Blog com notícias de Janaúba e região!

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Justiça nega prisão de mãe que permitia estupro dos filhos em Bocaiúva

No momento da prisão, suspeito estava de cuecas e aguardava chegada de criança para outra sessão de abusos
Investigada por permitir que o companheiro estuprasse seus próprios filhos, Helena Cardoso de Brito, de 48 anos, deverá responder ao processo em liberdade. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Leonardo Diniz, após 40 dias de avaliação, o juiz negou o pedido de prisão preventiva da suspeita. No entanto, ela está proibida de se aproximar das crianças, que estão sob os cuidados de um parente próximo. O crime foi descoberto em meio deste ano, em Bocaiúva, norte do Estado.
Segundo as investigações, Helena ajudava o companheiro, José Augusto Caetano Barbosa, de 54 anos,  a abusar das três crianças — duas irmãs de 8 e 12 anos e um menino de 11 — para continuar casada com ele. A exploração veio à tona quando a irmã mais velha das vítimas, de 14 anos, procurou o Conselho Tutelar e denunciou o crime. As crianças teriam sido abusadas por aproximadamente seis meses.
O delegado explica que o inquérito já foi encaminhado para a Justiça e o Ministério Público ofereceu denúncia contra o casal. Barbosa, que continua preso e Helena responderão por estupro de vulnerável. Diniz alega ainda que não pretende tentar novamente a prisão da mãe.
— Ficou comprovada a cooperação dela com o autor. As crianças agora estão bem cuidadas e fazem avaliação psicológica. Elas estão seguras.

Entenda
Depois de ficar quatro dias foragido, o padrasto das crianças, que também é tio dos menores — irmão do pai deles — foi detido no dia 17 de maio. No momento da prisão, ele estava de cuecas e aguardava a chegada da mulher, que levaria o menino para outra sessão de abuso. Na época, o delegado alegou que nunca tinha visto caso semelhante.
— Ela tinha que ofertar os filhos para ele continuar em casa, havia essa condição. Tanto que, quando foi preso, ela estava levando o filho para ele, que aguardava de cuecas. Já vi mãe agenciar o filho para sustentar o vício em crack, mas para garantir o "casamento", nunca vi.
O casal estava junto há sete anos. O policial se surpreendeu ao conhecer detalhes da relação familiar, que classificou como "completamente desagregada". Barbosa está detido na cadeia pública de Bocaiúva.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Acidente na LMG-633 deixa um morto e cinco feridos em Jaíba

Motorista teria perdido controle da direção e capotou o carro.
Idosa de 79 anos foi levada para o hospital, mas não resistiu.

Uma pessoa morreu e outras cinco ficaram feridas em um acidente na noite desta quarta-feira (26), na LMG-633, próximo a Jaíba (MG). De acordo com informações da Polícia Militar Rodoviária, o motorista teria perdido o controle da direção do carro e capotou. Uma idosa, de 79 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu por complicações no hospital.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Menor de 17 anos é suspeito de atirar em rapaz de 20, em Jaíba

Segundo polícia, menor tem várias passagens; ele está foragido.
Vítima estava no bairro veredas quando foi atingido pelos disparos.

Um jovem de 20 anos foi baleado na noite desta quarta-feira (26) em Jaíba, Norte de Minas. Segundo informações da Polícia Militar, a vítima estava no bairro Veredas, quando foi atingido pelos disparos. Um menor de 17 anos seria o autor do crime.
Após receber socorro, o rapaz foi levado para um hospital. De acordo com a PM, o adolescente tem passagens por tráfico de drogas, porte ilegal de armas e tentativa de homicídio. Ele está foragido.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Tribunal mantém cassação do prefeito de Montezuma

Erival José Martins (PSDB) e Maristane Vieira Sá
(PR) (Foto: Reprodução/DivulgaCand)

