Blog com notícias de Janaúba e região!

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Dois homens explodem caixa eletrônico em Montalvânia

Dois homens em uma motocicleta explodiram um caixa eletrônico em Montalvânia no Norte de Minas Gerias na madrugada deste sábado (22). Apesar dos estragos causados pelos explosivos, nenhuma quantia em dinheiro foi levada pelos bandidos.
De acordo com a Polícia Militar da cidade, a estrutura da agência foi bastante danificada e os homens conseguiram escapar.
Ainda segundo a PM, efetivos das cidades vizinhas foram acionados e realizam varreduras pela na região com intuito de prender os suspeitos. A polícia acredita que o crime foi cometido por criminosos da Bahia e de Goiás, que costumam praticar este tipo de ação.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

BENEDITO DE VOLTA À CENA

José Benedito (Foto: Pablo de Melo)
(Por Luis Claudio Guedes) O ex-prefeito de Janaúba José Benedito Nunes (PT), 53 anos, atua, desde a semana passada, como assessor especial da prefeita de Claros dos Poções e presidente reeleita da Associação dos Municípios da Bacia do Médio São Francisco (Ammesf), Maria das Dores Oliveira Duarte, a Dorinha (PMDB). O cargo foi oferecido no final do ano passado para o também ex-prefeito de Matias Cardoso João Cordoval de Barros, o João Pescador (PT).
Cordoval declinou do convite porque a efetivação na Ammesf demorou e ele acabou nomeado assessor do presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, o deputado Diniz Pinheiro (PP). Aceitar o convite de Dorinha acarretava em transferência para Montes Claros, o que não convinha a Cordoval - que mora em Belo Horizonte desde que concluiu seu ciclo de dois mandatos à frente de Matias Cardoso. 
A ‘missão’ de José Benedito na Ammesf será a de tentar persuadir prefeitos de municípios norte-mineiros a ingressas nas fileiras da Ammesf. O objetivo é tentar dar mais visibilidade à entidade e aumentar a sua influência política em Minas Gerais, à semelhança do que já acontece com a sua congênere Amams (Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene). Segundo este Em Tempo Real apurou, a meta é elevar o número de associados de alguma coisa em torno de 20 para 30 municípios até o final deste ano. 
O cargo na Ammesf representa uma espécie de pulo da fênix para o ex-prefeito de Janaúba, após ter sido detido pela Polícia Federal por 10 dias, em julho do ano passado, durante a operação ‘Violência Invisível’, que levou para a cadeia outros prefeitos da região acusados de fraudes em licitações para a contratação da empresa Digicorp Consultoria e Sistema Ltda., em operação que levou o município a comprar títulos da dívida pública para compensar pagamentos de dívidas com o INSS. Benedito negou participação na fraude e responde ao processo em liberdade. 

Prima pobre da Amams
Apesar de atuarem na mesma área geográfica, a Amesf é uma espécie de prima pobre da influente Amams – que anuncia no seu site ter 90 municípios filiados (número que estaria inflado, já que boa parte deles não paga a mensalidade que dá direito a voto nas decisões da entidade). A Ammesf tem sede em Pirapora e um divide um escritório com a Associação Mineira de Municípios (AMM) em um edifício de alto padrão em Montes Claros.

Radialista e emissora de Manga condenados a indenizar ex-prefeito em R$ 5 mil

(Por Fábio Oliva) Um radialista de Manga (MG) e a associação mantenedora da rádio comunitária em que ele trabalha foram condenados solidariamente a pagar indenização de R$ 5 mil por danos morais ao ex-prefeito do município. A decisão é do Juiz de Direito Eliseu Silva Leite Fonseca, do Juizado Especial Cível da Comarca de Manga.
De acordo com a sentença, o radialista Eustáquio Lima Bandeira (foto), irmão dos ex-prefeito Haroldo Lima Bandeira (PMDB), e a Associação Comunitária Manguense de Cultura e Arte, mantenedora da Rádio Manga FM, teriam extrapolado o direito à liberdade de informar.
Fonseca salientou em sua decisão que no conflito entre os direitos fundamentais de proteção à honra/imagem e à liberdade de informação, “a função informativa da imprensa deve prevalecer, se a divulgação da matéria se der sem qualquer desbordamento da atividade jornalística”.
Mas, no caso examinado, o magistrado reconheceu ter ficado provado que durante o programa “Discutindo Ideias”, levado ao ar no dia 7 de janeiro de 2013, que o radialista “não se limitou a discutir ideias ou narrar fatos”. Para ele, o programa “teve o nítido propósito de macular a honra e denegrir a imagem” do ex-prefeito Joaquim de Oliveira Sá Filho (PT do B), o Quinquinha.
Na época dos fatos, o radialista e a emissora mantinham vínculo com a atual administração, adversária do ex-prefeito Joaquim de Oliveira Sá Filho, que fora chamado de “caloteiro” pelo radialista por não ter efetuado o pagamento dos servidores públicos municipais referente ao mês de dezembro, até o dia 31, que é feriado bancário.
Atuaram pelos réus os advogados Reginaldo Rodrigues Santos Júnior, Procurador Jurídico da Prefeitura Municipal de Manga, e Letícia Santos Gonçalves. Pelo autor, o advogado Fábio Henrique Carvalho Oliva.

Em Montalvânia homem é condenado a indenizar ex-mulher após divulgar vídeo íntimo

Um homem foi condenado a pagar R$ 10.000 de indenização para a ex-mulher em Montalvânia, no norte de Minas Gerais. Ele divulgou um vídeo íntimo da ex-companheira.
A mulher entrou na Justiça pedindo indenização por danos morais decorrentes da divulgação do vídeo de sexo explícito que, segundo o réu, teria sido protagonizado por ela, num momento de traição. O homem mostrou o material para vários familiares e conhecidos, afirmando ser a esposa. Apesar da ex-mulher afirmar não ser ela e de que muitos não a tivessem reconhecido nas imagens, ele manteve a afirmação.
Na Justiça, o homem alegou que não ficou comprovado que foi ele o responsável pela divulgação do vídeo, que já se encontrava há muito tempo disponível na internet, e que a própria mulher mostrou o vídeo a amigos e parentes do ex-casal. Sustentou ainda que não havia provas de que ele a teria ofendido. Mas o juiz Diego Lavendoski Vasconcellos condenou-o a indenizá-la por danos morais em R$10 mil. O ex-marido recorreu.
O desembargador Alberto Henrique avaliou que havia provas testemunhais de que o réu mostrou o vídeo a várias pessoas. O próprio ex-marido afirmou em depoimento que enviou as imagens por e-mail a um irmão e a um primo.
Julgando que o réu, ao divulgar as imagens, causou constrangimento e humilhação à vítima, manteve a sentença. Os desembargadores Luiz Carlos Gomes da Mata e José de Carvalho Barbosa votaram de acordo com o relator.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Grupo Minerva adquire frigorífico em Janaúba por R$ 40 milhões

