Blog com notícias de Janaúba e região!

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Em Jaíba menino de 6 anos é enterrado em quintal e pais são presos

Local onde corpo do garoto de seis anos foi encontrado (Foto: Sargento Ramos e Cabo Fábio / Polícia Militar)
Um casal foi preso em Jaíba (MG), nesta quarta-feira (11), suspeito do assassinato do filho de seis anos. De acordo com as informações da Polícia Militar, uma denúncia teria sido feita informando que o homem, de 34 anos, e a mulher, de 24, teriam espancado o menino e logo depois o enterrado no quintal de casa.
Os militares foram até o assentamento Canjica, onde o casal mora. Em um primeiro momento, a mãe teria dito que o filho morreu após comer mandioca brava no quintal de um vizinho. Disse ainda que o menino teria sido hospitalizado em Janaúba (MG) e estaria enterrado no cemitério da cidade. A PM entrou em contato com o hospital e a informação foi negada.
Ao perceber que os militares iriam ligar para o cemitério, a mulher teria mudado a versão e afirmou que a criança teria caído em um buraco e teria morrido em consequência da queda. Segundo a mãe, ela não conseguiu retirá-lo e esperou pelo marido, que estava trabalhando. Eles então perceberam que o menino estava morto e resolveram enterrá-lo no quintal de casa. A morte teria acontecido no dia 8 de agosto.
A PM informou que a mulher indicou o local onde o menino teria sido sepultado, e o filho mais velho, que tem oito anos, também teria apontado a direção para onde viu o irmão sendo levado pelos pais. O corpo foi encontrado enterrado em uma mata, a cerca de dois quilômetros da casa.
Ainda segundo a PM, os vizinhos e os familiares ficaram surpresos com a notícia, nem mesmo os avós sabiam do que havia acontecido. Os policiais estranharam a versão apresentada, já que o buraco no qual a criança teria caído tem cerca de um metro de profundidade por 40 centímetros de largura.
O casal foi levado para a Polícia Civil em Janaúba e foi preso em flagrante por ocultação de cadáver. Eles tem mais quatro filhos e a mulher está grávida de oito de meses. As crianças estão com o Conselho Tutelar.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Homem é atingido por tiro no ombro em Espinosa

Um homem ficou ferido em uma tentativa de homicídio em Espinosa, Norte de MG, nesta quarta-feira (11). De acordo com as informações da Polícia Militar, o crime ocorreu na Avenida Minas Gerais. A vítima foi abordada por dois homens e levou um tiro no ombro.
Os dois suspeitos fugiram de moto e a vítima foi levada para o hospital.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Homem é preso em Bocaiuva por abusar sexualmente da própria sobrinha

A Polícia Civil de Bocaiuva, no Norte de Minas, prendeu nessa segunda-feira (09) um homem suspeito de abusar sexualmente da própria sobrinha, de 5 anos. De acordo com informações da Polícia Militar da cidade, o crime teria acontecido em julho deste ano. Hernandes de Jesus Leal, de 27 anos, teria efetuado o crime no acampamento sem terra em que vive ele e a família da vítima.
A mãe da criança e irmã do suspeito só tomou conhecimento do caso no fim de agosto, quando a filha ficou doente e precisou dar entrada no Hospital Universitário de Montes Claros, na mesma região. Na unidade médica foi constatado que a criança havia  contraído uma doença sexualmente transmissível (DST). Pressionada pela mãe a criança relatou o abuso.
Depois do pedido de prisão temporária o suspeito foi preso e será indiciado por estupro de vulnerável.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Menina cai de trator e morre atropelada em Januária

Uma menina de oito anos morreu atropelada por um trator em Januária, no Norte de Minas Gerias, nesta terça-feira (10). Segundo as informações da Polícia Militar, a garota voltava da escola com pai no veículo e, ao passar por um buraco, ela se desequilibrou, caiu e o trator passou por cima dela. A criança morreu na hora.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Integrantes de movimentos sociais fazem manifestação na BR-251

Manifestantes interditaram a BR-251, no Km 376 nos dois sentidos, em Vale das Cancelas, distrito de Grão Mogol (Foto: Jaime de Andrade Silva / VC no G1)