Por unanimidade, o TRE-MG, na sessão desta terça-feira (25), manteve sentença de primeira instância que cassou, por captação ilícita de sufrágio, o prefeito eleito de Montezuma (Norte de Minas), Erival José Martins (PSDB), por conduta vedada a agente público, conforme voto do relator do processo ( RE 113614 ), desembargador Wander Marotta. A decisão determinou a realização de nova eleição para prefeito no município e um novo cálculo do quociente eleitoral para as eleições proporcionais de 2012, em virtude da anulação da votação da candidata Azenir Maria Santana (suplente pelo PC do B).
Os fatos que levaram a uma ação de investigação judicial eleitoral (AIJE) apresentada pelo Ministério Público Eleitoral contra o prefeito e o vice (Maristane Vieira Sá -PR) foram baseados na captação ilícita de sufrágio (artigo 41-A da Lei das Eleicoes)- reinauguração da escola “Joaquim de Souza” na região de Maracaiá, com fins eleitoreiros; distribuição de cestas básicas e galões de água mineral; distribuição gratuita e indiscriminada de materiais de construção; transporte irregular de eleitores; compra de votos;entrega de brindes.
Em seu voto, o desembargador Marotta fundamentou assim sua decisão: “Mantenho, assim, a condenação dos recorrentes, conforme especificado a seguir: Erival José Martins, pela prática de conduta vedada consubstanciada na distribuição de cestas básicas e galões de água em período vedado, sendo devido o arbitramento da multa no valor de 15.000 UFIRs e cassação do diploma, nos termos do art. 73, §§ 4º, 5º e 8º, da Lei nº9.504/97, e, ainda, pela prática de captação ilícita de sufrágio identificada no transporte de eleitores, doação de material de construção e distribuição de squeezes com o fim de obtenção de voto, mantenho a aplicação da multa no valor de 20.000 UFIRs e a cassação do seu diploma, nos termos do art. 41-A da Lei das Eleicoes, consolidando as sanções a ele impostas em cassação do diploma e multa totalizada no valor de 35.000 UFIRs, ou seja R$37.243,50; Maristane Vieira de Sá (vice-prefeita eleita -PR), pela prática de conduta vedada consubstanciada na distribuição de cestas básicas e galões de água em período vedado, sendo devido o arbitramento da multa no valor de 5 mil UFIRs, e a cassação do diploma, nos termos do art. 73, §§ 4º, 5º e 8º, da Lei nº 9.504/97, e, ainda, pela prática de captação ilícita de sufrágio consistente no transporte de eleitores, doação de material de construção e distribuição de squeezes com o fim de obtenção de voto, mantenho a aplicação da multa no valor de 10.000 UFIRs, e a cassação do seu diploma, nos termos do art. 41-A da Lei das Eleições, consolidando as sanções a ela impostas em cassação do diploma e multa totalizada no valor de 15 mil UFIRs, ou seja R$15.961,50; e Azenir Maria Santana (candidata a vereadora não eleita), pela prática de captação ilícita de sufrágio consubstanciada na doação de material de construção com o fim de obtenção de voto, mantenho a aplicação da multa no valor de 5 mil UFIRs, ou seja R$5.320,50, e a cassação do registro, nos termos do art. 41-A da Lei das Eleicoes.
Nas eleições de 2012 para prefeito em Montezuma Erival Martins obteve 2.194 votos (50,92%), enquanto o segundo colocado, Ivo Pereira (PP), conseguiu 2.074 votos (48,13%).

Novo Oriente de Minas
Na mesma sessão, por três votos a um, a Corte Eleitoral reverteu a cassação do prefeito eleito de Novo Oriente de Minas (Vale do Mucuri), Adelson Gonçalves de Souza (PV) e Fábio Medeiros (PTB). Sentença de primeira instância considerou procedente uma ação de investigação judicial eleitoral (proposta pela coligação adversária), alicerçada no abuso de poder econômico (conduta vedada a agente público).
O relator, juiz Virgílio Barreto, manteve a cassação, baseado na violação ao art. 73, III, daLei das Eleições (conduta vedada a agente público) – utilização de servidores públicos em campanha eleitoral, com elementos aptos a comprovar que agentes de saúde se engajaram na campanha do prefeito candidato à reeleição.
Já o voto divergente do juiz Carlos Alberto Simões, que foi acompanhado pelos juízes Maurício Ferreira e Alberto Diniz Júnior, entendeu o contrário: que os fatos descritos na ação de investigação judicial eleitoral proposta pela coligação adversária não configuraria o ilícito previsto no artigo 73 da Lei das Eleições.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Nerso da Capitinga em Janaúba

Ingressos a venda na Água de Cheiro, Quiosque Kibon e Super Moda.
Informações: (38) 9135-2053.

terça-feira, 25 de junho de 2013

Nerso da Capitinga em Janaúba


Ingressos a venda na Água de Cheiro, Quiosque Kibon e Super Moda.
Informações: (38) 9135-2053.