(Por Luiz Ribeiro) O Grupo Minerva adquiriu o frigorífico Kaiowa, instalado em Janaúba (Norte de Minas). A planta foi arrematada por R$ 40 milhões em leilão da massa falida do Kaiowa, anteontem, em São Paulo. A negociação cria expectativa da geração de emprego e renda e de novo alento na pecuária da região a partir da possível reabertura do frigorífico, que tem capacidade para o abate de 800 reses por dia e chegou a exportar para a Europa. O Minerva é um dos maiores grupos do setor frigorífico do país, com 10 unidades espalhadas pelo território nacional, incluindo uma em Campina Verde, no Triângulo Mineiro. 
Inaugurada na década de 1970, ainda com o nome de Frigodias, com incentivos fiscais da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste, a indústria frigorífica de Janaúba foi adquirida pelo Kaiowa na década de 1980. O frigorífico interrompeu suas atividades em 1990 quando o Kaiowa entrou em processo de falência e desativou suas unidades espalhadas pelo país. 
Em 2006, a empresa frigorífica, que ocupa um terreno de 217 mil metros quadrados, foi arrendada ao Grupo Independência e voltou a funcionar. Porém, o Independência também entrou em crise e a unidade de abates de Janaúba foi fechada novamente. 
No leilão da massa falida do Kaiowa, o valor oferecido pelo Grupo Minerva à empresa de Janaúba teve um deságio de 7,35%, uma vez que o lance inicial seria de R$ 43,169 milhões. Porém, a proposta foi homologada pela juíza Jacira Jacinto Silva, da 16ª Vara Cível de São Paulo, responsável pelo remate. A unidade do Kaiowa em Anastácio (MS) foi arrematada durante o leilão da massa falida, pelo Frigorífico JBS, por R$ 24 milhões. O valor também ficou abaixo do preço previsto em edital, que era de R$ 28,263 milhões.

Funcionamento para reduzir os custos
O presidente da Sociedade Rural de Montes Claros, Osmani Barbosa Neto, disse ontem á tarde que a reabertura do Frigorífico Kaiowa em Janaúba “vai reabilitar” a pecuária no Norte de Minas, região que no passado teve grande destaque na criação de gado de corte. “Hoje, os produtores da região precisam levar o gado para o abate no Triângulo Mineiro ou na Região Metropolitana de Belo Horizonte e perdem muito com o transporte e outros custos. Reabrindo o frigorífico em Janaúba não teremos mais esse problema”, comenta Barbosa Neto.
Ele disse que a Sociedade Rural de Montes Claros e o Sindicato Rural de Janaúba estão mantendo contato com a direção do Minerva em Barretos, no interior de São Paulo, para saber quando a empresa pretende iniciar a operação na sua nova unidade. Também existe a preocupação de que o grupo venha a manter o frigorífico fechado, tendo feito a compra da planta em leilão somente para impedir o aumento da concorrência. 
Barbosa Neto disse que entidades ruralistas do Norte de Minas já estavam se mobilizando para fomentar a instalação de outro frigorífico em Montes Claros, visando criar alternativa de compra do boi gordo produzido na região. “Com a reabertura do Kaiowa, não será necessária a abertura de outro frigorífico”, disse.

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Postos são assaltados em Espinosa e Verdelândia

Dois postos de combustíveis foram assaltados na noite desta quinta-feira (20) em duas cidades do Norte de Minas Gerais.
Em um dos roubos, em Espinosa, dois homens armados chegaram de bicicleta e fugiram com R$ 125. Um dos suspeitos acabou sendo preso e o dinheiro foi recuperado.
O outro assalto aconteceu em Verdelândia. Os criminosos chegaram a pé e utilizaram uma espingarda para render funcionários do posto, que fica na área Central da cidade. Eles fugiram  a pé, com R$ 250 e ainda não foram presos.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Janaúba espera receber 10 mil turistas após um ano sem Carnaval

Balneário Bico da Pedra é um dos pontos que atrai turistas para Janaúba
(G1) Após um ano sem Carnaval, Janaúba (MG) volta a realizar uma das festas mais tradicionais do Norte de Minas Gerais. Em 2013, a folia Gorutubana foi cancelada devido aos problemas enfrentados pela Administração Municipal, principalmente os financeiros. O Município alegou que precisava dar prioridade para outras áreas, como educação, saúde e limpeza urbana.  
Em 2014, a Avenida Beira Rio deve ficar lotada, a expectativa é de que 20 mil pessoas, entre turistas e moradores, prestigiem os shows de Léo Santana, Parangolé, João Bosco e Vinícius, Som do Povo e Buiu e Banda. A programação começa em 1º de março e vai até dia 4.
O diretor de Cultura, Ney Barbosa, explica que o Janaúba Folia faz parte do circuito carnavalesco do Norte de Minas desde 2001. Entre os anos de 2008 e 2012, a festa foi marcada pela participação de bandas regionais, o que acabou cedendo espaço para outros Carnavais de Minas Gerais. Por isso, neste ano, a Prefeitura investiu em artistas de renome nacional, mas sem esquecer também das bandas locais, a intenção, segundo ele, é uma programação ampla e que possa atender a um público variado. 
“Nossa festa está sendo planejada desde o segundo semestre de 2013. Estamos esperando por turistas de todo o Brasil e queremos recuperar a tradição do Carnaval de Janaúba, para que a folia seja ainda melhor a cada ano”, fala Ney Barbosa.
Segundo o diretor de Cultura, além das bandas que se apresentarão no circuito fechado, vai haver também uma programação musical e gratuita na praia do Copo Sujo. “Pensamos também em contemplar as famílias e nos preocupamos em oferecer opções de lazer mais tranquilas e que serão realizadas durante o dia.”

Circuto será realizado na Avenida Beira Rio
(Marlon Mendes / Prefeitura)
Circuito fechado
Em Janaúba o Carnaval é tradicionalmente de rua. Para 2014, a Prefeitura contratou uma produtora de Juiz de Fora. Renato Ladeia, proprietário da empresa, fala que acredita que a folia Gorutubana vai voltar a ser como antigamente.
“A intenção é resgatar a tradição do Carnaval de Janaúba. Acreditamos no potencial da cidade, por isso resolvemos participar.”
Ainda de acordo com Renato, o segundo lote de abadás vai ser vendido até a segunda (24). Os ingressos podem ser adquiridos em Janaúba, na Rua Salgado Filho, 99, Centro, ou em Montes Claros, na Rua Santa Maria, 322-B, no Bairro Todos os Santos. Informações pelos telefones (38) 9191-6661 ou (38)3222-6969. Em 15 cidades do Norte de Minas é possível adquirir as entradas com 150 comissários.  
Para garantir a segurança dos foliões foi feita uma parceria com as polícias. Uma empresa de segurança também foi contratada e será usado o detector de metais e o monitoramento das câmeras do sistema “Olho Vivo”.

Resort já está com todas as acomodações
reservadas (Foto: Site / Prefeitura Janaúba)
Economia
A expectativa da Administração Municipal é de que R$ 5 milhões sejam movimentados na economia de Janaúba durante o Carnaval. O comércio vai absorver a maior parte desse dinheiro, principalmente em hotéis, pousadas, restaurantes, supermercados e postos de combustíveis. 400 empregos também serão gerados.
Maluh Carvalho é gerente de um resort, que tem seis apartamentos e 10 chalés, todos já reservados desde o início desta semana. O resort está localizado no Balneário Bico da Pedra, um dos principais atrativos turísticos de Janaúba, e, para atender a demanda do Carnaval, ela tem que contratar de três a quatro funcionárias.
“Além de estimular o comércio, o Carnaval tem impactos na econômica como um todo, o fato de haver uma programação fortalece a festa em si”, fala a gerente.
O resort recebe turistas da região e de algumas cidades da Bahia, que vêm para Janaúba, com a intenção de descansar. A estrutura oferece aos visitantes restaurantes, bares e ampla opções de lazer.
Na padaria de Geraldo Rodrigues, localizada no Centro, e fundada em 1991, o movimento durante o Carnaval chega a aumentar 40%. “Aumenta muito a quantidade de produtos que entregamos para hotéis, e aumenta também a procura aqui na padaria. Preparamos o estoque já pensando no movimento, as perspectivas são muito boas.”
Geraldo diz que não vê a necessidade de contratar mais funcionários, mas toda a família trabalha no estabelecimento durante Carnaval.

