Blog com notícias de Janaúba e região!

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Operação da PM em São João da Ponte


Policiais Militares cumpriram mandatos de prisão, busca e apreensão na cidade de São João da Ponte na manhã desta sexta-feira (19).  Durante as buscas, foram localizadas na casa de Elton Diogo Gomes da Silva, 88 pedras de crack pronto para o comércio. O suspeito que não se encontrava no local, foi preso em flagrante na casa da namorada, Claudinéia Barbosa Lima, que também foi presa por dar cobertura ao suspeito.
Enquanto os militares faziam a prisão foram informados pelo 190 que um outro suspeito tido como braço direito do Elton utilizava um carro palio de cor branca  para a comercialização da droga. Policiais Civis foram até a casa do suspeito e constataram que a denúncia era verdadeira. Hugo Soares Lima era o dono da droga e foi preso em flagrante. Ele já tinha passagens por tráfico de entorpecentes e assalto a mão armada.
A Polícia Militar e Civil suspeita que ambos eram chefes de uma quadrilha que atuam na região, juntamente com um terceiro suspeito que ainda não foi encontrado.
Durante cumprimento do mandato a polícia também prendeu Gabriel Pereira da Silva que fazia a distribuição (avião) para a quadrilha. Os militares encontraram dentro da carteirado suspeito, cinco pedras de crack e 241,00 reais em dinheiro. Foi apreendido ainda um aparelho celular e uma placa de motocicleta do estado de São Paulo.
Resultado
Ao final da operação foram apreendidas 93 pedras de crack, 25 veículos, inclusive alguns produto de furto, 06 armas de fogo entre revólveres e rifles, munição intacta de vários calibres e 02 motosserras sem registro.
A operação, agora itinerante, seguirá para a cidade e zona rural de Varzelândia.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Bandidos rendem e assaltam comércios em Januária e Francisco Sá

Dois homens armados assaltaram um salão de beleza nesta quinta-feira (18), em Januária, Norte de Minas Gerais. Segundo informações da Polícia Militar, os criminosos invadiram o local e ameaçaram a proprietária.
Ainda segundo a PM, eles fugiram levando R$120, mas, depois de rastreamento, os policiais encontraram um dos suspeitos, que foi preso em flagrante.
E em Francisco Sá, também no Norte de Minas Gerais, dois homens armados invadiram um restaurante na BR-251, na noite desta quinta (17). De acordo com a PM, os bandidos anunciaram o assalto e levaram aproximadamente R$1.000.
A Polícia ainda não localizou os suspeitos.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Juíza de Januária-MG bloqueia bens do ex-prefeito Maurílio Arruda, acusado de corrupção


(Por Fábio Oliva) A juíza Karen Castro dos Montes, da 2ª Vara da Comarca de Januária, bloqueou ontem os bens do ex-prefeito de Januária (foto), o advogado e maçom Maurílio Neris de Andrade Arruda (PTC). A decisão também atinge Laércio Quintino Paraguassu e Regina Custódio da Silva Paraguassu, proprietários do Posto Paraguassu. O montante bloqueado pela medida liminar concedida é no valor de R$ 100 mil.
Os três são acusados de fraudarem cupons fiscais de abastecimento de combustíveis para desviar recursos da Prefeitura Municipal de Januária. A fraude tornou-se possível porque a maioria das pessoas que abasteciam no posto não exigia o cupom fiscal. Então esses cupons eram adulterados e emitidos como se os abastecimentos tivessem sido feitos por veículos da Prefeitura de Januária.
Em março, os promotores de justiça Franklin Reginato Mendes, Paulo Márcio da Silva, Bruno de Oliveira Muller e Guilherme Fernandez Silva ingressaram com duas ações contra Arruda e os proprietários do posto: uma criminal e outra por ato de improbidade.
Já no preâmbulo da petição eles afirmaram que “agentes públicos que se deixam corromper, qualquer que seja a sua posição na hierarquia do poder, e particulares que corrompem os servidores do Estado, quaisquer que sejam as vantagens prometidas ou até mesmo entregues, são corruptos e corruptores, os profanadores da República, os subversivos da ordem constitucional. São delinquentes, marginais”, repetindo o que dissera o Ministro Celso de Melo no julgamento do mensalão.

