Informações pelos celulares (38) 9147-1084// 9215-8076 // 9215-1530 // 9166-1819.

Em Verdelândia menor de 17 anos é morto enquanto saía de bar

A polícia procura por um homem que assassinou um adolescente de 17 anos no Bairro Barreiro do Rio Verde, em Verdelândia (MG).
Segundo a Polícia Militar, o menor estava em um bar com os amigos e, no momento em que eles saíam, uma pessoa se aproximou e atirou várias vezes. Dois disparos atingiram a cabeça e o ombro do adolescente, que foi socorrido, mas chegou sem vida no hospital.
Testemunhas disseram para a PM que o crime seria um acerto de contas, e que o rapaz morto já havia sido jurado de morte. O suspeito do crime seria outro adolescente, que teria fugido de carro em direção a Jaíba (MG).


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Janaubense Hélio dos Anjos reestreia pelo Dragão na cidade em que escolheu viver

Hélio dos Anjos em casa, na cidade de Florianópolis 

Hélio dos Anjos em momento
de lazer no Sul do país
(G1) Volta para casa em dose dupla. Mineiro de Janaúba, Hélio dos Anjos fará sua reestreia pelo Atlético-GO nesta terça-feira, contra o Avaí. Será a terceira passagem do treinador de 56 anos pelo Dragão, clube com o qual se identificou e criou forte vínculo em 2011. Em Goiânia, o comandante também dirigiu o Vila Nova duas vezes e teve quatro passagens pelo Goiás, onde somou inúmeras conquistas. Por isso, o técnico se sente em casa na cidade.
Mas quis o destino que a reestreia de Hélio fosse justamente em Florianópolis, seu novo lar, local que aprendeu a admirar em 2012. De passagem pelo Figueirense, o treinador criou laços com Santa Catarina que foram além do aspecto profissional. Novos amigos, negócios e a possibilidade de ficar perto da filha, Flávia, foram fatores que pesaram bastante na escolha de fixar residência no Sul do país. Assim que deixou o Fortaleza e ficou sem clube no ano passado, o técnico não pensou duas vezes e voltou para Floripa.
- Eu estava longe da minha filha há um bom tempo, pelo meu trabalho e também pelos estudos dela, em São Paulo. Quando eu estava no Figueirense, fomos fazer um planejamento financeiro da família e contratamos a empresa da mulher do Renan Dal Zotto (ex-jogador de vôlei). Ficamos muito amigos e a esposa dele convidou minha filha para trabalhar, já que ela é da área. Hoje somos sócios – conta Hélio dos Anjos.
Mas apesar da identificação com a nova terra, o técnico estava sem clube e queria voltar a trabalhar. A possibilidade de retornar ao Atlético-GO foi vista com bons olhos assim que o convite foi feito. Mesmo com a fase complicada do Dragão, Hélio afirma que não teve dúvidas para aceitar o desafio de voltar ao time rubro-negro.
- A possibilidade de voltar para Goiânia também me agradava muito, pois gosto bastante do Atlético-GO. É minha terceira passagem e desta vez o clube passa por um momento de dificuldade um pouco maior. Isso não me atrapalha e até motiva. Mas eu posso dizer que hoje moro em Florianópolis. Antes eu ficava entre Goiânia e Uberlândia, duas cidades que eu gosto muito. Mas me identifiquei muito com o Sul e com Jurerê. Sou muito amigo do Dorival Júnior (técnico), que também mora lá. Estou bem estabelecido em Florianópolis e, coincidentemente, minha reestreia pelo Atlético-GO será lá.
Avaí e Atlético-GO se enfrentam nesta terça-feira, às 19h30, no estádio da Ressacada, em Florianópolis. Com 10 pontos, o Dragão ocupa o 14º lugar e tem uma partida a menos que a maioria dos concorrentes. O time entrará em campo com Márcio; Jonas, Artur, Lino e Victor Oliveira; Marcus Winícius, Wagner Carioca, Luciano Sorriso e Jorginho; André Luís e Josimar. O lateral-esquerdo Thiago Feltri e o atacante Juninho estão machucados, enquanto Júnior Viçosa está suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Caminhoneiro fica ferido em acidente na BR-251, próximo a Francisco Sá

Um caminhoneiro ficou ferido em um acidente na manhã deste domingo (13) na BR-251, próximo a cidade de Francisco Sá, no Norte de Minas Gerais.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o motorista teria perdido o controle do caminhão ao atravessar a ponte do Rio Catuti e saiu da pista.
O caminhoneiro foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para um hospital da cidade de Francisco Sá.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Norte de Minas: Mesmo na época da seca, produzir leite compensa