(G1) Integrantes de alguns movimentos sociais bloqueiam na manhã desta quarta-feira (11), a BR-251, próximo a Vale das Cancelas, povoado de Grão Mogol, Norte de Minas Gerais. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, a manifestação é próxima ao KM 377.
Segundo informações do Centro de Agricultura Alternativa (CAA), instituição parceira dos movimento sociais da região, o grupo está distribuindo folhetos reivindicando a duplicação da BR-251, o fim da grilagem de terras e contra a criação de um mineroduto, que vai de Grão Mogol até Ilhéus (BA).
Os manifestantes aproveitam também o Dia do Cerrado, comemorado nesta quarta, e pedem a proteção e criação de reservas para o bioma, e o reconhecimento dos geraizeiros e outros povos tradicionais da região.
O internauta Jaime de Andrade Silva enviou pelo VC no G1 fotos da manifestação. Ele mora próximo ao local e viu a movimentação dos manifestantes no início dos protestos. "A fila de carros no local está enorme. Eles estão bloqueando a passagem colocando fogo em pneus", afirma.
Ainda segundo Jaime, a passagem só está sendo liberada para ônibus escolares e ambulâncias. 
A PRF ainda não divulgou informações de congestionamento no local.

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Adolescente é apreendida com 2 kg de maconha em Janaúba

A Polícia Militar aprendeu na tarde desta terça-feira (10), em Janaúba(MG), através de denúncia, uma jovem de 16 anos que transportava dois quilos de maconha em um ônibus intermuncipal.
A adolescente relatou à polícia que adquiriu a droga no bairro Esplanada, em Montes Claros, com um homem de 22 anos.
Graças a denúncia da jovem, o homem foi localizado e preso na Av. Sanitária, no Bairro Melo, em Montes Claros, com um quilo e meio de pasta base de cocaína. O infrator foi preso em flagrante por crime de tráfico de drogas.
A adolescente foi conduzida à Delegacia de Proteção a Criança e o Adolescente, em Janaúba.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Estão abertas em Janaúba as inscrições para mutirão de reconhecimento de paternidade

As inscrições para o mutirão de reconhecimento de paternidade da Defensoria Pública de Minas Gerais estão abertas. Os serviços vão ser oferecidos em 27 cidades do estado. Evento vai ser realizado no dia 18 de outubro.
No mutirão vão ser realizados exames de DNA, reconhecimento de paternidade, com lavratura de certidão de nascimento imediata, e acordos relacionados a alimentos, guardas e visitas. As inscrições vão até o dia 11 de outubro.
Veja as cidades que vão receber o evento
Araguari, Belo Horizonte, Campanha, Cássia, Cataguases, Divinópolis, Governador Valadares, Ipatinga, Itajubá, Ituiutaba, Iturama, Janaúba, João Monlevade, Juiz de Fora, Leopoldina, Luz, Montes Claros, Muriaé, Pedro Leopoldo, Poços de Caldas, Ponte Nova, São Lourenço, Teófilo Otoni, Ubá, Uberaba, Uberlândia, Varginha e Viçosa.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Assessor do deputado Ademir Camilo operava esquema no Trabalho