Estado vai ganhar 10 mil cisternas para captar água da chuva

(Por Celso Martins) Minas Gerais vai ganhar 10 mil cisternas de polietileno. Isso será possível por meio de um acordo de cooperação técnica firmado entre o Ministério da Integração Nacional e o Governo de Minas Gerais. A cooperação faz parte do Programa Água para Todos, que visa universalizar o acesso à água para as comunidades rurais dispersas do semiárido.
O Estado já ganhou 19 mil reservatórios que beneficiaram comunidades do Norte de Minas.
Serão instalados 6.388 reservatórios em cidades indicadas pelo estado e 3.612 no município em Montes Claros. O acordo foi publicado nesta terça-feira (25) no Diário Oficial da União. Ele estabelece a realização de trabalhos integrados entre o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) - órgão vinculado ao Ministério da Integração Nacional - e o Governo de Minas Gerais para implantação das cisternas.
Cada cisterna tem capacidade de armazenar 16 mil litros de água, captada por meio de calhas instaladas nos telhados das casas, nos períodos de chuva. A tecnologia utilizada permite que a água armazenada nas cisternas esteja apta para consumo humano.
"O Programa Água para Todos está, a cada dia, ampliando o acesso à água das populações mais carentes no Brasil. Uma ação coordenada entre os diferentes entes governamentais e sociedade civil que trata o problema com novas tecnologias", afirma Sérgio Castro, secretário de Desenvolvimento Regional do Ministério da Integração Nacional.
Foram liberados nesta terça-feira (25) mais R$ 800 mil para custear o trabalho social realizado pelo Programa Água para Todos, em Minas Gerais, desde 2012. Com esse aporte, o volume de recursos para ações de cadastramento e capacitação das famílias em relação ao uso das cisternas de polietileno já soma R$ 10,2 milhões.
O Programa Água para Todos foi criado em 2011. Foram instaladas 322 mil cisternas no semiárido. A meta é entregar 750 mil até 2014. Também estão sendo implantados kits de irrigação, sistemas de abastecimento de água e barreiros. Coordenada pelo Ministério da Integração Nacional, a estratégia conta com apoio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, do Ministério do Meio Ambiente, da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), do Banco do Nordeste (BNB) e da Fundação Banco do Brasil (FBB).

10 mil pessoas participam de manifestação em Montes Claros

Manifestantes em frente a Prefeitura de Montes Claros (Foto: Rodrigo Satosh)
(Por Cida Santana e Michelly Oda) Cerca de 10 mil pessoas, segundo a Polícia Militar, participaram de uma manifestação que teve início no fim da tarde desta terça-feira (25), em Montes Claros, maior cidade do Norte de Minas Gerais. Entre as principais reivindicações estão melhorias na educação, saúde e infraestrutura da cidade e combate à corrupção.
O protesto teve incio na praça Doutor Carlos, seguiu para a praça de Esportes e neste momento os manifestantes se concentram em frente a prefeitura. Com a passeata, o trânsito ficou confuso na região central da cidade até o fim da noite.
De acordo com informações da PM, 500 policiais trabalharam na segurança do protesto. Informaram ainda que, quatro pessoas foram presas. Um homem estava com duas bombas de fabricação caseira. Os outros três foram presos ao reagir contra a ação da PM.
Por medidas preventivas, os comerciantes da região central fecharam as portas mais cedo. O transporte coletivo também não operou do fim da tarde ao início da noite.
Os manifestantes protestam contra a PEC 37, a corrupção, problemas na saúde, educação e transporte público.
A maioria dos participantes é jovem. Acompanhada pelas amigas, a técnica de enfermagem Tâmara Perez, de 22 anos, se diz revoltada com a situação dos Hospitais de Montes Claros. “É  uma vergonha, eu acompanho de perto o sofrimento do povo. Os políticos precisam saber que maca não é leito, corredor não é enfermaria e enfermeiro não é escravo”, diz a jovem.
A estudante Jéssica Maíra também reivindica melhoria na saúde. “É um absurdo a situação do nosso país e da nossa cidade. Ainda bem que o povo, principalmente os jovens, saiu da internet e veio para as ruas. Espero que agora as coisas comecem a mudar", declara.
Leonardo Silva foi para a rua acompanhado de cinco colegas do 4º período da faculdade de odontologia. Eles pedem o fim da corrupção, investimentos na educação e na saúde, além da diminuição do preço dos combustíveis. “É isso que precisamos fazer. Temos que ir para rua reivindicar. Espero que isso seja o primeiro passo para mudar nosso país”, diz.
Já a auxiliar de enfermagem Sônia Maria de Jesus pediu por mais justiça e menos violência na cidade. Ela perdeu o filho assassinado há quatro anos. ”Acompanhei toda a manifestação. As coisas não podem ficar impunes”.