Programação

Sábado - dia 1º
Léo Santana e Parangolé

Domingo - dia 2
João Bosco e Vinicíus
Segunda-feira - dia 3
Som do Povo
Terça-feira - dia 4
Buiu e Banda

Minerva arremata unidade da massa falida do Kaiowa em Janaúba

Em leilão judicial realizado ontem, JBS e Minerva Foods arremataram unidades de abate de bovinos da massa falida do frigorífico Kaiowa, um dos mais importantes do país na década de 1980.
A JBS arrematou uma planta localizada em Anastácio (MS), por R$ 24 milhões. Já a Minerva venceu o leilão para adquirir a unidade de Janaúba (MG), por R$ 40 milhões. Na última segunda-feira, o Valor antecipara que as duas empresas tinham interesse nos ativos do Kaiowa.
Como as propostas de JBS e Minerva ficaram abaixo do valor de avaliação determinado no edital divulgado pela 16ª Vara Cível da Comarca de São Paulo, as propostas tiveram que passar pelo crivo da Justiça. Ontem mesmo, a juíza Jacira Jacinto da Silva homologou a proposta da Minerva, segundo um fonte a par do tema. A oferta da JBS ainda deve ser apreciada.
Pelos termos do leilão, o frigorífico de Janaúba estava avaliado em R$ 43,169 milhões. Desse modo, a Minerva conseguiu um deságio de 7,35%. A JBS conseguiu um desconto ainda maior, de 15,09%. No edital, a unidade de abate de Anastácio foi avaliada em R$ 28,263 milhões.
No leilão, a JBS foi representada pelo presidente de sua divisão de carnes no Brasil, Renato Costa. O executivo da empresa afirmou que a unidade sul-mato-grossense arrematada pela JBS tem capacidade para abater cerca de 700 cabeças de bovinos por dia, considerado de médio porte.
No caso da frigorífico adquirido pela Minerva, a capacidade de abate é de 800 cabeças, segundo fonte que conhece os ativos. No entanto, uma proposta de arrendamento feita pela própria Minerva junto à Justiça dizia que a planta de Janaúba tinha capacidade de abate de 450 cabeças.
No mesmo documento, a Minerva informava que teria de investir R$ 5 milhões para elevar a capacidade para 800 cabeças de gado por dia, além das gastos com manutenção de equipamentos para retomar as operações da unidade, que está parada pelo menos desde 2010.
Mas os ativos comprados por JBS e Minerva não foram os únicos do Kaiowa a serem leiloados. Além das duas unidades, a Cooperfrigu, com sede em Gurupi (TO), fez uma proposta de R$ 11,1 milhões pelo frigorífico do Kaiowa em Pires do Rio (GO). A Cooperfrigu, porém, colocou como condição pagar os R$ 11,1 milhões de forma parcelada - 20% à vista e o restante em 60 parcelas.
Durante o pregão, o leiloeiro Mauro Zukerman afirmou que a proposta feita pela Cooperfrigu era "quase sem efeito" devido às condições. De todo modo, a juíza ainda deve avaliar a proposta.
Há, ainda, um grupo de ativos que sequer recebeu propostas no leilão. Entre eles, estão uma unidade de abate de bovinos em Presidente Venceslau (SP), avaliada em R$ 51,5 milhões, e uma fábrica de charque no mesmo município, avaliada em R$ 624,3 mil. Também ficou sem propostas a unidade de Guarulhos, avaliada em R$ 34,2 milhões. De acordo com fontes, os ativos que não receberam propostas devem ser leiloados pela Justiça novamente, numa data ainda não definida. O processo de falência do Kaiowa começou no ano de 1990.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Inquérito pede prisão preventiva de filho de fazendeiro em Verdelândia

Sede da fazenda da Torta, onde ocorreu o
ataque. (Foto: Michelly Oda/G1)
(G1) A delegada da Policia Civil Andrea Pochmam entregou à Justiça o inquérito policial que investiga o ataque a quilombolas em uma fazenda em Verdelândia, Norte de Minas Gerais. Segundo a delegada, as investigações apontaram o envolvimento do fazendeiro João Fábio Dias, filho do atual proprietário das terras onde ocorreu o ataque.
Andrea Pochmam informou ainda que no documento foi solicitada a prisão preventiva de João Fábio Dias.
“Entregamos um dos inquéritos e ele é apontado como um dos autores. Nós instauramos outro inquérito para investigar a participação dos envolvidos que estavam encapuzados”, diz a delegada.
O fazendeiro João Fábio Dias não foi encontrado para falar sobre o caso.
Entenda o Caso
No dia 19 de janeiro, 12 pessoas foram agredidas na fazenda Torta, em Verdelândia. As vítimas eram quilombolas e estavam no local quando cerca de 10 homens armados e encapuzados chegaram e começaram as agressões.
Com ataque, duas vítimas foram atingidas por disparos de armas de fogo e precisaram ser internadas em hospitais da região.
De acordo com a polícia, algumas das vítimas afirmaram que um dos dos agressores seria filho do dono da fazenda.

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Polícia investiga se van que bateu em escolar em Riacho dos Machasdos, era clandestina

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) investigará a possível clandestinidade da van que se chocou contra um ônibus escolar na manhã de quarta-feira (19), na BR-251, em Riacho dos Machados, no Norte de Minas. O acidente deixou o motorista e dois passageiros da van mortos, além de outros 22 feridos. A placa da van era particular, portanto, não poderia fazer o transporte de passageiros. 
Segundo as informações de Pedro Gilvan, chefe do Núcleo de Policiamento e Fiscalização da Delegacia da PRF de Montes Claros, no momento do acidente não foi possível provar que era feito o transporte clandestino. “No calor do momento, com o grande número de vítimas e sendo necessária a orientação no trânsito local, não conseguimos provar a clandestinidade. Até mesmo porque o motorista morreu e os passageiros que sobreviveram foram para os hospitais”, explicou.
Conforme o policial, os agentes que atenderam a ocorrência chegaram a fazer levantamentos, porém, não havia provas suficientes. “O problema agora é que os feridos já foram embora, o que deixará ainda mais difícil de comprovar algo”, afirmou. Vans só podem transportar passageiros fretados com a liberação da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Entretanto, é preciso provar que o motorista levava familiares ou se cobrou pelo serviço clandestinamente.
Ainda segundo Gilvan, a BR-251 faz a ligação entre o Sudeste e o Nordeste do país. “Isso faz com que seja possível que o trecho seja uma rota do transporte clandestino. Já fizemos algumas apreensões deste tipo na rodovia”, lembrou o policial.