Brasília - Considerado foragido da Justiça, o assessor parlamentar Marcos Vinícius da Silva, o Marquinhos, é apontado como operador de dois esquemas desbaratados pela Polícia Federal nos últimos três meses. Até julho, ele estava lotado no gabinete do deputado federal Ademir Camilo (PSD-MG), que o exonerou depois de as irregularidades virem à tona.
Deflagrada nesta segunda-feira, 9, pela PF, a Operação Esopo aponta o envolvimento do assessor no desvio de recursos do Ministério do Trabalho. Segundo o inquérito, ele atuava em prefeituras do norte de Minas para liberar pagamentos ao Instituto Mundial de Desenvolvimento e da Cidadania (IMDC), uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) que estaria no centro das fraudes.
Há indícios de que prefeitos recebiam propina para escolher a entidade e fazer os repasses.
Ademir Camilo disse ao Estado que, se cometeu irregularidades, o assessor agiu de forma "autônoma".
Marquinhos foi exonerado do gabinete do deputado em 3 de julho, um dia após a PF deflagrar a Operação Violência Invisível, que desbaratou esquema de falsificação de precatórios judiciais federais e venda desses títulos podres a prefeituras. Segundo os investigadores, o assessor era o responsável por contatar agentes políticos envolvidos, que recebiam suborno.
Os advogados de Marquinhos apresentaram habeas corpus à Justiça, sem sucesso. Nesta segunda-feira, a PF voltou a procurá-lo, por meio de mandado de prisão expedido pela Justiça na Operação Esopo.
Relatório da operação, obtido pelo Estado, diz que o ex-assessor de Camilo foi o responsável por liberar pagamentos às prefeituras de Janaúba e Januária, "com provável pagamento de propina ao ex-prefeito desta última", Maurílio Neris de Andrade Arruda (PTC), que ocupou o cargo até 2012.
Segundo a PF, o ex-prefeito de Januária concordou com a contratação do IMDC, sem licitação, e liberou pagamentos à entidade ignorando pareceres contrários de seus assessores na prefeitura. Além das irregularidades apontadas na Esopo, o ex-prefeito responde a oito ações de improbidade administrativa e duas ações penais.
A corporação aponta Marquinhos como figura central no esquema montado em Minas. "O viés político da atuação desse investigado é de suma importância para esclarecer o motivo de tantas prefeituras escolherem o IMDC para execução do ProJovem, sempre com irregularidades na contratação e execução do programa", diz o relatório.
Os advogados do assessor e do ex-prefeito de Januária não foram localizados pela reportagem. O deputado Ademir Camilo alegou não ter conhecimento da participação do assessor nos esquemas. Segundo ele, Marquinhos trabalhava em seu escritório político em Minas e, antes da Operação Violência Invisível, não tinha contato com ele havia "dois ou três meses", apesar do vínculo com o gabinete.
O parlamentar participou de viagens ao lado do governador de Minas, Antonio Anastasia (PSDB), para anunciar pelo Estado recursos para o ProJovem, provenientes de convênios com o Ministério do Trabalho. Mas nega que tenha atuado na Câmara direcionando verbas, via emendas, para essas parcerias. "A única que eu tinha, de R$ 500 mil, não foi paga", assegura.
Por meio de sua assessoria, o governo de Minas informou que presta "toda colaboração" com a apuração do caso e que, após as primeiras denúncias de fraudes por parte do IMDC, em 2010, um de seus órgãos, o Idene, rescindiu os contratos com a entidade e entrou na Justiça para receber valores pagos. A Oscip ainda foi incluída em cadastro de inadimplentes, mas foi retirada por ordem judicial.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

5 menores são apreendido após assaltarem casa em Pirapora

A Polícia Militar de Pirapora, no Norte de Minas, apreendeu cinco menores suspeitos de assalto, na noite desta segunda-feira (9). Segundo a PM, os adolescentes teriam roubado uma residência no bairro Santo Antônio. Eles teriam invadido a casa e ameaçado as vítimas.
A polícia conseguiu apreender os suspeitos quando eles fugiam. A arma do crime também foi apreendida.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Mulher morre e 12 ficam feridos em dois acidentes no Norte de Minas

Uma mulher morreu e outras 12 pessoas ficaram feridas após dois acidentes veiculares distintos na BR-135, em Joaquim Felício, no Norte de Minas, na noite desta segunda (9) e manhã desta terça (10).
De acordo com informações da Polícia Federal, dois carros se chocaram frontalmente, na altura do quilômetro 481 da rodovia, por volta das 19h20 desta segunda. Com o acidente, uma mulher, ainda não-identificada, não resistiu e morreu na hora. Outras nove pessoas, que estavam nos veículos, ficaram feridas. A polícia não soube informar as identidades, já que, segundo eles, a maior parte das vítimas estava sem documentos. 

MANHà
Por volta de 6h da manhã desta terça, um outro acidente na mesma rodovia deixou outras três pessoas feridas. Ainda de acordo com a Polícia Federal, um veículo capotou na altura do quilômetro 485. O condutor de um carro que vinha atrás foi olhar o acidente, perdeu a atenção e chocou-se contra um caminhão, que vinha na pista contrária. 
Os três homens envolvidos, também não-identificados, ficaram feridos. As vítimas com ferimentos mais graves foram levadas para a Santa Casa de Montes Claros. Já os casos considerados mais leves foram encaminhados para o hospital municipal de Bocaiuva. 
O tráfego nos trechos ficou interrompido, mas já foi liberado para circulação.


 Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Incra/MG recebe 70 casas em assentamento no norte de Minas