Manifestação em frente à casa do prefeito
Pouco antes das 19h, os manifestantes saíram da frente do prédio da prefeitura e seguiram até a casa do prefeito Ruy Muniz. Na porta da residência, eles gritaram pedindo a presença do governante, que não apareceu.
Cerca de 40 minutos depois, os manifestantes voltaram ao ponto de concentração da manifestação, na Praça Dr. Carlos, onde se dispersaram por volta das 20h.

MG-135 interditada
Aproximadamente 100 moradores do bairro Vila Castela Branco, segundo a PM, fecharam a MG-135, na saída de Montes Claros para Januária, durante a tarde desta terça-feira. Os manifestantes colocaram fogo em galhos de árvores para impedir a passagem dos veículos. A pista ficou interditada nos dois sentidos por duas horas, mas de acordo com a Polícia, a passagem de veículos já foi liberada.
Os moradores reivindicam melhorias na saúde, educação e na infraestrutura. João Pereira da Cruz, morador do bairro há 32 anos, reclama principalmente das condições das condições das ruas. "Não temos asfalto, há muitos buracos e poeira, há esgoto escorrendo a céu aberto, não podemos ter carros, o transporte coletivo chega com muita dificuldade e não atende a todas as ruas", diz o aposentado.
Lucileide Ruas, que também é da Vila Castelo Branco, tem duas filhas, uma de sete e outra de três anos, e afirma que o bairro não oferece condições para a educação das crianças. "Não há uma escola ou uma creche aqui. Tenho que levar minhas filhas no bairro Eldorado para que elas tenho acesso a educação. Passamos todos os dias por essa rodovia perigosa, não posso trabalhar pois não tenho ninguém que as leve e busque na escola", diz.
Os manifestantes dizem que esta foi o primeiro de outros protestos que devem ser realizados. "Estamos cansado de sofrer calados, queremos condições decentes para o bairro. Se não formos ouvidos iremos fazer outras paralisações na rodovia", afirma a moradora Aline Rodrigues.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Em Janaúba, Polícia apreende 25 toneladas de explosivos irregulares

Os 25 mil quilos de explosivos estavam dentro de um caminhão que seguia para Brumado(BA). A Polícia Militar apreendeu o veículo e prendeu o motorista, Lázaro Silva, na MGC-122, próximo a Janaúba. De acordo com a PM a carga estava com parte da documentação irregular."Estávamos fazendo uma fiscalização de rotina quando o veículo foi abordado e verificamos que autorização Ambiental de Funcionamento estava vencida", explica o sargento Ivan Leite, da PM.
Ainda de acordo com o militar, a Fundação Estadual de Meio Ambiente (Feam), é órgão responsável por emitir a autorização que deve ser renovada a cada quatro anos. 
O motorista do caminhão, Lázaro Silva explicou que o caminhão apresentou problemas na BR-040 em Curvelo, e na sexta (21) ele foi chamado para substituir o outro motorista, mas apenas o cavalo mecânico foi trocado, sem que houvesse manuseio da carga.
"Não sabia que a documentação estava vencida, apenas segui viagem com a carga. O material ia ser levado para uma construtora na Bahia", afirmou o motorista.
Como a carga oferecia risco de explosão, o Corpo de Bombeiros foi chamado. O motorista e o material apreendidos foram levado para a Polícia Civil.



Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

segunda-feira, 24 de junho de 2013

A Polícia Rodoviária Federal ampliou o número de funcionários no Norte de Minas Gerais

MG – A Polícia Rodoviária Federal ampliou o número de funcionários no Norte de Minas Gerais
A Polícia Rodoviária Federal ampliou em 20% o número de funcionários no Norte de Minas Gerais no 1ª semestre de 2013. Segundo a PRF, a apreensão de produtos falsificados aumentou em mais de 50%.
“O Norte de Minas é rota de contrabando de quem vem do Paraguai com produtos falsificados”, afirma o inspetor rodoviário Eduardo Borborema.
Além disso, segundo o inspetor, é comum o transporte de carga com notas falsas, adulteração de chassis dos veículos, transporte de drogas, motoristas embriagados e que não respeitam a sinalização.
São três rodovias federais que a cortam o a região, BR-135, 251 e 365, somando cerca de 580 km de malha rodoviária. Segundo o inspetor, apesar da ampliação no quadro de funcionários, o número é insuficiente.
“Nós estamos com projetos de abrir novos postos em outros locais da região e por isso o número não é o ideal. Minas Gerais possui a maior malha rodoviária do país e a quantidade de funcionários é desproporcional”, diz Borborema.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Estado de Minas Gerais entrega Plano Diretor ao Jaíba

MG – Estado de Minas Gerais entrega Plano Diretor ao Jaíba
O município vai receber, ainda, minutas de outros instrumentos para garantir que as diretrizes, regulamentações e projetos do Plano Diretor sejam efetivados
Sede do maior projeto de agricultura irrigada em área contínua da América Latina, o município de Jaíba, no Norte de Minas, vai contar com um eficiente instrumento para o seu desenvolvimento ordenado e sustentável. Na próxima terça-feira (25), às 19h, a cidade recebe o Plano Diretor Participativo, financiado pelo Governo de Minas, por meio da Secretária de Estado de Desenvolvimento Regional e Política Urbana (Sedru). A entrega será feita pelo secretário-adjunto de Desenvolvimento Regional e Política Urbana, Alencar Santos Vieira, no Centro de Eventos José Arnaldo Santos.
O município vai receber, também, minutas deoutros instrumentos legais complementares para garantir que as diretrizes, regulamentações e projetos inseridos no Plano Diretor sejam efetivados. Entre os documentos contratados estão a revisão da Lei de Parcelamento, Uso e Ocupação do Solo Municipal; a Planta Cadastral e Genérica de Valores do Município; o Código de Posturas; e Código de Obras e Edificações.
O investimento de R$ 280 mil para a elaboração do Plano Diretor do Jaíba feito pelo Governo de Minas se deve a necessidade do crescimento ordenado do município. Nos últimos 13 anos, o numero de habitantes subiu de 17 para 37 mil, graças à implantação do maior projeto de fruticultura irrigada da América Latina.
Segundo determinação do Estatuto das Cidades, todo município com mais de 20 mil habitantes tem a obrigação de elaborar um Plano Diretor.
O Projeto Jaíba tem uma área de 107 mil hectares e abrange também os municípios de Janaúba, Matias Cardoso e Nova Porteirinha, congregando mais de 3 mil produtores, responsáveis por uma parcela significativa das exportações mineiras de frutas. Em 2011, o Estado faturou mais de US$ 6 milhões com o segmento no mercado externo. No ano passado, a região gerou mais de R$ 200 milhões em negócios e nos últimos anos atraiu grandes empresas.
Segundo Alencar Santos Viana, os documentos foram elaborados pela Fundação Israel Pinheiro, através de consulta à sociedade civil e entidades do poder público, oficinas em todo o município e audiências públicas de apresentação dos resultados. “A população teve oportunidade de contribuir e construir com a equipe técnica propostas que contribuam para o tratamento dos problemas urbanos. Todo o material prevê ações integradas e conjuntas, o que possibilitará o desenvolvimento de forma ordenada e socialmente sustentável”, salientou.