Relembre
O acidente aconteceu por volta das 7h50 de quarta, na altura do km 426. Segundo as informações do Corpo de Bombeiros, a van com placa de São Bernardo do Campo (SP)  transportava oito pessoas, entre elas duas crianças, em direção à Bahia. Já o ônibus transportava 23 estudantes da zona rural de Grão Mogol.
Ainda não foi possível precisar o que levou os dois veículos a colidirem frontalmente, porém, a PRF informou que chovia no momento do acidente, o que pode ter contribuído. Apesar disso, testemunhas informaram que a van deslizou e bateu de frente no ônibus.
Com o impacto, o motorista da van  Antonio Nelson Neves Santos, de 41 anos, morreu na hora. Além dele, dois passageiros,  Jonathan Washington De Faria, de 18, e Eliene Santos de Jesus, de 52, também morreram no local. A princípio foi divulgada a informação de que uma criança do coletivo também teria morrido, porém, segundo os bombeiros os passageiros do ônibus sofreram apenas ferimentos leves.
Leticia Mendes Souza, Liliane de Jesus Santos Mendes, Davi Mendes Oliveira e Daine Santos de Jesus que estavam na van e ficaram feridos foram atendidos no  Hospital de Francisco Sá, na mesma região. Os outros 11 passageiros que estava no coletivo e ficaram feridos foram levados para a mesma unidade de saúde. Um último passageiro foi ainda foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Já as seis crianças foram atendidas no Posto de Saúde de Vista Alegre, distrito de Grão Mogol.
Segundo o secretário de comunicação de Grão Mogol, Daniel Dirceu Maciel Pereira, os alunos são moradores da comunidade rural Caveira e seguiam para uma escola de Barrocão. “O ônibus está com a documentação em dia e o motorista é habilitado. No momento do acidente, ele estava em baixa velocidade. O que aconteceu foi uma fatalidade”, garantiu.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Em Januária, bombeiros são movilizados para apagar incêncio em veículo

Militares do Corpo de Bombeiros do 7º Pelotão de Januária, no Norte de Minas, utilizaram 300 litros de água para apagar as chamas em um Ford KA. O incêndio ocorreu na manhã desta quarta-feira (19), no veículo que estava na rua Oito, no bairro Brasilina.
Conforme a corporação, as chamas se concentram no motor do carro e, como foi rapidamente delebadas, não chegou a propagar para o resto do veículo. Os bombeiros acreditam que o fogo tenha iniciado na parte elétrica do carro. O motorista não se feriu na ocorrência.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Transferido de Montalvânia, Juiz de Direito que estaria colocando em perigo a vida de um preso para se vingar de advogado

(Por Fábio Oliva) Foi transferido para Ipanema (MG) o juiz de direito de Montalvânia (MG) acusado de colocar em perigo a vida de um detento como forma de vingança contra seu advogado. O último dia de Diego Lavendoski Vasconcelos como juiz de Montalvânia foi sexta-feira (14). Desde segunda-feira (17) ele atua como Juiz de Direito Substituto da Comarca de Ipanema, em substituição à Juíza Caroline Dias Bela, promovida para a Comarca de Iturama.
A denúncia contra Lavendoski Vasconcelos foi parar no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em Brasília (DF), onde uma reclamação disciplinar foi autuado sob o nº 0006065-84.2013.2.00.000.
O processo foi distribuído ao corregedor nacional de justiça Francisco Falcão, que determinou à Corregedoria-Geral de Justiça do Estado de Minas Gerais a apuração do caso.
A Corregedoria-Geral de Justiça de Minas Gerais (CGJ-MG) acatou as denúncias feitas contra o magistrado , e instaurou sindicância para apura-las. Na sindicância, estão sendo apuradas as denúncias de assédio a preso e decisões judiciais com parcialidade.
Antes de ser aprovado no concurso para Juiz de Direito Substituto em Minas Gerais, Diego Lavendoski Vasconcelos era funcionário de carreira do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, onde atuava como Técnico de Atividade Judiciária, encarregado pelo expediente do serviço extrajudicial da Comarca de Trajano de Morais, onde responde a sindicância instaurada pela CGJ-TJRJ.
De acordo com o Processo n.º 2006-1444429, uma inspeção de rotina constatou as seguintes irregularidades: (1)  a não escrituração do Livro Adicional referente ao período analisado; (2)  a não escrituração do Livro de Controle de Selos referente ao período analisado; (3)  a falta de cobrança dos emolumentos devidos pela expedição de guias de comunicação; (4)  a falta de cotação dos atos registrais; (5)  o Livro Protocolo e de Notas estão fora dos padrões definidos na CNCGJ; (6)  atos não lançados no Livro Adicional e não recolhidos; e (7)  diferenças entre os valores totalizados/recolhidos.

Por R$ 43.169.795,55, frigorífico de Janaúba vai a leilão

Ocorre na tarde desta quinta-feira (20), o segundo leilão do Frigorífico Kaiowa S/A de Janaúba-MG. O lance mínimo é de R$43.169.795,55. O comprador pode arrematar o lote individualmente ou junto com outros cinco lotes de unidades, sendo as demais espalhadas pelo Estado de São Paulo, Goiás e Mato Grosso do Sul. Juntas, a menor proposta é de R$ 173.027.862,25.
Interessados podem fazer lances pessoalmente ou pela internet, como no primeiro leilão, que ocorreu no último dia 29 de janeiro e não recebeu nenhum lance. Caso os lotes não sejam arrematados, de acordo com o administrador da massa falida, Amador Bueno, a Justiça deve analisar o processo e “dar um despacho para o futuro”. “Mas temos que aguardar o andamento do leilão, que deve ter novidades desta vez”, adianta.
Com falência decretada desde 1997, a empresa chegou a oferecer 1,2 mil empregos e era importante para a economia de Janaúba.
As outras ficam em Anastácio (MS), Guarulhos (SP), Presidente Venceslau (SP) e Pires do Rio (GO), respectivamente, valem R$ 28.263.302,17; R$ 34.223.206,09; R$ 51.535.643,23; e R$ 15.211.608,75.
Serviço - A empresa responsável pelo leilão, credenciada pelo Tribunal de Justiça, fica na Avenida Angélica, nº 1.996, no 3º andar, em Higienópolis, em São Paulo.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Colisão entre van e ônibus escolar em Riacho dos Machados deixa três mortos e 18 feridos

Um grave acidente na manhã desta quarta-feira (19), envolvendo um ônibus escolar e uma van, deixou três mortos e 18  feridos na BR-251, próximo à entrada de Riacho dos Machados, no Norte de Minas.
A princípio, o Corpo de Bombeiros de Montes Claros informou que quatro pessoas faleceram, entre elas uma criança que estava no ônibus. No entanto, posteriormente, eles negaram o óbito.
De acordo com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), o motorista da van, identificado apenas como Nelson, e os passageiros Eliene Santos de Jesus, de 52 anos, e um jovem de 18 anos com o nome Jota morreram no local. Já de acordo com o Corpo de Bombeiros, uma criança que estava no ônibus também morreu. O nome dela não foi divulgado.
O veículo prestava serviço para a Prefeitura de Grão Mogol. Segundo o secretário de comunicação da cidade, Daniel Dirceu Maciel Pereira, os alunos são moradores da comunidade rural Caveira e seguiam para uma escola de Barrocão. “O ônibus está com a documentação em dia e o motorista é habilitado. No momento do acidente, ele estava em baixa velocidade. O que aconteceu foi uma fatalidade”, garantiu.
Ao todo, 18 pessoas deram entrada no Hospital Francisco Sá. Entre elas, quatro crianças - de 1 ano e 10 meses, 6 anos e duas de 12. Ninguém corre risco de morte.
Testemunhas informaram aos atendentes do Samu que a van, com placa de São Bernardo dos Campos, em São Paulo, deslizou, o motorista perdeu o controle da direção e bateu de frente no ônibus.
No veículo menor estavam oito pessoas, sendo seis adultos e duas crianças. No ônibus, segundo a secretária de educação de Grão Mogol, Marília Alves Nascimento, tinham 23 ocupantes, entre crianças e adolescentes.
A Polícia Rodoviária Federal informou que chovia no momento do acidente, o que pode ter contribuído para o acidente. O caso será investigado pela Polícia Civil.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Indivíduos assaltam residência em Janaúba e mantém vítimas presas