Eleição de Espinosa está na pauta do TRE

Na pauta da sessão do TRE na noite de ontem, estavam previstos para análise da Corte dois casos envolvendo cassação de prefeitos. 
Em Espinosa, no Norte de Minas, o prefeito eleito, Lúcio Balieiro Gomes (DEM), teve o mandato cassado em primeira instância pela juíza da Zona Eleitoral de Espinosa, com base nas denúncias de compra de votos durante a campanha eleitoral. Se condenado em segunda instância, ele perderá o cargo, poderá pagar uma multa no valor de R$ 65 mil e ainda pode ficar inelegível por oito anos. 
Em Itueta, na região do Rio Doce, o prefeito Orestes Baldon (DEM) e o seu vice Claudio Borchadt (DEM), tiveram seus mandatos cassados em primeira instância por abuso de poder econômico. Se condenados em segunda instância, deverão pagar multa e ainda ficarão inelegíveis por oito anos. Até o fechamento desta reportagem, ainda não havia resultado do julgamento.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Minas pode ter mais 20 eleições extemporâneas neste ano

Decisão. O Tribunal Regional Eleitoral de Minas ainda analisa processos referentes a várias cidades
Eleitores de 20 municípios mineiros aguardam uma decisão da Justiça Eleitoral para saber se terão que voltar às urnas, mais uma vez, para escolherem seus prefeitos. Eleitos em outubro de 2012, eles respondem a processos que pedem suas cassações, principalmente por abuso de poder político e econômico. As ações tramitam em Comarcas Eleitorais locais, no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 
As chamadas eleições extemporâneas ou suplementares, que já ocorreram em quatro municípios mineiros neste ano - Diamantina, no Vale do Jequitinhonha, Biquinhas, na região Central, São João do Paraíso, no Norte de Minas, e Cachoeira Dourada, no Triângulo - podem se tornar realidade em outros 20. Em Vermelho Novo, na Zona da Mata, é certo que haverá novo pleito, cuja data ainda não foi definida pelo TSE. 
Os processos tramitam em primeira, segunda ou terceira instâncias e se, em todos os casos, a cassação do prefeito for confirmada, Minas superará, em 2013, o número de eleições extemporâneas realizadas após o pleito de outubro de 2008. Até o momento, as consultas suplementares poderão chegar a 24 municípios - incluindo os quatro que já passaram por eleições em 7 de abril. Após o resultado das consultas municipais de 2008, foram 22 as eleições suplementares realizadas. 
Entretanto, a lista de municípios em Minas que têm enfrentado problemas após a escolha de seus prefeitos é ainda maior. Ao todo, são 36. Além das 24 cidades já citadas, em outras 12, a decisão sobre quem fica com a cadeira de prefeito foi ou será do tribunal. Em cinco delas, o segundo colocado no pleito já assumiu o cargo após a cassação do prefeito eleito e, em outras sete, o desfecho pode ser o mesmo, caso TSE, TRE e as zonas eleitorais confirmem a cassação do atual prefeito. 
Desde 2004 já foram realizados 34 pleitos suplementares em 31 municípios de Minas - oito após a consulta de 2004, 22 depois das eleições de 2008 e quatro após a consulta de 2012.
Reincidentes. A curiosidade é que algumas dessas cidades tiveram seus prefeitos cassados por mais de uma vez. São os casos de Cachoeira Dourada e São João do Paraíso, cujos eleitores voltaram às urnas no último dia 7 de abril. As eleições suplementares nesses dois municípios ocorreram em julho de 2009 e em maio de 2010, respectivamente, após cassação dos prefeitos eleitos em outubro de 2008. 
Outro exemplo é o de Ipiaçu, no Triângulo Mineiro, onde as extemporâneas aconteceram em abril de 2008 e julho de 2009. 
Em dois municípios, a peculiaridade foi ainda maior: os prefeitos eleitos nas extemporâneas também foram cassados mais tarde. Tanto em Conceição do Mato Dentro, na região Central, quanto em Belmiro Braga, na Zona da Mata, foram marcadas duas eleições suplementares após os pleitos de 2004 e 2008, respectivamente.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Tremor volta a assustar moradores