Serviço
Evento: Solenidade de Entrega do Plano Diretor do Jaíba
Data: 25 de junho de 2013, terça-feira
Horário: 19h
Local: Centro de Eventos “José Arnaldo dos Santos” – Av. Valdomiro Cardoso de Sá, s/n, Jaíba/MG (próximo à ponte do Jaíba)


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

MP fecha acordo com empresa para regulamentar extração de ouro em Riacho dos Machados e Porteirinha

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e a empresa Mineração Riacho dos Machados Ltda fecharam acordo, nesta segunda-feira (24), para realizarem estudos e pareceres do licenciamento ambiental de mineração aurífera em Riacho dos Machados e Porteirinha, no Norte do Estado.
Segundo o MPMG, a extração do ouro será realizada a céu aberto, é estimada em  3,25 toneladas por ano, abrangendo ações de tratamento do minério, barragem e disposição de rejeitos, barragem de água e obras para escoamento da produção e materiais não aproveitados.
Os estudos incluem a elaboração dos planos diretores dos municípios, contemplando questões como uso e ocupação do solo, infraestrutura urbana, áreas de interesse histórico e cultural, mobilidade e inserção, o que se tornará instrumento importante na política local de desenvolvimento e de expansão urbana.
De acordo com a  promotora de Justiça Ana Eloísa Marcondes da Silveira, coordenadora regional das Promotorias de Justiça do Meio Ambiente das Bacias dos Rios Verde Grande e Prado, o Ministério Público vai continuar fiscalizando o empreendimento. O coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça do Meio Ambiente (Caoma), Alceu Torres Marques, destacou a importância do acordo, ressaltando que "os reflexos da extração precisam ser cuidadosamente avaliados sob a perspectiva do respeito ao meio ambiente e às comunidades envolvidas, principalmente, por tratar-se de região evidenciada pela carência e vulnerabilidade social e econômica".
O descumprimento injustificado das obrigações assumidas acarretará ao empreendedor aplicação de multa diária, que será destinada ao Fundo Estadual de Defesa de Direitos Difusos (Fundif).


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

domingo, 23 de junho de 2013

Região do Jaíba receberá R$ 30 mi em investimentos para infraestrutura

Vista área do perímetro irrigado do Jaíba, que receberá pavimentação de estradas
Governo de Minas viabiliza demanda histórica dos produtores; obras contemplam a pavimentação de estradas do perímetro irrigado.
Com previsão de investimentos da ordem de R$ 30 milhões em obras de revitalização, a partir do segundo semestre deste ano, o Projeto Jaíba, no Norte de Minas, receberá a pavimentação de algumas das principais estradas que cortam o maior perímetro irrigado da América Latina.
O asfaltamento de 33,4 quilômetros de estradas atende a uma antiga reivindicação de produtores rurais e empresários. Os investimentos estão sendo viabilizados pelo Governo de Minas, por meio de parceria firmada com o Ministério da Integração Nacional e com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf).
O presidente da Fundação Rural Mineira (Ruralminas), Luiz Afonso Vaz de Oliveira, revela que a previsão é de que seja divulgado o edital de licitação para contratação do projeto ainda na primeira quinzena de julho. “Os investimentos a serem realizados representam uma melhoria na logística interna e no escoamento dos produtos agrícolas cultivados na região, beneficiando também os usuários do transporte escolar”, afirmou Oliveira. Inicialmente, serão pavimentadas estradas que interligam as glebas A, C2, C3 e F do Jaíba.
Os entendimentos entre o Governo de Minas e o Ministério da Integração Nacional foram iniciados no final do ano passado, envolvendo aSecretaria de Estado de Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas (Sedvan), a Codevasf e a Ruralminas. As demandas de produtores do Norte do Estado foram apresentadas por representantes do Conselho de Administração e pela gerência executiva do Distrito de Irrigação do Jaíba.
Em reunião realizada na sede da Ruralminas, em Belo Horizonte, no início deste mês, os governos de Minas e federal formalizaram a implementação das obras. Durante o encontro, representantes do Estado e da União pactuaram o compromisso de agilizar a realização das obras que, pela primeira vez nos 25 anos de criação do Distrito de Irrigação de Jaíba, contemplará a pavimentação de algumas das principais estradas internas do perímetro irrigado.
As vias são utilizadas por agricultores rurais para o escoamento da produção agrícola, além do transporte de trabalhadores e de materiais de consumo das áreas de produção de alimentos. Além do asfaltamento de vias, as obras de revitalização também contemplarão investimento de R$ 4,9 milhões na recuperação de 260 quilômetros de estradas vicinais, recomposição do revestimento primário e aplicação de solo-brita, com a finalidade de permitir boas condições de tráfego aos veículos e caminhões para acesso aos lotes agrícolas. Em onze quilômetros das glebas D e F do Jaíba serão investidos R$ 500 mil na aplicação de estabilizador de solos.