Cinco indivíduos assaltaram um casal na noite desta terça-feira (18) em Janaúba (MG). De acordo com a Polícia Militar, o casal fazia caminhada no bairro São Gonçalo, acompanhados por um personal trainer, quando foram abordados pelos criminosos.
Ainda segundo a Polícia Militar, as vítimas foram obrigadas a entrar em uma residência e foram trancadas em um quarto. Enquanto isso os suspeitos levaram uma aliança de ouro, aproximadamente 25 relógios, vinte óculos, dois celulares, um videogame, várias peças de roupa e calçados e aproximadamente R$ 200 mil em joias, cartões magnéticos, bebidas e ainda um veículo Toyota Hilux.
Os bandidos fugiram e ainda não foram localizados.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Uma pessoa fica gravemente ferida em acidente, próximo ao trevo entre Coração de Jesus e Pirapora

Às 7 horas desta quarta-feira, 19/02, a unidade do SAMU foi acionada para atendimento a vítima de acidente ocorrido a BR-365, próximo ao trevo entre Coração de Jesus e Pirapora, no Norte de Minas.
Um carro e uma moto colidiram e o condutor da moto, Gilberto Gonçalves dos Reis, 43 anos, ficou gravemente ferido, com possível amputação da perna esquerda na altura da tíbia e fídia, e fratura do tornozelo da mesma perna.
O socorro foi realizado pela unidade do SAMU de Coração de Jesus que após realizar os primeiros atendimentos, conforme protocolo padrão, conduziu o paciente à Santa Casa de Montes Claros.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Em Riacho dos Machados, grave acidente entre Van e Ônibus deixas varias pessoas mortas

Um grave acidente envolvendo um ônibus escolar e um van deixou vítimas na manhã desta quarta-feira (19/02) no Norte de Minas Gerais. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), estão confirmadas pelo menos duas mortes, mas ainda não foi possível informar o número de feridos. A batida foi na BR-251, a 500 metros da entrada de Riacho dos Machados, e a rodovia está fechada.
Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e bombeiros foram acionadas por volta de 7h50 para o atendimento e ainda trabalham no resgate. O ônibus é da prefeitura de Grão Mogol, conforme informou a PRF. As duas pessoas que morreram estavam na van e os passageiros do ônibus estão sendo socorridos com ferimentos.
Outras informações a qualquer momento.

Homem é assassinado a tiros em Espinosa

Corpo da vítima foi encontrado no bairro Ponte Nova.
Um homem de 27 anos foi morto a tiros no bairro Ponte Nova, em Espinosa, Norte de Minas, na manhã desta terça-feira (18).
De acordo com a PM, a vítima tinha passagens por furto e homicídios consumado e tentado.
Conforme informações policiais, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado para socorrer uma vítima que teria sido atingida por um disparo.
No local, a equipe do Samu constatou a morte do homem.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

PM de Várzea da Palma prende 5 em operação de combate ao tráfico

PM de Várzea da Palma prende 5 em operação de combate ao tráfico
Cinco pessoas foram detidas em uma operação de combate ao uso e tráfico de drogas em Várzea da Palma, Norte de Minas, nesta segunda-feira (17).
As prisões aconteceram depois que a Polícia Militar abordou um homem de 35 anos na Avenida Pasteur. No veículo dele foram encontrados quatro papelotes de cocaína, um revólver, munição e R$ 680.
Outro homem, de 24 anos, que também estava no carro, foi detido e disse para os policiais que seria usuário e que estava comprando drogas com o suspeito.
Ainda no momento da abordagem, o homem de 35 anos recebeu uma mensagem no celular, pedindo para que ele entregasse drogas em um estabelecimento comercial da cidade.
Os militares foram até o local e prenderam duas mulheres, de 33 e 26 anos, e um homem, de 27.
Todos os suspeitos e o material apreendido foram encaminhados para a Polícia Civil.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Câmara abre processo de cassação do prefeito de São João da Ponte

Sidiney Gorutuba (PSD)
(Por Fábio Oliva) Por unanimidade, os vereadores da Câmara Municipal de São João da Ponte aprovaram ontem à noite o pedido de abertura de processo de cassação do prefeito Sidiney Pereira da Silva, o Sidiney Gorutuba (PSD). Populares insatisfeitos com os rumos da atual administração e os sinais exteriores de riqueza apresentados pela família do prefeito lotaram o plenário. A Comissão Processante sorteada é formada pelos vereadores Juscilene Fagundes Borges (Presidente), Hugo Leonardo Martins de Souza (Relator), Reinaldo Pereira de Siqueira (Membro).
O pedido de abertura do processo teve como escopo três fatos narrados na denúncia apresentada por um morador de São João da Ponte, o ex-vereador Avand’Arc Rodrigues Cordeiro. O prefeito é acusado de desatender aos pedidos de informações e documentos feitos pela Câmara de Vereadores, obrigando-a inclusive a recorrer a Mandado de Segurança com essa finalidade; de ter utilizado motoniveladora, operador e combustível custeados com dinheiro público em benefício de uma empresa privada, a empreiteira Construtora Vale do Ouro Ltda., contratada para construir a Estação de Tratamento de Esgotos; e de induzir um funcionário público a fraudar documentos de vistoria de veículos destinados ao transporte escolar, com o objetivo de favorecer a CVB Vitória Brasil Cooperativa de Trabalho de Aluguéis e Transportes Ltda., sediada em Caratinga (MG).
Quinta-feira (13), em depoimento à Procuradoria da República no Município de Montes Claros, um funcionário público municipal efetivo há 17 anos, Marcelo Pereira Domingues, denunciou que o prefeito Sidiney Gorutuba o obrigou a assinar, no dia 04 de fevereiro, 23 laudos de vistoria de veículos ligados à cooperativa, declarando-os aptos ao transporte escolar. Entretanto, os 23 veículos jamais haviam sido vistoriados pelo servidor e sequer se encontravam em São João da Ponte. Os laudos eram imprescindíveis para que a cooperativa participasse de licitação no dia seguinte.
A licitação foi cancelada depois que 26 proprietários de veículos de São João da Ponte que fizeram o transporte escolar durante o período letivo de 2013 ameaçaram denunciar o caso ao Ministério Público.
Leia a íntegra do depoimento de Marcelo Pereira Domingues ao MPF clicando aqui.