Um novo tremor de terra foi registrado em Montes Claros. Por volta de 7h08 de ontem, muitos moradores acordaram assustados com o abalo. Segundo a corporação, duas casas dessas regiões tiveram que ser vistoriadas. Não houve feridos.
Segundo o Centro de Sismologia da Universidade Federal de Brasília (UnB), o tremor teve magnitude de 3,8 graus na escala Richter. Esse foi o terceiro abalo registrado em Montes Claros só neste mês. Em 5 e 6 de abril, outros tremores foram registrados. Em 2012, mais de 170 abalos atingiram Montes Claros.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Novo tremor de terra é registrado em Montes Claros

Um novo tremor de terra foi registrado em Montes Claros, no Norte de Minas Gerais. Por volta de 7h08 desta quinta-feira (18), muitos moradores acordaram assustados com o abalo e ligaram para o Corpo de Bombeiros da cidade. Foram recebidas aproximadamente 200 chamadas.
Segundo a corporação, as ligações partiram, principalmente, de residentes dos bairros Vargem Grande II e Morrinhos. Duas casas dessas regiões tiveram que ser vistoriadas, uma vez apareceram rachaduras nos imóveis. Ninguém ficou ferido e agentes da Defesa Civil já foram acionados para fazer uma avaliação mais criteriosa nas residências.
Conforme informações divulgadas pelo Centro de Sismologia da Universidade Federal de Brasília (UnB), o tremor ocorreu exatamente no bairro Vila Atlântica e teve magnitude de 3,8 graus na escala Richter.

Outros tremores
Esse foi o terceiro abalo registrado em Montes Claros só este mês. Nos últimos dias cinco e seis, outros tremores foram sentidos pelos moradores.
Só em 2012, mais de 170 abalos atingiram Montes Claros. Também no ano passado, foram instalados sismógrafos na região.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Trio invade agência e foge sem dinheiro em Pirapora

Três jovens foram presos suspeitos de invadir uma agência do banco Sicoob, na madrugada desta quarta-feira (17), em Pirapora, no Norte de Minas Gerais.
De acordo com a Polícia Militar (PM), militares do 55º batalhão receberam uma denúncia anônima de que o local estava sendo arrombado. Ao chegarem até a agência, localizada na avenida Pio XII do bairro Santos Dumont, o trio já tinha fugido em um Chevette. Testemunhas contaram aos policiais que eles usaram capacetes durante o crime. Foi realizado um rastreamento e os jovens foram encontrados dentro do carro no bairro Cidade Jardim. Eles tentaram fugir, mas foram detidos. Leandro S.S, de 26 anos, Arthur S.Q.B, 21 e Charles S.O, 26, foram levados para a delegacia da cidade. 
Com Leandro foi encontrado R$ 90,30 em dinheiro. Foi apreendido também um tênis que continha no solado cacos de vidro. Ainda segundo a PM, as testemunhas reconheceram os suspeitos.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Bombeiros resgatam agente de endemias que ficou ilhado em córrego de Montes Claros

Foi resgatado, na manhã desta quarta-feira (17), um agente de endemias que ficou ilhado enquanto realizava o corte da vegetação ás margens do córrego Carrapato, em Montes Claros.
O agente Alex Ferreira de Oliveira relatou aos bombeiros que o nível da água subiu rapidamente e que, por estar trabalhando, ele não percebeu. Segundo o Corpo de Bombeiros, o volume da água aumentou devido à chuva que atingiu a nascente do rio nesta quarta-feira (17). Para resgatar Oliveira, os militares utilizaram técnicas de salvamento em altura, realizando rapel até a vítima e a içando até um local seguro. Felizmente, ninguém ficou ferido. 
A corporação alerta para o possível aumento repentino no nível dos rios durante o período chuvoso.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