Obras trazem novo alento
Com uma produção anual de 1,3 milhão de toneladas de alimentos, o Projeto Jaíba se constitui em um dos principais centros do agronegócio do país. Dados da Ruralminas revelam que atualmente o perímetro conta com mais de 1.800 famílias de pequenos produtores rurais e cerca de 225 empresários.
Os principais produtos cultivados na região são banana, limão, atemoia, cana-de-açúcar, manga, melancia e abacate. A maior parte da produção agrícola abastece os principais mercados consumidores do país, notadamente a Região Metropolitana de Belo Horizonte, Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador. Para a Europa, produtores rurais e empresários do Jaíba já exportam limão, manga e polpa de frutas.

Desenvolvimento no Norte de Minas
O produtor rural e presidente do Conselho de Administração do Distrito de Irrigação de Jaíba, José Valci Ferreira, destaca que o envolvimento dos agricultores com o poder público foi fundamental para que os recursos para a revitalização do Projeto Jaíba fossem assegurados. Ele entende que, pelo fato de o perímetro ocupar posição de destaque em termos de produção agrícola, “é fundamental a união de esforços para que o Jaíba se consolide e tenha todo o seu potencial produtivo aproveitado em benefício de todos os segmentos da sociedade”.
Por sua vez, o gerente executivo do Distrito de Irrigação de Jaíba, Marcos Braga Medrado, lembra que a participação efetiva dos governos de Minas e federal na viabilização das parcerias em prol do Projeto Jaíba se constitui em um fator de fundamental importância para o desenvolvimento local e atração de novos empreendimentos.
“Mesmo em condições adversas para escoamento da produção agrícola, sobretudo durante os períodos de chuva, os produtores rurais e empresários tem comprovado as potencialidades da região, gerando empregos e riquezas para o país. Com os investimentos na recuperação de estradas e pavimentação das principais vias de acesso às áreas agrícolas, certamente a região dará uma resposta ainda mais positiva, reforçando a sua importância para o desenvolvimento do Norte de Minas”, conclui Marcos Medrado.
Já o empresário, Randolfo Diniz Rabelo, representante da iniciativa privada no Conselho de Administração do Distrito de Irrigação de Jaíba, entende que “os investimentos na infraestrutura da região vão possibilitar a melhoria da qualidade e a valorização dos produtos comercializados”. “Algumas estradas estão praticamente intransitáveis e a melhoria das condições de tráfego nas vias certamente atrairá mais empresários interessados em explorar as potencialidades da região, proporcionando a geração de novos empregos e aumento da renda”, avalia Randolfo Diniz.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Idene abre processo seletivo para 45 vagas em cargos de nível médio e superior. Há vagas para Janaúba.

O Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene) abriu processo seletivo simplificado para 45 vagas em cargos de nível médio e superior. Os salários são de R$ 840,44 para nível médio e de R$ 1.528,07 para nível superior.
As vagas são para as cidades de Araçuaí, Belo Horizonte, Diamantina, Janaúba, Januária, Jequitinhonha, Montes Claros, Salinas e Teófilo Otoni.
As inscrições devem ser feitas de 24 de junho a 1 de julho pelo site www.idene.mg.gov.br.
O processo seletivo simplificado terá análise de currículo e entrevista.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Estradas do Projeto Jaíba serão asfaltadas