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Motociclista embriagado morre em São João da Ponte

Um motociclista embriagado morreu, nessa segunda-feira (17), ao perder o controle do veículo na MG-403, em São João da Ponte, no Norte de Minas.
De acordo com a Polícia Militar (PM), Garcias Rodrigues Queirós, 62, pilotava uma moto entre os distritos Condado do Norte e Olímpio Campos, e na altura do KM 17, perdeu o controle da direção e saiu da pista. No local, há uma curva acentuada, onde, segundo a PM, observou-se rastros de tentativa de freada da motocicleta.
A filha do idoso teria contado à PM que Queirós fez uso de bebida alcoólica e em seguida teria ido pegar a estrada. O idoso morreu no local e o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Januária, na mesma região.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Leilão do Kaiowa em Janaúba atrai interesse da Minerva e da JBS

Após um processo de falência que se arrasta há mais de 20 anos, a história do frigorífico Kaiowa, um dos mais importantes do país na década de 1980, pode chegar ao fim na próxima quinta-feira, em um leilão judicial que ofertará os ativos da massa falida da empresa.
Conforme edital divulgado pela 16ª Vara Cível da Comarca de São Paulo, serão leiloadas cinco unidades de abate e uma fábrica de charque, conforme antecipou ontem o Valor PRO, serviço em tempo real do Valor. Essa será a segunda tentativa de vender os ativos da Kaiowa. No primeiro leilão - "praça", nos termos jurídicos -, realizado em 30 de janeiro, não houve propostas. Mas isso não significa que não existam interessados.
 O Valor apurou que JBS, Minerva e o frigorífico Palmali Frigopalmas, de Maringá (PR), enviaram representantes para a primeira praça. A Minerva chegou até a entrar com um agravo de instrumento na 7ª Câmara de Direito Privado para tentar a adiar o primeiro leilão, mas teve seu pedido negado pelo juiz Luiz Antonio Costa e acabou desistindo do recurso. Procuradas pela reportagem, JBS e Minerva não comentaram. A Palmali não retornou às solicitações de entrevista.
Além disso, uma mostra de que o interesse pelo Kaiowa existe foram as propostas feitas por JBS, Minerva e Marfrig antes de a juíza determinar o leilão. Em julho de 2012, o Minerva fez uma proposta à Justiça para arrendar todas as unidades do Kaiowa, por R$ 431 mil mensais por um período de dois anos. Em julho daquele ano, a Marfrig propôs arrendar as plantas de Anastácio (MS) e Janaúba (MG), por R$ 402 mil por mês.
Em fevereiro do ano passado, foi a vez de a JBS fazer uma proposta à Justiça de aquisição dos ativos. As três ofertas foram rejeitas pela juíza. Segundo fontes do setor, as propostas de arrendamentos foram rejeitadas porque a juíza pretende encerrar o caso Kaiowa de uma vez por todas. Já a proposta da JBS foi rejeitada por restrições legais, já que nesse caso o leilão judicial é um requisito.
A ausência de proposta na primeira praça é estratégia comum para interessados em leilões judiciais como o do Kaiowa, de acordo com essas fontes. Ocorre que, no primeiro leilão, o lance mínimo para arrematar os ativos é o valor de avaliação, de R$ 176 milhões, enquanto que na segunda praça a juíza poderá autorizar uma proposta abaixo disso, desde que não seja um "lance vil" - menor que R$ 132 milhões, ou seja, inferior a 80% do valor de avaliação, segundo fontes.Pelos termos do edital, os imóveis podem ser vendidos separadamente. Segundo uma pessoa a par do assunto ouvida pelo Valor, a unidade de abate de Anastácio (MS), avaliada em R$ 28,2 milhões, seria o ativo mais interessante.
Conforme essa mesma fonte, a unidade de Guarulhos, avaliada em R$ 34,2 milhões, também tende a atrair o interesse, por estar bem localizada e ter vocação para se transformar num centro de distribuição ou servir como investimento imobiliário. A empresa MA7 Negócios, consultoria que atua na compra de imóveis em leilões judiciais e extrajudiciais e assessora investidores na compra de créditos estruturados, está interessada na aquisição da unidade de Guarulhos, apurou o Valor.
Também integram os ativos que serão leiloados unidades nos municípios de Pires do Rio (GO), Presidente Venceslau (SP) e Janaúba (MG), além de uma fábrica de charque em Presidente Venceslau (ver quadro).
Apesar da viabilidade e do interesse já demonstrado, há entraves que podem dificultar a aquisição das unidades. Os abatedouros estão fechados pelo menos desde 2010, quando o frigorífico Independência, em dificuldades financeiras, entregou as unidades do Kaiowa que estavam arrendadas junto à massa falida.
Os custos para retomar a operação dos frigoríficos podem dificultar o leilão. Além dos investimentos necessários na manutenção de equipamentos, há pendências de licenciamento ambiental.
Quando fez sua proposta de arrendamento, a Minerva informou que apenas a unidade de Janaúba (MG), que tem capacidade para abater 450 cabeças de gado bovino por dia, exigiria investimentos da ordem de R$ 5 milhões para retomar a operação. À época, a Minerva pretendia ampliar a capacidade de abate do frigorífico para 800 cabeças de gado por dia.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Gasolina de Manhuaçu está entre as mais baratas e a de Janaúba entre as mais caras

Você pode até não acreditar, mas o preço médio da gasolina em Manhuaçu, que está na faixa de R$ 2,98, é um dos mais baixos do estado de Minas Gerais. Os dados refletem a pesquisa da Agência Nacional de Petróleo (ANP), referentes a semana passada e contabilizaram os levantamentos de 67 cidades mineiras.
Manhuaçu foi a 54ª no ranking. Foram avaliados preços de 17 postos de combustíveis no município. O preço médio ficou em R$ 2,983. A gasolina mais barata foi encontrada a R$ 2,809 e a mais cara R$ 3,099. Detalhe que nos locais de preço mais baixo só aceitam dinheiro em espécie.
A pesquisa é referente ao período de 09 a 15/02/2014. Segundo dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP), o preço médio da gasolina mais caro no Estado é encontrado nos postos de Diamantina, onde a gasolina saí por 3,23, seguido por Mariana (R$ 3,18), Viçosa (R$ 3,18), Janaúba (R$ 3,18), Patrocínio (R$ 3,17), Paracatu (R$ 3,16), Formiga (R$ 3,15), Araxá (R$ 3,14), Barbacena (R$ 3,14), Ouro Preto (R$ 3,14), Frutal (R$ 3,13), São Sebastião do Paraíso (R$ 3,13), João Pinheiro (R$ 3,12), Unaí (R$ 3,12). A gasolina mais barata do Estado é encontrada em Belo Horizonte (R$ 2,83).
A ANP pesquisou 67 municípios em Minas, destes 49 estão com preço médio acima de R$ 3. Na região os mais caros são: Muriaé - a 16ª, seguida de Cataguases (17ª), Caratinga (18ª), João Monlevade (25ª), Governador Valadares (28ª) e Ipatinga (37ª).