Quando falta chuva, o pasto também é reduzido e o custo de manutenção do rebanho aumenta. Mesmo assim, compensa a produção de leite no período da estiagem prolongada? “Compensa, desde que o produtor tenha uma boa estrutura e não deixe que ocorra uma quebra nutricional do animal”, afirma Otaviano de Souza Pires Junior, presidente da Associação dos Criadores de Gado de Leite (ACGL) do Norte de Minas e também diretor de Pecuária Leiteira da Sociedade Rural de Montes Claros.
No Norte de Minas, área que sofre com as constantes secas, existem cerca de 3 mil produtores de leite. De acordo com dados da ACGL, no período da estiagem, no período das chuvas (outubro a março), a região produz cerca de 450 mil litros de leite por dia, o que representa em torno de 5% da produção estadual (8 milhões de litros/dia). Na época da seca, a produção de leite na região norte-mineira sofre uma queda, mas continua significativa: em torno de 250 mil litros por dia.
Para mostrar o potencial da atividade na região, a Associação dos Criadores de Gado Leite promoveu o Torneio Leiteiro – terceira edição - durante a Exposição Agropecuária de Montes Claros (Expomontes), realizada no período de 2 a 13 de julho. No concurso foi demonstrada a importância da alimentação do rebanho no período da estiagem para conseguir uma boa média da produção leiteira e também obter lucros.
Conforme Otaviano Pires Junior, se o pecuarista tiver boas condições para a alimentação de suas matrizes, ele alcança uma rentabilidade da ordem de 20% a 30% na atividade na produção de leite no período da seca. O presidente da Associação de Gado de Leite destaca que o produtor consegue superar a falta de pasto durante o período de seca com o conhecimento de tecnologias o emprego de práticas que garantem a boa qualidade do rebanho durante a seca. 
Entre as medidas que devem ser adotadas, ele destaca: o pasto irrigado com água de poço tubular ou outro manancial, o plantio de milho e sorgo para durante o “período das águas” e formação de capineira para alimentar o gado na época da estiagem e o uso de ração balanceada (“volumoso”). “Pode-se usar cana e silagem de milho e sorgo, além de concentrados de farelo de milho e soja como complemento da dieta dos animais”, observa Pires Junior.

Capim

Ele salienta que no projeto de irrigação do Jaíba, situado no município homônimo, no Norte de Minas, já existem agricultores que fazem o cultivo do conhecido capim vaquero (Cynodom dactylon), com o objetivo exclusivo de produzir e vender feno para os criadores da região. Otaviano Pires Junior lembra que o capim “vaquero”(sem o “i” mesmo) apresenta um rápido crescimento, com o plantio irrigado – e bem adubado - chegando ao ponto de corte com apenas 24 dias de plantado. Além disso, tem alto valor protéico, com uma produtividade também elevada – de 10 toneladas por hectare.
Ainda conforme o diretor da Sociedade Rural de Montes Claros, o fardo de feno do capim vaquero está sendo vendido aos produtores norte - mineiros ao preço de R$ 140,00 pelo fardo de 250 quilos. Essa quantidade é suficiente para alimentar 25 animais em um dia, já que o consumo médio de cada vaca em lactação é de 10 quilos por dia.Otaviano Pires Junior ressalta que o criador de gado leiteiro sempre buscar a orientação técnica para que ele possa alimentar seu rebanho de maneira correta, evitando prejuízos. “Para garantir a boa alimentação dos animais, o produtor deve contar com a consultoria técnica. Ele deve entender que o técnico é um parceiro que vai contribuir para aumentar os ganhos, que deve ser visto como um investimento que dar retorno e não como despesa apenas”, observa.
O produtor Epifânio Vicente da Silva, dono de uma fazenda no município de Engenheiro Navarro (Norte do estado) recorre a alimentação balanceada para manter o gado leiteiro durante o período da estiagem. Ele tem 55 vacas – da raças holandesa e girolanda - em lactação e tem conseguido uma boa produção elevada mesmo no período da seca: 1.165 litros de leite por dia.
Epifânio recorre a silagem de sorgo, que produz na mesma propriedade. No último período chuvoso, plantou 15 hectares de sorgo e conseguiu uma produtividade de 52 toneladas por hectare. “A silagem que fizemos vai para atravessar o período da seca neste ano”, anima-se o produtor, que reforça a alimentação do rebanho com cana, farelo de milho e soja e outros nutrientes.
A produção de leite em regiões castigadas pelas estiagens prolongadas pode ser ampliada com a criação de raças que se adaptam melhor ao clima semiárido. Uma das raças é a Sindi, originária da Ásia. O gado Sindi tem dupla aptidão – para produção de leite e carne.
Há oito anos, o pecuarista Paulo Salgado iniciou a criação da raça Sindi na Fazenda Barra da Vereda, no município de São João da Ponte, também no Norte de Minas. Ele conta atualmente com cerca de 200 matrizes e informa que não dedica à produção de leite, mas a venda de animais para recria, estimulando a formação de rebanhos da raça em outras propriedades da região. “O Sindi é um animal que apresenta várias vantagens pela dupla aptidão, pela fertilidade e por ser muito rústica, sendo uma raça indicada para regiões que enfrentam condições de clima adverso”, afirma Salgado.


Luiz Ribeiro-EM

domingo, 13 de julho de 2014

Em Janaúba mulher é agredida com coronhada durante assalto

Uma mulher teve a motocicleta roubada e foi agredida pelos assaltantes na noite desse sábado (12), no bairro Barbosa, em Janaúba (MG).
De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 19h40 quando a vítima passava próximo a um frigorífico abandonado, em um lugar afastado do centro da cidade.
Ela disse à polícia que foi abordada por dois homens armados que chegaram em uma motocicleta; eles ameaçaram a vítima, a agrediram com uma coronhada e levaram seu veículo, fugindo em sentido ao bairro Rio Novo.
Os assaltantes ainda são procurados pela Polícia.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com