As casas seguem modelos do Incra/MG com 46 m² ou 58m². Os imóveis têm dois ou três dormitórios, sala, cozinha e um banheiro
O Incra/MG recebeu, na última semana de agosto, 70 casas construídas no assentamento Santa Engrácia, em Bocaiúva (MG). As residências foram construídas com recursos do programa de crédito habitação da autarquia.
No recebimento, servidores do Incra/MG verificam o cumprimento do plano de aplicação dos recursos liberados para a obra.
A compra dos materiais é feita de forma coletiva com carta convite enviada a fornecedores para garantir o melhor preço e qualidade.
As casas seguem modelos do Incra/MG com 46 m² ou 58m². Os imóveis têm dois ou três dormitórios, sala, cozinha e um banheiro.
A instalação elétrica também está incluída. Também foram construídas fossas sépticas para descarte correto dos dejetos.
“A gente ficava num barraquinho, agora melhorou em tudo. Minhas filhas estão mais felizes e seguras”, comemora Regiane Rodrigues que vive com o marido e quatro filhas no assentamento.
Para Síria Fonseca, a construção da casa no lote do assentamento em que vive com seu marido Cândido Fonseca é uma benção. “Estamos muito alegres e satisfeitos, é uma benção divina”, agradece.
Apesar de muitas casas ainda estarem sendo construídas nos assentamentos por meio do programa crédito instalação, as moradias passaram a ter créditos do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) do governo federal a partir de fevereiro deste ano. O valor concedido subiu de R$15 mil para R$25 mil.
Os assentados que já construíram as casas, como estas 70 recebidas pelo Incra no Santa Engrácia, poderão acessar o MCMV na modalidade reforma no valor de R$8 mil.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

PF deflagra operação de combate a desvio de recursos no Norte de MG

A Polícia Federal em conjunto com o Ministério Público Federal, Controladoria Geral da União e Receita Federal deflagrou, na manhã desta segunda-feira (9), a operação "Esopo", de combate ao desvio de recursos públicos a partir de processos licitatórios. Segundo a PF, o esquema criminoso atuava por meio de uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip), constituída por empresas, pessoas físicas, agentes públicos, prefeituras, Governos Estaduais e ministérios do Governo Federal.  Em cinco anos, o prejuízo seria de R$ 400 milhões, em 10 estados e no Distrito Federal.
Em Minas Gerais, os focos são as prefeituras de Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha, Coração de Jesus, Januária, São Francisco, São João da Ponte e Taiobeiras, no Norte de Minas, e Três Corações, Sul de Minas. São alvos também um Instituto do Governo de Minas Gerais, um ministério do Governo Federal e a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg). Estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão e de prisão. Primeiras informações são de que os ex-prefeitos de Januária e São João da Ponte, Maurílio Arruda e Fábio Madeira, já estariam detidos na sede da PF.
A operação consiste no cumprimento de 101 mandados judiciais, sendo 44 de busca e apreensão, 20 de sequestro de valores, bens móveis e imóveis, 25 de prisão temporária e 12 mandados de condução coercitiva.
De acordo com a investigação, a organização criminosa fraudava licitações e direcionava a contratação dos serviços à Oscip. A PF aponta que, após firmado o contrato, os serviços eram superfaturados ou não eram executados. O dinheiro da fraude era repassado às empresas que participavam do esquema, com retorno desses valores para os agentes públicos envolvidos.
Os envolvidos podem responder por formação de quadrilha, falsidade ideológica, corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro, entre outros crimes. As penas máximas podem chegar a 30 anos.
Expressão Esopo
A expressão "Esopo" se refere a um autor grego que escreveu a fábula "Lobo em Pele de Cordeiro". De acordo com a PF, a Oscip investigada, "deveria pautar sua atuação no interesse social e tem legalmente vedada a possibilidade de auferir lucros", nesse caso a organização não respeitava essas condições e atuava como "lobo em pele de cordeiro".


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Duas pessoas morrem carbonizadas em acidente no Norte de Minas

Duas pessoas morreram e uma ficou ferida em um grave acidente nesse domingo (8), na BR-251 em Francisco Sá, no Note de Minas. As vítimas carbonizadas não foram identificadas.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, a colisão entre uma  Pick-Up Fiat Strada, com placa de Montes Claros, e uma carreta, com placa de Betim, aconteceu na altura do KM 502 por volta de 20h.
O motorista da carreta,  Leonardo De Souza Gomes, foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado a um hospital da cidade. O estado de saúde dele não foi divulgado.
As causas do acidente não foram esclarecidas. Após os trabalhos da perícia, os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML).
Devido ao acidente, o trecho ficou interditado por duas horas.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

domingo, 8 de setembro de 2013

Homem é atingido por tiro enquanto apartava gado em Janúaria

Um homem de 37 anos ficou ferido depois de ser atingido por um tiro, na zona rural de Januária, Norte de Minas Gerais. Segundo informações da Polícia Militar, a vítima estava apartando o gado quando foi levou o tiro.
Ainda de acordo com a PM, a suspeita é que ele tenha sido atingido por uma espécie de armadilha, enterrada no chão, utilizada por caçadores. O homem foi levado para o hospital da região e seu estado de saúde não foi divulgado.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com