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Veículo com placa de Janaúba se envolve em acidente

Dois homens, um de 55 anos e o outro de 23, ficaram feridos em um acidente na noite desta segunda-feira (17), no trevo entre as Avenidas Governador Magalhães Pinto e Plínio Ribeiro, na região Norte de Montes Claros (MG).
De acordo com informações de testemunhas que estavam no local, o motorista de 55 anos, teria perdido o controle do carro com placa de Janaúba (MG). O veículo bateu em uma placa de parada obrigatória. O condutor estava com a esposa no veículo. Durante o resgate, os socorristas do Samu tiveram que utilizar equipamentos para manter a respiração da vítima, que foi levada para um hospital em estado grave.
Durante a batida, o motorista bateu em um motociclista. Com o impacto, a moto ficou parcialmente destruída. Ele sofreu ferimentos leves e foi socorrido pelos Bombeiros.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Criança de 12 anos morre afogada em lagoa de São Francisco

Uma criança de 12 anos morreu afogada em uma lagoa na tarde desta segunda-feira (17) em São Francisco, Norte de Minas Gerais. Segundo a Polícia Militar, a vítima nadava na Lagoa Doutor José com outros dois colegas quando se afogou.
Ainda segundo a PM, as crianças nadaram até o meio da lagoa, mas quando voltavam o menino José Vitor Saldanha Cordeiro não conseguiu retornar às margens da lagoa e se afogou. Ele ficou submerso por cerca de vinte minutos e foi retirado da água por moradores.
A Polícia Militar esteve no local e acionou o Samu, que tentou reanimar a vítima, mas não conseguiu.  A criança foi encaminhada, já sem vida, ao Hospital de Pronto Socorro da cidade.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Homem é morto a golpes de faca em Verdelândia

A Polícia está em busca de informações que levem a autoria de um homicídio ocorrido no último domingo (16) no Barreiro do Rio Verde em Verdelândia.
O crime ocorreu por volta das 04hs00min da madrugada, policiais militares compareceram no hospital Regional de Janaúba, onde conforme informações havia dado entrada uma pessoa da cidade de Verdelândia/MG vítima de golpes de faca.
No hospital, os policiais em contato com a irmã da vítima, ela relatou que ouviu barulhos característicos de uma briga vindo da rua de sua residência, ao sair para ver o que estava acontecendo, visualizou um individuo conhecido por Charles, sendo ele alto, corte de cabelo estilo moicano, cor escura, aparentando ter aproximadamente 21 anos de idade, morador da fazenda Caitipé, Zona Rural de Verdelândia/MG, efetuando diversos golpes de faca na vítima, Gilson Pereira da Silva, 26 anos.
Após a ação criminosa, o acusado evadiu do local. Diante da situação a cidadã socorreu Gilson em um veículo particular para o hospital Regional de Janaúba, porém em razão da gravidade dos ferimentos não resistiu, chegando ao hospital já sem vida. Foi realizado diligências com objetivo de localizar o acusado, porém até o momento a polícia não tem pista do acusado.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

CORPO DE CRIANÇA É ENCONTRADO BOIANDO EM CANAL DO PROJETO JAÍBA

Na tarde da última quinta-feira (13) A Polícia Militar recebeu uma denuncia de um afogamento de uma criança de um ano de idade no canal do projeto Jaíba.
Segundo informações da genitora da criança, esta sentiu falta da criança que havia sumido cerca de 30 min. Emanuely Beatriz Silva Nascimento, foi encontrada boiando dentro do canal de irrigação que passa em frente sua residência e que a criança foi retirada por ela e socorrida pela equipe do SAMU que tentou reanima-lá, porém não resistiu e faleceu.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Mulher é presa em Janaúba com folhas de cheques roubadas

A Polícia Militar prendeu no final da manhã da última sexta-feira (14) uma mulher de 20 anos com folhas de cheques roubadas.
A vítima Sr. E. R. O. S procurou a Polícia Militar relatando que na noite do dia anterior momento em que iria entrar em seu veículo que estava estacionado na Avenida Edilson Brandão Guimarães, s/nº, Centro, foi abordado por um individuo cor clara, estatura mediana que anunciou assalto ordenando que lhe entregasse dinheiro e desferiu-lhe uma mordida no braço direito.
Em seguida, um segundo individuo aproximou-se este era gordo, estatura baixa, com um revólver em punho ameaçando a vítima. Os infratores roubaram da vítima um telefone celular marca Samsung Galaxy, um talão de cheques do Banco Bradesco contendo nove folhas, cartões de crédito dos Bancos Itaú e Bradesco, R$ 12,00 em dinheiro.
No momento em que a vítima registrava o fato no Batalhão PM, policiais militares abordaram a infratora M. O, 20 anos, portando alguns dos materiais roubados 04 folhas de cheque do Banco Bradesco, um cartão do SUS, um cartão de crédito/débito do Bradesco em nome da vítima.
A vítima reconheceu um dos infratores através do álbum de fotografias como sendo Lazaro Silva Souza, vulgo "Galego". A acusada foi presa e conduzida para a Delegacia de Polícia Civil de Janaúba para maiores providencias.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Pastor é esfaqueado após comprar égua e atrasar pagamento em Manga

Um pastor de 45 anos está internado em Manga, no Norte de Minas, após ser esfaqueado por um jovem de 20 anos durante uma discussão nesse sábado (15). Segundo o suspeito, que foi preso, o motivo do crime seria o atraso no pagamento na compra de uma égua.
De acordo com a Polícia Militar, o caso aconteceu na avenida Pau D'Arco, no bairro Arvoredo. Populares acionaram uma viatura e contaram que um homem havia sido esfaqueado. Natalino Ferreira dos Santos foi atingido cinco vezes no tórax, ombro, costas e dedo de uma das mãos. A vítima foi socorrida por testemunhas e encaminhada ao Hospital de Pronto-Socorro do município.
Após as características passadas pelas pessoas que presenciaram a tentativa de homicídio, militares conseguiram localizar Edinon Rodrigues Pinheiro em casa, no bairro Boa Vista. O jovem confessou o crime e disse que, em data anterior, vendeu o animal para o pastor e, como ele demorou para realizar o pagamento da égua, resolveu matá-lo.  Ainda segundo vizinhos, o suspeito ainda teria tentado matar Santos em outra situação com uma espingarda calibre 12, mas foi contido por amigos.
Apesar da versão apresentada pelo agressor, a vítima disse à polícia que desconhecia o motivo do crime. Pinheiro foi levado para a delegacia de Januária e segue à disposição da Justiça.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Ex-prefeito nde Santo Antônio do Retiro é condenado por desviar R$ 1, 7 milhão

Ex-prefeito de Santo Antônio do Retiro Manoel Wilson Costa é condenado pela Justiça Federal em Montes Claros, no Norte de Minas, com outras seis pessoas, incluindo o empresário Cláudio Soares Silva, por improbidade administrativa. Ele foi acusado e condenado por seviar recursos federais que somam R$ 1,7 milhão.
na sentença, os réus são obrigados a ressarcir integralmente o dano causado aos cofres públicos. Em 2002, o prejuízo somava cerca de R$ 570 mil, mas a quantia deverá ser atualizada e corrigida monetariamente até a data do efetivo pagamento. Em 2009, quando a ação foi proposta pelo Ministério Público Federal (MPF), o valor corrigido já ultrapassava 1,7 milhões de reais.
 O ex-prefeito, o empresário Cláudio Soares e o engenheiro Luiz Carlos Barbosa da Silva terão ainda de pagar, cada um, multa civil no valor de 150 mil reais; os demais réus, funcionários públicos municipais que integravam a Comissão Municipal de Licitação, pagarão multa de 15 mil reais cada um. 
Todos os réus tiveram os direitos políticos suspensos por cinco anos e foram proibidos de contratar ou receber benefícios fiscais ou creditícios pelo mesmo prazo.