terça-feira, 16 de abril de 2013

Governo vai analisar inclusão de linhas mineiras de trens para passageiros

O Ministério dos Transportes deve analisar a inclusão de três linhas mineiras no programa de trens de passageiros, além das três em estudo pelo governo de Minas. Prefeituras do interior do estado fizeram solicitação ao governo federal para que sejam feitos estudos de viabilidade econômica para os trechos que ligam Montes Claros a Janaúba e Januária, no Norte; Uberlândia, Uberaba, Araguari, no Triângulo, e Araxá, no Alto Paranaíba; e Lavras e Varginha, no Sul. Caso os pedidos sejam acatados, as linhas se somam a 14 consideradas prioritárias pela União em todo o país e que totalizam quase 2 mil quilômetros.
Atualmente, no que tange ao projeto de trens de passageiros do Plano de Revitalização das Ferrovias, seis trechos estão com estudos em andamento. As linhas estão localizadas no Rio Grande do Sul (2), Paraná (1), Bahia (1), Piauí (1) e Maranhão (1). Em relação a dois deles, o Ministério dos Transportes já abriu consulta pública sobre os estudos: Caixas do Sul a Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, e Londrina a Maringá, no Paraná. Os processos ficarão abertos até o dia 30, com objetivo de colher subsídios para reforçar os estudos elaborados durante a década de 1990. Em maio deve ser realizada audiência pública em Brasília para que moradores e governos opinem sobre os projetos. “A ideia é que técnicos da área deem contribuição para que caso necessário sejam feitas correções”, afirma o coordenador do programa de trens de passageiros do Ministério dos Transportes, Euler Costa Sampaio.
Sobre as linhas mineiras, ele explica que foram feitos contatos e as prefeituras primeiro precisam preencher formulários com informações sobre o trecho para que os técnicos do ministério verifiquem a necessidade do trecho. Os dados extrapolam o nível de interesse. Aprovados, em parceria com instituições de ensino (a Universidade Federal de Minas Gerais é uma das parceiras) são feitos estudos para mostrar origem e destino; nível de demanda e a caracterização da malha. No caso da linha do Triângulo, alguns dados já foram levantados e falta agendamento de reunião para discutir possível participação da Universidade Federal de Uberlândia no processo. “A julgar pelo porte das cidades, tem sua atração”, avalia o coordenador do programa, que lembra que os projetos são para unir cidades com distância entre 100 e 200 quilômetros.

Estudos
No entanto, ainda não há definição sobre como os projetos podem sair do papel. “Os estudos permitirão uma tomada de decisão”, afirma Sampaio. São duas as possibilidades: concessão e inclusão no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). A primeira tem sido a mais discutida. Mas a segunda também pode ser adotada em alguns casos. Em relação à linha Londrina-Maringá, por exemplo, é estudada inclusão no PAC das Cidades Médias. 
Das três linhas em estudo pelo governo de Minas – BH-Sete Lagoas-Divinópolis, Belvedere (BH)-Brumadinho e BH-Conselheiro Lafaiete –, as duas primeiras estão com estudos quase concluídos. A previsão era de que fossem entregues em fevereiro, mas o prazo foi estendido para junho. A expectativa é de que o governo publique ainda este ano edital para PPP de ambos. Em relação ao terceiro, a Secretaria Estadual de Gestão Metropolitana está fazendo o estudo em parceria com a UFMG, pois nenhuma empresa se mostrou interessada.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Idoso de 95 anos morre queimado em incêndio no norte de Minas

Um incêndio em um barracão em Mirabela, no norte do Estado, causou a morte de um idoso de 95 anos na noite da última segunda-feira (15). Militares do Batalhão de Montes Claros encontraram Geraldo Rodrigues Cordeiro caído no chão da sala do imóvel.
Segundo a corporação, as chamas na residência de quatro cômodos começaram no final da tarde. Todos os móveis do local foram destruídos pelo fogo e a estrutura do barracão foi afetada.
Não foi possível desvendar o motivo do início do incêndio. Perícia e rabecão foram acionadas para atender a ocorrência.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Para reparar danos, Eike e mineradoras vão salvar imóveis históricos em Minas

A sede da Fazenda Quebradas, que já recebeu até Juscelino Kubitschek, vive escorada, quase caindo
Imóveis históricos do Vale do São Francisco, no Norte de Minas, serão reformados com parte da arrecadação de multas e medidas compensatórias aplicadas pela Promotoria Estadual de Defesa do Patrimônio Cultural e Turístico de Minas Gerais.
A mineradora MMX, por exemplo, destinará R$ 3 milhões para a restauração da igreja Nossa Senhora da Conceição, em Matias Cardoso, a mais antiga do Estado. O montante é relativo à compensação ambiental por danos causados pela empresa do grupo de Eike Batista com a exploração minerária no Quadrilátero Ferrífero.
Segundo o procurador Marcos Paulo Souza Miranda, da Promotoria de Defesa do Patrimônio, serão aplicados nas reformas cerca de R$ 5 milhões, em 18 meses. Apontada como o primeiro povoado de Minas, Matias Cardoso será uma das contempladas.
Além do valor pago pela MMX e destinado à igreja construída em 1880, outra empresa, que pediu para não ser identificada, doará R$ 1 milhão para a restauração da praça e o entorno da matriz, que terá até iluminação subterrânea.