MG – Estradas do Projeto Jaíba serão asfaltadas
(Por Carlos Alberto Jr.)O perímetro irrigado do projeto Jaíba receberá ainda este ano recursos na ordem de R$ 17 milhões para revitalização e asfaltamento das estradas. As obras estão previstas para o segundo semestre e os recursos foram viabilizados por meio de uma parceria entre o Conselho de Administração e a Gerência do Distrito de Irrigação do Jaíba, Governo Federal por meio da Codevasf e o Governo de Minas, representado pela Fundação Rural Mineira – Ruralminas.
A ação foi formalizada no mês de março em uma reunião na sede da Ruralminas, em Belo Horizonte. Durante o encontro, os representantes dos Governos Federal e Estadual firmaram o compromisso de agilizar a implementação das obras que desde a criação do Projeto Jaíba, há 25 anos, é o desejo de empresários e produtores.
As vias que ganharão investimentos são utilizadas por produtores rurais para o escoamento da produção agrícola, transporte de trabalhadores e de materiais de consumo das áreas de produção de alimentos. Com a pavimentação será possível evitar perdas dos produtos e encurtar as distancias, analisa o gerente executivo do Distrito de Irrigação de Jaíba, Marcos Medrado.
“Mesmo em condições adversas, os produtores rurais e empresários atuantes no Projeto Jaíba tem comprovado as potencialidades da região, gerando empregos e riquezas para o país. Com os investimentos na recuperação de estradas e pavimentação das principais vias de acesso às áreas agrícolas, certamente a região dará uma resposta ainda mais positiva, reforçando a sua importância para o desenvolvimento do Norte de Minas”, conclui.
Valores e prioridades
Dentro da verba disponibilizada a previsão é de que R$ 30 milhões sejam aplicados em obras de revitalização do perímetro irrigado, com ênfase na melhoria das estradas. Os recursos serão repassados ao Governo de Minas pela Codevasf.
Já na pavimentação de estradas serão R$ 12 milhões nos quais 33,4 quilômetros serão beneficiados. Outros R$ 4,9 milhões serão direcionados na recuperação de 260 quilômetros de estradas com retificação do greide, recomposição do revestimento primário e aplicação de solo-brita, para permitir boas condições de tráfego aos veículos e caminhões para acesso aos lotes agrícolas. E mais onze quilômetros serão investidos R$ 500 mil para colocação de estabilizador de solos.
O gerente de irrigação da Codevasf, Paulo Roberto Carvalho, conta que o recurso destinado ao projeto faz parte do programa Mais Irrigação do Governo Federal e atenderá uma demanda antiga.
“A importância é facilitar o acesso às áreas irrigadas, principalmente, a retirada da produção. Com isso, irá causar menos perca as frutas. Os trechos foram marcados de comum acordo com os produtores neste sentido, com o investimento, todos ganham, desde os pequenos até os grandes produtores do projeto”, salienta. O projeto de revitalização está em fase de preparo da licitação e a previsão é que as obras finalizem em 2014.

Em Varzelândia, assaltantes são detidos quando trocavam de roupa durante a fuga

Dois homens foram detidos neste sábado (22) em Varzelândia, Norte de Minas. De acordo com as informações da Polícia Militar, eles são suspeitos de assaltarem um posto de combustível. Os criminosos, que estavam sem documentos, afirmam que são menores de idade. A quantidade de dinheiro roubada não foi divulgada.
Ainda segundo a PM, os rapazes chegaram até o posto armados e renderam o frentista. Os dois fugiram para um matagal e estavam trocando as roupas, quando foram surpreendidos pelos militares. Os suspeitos disseram ser de Montes Claros. Os dados dos criminosos estão sendo checados. Eles foram encaminhados para Januária (MG), onde a ocorrência está sendo finalizada.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Caminhoneiro é assaltado enquanto dormia em posto de combustível no Norte de Minas

Um motorista de um caminhão foi assaltado enquanto dormia em um posto de combustível, BR-135, em Joaquim Felício, Norte de Minas, neste domingo (23). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, três homens armados quebraram o vidro da porta do veículo e apontaram um revólver para a cabeça do caminhoneiro, que também foi amarrado e teve o rosto coberto. 
Ainda de acordo com as informações da PRF, os três criminosos deram uma volta com o motorista, retornaram ao posto e disseram para que ele seguisse até o posto da polícia, na BR-135, em Montes Claros (MG). O caminhão, que transportava amido de milho, não teve a carga roubada. Os homens fugiram levando uma bolsa com R$ 2.800.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com