Notas frias
Os fatos aconteceram em 2002 durante a execução de convênio firmado com o Ministério da Integração Nacional, no valor de R$ 597.177,77, para a construção de uma barragem destinada à captação e ao abastecimento de água, na zona rural de Santo Antônio do Retiro. A contrapartida municipal era de R$ 27.177,77.
Registre-se que, naquela época, o governo estadual havia reconhecido Estado de Calamidade Pública em Santo Antônio do Retiro/MG devido à seca que assolava a região. O município, com população de apenas 6.955 habitantes (IBGE 2010), é um dos mais pobres do Norte de Minas, situação inclusive utilizada pelo prefeito para a obtenção dos recursos.
Fato é que as fraudes tiveram início desde a elaboração do projeto da barragem e da estimativa de custos para definição do valor do convênio. Conforme se apurou, o engenheiro responsável por esse trabalho, Luiz Carlos Barbosa da Silva, também esteve por trás das propostas apresentadas pelas empresas, chegando a subscrever o memorial descritivo e a proposta apresentada pela firma contratada, a Minas Construções Ltda, de propriedade de Cláudio Soares Silva.
Segundo a ação, ele “esteve à frente da elaboração das propostas de preço de todas as empresas consultadas, atribuindo preços artificialmente altos às propostas da Norte Valle Construtora Ltda e da Empreiteira Pirâmide Ltda, para que superassem os valores por ele mesmo indicados na proposta da Minas Construções Ltda”.
O Ministério Público Federal lembra que a escolha dessa empresa não se deu por acaso. A Minas Construções é uma empresa de fachada, dedicada ao fornecimento de notas fiscais frias “para agentes públicos desonestos” da região.
E foi exatamente o que aconteceu: a empresa de Cláudio Soares Silva não executou obra alguma, limitando-se a fornecer notas frias ao ex-prefeito e ao engenheiro Luiz Carlos, mediante o recebimento de uma comissão.
Rompimento - Relatório da Controladoria-Geral da União apontou que a obra foi apenas parcialmente executada, e ainda assim por servidores públicos municipais e em desacordo com o projeto apresentado, não chegando a atingir os objetivos do convênio. No mesmo sentido, vistoria técnica do Ministério da Integração Nacional apontou diversas irregularidades, entre elas, construção da barragem em dimensões inferiores às previstas no projeto e ausência de serviços de compactação de aterros.
“Não sem motivos, portanto, a barragem construída se rompeu pouco tempo depois de concluída, e antes mesmo de atingida a sua capacidade máxima”, registra a ação.
Com isso, continuaram inalteradas as condições de vida do “povo tão sofrido” de Santo Antônio do Retiro, expressão utilizada pelo ex-prefeito na justificativa para assinatura do convênio. “Não foram ‘amenizadas’, menos ainda ‘de modo significativo’, quem sabe no propósito – desumano, é verdade – de serem exploradas em outra ocasião para obtenção de mais dinheiro público”, afirmou o MPF.
Para o juiz da 1ª Vara Federal, ficou demonstrado que “os réus Manoel Wilson Costa, Luiz Carlos Barbosa da Silva e Cláudio Soares Silva atuaram de forma dolosa no sentido de fraudar o processo de dispensa de licitação e de desviar recursos públicos federais”.  Lembrando que a baixa qualidade dos serviços prestados acarretou o rompimento da barragem pouco tempo depois de concluída, ele também destacou os graves prejuízos causados aos cofres públicos, com a perda de “todo o recurso despendido”.
O magistrado também registrou a responsabilidade dos funcionários integrantes da CPL, na medida em que “agiram de maneira leviana, ao participar dos atos licitatórios, e assumiram de maneira consciente os riscos quanto ao resultado dessa conduta; a obediência hierárquica não isenta de culpa quando a ordem é manifestamente ilegal”.
Como medida preventiva, para assegurar o ressarcimento dos prejuízos, foi decretada a indisponibilidade de bens dos acusados. (Com Ministério Público Federal)

Fonte: EM

Em Manga, jovem não recebe pagamento e tenta assassinar comprador

Um jovem de 20 anos foi preso suspeito de tentativa de homicídio em Manga, neste domingo (16).
Ele disse que o crime foi cometido após ele ter vendido uma égua e não ter recebido o pagamento.
A vítima foi esfaqueada pelo suspeito na Avenida Pau D’Arco, Bairro Aroredo. Quando os PMs chegaram ao local, ela já tinha sido socorrida por terceiros. Testemunhas disseram quem seria o autor do crime e também informaram onde ele morava.
O suspeito foi preso em casa e disse para a polícia que estava com raiva por não ter recebido o pagamento referente à venda de uma égua.
A vítima, que foi esfaqueada em quatro partes do corpo, permanece internada no hospital.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

domingo, 16 de fevereiro de 2014

Colisão frontal deixa sete feridos na BR-135, no norte de Minas

Sete pessoas ficaram feridas após se envolverem em grave acidente na madrugada deste domingo (16), na BR-135, em Bocaiúva, no norte de Minas Gerais.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, os veículos em que as vítimas trefegavam pela rodovia, um Golf de Montes Claros, placa HAT-4949, e um Sandero, de Belo Horizonte, HTP-4983, colidiram de frente na altura do km 400.
Segundo os bombeiros, devido ao forte impacto da colisão, os cinco ocupantes do Sandero e dois do Golf ficaram feridos com gravidade. Gilberto Carvelho Rodrigues, de 42 anos e condutor do Golf, e Paulo Celestino Ferreira, ficaram presos às ferragens. Eles e Leane Marques Gonzaga, de 29 anos, Eusino Santana Gurerra, de 32, Sebastião Rodrigues Cordeiro, de 46, Sandoval Nascimento Silva, de 34, e Erick Aparecido de Almeida Campos, de 24, foram encaminhados ao Hospital de Pronto-Socorro da cidade.
Testemunhas relaram aos bombeiros que o acidente ocorreu no momento em que o motorista do Sandero, que seguia no sentido Montes Claros, tentou ultrapassar uma carreta e invadiu a contramão.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Bombeiros resgatam vítima de acidente automobilístico em de Francisco Sá

Bombeiros resgatam vítima de acidente automobilístico em de Francisco Sá
Na manhã deste sábado (15) os bombeiros do 7º Batalhão,sediado em Montes Claros, atenderam uma ocorrência de acidente automobilístico, envolvendo o capotamento de uma carreta, com placa de Candeias/BA, na BR 251, próximo ao município de Francisco Sá, Norte de Minas Gerais.
Os bombeiros utilizaram equipamentos e técnicas de salvamento terrestre, para desencarcerar o motorista da carreta, Juliano de Almeida Pinto Neto, de 36 anos, preso à cabine danificada da carreta. Posteriormente, o motorista foi conduzido, consciente e orientado, para o Hospital Santa Casa em Montes Claros.
De acordo com informações do condutor, a carreta seguia sentido São Paulo, quando o mesmo perdeu o controle direcional do veículo, capotando em seguida fora da pista. A carreta estava carregada com polietileno. Não houve outras vítimas no local.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Grave acidente em Engenheiro Dolabela, deixa 7 feridos

7  pessoas ficaram feridas em um acidente na noite deste sábado (15), na BR-135, perto de  Engenheiro Dolabela, no Norte de Minas Gerais.
Segundo com as  informações dos Bombeiros, um carro, com placa de Belo Horizonte, seguia sentido Montes Claros (MG), quando ia ultrapassar uma carreta e bateu em um carro que vinha em sentido contrário.
Conforme o Corpo dos Bombeiros, duas pessoas que estavam em um dos carros  ficaram presas nas ferragens.
Eles foram socorridos e levados para a Santa Casa de Montes Claros em estado grave.
5 tiveram ferimentos leves e foram encaminhados para um hospital de Bocaiúva.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com