Projeto executivo
Equipes do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha) e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) estiveram em Matias Cardoso para fazer os últimos levantamentos técnicos antes da elaboração do projeto executivo.
O projeto para restauração da capela de Nossa Senhora do Rosário, em Brejo do Amparo, município de Januária, também está sendo elaborado. Bens tombados em outras cidades, como Manga, estão na mesma fase.
“As riquezas culturais e patrimoniais dos vales do São Francisco e do Jequitinhonha serão revigorados após vários anos de esquecimento”, ressalta o promotor Marcos Paulo.

Campanha
 Em 2000, a Federação das Associações Comerciais de Minas Gerais lançou uma campanha para que a bacia do São Francisco seja reconhecida como patrimônio natural da humanidade.
Nove anos depois, representantes da maçonaria dos cinco Estados banhados pelo rio se reuniram em Januária para reativar a campanha. Em 2010, o Iphan iniciou o inventário cultural da bacia do São Francisco, levantando todo o acervo na região.
Ações de preservação da área da bacia foram debatidas no seminário “Políticas de Proteção do Patrimônio Cultural”, promovido pela Assembleia Legislativa de Minas.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Família morre atropelada na MG-657, perto de Capitão Enéas

Um casal de produtores rurais e o filho de dois anos morreram atropelados na noite deste domingo (14), na MG-657, perto do trevo de acesso à cidade de Capitão Enéas, no Norte de Minas Gerais.
O acidente aconteceu por volta das 19h20 quando o casal, um homem de 35 anos e uma mulher de 33 anos, voltavam em suas bicicletas, com os dois filhos, um de seis e outro de dois anos, da casa de amigos, na comunidade de Peri-Peri.
O único sobrevivente, o filho do casal de apenas seis anos, caminhou por mais de um quilômetro para buscar ajuda na fazenda vizinha. “O menino correu para me chamar, mas quando cheguei não pude fazer nada pelos pais e o bebê. Ele estava muito assustado, mas apenas com escoriações nas costas”, conta Paula Barbosa de Souza, amiga da família.
Segundo testemunhas, o condutor e o passageiro fugiram por um matagal sem prestar socorro às vítimas.
“A perícia ainda não terminou os trabalhos, mas pela distância que os corpos foram jogados, é possível perceber que o carro estava em alta velocidade”, afirma cabo Vieira Reis, da Polícia Militar Rodoviária.
José Marcos dos Santos, primo das vítimas, conta que a família andava sempre de bicicleta, mas fazer aquele trajeto a noite não era habitual.
“Nós reconhecemos o carro, o motorista é conhecido na cidade. Não vai ser difícil para a polícia encontrá-lo. Queremos que ele responda pelo crime que cometeu”, diz ainda Santos.
A criança de seis anos foi levada para a Santa Casa de Montes Claros (MG), recebeu alta no fim da noite e está sob os cuidados de parentes. A direção do hospital informou que ele passará por acompanhamento psicológico.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com

Acidente na MG-122 mata duas pessoas e deixa outra ferida em Janaúba

Duas pessoas morreram em um grave acidente ocorrido nesse sábado (13) em Janaúba. A colisão frontal aconteceu na MG-122.
Segundo o Corpo de Bombeiros, uma carreta e um Voyage, ambos com placas de São Paulo, seguiam em sentidos opostos, quando bateram de frente um com o outro na altura do quilômetro 196.
Com o impacto da batida, os ocupantes do veículo, Francisco de Souza Pacheco, 70, e Jardilina Maria de Jesus, 58, naturais de Barra do Mendes (BA) foram lançados para fora do carro, indo parar fora da rodovia. Eles morreram na hora. Partes dos corpos ficaram presos às ferragens e foram removidos pelos bombeiros.
Já o motorista da carreta, Rafael Coutinho Barbosa, 31, natural de Vale do Ribeira (SP) teve diversas escoriações e foi levado para o hospital por uma equipe do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu). Ele não corre risco de morrer.
As causas do acidente ainda não foram esclarecidas.


Pablo de Melo
pablo-labs@hotmail.com